quinta-feira, outubro 28, 2021

Saab RBS 70NG

Forças Armadas darão apoio ao governo para evitar desabastecimentos por causa da greve dos caminhoneiros

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Ministros da Segurança Pública, Raul Jungmann, da Secretaria de Governo, Carlos Marun, da Casa Civil, Eliseu Padilha, da Defesa, Joaquim Silva e Luna, e do Gabinete de Segurança Institucional, Sérgio Etchegoyen, durante entrevista.

Brasília, 25/05/2018 – Militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica farão parte do esforço do governo federal em retomar a normalidade no País, após paralisações de caminhoneiros realizadas ao longo desta semana, que causaram desabastecimentos em algumas regiões.

Amparada por um decreto de garantia da lei e da ordem, a ação vai durar até o dia 4 de junho, e terá como foco a desobstrução de vias públicas federais, em apoio às forças de segurança.

O decreto também prevê o emprego das Forças Armadas em vias públicas estaduais, distritais e municipais, mediante requerimento do chefe do poder executivo estadual ou distrital, acompanhado de elementos que demonstrem a insuficiência de meios da polícia militar do ente federativo.

A medida prevê que as Forças Armadas poderão remover ou conduzir veículos que estiverem obstruindo vias públicas, e também farão, em caso de necessidade, escolta de veículos que prestem serviços essenciais, como o transporte de alimentos, medicamentos ou combustíveis, além de assegurar o acesso a locais considerados sensíveis, e a proteção de estruturas críticas, como estações de abastecimento de água e luz.

O ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna, explicou que a inclusão das Forças Armadas nesse esforço do governo tem como principal objetivo assegurar que a população brasileira não sofra com efeitos de desabastecimentos.

“As Forças Armadas foram convocadas para serem empregadas nessa missão de garantir o abastecimento da população. O que vai ser garantido são as necessidades críticas, como nas áreas de abastecimento de combustível, saúde e alimentação”, disse.

De acordo com o ministro, por contarem com organizações militares espalhadas por todo o território nacional, as Forças Armadas tem plenas condições de prestarem esse tipo de apoio. “A vantagem é que as Forças Armadas possuem estruturas em todo o País, costuma-se dizer que onde tem Brasil, tem Forças Armadas, então, podemos atender situações em qualquer localidade do País”, explicou o ministro.

Conforme com o decreto de GLO, o ministro da Defesa definirá a alocação dos meios disponíveis e o comando que será responsável pela operação.

FONTE: Ministério da Defesa

- Advertisement -

69 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
69 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fellipe Barbieri
Fellipe Barbieri
3 anos atrás

A fragilidade e incapacidade do atual governo é demonstrado no momento em que as Forças Armadas tem que ser usadas contra uma categoria e ao invés do governo buscar solucionar a um problema para os aumentos do Dísel ele prefere usar da força física porque não tem força politica, nenhum partido hoje representa os anseios da população. o executivo, legislativo e judiciário estão aquartelados em seus palácios sem contato com a população, mas isso abre brechas perigosas, imaginem um comandante e sua tropa com não mais que alguns blindados se rebelar as ordens vindas de Temer e sua camarilha, isso… Read more »

Augusto L
Augusto L
3 anos atrás

Fica a análise do desenrolar da questão para ABIN e a secretaria de governo, para simular futuros protestos estimulados por governos estrangeiros ou grupos terroristas, com base em Fake News, afim de prejudicar o Brasil: Ex. : o Brasil, está em estado de lítio com um país vizinho( Venezuela), o presidente ordena mobilização, o governo do pais rival com o apoio de uma potencia estrangeira lança uma ofensiva de Fake News e ataques cibernéticos com o objetivo de causar paralisação dos serviços públicos e causar revolta da população afim de atrapalhar a mobilização do exército e a capacitação do governo… Read more »

Pedro
Pedro
Reply to  Augusto L
3 anos atrás

Fake News é a Globo e a Foice de São Paulo.

Pedro
Pedro
3 anos atrás

Baixar os impostos que é bom nada! O governo não está nem aí para os prejudicados pela greve. Esses políticos aí jamais irão abrir mão da arrecadação, que permite manter seu poder político, disrtibuir carguinhos, criar outros tantos… Temos é de pedir a renúncia coletiva desse governo! Refundar o Brasil! Chega desse Estado mastodôntico montado nas costas do povo produtivo! E pior é essa maldita Brasília, criada por um arquiteto comunista para deixar o governo longe e intocável pelo povo! Estivesse a capital ainda no rio, esse governo teria caído já!

