Home Asa-fixa Aviação do Exército argentino terá dois C-212 para renovar frota de transporte

Aviação do Exército argentino terá dois C-212 para renovar frota de transporte

761
14

DN-ST-94-01894

A Agência de Cooperação para Segurança e Defesa do governo dos Estados Unidos deve anunciar, nas próximas semanas, a transferência, para a Arma Aérea do Exército argentino, de dois bimotores de transporte Aviocar C-212-200, capazes de decolar com um peso máximo de 7,7 toneladas.

As aeronaves, de matrícula civil, se encontravam disponíveis no mercado americano e estão agora sendo revisadas por uma empresa especializada.

Elas serão vendidas aos argentinos em condições facilitadas, por meio do programa conhecido como Foreign Military Sales (FMS) – criado por Washington, em 1968, com o objetivo de contribuir com a modernização das forças militares consideradas “amigas” dos Estados Unidos.

A capacidade de transporte aéreo de pessoal e de carga da força terrestre argentina caiu drasticamente desde que, a 26 de março de 2004, um informe produzido pelo quartel-general do Exército, no Campo de Mayo, admitiu que os três cargueiros G-222, de procedência italiana, em atividade desde o fim da década de 1970, já não podiam mais voar.

Os chefes militares argentinos ainda tentaram manter um desses bimotores em atividade. Mas em 2006 o aparelho apresentou um sério defeito na base aérea brasileira de Campo Grande (MS), e foi dado como perdido.

Depois da desativação dos cargueiros italianos o governo de Buenos Aires examinou a possibilidade de adquirir dez bimotores C-212-100, de um lote que havia sido dado de baixa no Exército do Ar espanhol, mas a solicitação dos sul-americanos nunca chegou a Madri.

Na aviação de asa fixa, o que restou aos generais argentinos foi um C-212-200 comprado de segunda mão, e dois bimotores DHC-6 Twin Otter, de passageiros, consagrados ao transporte de militares e civis na região patagônica.

Hércules – No geral, a situação da aviação de transporte militar na Argentina é bem ruim.

No início do mês, um quadrimotor Hércules C-130 da Força Aérea Argentina (FAA) que servia a uma visita do chefe do Estado-Maior da corporação à base de Marambio, na Antártida, declarou emergência enquanto se encontrava no ar.

O cargueiro conseguiu pousar na cidade de Río Gallegos, mas não pode continuar a viagem até Buenos Aires. Foi necessário que um jato Fokker F-28, pertencente à I Brigada Aérea, transportasse da base de El Palomar, em Buenos Aires, para Rio Gallegos, as peças de reposição de que necessitava o Hércules. Os passageiros foram acomodados no Fokker, de forma a poderem retornar à capital argentina em maior segurança.

A FAA opera apenas cinco transportes Hércules, mas, nesse momento, dois se encontram inativos – um sendo modernizado nos Estados Unidos e outro em manutenção na Fábrica de Aviões General San Martín, na província de Córdoba. Os três restantes se desincumbem dos voos sob certas restrições operacionais.

A situação é tão delicada que os Hércules já foram desprogramados dos voos previstos para este ano, no curso de preparação de paraquedistas da Força Aérea.

14
Deixe um comentário

avatar
14 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
6 Comment authors
sergio ribamar ferreiraClaudio MorenoKojakJorge AlbertoOganza Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Soldat
Visitante
Member
Soldat

Kakakaka……me divirto com a geopolítica dos Âmis sabendo que os amarelos estão entrando no seu quintal pelos fundos agora começam a oferecer as tranqueiras rsrs..

Bom fazer o que nê e a vida segue o problema agora passar a ser dos hermanos serão livres se se aliarem aos amarelos ou serão eterna colonia de vira-latas dos Âmis???

Eis a questão!!!!!!

Claudio Moreno
Visitante
Member
Claudio Moreno

Credo! Sem comentário!

CM

Claudio Moreno
Visitante
Member
Claudio Moreno

Na verdade eu até tenho uma pergunta somente não sei será haverá resposta plausível:

De quem foi a ideia de convidar a Argentina para o programa KC390? Seis intenções de compra….hummmmm sei não.

CM

Oganza
Visitante
Member
Oganza

Cara,

esse aviazinho parece os de brinquedo que eu comprava na feira quando era criança…. rsrsrs parece algo saido de alguma aventura aérea do tipo Air America ou dos desenhos de Ducktales…

… enfim, é a equivocada Política Hakuma Matata do Obama.

