Home Jogos Brasil é um dos países inimigos em ‘Call of Duty: Ghosts’

Brasil é um dos países inimigos em ‘Call of Duty: Ghosts’

2172
18

Call of Duty Ghosts - 01

Rodrigo Guerra
Do UOL, em São Paulo

ClippingNEWSO Brasil é um dos principais inimigos dos EUA e de outras ‘nações do primeiro mundo’ na trama de “Call of Duty: Ghosts”, jogo da Activision que chegou às lojas na última terça-feira (5) para PlayStation 3, Xbox 360, PC e Wii U.

Porém, antes de continuar lendo, fique avisado: esta notícia tem detalhes da história do jogo e que pode acabar com algumas surpresas de quem ainda vai jogar – os famigerados ‘spoilers’.

Em “Call of Duty: Ghosts” a história conta que o Oriente Médio foi devastado após a fictícia Guerra de Tel Aviv, que acabou criando uma crise global de energia. Assim, os países da América do Sul acabaram se tornando os principais fornecedores de petróleo do planeta.

Brasil, Venezuela e Chile, os principais produtores de petróleo nessa dimensão alternativa, se uniram para garantir proteção econômica, política e militar dos países desenvolvidos. Com isso, outros países da região se aliaram ao grupo formando a Federação das Américas, uma grande nação que tem a capital em Caracas.

A história do game conta que em 2013 os EUA colocaram um satélite militar em órbita, o que na verdade era uma arma espacial chamada Odin. Os líderes da Federação prontamente armaram um esquema de retaliação, tomando controle da arma e atacando os EUA, o que acaba desencadeando a trama do jogo.

Infelizmente, mesmo que o Brasil seja um dos países líderes da Federação, apenas um estágio acontece por aqui, mais precisamente no norte do Rio de Janeiro. A fase é uma estação de desenvolvimento espacial, onde é criada uma arma semelhante ao Odin, porem mais poderosa: o Locke.

Mesmo se passando no Brasil, todos os soldados e inscrições são em espanhol, deixando a entender que esta é a língua oficial da Federação.

Franquia de sucesso

De acordo com Bobby Kotick, “‘Call of Duty’ é de longe a maior franquia para consoles dessa geração”. O executivo reforçou essa ideia mencionando o sucesso do título anterior da série: “nos últimos 12 meses, ‘Black Ops II’, incluindo seu conteúdo digital, gerou mais receita que qualquer outro jogo já conseguiu em um único ano”.

“Ghosts” foi lançado na última terça-feira (5) para PlayStation 3, Xbox 360, Wii U e PC. Até o final do mês, ele debutará também para PlayStation 4 e Xbox One.

FONTE: jogos.uol.com.br

Subscribe
Notify of
guest
18 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rafael Bastos
Rafael Bastos
6 anos atrás

A história do jogo em si é um grande devaneio sem pé nem cabeça, mas é claro que trata-se de apenas de uma ficção. Mas as “fabulas” por toda história da humanidade representaram o sentimento, os pensamentos e anseios de um povo e da época em que foram criados. São a figura abstrata e distorcida da realidade. A partir do que escrevi acima e o fato de que segundo alguns meios de comunicação afirmarem que o Brasil foi a nação mais vigiada pela NSA, e que fazemos parte de um seleto grupo de emergentes em grata expansão, chego a conclusão… Read more »

Rafael Bastos
Rafael Bastos
6 anos atrás

Curiosidade achada ao acaso, o fuzil de assalto Imbel IA2 está no jogo http://www.youtube.com/watch?v=vV8i0H-jKGg na categoria “designated marksman”.

edurval
edurval
6 anos atrás

Senhores,

O problema é que os EUA são uma nação muito preta e branca ou você é um aliado ou você é o inimigo.

Como eles acreditam no lema “America para os americanos” e se consideram os únicos realmente americanos, em suas mentes jamais aceitarão um país desenvolvido e que não seja alinhado a eles, exista no continente americano, para eles esse país será sempre um inimigo, coisas de americano.

Talvez algum dia aprendam a conviver com pensamentos divergentes.

edurval
edurval
6 anos atrás

Opsss ia me esquecendo prefiro “Battlefield“

Vida longa e prospera a todos.

