Home Exército Brasileiro Sistema ASTROS é utilizado pela primeira vez no Hemisfério Norte do País

Sistema ASTROS é utilizado pela primeira vez no Hemisfério Norte do País

1116
5

Sistema ASTROS no Amapá

Oiapoque (AP) – No contexto da Operação Ágata X, o 6º Grupo de Mísseis e Foguetes (6º GMF), situado na cidade de Formosa (GO), deslocou, para a cidade de Clevelândia do Norte (Amapá), localizada a 595 quilômetros da Capital do Estado (Macapá), meios necessários para a operação do Sistema ASTROS que, pela primeira vez, é utilizado no Hemisfério Norte, no Brasil.

Foram deslocadas uma Viatura de Posto de Comando e Controle de Bateria, que planeja coordenadas e controla os fogos; duas Viaturas Lançadoras Múltiplas Universal, que lançam foguetes de vários calibres; uma Viatura Remuniciadora, que transporta munição; e uma Viatura Posto Meteorológico, que realiza um levantamento sobre as condições climáticas do ambiente. Além disso, cerca de 60 militares do 6º GMF e um Engenheiro da AVIBRAS seguiram para a região de operação.

Assim, no dia 24 de outubro, o Sistema ASTROS foi operado, dentro do contexto da Operação Ágata X. O tiro foi assistido pelo Ministro da Defesa, Sr Aldo Rebelo, e por sua comitiva. O 6º GMF lançou 64 foguetes, que atingiram 10 quilômetros de distância em cerca de 30 segundos.

Sistema ASTROS no Amapá - 2

Sistema ASTROS no Amapá - 3

FONTE: CMN

5
Deixe um comentário

avatar
5 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors
Mauricio R.JokerJuarezWellington Góes Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Juarez
Visitante
Juarez

Mensagem a Garcia…….

G abraço

Wellington Góes
Visitante
Member
Wellington Góes

O Amapá não faz fronteira com a Guiana (ex-Guiana Inglesa), muito menos com Venezuela e Colômbia, mas com Guiana Francesa e Suriname. Essa demonstração serve para o adestramento logístico, bem como marcar posição a quem quer que seja, países fronteiriços ou não, da região ou fora dela. A importância se dá porque é pelo Amapá que entra pelo Rio Amazonas, através do Canal da Barra Norte, passando pela frente de Macapá, sede da nova Brigada de Infantaria da Foz.

O EB tem que se mostrar a todo e qualquer aventureiro, independente de quem seja, bolivariano ou não.

Até mais!!!

Juarez
Visitante
Juarez

Sim, eu tenho certeza que a a maioria de nós sabe ver, observar e discernir sobre mapas e fronteiras.

Joker
Membro

Ano passado a AVIBRAS fez uma campanha de certificaçao do Astros 2020 e acompanhei um dia da campanha. O esforço logistico foi grande, isso porque 50% do trajeto foi em rodovia duplicada e aafaltada. Imagino como foi pra levarem pro AP.

Mauricio R.
Visitante
Member
Mauricio R.

OFF TOPIC…

…mas nem tanto!!!

Conheço esse reparo lançador de foguetes de algum lugar…

“I wonder. There was a widely circulated report…a lessons learned from the Ukrainian War…that talked about a MLRS battalion destroying two Ukrainian Brigades in three minutes.”

“We saw the same thing in the first Gulf War.”

(http://snafu-solomon.blogspot.com.br/2015/10/bae-wins-m109a7-contractbut-is-gun.html)