Home Indústria Bahia receberá fábrica de veículos militares

Bahia receberá fábrica de veículos militares

6728
56

A cidade de Camaçari, na Bahia, foi escolhida para a instalação de uma montadora de veículos militares pela VSK Tactical Brasil. O anúncio foi feito nesta terça-feira (18) pela empresa que destacou que a fábrica será instalada em um terreno de 166 mil metros quadrados, dos quais 27.500 de planta industrial.

A fábrica, segundo a empresa, representará investimentos de US$ 50 milhões (cerca de R$ 200 milhões) para a produção do J8. Antes do início das operações da montadora, a empresa VSK informou ainda que fará a comercialização de exemplares importados. Em julho, os primeiros J8 chegarão ao Brasil.

Serão dez carros. Um será destinado ao Governo do Mato Grosso do Sul, para o Programa de Combate ao Feminicídio. Um outro foi doado ao Departamento de Operações de Fronteira (DOF), da Polícia Federal. Ao Corpo de Fuzileiros Navais-CFN, da Marinha do Brasil, também está oferecido um veículo para testes. Os demais serão utilizados pela própria VSK em suas demonstrações junto ao mercado.

Inicialmente, serão montados 60 veículos do modelo J8. Marcellus Ferreira Pinto, CEO da VSK, explica que os veículos terão condições de participar também de operações na Amazônia. Segundo o CEO, já há estados interessados nos carros, que não serão vendidos a pessoas físicas.

FONTE: Correio do Povo

56
Deixe um comentário

avatar
22 Comment threads
34 Thread replies
2 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
41 Comment authors
Wilson Lobe JuniorRenato de Mello MachadoCarlitoLeandropeter nine nine Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Celso
Visitante
Celso

Sou mais o Marruá….

Heitor
Visitante
Heitor

Bairrista rsrs

mendonça
Visitante
mendonça

eu tambem ,o marrua parece ser mais resistente ,é mais incorpado.

Celso
Visitante
Celso

Xara…..eu ja uso o meu nome a mais de 10 anos aqui mesmo. Que tal voce colocar um nick tipo Celso 1 ???? assim nao causamos especie e nem confusao quanto a opinioes. Sds

RockShooter
Visitante
RockShooter

Os jipeiros que vão gostas desse carro!!
Agora o uso militar é outro caso!

teropode
Visitante

Patrulheiros ambientais vão amar.

Wilson Lobe Junior
Visitante
Wilson Lobe Junior

Marruá tem manutenção complicada e problemas crônicos no câmbio, ótimo em terrenos ruins mas perde muito desempenho quando carregado.

Dr. Mundico
Visitante
Dr. Mundico

Trata-se de um licenciamento da Jeep? Enfim, qualquer fábrica de veículos militares só se sustenta com incentivos, escala produtiva e encomendas firmes. Fora isso, corre o risco de repetir a saudosa Engesa.

PauloSollo
Visitante

Projeto da Chrysler baseado no Jeep Wrangler, produzido no Egito e Israel. Pelo fato de ser um veículo já testado e em uso, pelo menos estão livres do ônus do desenvolvimento, e se resolveram apostar nele, devem ter alguma perspectiva, senão será mais uma aventura temporária.

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

Com isto posto, gera a possibilidade de, pelo menos, exportação.

Gabriel BR
Visitante
Gabriel BR

Perfeito para a Policia Ambiental, assim como também para fazer policiamento rural.

Willber Rodrigues
Visitante
Willber Rodrigues

Acho que também seria bom pra Cipe/CAEMA baiana.

TEREU
Visitante
TEREU

não vai vingar..se abrisse para o mercado civil..no brasil, empresa que foca em um unico nicho acaba falindo ou busca o mercado internacional….

ODST
Visitante
ODST

Mas isso sempre acaba acontecendo na maior parte do mundo, não apenas no Brasil.

Marcelo Danton
Visitante
Marcelo Danton

Loógico que não vai vingar! Olha o papinho…Bahia, “feminicidio”….etc..etc é só para importar e desafogar a matriz tática surrada de importação…nada mais que isso.
Não vai chegar a 5 anos. Tempo suficiente par amortizar os 10 milhões FAKE de “investimento” em sua maioria em terreno e infraestrutura que é vendida mais tarde. Nunca vai chegar aos 50 milhões pessoal. NUNCA!

Marcos
Visitante
Marcos

A FIAT/JEEP desmentiu

“EMPRESA AFIRMA QUE VAI MONTAR JEEP WRANGLER MILITAR NO BRASIL, MAS A JEEP NEGA”

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Esta é a fonte que cita que a Fiat Chrysler Automobiles (FCA) detentora da marca JEEP desconhece o assunto.
. https://revistaautoesporte.globo.com/Noticias/noticia/2019/04/jeep-wrangler-militar-sera-feito-no-brasil-mas-jeep-nao-sabia.html

Elcimar
Visitante
Elcimar

Ta um rolo só isso

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

Então é mais um daqueles que dá de João sem braço, pra ver se alguém compra a ideia,

teropode
Visitante

Eu estranhei o fato de construírem uma fabrica na Bahia , na possuem uma em Pernambuco e outra em Minas. Os jeeps são produzidos em Pernambuco.

