T-14 Armata - 1

O moderno tanque T-14 desenvolvido na Rússia, que faz parte da família de veículos blindados Armata, já está sendo produzido em massa, escreve a revista americana The National Interest

Dave Majumdar, editor de defesa da revista citou um funcionário de alto escalão da indústria de defesa.

Para Majumdar, esta notícia será seguramente uma surpresa para muitos analistas ocidentais que “acreditavam que a família Armata ainda estava na etapa de desenvolvimento” depois de os seus modelos ter tomado parte da parada no Dia da Vitória em Moscou em 2015. O analista na área de defesa cita Sergei Chemezov, chefe da corporação estatal russa Rostec, que confirmou em uma entrevista ao Wall Street Journal que os T-14 já estão no estado de produção em série.
Majumdar escreve que apesar de “Moscou cortar o seu orçamento de defesa, devido à baixa dos rendimentos do petróleo”, o projeto do tanque de combate Armata não será abandonado.

“Você não pode parar quando está no meio do caminho. Tudo o que foi iniciado será terminado e o dinheiro será alocado para isto”, disse Chemezov citado pelo The National Interest e acrescentou que “[o T-14] já está na produção em série”.

T-14 - 2

Dave Majumdar também lembrou que o T-14 é “uma fonte de grande preocupação dos exércitos ocidentais”, inclusive das Forças Armadas da Alemanha:
“Como uma resposta direta ao desenvolvimento do T-14, a Alemanha fez recentemente um esforço para equipar o [tanque] Leopard 2 com um novo canhão de 130mm e desenvolve planos de lançar um novo tanque de combate chamado Main Ground Combat System (MGCS) [Sistema Principal Terrestre de Combate]”.

Os tanques T-14 Armata foram apresentados ao grande público pela primeira vez durante a parada militar do Dia da Vitória, na Praça Vermelha, em Moscou, em 9 de maio de 2015, tendo sido elogiado por especialistas russos e internacionais.

Os tanques Armata também foram mostrados para delegações estrangeiras na exposição internacional de armas Russian Arms Expo — 2015 (RAE-2015), na região de Nizhny Tagil, no início de setembro.
O tanque é operado por uma tripulação de três homens, ficando esta dentro de uma cápsula blindada na parte frontal do veículo, o que a mantém os tripulantes isolados das munições e do combustível e aumenta a sua chance de sobrevivência se o tanque for atingido. Segundo alguns especialistas em questões de segurança, a automatização da torre, que não tem tripulantes, poderá abrir caminho para a criação de um tanque sem tripulação, automatizado, com o controle inteiramente a distância. O armamento principal do tanque inclui uma metralhadora de controle remoto de 7,62 milímetros e um canhão de 125 mm.

t14-1

FONTE: sputniknews.com

Subscribe
Notify of
guest
35 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Sergio Ricardo
4 anos atrás

O velho urso está rugindo.

schwanka
4 anos atrás

Tem algum teste sobre esse veiculo? vídeo.

Caio Romão
Caio Romão
4 anos atrás
Ocidental Sincero
Ocidental Sincero
4 anos atrás

Mais do mesmo.. Armata = T90 = T80 = T72 .

Nenhum deles dá conta dos Leopard 2, Abrams e Challenger 2

Alfredo Araujo
Alfredo Araujo
4 anos atrás

“Ocidental Sincero 15 de março de 2016 at 14:58
Mais do mesmo.. Armata = T90 = T80 = T72 .
Nenhum deles dá conta dos Leopard 2, Abrams e Challenger 2”
.
.
O mais puro e sincero dos achismos…
T72, T80 e T90, até visualmente são parecidos…
Agora… colocar o Armata nessa familia é meio que forçação de barra excessiva.

