Home Ciência Novo relatório sugere ‘alta probabilidade de a civilização humana chegar ao fim’...

Novo relatório sugere ‘alta probabilidade de a civilização humana chegar ao fim’ a partir de 2050

6528
212

A análise da mudança climática foi escrita por um ex-executivo de combustíveis fósseis e apoiada pelo ex-chefe das forças armadas da Austrália

Por Nafeez Ahmed – Motherboard VICE

Uma análise de cenário angustiante de como a civilização humana pode entrar em colapso nas próximas décadas devido à mudança climática foi aprovada por um ex-chefe de defesa australiano e comandante da marinha real.

A análise, publicada pelo Breakthrough National Center for Climate Restoration, um think tank em Melbourne, na Austrália, descreve a mudança climática como “uma ameaça existencial de curto a médio prazo para a civilização humana” e estabelece um cenário plausível de onde como de costume, pode ocorrer nos próximos 30 anos.

O artigo argumenta que os “resultados extremamente graves” das ameaças à segurança relacionadas ao clima são frequentemente muito mais prováveis do que se supõe convencionalmente, mas quase impossível de quantificar porque “ficam fora da experiência humana dos últimos mil anos”.

Em nossa trajetória atual, o relatório adverte: “os sistemas planetários e humanos estão atingindo um ‘ponto sem retorno’ em meados do século, no qual a perspectiva de uma Terra amplamente inabitável levará ao colapso das nações e da ordem internacional.”

A única maneira de evitar os riscos desse cenário é o que o relatório descreve como “semelhante à escala da mobilização de emergência da Segunda Guerra Mundial” – mas desta vez focado na construção rápida de um sistema industrial de zero emissões para preparar a restauração de um clima seguro.

O cenário alerta que nossa trajetória atual provavelmente trava pelo menos 3 graus Celsius (C) de aquecimento global, o que, por sua vez, pode desencadear feedbacks amplificadores adicionais, provocando ainda mais aquecimento. Isso conduziria ao colapso acelerado dos principais ecossistemas “incluindo os sistemas de recifes de corais, a floresta amazônica e o Ártico”.

Os resultados seriam devastadores. Cerca de um bilhão de pessoas seria forçado a tentar se mudar de condições impossíveis de viver e dois bilhões enfrentariam a escassez de abastecimento de água. A agricultura entraria em colapso nos sub-trópicos e a produção de alimentos sofreria dramaticamente em todo o mundo. A coesão interna de estados-nação como os EUA e a China se desfaria.

“Mesmo para 2° C de aquecimento, mais de um bilhão de pessoas podem precisar ser realocadas e, em cenários sofisticados, a escala de destruição está além da nossa capacidade de modelar, com uma alta probabilidade de que a civilização humana chegue ao fim”, observa o relatório.

O novo briefing de política foi escrito por David Spratt, diretor de pesquisa do Breakthrough, e Ian Dunlop, ex-executivo sênior da Royal Dutch Shell que já presidiu a Australian Coal Association.

No prefácio do briefing, o almirante aposentado Chris Barrie – chefe da Força de Defesa Australiana de 1998 a 2002 e ex-chefe adjunto da Marinha Australiana – elogia o artigo por “revelar a verdade invariável sobre a situação desesperadora que os seres humanos e nosso planeta estão enfrentando” pintando uma imagem perturbadora da possibilidade real de que a vida humana na Terra esteja a caminho da extinção, da maneira mais horrível”.

Barrie agora trabalha para o Instituto de Mudanças Climáticas da Universidade Nacional Australiana, Canberra.

Spratt disse ao Motherboard que um dos principais motivos pelos quais os riscos não são entendidos é que “muito conhecimento produzido para os formuladores de políticas é muito conservador. Como os riscos agora são existenciais, é necessária uma nova abordagem para a avaliação de riscos climáticos e de segurança usando a análise de cenários.”

Em outubro passado, o Motherboard relatou evidências científicas de que o relatório resumido da ONU para os formuladores de políticas governamentais sobre mudanças climáticas – cujas descobertas foram amplamente reconhecidas como “devastadoras” – era de fato otimista demais.

Embora o cenário Breakthrough estabeleça algumas das possibilidades de risco mais “sofisticadas”, muitas vezes não é possível quantificar significativamente suas probabilidades. Como resultado, os autores enfatizam que as abordagens de risco convencionais tendem a subestimar os piores cenários, apesar de sua plausibilidade.

O cenário de 2050 da Spratt e Dunlop ilustra como seria fácil acabar em um cenário climático acelerado que levaria a um planeta amplamente inabitável dentro de poucas décadas.

“Um cenário sofisticado para 2050 encontra um mundo em colapso social e caos total”, disse Spratt. “Mas existe uma pequena janela de oportunidade para uma mobilização global emergencial de recursos, na qual as experiências logísticas e de planejamento do setor de segurança nacional podem desempenhar um papel valioso”.

FONTE: VICE

Subscribe
Notify of
guest
212 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcos10
Marcos10
10 meses atrás

Intervenção imediata nos países ricos.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Marcos10
10 meses atrás

A intervenção deve ser global porque as causas não são locais.

Delfim
Delfim
Reply to  Camargoer
10 meses atrás

Desculpa mas sim. O que se faz é empurrar a responsabilidade para outrem e criar uma forma de “colonialismo ecológico”.

francisco Farias
francisco Farias
Reply to  Marcos10
10 meses atrás

Análise de um estudo feito na Austrália? qual a credibilidade que tem aquele pais para fazer previsões sobre o futuro?
O aquecimento global é cíclico e ocorre de tempos em tempos. Antes do homem surgir na terra isso já acontecia e na pré-história não tinha queimadas e nem industria.
Estudos realizados indicam que o período Permiano (era Paleozoica) terminou com a maior extinção em massa na história do planeta Terra, em que cerca de 90% das espécies marinhas e 70% das espécies terrestres desapareceram

Camargoer
Camargoer
Reply to  francisco Farias
10 meses atrás

Caro Francisco. O Relatório montou cenários possíveis para os próximos anos baseado em estudos científicos de outros grupos. Esse documento é destinado ás autoridades responsáveis pela ações de segurança nacional da Austrália sobre o que pode acontecer. O relatório do IPCC mais recente foi publicado no início de agosto “Climate Change and Land”. Sobre as várias extinções em massa, ocorreram pelo menos 5 delas, nenhuma delas provocado por uma espécie predadora.

marcelo mariano
marcelo mariano
Reply to  Camargoer
10 meses atrás

Camargoer,

Sou arquiteto especializado em gestão ambiental.
Esses relatórios do IPCC já estão sendo contestados por um número cada vez maior de cientistas sérios.
Já está evidente que esse aquecimento global antropogênico é uma mentira, igual aquela palhaçada do Al Gore que manipulou os dados para afirmar que o aumento do CO2 faz aumentar a temperatura, quando é justamente o contrário.
Na verdade, estamos indo é para um período mais frio, onde países situados no hemisfério norte irão sofrer com invernos muito mais rigorosos, como já está acontecendo.
Isso é o que deveria estar preocupando.

Rogerio Schneider
Rogerio Schneider
Reply to  marcelo mariano
10 meses atrás

Período mais frio com derretimento do Ártico, da Antártida, dos Alpes e dos Himalaias. Percepção perfeita dos fatos….

carcara_br
carcara_br
Reply to  marcelo mariano
10 meses atrás

Eu sou formado em engenharia ambiental. Era melhor você não sair dando carteirada porque com suas qualificações eu tenho certeza que você não tem o embasamento teórico necessário pra questionar o relatório, desculpe, carteirada é feio…

tony
tony
Reply to  marcelo mariano
9 meses atrás

tem toda rasão esses relatórios estão caindo em credibilidade rapidamente, tenho 42 anos quando era adolescente lembro que havia o famoso buraco na camada de ozônio que o mundo iria acabar em 30 anos, bom 30 anos depois estamos aqui ainda, e o famoso buraco ninguém fala mais, porque pesquisas mais aprofundadas mostraram que esse buraco e siclico, aparece la de tempos em tempos, também vi o relatório sobre oi período de minimo solar que vamos entrar, e o esfriamento que isso acarretara mais tenho certeza que daqui a pouco vão começar a falar do esfriamento global provocado pela poluição… Read more »

Renato B.
Renato B.
Reply to  tony
9 meses atrás

Não, não estão. Na verdade o consenso em torno do aquecimento está reforçando. O que ocorre é que as grandezas relacionadas ao meio ambiente são grandes demais e além de ser difícil criar modelos para simular é ainda mais difícil fazer o ser humano entender. O cérebro humano simplesmente não foi feito para isso.

Daniel
Daniel
Reply to  francisco Farias
10 meses atrás

Francisco,
Vá pesquisar sobre…as pesquisas da Austrália. Em termos per capita, ela dá de lavada em muitas nações que você deve “achar” evoluídas.

Sobre os ciclos… Você só está usando as grandezas matemáticas (temporais) erradas…

Flanker
Flanker
Reply to  francisco Farias
10 meses atrás

Então?? Você mesmo concordou com o estudo!! Se no Permiano houve extinção em massa, por que não ocorreria no futuro novamente? Só que dessa vez, não seriam seres pre-históricos a serem extintos e sim, a raça humana e praticamente todo o restante de vida animal e vegetal …..

