terça-feira, setembro 27, 2022

Saab RBS 70NG

China pede reformas orientadas ao combate nas escolas militares

Destaques

Alexandre Galante
Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Marines_of_the_People's_Liberation_Army_(Navy)

As escolas militares da China iniciaram uma reforma em seus currículos e administração de seus alunos para impulsionar a capacidade real de combate, disseram fontes do Exército de Libertação Popular (ELP).
As academias militares e universidades irão incentivar talentos de acordo com objetivos de fortalecer o exército e impulsionar a capacidade ideológica e política dos alunos, adotando um sistema educacional dirigido ao combate, de acordo com um comunicado divulgado na quarta-feira pelo departamento de treinamento do Estado-Maior Geral do ELP.

“Esforços devem ser feitos para cultivar talentos de alta capacidade que serão capazes de participar e vencer uma guerra”, diz o documento.

Segundo o comunicado, a reforma também unificará materiais de ensino, inovará técnicas de ensino no comando de combate e estabelecerá um sistema de prêmios e punições baseado no desempenho dos alunos.

FONTE: Agência Xinhua

- Advertisement -

1 COMMENT

Subscribe
Notify of
guest

1 Comentário
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Adler Medrado
8 anos atrás

Últimas Notícias

Edward Snowden recebe cidadania russa

O presidente Vladimir V. Putin concedeu na segunda-feira a cidadania russa a Edward J. Snowden, o ex-contratado de inteligência...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -