Home Relações Internacionais Por que as eleições na Bolívia interessam ao Brasil?

Por que as eleições na Bolívia interessam ao Brasil?

457
37

Dilma-e-Evo-580x586

 

Clipping  Poucos dias antes da eleição presidencial que deve reeleger Evo Morales para um terceiro mandato neste domingo na Bolívia, o presidente disse que a relação com o Brasil é hoje “distante” mas “de confiança”.

A presidente Dilma Rousseff não visitou a Bolívia em seu primeiro mandato, diferentemente do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Mas, segundo analistas ouvidos pela BBC Brasil, as declarações de Evo ao canal nacional de televisão Unitel sinalizaram que a tensão vivida entre os dois países na época da nacionalização do setor de hidrocarbonetos, há cerca de oito anos, não está mais no foco da relação bilateral.

“Cada presidente, homem ou mulher, tem suas próprias particularidades, mas não existe nenhum problema. Ela não visitou [a Bolívia], mas existe muita confiança”, afirmou o presidente.

De acordo com alguns analistas, porém, uma eventual troca no comando do Palácio do Planalto poderia ter impacto na relação entre os dois países. O presidenciável Aécio Neves, do PSDB, disse que pode rever as relações com a Bolívia devido à entrada de drogas produzidas na Bolívia no Brasil.

“Sabemos que esse é um assunto que preocupa o governo da presidente Dilma, mas a ação contra esse fato seria mais ostensiva do que é hoje se Aécio fosse o próximo presidente”, disse por telefone o analista de política e de economia Javier Gomez, do Centro de Estudos para o Desenvolvimento Trabalhista e Agrário (CEDLA), de La Paz.

Outro tema da campanha boliviana que tem relação com o Brasil é o comércio bilateral, já que o Brasil é o principal sócio comercial da Bolívia.

A economia boliviana deve crescer 5,2% este ano, uma das maiores taxas da América Latina, segundo o FMI.

Os recursos da Bolívia aumentaram, segundo economistas, graças ao aumento nos preços dos minerais e do gás e devido à nacionalização dos hidrocarbonetos em 2006, que incrementou o caixa boliviano.

Mesmo os economistas mais críticos afirmam que o governo de Evo tem realizado uma administração econômica “responsável” gastando dentro dos limites da receita que possui.

Mas especialistas bolivianos fazem ressalvas. “A situação econômica melhorou e a pobreza caiu, mas os empregos continuam sendo muito precários”, afirmou Gomez.

Gás

O gás boliviano é enviado principalmente para termoelétricas brasileiras que alimentam o setor industrial do Brasil.

De acordo com cálculos realizados pelo analista energético boliviano Carlos Alberto López, o gás natural que o Brasil importa da Bolívia representa hoje cerca de 27,8% deste consumo interno brasileiro.

Em 2007, segundo ele, esse percentual era maior -representava 44,1%. Cabem as empresas YPFB, estatal boliviana, e Petrobras, a responsabilidade pelo contrato em vigor, que termina em 2019.

Durante a campanha, o vice-presidente do país, Alvaro García Linera, disse que a Bolívia sempre estará “atenta” ao capital estrangeiro, incluindo a Petrobras. Mas não fez qualquer referência a mudanças no contrato.

“O nome da Petrobras foi citado porque são dias eleitorais, mas não se percebe aqui nenhuma mudança do que está em vigor”, disse o ex-vice-ministro López.

Segundo ele, a dependência atual das termoelétricas brasileiras do gás da Bolívia está diminuindo.

“O Brasil depende cada vez menos do gás boliviano e no futuro poderia até não precisar importá-lo, de acordo com os avanços e a produtividade das suas reservas do pré-sal [gás e petróleo]”, disse López.

Em 2006, Evo Morales nacionalizou o setor e ocorreu uma crise entre os dois países. Hoje, porém, a Petrobras continua explorando campos de gás na Bolívia e o fornecimento da energia para o mercado brasileiro foi mantido.

Aquela crise, no entanto, deixou autoridades e empresários mais atentos para a necessidade de o Brasil criar alternativas ao gás boliviano.

Drogas

Autoridades brasileiras estimam que entre 60% e 80% da droga produzida na Bolívia têm o Brasil como destino.

Durante a campanha do primeiro turno no Brasil, o candidato Aécio Neves (PSDB) disse que poderia rever as relações com a Bolívia se o país não mudar sua política de combate às drogas.

Respondendo à crítica em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, o presidente boliviano afirmou que o país diminuiu as plantações de coca de 32 mil hectares, em 2005, para 23 mil – segundo ele, entre 18 e 20 mil são para consumo legal.

Evo admitiu, no entanto, que há uma debilidade no trânsito do Peru até o Brasil. Afirmou que é preciso trabalhar mais na questão das fronteiras, mas disse que isso já está sendo feito com a presidente Dilma.

Em 2008, Evo Morales expulsou a DEA (agência antidrogas dos Estados Unidos) do país e gerou preocupação entre autoridades americanas e brasileiras.

Críticos da gestão de Morales apontam que a produção da droga aumentou no país. Evo costuma responder que fortaleceu a polícia local e a estratégia nacional de combate à produção da cocaína.

Algumas regiões do país têm autorização para plantar a folha de coca por questões étnicas, defendidas por Evo, que foi líder dos plantadores da folha de coca, os ‘cocaleros’, do país.

Caso Roger Pinto

Após mais de 400 dias asilado na embaixada do Brasil em La Paz, o ex-senador boliviano Roger Pinto Molina, opositor de Evo Morales, chegou ao Brasil em 2013 de forma clandestina com a ajuda de um diplomata brasileiro.

O caso estremeceu a relação entre os dois países e levou à troca de ministro das Relações Exteriores do Brasil, Antonio Patriota, substituído pelo atual chanceler Luiz Alberto Figueiredo.

Para analistas bolivianos, o episódio explica em grande parte a relação “fria” entre os dois governos.

Roger Pinto é hoje “solicitante de refúgio político” no Brasil.

Evo Morales o acusou de envolvimento em um massacre de indígenas em 2008, no Estado de Pando, e de desvio de verbas.

Nesta semana, quando perguntado se o caso Roger Pinto afeta a relação da Bolívia com o Brasil, Evo respondeu que não. Mas fontes do governo boliviano disseram que ainda esperam o retorno do político “para ser julgado” na Bolívia.

Limite de terras

Fazendeiros brasileiros estão entre os principais investidores de soja e outros cultivos na Bolívia, especialmente em Santa Cruz de la Sierra, na fronteira com o Brasil -até recentemente conhecida como principal reduto opositor ao governo de Evo Morales.

A principal preocupação do setor rural, segundo o presidente da Associação de Produtores de Oleaginosas e de Trigo (Anapo), Demétrio Pérez, é com uma medida estabelecida pelo governo de Evo Morales, na nova Constituição do país, que limita o tamanho das propriedades a cinco mil hectares.

Os produtores, incluindo brasileiros, pedem que a medida não seja retroativa. Quem possui fazendas maiores que o limite teme ter que entregar ao governo o excedente de terras.

Segundo Pérez, o governo de Evo ainda não respondeu à demanda do setor.

“O clima de diálogo de Evo com os produtores e o empresariado melhorou. Temos a esperança de que ele atenda nosso pedido depois das eleições. Mas hoje ainda temos incerteza”, disse Pérez, de Santa Cruz de la Sierra.

Segundo ele, a Anapo reúne produtores brasileiros, argentinos, japoneses e outros, que acreditam que o limite para o tamanho das propriedades pode afetar seus investimentos no país.

Marcia Carmo

FONTE: BBC, via UOL

VEJA TAMBÉM:

 

Subscribe
Notify of
guest
37 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Carlos Soares
Carlos Soares
6 anos atrás

Espero que os novos ventos coloquem os pingos nos iiiiiiiiii e esse cocalero no lugar dele.

Vai vender gás pra quem ? Pra Argentina ?

Caso os investidores brasileiros e brasileiros saiam da Bolívia, teremos uma espécie de Haiti de vizinho.

Próximo ministro das RE tem que ser linha dura com essa cambada de bolivarianos, paraguayos e argentinos.

SENTA PUA !

Douglas de Oliveira
Douglas de Oliveira
6 anos atrás

SENTA A PUA!

Rafael M. F.
Rafael M. F.
6 anos atrás

Na boa? A bolivariada está com o c# na mão!

Eles sabem que para onde o Brasil for, a AS vai, e a posição deles, tanto interna quanto externamente, fica enfraquecida.

Oganza
Oganza
6 anos atrás

Na boa, pra mim não interessam nada… intensifica a vigilância na fronteira com eles e com o Peru, triplica os postos de checagem e matem os contratos até quando der… o status quo pende para nós… temos que usar isso, sem proselitismo barato e muito menos ideológico. Na Colômbia os EUA subsidiaram TODA uma cadeia de produtiva de café por mais de 20 anos e nunca ninguém parou de plantar a coca… o que tem surtido efeito lá são 2 coisas bem simples: bala e presença do Estado. Se se um dia a situação chegar a níveis digamos, aceitáveis, foi… Read more »

juarezmartinez
juarezmartinez
6 anos atrás

Oganza, este plano está pronto a muito tempo no EMFA, porém falta ainda $$$$ e principalmente alguém “cuiudo” no Palácio do Planalto para quando o ST da FAB levarem .50 na barriga, montado em barcaças atravessando rio com toneladas de armas e coca, poderem fazer um pilof aproarem na verical das barcas e largarem duas BFG de 500 lb nas guampas dos cretinos, mas hoje eles tem que levar bala, ficar quietos, e não deixar vazar a noticia para a imprensa.

Grande abraço

MAD DOG
MAD DOG
6 anos atrás

Concordo com todos vocês! Se queremos ser um País sério, temos que ter uma política externa séria, alinhada com o mundo atual e muito próxima dos países mais desenvolvidos e RICOS do globo! Sim, alguns dirão que meu comentário é de extrema direita e elitizado! Não é, é coerente e realista! Mas se assim pensarem, que assim seja! Devemos nos alinhar ao máximo com os países ricos e desenvolvidos, apoiar suas políticas mundiais antiterrorismo, antidrogas e de crescimento comercial, econômico, educação e saúde! Sinceramente, não nos interessa em ficar se alinhando com países subdesenvolvidos como Bolívia, Venezuela, Cuba, costa Oeste… Read more »

Oganza
Oganza
6 anos atrás

MAD DOG, relaxa meu caro… tem dia que temos que falar mesmo. E realmente temos que fazer apologia ao trabalho… Temos que começar a cobrar justiça, mas não é essa justiça das galáxias não, não é a justiça para o que acontece em Brasília… Temos que aprender a começar a cobrar a JUSTIÇA SIMPLES akela do dia-a-dia, a do trânsito, a do fila do banco, a da vaga de deficientes no shopping…. temos que fazer apologia ao comportamento cidadão e a começar por nossos filhos e amigos… Temos que ter grupos que NÃO tenham vergonha de conversar sobre cidadania, sobre… Read more »

Oganza
Oganza
6 anos atrás

Juarez,

parece que certas coisas tem se resumido em uma unica questão: Bolas…

…precisamos de gente com bolas… tanto no DF quanto na cazerna.

