Home Exército Brasileiro Felipe Wu, sargento do Exército, conquista primeira medalha para o Brasil

Felipe Wu, sargento do Exército, conquista primeira medalha para o Brasil

3937
13

Felipe Wu

Brasília, 06/08/2016 – O terceiro sargento do Exército, Felipe Wu, repetiu o feito de 1920, na Antuérpia, quando o tenente Guilherme Paraense conquistou a primeira medalha para o Brasil. Wu, nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, garantiu a primeira medalha para o País, na modalidade de tiro esportivo. Com a prata no peito, o sargento prestou continência à Bandeira Nacional e deu início a busca dos militares pelo pódio.

“É uma sensação de dever cumprido. Minha equipe e eu nos dedicamos muito e esse ano tem sido muito bom para mim, pois já venci duas etapas da Copa do Mundo e cheguei ao primeiro lugar do ranking e ganhar aqui agora é muito bom. Até de manhã, não acreditava que a torcida poderia fazer a diferença, mas foi exatamente o que aconteceu. Senti uma energia muita boa vindo da arquibancada”, comemorou o brasileiro.

RIO DE JANEIRO 06/08/2016 - Tiro Esportivo - Deodoro - Na foto Felipe Wu durante a prova classificatória de Pistola de Ar 10m. Foto: Wander Roberto/Exemplus/COB
RIO DE JANEIRO 06/08/2016 – Tiro Esportivo – Deodoro – Na foto Felipe Wu durante a prova classificatória de Pistola de Ar 10m. Foto: Wander Roberto/Exemplus/COB

Wu ganhou a prata após uma disputada série final com o vietnamita Xuan Vinh Hoang, que levou o ouro ao anotar 202.5 pontos, com direito a um tiro de 10.7 pontos no último disparo, e conquistou o primeiro ouro da história de seu país, além de quebrar o recorde Olímpico da prova. O brasileiro terminou com 202.1 pontos e ficou à frente do chinês Wei Pang, que fechou com 180.4 pontos.

O sargento, que integra o Programa de Atletas de Alto Rendimento do Ministério da Defesa, dedicou o título primeiramente a sua família, e em seguida, agradeceu ao Exército Brasileiro, pelo apoio recebido. “Quero continuar representando o Exército Brasileiro. É um orgulho pra mim fazer parte do Programa de Atletas de Alto Rendimento”, ressaltou.

Felipe Wu terá a oportunidade de dar mais uma medalha ao País nos próximos dias. Na quarta (10), o brasileiro competirá na prova da pistola 50m.

FONTE: Minstério da Defesa

13
Deixe um comentário

avatar
13 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
13 Comment authors
OICAHawkjuniorFarias CardosoWilton Feitosa Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Reinaldo Deprera
Visitante
Member
Reinaldo Deprera

Parabéns ao Sargento.
Save Ferris!

Franklin de Paula
Visitante

Parabéns para FELIPE WU e ao EB.

Eduardo Primo de Souza
Visitante
Eduardo Primo de Souza

Parabéns Wu! O tiro mais uma vez faz o seu papel! Deu ao Brasil sua primeira medalha de ouro em 1920 e a despeito de todo o preconceito e atitudes que buscam impedir o desenvolvimento do esporte, ainda existem pessoas que através de sua dedicação chegam a este resultado espetacular. Sobre as atitudes que buscam dificultar o acesso e o crescimento do tiro, não posso ser omisso e citar além da mídia, que busca relacionar um atirador deste nível com a situação de violência vivida no nosso país, o próprio EB que através de seus normativos castradores e burocráticos só… Read more »

vicente de paulo
Visitante

parabéns sargento wu. brasil acima de tudo!

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

Parabéns soldado! Uma pena até o Exército prejudicar o tiro no país, a mídia ser anti armas, o governo ser anti armas e o EB vendido

Carlos Crispim
Visitante
Carlos Crispim

Parabéns, Felipe!!!!!!

Jorge Knoll
Visitante

Parabéns Sgtº FELIPE WU

Mateus
Visitante
Mateus

Parabéns Felipe!

Li em um jornal que nossos atletas do Tiro Esportivo tem grandes dificuldades pois não podem treinar e possuir o equipamento no Brasil antes de completar 25 anos; Nossa legislação não permite nem nesses casos o porte de calibres 22 e 12.
40 medalhas em jogo nas Olimpíadas no Tiro Esportivo…
Treina de chumbinho, Xbox e PS4 antes dos 25 anos?!KKKK
Abraços…

Wilton Feitosa
Visitante
Wilton Feitosa

senhores, menos, bem menos …, diferentemente dos Correios(Natação), Caixa(Corrida), Eletrobras(Atletismo), BB (Volei) e outros, as FFAA não tem verba publicitária, então oferecem patrocínio e apoio através de incorporação como Praças …

Farias Cardoso
Visitante

Ouro no judô, Rafaela Silva gravou um vídeo em 2014, manifestando seu apoio à presidente Dilma Rousseff.

“Ela incentivou bastante o apoio a nossos atletas. A gente tem o bolsa-atleta e para mim e meus companheiros ela fez muita diferença para a gente buscar nossos sonhos”, afirmou.

O outro medalhista brasileiro, o sargento Felipe Wu, do tiro, também recebia o bolsa-atleta

Fonte: http://www.revistaforum.com.br/2016/08/09/ouro-no-judo-rafaela-silva-explica-por-que-votou-em-dilma/

junior
Visitante

Vai fazer proselitismo em outro lugar seu verme, é justamente graças ao pt que o Brasil ocupa uma posição vergonhosa no quadro de medalhas apesar do país ter mais de 200 milhões de habitantes e estar competindo em casa. Os únicos que ganharam medalhas até agora foram militares, dá para ver a eficiência desse bolsa-atleta que não passa de mais uma medida populista para pegar votos e que não vai trazer avanço real nenhum.

Hawk
Visitante

O que mais me admira é ver a mídia escondendo que o cara é um militar e ainda tentando distorcer o que é o esporte de tiro. No mais parabéns ao Sargento!

OICA
Visitante
OICA

1.o parabéns ao Wu! Não tem culpa de nada. . Vocês conhecem um país chamado SUÉCIA? . Saabem (sic) que o caça da FAB vem de lá. . Pois é… Ela decidiu (seu governo) que não irá se candidatar às Olimpíadas depois de Tokio (24), porque alegam “ter outras prioridades…” . Alguns dados sobre a Suécia: – Analfabetismo 0%; – Saneamento básico 100%; – Desempregados 0%; – GTE na Força Aérea sueca NÃO rola. . Agora só um dado que intencionalmente não iria postar, mas não fui capaz de resistir rsrs. Era para que tivessem a mesma surpresa que eu… Read more »