Jorge alberto
Jorge alberto
Reply to  Pedro
3 anos atrás

Disse tudo…. Resta saber o q farao as FA qdo se “defrontarem” com população pacifica protestando…

Ali num tem “bandeira vermelha” nao….

Pedro
Pedro
Reply to  Pedro
3 anos atrás

Vc está raciocinando como se eu pedisse para simplesmente baixar imposto sem dar idéia de como repor a perda de receita, daí vc falar em varinha mágica. Mas não é isso que falei. É para baixar imposto (perdendo receita), E diminuir o gasto público (diminuindo a necessidade dessa receita). Ou seja, diminuir o tamanho do Estado. Eu sei que tem uma lei que manda compensar a perda de receita aqui com maior arrecadação acolá. Ela é um problema. Então revoguemos essa lei. Tb sei que o presidente se apoia nesse funcionalismo público agigantado e ineficiente. Então partamos para cima deles… Read more »

Wellington Góes
Wellington Góes
Reply to  Pedro
3 anos atrás

Não, com redução de gastos públicos no orçamento federal, na qual impacta nos três poderes, propondo a redução de despesas estúpifas como 14 salário, auxílios disso ou daquilo, emendas parlamentares negociadas para livrar a cara do Temer, etc, etc, etc… Não será reduzir um simples tributo (ou contribuição) que teremos efeito de longo prazo. É preço cortar gastos e isto não tem acontecido. Não será desonerando os combustíveis e onerando a folha de pagamento de diversos setores da economica, que se resolverá as contas públicas. O problema desta são os diversos penduricalhos, inclusive as altas aposentadorias e pensões do serviço… Read more »

Dan01
Dan01
Reply to  Pedro
3 anos atrás

Isso de que Brasilia foi uma invenção pra manter o povo longe é uma falacia, que infelizmente foi bastante difundida. A verdade é que Brasilia foi um cidade totalmente preparada para a guerra, assim como vários países comunistas que em épocas próximas a construção de Brasilia também prepararam suas capitais para a guerra. O maior medo naquela época era de ataques aéreos, por isso e as pistas imensas, a centralização no meio do pais, etc. Por que vocês acham que na Russia o metrô fica vários metros abaixo do subsolo, justamente por conta do medo de uma guerra e não… Read more »

Rafael_PP
Rafael_PP
Reply to  Dan01
3 anos atrás

Brasília está entre os maiores descalabros do século XX no Brasil, quiçá no Mundo.

Sua teoria também não coaduna com a realidade. Na época da construção da capital, super-bombardeiros já eram realidade nas potências militares. E de que adiantaria Brasília sobreviver enquanto os polos econômicos e industriais do país fossem fulminados? Serviria para o que sempre serviu: um oásis para elite burocrática brasileira.

Dan01
Dan01
Reply to  Rafael_PP
3 anos atrás

Rafael_PP O desejo de retirar a capital de estados litorâneos e coloca-la no centro do pais vem desde o império, desde aquela época já se tinha noção dos riscos de uma invasão vinda pelos mares, depois da segunda guerra o risco aumentou porque além dos navios ainda se tinha os porta aviões. Ainda hoje um avião bombardeiro ou um míssil de cruzeiro teria que passar por vários estados até conseguir chegar no meio do pais, a possibilidade de interceptação e infinitamente maior. Os polos econômicos e as industrias também são importantes em uma guerra, porem a capital é ainda mais… Read more »

Rafael_PP
Rafael_PP
Reply to  Dan01
3 anos atrás

Caro Dan, sei que era um antigo projeto, mas, em minha opinião, poderia ser ignorado por nossos políticos. Ouso dizer que com todo capital investido, poderíamos ter feito à época milhares de Km de ‘interestaduais’, que serviriam muito mais a integração nacional e a própria defesa do país. Tivemos nessa semana a prova de nossos gargalos estruturais, que seriam amplificados em caso de um ataque. Imagina na década de sessenta. Em caso de um conflito, bastaria planos de contingência, o GF poderia requisitar prédios públicos de algum Estado interiorano, como Minas Gerais, que garantiria uma linha de defesa mais integrada.… Read more »

Dan01
Dan01
Reply to  Dan01
3 anos atrás

Rafael_PP
Acredito que o problema tenha sido a pressa do JK de querer transformar 50 anos em 5. Se não fosse por isto os custos provavelmente teriam sido bem menores, possibilitando efetuar todas essas obras(apesar que tenho minhas duvidas se nao foram feitas até hoje por falta dinheiro ou por falta de vontade). Seria um bom plano mas envolveria uma grande trabalho de logística e seria necessário um certo tempo livre pra ocorrer essa movimentação, se o inimigo atacasse pouco tempo depois de anunciar a guerra estaríamos em apuros.