Ps.: Não se enganem, estamos indo pro mesmo buraco que a Argentina se encontra hj e ela está indo pro da Venefavela. Se somos “escravos” dos Yankees hj, seremos escravos de Segunda Classe, só que agora quem vai descer o chicote serão os Chinas.

Grande Abraço.

Jorge Alberto
Visitante
Jorge Alberto

Quase nada para voar….. essa eh a situacao….

Os chineses estao avidos a colaborar… rs

Kojak
Visitante
Kojak

Para os Argies na situação que eles estão ?

E revisados ?

Cavalo dado não se olha os dentes. (rskk).

Para quem tem F 28 e devem estar moídos.

Prefiro o C 95 M

http://www.ael.com.br/c95.php

Aliás, notícias a respeito dos C/P/SC 95 M ?

Brazil,

Kojak
Visitante
Kojak

“Soldat
10 de março de 2015 at 18:53 #”

Soldat

tem três pessoas na trilogia pelas quais eu tenho especial admiração.

Você é uma delas.

Você acredita nas suas afirmações de forma tão eloquente, isso é incrível partindo dos pressupostos e do quanto elas são críveis.

Um dia darei um exemplo para provar essa minha afirmação.

Oganza
Visitante
Member
Oganza
Oganza
Visitante
Member
Oganza

ups… respondi… 🙂

Grande Abraço.

Kojak
Visitante
Kojak

“Oganza 10 de março de 2015 at 22:59 #” Caro Oganza “…….quem vai descer o chicote serão os Chinas.” Os Yankees, Europeus, Canadenses, Australianos, Japoneses e mais alguns países, quando investem fora de suas fronteiras trazem expertise, tecnologia e uma turma reduzida de pessoas para “girarem a roda”. O Brasil que dá certo, quando sai da nossa fronteira costuma ter o mesmo comportamento. Os Chinos, por sinal tão adorados por colegas na trilogia, ei-los: 1.- UHE Belo Monte – PA A linha de transmissão da energia gerada sai do Xingu até Estreito MG, 2092 km estimados. Sócios, estabelecidos(ganharam) por oferta… Read more »

Oganza
Visitante
Member
Oganza

Kojak,

Muito bom esse briefing sobre a UHE Belo Monte (vou procurar saber mais). Mas no fim os Chinas fazem o que eles de melhor fazem: Ocupar Espaços Disponíveis.”

…eles é que estão certos, a variável Imcopetente a ser descartada da equação somos nós.

Grande Abraço

Claudio Moreno
Visitante
Member
Claudio Moreno

Bom dia Senhores!

Vejam como os EUA respondem de forma desesperada e inteligente, a atual situação venezuelana e as ações russas e chinesas no continente, em especial com governinhos que se simpatizam com a “chusma”.

OFF Topic, pero no mucho:

http://www.diariolasamericas.com/5140_noticias-destacadas/2987597_insolita-alianza-de-eeuu-y-cuba-amenaza-territorio-venezolano.html

Buena lectura mis señores!!!

CM

Kojak
Visitante
Kojak

Oganza

Perfeito.

É uma das coisas que eles fazem de melhor.

Coitado do Soldat.

Mal sabe ele que grande parte do capital nos Chinos é Made In USA, Japan, Taiwan, Judeu (geral-rs), Germany etc ….. cada qual com seu volume.

“……. a variável “incompetência” a ser ocupada da equação são os próprios”
diria Deng Xiaoping, o mentor (Esse é “o cara”).

Caso queira mais dados desse meu briefing, posso disponibiliza-los, é público.

Mas mudando de corda para barbante, quando puder leia o texto desse site mequetrefe e faça seus comentários, de repente …………. você é do estado, enfim ….

http://www.ligaoperaria.org.br/1/?p=7429

Abraços

sergio ribamar ferreira
Visitante
sergio ribamar ferreira

Eu não sei qual é o problema que alguns aqui no Brasil têm em desmerecer os EUA. As forças armadas argentinas estão sem dinheiro para comprar melhores equipamentos. As ferramentas norte americanas são boas ,os automóveis e outros produtos idem…Não entendo o porquê da desconfiança. Acham alguns que os estadunidenses se quisessem ter a nossa Amazônia já não a teriam? Estes não precisam, possuem reservas de petróleo e minerais inesgotáveis no Alasca, fazem negócios com o mundo inteiro,, inclusive com a China(pois são muito exigentes nas importações).O chineses ao contrário só nos exportam porcarias e importamos porcarias e mais porcarias…O… Read more »