Essa conversa de quem da conta de quem, é tão infantil que me nego a comentar…

Bosco
4 anos atrás

Hoje, baixada a poeira provocada pelas desinformações sputinícicas que visam basicamente os mais ingênuos, temos uma ideia mais clara das potencialidades do MBT Armata. Ele é muito avançado mas está longe de ser uma revolução que de uma hora pra outra iria relegar à obsolência todos os outros MBTs do mundo. Ele é muito mais uma evolução gradual e linear que um salto tecnológico. Hoje sabemos que o tal radar AESA com 100 km de alcance é tão somente um sistema de radar que faz parte do sistema de proteção ativo que protege o veículo, com alcance de algumas centenas… Read more »

Fabian Moreno
4 anos atrás

Tem um vídeo mais atualizado do Armata tá com legenda em inglês.Seria legal adicionar na sua matéria.: https://www.youtube.com/watch?v=gxVLL_25gog

Alfredo Araujo
Alfredo Araujo
4 anos atrás

“Bosco 15 de março de 2016 at 16:59”
.
Perfeito…
Não precisa torcer para o Fla ou para o Flu para poder apreciar um bom futebol.

Carlos Crispim
Carlos Crispim
4 anos atrás

Acho que a torre dele tem muitas aberturas que poderão atrair as ogivas para dentro e não parece possuir uma blindagem poderosa, mas é achismo meu.

Peter Lenhart
4 anos atrás

Será que o investimento em tanques pesados (e caros) ainda é primordial para um exército?

Caio Romão
Caio Romão
4 anos atrás

É um T-72 metido a besta.

Carlos Campos
Carlos Campos
4 anos atrás

Sem dúvidas não deixa a desejar para o LeoA7, no fim quem tiver a melhor doutrina de uso de seu equipamento vai vencer. Vejo com medo esse negócio de “a distância” pois ficariam suscetíveis a jamming

Pb
Pb
4 anos atrás

como vejo imveja no Brasil

rogério rufini
rogério rufini
4 anos atrás

pra mim é um conceito novo, uso em de um veículo mais futuristas, já visando os conflitos futuros de insurgências, creio que se deve mais aos aprendizados da chechênia, não o vejo como o supra sumo, mas sim um veículo modular com menor tripulação, e com sistema de combate automatizado, ou seja, abriu mão de um tripulante, colocou os outros numa capsula segura, isso da mais motivação e seguramente mais confiança num conflito, o perfil baixo dele ajuda em muito sua vizualização, porém queria ver ele com as armas laterais

Guilherme Lins
Guilherme Lins
4 anos atrás

versão 3.0 do t-72, superior a versão 2.4 ( leia-se T-90 ), que por sua vez é superior a versão 1.8 ( T-80 ), que por sua vez é superior a versão inicial. TODOS bem distantes do Abrams e leopards.

donitz123
4 anos atrás

Uma pergunta: O Armata não teria incorporado algumas tecnologias desenvolvidas para o finado Black Eagle daí o motivo pelo qual ele já estaria em produção pois seu desenvolvimento foi de certa forma acelerado?

Rafael
Rafael
4 anos atrás

Donitz o armata pelo que eu sei, era um dos concorrentes do projeto para substituir o t-80, no qual concorria também uma versão do t-90, o chamado t-90ms, quanto ao blackeagle sua concepção é do final da década de 90 quando os think thanks Russos começaram a perceber que precisavao de um veículo que prioriza-se a qualidade mas nunca mais ouvir dizer do black Eagle se ele era uma concepção ou foi desenvolvido e o resultado é o armata

Alex
Alex
4 anos atrás

Eu não sei se este tanque é tudo que falam, mas o nome dele é espetacular.

W.K.
W.K.
4 anos atrás

Bosco, perfeito.

O Armata sofreu da mesma dose de “sputnice” que, alguns anos atras, sofreu o PAK-FA. Aquele caça russo que, segundo seus delirantes fãs e suas “aviation arts” publicadas antes da aparição do protótipo, contaria com asas invertidas de geometria variável, turbinas scramjet e a capacidade de abater caças F-22 por telepatia…

Mauricio Veiga
4 anos atrás

Bela máquina, sem dúvida será competente, impressionante a “blindagem” das escotilhas …

Juarez
Juarez
4 anos atrás

Mais um mito da mundo encantado sputiniklândia russófila desmestificado, o tempo é senhor de toda as verdades. Bosco escreveu; Infelizmente, quando isso era colocado há alguns meses atrás o infeliz era tido como um lambe botas dos imperialistas que fazia pouco caso do equipamento militar russo.” Bem feito, tu fica dando conversa para a comunistada, depois eles se enchem de razão te enchem de desaforo, tu fica chateado, sai do ar por uns dias e eu que tenho que resolver, chutando a porta do barraco desta cachorrada, mjiando em cima da porta e botando eles para correr.Da próxima vez tu… Read more »

W.K.
W.K.
4 anos atrás

Sempre que vejo o Armata, me vem a mente um dos protótipos do FCS 40t dos anos 90…
.
https://www.youtube.com/watch?v=2AZe8jOuGpo

ScudB
ScudB
4 anos atrás

Li e vi pouca analise.Achismos e propagandismos é que tem de sobra. Principalmente dos anti-comunistas parados nos tempos da Ditadura.Como se fosse algum desses tirou pirulito da boca do Juarez.Sei la…Caso de Sigismund Shlomo. Então. O que fugiu da visão: – plataforma multipla com torres cambiáveis.Uma dessas ja vem com 2A83 e toooooda parafernália PRONTA de mísseis termo-baricos e AA de bagagem. – sistema de carregamento automatica para novos tipos de munição de ate 1 metro de comprimento (a base de urânio e tungstênio) – entrada de Afganit (invés da Arena e/ou Shtora) – redução de tripulação ate 2 (dois… Read more »

Rustam Bogaudinov
4 anos atrás

Bosco 15 de março de 2016 at 16:59, this is a revolution, a fifth-generation tank! How strange, yes, usually amateurs west say the tale of the miracle Western weapons and here the notion of rupture)) neither Abrams nor Leo A7 are not revolutionary system that has a T-14, they still have 4 people and position the loader ___ Esta é uma revolução, um tanque de quinta geração! Que estranho, sim, geralmente amadores diga a oeste do conto do milagre armas ocidentais e aqui a noção de ruptura)) nem Abrams nem Leo A7 não são revolucionário sistema que tem um T-14,… Read more »

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
4 anos atrás

Dependendo do TO sou mais Leo ou Merkava.
A quantidade vai superar a ______________, e não precisa muito não, basta doutrina e inteligência.
_
COMENTÁRIO EDITADO. MODERE O LINGUAJAR.

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
4 anos atrás
Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
4 anos atrás
Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
4 anos atrás
Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
4 anos atrás
Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
4 anos atrás

Sinceramente:
________

Alfiderzen
________

Shalom

Rustam Bogaudinov
4 anos atrás

Карлос Альберто Соарес 19 марта 2016 в 17:44,

What is a fan of the west? Again nerves and inability to give evidence?

Take the book not only learn Russian and Western super Armata tank T-14 tanks and a backward type Abrams, Merkava, and Leo a7)))
___

O que é um fã do oeste? Novamente nervos e incapacidade para depor?

Pegue o livro não só aprender russos e ocidentais Super Tank Armata T-14 tanques e um tipo para trás Abrams, Merkava, e Leo a7)))

Fabiano
Fabiano
4 anos atrás

Falando em merkava a Colombia não estava interessada em alguns?

donitz123
4 anos atrás

Talvez relacionada: Rússia vai modernizar 150 T-72B.
http://mil.today/2016/Weapons11/

Lucas Nelles
4 anos atrás

é um belo tanque

V.Mikulin
V.Mikulin
4 anos atrás

Demonstrações passionais à parte, parece ser uma máquina com um potencial de desenvolvimento impressionante. Imagino que todos que o criticaram não chegaram a sequer ler o texto, no qual se lê que a Alemanha pretende reequipar o Leo 2 com meios mais eficazes, além de planejar desenvolver um tanque completamente novo, diante do avançado grau tecnológico alcançado pelo Armata. Ou seja, de duas uma: ou os alemães são loucos e querem queimar dinheiro, ou o são os “analistas de sofá”, incapazes de perceber uma tecnologia avançada diante de seus olhos – talvez, dada a cegueira ideológica. Apenas uma coisa é… Read more »