Luiz Campos
Luiz Campos
3 anos atrás

O governo deveria renunciar.

Caio
Caio
3 anos atrás

O interesse desse governo de agradar somente o mercado, resultou nessa situação que fica mais dramática a cada dia.
O exército é levado para resolver as trapalhadas desses parasitas e o povo sofrendo.
Falta revolta geral, para esde país mudar.

Sidney
Sidney
3 anos atrás

O povo Brasileiro, a maioria sim, perdeu a confiança na classe política que governa o País. De todos os partidos. Perdeu a confiança nos três poderes também. Desde Sarney vemos ser montada uma estrutura de poder que garante grandes privilégios a certos setores, públicos e privados, enquanto aquela maioria que falei vai sendo cada vez mais penalizada. Foi criada, com base na CF de 1988, uma base legal que garante proteção a quem está no poder ou envolvido com o poder dando suporte. E punição a quem não está ou não atende as demandas do poder. Tudo que tínhamos de… Read more »

Luciano
Luciano
3 anos atrás

Segurança alimentar

MGNVS
MGNVS
3 anos atrás

Simplesmente impossivel.
Nem o EB nem as policias tem efetivo ou meios suficientes pra isso.

Os caminhoneiros so nao vao parar o Brasil por completo e de vez pq eles tbm tem parentes q tbm necessitam de alimentos e remedios. Vao amenizar o movimento para reabastecerem o mercado e tbm para esperar a resposta do governo. Mas se o governo nao ceder com certeza eles retomarao o protesto.

GengisDu
GengisDu
3 anos atrás

Pra mim está clara a ruptura dos três poderes os quais trombam um com o outro, se atacam e se acusam. Só nos trata a intervenção militar .

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
3 anos atrás

OFF TOPIC – A Colômbia vai entrar para a OTAN

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  SmokingSnake 🐍
3 anos atrás

:O
Por isso é bom escolher com quem anda, ao contrário do nosso governo que até pouco tempo atrás era de mãos dadas com Fidel castro, Hugo Chaves etc.

tulio762
tulio762
Reply to  Alex Nogueira
3 anos atrás

O Juan Manuel Santos também anda de mãos dadas com esse pessoalzinho ai.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  tulio762
3 anos atrás

Mas o que conta é que os militares estão de mãos dadas com os EUA.

ODST
ODST
Reply to  Alex Nogueira
3 anos atrás

– Será um sócio global, o que não quer dizer nada. Afeganistão, Iraque e Paquistão (sim, Paquistão, onde o direito humano é quase inexistente) também fazem parte da organização. – Mãos dadas com EUA? Sei… A Arábia Saudita que o diga! – Em caso de um atrito entre Colômbia e QUALQUER outro membro da OTAN, de que lado você acha que os membros europeus ficariam? Não precisa nem responder né? O coitado do Santos acredita que ao entrar para a OTAN, a Colômbia terá uma posição melhor no cenário geopolítico internacional. Terá mais poder. Só que nem tanques de guerra… Read more »

Wellington Góes
Wellington Góes
Reply to  SmokingSnake 🐍
3 anos atrás

De novo esse papo?!

Ozzy
Ozzy
3 anos atrás

O que o Temer deveria fazer: enviar urgentemente uma PEC ao congresso congelando nominalmente o salario dos servidores que ganham acima do teto do INSS por dez anos, e prevendo que toda o valor economizado em termos reais nesse periodo será convertido em cortes de impostos sobre os combustiveis.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Ozzy
3 anos atrás

Pois é, e a coragem?

Ozzy
Ozzy
Reply to  Ozzy
3 anos atrás

Não é inconstitucional, o STF já decidiu que servidores tem direito somente a irredutibilidade nominal dos salários. Não há nenhum direito a aumento ou correção da inflação.