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  francisco Farias
10 meses atrás

Amigo, a grande barreira de coral da Austrália está morrendo devido ao aquecimento global, e os australianos levam a sério o tema aquecimento. No Alasca e na Rússia o aquecimento está derretendo o permafrost, deixando que o metano suba a superfície, se continuar derretendo isso pode elevar a temperatura, e de acordo com os cientistas, + 2 graus já é o começo do fim… A terra caminha para esse caminho mesmo, e enquanto tiver imbecis como Trump e os chineses que dizem que o aquecimento é uma lenda, uma falácia a terra está fadada ao declínio. O bom é que… Read more »

Gustavo Barros
Gustavo Barros
Reply to  francisco Farias
9 meses atrás

É impressionante como ainda tem gente que tenta negar de todas as formas as evidências cada vez mais cabais de que estamos sim, modificando o clima do planeta. Dizer que o aquecimento global é cíclico, e que ocorre de tempos em tempos, simplesmente não é um argumento. Acontece que a escalada de alteração da temperatura nunca foi tão alta, em um período tão curto de tempo. E tudo isso é sim, causado por ação humana. Basta observar os extremos climáticos que acontecem no mundo todo: tempestades cada vez mais violentas e recorrentes, períodos de estiagem mais severos, nevascas que acontecem… Read more »

Wellington Rossi Kramer
Wellington Rossi Kramer
Reply to  Marcos10
10 meses atrás

Qualquer bobagem é enfiada goela abaixo sob o respaldo de ser baseada em estudos científicos. A ciência há muito já não tem essa credibilidade toda devido às inúmeras mentiras ditas em seu nome.
A fórmula é simples: deixe-me estuprá-lo senão o mundo vai acabar; após ter sido consumado o ato, o estuprador diz: viu só, você ajudou a salvar o mundo, no que muito educadamente e meio sem jeito você responde obrigado.

Daniel
Daniel
Reply to  Wellington Rossi Kramer
10 meses atrás

Wellington, por acaso o senhor vive de conhecimento vulgar ou tira seu sustento de algo científico? Alguns aqui falam como se a ciência, ao não revelar os segredos ontológicos, tivesse fracassado. Interessante que, muito pelo contrário, é a manutenção de uma educação inadequada, que dá pouca importância ao método científico e ao senso crítico, que mantém parcela significativa da humanidade nas sombras. De fato, evoluímos pouco e não fomos além do Iluminismo, em que um pequeno grupo “iluminado” clamava por avanços científicos em meio à 99% de uma população formalmente ignorante. Não se trata de estupro algum. Investir pesado em… Read more »

Renato B.
Renato B.
Reply to  Daniel
9 meses atrás

Genial Daniel. Há vários exemplos de como os resultados coletados (dados) contrariam o censo comum. Num mundo em que a mudança é a regra nos atermos ao censo comum pode atrapalhar mais do que ajudar.

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  Wellington Rossi Kramer
10 meses atrás

Wellington, eu nem estou a concordar consigo, mas esse “educadamente e meio sem jeito você responde obrigado”, foi excelente, caguei a rir.
“meio sem jeito”, eh ehehhe
Ora pois

Wellington Rossi Kramer
Wellington Rossi Kramer
Reply to  Peter nine nine
9 meses atrás

Dentro do conceito de ciência cabe muita coisa hoje em dia. Apenas aquela parte dos cientistas alinhado com os interesses internacionais é que recebe destaque da mídia e por isso mesmo moldam o imaginário da maior parte da população. Todos, mesmo aqueles que nunca se interessaram pelo assunto, acreditam piamente que a amazônia é o pulmão do mundo, que o aquecimento existe e que foi causado pelo ser humano, etc. A posição dos outros cientistas é ignorada, não há debate. O debate se restringe ao que deverá ser feito dentro da concepção do aquecimento global, ou seja, já estará ganho… Read more »

Camargoer
Camargoer
Reply to  Wellington Rossi Kramer
9 meses atrás

Caro W. O que não é ciência não encaixa em ciência. Ela é baseada em fatos e experimentos. Fora disso é qualquer coisa.

Renato B.
Renato B.
Reply to  Camargoer
9 meses atrás

Concordo, ciência é um método. As pessoas tem um péssimo habito de confundir com currículo.

Tiago Gimenes
Tiago Gimenes
Reply to  Marcos10
10 meses atrás

kkkk apoiado

João Bosco
João Bosco
Reply to  Marcos10
10 meses atrás

Intervenção em todos os meios de produção altamente poluentes, em países que não respeitam o meio ambiente e cada vez mais o destroem, em quase todos , senão todos os governos em prol da preservação ambiental…. sob pena de não termos mais como fazer tal ato para salvar o mundo e a humanidade.

Eduardo
Eduardo
Reply to  João Bosco
10 meses atrás

Livrar o mundo da humanidade seria melhor. O mundo continuará a existir, o nosso modo de vida não. E sobre isso o mundo não será nem aí, dada a nossa insignicancia.

Leandro. O
Leandro. O
10 meses atrás

Provavelmente no relatório deve estar escrito q a humanidade vai acabar em 2050 e a culpa é de quem, de quem? Bolsonaro… Tudo culpa do cara…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Leandro. O
10 meses atrás

Certamente ele não tem a mínima capacidade para isso.

Rafa_Positronn
Rafa_Positronn
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

A unica coisa que ele aprendeu (ninguem sabe como) foi tocar um berrante e chamar a manada

JPC3
JPC3
Reply to  Rafa_Positronn
10 meses atrás

Ele é presidente e você é o que mesmo?

Rafa_Positronn
Rafa_Positronn
Reply to  JPC3
10 meses atrás

Alguem que tem muito orgulho de não ter votado nele

respondido ?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Rafa_Positronn
10 meses atrás

(2)

C. César
C. César
Reply to  Rafa_Positronn
10 meses atrás

Falando em ¨orgulho¨ do MAV não ter votado no Bolsonaro vejam só quem concorda com ele e os números apurados nas urnas dentro (fala sério) dos presídios:

https://renovamidia.com.br/haddad-seria-o-presidente-se-os-eleitores-fossem-apenas-presidiarios/

https://oglobo.globo.com/brasil/bolsonaro-ou-haddad-veja-em-quem-os-presos-brasileiros-votaram-23359518

Porque será que deu esses números, né!?

carcara_br
carcara_br
Reply to  C. César
10 meses atrás

Faça um recorte apenas com as pessoas que possuem mestrado e doutorado…
Depois faça um recorte apenas com os condenados da região sul.

C. César
C. César
Reply to  carcara_br
10 meses atrás

Faça vc! Mas apresente links confiáveis que comprovem isso, tá ok!?

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
Reply to  C. César
10 meses atrás

O Jornaleco “O Bobo”? Por que não estou surpreendido!

C. César
C. César
Reply to  Marcelo Andrade
10 meses atrás

Larga de ser ingrato com o Globo que tanto ajudou vcs, MAV. Foi por isso que eu coloquei duas fontes, só não coloquei mais porque bloqueiam aqui.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Rafa_Positronn
10 meses atrás

E ele, Rafa, que se prepare, pois mais membros de sua organização criminosa favorita tendem a ser presos.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Diego Tarses Cardoso
10 meses atrás

Acharam o Queiroz!!!!!!!!

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Que então levem as investigações adiante e, se for preciso, lá no final, prendam quem for, Presidente ou não!
Só que nada disso muda o fato de que teu líder de quadrilha tá preso!!!! Se Bolsonaro, ou quem quer que seja, for preso, nào muda o fato de que teu líder é criminoso!!!!

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Flanker
10 meses atrás

Acho que vc não entendeu o que está ocorrendo no Brasil.
Pergunte ao Glenn que ele vai te situar.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Humm…o Glenn aquele, que supostamente recebeu uma ligação da Manuela, que estaria fazendo a ligação entre ele e o hacker? Kkkkkkkkkk…..se a defesa do quadrilheiro for usar isso, vocês estão mal….até que se prove que tudo que foi divulgado é verdade, sem edição dos conteúdos e, considerando que essas “provas”, de maneira que foram obtidas , forem aceitas num possivel inquérito…….vai passar muito tempo….e, enquanto isso, teu chefe de quadrilha está, e continuará, preso!!!

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Enquanto Isso: Teu chefe e líder está preso!

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Rafa_Positronn
10 meses atrás

Aqui no Brasil, até os traficantes têm seus tribunais, juízes e réus.
Temos leis e condenados para todos os gostos.
Depende do freguês.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Enquanto Isso: Teu chefe e líder está preso!

MMerlin
MMerlin
Reply to  Rafa_Positronn
10 meses atrás

Sem dúvida respondeu.
Mas a intenção do JPC3 não era que você tivesse respondido, mas pelo menos entendido a colocação.
Pessoal ainda acredita que a política e seus membros se dividem em um mundo polarizado. Quanta ingenuidade. Mal sabem que existem 50 mil tons de cinza, normalmente direcionados por interesses próprios.

Rafa_Positronn
Rafa_Positronn
Reply to  Rafa_Positronn
10 meses atrás

muuuuuuu

Marcelo Danton
Marcelo Danton
Reply to  Rafa_Positronn
10 meses atrás

filhote chamando a ema! Não morreu não?1

Alison Lene
Alison Lene
Reply to  Rafa_Positronn
10 meses atrás

Se orienta cara… ninguem se reelege com 30%…

CESAR FLORIANO
CESAR FLORIANO
Reply to  Rafa_Positronn
10 meses atrás

Para de de mlk cara, esse site aqui não é pra esquerdopata como vc não.

Mauricio Pacheco
Mauricio Pacheco
Reply to  Rafa_Positronn
10 meses atrás

Parabéns! Você é um jumento! E ainda se orgulha disso!

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Rafa_Positronn
10 meses atrás

Você teve orgulho de votar no fantoche que representava o líder da maior quadrilha que assaltou esse Pais? Ou se absteve e “Tucanou” votando em branco ou anulando? Ficamos no aguardo das respostas, não precisa se estender na resposta, pode responder “A” (Bando de Ladrões) ou “B” (preferi “tucanar” e me esconder sem opinião).

Flanker
Flanker
Reply to  Rafa_Positronn
10 meses atrás

Eu votei nele….NÂO me orgulho….e votaria novamente, mesmo NÃO me orgulhando….só para ter MUITO orgulho de dizer que NUNCA votei no PT…..e NUNCA votarei!!

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  JPC3
10 meses atrás

Ihuuuuuuuu!!!!!!!!!

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Enquanto Isso: Teu chefe e líder está preso!

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Flanker
10 meses atrás

Amén. E que apodreça na cadeia. O cachaceiro de nove dêdos.

Rogerio
Rogerio
Reply to  JPC3
9 meses atrás

Ele é mais um puxa saco de bandidos esquerdistas, querendo aparecer mais que a noticia, sabe nada da zero pra ele, não admitem a derrota nas urnas e ficam neste eterno mimimi

Marcelo Danton
Marcelo Danton
Reply to  Rafa_Positronn
10 meses atrás

Sua ema sai correndo atrás certeza…ai vc nasceu!

WVJ
WVJ
Reply to  Rafa_Positronn
10 meses atrás

Teve ajuda superior, não tenha dúvida.

Paulo Siqueira
Paulo Siqueira
Reply to  Rafa_Positronn
9 meses atrás

E ainda esqueceram de que era feita a mortadela servida pelo Wesley Batista!

C. César
C. César
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Não foi o que disseram os deputados do partidão que vc defende, Kings, quando foram chorar para o Macron intervir (e melar com o tratado com a UE!) aqui no Brasil porque o Bolsonaro estava pondo fogo na Amazônia.
Observe que um mês depois desse documento o Macron começou com o chororô fazendo tudo o que pediram os lesa-pátria es quer dis tas do partidão.
Vou colocar o Nick de novo caso vc não ¨saiba¨ disso:

https://www.jornaldacidadeonline.com.br/noticias/16148/o-manifesto-da-traicao-a-patria

Alison Lene
Alison Lene
Reply to  C. César
10 meses atrás

Volta pra tua toca….

C. César
C. César
Reply to  Alison Lene
10 meses atrás

Porque esta bravo, MAV? Dói quando esfregamos a verdade nos seus focinhos? Diga que é mentira que o pessoal do partidão que tu defende tentou melar o acordo com a UE e pior, colocar a soberania da Amazônia pelo Brasil em risco só porque vcs não aceitam até hoje o resultado das eleições e já estão vendo o que vai dar na próxima. Quem são os lesa-pátria aqui são vcs, es quer dis tas, e não tem mais como esconder isso.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Alison Lene
10 meses atrás

Alison Lenin????

Êste blog não é para ti. Você é quem tem que voltar para a sua caverna.

Nenhum MAV é bem quisto por aqui. Êste blog é para temas geopolíticos, militares de assuntos relacionados a tecnológias militares; coisas que vocês não entendem.

Tôdas as vêzes que aparecerem por aqui, vão escutar o que não querem.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Fácil falar difícil fazer. Quem vai fazer China desacelerar o seu crescimento que não respeita nada e ninguém, só como um exemplo (poderiamos citar inumeros paises no mundo). Como os milhões e milhões e milhões (na verdade mais de UM BILHÃO de pessoas) de chineses vão sair da linha da pobreza para a linha da classe média americana sem chacoalhar o clima de nosso planetinha? O Chinas vão entender o recado ai de cima e vão pedir para a população ficar na miúda e continuar com o seu atual nível de pobreza? O governo se sustentaria? Os poderosos poderiam ser… Read more »

Camargoer
Camargoer
Reply to  Ricardo Bigliazzi
10 meses atrás

Caro Ricardo. Excelente ponto. Os países em desenvolvimento que possuem grandes populações (Brasil, China, Índia, Indonésia…) têm um duplo desafio que é garantir o crescimento econômico com redução da desigualdade e reduzir suas emissões de carbono. Contudo, cada país tem um perfil de emissão diferente. A maior parte da emissão chinesa resulta da queima de combustível fossil (carvão e petróleo) para gerar energia. Já a maior parte da emissão brasileira é devido à destruição de florestas (tanto desmatamento quanto incêndios), até porque a maior parte da energia brasileira é hidroelétrica e agora eólica (O NE brasileiro usa praticamente 100% de… Read more »

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Ricardo Bigliazzi
10 meses atrás

Quem vai parar a China? A resposta é simples : Pandemia viral, originada por zoonosis aviária.

Opção B: Uma invasão alienígena.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Enquanto Isso: Teu chefe e líder está preso!

Fernando
Fernando
Reply to  Leandro. O
10 meses atrás

Se o Lulo fosse presidento do mundo isso nunca aconteceria.

alexandre
alexandre
Reply to  Fernando
10 meses atrás

o mundo ia acabar em pinga…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  alexandre
10 meses atrás

‘o mundo ia acabar em pinga…’
Quer coisa melhor?

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Enquanto Isso: Teu chefe e líder está preso!
Ah, e lá não tem cachaça…..

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  alexandre
10 meses atrás

E basta acrescentar limão, açúcar e gelo.

Rafa_Positronn
Rafa_Positronn
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

E Leite Moça

Rafa_Positronn
Rafa_Positronn
Reply to  Fernando
10 meses atrás

Isso ai é freudiano

Camargoer
Camargoer
Reply to  Leandro. O
10 meses atrás

Olá Leandro. O relatório enfatiza que a redução na produção de alimentos e ao acesso à água potável coincidirá com o pico populacional de 10 bilhões de habitantes, o que irá gerar um colapso da civilização em escala mundial.

Leopoldo
Reply to  Camargoer
10 meses atrás

Ocorrer uma crise de alimentos até pode acontece em determinados países agora um colapso climático é pura farsa.

WVJ
WVJ
Reply to  Leopoldo
10 meses atrás

Também acho.
Caso o clima venha a mudar tanto assim, não será por culpa de Bolsonaro, ou dos brasileiros, ou da China, nem dos EUA. Será por culpa dos astros; o Sol seria o primeiro suspeito.
Não podemos aceitar imposição científica fraudulenta. Nisso estou com o governo (sem as patetadas, claro)
Agora, se não cuidarmos de nossa maior floresta, o centro-sul do país vai ficar cada vez mais seco.
Amazônia vale mais preservada.
Explorações controladas, pontuais, soberanas; daí ninguém vai poder falar mais merda contra nós.

Camargoer
Camargoer
Reply to  WVJ
10 meses atrás

Caro WVJ. Ciclos políticos duram 4 anos ou no máximo uma década. O protocolo de Kyoto foi assinado em 1997. O debate sobre CFC começou há mais de 40 anos e o seu banimento foi assinado em 1987. A convenção do clima no Rio de Janeiro foi em 1992 (Eco92). Portanto, o mais prudente é evitar misturar uma coisa com outra. Governos que combaterem o aquecimento global estão colaborando para solucionar o problema, governos que forem lenientes com questões ambientais estão atrapalhando. Precisamos criticar os governos lenientes para que todos os países priorizem suas agendas ambientais. Isso nunca foi um… Read more »

Camargoer
Camargoer
Reply to  Leopoldo
10 meses atrás

Caro Leopoldo. O risco é que ocorra um colapso na produção de alimentos e no acesso à água potável, levando milhões de pessoas a migrarem de áreas prejudicadas em direção às áreas menos afetadas, além de uma fome generalizada. Se as baratas tiverem a sorte de sobreviver, bom para elas.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Camargoer
10 meses atrás

Caro Camargoer,

Os recursos hídricos brasileiros poderia ser a desculpa necessária que a Europa, a Ásia (Rússia e China) necessitariam para atacar o Brasil, no futuro.

A água será tão ou mais importante que o petróleo hoje.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Tadeu Mendes
9 meses atrás

Olá Tadeu. Ao que parece, caso a floresta amazônia seja destruída (nem precisa ser completamente, mas chegando a um ponto crítico não muito distante) o regime de chuvas será alterado em toda a América do Sul e é possível que o Brasil perca grande parte dos seus recursos hídricos.

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  Leandro. O
10 meses atrás

A humanidade não vai acabar em 2050, de acordo com o relatório, o que o relatório indica é que em 2050 o problema climático etingira uma fase quase que apocalíptica, podendo mergulhar a sociedade numa crise social, humanitária e politica nunca antes vista na história do ser humano.
Doenças, pragas, extinções, fome, sede, guerras, tudo isto acontece num piscar de olhos, a sociedade pode muito bem acabar como a conhecemos sem que o humano seja de facto extinto, 2050 é apenas um ano de referência.

Sequim
Sequim
Reply to  Peter nine nine
9 meses atrás

Ou seja, Mad Max.

rogerio
rogerio
Reply to  Leandro. O
10 meses atrás

Leandro, achei o teu comentário totalmente desproporcional e deslocado com relação ao conteúdo do post original. Isto impede qualquer discussão madura sobre o assunto.

Antoniokings
Antoniokings
10 meses atrás

E o energúmeno do Trump revogou medidas do Obama que preveniam o aquecimento global.

JPC3
JPC3
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Acho que você deveria pesquisar como foi a preservação do meio ambiente nas ditaduras que defende.

Alison Lene
Alison Lene
Reply to  JPC3
10 meses atrás

Acho que no seu caso, nem morrendo resolve…

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Detalha mais isso, queremos aprender sobre o assunto… Cite as medidas do Obama e explique a ação de contraponto do Trump.

O seu comentário soa mais como um sofisma barato e raso.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Ricardo Bigliazzi
10 meses atrás

Dentre muitas outras:
1) Cortou as verbas da Agência de Proteção Ambiental e criou novos parâmetros bem mais negligentes com a questão da poluição;
2) Abriu uma guerra contra o Plano de Energia Limpa;
3) Saída do Acordo de Paris;
4) Flexibilização das leis de poluição atmosférica;
5) Revogou as leis contra a queima do metano;
6) Fim dos programas de redução de combustível
e muito mais.