Grande Abraço

MAD DOG
MAD DOG
6 anos atrás

Caros, Resumindo: PRECISAMOS DE EDUCAÇÃO, não somente aquela que diz respeito didático, mas aquela de essência, do dia a dia, dos bons modos e costumes, necessitamos de civismo, patriotismo e como muito bem colocado de ATITUDE, ATITUDE, ATITUDE, de todos nós!!! A natureza não dá saltos, mas precisamos dar o início, com exemplos individuais e de bom censo, que com certeza iram se multiplicar! E o que devemos começar a copiar e aplicar de imediato dos GIGANTES GLOBAIS é essa EDUCAÇÃO e RESPONSABILIDADE individual de seus cidadãos praticam! Só assim teremos, IGUALDADE, JUSTIÇA, LIBERDADE e PROSPERIDADE, para nós e nossos… Read more »

juarezmartinez
juarezmartinez
6 anos atrás

Eu vou repetoir aqui o que o Lynx colocou em outro forum discussão nosso interno.

Educação e Punição

Punição e Educação

Educação e Punição

Punição e educação, ou vocês acham que a coisa funciona lá no Tio Sam, ou na Suécia, ou na Alemanha porque o povo deles veio de outra de galáxia??

Negativo, lá funciona principalmente porque investem maçicamente em educação, mas todo mundo lá tem medo da punição, porque mijou fora do penico, o pau pega.

Grande abraço

Carlos Soares
Carlos Soares
6 anos atrás

“MAD DOG
13 de outubro de 2014 at 14:15 #”

Duas coisas:

Primeira, onde assino e

Segunda, por onde tu andavas ?

Nunca tinha visto teus comentários, muito bons.

Caro Juárez Martinez

Perfeito, nas duas vezes.

Caro Oganza

Concordo 100%

Resumindo:

É uma soma de tudo que vocês postaram.

E o FDP foi eleito e está idolatrando quem ?

Sim…..elles…..Irmãos Castro e o fantasma do metrô na cidade da VENEFAVELA.

PQP, dia 26 tá chegando.

MAD DOG
MAD DOG
6 anos atrás

Caro, Carlos Soares. Em primeiro lugar obrigado, fico muito feliz em saber que a maioria aqui compartilha dos mesmos pensamentos!!! Agora tenho certeza que não sou um extremista de direita!!! Rs. Como dito no link, vamos ver como a Bolívia estará daqui a 05 anos!!! Pois com certeza por aqui as coisas já estão mudando!!! E sem o apoio da Ptralha no próximo ano, quero ver!!! Vamos fazer um exercício mental! Imaginemos o Brasil com uma política externa coerente e próxima as grandes nações, em especial os EUA. Com certeza teremos doações de equipamentos e verbas para policiarmos nossas fronteiras… Read more »

juarezmartinez
juarezmartinez
6 anos atrás

Mad, infelizmente não vai ser nada fácil endireitar a situação. O atual GF aplicou detalhadamente todas as orientaçãoes do FSP, fomentado ódio racial, preconceitos, estabelecendo cotas raciais, aparelhando órgão vitais do estado, introduzindo agentes dentro da mídia e no judiciário e etc… Só para tu teres uma idéia, aqui no RS, se o canidato da oposiç~]ao ganhar vai ter que mandar os Cel da Pm para reserve e nomear um major como comandante, pois todo o alto comando está “doutrinado”, por baixxo da gola da farda tem uma estrla vermelha, tudo em troca de promoções, cargos e aposentadorias milionárias. Se,… Read more »

aldoghisolfi
aldoghisolfi
6 anos atrás

Nunca poderei ser uma grande autoridade nacional… P’rá início de conversa, não sou latino-americano! Sou gaúcho, me identificando, com essa afirmação, com a pampa nossa de todo o dia, uruguaia e, quem sabe, argentina… e, claro, com o resto do país. No mais?!… exigiria passaporte p’rá entrada e saída do país, controle rígido p’rá detonar entrada de mercadorias, trânsito de mercadorias sem a respectiva guia e liberação tributária e tráfico de drogas. Latino-americano p’rá ficar por aqui? Somente depois de regularizada a sua situação E SE a nação de origem for nação muito amiga e se responsabilizar pelo indivíduo. Depois… Read more »

Carlos Soares
Carlos Soares
6 anos atrás

Leiam o próximo texto e tirem sua conclusões, o Molusco voltará no ano que vem ….. liderando nos bastidores as afirmações do Juárez Martinez.