Fila
Fila
Reply to  Ozzy
3 anos atrás

Bota 20 vezes pior aí. O pessoal acha que funcionário público é o cara que bate carimbo num escritório. Sem nenhum serviço público, o País acaba em 3 dias.

away
away
Reply to  Ozzy
3 anos atrás

Como se a culpa dos impostos abusivos fosse remuneração de barnabés…

Wellington Góes
Wellington Góes
Reply to  Ozzy
3 anos atrás

Colombelli, existem outras medida que poderiam impactar sem ser preciso mexer neste vespeiro agora, mesmo que necessário. Exemplo disso é o corte das emendas parlamentares que o GF prometeu para os deputados e senadores para livrar o seu pescoço ano passado. Isto, por si só, já cortaria bilhôes de reais em gastos politiqueiros e não custos da máquina público, Mas você leu, ouviu ou vi algo do tipo?!?! Outra coisa, muitos pagamentos de auxílios não são regidos por lei e sim atos e decretos. Isto, também poderia ser cortado. Aliás, por que não trazer o Congresso para baila também?! Que… Read more »

Wellington Góes
Wellington Góes
Reply to  Wellington Góes
3 anos atrás

É preciso entender que este movimento foi preciso para, pelo menos, a sociedade e a própria classe política dedicar tempo, pois os alertas vem sendo dados já algum tempo e, até as manifestações, não se mexiam para nada. Inclusive o próprio governo federal for alertado pela associação dos caminhoneiros autónomos de que tal paralisação aconteceria, se o governo não sentasse para conversar. Foi o governo quem esticou a corda até esta situação. Então o próprio governo não pode se fazer de vítima e nós, enquanto sociedade civil e formadores de opinião, concordarmos com esta justificativa estapafúrdia do GF. Não será… Read more »

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
3 anos atrás

Toda e qualquer grave que gere consequencias estratégicas para o país, deveria ser proibida pela constituição, punida severamente , e inclusive com o uso de força dissuasória militar.

Diversas categorias da classe trabalhora não pode ter direto a greves.

Zé
3 anos atrás

Um comunista, dois corruptos e dois que deveriam manter distância dessa corja.

Fila
Fila
Reply to 
3 anos atrás

Quem ali é comunista?

away
away
3 anos atrás

Quero ver se tem milico suficiente para pegar caminhão(legalmente não sei como) e distribuir as cargas…

Essa estrutura política inteira já acabou, mas ainda não se deram conta, e, pelo visto, as FFAA também.

Marcos10
Marcos10
3 anos atrás

Só o déficit da previdência em dez anos irá consumir em impostos R$ 2 trilhões de reais.

Delfim
Delfim
3 anos atrás

As Forças Armadas e Policiais não devem ter efetivos com habilitação em número suficiente para repor demanda de insumos.
Mesmo que todos os caminhoneiros voltem, levará um tempo para se voltar à normalidade. Não sei estimar mas deve ser superior ao número de dias parados.
.
O Governo de SP resolveu atender reinvidicações como isenção de eixo suspenso, mostrando que negociar é melhor que brigar.

BILL27
BILL27
Reply to  Delfim
3 anos atrás

Apesar dos pesares ,até que eu to gostando de algumas atitudes deste novo governador

Henrique
Henrique
3 anos atrás

As FAs não farão nada contra os caminhoneiros. Talvez desbloquear alguma rodovia que esteja completamente bloqueada mas não é o caso na maioria dos lugares. A incompetência das agências de inteligência é tanta nesse país que o que todos estavam vendo que iria acontecer esses INCOMPETENTES não foram capazes de ver. A usura e ganância dos governos (federal e estaduais) é tanta que ninguém consegue enxergar que a carga tributária está acabando com o país e que as pessoas de bem e trabalhadoras não estão aguentando mais. Estou sem gasolina como milhões de outros, mas se for para melhorar o… Read more »

Wellington Góes
Wellington Góes
3 anos atrás

Não é só os bloqueios, se fosse só isto os problema já tinha sido resolvido.

A paralisação vai continuar, só não vão mais para as estradas e sim ficarão nas garagens, postos, etc…. Esse papo de que é “determinação de patrões” é pura desinformação. Até porque, Vans, Táxis e motoristas de aplicativo estão aderindo a paralisação em diversos estados. Os bloqueios estão sendo suspensos, mas as paralisações continuarão isto porque não é um movimento de patrões e sim do coletivo social.

