quarta-feira, agosto 4, 2021

Saab RBS 70NG

Veículos militares da Coreia do Sul no Brasil

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

Kia Motors apresenta sua linha de produtos na LAAD 2013

 

kia-km 250

A Tricar Defence, importadora que representa com exclusividade no Brasil a Divisão Militar da Kia Motors Corporation, apresenta sua linha de veículos para uso militar na edição deste ano da “LAAD Defence & Security – Feira Internacional de Defesa e Segurança”, que acontece no Pavilhão de Exposições do Riocentro, no Rio de Janeiro (RJ), entre os dias 9 e 12 de abril. Em sua 9ª edição, o evento, que acontece a cada dois anos, é considerado o maior e mais importante dentro do segmento de defesa na América Latina.

“É uma honra para a Kia Motors Corporation participar deste evento e apresentar nossa linha de veículos para as Forças Armadas Brasileiras. Apesar da forte concorrência e de um cenário econômico adverso no mundo todo, a Kia planeja ampliar sua participação mundial neste setor”, afirma o Sr. IL-Seop Lee, vice-presidente mundial da Kia Motors Corporation. “A Kia já forneceu mais de 200.000 veículos militares para as Forças Armadas Coreanas nos últimos 40 anos e exportou cerca de 20.000 unidades para mais de 20 países da Ásia, Oriente Médio e África. Agora, queremos estender nossa atuação também na América Latina, começando pelo Brasil”, acrescenta o executivo.

Ao contrário dos fabricantes que adaptam seus veículos para o uso militar, a Divisão Militar da Kia Motors Corporation tem como diferencial o desenvolvimento de uma linha para fins exclusivamente militares, o que resulta em produtos mais robustos, resistentes e capazes de operar em qualquer tipo de clima e terreno, cumprindo com eficiência as mais rígidas tarefas. “A Kia Motors produz uma gama completa para este segmento, incluindo veículos de ¼, 1 ¼, 2 ½ e 5 toneladas, de acordo com as necessidades dos clientes”, acrescenta o vice-presidente mundial da Kia.

A linha inclui mais de 20 modelos de veículos para diferentes aplicações. Durante o evento, a Tricar Defence expõe três modelos: o jipe KM420 e os caminhões KM450 e KM500. No mesmo estande, está em exposição a picape cabine dupla da montadora SsangYong, também coreana e igualmente representada pela Tricar no mercado nacional: a New Actyon Sports, que recebeu modificações para operar no segmento.

A Tricar Defence pertence ao grupo empresarial português Tricos SGPS SA, presente no mercado há mais de 20 anos, com atuação na Europa, Ásia, África e América Latina nos segmentos automobilístico e imobiliário. Já a Divisão Militar da Kia Motors Corporation é especializada na fabricação de veículos militares e outros equipamentos de transporte, sendo o único fabricante de veículos militares designado pelo governo coreano desde 1976. A Kia tornou-se especialista na fabricação de equipamentos de transporte relacionados à defesa, ganhando uma sólida reputação de confiabilidade, alta qualidade e tecnologia no suprimento das necessidades de veículos militares em todo o mundo.

Dentro da política de expansão internacional da Divisão Militar da Kia Motors Corporation, o projeto de construção de uma nova fábrica no Brasil avança na forma de uma joint-venture com a Tricar Defence. A nova planta industrial, atualmente na fase de estudos, poderá atender demandas militares de toda a América Latina.

SSANGYONG NEW ACTYON SPORTS
ssangyong-new-actyon-sports
A New Actyon Sports, da SsangYong, é uma picape cabine dupla moderna, elegante, robusta e confortável, equipada com um excelente pacote de itens voltados para a segurança e o conforto dos seus ocupantes. Com tração 4×4, o modelo tem como uma de suas características mais marcantes a versatilidade de unir o melhor de um utilitário esportivo de luxo com a robustez e o espaço para carga de uma espaçosa picape cabine dupla.
O modelo vem equipado com o propulsor e-XDi a diesel, com 2.0 litros e 155 cv de potência, produzido pela própria SsangYong. É um motor moderno, que privilegia a eficiência e a economia de combustível em qualquer situação e leva a New Actyon Sports a uma velocidade máxima de 163 km/h. É um dos mais avançados motores a diesel do mundo no segmento. Na versão destinada ao uso militar, o veículo ganhou suspensão mais elevada e itens adicionais adequados ao uso em combate.
A Tricar Defence já comercializa o modelo no Brasil e, atualmente, realiza a entrega de 200 unidades vendidas para o Exército Brasileiro, após vencer a respectiva licitação pública. O veículo é considerado uma Viatura Tática Não Especializada (VTNE) e é voltado também para o segmento policial e empresas de segurança.
LINHA MILITAR DA KIA MOTORS EM EXPOSIÇÃO NA LAAD 2013
 