Anthoni
Visitante
Anthoni

O J8 eh um wrangler, fabricado sob licenca…

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Tem que comprar um veículo deste para Combate ao Feminicídio…. Parece ser piada, o que um político não faz para ganhar voto.

Thiago
Visitante
Thiago

Também fiquei nessa aberração…total falta de seriedade. Ridículos.

jose luiz esposito
Visitante
jose luiz esposito

Porque então um Leopard II , combater feminicidio já é piada . Como se combate isto , se esta na cabeça de quem comete o crime . Aproveito para falar da Campanha contra o ** FEMINICÍDIO ** , Ela informa ser o Brasil o Quinto país que este crime mais acontece, mas esquecem de informar , que também somos o Quinto país mais populoso do mundo , então existe a tal relatividade . Isto também serve para o número de Presidiários do Brasil , a Quinta população Mundial , tudo é a Relatividade , mas não interessa a informação ao… Read more »

Flávio Henrique
Visitante
Flávio Henrique

Foi doado

peter nine nine
Visitante
peter nine nine

Foi oferecido

Edson Parro
Visitante
Edson Parro

Meus, é sério?!
Logo mais ressuscitam a DKW, com o Candango e a Willis Overland, com a Rural Willis.
Meus, que bizarro!

Valter Sales
Visitante
Valter Sales

Daqui a pouco vamos combater feminicídio com Urutu , Guarani….
Imagina se for para proteger índio…., vai ser ASTROS II e Super Tucano…
Para chutar o pau da barraca imagina o AEDES AEGYPT…. vai ser de F39/Gripen NG….

Renato de Mello Machado
Visitante
Renato de Mello Machado

Ótimos carros.Quem os dirigiu, não abre mão de sua robustez.Melhor que essas jacas atuais,um alagamento urbano e PT na certa.

Paulo Costa
Visitante
Paulo Costa

O Marruá tem varias versões uteis para as forças armadas, inclusive em versão blindada então de nada serve esses veiculo para nossas forças armadas, talvez apenas para as forças policiais.
Alias, o Exercito Brasileiro se tudo der certo vai trocar todos os seus veículos das suas unidades mecanizadas por veículos como o Marruá e o Lince.
o veiculo guacho infelizmente deve ficar restrito as unidades
paraquedistas e em pequeno numero.

jose luiz esposito
Visitante
jose luiz esposito

Poderíamos também Combater o Feminicidio com o Guarani , Marruah , M 109 etc. como o povo brasileiro em sua maioria é estúpido , Crê em tudo criado como Desculpa para apenas fazê-lo de OTÁRIO Feliz !

Dodo
Visitante
Dodo

Sim, creio que o objetivo dessa companhia é suprir a demanda desses veículos para as forças de segurança estaduais. Sobre o gaúcho, importa lembrar que ele serve o exército argentino, então é um cliente importante

Jeferson
Visitante
Jeferson

No mínimo estranho esta iniciativa…
Sem vender a pessoa física, sem abrir ao mercado, vai virar sucata atirada em um canto logo, logo, por falta de peças e por falta de manutenção.

Pedro
Visitante
Pedro

Combate ao Feminicidio? Compre um Ecosport ou um Fit que é mais apropriado. Sobre essa “fabrica” esta cheirando aqueles negocios nebulosos a qual uma empresa ganha subsidios fiscais, emprestimos, diz que vai montar uma fabrica e…..desaparece.

Antunes 1980
Visitante
Antunes 1980

Se os caras vieram instalar uma fábrica no Brasil, com certeza vieram um mercado promissor na região, receberem algum tipo de subsídio e também viram a deficiência dos seus concorrentes diretos, como por exemplo o Marruá.

Talisson Goet
Visitante
Talisson Goet

Se for pra concorrer com o Marruá, ok.
Mas para 95% do serviço policial (inclusive forças táticas em cerco em áreas rurais) ou militar em GLO, uma Hilux da conta do recado. Lembro das Marruá emprestadas para a Brigada em Caxias do Sul http://pioneiro.clicrbs.com.br/rs/geral/cidades/noticia/2014/04/brigada-militar-de-caxias-usara-jeep-marrua-para-patrulhar-interior-4471932.html , http://secco.com.br/agrale.asp?id=15596 . Mesmo sendo uma região em que ocorrências descambam para áreas rurais de dificil acesso, a Marruá era menos útil do que as Nissan X-Terra ou Frontier ex-Força Nacional.
PS: veiculos desse porte para serviços de apoio social como feminicidio, proerd etc.. é populismo.

João Adaime
Visitante
João Adaime

Espero que não seja como o terreno doado para a Novaer em Lages-SC e para a Rekkof (Fokker ao contrário) em Anápolis-GO.

Samuel
Visitante
Samuel

É isso aí!

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Será que pretendem competir no mercado civil com o Troller que agora pertence a Ford?
. https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Troller

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

A Ford comprou a Troller, basicamente, para poder usufruir de incentivos fiscais no Nordeste.
Não tinha muitas intenções de levar muito adiante a marca.
Além do mais, a própria Ford vem encolhendo de maneira acelerada em todo o Mundo podendo ser, inclusive, alvo de aquisição por alguma concorrente maior.

Maurício Veiga
Visitante

É a segunda empresa Americana automobilística em vendas mundiais, essa possibilidade é inexistente…

Carlito
Visitante
Carlito

A Ford não está encolhendo. Ela está se reestruturando. Chegou-se à conclusão que é muito mais vantajoso atuar apenas em mercados rentável que manter operações globais que ficam no prejuízo. Desta forma, a Ford vem fechando fábricas em diversos países (Rússia, Brasil, Índia, etc.), além de enxugar seu portfólio de produtos. Vai se concentrar apenas em SUVs e caminhonetes, deixando apenas alguns poucos produtos de outros segmentos produzidos em alguns locais onde o mercado os absorva. Outras montadoras estão tomando o mesmo caminho. A GM encerrou suas operações na Europa, na África do Sul e na Índia, fechou fábricas na… Read more »

Flávio Henrique
Visitante
Flávio Henrique

Isso me lembra que até hj tem americano querendo o T4…. Claro que com o nome de Ford Bronco…

Carlito
Visitante
Carlito

Esqueça, o Troller não atende as legislações americanas para ser comercializado por lá. De fato, só é vendido aqui devido a brechas em nossa própria legislação.

Joao Moita Jr
Visitante
Joao Moita Jr

Essa fábrica é chinesa? Essa é um cópia descarada do Jeep!!!

Celso
Visitante
Celso

Willys é você ?????

Celso
Visitante
Celso

Xara…mais uma vez te peco…use outro nick, afinal eu ja estou por aqui a mais de 10 anos………da um jeito por favor ou entao peço aos responsaveis que observem com mais rigor tais fatos e usem de discernimento. Sds

Joao Moita Jr
Visitante
Joao Moita Jr

Will the real Celso please stand up???
Rs

Celso
Visitante
Celso

So vou comentar o seguinte……na decada de 90, mais precisamente pelo ido de 1996, estive a frente de uma equipe para negociar e transferir uma fabrica de caminhoes da antiga republica da tchecoslovaquia ( LIAZ). Essa marca bem pouco conhecida no ocidente, era uma grande fornecedora de caminhoes semi e pesados para o leste Europeu Ja a epoca seus veiculos tinham motorizacao diesel no nivel euro 2 que aqui ainda nem estava cumprida pelas montadoras instaladas. A fabrica viria no que conhece como porteira fechada. As instalacoes seriam as da antiga Equipetrol (enorme area industrial e totalmente abandonada) que poir… Read more »

Joao Moita Jr
Visitante
Joao Moita Jr
Delfim
Visitante
Delfim

Vcs se deram ao trabalho de pesquisar ?
A VSK não fabrica o veículo, o customiza. Como fazem com as viaturas policiais, é um serviço terceirizado de customização.
Entrem em https://www.vsktactical.com/

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Quando pesquisei ficou bem claro que o veículo seria importado e finalizado no Brasil, pois só vão ter cerca de 50 a 160 funcionários, com isso não se faz uma fábrica de automóveis.
É a famosa linha de produção que coloca as portas e para-lamas no lugar e um adesivo “Made in Brazil”.
Para se atingir um mínimo de nacionalização se compram pneus e baterias brasileiras.

Celso
Visitante
Celso

Na boa. Customiza.??..Tinta, plástico e diz que é militar…..Marruá é aquilo de melhor e mais sério que já fizeram por aqui neste sentido…
Carrega o EB nas costas e compre a missão.
Se tiver que investir nesse segmento que seja nele e com ele….

Carlito
Visitante
Carlito

Meu amigo, serei bem sincero. O Marruá é um bom veículo off road, mas está longe de ser o melhor em sua categoria. De fato, não passa de um velho projeto da Engesa revisado. A Agrale comprou este projeto, e se não estivesse entubando o veículo reto adentro do exército, a linha já estaria fechada há anos. Eu diria que seria bastante interesse em alguns nichos civis, mas é excessivamente caro a ponto se afastar possíveis compradores.

Leandro
Visitante
Leandro

Explicado o pq do Vice Governador da Bahia, Secretário de Segurança de lá e de Coroneis da PM deles ficarem horas conversando em reservado e bebendo Espumante na LAAD desse ano, no Estande que a Empresa montou na feira. Isso explica tbm o pq ao final da feira estavam todos tão sorridentes que ganhei até um valor extra.

Anthoni
Visitante
Anthoni