Wellington Góes
Wellington Góes
3 anos atrás

É sério que o pessoal quer bancar o informado se balizando em informações da imprensa?!?! Vão vendo, amanhã veremos se a paralisação é coisa de patrão ou de mobilização social. A pelo três dias o GF vem dizendo que aceitou as reivindicações, acontece que não foram com os manifestantes autónomos que acordaram e sim com os patrões que dizem que estão incentivando, dai eu pergunto, como é isto?!?! Se são os patrões que acertaram com o governo, como eles mesmos não conseguem desmobilizar a paralisação?! É só botar a cabeça para raciocinar um pouco. Esta seara é do Juarez, seria… Read more »

Pedro
Pedro
3 anos atrás

Que há bloqueios ninguém negou. Eu disse que os bloqueios são minoria. – Aqui o superintendente da PRF confirmando que não tem bloqueios (ou se tem são minoria, não a regra) https://veja.abril.com.br/blog/rio-grande-do-sul/maioria-dos-caminhoneiros-fica-nas-margens-sem-bloquear-diz-prf/ – Depoimento de motorista de hospital sobre as mentiras da Globo: https://www.facebook.com/jairmessias.bolsonaro/videos/1075264775955841/ E eu não sei de onde tiras tuas informações, me parece que da grande mídia, a qual não vale nada. Nada foi acordado. O governo se reuniu com uns sindicalistas que NÃO representam os caminhoneiros, prometeu contratar frete com esses ditos “líderes” sem licitação (ilegal) e saiu dizendo na imprensa que houve acordo e que estão… Read more »

Ozawa
Ozawa
3 anos atrás

“Diretrizes aos comandantes de área: buscar a solução da crise sem conflitos; o bem-estar social prevalecerá sobre interesses pontuais; privilegiar o abastecimento de itens básicos imprescindíveis e o transporte público nos distintos modais; e incentivar à exaustão a negociação”
General Villas Bôas

Depois do óleo derramado, não há mesmo condições de confronto. Todos irão derrapar. É bom mesmo o Exército jogar a serragem da prudência na pista e secar o excesso do vazamento de incompetência e desmando de um governo paralisado por falta de combustível moral . . .

celso
celso
3 anos atrás

Forças Armadas. Lixo do Brasil. Capitães do Mato dos Bandidos do colarinho branco.

celso
celso
3 anos atrás

KKKK Que piada. Pra cada 10.000 caminhões parados o EB tem um recruta motorista que nunca tocou um 6 eixos ou um bi-trem…..Duvido….
Covardes marajás de farda. Traidores do Povo.

Ronaldo de souza gonçalves
Ronaldo de souza gonçalves
3 anos atrás

A Abin mostrou mais uma vez que é fraca pois o governo deveria saber bem antes desta greve tomar as proporções que tomou,o governo temque criar algo como A CIA,no Brasil dica Central de Inteligência Brasileira,com um efetivo no mínimo de 4 a 5 vezes o atual,com integração de todas as policias civil, militar,integrando com as inteligências Policiais.Não sou contra greves,mas como nas paralizações das passagens, é agora mostrou uma grande falha no serviço de Inteligência.

Pedro
Pedro
3 anos atrás

CARTA DO GENERAL PAULO CHAGAS AO POVO BRASILEIRO: General Paulo Chagas concorda com Carla Zambelli A demonstração dos caminhoneiros e seus ensinamentos Caros amigos Desde o inicio da Demonstração de Força dos caminhoneiros eu me coloquei a favor do movimento. Aplaudi a iniciativa! Considero um exemplo a ser valorizado porque foi uma DEMONSTRAÇÃO daquilo que o povo PODE fazer para impor a sua vontade e apresentar as suas contrariedades, afinal, TODO PODER EMANA DO POVO! Muitas coisas nós pudemos aprender com esse episódio. Aprendemos que o povo é CAPAZ de fazer por si, basta QUERER para PODER. Aprendemos que a… Read more »

Bardini
Bardini
Reply to  Pedro
3 anos atrás

“Aprendemos que o povo é CAPAZ de fazer por si, basta QUERER para PODER.” . Aprendemos que quando uma classe tem poder de subjugar um país, ela pode negociar regalias, sem temer represálias. O povo paga a conta e ainda aplaude a atitude de revolta da classe… “Aprendemos que nesses movimentos sempre vão aparecer os aproveitadores para se apropriar e desvirtuar os objetivos do movimento, sejam eles de quaisquer cores ou orientações ideológicas. Eles são como abutres em busca de carniça, têm que ser enxotados!!!” . Se os outros aproveitadores são abutres, esse General e os demais integrantes do Partido… Read more »

Wellington Góes
Wellington Góes
Reply to  Bardini
3 anos atrás

“O povo paga a conta e ainda aplaude a atitude de revolta da classe…”

O povo já vem pagando a conta a muito tempo, o que está acontecendo agora é: “Ei maluco, você esticou a corda por demais, ela arrebentou e agora se vira para emendá-la”.

