segunda-feira, setembro 27, 2021

Saab RBS 70NG

13º RC Mec recebe viaturas blindadas Cascavel repotencializadas

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

13º RC Mec - 2

Pirassununga (SP) – No dia 8 de dezembro, o 13º Regimento de Cavalaria Mecanizado recebeu três viaturas blindadas Cascavel, repotencializadas no Arsenal de Guerra de São Paulo. Desta forma, a Unidade aumenta a sua mobilidade e potência de fogo, para melhor cumprir as grandes atividades que previstas para o ano de 2016.

13º RC Mec - 1

13º RC Mec - 3

FONTE: 13º RC Mec

- Advertisement -

21 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
21 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Leonardo.
Leonardo.
5 anos atrás

Alguém sabe o que mudou para dizer que foi repotencializada?

carlos alberto soares
carlos alberto soares
5 anos atrás
carlos alberto soares
carlos alberto soares
5 anos atrás

Excelente notícia, espero que as 600 un sejam realmente contempladas.

carlos alberto soares
carlos alberto soares
5 anos atrás

Caros Colombelli e Brandenburg seus comentários me enriquecem, no aguardo !

timuskukii
5 anos atrás

Ainda usam essa velharia !? Achei que já tinham aposentado o Cascavel, junto com o Urutu.

Seal
Seal
5 anos atrás

Eu Acho que a região Norte do país especialmente no lavrado, é carente de uma força blindada com mais poder de fogo. Bem que o EB poderia formar algum tipo de Regimento com carros M-60 TTS, alguns EE-9 Cascavéis e alguns EE-11 Urutus repontencializados para transporte de tropa. Recentemente, a Venezuela fez um grande exercício com alto poder de fogo chamado de Canpäna Patriota bem perto de nossas fronteiras, inclusive com 7000 soldados equipados para o combate.

Leonardo.
Leonardo.
5 anos atrás

Grato pelos links Carlos

carlos alberto soares
carlos alberto soares
5 anos atrás

Caro Seal 13 de dezembro de 2015 at 12:22
O Colombelli e eu já debatemos isso no FORTE.
Essa região necessita de muita atenção.
Reforço substancial na BABV,
dotar a área de um Regimento de Cavalaria Mec e um de BIL no mínimo.
Artilharia com astros 2020 etc etc ….. idem.
Saindo apoio de Manaus, a que se olhar as OM’s e demais unidades nessa região, sendo uma grande capital …..
Guepard’s seriam bons também, apoio de colunas etc …..etc …..
Muito bem observado por você !

carlos alberto soares
carlos alberto soares
5 anos atrás

e um Bil no mínimo. Melhor

Colombelli
Colombelli
5 anos atrás

manobras da Venezuela não devem preocupar. A tirar uma base pela força aérea deles o exercito é uma fachada de desfile e estaria em enorme desvantagem pelo terreno. isso não invalida a necessidade de melhoria da defesa lá. O ideal seria uma brigada de cavalaria C Mec, a dois ou três regimentos C Mec e um RCB, e mais unidades orgânicas, vale dizer, 01 BLog, 01 GAC 105mm autor rebocado, 01 Cia Com. 01 Cia Eng e uma Cia Cmd.

Civil
Civil
5 anos atrás

A algum tempo atrás li aqui no Forte mesmo que estava em desenvolvimento a versão de reconhecimento do blindado Guarani (8×8) com o objetivo de substituir os antigos ´´Cascavel“, inclusive já tinham até escolhido o calibre do canhão e tudo mais. Gostaria de saber como está o desenvolvimento desse veículo e se ele realmente ficará pronto até 2020 com diz na reportagem e se esse repotencialização dos atuais EE-9 pode significar o atraso ou até mesmo o cancelamento do projeto.

http://www.forte.jor.br/2014/09/26/exercito-planeja-viatura-blindada-de-reconhecimento-vbr-versao-de-8×8-do-guarani/