Passaria horas relacionando o desastre de sua atuação.
Esse Senhor é um estorvo para o Mundo e espero que o povo americano se livre logo dele.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  C. César
10 meses atrás

Não quero nem saber.
O que é muitíssimo mais importante é que essas medidas artificiais de Trump estão encaminhando a economia americana para um grande desastre.
Taxas de juros que logo serão negativas, estagnação e deflação.
Vc acha que eu estou exultante com essa situação?
Tente adivinhar.

C. César
C. César
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Nossa. Que contorcionismo seu para mudar a verdade, Kings. Ou é basicamente mentir mesmo o que vc esta fazendo? Mundinho de Nárnia essa de vcs, es quer dis tas, onde sonham também um dia o presidiário condenado voltar a ser presidente, né!?

Nicolas_RS
Nicolas_RS
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Pare de defecar pelos dedos! Esse papo furado que o “Trump vai acabar com os EUA”, é uma falacia sem tamanho!

Primeiro diziam que o Trump nem se quer iria ser presidente, depois que iria começar a Terceira Guerra Mundial, que fecharia as fronteiras, que não conseguiria governar, que não aguentaria 1 ano como presidente, que a economia entraria em colapso. E NADA DISSO ACONTECEU, muito pelo contrario! As coisas só melhoraram.

Voces esquerdistas são uma piada pronta!

Matheus
Matheus
10 meses atrás

Então tomara que em 2050 já tenhamos aprendido a terraformar um planeta e é bom estarmos com pelo menos uma colonia em marte e na Lua! (IRONIA) Sei não ein, ainda mais com a chegada de mais um ciclo de mínimo solar, esse relatório me parece sensacionalista demais, utiliza de um nome importante para criar um efeito de urgencia e choque nas passoas. Parece que voltei em 2005 onde as estimativas falavam em até 3 graus celsius de aquecimento global até 2020, e já estamos em 2019 com o clima igual aos de 15 anos atrás. Me lembrei uma passagem… Read more »

peter nine nine
peter nine nine
Reply to  Matheus
10 meses atrás

Matheus? O clima está igual?????
Pasmei

Camargoer
Camargoer
Reply to  peter nine nine
10 meses atrás

Ola Peter. Segundo soube, uma frente fria em Roma foi o suficiente para contestar o aquecimento global.

carcara_br
carcara_br
Reply to  Matheus
10 meses atrás

O detalhe é que o clima na pequena bola azul esta se modificando mais velozmente que os ecossistemas conseguem acompanhar. O ritmo de extinção de espécies é superior as grandes extinsões em massa da história da terra e o ser humano é a única variável nova. Então a menos que você queira ser um mero vestígio fóssil é melhor encarar com a seriedade o tema.

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  carcara_br
10 meses atrás

Eu acho fantástico isto, determinados seres humanos conseguem desaprovar quem se baseia no óbvio, no obvio nem porque é baseado no estudo, mas porque é baseado no óbvio mesmo, ou seja uma total negação de factos.
No Brasil, alerto, sem querer ofender, está a ocorrer de forma colectiva e em massa, peço por favor que abram os olhos.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Peter nine nine
10 meses atrás

Olá Peter.9.9. A ciência vencerá ou estaremos todos mortos.

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  Camargoer
10 meses atrás

So espero que se ocorrer, que seja rápido, eficaz e, que nao tenha de ouvir os lamentos de quem tanto os factos ignorou.
Concordo consigo camargoer

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Peter nine nine
10 meses atrás

O problema, Peter nine nine, é que no Brasil tem uma ‘Ministra’ (com aspas mesmo) que pretende implantar a Ciência de Deus.
Segundo ela, os religiosos deixaram a ciência livre demais nas mãos dos cientistas.
Acredite, pois é verdade.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Enquanto Isso: Teu chefe e líder está preso!
Ah, e tua presidAntA queria estocar vento e saudar a mandioca…..portanto uma e outra poderiam ser gêmeas siamesas….logo, olhe para o próprio rabo antes de mais nada….

Camargoer
Camargoer
Reply to  Flanker
10 meses atrás

Olá Flanker. Enquanto isso muita coisa que não tem relação com o aquecimento global está acontecendo no Brasil e no mundo. Talvez possamos debater o impacto da corrução que beneficiam ações que prejudicam o combate às mudanças climáticas (como a produção ilegal de CFC em alguns lugares do mundo, a destruição de florestas tropicais em vários países, etc) ou políticas de geração de energia por fontes renováveis (eólica, biomassa, biorefinarias, fotoelétrica, por aquecimento solar, hidroelétrica, etc). Esses temas são importantes para compreender o impacto da ação humana sobre as mudanças climáticas. O resto é conversa de botequim.

Flanker
Flanker
Reply to  Camargoer
10 meses atrás

Concordo!! Plenamente!! Mas, quem é o Troll que sempre, em todos os posts, faz comentários com viés político, com críticas à Bosonaro e a qualquer outro, à exceção do PT e seus líderes ….além de Rússia, China, etc….E para esse, você faz critica e contraponto? Perdão, mas nunca vi!
Quanto A discutir os efeitos das ações humanas sobre o planeta sou totalmente de acordo….mas, se p9litizarem, de maneira a denegrir ou levar a discussão para um caminho inadequado, eu vou rebater….simples assim!

Camargoer
Camargoer
Reply to  Flanker
10 meses atrás

Olá Flanker. Há uma dezena de críticas e defesas ao presidente em debates que nem quero participar. Contudo, meu “contraponto” que fiz ao seu comentário foi no contexto da minha resposta ao Peter99 “A ciência vencerá ou estaremos todos mortos”, que não tem viés ideológico mas é uma “declaração política” (não partidária) coerente com o que sempre defendi na “Trilogia”, que apenas o debate franco com respeito aos colegas pode ampliar nossa compreensão sobre o que acontece ao nosso redor. Pelos anos que nos conhecemos imagino que você concorda comigo também sobre isso. De modo algum tive a intenção de… Read more »

Flanker
Flanker
Reply to  Camargoer
10 meses atrás

Eu te entendi, Camargoer. Discordo de alguns posicionamentos seus, mas sua educação e polidez são exemplares. Discutir com pessoas assim é construtivo. Um abraço.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Flanker
10 meses atrás

Caro Flanker. Boas discussões ocorrem apenas entre pessoas com ideias diferentes. Muitas vezes precisei pensar muito sobre o que você escreveu, e em alguma vezes sua ideia era melhor que a minha. Continuamos remando na mesma direção, mas em lados diferentes do barquinho.

Sequim
Sequim
Reply to  Flanker
9 meses atrás

Você reparou que o STF já está anulando sentenças? Pois é. Daqui a pouco chega em Curitiba. Aguarde.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Peter nine nine
10 meses atrás

Olá Peter.9.9. Acho que temo mais a condição extrema de ver quem amo sofrendo do que minha morte. Acho que sou incapaz de ser tão determinado quando “Keyser Söze” ou forte quanto “Magda Goebbels”.

Luciano
Luciano
Reply to  Camargoer
10 meses atrás

Olá, Camargoer. Bom ver que ainda continua paciente e tentando fazer um contraponto critico. Contudo, não adianta, é o tempo da pós-verdade. Estamos num momento de negação da razão. As coisas acontecem e por mais que sejam mostrados dados concretos – um motor de reação funciona por causa da ciência, um submarino submerge por causa da ciência, uma camuflagem é mais furtiva por causa da ciência, etc, etc – temos essa ojeriza atual a tudo que vai contra o senso comum e o conhecimento religioso. É a época onde nós cientistas somos contestados sem o menor embasamento, sem a menor… Read more »

Camargoer
Camargoer
Reply to  Luciano
10 meses atrás

Olá meu Amigo. (literalmente) Acho que se eu desistir e descobrir que não vale mais a pena, será muito fácil cometer um suicídio.

Luciano
Luciano
Reply to  Camargoer
10 meses atrás

O interessante é que o relatório foi elaborado por um membro da Shell e um militar de alta patente!!! Não foi um esquerdista, um membro de ONG e um ativista qualquer. Ou seja, nao importa quem fale, se for contra a “minha verdade” nem me dou o trabalho de considerar que pode ter algo verdadeiro! Tristes tempos! 🙁

Alessandro
Alessandro
10 meses atrás

E quem mais descumpri os acordos climáticos são os países ricos, como disse o colega Marcos10, vamos intervir eles rsrs…

peter nine nine
peter nine nine
Reply to  Alessandro
10 meses atrás

Alessandro, não necessariamente, pelo contrário, a maioria dos países “não ricos”, pobres ou que não façam parte dos chamados desenvolvidos ou em desenvolvimento minimamente adiantado, não falha com as regras e acordos porque nem sequer os adopta como deveria de ser.
O que ocorre é que, embora de facto haja nações mais ricas com mais que capacidade para cumprir os referidos acordos e regras, e de facto nem sempre os cumprem, os mesmos (acordos) sempre foram estipulados com metas demasiado humildes, conservadoras e irrealistas, tal como estes e muitos outros relatórios já o disseram e continuam a dizer.

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  Alessandro
10 meses atrás

Olhe eu tinha postado um comentário mas… Apagaram no ou simplesmente censuraram-no ou então falhei a enviar, que eu duvido.

peter nine nine
peter nine nine
Reply to  Peter nine nine
10 meses atrás

SEGUE-se mais uma tentativa de publicar o meu comentário completo Alessandro, não necessariamente, pelo contrário, a maioria dos países “não ricos”, pobres ou que não façam parte dos chamados desenvolvidos ou em desenvolvimento minimamente adiantado, não falha com as regras e acordos porque nem sequer os adopta como deveria de ser. O que ocorre é que, embora de facto haja nações mais ricas com mais que capacidade para cumprir os referidos acordos e regras e de facto nem sempre os cumprem, os mesmos (acordos) sempre foram estipulados com metas demasiado humildes, conservadoras e irrealistas, tal como estes e muitos outros… Read more »

peter nine nine
peter nine nine
Reply to  peter nine nine
10 meses atrás

Peço desculpas a triologia, aparentemente este comentário terá sido publicado mais abaixo, por erro meu, fui consultar e de facto ali se encontra.

Alessandro
Alessandro
Reply to  peter nine nine
10 meses atrás

Só vi uma tremenda “passadão de pano” nesse seu comentário, os números não mentem, os países desenvolvidos são os maiores poluidores do mundo, em 2018 conseguiram bater um novo recorde, 37 bilhões de toneladas de CO2 foram jogadas na atmosfera, só a Europa, EUA e China representam mais da metade disso tudo. Eu uso o seu próprio comentário para justificar o motivo do Brasil ser MAIS EFICIENTE nas emissões de carbono, pois somos responsáveis por 2,9 planetas para satisfazer de forma sustentável a humanidade, sendo que somos 210 milhões de habitantes com um território de mais de 8 milhões de… Read more »

Alessandro
Alessandro
10 meses atrás

Eu não vou nem entrar nessa discussão de “aquecimento global” já deram tantas datas e dados FALSOS sobre esse tema que já tá cansativo discutir sobre isso. Só quero ATUALIZAR ae os ativistas que acreditam nessa teoria, que saiu uma matéria no The Guardian muito interessante de um desses ativistas, eles recomendam que não chamem mais de “aquecimento global” depois de ERRAR tanto rsrs.. agora eles querem que chamem por “CRISE ou COLAPSO” climático rsrs… pra ficar mais AMEDRONTADOR, o esquema é esse agora, colocar o máximo de MEDO possível na população mundial, mesmo que os dados e suas teorias… Read more »

Marcos10
Marcos10
Reply to  Alessandro
10 meses atrás

Também concordo.
A Seita dos Borboletas Azuis havia profetizado que em 13 de maio de 1980 haveria um grande diluvio e o Mundo acabaria.

Jorge
Jorge
Reply to  Marcos10
10 meses atrás

O mar está subindo, mas Al Gore e Obama tem casa valendo milhões na beira da praia.
A China construindo ilhas, japão construindo aeroporto dentro do mar e os países árabes construindo ilhas e condomínios dentro do mar. Ninguém avisaram a eles que o mar está subindo por causa do aquecimento Global.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jorge
10 meses atrás

O problema não são as ilhas do Japão, China ou Emirados, mas as cidades pobres ou miseráveis de Bangladesh, Índia, dos Países da África e América do Sul, Brasil incluído.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Jorge
10 meses atrás

Aquecimento global só afeta países subdesenvolvidos, a Alemanha continuará a queimar carvão pq na Europa não há danos ambientais em desmatamento e queima de carvão.

Ricardo
Ricardo
10 meses atrás

Comprar uma 12 e deixar de herança pq até lá tô morto ou quase

Furagelo
Furagelo
10 meses atrás

Balela! Leia o Livro da Revelação.

Space Jockey
Space Jockey
10 meses atrás

Exagero, ja vi muitos destes relatórios. 50 anos atras falavam o mesmo, e era pros nossos carros ja estarem voando.

tulio762
tulio762
10 meses atrás

Uma verdadeira piada isso ai.

Camargoer
Camargoer
10 meses atrás

OLá a todos. Preferi ler o relatório antes de comentar qualquer coisa. O documento está disponível e tem apenas 11 páginas (Existential climate-related security risk: A scenario approach). O que me preocupou mais foram alguns comentários de alguns colegas, que parecem corroborar o ponto de vista dos autores quanto à irresponsabilidade de nossa geração em se recusar a tomar medidas urgentes contra as mudanças climáticas, no qual a elevação da temperatura média é apenas uma parte do problema. O impacto mais prejudicial à nossa espécie será sobre a produção de alimentos e o aceso à água potável. A minha perspectiva… Read more »

João Moro
João Moro
Reply to  Camargoer
10 meses atrás

Camargoer, A medidas urgentes que devem ser tomadas são as mudanças de matrizes energéticas das potências européias que poluem em demasia. Esta mudança será significativa para o clima. Que a Europa dê o exemplo primeiro.

Camargoer
Camargoer
Reply to  João Moro
10 meses atrás

Olá João. Concordo que essa é uma das medidas de emergência. 80% das emissões de CO2 resultam da produção de energia. Então é preciso aumentr o uso de fontes renováveis, reduzir o uso de combustível fóssil (petróleo e carvão), reduzir a demanda por energia adotante tecnologias eficientes. Contudo, países que possuem grandes áreas florestais (Brasil por exemplo) precisam preservar essas florestas (cerca de 40% da biomassa de uma floresta é carbono). Por fim, é necessário que todos os países ampliem suas áreas degradadas por meio de reflorestamento, que seria uma excelente maneira de sequestrar o carbono já acumulado na atmosfera.… Read more »

Luiz Guilherme
Luiz Guilherme
Reply to  Camargoer
9 meses atrás

Olá Camargoer, obrigado por ser esse poço de razão nesse deserto de opiniões. Sua paciência é admirável. No mais, assino embaixo tudo o que falou.

Caio
Caio
10 meses atrás

Exercício de futurologia.
O clima do mundo é historicamente dinâmico e mesmo repentino.
Se até se erra numa previsão do tempo em uma semana, que dirá em décadas; só pelo clima podemos ter catastrofes globais em meses ou milênios e com pouca influência humana.
A poluição industrial dos países ricos é mais degrandante do que o clima, porém sempre”esquecida”.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Caio
10 meses atrás

Caro Caio. O “PoderAéreo” postou um artigo recente sobre o Gripen F39E publicado na revista “Pesquisa FAPESP”. Alguns colegas recomendam os artigos publicados nessa revista, com acesso gratuito pela internet, sobre diversos assuntos, inclusive “mudança climática”. Talvez seja possível compreender como são feitas as simulações do clima da Terra, muitas delas para reproduzir as mudanças na Terra no passado quanto para prever os cenários prováveis no futuro. Os modelos de computação são testados reproduzindo o passado (que conhecemos). Quando um modelo é capaz de reproduzir o passado corretamente, ele é aplicado para simular o futuro a curto, médio e longo… Read more »

Marcelo Danton
Marcelo Danton
Reply to  Caio
10 meses atrás

PERFEITO!O consumo estratosférico e sofisticado desse países ricos é que são os verdadeiros sorvedouros de recursos naturais. O problema é o excesso de GENTE! Ou reduzem e limitem em 4 bilhões de habitantes ou as guerras, fome e doenças farão isso.
Nada de submersão de litorais ou continentes…isso é balela, mentira e joguete de futurologia de maconheiros GreenPeace

Camargoer
Camargoer
Reply to  Marcelo Danton
10 meses atrás

Caro Marcelo. Entendo que o seja às vezes é difícil ler um documento sofisticado em uma língua estrangeira, mas acho que você fez alguma confusão. A emissão de CO2 em uma quantidade acima da capacidade de ser sequestrada pelo ciclo do carbono, faz com que esse gás se acumule na atmosfera ampliando o efeito estufa (uma fração radiação infravermelha que dissipava o excesso de energia vinda do Sol é retida pelos gases, acumulando energia na Terra que eleva a temperatura média; sugiro deduzir a teoria cinética dos gases disponível em qualquer livro de química geral). Esse aumento da temperatura altera… Read more »

Whip
Whip
Reply to  Camargoer
10 meses atrás

Existe um problema de super população, já existiu um líder que dizia que seu povo precisava de “espaço vital” e para tanto invadiu outros países e tencionava exterminar os eslavos…Pouco importa o motivo, estas questões acabam em GUERRA, sempre… Quando duas tribos dependiam de um território de caça e ele enfraquecia, eles guerreavam até a destruição de uma delas…Mas hoje existem pessoas com respostas, Bilderberger Group, Nova Ordem Mundial, planejam exterminar 90% da Humanidade, e nem precisa ser com armas nucleares poluidoras…vírus e guerra bacteriológica são o que possuem mais chances de serem usados. As elites seriam vacinadas e o… Read more »

Leopoldo
Reply to  Caio
10 meses atrás

O homem não tem de fato a capacidade de interferir no clima da terra e já ta mais que aprovado de que o clima na terra segue por ciclos.

Satyricon
Satyricon
10 meses atrás

Deixa eu ver se entendi bem: um ex comandante militar, do nada, se torna um dos maiores expert em climatologia do mundo. Após esse fato sui generis, desenvolve um modelo que explica, com baixíssima probabilidade de erro, o clima mundial, coisa que TODOS os demais expecialistas no assunto (gente do ramo, diga-se), após incontáveis tentativas, não conseguiram ainda.
E de posse de todo esse conhecimento, essa figura é capaz de prever uma catástrofe planetária.
Esse cara (de pau) merece um Nobel.

Diego
Diego
10 meses atrás

Não é preciso muito cérebro pra acreditar no aquecimento do planeta.. Usa o google. Procure por variação da temperatura global. Verá que o aumento da temperatura coincide com a era da industrialização(queima de combustíveis fósseis). Varia pouco, mas varia, não dá pra negar mais. E essa pouca variação não nos afeta, entretanto podemos dizer o mesmo das algas microscópicas dos oceanos que produzem nosso oxigênio?
Imagens: encurtador.com.br/dsCW7

Luis
Luis
Reply to  Diego
10 meses atrás

“Não é preciso muito cérebro pra acreditar no aquecimento do planeta..” “Usa o google.” tenho q concordar, realmente não é preciso muito cérebro, quase nada, ou nada, basta seguir o instinto de manada

Camargoer
Camargoer
Reply to  Luis
10 meses atrás

Caro Luis. O melhor modo de evitar o instinto de manada é consultar os documentos originais de pesquisa. Sugiro a tese “Economia de baixo carbono no Brasil: alternativas de políticas e custos de redução de emissão de gases de efeito estufa”, de 2013, que recebeu menção honrosa da CAPES em 2014 na área de Economia. Aproveitei meu fim de semana para ler. Aprendi muito. Recomendo.

peter nine nine
peter nine nine
10 meses atrás

______________________________________________ ____^^Versão estendida do meu comentário ^^______ ______________________________________________ Alessandro, não necessariamente, pelo contrário, a maioria dos países “não ricos”, pobres ou que não façam parte dos chamados desenvolvidos ou em desenvolvimento minimamente adiantado, não falha com as regras e acordos porque nem sequer os adopta como deveria de ser. O que ocorre é que, embora de facto haja nações mais ricas com mais que capacidade para cumprir os referidos acordos e regras e de facto nem sempre os cumprem, os mesmos (acordos) sempre foram estipulados com metas demasiado humildes, conservadoras e irrealistas, tal como estes e muitos outros relatórios já… Read more »

pangloss
pangloss
Reply to  peter nine nine
10 meses atrás

Peter, parabéns pela lucidez de seu comentário.
Sobre a matéria, há dois aspectos a serem considerados, em minha opinião:
1 – a responsabilidade ambiental é impositiva, por todos os motivos, incluindo os morais e religiosos (para aqueles que professam alguma crença em qualquer forma de transcendência);
2 – o discurso ambientalista é baseado em disseminar o pânico, como forma de alcançar objetivos que, ainda que sejam, ao fim, benéficos, também servem a diversos interesses não confessados.

Camargoer
Camargoer
Reply to  pangloss
10 meses atrás

Caro Pangloss. Concordo com o primeiro aspecto, mas discordo do segundo. O movimento ambientalista nasceu na Europa como um movimento pacifista no período da guerra-fria. Talvez por isso ele é confundido como um movimento de esquerda. Ações “midiáticas” do Greenpeace (eu não gosto deles nem do WWF, mas é birra pessoal) também reforçaram a ideia do espetáculo (até o Roberto Carlos fez uma música para salvar as baleias). O problema é que as ações para combater as mudanças climáticas tem opositores que têm seus interesses prejudicados (por exemplo a indústria do petróleo) e outras que tem seus interesses beneficiados. Atacar… Read more »

pangloss
pangloss
Reply to  Camargoer
10 meses atrás

Prezado Camargoer,
Agradeço seu comentário.
Não quis desqualificar o discurso ambientalista como “de esquerda”, pois tal argumento não desqualifica nada, a princípio.
O que eu quis dizer – e, isso sim, desqualificando o discurso ambientalista – é que ele peca na forma escandalosa que procura dar o seu alerta, até mesmo caindo em descrédito em razão dessa eloquência.

Camargoer
Camargoer
Reply to  pangloss
10 meses atrás

Olá Pangloss. Também me incomoda discurso fatalista e panfletário de uma minoria de ambientalistas barulhentos. Parecem adolescentes empenhados em perder a virgindade. Mas eles me incomodam menos do que os fundamentalistas que negam fatos que os obrigariam pensar que, enfim, talvez estejam errados (vou perguntar para uma amiga psicóloga o nome técnico dessa bizarrice). Tenho a impressão que apenas quem tem alguma dificuldade de compreender ciência (eu sei como pode ser difícil entender certos assuntos científicos) diria que está tudo bem. Não está. Uma outra possibilidade é que são pessoas com má-fé, mas prefiro acreditar que nossos colegas aqui no… Read more »

peter nine nine
peter nine nine
Reply to  peter nine nine
10 meses atrás

Este comentário era para ter sido publicado mais acima, em resposta a Alessandro, por erro meu, acabei por o duplicar.

Celso
Celso
10 meses atrás

Mais um relatório mentiroso bancado por lobistas e escrito pela Anita.

C. César
C. César
Reply to  Celso
10 meses atrás

Exato. O artigo só faltou dizer no final que a culpa do fim do mundo também será do Bolsonaro e pedir para todo mundo boicotar o Brasil até que soltem o Lu la.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  C. César
10 meses atrás

Bolsonaro nem sabe o que é isso.
Fique calmo.

C. César
C. César
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

E vc sabe? Tá ligado que vc é um completo ignorante que não sabe nada de coisa alguma e só vem aqui para tro llar, né!? Só não sei de fato se vc é pago para fazer isso.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Pode ser que sim…mas….Enquanto Isso: Teu chefe e líder está preso!

carcara_br
carcara_br
10 meses atrás

Se estão criando histeria e for tudo mentira, ainda assim estaríamos queimando dinheiro. Já que o valor da floresta perante o mundo aumenta sendo verdade ou não. Por outro lado se for verdadeiro, estamos nos suicidado aceleradamente, pq como já disse não é a Europa que vai sentir os impactos ambientais primeiros, somos nós, é SP.

Renato B.
Renato B.
Reply to  carcara_br
9 meses atrás

Seu argumento me lembrou algo que li na The Economist (uma revista decididamente liberal) criticando alguns argumentos favoráveis à tese da mudança climática que achavam exagerados. Os riscos envolvidos são simplesmente grandes demais para ignorar o problema.

edaurdo lima
edaurdo lima
10 meses atrás

Curti mais quando o fim do mundo ia ser pelo calendário Maia! Se bem que tivermos o Nostradamus, a virada do milênio e por ae vamos caminhado para o fim do mundo. Na espera da próxima data 🙂

Diogo de Araujo
10 meses atrás

já vai tarde kkkk to muito triste aqui kkk

Peter nine nine
Peter nine nine
10 meses atrás

Posso saber o motivo de não estar a ser publicado o que escrevo?

peter nine nine
peter nine nine
Reply to  Peter nine nine
10 meses atrás

Peço desculpas, o referido comentário foi de facto publicado

Camargoer
Camargoer
Reply to  peter nine nine
10 meses atrás

Olá Peter… ás vezes demora mesmo. Deve ser complicado cuidar do blog. Ainda assim, de vez em quando algum comentário barra pesada acaba publicado.

Peter nine nine
Peter nine nine
10 meses atrás

Posso saber o motivo de não estar a ser publicado o que escrevo? Escrevi um comentário de considerável tamanho e qual o meu espanto quando vejo que, quem modera este espaço, o eliminou.

peter nine nine
peter nine nine
Reply to  Peter nine nine
10 meses atrás

peço desculpas, o referido comentário foi de facto publicado

Madmax
Madmax
10 meses atrás

A mudança climática está ocorrendo e a culpa não é do homem. Professor Molion tá aí falando disso há mais de 30 anos. O negócio vai ficar feio mesmo daqui para frente quando a terra esfriar.

Augusto
Augusto
10 meses atrás

Abra os principais jornais franceses (Le Figaro, Le Monde, etc). Quase todo dia um texto diferente analisando como 2 graus celsius a mais na temperatura seria uma absoluta catástrofe para a já pouco competitiva agricultura francesa, sempre com ênfase na delicada (e muito lucrativa) produção de vinho. E advinha de quem é a culpa geralmente, para eles? Vou dar uma dica: tem a ver com a Amazônia.

Whip
Whip
Reply to  Augusto
10 meses atrás

Neste exato momento a Floresta arde no Congo 4 vezes mais que na Amazônia, o incêndio da Sibéria também é maior e ainda tem o do Alasca e o da Indonésia. Mas…só lembram do Brasil, por que? Te digo, os governos anteriores tupiniquins “davam” qualquer coisa da Amazônia (recursos, permissões para ONGs de fachada, biodiversidade) em troca de propina para seus líderes e cupinchas. Os europeus adoravam (propina saia muito barata em comparação com o que surrupiavam). Agora apareceu do nada um certo capitão que ganhou a eleição (eles queriam o poste de bandido ou o picolé de chuchu, para… Read more »

Camargoer
Camargoer
Reply to  Whip
10 meses atrás

Caro Whip. Concordo com você que o problema de emissão de CO2 devido os incêndios florestais é igualmente grave independente do país d ocorre. Contudo, o incêndio na Amazônia (assim como a destruição do cerrado, do que resta da mata-atlântica e das florestas em Sta Catarina e Paraná, por exemplo) são de responsabilidade dos brasileiros. Incêndios em outros países (ou outras formas de emissão) não justificam os incêndios (e emissões) no Brasil, mas o descontrole dos incêndios no Brasil tiram sua legitimidade de cobrar empenho dos outros países.

Hildérico
Hildérico
10 meses atrás

Em verdade, vou mais adiante o maior problema já começou são a imensa quantidade de lixo produzido e desmatamento com tudo veja que as nascentes e toda várzea ou brejo necessita de uma área de reserva a maior que uma poucos 40 MTS de margem deveria ser no mino 100 MTS mas o povo constrói onde passa rios e etc não haverá escapatória da destruição

Marcelo-SP
Marcelo-SP
10 meses atrás

Quem emite mais carbono na atmosfera é a China. O sonho de consumo para nova potência global da esquerda. Que tal boicotar os produtos chineses??? Só uma sugestão…

Camargoer
Camargoer
Reply to  Marcelo-SP
10 meses atrás

Caro Marcelo. Há anos eu boicoto os produtos chineses (e outros importados) dando preferência aos produtos brasileiros, principalmente para garantir os empregos no Brasil. De fato, a China se tornou o maior emissor de CO2 em valores absolutos (aproximadamente o dobro dos EUA, o segundo maior emissor). Contudo, em termos “per capita”, a emissão da China é parecida á do Japão e Alemanha. Dos grandes países, os EUA são os maiores emissores de CO2 per capita (desconsiderando os países produtores de petróleo do oriente médio devido a operação das companhias petrolíferas). Por outro lado, a Suécia, por exemplo, tem uma… Read more »

Marcelo-SP
Marcelo-SP
Reply to  Camargoer
10 meses atrás

Mais da metade das “emissões” brasileiras são computadas por uma estimada perda de cobertura florestal. Esse método já é, por si, uma gambiarra para diminuir os números relativos dos verdadeiros grandes emissores (China, EUA, UE). Quanto ao cálculo per capita, também é enganoso. Há a questão da base energética do país e do valor de produto gerado para aquela população, que levaria a n discussões vazias. O que deve valer é quanto cada um joga de carbono no ar dentro de suas fronteiras. E o Brasil não é nem de perto o vilão. É muito fácil proteger o bem estar… Read more »

Camargoer
Camargoer
Reply to  Marcelo-SP
10 meses atrás

Caro Marcelo. Creio que a China seja o sonho de consumo dos CEO de muitas empresas, que preferem comprar lá do que produzir no Brasil.

Whip
Whip
Reply to  Camargoer
10 meses atrás

Já estive lá. Eles praticam o “dumping social”, ou seja, mantém seus custos de produção com mão de obra bem baixos. Como? Obrigando o povo a trabalhar 12 horas por dia e pagando salários de fome…manter 10 funcionários na China é mais barato que 3 no Brasil…Eles podem ser demitidos sem direitos a qualquer momento e se ficarem doentes são chutados da empresa…Na China sua “previdência” é vc mesmo, economize muito ou seu fim vai ser na casa de filho caridoso ou na rua… Se reclamar, os campos de prisioneiros do Estado dão conta de vc. Assalto realmente tem pouco,… Read more »

Camargoer
Camargoer
Reply to  Whip
10 meses atrás

Caro Whip. Você coloca uma questão bastante importante. Ao invés de cortar direitos e destruir o estado de bem-estar social para “ganhar” competitividade em relação à China, é a China que deve amplar os direitos trabalhista em sua legislação e implementar um estado democrático (que inclui a garantia dos direitos humanos) e nivelar sua sociedade com os valores das social-democracias escandinavas (eu também considero um erro o caminho defendido por alguns colegas de transformar o Brasil em uma pequena China ao invés de leva-lo a ser uma grande Finlândia).

FERNANDO
FERNANDO
10 meses atrás

Olha, se o negócio é chutar, eu digo que é provável que a civilização não dure até 2038.
Pois um asteroide irá se chocar com a Terra em 2035.
Minha fonte é confiável!

Camargoer
Camargoer
Reply to  FERNANDO
10 meses atrás

Caro Fernando. O seu comentário está de acordo com o atual cenário político brasileiro, que eu chamo de “Chutocracia”. Ao contrário da “Idiocracia” que é baseada na incapacidade de pensar, o discurso político na “Chutocracia” é dissociado da realidade. Quando confrontado com a realidade, o “chutocrata” diz que não foi ele, e que se tivesse sido ele queria ter dito outra coisa, e que de qualquer modo, ele não via qualquer problema no que foi dito.

Flanker
Flanker
Reply to  FERNANDO
10 meses atrás

Sério!?!? Então, diz pra sua fonte avisar a NASA, pq ela disse que, ao menos nos proximos 100 anos, não há nenhum asteróide conhecido com possibilidade de se chocar com a terra…

Rogerio
Rogerio
10 meses atrás

Essa conversa de fim do Mundo sempre se renova, o que a população e o governo precisam principalmente no Brasil e cuidar do meio ambiente das grandes cidades, mais de 50 por cento da população não possui esgoto tratado e água potável, quem pode acabar com a humanidade são os mares e oceanos poluídos

ALEXANDRE
ALEXANDRE
10 meses atrás

De novo essa baboseira de aquecimento global e o que é pior,tem quem acredite

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
10 meses atrás

Vou perguntar para o Climatologista Ricardo Felício, o que ele acha disso?

Marquês de São Vicente
Marquês de São Vicente
10 meses atrás

Esse relatório é o mesmo divulgado há 20 anos atrás, como o mundo não acabou, só atualizaram as datas… lamentável

jodreski
jodreski
10 meses atrás

Dados são sempre interessantes então vou compartilhar um com vcs: há cada 11 mil anos aproximadamente o planeta sofre uma era Glacial, quem nos deu esse dado foi a análise de amostras de gelo de nossas geleiras, outro dado ainda mais interessante é que essa era Glacial, que se mostra como um ciclo do planeta terra, já ocorreu em épocas aonde a concentração de gases do efeito estufa eram ainda maiores do que as medições atuais. Ou seja, a existência humana frente a idade do nosso planeta é praticamente irrelevante, é menos do que uma fração de segundo à Terra,… Read more »

Control
Control
Reply to  jodreski
10 meses atrás

Jovem Jodreski
A última era glacial começou a mais de cem mil anos e só se encerrou, gradativamente a menos de dez mil anos. Portanto não há como o planeta ter sofrido uma era glacial a cada 11 mil anos.
O que se diz é que acontecem ciclos de períodos frios e quentes sendo os frios mais duradouros que os quentes. Dentro desta hipótese, a tendência seria que estivessemos entrando em uma nova era glacial, mas as atuais condições climáticas não comprovam tal assertiva.
Sds

ALEXANDRE
ALEXANDRE
10 meses atrás

Querem manter os países pobres nos lugares que estão…so tapado não enxerga isso

Tiago Gimenes
Tiago Gimenes
10 meses atrás

Sim o aquecimento global é real, mas esse relatório parece exagerado demais.

Wellington Rossi Kramer
Wellington Rossi Kramer
10 meses atrás

Essa questão ecológica é uma grande cavalo de tróia. Um exemplo, relatado no livro O Império Ecológico do Pascal Bernardin, foi a troca do gás de refrigeração CFC por outros que não destruíssem a camada de ozônio. Ele mostra lá que como a patente dos CFCs estava vencendo, no que passariam a ser de domínio público, as indústrias detentoras dessas patentes, para não perderem o monopólio, lançaram um novo gás “ecológico” mantendo-se no fornecimento dos mesmos.

RONALDO DA CRUZ COUTO
RONALDO DA CRUZ COUTO
10 meses atrás

Grande balela, há 30 anos atrás ouvi o mesmo discurso, nada melhor do que um discurso alarmista de fim do mundo para controlar a todos. Substituiram o nome DEUS, por “cientista” e “especialista”.

Carlos Campos
Carlos Campos
10 meses atrás

disseram que em 2012 não ia ter gelo no polo norte, disseram que o nível do mar já estariam engolindo cidades como Nova Iorque, então não acredito nesses estudos, todo ano tem estudo assim.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
10 meses atrás

Minha nossa….Como o brasileiro consegue ser tão débil e ignorante. A questão climática já não é uma questão política, nas sim de sobrevivência humana. Hoje tenho 36 anos de idade. Lembro ainda da minha infância, onde as praias tinham grandes áreas de areia, e o mar, mesmo em maré alta, ficava lá longe. Lembro de vários rios e nascentes que banhei em meu tempo de escoteiro, que hoje não existem mais. Lembro que em Março até agosto, chovia sem parar em Curitiba, junto com muito frio. Lembro de existir estações do ano, num ciclo. E tudo isso a meros 23… Read more »

João Bosco
João Bosco
10 meses atrás

Senhores, o caso é o seguinte: esse relatório é mias um dos avisos de que a coisa está ficando feia, que deve ser feito algo, e pra ontem, senão a chapa vai esquentar literalmente. Se não observaram, não temos mais um inverno direito em boa parte do país, os níveis de chuvas estão cada vez mais irregulares e regiões que antes não sofriam com as secas, agora estão sofrendo. Antes que alguém diga: sim , a amazônia tem um ciclo periódico de queimadas, de forma natural, mas agora não é só o ciclo natural, mas a mão do ser humano… Read more »

Flanker
Flanker
10 meses atrás

Eu fico impressionado com a falta de capacidade de discernimento de muitos aqui! Esses, refutam o aquecimento global, a diminuição acelerada das geleiras e o aumento dos oceanos….todos já provados e comprovados….e suas causas ligadas à ação humana. Eu não entendo a teimosia em duvidar dos fatos! E o pior de tudo é fazerem uma ligação entre política (Bolsonaro x esquerda) e esses efeitos no meio-ambiente… Me deixa completamente assustado a incapacidade dessas pessoas em discernir entre política e meio-ambiente….negar o aquecimento global e seus efeitos não vai fazer ele desaparecer….ele é real e está acontecendo nesse instante! Ah, e… Read more »

Renato B.
Renato B.
Reply to  Flanker
9 meses atrás

Flanker, o problema é que o buraco é mais embaixo. Antigamente se pensava que as escolhas do seres humanos eram racionais, a economia como ciência se baseava nisso. Porém, as redes sociais estão aí para mostrar que nossas decisões não são tão racionais assim, tanto surgiu todo um campo de estudo chamado economia comportamental a partir de meados do séc XX. Grandes pensadores já questionaram isso ao longo dos séculos mas o estudo sistemático é mais recente. Digamos que a racionalidade e a lógica são apenas pontas do iceberg do pensamento humano. Funcionamos muito na base de pensamentos automáticos (os… Read more »

Control
Control
10 meses atrás

Srs
Não se preocupem, o mundo não vai acabar em 2050. Mas, a humanidade, mais cedo ou mais tarde (parece que mais cedo), vai, sim, acabar. Não por meteoros se chocando com a Terra ou mega tempestades solares ou qualquer outro desastre cinematográfico imaginável, mas, simplesmente, por estupidez do homo “sapiens”.
Sds

Camargoer
Camargoer
Reply to  Control
10 meses atrás

Olá Control. Acho que o cronograma é esse … primeiro há o colapso da civilização, depois de alguns séculos ou milhares de anos, a espécie será extinta… depois de alguns milhões ou talvez um ou dois bilhões de anos, o planeta desaparece durante a explosão do Sol.

Renato B.
Renato B.
Reply to  Control
9 meses atrás

Control, concordo que o planeta sobrevive à gente. Um planeta que já se recuperou de um período permiano vai se recuperar da humanidade tranquilamente. Talvez uma pequena parcela da humanidade sobreviva e aprenda a viver melhor, a crise climática certamente vai provocar um tremendo impacto seletivo.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
10 meses atrás

É muito mais provável que a civilização venha a ser destruída por uma pandemia viral, do que por mudanças climáticas catastróficas, salvo o caso de que a origem de uma mudança climática fossem causadas por um inverno nuclear ou por um impacto de algum asteróide gigante.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Tadeu Mendes
10 meses atrás

Ola Tadeu. Você lembrou de um ponto interessante. Além da pandemia viral, a evolução de bactérias resistentes á antibióticos também é uma ameaça real. Há mais de 30 anos não existe o lançamento de um novo antibiótico. Um outro risco biológico é o surgimento de fungos nocivos à espécies agrícolas (arroz, trigo, soja…) que pode causar a quebra mundial de uma dessas culturas. Para quem tem mais de 45 anos, a ameaça nuclear nos dá calafrios (lembro da frase na década de 80 sobre a guerra nuclear: “a pergunta não é SE mas QUANDO”). Contudo, essas ameaças são tratadas como… Read more »

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Camargoer
10 meses atrás

Lúcido comentário, Camargoer.

Eu me preocupo muito mais com uma pandemia viral do que com mudanças climáticas.

A primeira poderia exterminar com mais de 80% da raça humana em questão de mêses, já a segunda, é um processo cíclico e demoraria séculos, a não ser que o sol entre em uma fase de Coronal Mass Ejection.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Tadeu Mendes
10 meses atrás

Caro Tadeu. Essa é uma perspectiva diferente da minha, mas válida. O aquecimento global é um fato, mas suas consequências ocorrem em uma taxa de tempo de décadas, talvez com efeitos sobre as gerações futuras. Uma pandemia é um evento probabilístico, mas que caso ocorra, suas consequências serão sentidas em poucos anos, afetando diretamente uma geração. Então o correto seria prevenir contra uma possível pandemia de características incertas e atuar contra o aquecimento global que tem causas conhecidas.

carcara_br
carcara_br
Reply to  Tadeu Mendes
10 meses atrás

O problema de vírus extremamente letais é que são extremamente letais.
Pra matar 80% da humanidade precisa ter um período de transmissão enorme, com um logo tempo sem aparecimento de sintomas e quando estes aparecerem precisariam ser avassaladores. Talvez o HIV tenha este potencial, mas não acredito numa gripe espanhola contemporânea. O que o Sr acha?

Renato B.
Renato B.
Reply to  carcara_br
9 meses atrás

Cada um escolhe o apocalipse que lhe apetece. Para muitos o problema climático parece confortável por ser uma data razoavelmente distante. A maioria das pessoas não racionaliza um evento desse tamanho. Especialmente se for improvável que a pessoa esteja viva para ver.

Eu concordo que pandemia é um evento mais improvável, o que não significa impossível. Mesmo na ausência de tratamento já temos conhecimento de biologia suficiente para conter a expansão de uma.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  carcara_br
9 meses atrás

Se o vírus Ebola sai da África, e vai parar em alguma metrópole no Ocidente, é altamente provável que a epidemia se transformaria em uma pandemia em poucos mêses, dado a virulência (letalidade entre 3 a 4 mortes por cada 5 paciente infectado).

A não sêr que suspendamos o transporte aéreo internacional, e façamos enormes campos de quarentena. Não existe vacina contra o vírus e muito menos, tratamento efecicaz.

Seria um desastre de dimensões apocalípticas.

Renato B.
Renato B.
Reply to  Tadeu Mendes
9 meses atrás

Já saiu matéria sobre o tratamento para Ebola até na Globo, desenvolvido por um Congolês. O risco da resistência microbiana é real, mas já existem diversos protocolos internacionais para mitigar a expansão de epidemias. Vou repetir, não é impossível, mas considero pouco provável.

Renato B.
Renato B.
Reply to  Renato B.
9 meses atrás

Ainda assim eu apostaria que a ditadura chinesa tem mais chances de conter uma pandemia que o ocidente e seus idiotas do movimento anti-vacina.

Alex Barreto Cypriano
Alex Barreto Cypriano
10 meses atrás

Vou ater-me a um fato incontestável: se nem a ciência nem a política nem o acaso puderem nos salvar, lembrem-se que só Jesus salva. Amém?

Camargoer
Camargoer
Reply to  Alex Barreto Cypriano
10 meses atrás

Olá Alex… nem isso… 1,6 bilhão de muçulmanos, 1 bilhão de hindus, 400 milhões de confucionistas, 300 milhões de budistas… 200 milhões de ateus… são 2,2 bilhões de cristãos. Jesus salvará menos de 30% da população mundial. É catastrófico (quem assistiu “Palooza – Pura Curtição” sabe do que estou falando)

Alex Barreto Cypriano
Alex Barreto Cypriano
Reply to  Camargoer
10 meses atrás

E eu pensando que havia alguma esperança de salvação
:'(
Mas lembre que nem toda religião é de salvação…

Delfim
Delfim
10 meses atrás

Ao contrário de outras formas de “fim de mundo” com fulcro religioso e inevitável (Apocalipse cristão em 1999, Apocalipse maia em 2012, Ragnarok, etc), o fulcro é outro : um viés científico sobre a perda nas condições de sobrevivências planetárias, que podem ser evitadas e até revertidas. Óbvio que há resistências a tal questão, em parte pq interfere nas condições econômicas e até de soberania das nações. Pois o que vejo é um “jogo de empurra”, uma forma de se usar a Ecologia como nova forma de dominação e colonialismo. A fala do JB “pq a Alemanha não refloresta seu… Read more »

Luis
Luis
10 meses atrás

já ouvimos essa história antes com al gore, estamos ouvindo agora com aoc, e agora com os caríssimos comandante da marinha e ex-chefe de defesa canguru, propalado por, ora vem, vice…mais globalista e marxista cultural impossível…vamos roubar dinheiro dos pobres e tornar impossível os paises pobres se desenvolver sobretaxando a energia e dizer q é para a sua segurança, q é para um mundo melhor, q é pros pobres ursos polares e para as girafas queimadas na amazonia q eles vão engolir, afinal depois de bilhões e bilhões de dólares de governos e ongs financiadas por particulares globalistas para encher… Read more »

Nicolas_RS
Nicolas_RS
10 meses atrás

Que vergonha, uma site desse sobre assuntos militares, postando uma Fake News sobre politica. Aquecimento Global é uma farsa, e provas para refutar essa “Teoria”, é o que não falta. Mas o que existe de fato e que muita gente confunde com aquecimento global, é aquecimento LOCAL, em CIDADES GRANDES! Pois quando chove, a água vai para o esgoto e quando vem o Sol, não tem água, assim aumentando a temperatura da área em até 7 graus, mas é só sair da cidade, que esta diferença cai. “Debate sobre o aquecimento Global Luiz Carlos Molion (Mostra a fraude). vs Philip… Read more »

erabreu
erabreu
10 meses atrás

Esse mimimi chato de sempre. O principal problema com essa teoria é que a terra está esfriando e não esquentando. Isso não passa de papo furado para manter o neo-colonialismo europeu.
Tal estratégia já foi muito bem explicada pelos Professores Ricardo Felício e Luiz Carlos Molion

Rogerio Schneider
Rogerio Schneider
10 meses atrás

Inicialmente, quero manifestar minha admiração pela decisão do administrador desse blog por ter incluso este texto que aponta as consequência iminentes do aquecimento global. A atitude do responsável demonstra que é possível ser de direita sem ser reacionário e ignorante ou uma pessoa que simplesmente nega a realidade dos fatos. Qualquer pessoa de 40 anos ou mais é capaz de confirmar que o clima mudou nos últimos poucos anos. Mesmo assim, a direita brasileiro à reboque da postura do partido republicano norte-americano embarcou na estratégia de negar o aquecimento global. Os fatos que vemos dia-a-dia nas manchetes não bastam. Degelo… Read more »

Nicolas_RS
Nicolas_RS
Reply to  Rogerio Schneider
10 meses atrás

Tem que dar risada mesmo dessas perolas! A teoria da Terra Jovem diz que o planeta terra tem 6 mil anos, mas a maioria acredita no teoria do Big Bang, que diz que Terra tem pelo menos 4,5 Bilhões de anos, ou seja, independente de qual teoria acredita, é MUITO TEMPO, mas o ser ai de cima, usa sua vida como parâmetro se existe ou não aquecimento global. Nada no universo está parado, mas os carinhas do Aquecimento Global, quer que as temperaturas seja fixo. O Perfil do Sr Rogerio pelo que diz, deve ser o famoso Brasileiro de idade… Read more »

Alex Barreto Cypriano
Alex Barreto Cypriano
Reply to  Rogerio Schneider
9 meses atrás

Você está supondo que os editores do blog sejam de direita ‘esclarecida’?…
😀

Luiz Floriano Alves
Reply to  Alex Barreto Cypriano
9 meses atrás

O que os relatórios não dizem é que estas fontes de gases de efeito estufa, como o flato bovino e as emanações da floresta que emite gas carbônico a noite são irrelevantes. O Papa foi aos States,, de inopino, para questionar Obama sobre o que eles poderiam faze , como nação de tecnologia e recursos mais avençados. A resposta, consta que foi: a emissão de gás metano proveniente do degelo da permafrost Ártica é tão expressiva que todas as outras emissões se tornam irrelevantes. Essa fonte não tem mais como controlar. Segunda fonte, a queima de ozônio com o oxigênio… Read more »