No mais, eu prefiro aplaudir a atitude corajosa da classe dos caminhoneiros, do que ficar sentado aceitando empurrarem até aonde o sabão não lava e ainda ficar achando que é assim mesmo.

M. Silva
M. Silva
3 anos atrás

Parecendo aquelas comissões de negociação – quanto maiores, mais querem pressionar porque mais se sentem ameaçados.

” (…) onde tem Brasil, tem Forças Armadas (…)”. Mesmo?

Dá para ver onde o Brasil está? Daqui da beirada do abismo não dá…então é por isso que as FFAA sumiram e viraram companhia de construção, divisão de combate à dengue, médicos e dentistas de índios, entrega mecanizada de água em caminhões-pipa e jagunço de político traidor da pátria.

Quem apoia traidor da pátria é cúmplice de traição.

Daqui a pouco estarão jogando milho nos portões de alguns quartéis…

celso
celso
Reply to  M. Silva
3 anos atrás

Cócócó….a mais pura verdade.
o problema é que o milho não chega.

Delfim
Delfim
3 anos atrás

Estou de plantão hj na Baixada, passei na Washington Luís em frente à REDUC e não vi um veículo do EB.

Juvenal Santos
Juvenal Santos
3 anos atrás

Eu cresci ouvido que as forças armadas não tinham poder de poícia, que não podiam patrulhar favelas, prender criminosos, revistar crianças, que segurança pública não era atribuição constitucional deles, mas agora, num decreto feito em 10 minutos, até dirigir caminhão pode, incrível!

Marco Figueiredo
Marco Figueiredo
3 anos atrás

EB acionando a 11 Bda Inf lv. Ouvi no radio

Sds

PauloR
PauloR
3 anos atrás

A parte engraçada dessa greve são aqueles que pedem intervenção militar e depois chamam a Venezuela de ditadura.

PauloR
PauloR
3 anos atrás

Acabei de ler a entrevista do Gen. Mourão e que banho de água fria que ele deu na turma da Intervenção. hahahahaha
Logo logo aparece as montagens dele vestindo a camisa de Che.

Marcos10
Marcos10
3 anos atrás

64 milhões de aves sacrificadas. Eis o primeiro resultados da greve. A pergunta que cada brasileiro deve responder é: – O que você cidadão quer? Primeiro: as pessoas querem um mundo perfeito, coisa que não existe. Segundo: o brasileiro quer o Estado do bem estar social, mas não temos as bases para isso. Terceiro: parte da população vive no mundo de Nárnia. Juízes, procuradores, ministros, professores, inclusive empresários, cresceram agarrados ao ursinho Puff. Há a crença generalizada que existe um Estado que paga as contas. Quarto: Não existe nada de graça. Alguém tem de pagar. Quinto: o Brasil tem uma… Read more »

Ozawa
Ozawa
3 anos atrás

Aposta nas Forças Armadas não deu certo e Temer precisou ceder mais . . .

Leia mais: https://oglobo.globo.com/economia/analise-aposta-nas-forcas-armadas-nao-deu-certo-temer-precisou-ceder-mais-22723707#ixzz5Gl39uQsh
stest

Wellington Góes
Wellington Góes
Reply to  Ozawa
3 anos atrás

Não deu e nem daria certo por uma série de fatores, entre elas é que era apenas empurrar com a barriga para frente o problema. Ele, Temer, está acostumado a negociar com políticos corruptos que se dão por satisfeito com trocado, a questão é que nesse caso dos caminhoneiros, o buraco era mais em baixo. Tanto é que por diversas vezes fora alertado, ignorou todas, agora ou faz ou faz, não há alternativa.

Fato é que, como demonstrou, não está apto a negociar com a sociedade, está tão acostumado a fazer negociatas, que não consegue formular proposta descente.