KM420
kia-km 420
O jipe KM420 é o veículo de uso padrão das forças armadas coreanas desde 1997. O modelo conta com suspensão dianteira independente, tração 4×4, direção hidráulica, rádio AM/FM, porta de aço, acomoda seis pessoas, possui bancos traseiros reclináveis para facilitar o transporte de carga e, opcionalmente, pode contar com proteção contra interferências eletromagnéticas.
É um jipe extremamente robusto, equipado com motor 2.0, com 92 cv de potência, que atinge 115 km/h de velocidade máxima, tem capacidade para transpor trechos alagados com profundidade de até 510 mm e ainda oferece autonomia de até 550 quilômetros. Tudo isso construído sobre um chassi bastante resistente, que atende aos mais recentes padrões internacionais de segurança para operações militares em todas as condições meteorológicas e de terreno.
O KM420 integra a série de ¼ tonelada, que conta ainda com os seguintes modelos também disponíveis: KM421 (veículo de reconhecimento), KM422 (rebocador e lançador de mísseis), KM423 (rebocador de mísseis), KM424 (transportador de rifle de 106 mm sem recuo) e KM426 (lançador de 40 mm).
KM450
kia-km 450
A série de 1¼ tonelada, com base no KM450, inclui também os modelos KM451 (ambulância padrão KKK-UN), KM452 (estação móvel de reparos) e KM453 (veículo de reconhecimento). Todos são equipados com tração 4×4, oferecem maior espaço e capacidade de carga e foram projetados para utilização em qualquer tipo de estrada (terra, rodovias pavimentadas e trilhas). São veículos com capacidade de transpor trechos alagados com profundidade de até 760 mm.
Os modelos KM450 e KM451 estão equipados com motor a diesel de quatro cilindros, com 3.907 cm³ e 141 cv de potência. Já os modelos KM452 e KM453 recebem motorização a diesel de seis cilindros, com 4.052 cm³ e 116 cv de potência. Os modelos desta série possuem caixa de transferência de duas velocidades, que transmite energia para o eixo dianteiro e traseiro de acordo com a necessidade. Opcionalmente, estes veículos podem ser equipados com o sistema de proteção contra interferências eletromagnéticas.
KM500
A série de 5 toneladas de caminhões 6×6, a partir do modelo base KM500, engloba as seguintes variações: KM503 (trator), KM504 (carroceria expansível), KM505 (veículo longo), KM506 (sistema de ponte flutuante), KM507 (veículo de descontaminação) e KM508 (oficina de manutenção móvel). Os modelos desta série foram projetados para uso em todos os tipos de estradas, rodovias e terrenos cross-country, e em qualquer condição climática.
Estes veículos realizam a transposição de áreas alagadas a uma profundidade de até 760 mm. O modelo standard KM500 dispõe de cabine com teto de lona removível, podendo ser adequada para cabine rígida e o compartimento de carga vem equipado com arcos, capota de lona removível e cobertura para a parte traseira. Todos os modelos da linha KM500 estão equipados com motorização diesel de seis cilindros em linha, com 10.350 cm³ e 239 cv de potência, câmbio de cinco marchas e duas velocidades da caixa de transferência, que transmitem energia para os eixos dianteiro e traseiro, de acordo com as condições do terreno a ser percorrido.

FONTE: g6 Comunicação Corporativa

- Advertisement -

11 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
11 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
aldoghisolfi
aldoghisolfi
8 anos atrás

Senti o drama… mais caminhões para as FFAA…

Augusto
Augusto
8 anos atrás

Off-topic: segundo a Rianovosti, o Brazil e a Rússia negociarão na LAAD 2013 a produção conjunta de um sistema antiaéreo de nome “Paraná”. http://sp.ria.ru/Defensa/20130408/156802783.html

marciomacedo
marciomacedo
8 anos atrás

Tudo muito velho. Nada melhor do que os Marruás, que são feitos aqui.

marciomacedo
marciomacedo
8 anos atrás

Que absurdo, o EB comprou um utilitário coreano com similar nacional. Quem acredita que um dia as coisas vão mudar?

Vader
8 anos atrás

Nossa esse duas e meia ton é feio demais… Consegue ser mais feio que os Mercedão…

aldoghisolfi
aldoghisolfi
8 anos atrás

Vader: flagrantemente baseado no REO (M35, A1, A2), que começou a chegar aqui nos final dos anos ’60.

Mauricio R.
Mauricio R.
8 anos atrás

“…o EB comprou um utilitário coreano com similar nacional.”

Que pecado, como se fosse obrigação do EB, sustentar reserva de mercado.

“…após vencer a respectiva licitação pública.”

Parece que algo mudou, mas poderia ter sido assim tb, c/ o contrato do Sisfron.
Né EB…

Mayuan
Mayuan
8 anos atrás

Marcio Macedo: pode ter me escapado porque li com pressa mas onde está escrito que o EB comprou algum deles?

Mauricio:
Obrigação de sustentar reserva de mercado não. Obrigação de dar preferência ao que é feito aqui, porque não? Se até os americanos fazem isso, porque não nós?

Vader
8 anos atrás

Então tudo que é bom pros EUA é bom pra nós? 😉

mendonça
mendonça
2 anos atrás

esse ultimo ,km450 , a agrale produz um veiculo semelhante e melhor .

mendonça
mendonça
2 anos atrás

com esse jipe , amesma coisa ,tem o agrale marrua AM 11

Últimas Notícias

Assessor de segurança nacional dos EUA viaja ao Brasil

Esta semana, o conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Jake Sullivan, viajará para o Brasil e Argentina, acompanhado...
- Advertisement -
- Advertisement -