SENTA A PUA !

Carlos Soares
Carlos Soares
6 anos atrás

“Em um artigo magnífico publicado nesta terça no GLOBO, o historiador Marco Antonio Villa faz um breve resumo da trajetória personalista e autoritária de Lula, mostrando como essa característica pode afundar de vez o Partido dos Trabalhadores. (será ?) sic Desde os tempos de sindicalista, Lula demonstrava esse viés narcisista e controlador. Sua enorme vaidade e sua ambição desmedida fizeram com que fosse usando tudo e todos em prol de seu projeto pessoal de poder, nada mais. Nunca soube cultivar outras lideranças. Villa escreve de forma direta: Lula, com seu estilo peculiar de fazer política, por onde passou deixou um… Read more »

Oganza
Oganza
6 anos atrás

Carlos,

vou acender uma vela para que esse texto torne-se profético.

Amém.

MAD DOG
MAD DOG
6 anos atrás

Ótimo! Coerente e verdadeiro o texto!!! Já fiz algumas coisas em minha vida, e uma delas foi assessor político na CMSP, para um vereador do PL na época, bem como fui do PL Jovem, Juventude Janista e PDS Jovem, nesse dois últimos como simpatizante, na década de 90 e minha última participação mais ativa nos bastidores políticos, foi em 2002. Nos bastidores, políticos e sindicais em que tive oportunidade de conviver e articular, era unânime, principalmente entre os sindicalistas, a colocação que o MOLUSCO NÃO PASSAVA DE UM TRAIDOR BÊBADO, que os deixou todos a deriva, sem participação, que não… Read more »

MAD DOG
MAD DOG
6 anos atrás

Desculpem alguns erros de concordância e ortográficos!!!

Carlos Soares
Carlos Soares
6 anos atrás
felipe augusto batista
felipe augusto batista
6 anos atrás

Eu não acho que a esquerda está acabada ainda, na minha opinião o Molusco deve estar torcendo pra poste perder. A economia vai afundando, para por o país de volta nos eixos serão necessárias muitas medidas impopulares que o povão não vai aceitar facilmente e o partido não pode tomar, então deixa a direita assumir por 4 anos, fazer o dever de casa e assumir o desgaste político e depois o molusco se candidata para voltar como o salvador da pátria dizendo: “Vejam como no meu governo nós avançamos e estes 4 últimos anos de direita o país sofreu, me… Read more »

MAD DOG
MAD DOG
6 anos atrás

Caros, Carlos Soares: Excelentes as colocações do Jabor, aliás que tem muita propriedade para falar dos planos do PT, pois em sua juventude participou da esquerda, claro como todo ser humano normal, cresceu, amadureceu e não acredita mais em estórias da carochinha! Ele define muito bem o que nos dias de hoje, a esquerda, comuna, socialismo ou como quiserem nomear, representa no Mundo atual e as suas consequências! Infelizmente, boa parte da nova geração, não tem os parâmetros de um comunismo, diferentes de nós que vivenciamos a Guerra Fria, tendo uma China Popular, URSS, Cuba, Vietnã, Coreia do Norte, parte… Read more »

juarezmartinez
juarezmartinez
6 anos atrás

Mad, o problema será o hiato entre o resultado das eelições e a posse, se o candidato da oposição ganahr, vão viar o país do avesso para gerar ingovernabilidade.

Grande abraço

Carlos Soares
Carlos Soares
6 anos atrás

Molusco ?

Como pegaram o Al Capone ?

É por ai …..

Receita Federal + Polícia Federal + Interpol + Inteligência.

Ponto.