Rafael_PP
Rafael_PP
Reply to  Ozawa
3 anos atrás

O mais irônico caro Ozawa, é que além de não ter tido tiro de fuzil e pancadaria os militares ainda engolirão mais uma tesourada no orçamento. O novo Ministro da Fazenda já avisou, apesar de todo malabarismo, mais de 3 bilhões de reais terão de ser cortados do orçamento. Advinha as pastas que serão ‘sorteadas’?

O Universo não falha em sua justiça…

Renato B.
Renato B.
Reply to  Rafael_PP
3 anos atrás

E só o Temer e cia. achou que isso ia funcionar, pode até reduzir a pressão mas não vai resolver o problema. De qualquer modo os setor de transporte também tem limites e esse já está se aproximando.

Walfrido Strobel
Reply to  Renato B.
3 anos atrás

É com o desgaste destes camioneiros criminosos que eu conto, eles vão aguentar até quando no prejuízo com esta paralização.
O governo não deve ceder a estes chantagistas.

Marcos10
Marcos10
Reply to  Renato B.
3 anos atrás

O Presidente da República só pode agir ou deixar de agir em função da Lei.
Nesse caso não é opção de Temer querer ou não botar o Exército na rua, tem de colocar.
E o EB, mais preparado que muitos exércitos por aí, não foi convocado para usar a baioneta, foi convocado para impor a GLO.
Eu sei que todos estão cansados da corrupção, da baderna, da burocracia, mas isso que estamos vendo é tão igualmente à corrupção. Essas pessoas estão agindo fora da Lei. O prejuízo ao país, às pessoas e empresas é gigantesco.

Renato B.
Renato B.
Reply to  Marcos10
3 anos atrás

Bem, a pressão já está cedendo. De qualquer forma a crise deixou claro que o governo atual é um cadáver.

Agora é torcer para que o caos não se instale e país aguente até a eleição. Obviamente, torço para que ocorra uma eleição.

Renato B.
Renato B.
Reply to  Marcos10
3 anos atrás

Concordo com o Marcos que o governo tinha de agir, sua fraqueza é que salta ao olhos.

Se o TSE tivesse derrubado a chapa toda, como devia ter feito. Não estaríamos nesse buraco.

Marcelo Danton
Marcelo Danton
3 anos atrás

Sabem há quanto tempo escuto este blábláblá??!! 40 ANOS. E agora vai vir mais conversa mole e NADA vai ser feito.. sabem porquê??!! O Brasil é Estatista queridos…desde Getúlio Vargas.. meninos. E não há CRISTO que nos livre desse desastre perpétuo. Nem milicos no poder, pois esses, se pegarem os sobrenomes dos maiorais das FAs, são todos oriundos de famílias “portuguesas com certeza”, pessoas oligárquicas e que adoram o poder do ESTADO enorme. Nunca vamos ter um Pinochet aqui…derrubaremos seu avião. Sabes porquê o povão, medrosamente, se conformam?! Por que não queremos abrir mãos de nossos privilégios..somos LEÕES aqui nas… Read more »

Marcos10
Marcos10
3 anos atrás

Todos reclamam, mas eu não duvido que logo possamos ter o primeiro Presidente presidiário da história.

Marcos10
Marcos10
3 anos atrás

Ações da Petrobras caem 34%.
Isso significa que captação de capital de giro, renegociação e rolagem de dividas ficarão mais caras e o custo Petrobrás ficará mais caro, quer via preço de combustível mais alto ou subsídio de governo.

JOEL EDUARDO SOARES
JOEL EDUARDO SOARES
3 anos atrás

Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) As propostas: 1 – Permitir que produtores de álcool vendam diretamente aos postos Hoje, os produtores de etanol não podem vender o produto diretamente aos postos por causa de uma restrição a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Para o Cade, essa proibição impede o livre comércio e dificulta a concorrência que poderia existir entre produtro de etanol e distribuidor de combustível. 2 – Permitir que distribuidora de gasolina ou refinaria tenha posto de gasolina No Brasil é proibido que um posto de gasolina pertença a uma distribuidora de gasolina ou… Read more »

Últimas Notícias

Saab leva soluções para defesa e segurança civil para SITDEF 2021

A Saab exibirá sua ampla gama de soluções terrestres, aéreas e navais de ponta para defesa militar e segurança...
- Advertisement -
- Advertisement -