quinta-feira, outubro 28, 2021

Saab RBS 70NG

Novos coturnos para o Afeganistão

Destaques

coturno

 

Doze anos de combate no Afeganistão forçou os EUA a desenvolver várias gerações de coturnos para suas tropas lutando no terreno rochoso, congelado ou escaldante encontrado no local. A cada dois ou três anos um novo coturno foi criado e testado. Cada geração tem menos problemas e a geração anterior, e a atual, chamada  HWMCB (Hot Weather Mountain Combat Boot), teve bem menos reclamações. O HWMCB teve menos defeitos e ainda pesa 200 grama a menos.

Dois anos atrás, o US Army fez uma licitação rápida para um novo coturno para tempo quente para as tropas no Afeganistão. A licitação durou alguns meses enquanto a anterior durou dois anos e escolheu um coturno para tempo frio que era muito quente para o verão. As tropas passaram a ter dois coturnos disponíveis dependendo da estação.

A Belleville 950 Combat Mountain Hiker foi selecionada em 2011 para ser usada em tempo frio. É usada mais em terreno montanhoso devido a rigidez. A Belleville 990 e a Wellco Hybrid Hiker (foto) foram escolhidas para o tempo quente.

Quando os americanos entraram no Afeganistão em 2001, as botas de deserto duravam pouco pois foram testadas mais em deserto de areia e não em deserto rochoso, onde o desgaste era muito maior. As tropas das forças especiais logo passaram a comprar botas comerciais para resolver o problema.

- Advertisement -

5 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
5 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vader
8 anos atrás

Putz, queria uns desses pra mim.

O coturno padrão do EB perto desses aí é da Idade da Pedra Lascada.

Nem isso conseguimos dar direito pra nossos soldados…

Mauricio R.
Mauricio R.
8 anos atrás

A necessidade é a mãe de tdas as invenções.
Da última vez que nossas tropas estiveram envolvidas em algo semelhante a combate, não foi bem de coturnos; que eles precisaram.

phacsantos
phacsantos
8 anos atrás
Colombelli
Colombelli
8 anos atrás

O “cabeça de cobra” do EB é desconfortável mas muito resistente. Tenho um que uso esporadicamente a 15 anos.

Bom é um extraleve de selva, que além de leve e confortável, é bonito, embora menos resistente.

O modelo da esquerda acima tem um sistema de soltura do cadarço que é excelente para retirar o calçado em casos de urgência, como, por exemplo na água.

Últimas Notícias

Forças Armadas da Ucrânia usam drone turco Bayraktar TB2 em Donbass

As Forças Armadas da Ucrânia usaram drones de ataque de média altitude Bayraktar TB2 em Donbass. Os drones de ataque...
- Advertisement -
- Advertisement -