Colombelli
Colombelli
5 anos atrás

Leonardo, não foi acrescido nada, mas o veiculo foi colocado em condições, revisado, repintado, trocas peças em mau estado etc.. em resumo, sai como se fosse novo e o que é o principal, funcionando. Civil, o que está sendo feito com o Cascavel não tem relação direta com o projeto do 8×8 no que concerne a prazo ou cancelamento. A questão é que ele vai demorar pra sair e até lá o Cascavel vai atuar. Como estavam muito desgastados, houve necessidade de uma revisão dos mesmos. O substituto vai sair de um jeito ou de outro, seja 8×8 ou 6×6,… Read more »

Renato Carvalho
5 anos atrás

não acredito que 23 anos depois de servir em uma unidade Cmec onde as viaturas já eram antigas e muitas sequer subiam ladeiras devido ao fraquíssimo motor mercedes, ainda leio
que nossas sucatinhas estão sendo revitalizadas, triste país, o último a sair fecha a porta.

Colombelli
Colombelli
5 anos atrás

Ja esteve pior Renato algum tempo atras maioria estava totalmente indisponivel. Lembro de uma cena de uma operação de demonstração de força em uma invasão de terra em Brasília onde um Cascavel era puxado por um Urutu através de um cambão.

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
5 anos atrás

Caro Renato Carvalho 14 de dezembro de 2015 at 18:34
Caro Colombelli 14 de dezembro de 2015 at 19:03
“OM 366 LA militarizado (de 158 cv para 230 cv)
Transmissão automática Allison da série 3000, gerenciada eletronicamente, que vem acoplada à caixa de transferência Engesa que foi totalmente revisada. Nos primeiros testes realizados, o protótipo alcançou a velocidade máxima de 110 km/h em terrenos livres e se mostrou apto a chegar aos 80 km/h em situação off-road. Sua autonomia também aumentou significativamente, passando de 750 para 950 quilômetros.”
Mais:
http://www.forte.jor.br/2010/03/02/urutu-e-cascavel-ganharao-vida-nova/#comments

Colombelli
Colombelli
5 anos atrás

Boa lembrança Carlos. Eu pra mim o carro estando andando e operacional é a conta, e muitos não estavam. As OM de cavalaria C MEC estavam com alta indisponibilidade.

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
5 anos atrás

Caro Amigo Colombelli 18 de dezembro de 2015 at 5:13 Lembra-se da nossa filosofia ? Sim nossa, debatemos varias vezes sempre nos alinhando: Não temos $$$$$ para comprarmos o melhor, em estado de arte etc ….. MRO’s (retofit’s) que coloquem o que temos em bom funcionamento de tudo que for admissível e valha a pena é o caminho. Até 40% do custo de um similar novo vale a pena. Vou mais longe, dependendo do retrofit até 50% Teremos duas unidades a custo de uma, mais uns 20/25 anos de uso. Aqui é os Estados Unidos do Brazil, onde o macaco… Read more »

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
5 anos atrás

“onde o macaco come a banana.” ERRADO, onde a banana come o macaco.
Fico tão nervoso com a situação das FA’s que …….. deixa pra lá vai !

Fabio
Fabio
5 anos atrás

e não rolou nadica em termos de sistemas de pontaria, visão noturna, térmica, enfim, algo que ajude os coitados que estão dentro a saber o que se passa do lado de fora?

sergio r ferreira
sergio r ferreira
5 anos atrás

Esta modernização também atingirá os sistemas de armas ,motores,…? Quanto tempo se levará para modernização de todas as viaturas? para onde deveriam ser inicialmente enviadas para operação?

Últimas Notícias

Paraquedistas russos começam exercícios em grande escala na Crimeia

SIMFEROPOL, 27 de setembro. /TASS/. Os exercícios em grande escala de um assalto aéreo com um regimento de artilharia...
- Advertisement -
- Advertisement -