Carlos Soares
Carlos Soares
6 anos atrás

Será que o Evo teria “tomado” a PETROBRAS BOLÍVIA e nos dado um golpe de U$$ 1,5 BI ?

http://www.youtube.com/watch?v=1hJJVvTW9SA

Colombelli
Colombelli
6 anos atrás

Não querendo enveredar pelo viés politico, pelo respeito que nutro pelos editores e pelos colegas, mas noticia veiculada neste sábado, e pertinente ao tema, dá conta de que a Petrobras teria doado um bilhão à campanha de evo morales, o mesmo que encampou suas instalações não faz muito tempo. Notar bem bem: 1.000.000.000. Claro que a notícia ( veridica, pois não pareceu ninguem com coragem para negar) ficou no ar pouco tempo. Procurem na coluna “esplanada”. tenho o link se quiserem. Será que preciso dizer mais? Em 40 minutos estou aprestado, inclusive com marmita e saco de dormir. So preciso… Read more »

Colombelli
Colombelli
6 anos atrás

Carlos so para constar, todos os “generais malvados” ( eles dizem) do regime militar morreram com patrimônio compatível com a renda. Alguns em condições precárias. A viúva do cavalariano ultimo presidente, vendia propriedades e posses para viver. Homens com 40 anos de serviço, que tiraram oficial de dia e superior de dia. Homens que nunca puderam ter um lar seu pois a cada dois anos eram mudados de lugar. Homens que as seis horas estavam fardados e prontos, dando exemplo. Agora temos isso ai. o que esta ai…. lula o exemplo Mas o filho de certa pessoa, que ganhava dois… Read more »

Colombelli
Colombelli
6 anos atrás

Senhores para bom entendedor meia palavra basta: ad sumus

Carlos Soares
Carlos Soares
6 anos atrás

“auribus teneo lupum”

Minha saúde debilitada não me permite alinhar-me em campo com os Nobres Amigos, Colombelli & Juarez, mas posso ser útil em outras funções.

Para proteção pessoal e outras situações em tiro de pistola, me dou bem.

A disposição e pronto.

http://www.youtube.com/watch?v=X9FrFSM1-LM

Carlos Soares
Carlos Soares
6 anos atrás

“Colombelli
19 de outubro de 2014 at 4:52 #”

Nobre Amigo Colombelli

Não há com que se desculpar.

Endosso 1.000% de tuas afirmações.

Fazem mais de quatro anos:

http://www.youtube.com/watch?v=Vklvo1UJAJw

Carlos Soares
Carlos Soares
6 anos atrás
erabreu
erabreu
6 anos atrás

Meus caros, parece que o PT será desbancado após 12 anos de desmandos e desvairios comunistóides. Contudo tenham em mente que não está derrotado, muito menos morto. Aliás, ouso afirmar que o contra-golpe midiático e subversivo da esquerdalha já está em curso. O nome do real adversário, eu diria até INIMIGO do Brasil chama-se Foro de São Paulo, A influência maléfica de Cuba pode ser sentida em todos os aspectos da prática da esquerda brasileira. Eles mudam de cara, camaleônicamente, mas não desistem do seu objetivo. Já estáo nesta lida há mais de 100 anos. Convido os senhores a enriquecer… Read more »

MAD DOG
MAD DOG
6 anos atrás

Senhores,

A onde me apresento!

BRASIL, ACIMA DE TUDO!

MAD DOG
MAD DOG
6 anos atrás

Realmente, como muito bem colocado pelo colega juarezmartinez, a grande preocupação será o hiato do dia 27/10/2014 até 31/12/2014.

É exatamente aí, que existe o perigo da “Onça beber água e a “Cobra Fumar”.

Mas vigilantes estarão as instituições que garantem a nossa DEMOCRACIA desde 1964! Aliás, creio eu, com muito apetite de Sentar à Pua, nesses medíocres!!! Eles que vacilem para verem a Cobra Fumando!!!

Carlos Soares
Carlos Soares
6 anos atrás