Antonio M
Antonio M
6 anos atrás

Não vou avaliar a política externa de um país por causa de um vídeo game, apesar da importância que o mundo virtual tem para a nova geração que passa a maior parte do tempo conectada em seus próprios mundos. Mas é isso mesmo, ou se á aliado ou não é porém, vejam o tratamento dado pelos EUA à Índia que também tem acordos estreitos com a Rússia. Como são tratados Suécia e Suiça que eram neutros na 2WW enquanto o Brasil foi aliado mas, não soube dar continuidade a isso. E como é com o Japão que era inimigo!!?!? O… Read more »

Sniper
Sniper
6 anos atrás

Mais adequado que uma luva cirúrgica. Um país somente se erige a condição de superpotência quando consegue exercer influência geopolítca por todo o globo, advindo desse quadro, necessariamente, o alinhamento, ou não, dos outros Estados Soberanos. Assim foi com a Alemanha Nazista, com os Estados Unidos, URSS e possivelmente será com a China (caso venha a se tornar, de fato, uma superpotência). E nem se use o argumento de que sempre existiram os chamados “países não alinhados” ou “neutros”. Esses blocos, na verdade, assumiam, por medo, ou interesse escuso não confessado, posição de apoio ao(s) Estado(s) hegemônico(s) que poderia(m) esmagá-los… Read more »

thomas_dw
thomas_dw
6 anos atrás

Senhores,

O problema é que os EUA são uma nação muito preta e branca ou você é um aliado ou você é o inimigo.


———————————x

lol – você esta confundindo o jogo com os Estados Unidos, mais ou menos como um nacionalista Boliviano com a sua visão estereotipada do Brasil.

Este jogo pode ate ter sido feiro por equipes de desenvolvedores na China … usando um script desenvolvido la … se voce soubesse quanto dos jogos hoje em dia sao terceirizados.

Vader
6 anos atrás

Meu Deus do céu, é um miserável de um JOGO galera…

EUA uma nação “preta no branco”? Recebendo sucessivas e infinitas ondas de imigrantes DO MUNDO TODO, inclusive do Brasil, desde o séc. XVI?

Quanta bobice…

Blind Man's Bluff
Blind Man's Bluff
6 anos atrás

Bobice sim, mas que aos olhos do mundo o Brasil tem se tornado cada vez mais o aliado do Putin, da China, Cuba e Caracas, isso é inegável e é hora de abrir os olhos antes que seja tarde.

Antonio M
Antonio M
6 anos atrás

Alexandre Galante
7 de novembro de 2013 at 12:19 #

Ótimos quadrinhos, comprei quando do lançamento.

Mas seria bom colocar uma observação para que incautos não pensem que se trata de algum plano real vazado pelo Snowden ou wikileaks ….

Observador
Observador
6 anos atrás

Alexandre Galante7 de novembro de 2013 at 12:19 # Na verdade, o Brasil ser retratado como um inimigo na ficção americana não é novidade e nem está relacionado a nova imagem brasileira de “putênfia”. Quando faltam inimigos reais, eles imaginam algum. Aí, é só olhar e ver aquele imenso país abaixo da linha do Equador para começar a imaginar possibilidades. Como exemplo, temos também a Grafic Novel “American Flagg!” retratando um mundo futuro onde, depois de inúmeras crises, emergiram duas superpotências mundiais: – a Liga Pan-Africana (comunista); – a União Brasileira das Américas (capitalista). Pois é. Também acho: Uma folha… Read more »

Observador
Observador
6 anos atrás

Ops…

“´Daí é só olhar o mapa e ver aquele imenso país…”

Blind Man's Bluff
Blind Man's Bluff
6 anos atrás

Se fosse só uma folha branca de papel…

O problema é que isso é o que estão colocando na cabeça da mulecada daqui (EUA), que como todos sabem, já não batem muito bem das bolas, nem mesmo são conhecidos por ter qualquer senso crítico.

Pode ser bobice, como pode ser o principio de algo perigoso.

nunes neto
nunes neto
6 anos atrás

Sniper, têm alguma dúvida que a China “Já é” uma superpotência?Segunda economia do mundo, com data certa para superar os EUA, já deixou a Rússia a Alemanha e Japão vendo poeira, qualquer crise na China leva o resto do mundo pro buraco, diria que pelo menos 60% das fabricas importantes do mundo estão lá, praticamente não existe um aparelho no mundo que não leve uma peça de fabricação chinesa, qual a dúvida,kkkkk?Abçs

nunes neto
nunes neto
6 anos atrás

Há maior credor da dívida interna americana,o primeiro ou segundo maior comprador de produtos do Brasil, a China já é Superpotência só vc que não quer acreditar!

Dan Severo
Dan Severo
6 anos atrás

Tem gente levando muito a sério um mísero jogo.

Requena
Requena
6 anos atrás

Como diria o “inglório” George Walker Bush:

“Ou vocês estão do nosso lado, ou estão contra nós.”