domingo, dezembro 5, 2021

Saab RBS 70NG

Para conter excessos da Guarda Nacional Venezuelana, deputados estudam medidas duras contra vizinho

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

Dentre as ações mencionadas, foi sugerida a expulsão da Venezuela do Mercosul, intensificação da campanha contra turismo na Venezuela e fechamento da fronteira

 

reuniao CREDN Marcelo Rech 1132

Brasília – Os deputados membros das comissões de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN) e de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia (CINDRA), cobraram uma solução para os assaltos e extorsões sofridos por turistas brasileiros na Venezuela. O tema foi debatido nesta terça-feira, 28, em audiência conjunta na Câmara dos Deputados.

O ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, deverá receber um grupo de parlamentares na próxima semana para discutir o assunto. Além disso, os deputados também reivindicaram melhorias na infraestrutura dos consulados brasileiros naquele país para o atendimento dos cidadãos brasileiros residentes e em trânsito. Atualmente, 17 mil brasileiros residem na Venezuela.

Nelson Marquezelli (PTB-SP) defendeu o congelamento das relações bilaterais enquanto o problema persistir. Na sua avaliação, “a Câmara dos Deputados deve segurar todo e qualquer projeto que trate de cooperação com a Venezuela e, caso não haja disposição do governo venezuelano em adotar providências que ponham fim às extorsões, assaltos e humilhações contra os brasileiros, podemos até estudar a expulsão da Venezuela do Mercosul”.

Turismo

Os deputados também prometeram intensificar as campanhas contra o turismo brasileiro na Venezuela. Agências de turismo de Roraima já não comercializam pacotes para o país vizinho.

Édio Lopes (PMDB-RR) revelou que “o Brasil deixou de importar calcário da Venezuela porque os caminhoneiros não davam conta de pagar propina à Guarda Nacional. Enquanto isso, o Itamaraty mantém uma postura extremamente débil”.

Autor do requerimento para a audiência, o deputado Francisco Praciano (PT-AM), reconheceu a gravidade da situação e não descartou defender o fechamento da fronteira entre os dois países. “O assunto diz respeito à defesa nacional e os riscos são cada vez maiores”, afirmou.

FONTE/FOTO:Assessoria de Comunicação da CREDN

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

10 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
10 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vader
Vader(@fbmenegazzo)
8 anos atrás

Expulsar a Venezuela do Mercosul? 🙂

Ora deputado, não nos faça rir: o sr. não tem nem poder nem culhões para propor algo desse gênero…

rsbacchi
rsbacchi(@rsbacchi)
8 anos atrás

Bando de palhaços.

É so a Dilma mostrar o latego, saem todos ganindo.

Bacchi

Colombelli
Colombelli
8 anos atrás

hahahahah. Bachi, perfeito, cheguei imaginar a cena ela brandindo o instrumento e eles so no “ranger de dentes” e indo se recolher nas “casinhas”. Bom, mas pelo menos estão reagindo, ainda que espasmodicamente, o que ja é mais do que se era de esperar deles, que são lacaios e vassalos do GF, e vcs sabem, os venezuelanos são “cumpanheiros”, são “liderança”, “amigos”. Chegaram fazer aquela pataquada contra o Paraguai no episódio do Lugo, impeachment, aliás, que seguiu rigorosamente a democrática Constituição do Paraguai, imiscudindo-se, o Brasil e os outros néscios, em assunto que não era de sua alçada, e inclusive… Read more »

Almeida
Almeida
8 anos atrás

Um esboço de oposição, curti.

Observador
Observador
8 anos atrás

Almeida disse: 28 de maio de 2013 às 23:32 Oposição? Que oposição? Os três deputados citados eram do PTB, PMDB e PT, respectivamente. Todos da “base” do governo. Isto mostra que não temos situação, oposição ou posição política. Nossos partidos políticos são formados por siglas tão sem nexo como uma sopa de letrinhas. Tudo ao sabor das conveniências. E não apenas: nem nossa imprensa é confiável. Acho engraçado que a mídia, tão chegada num escândalo, NADA fala quando o assunto são os mal-tratos aos brasileiros no exterior. Menos mal que até mesmo no congresso se começa a questionar a leniência… Read more »

eduardo.pereira1
eduardo.pereira1
8 anos atrás

Off Topic!!-Olá a todos ( quase um mês sem postar comentarios,rs ), mas, ja li os debates e embates fervorosos de noticias passadas !! Sobre o assunto em questao, ALELUIA, alguém viu,ouviu ou seja la como for começou a se importar com os sofredores transeuntes brasileiros que nao deveriam estar sendo ultrajados por estes bandidos da quadrilha,digo,guarda nacional. Tranca a fronteira, poe uns dois Cascaveis em cada passagem, deixa uns Astros II de prontidao ja mirando a Venezuela e manda uns A-1 ficarem la perto babando de vontade de jogar umas bombinhas só pra passar o tempo e descarregar o… Read more »

erabreu
erabreu
8 anos atrás

Observador,
o pior de tudo é que a “oposição” não aproveita a brecha para expor a ferida.
Estamos f*didos!!!!

caio
caio
8 anos atrás

Amigos se voce nao quer ser estorquido, roubado, ou usado na Venezuela é só nao ir pra Venezuela !
O que tem lá pra se ver que nao tenha aqui ?

Juan
Juan
8 anos atrás

Uii, Brasil finalmente tomando atitude com alguma coisa..

Alexandre Xande
Alexandre Xande
8 anos atrás

Observador disse:
28 de maio de 2013 às 23:59

Perfeito seu comentário! Um bando de marginais misturados num emaranhado de siglas.

Jogam pro populacho e à noite vão comemorar nos Pu****os da capital, todos juntos, bebendo bourbon e aproveitando as “carnes novas”.

E ainda existem pessoas que se apegam aos termos “esquerda”, “direita”, “centro”, “costa”, “frente”, “trás” “cima”, “baixo”… Todos são membros de uma terrível Camarilla.

Últimas Notícias

23° Esquadrão de Cavalaria de Selva recebe instrução sobre simulador da Viatura Blindada Guarani

Tucuruí (PA) – Entre os dias 23 e 24 de novembro, o 23° Esquadrão de Cavalaria de Selva (23...
- Advertisement -
- Advertisement -