sábado, julho 31, 2021

Saab RBS 70NG

França: Presidente Macron anuncia fim da operação militar do Sahel

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

O presidente francês Emmanuel Macron anunciou o fim da Operação Barkhane, uma ofensiva contra insurgentes islâmicos na região do Sahel da África Ocidental que foi lançada em 2013

O presidente francês Emmanuel Macron disse na quinta-feira (8/7) que estava encerrando a operação francesa de oito anos na região do Sahel, na África, particularmente em Mali, onde os militares do país travaram uma batalha contra os insurgentes islâmicos.

Em uma entrevista coletiva em Paris antes da Cúpula do G7 de amanhã, o presidente Macron disse que a região do Sahel se tornou “o epicentro do terrorismo internacional” nos últimos anos, mas disse que a França não poderia manter uma presença “constante” lá.

“Não podemos garantir certas áreas porque alguns estados simplesmente se recusam a assumir suas funções. Caso contrário, é uma tarefa sem fim”, disse ele.

Macron acrescentou que a “presença de longo prazo” das tropas francesas “não pode substituir” os Estados-nação que cuidam de seus próprios assuntos.

Qualquer papel do exército francês seria focado no treinamento e equipamento das forças de segurança africanas, disse Macron, acrescentando que o cronograma ainda não foi finalizado. Ele não deu mais detalhes sobre os possíveis números de redução de tropas.

“Chegou a hora: a continuação de nosso compromisso no Sahel não será da mesma maneira”, disse Macron a repórteres, enquanto clamava por uma “transformação profunda” e uma nova força internacional para fornecer segurança para a região.

A França tem atualmente 5.100 soldados na região do Sahel, que abrange meia dúzia de países. Um ponto crítico é Mali, uma ex-colônia francesa que viu um segundo golpe militar em nove meses.

Status da Operação Barkhane em 2019

FONTE: DW

- Advertisement -

85 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
85 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Veiga 104
Veiga 104
21 dias atrás

Já perceberam que toda ex colônia francesa tem um ” legado ” de caos político social ?

João da Lua
João da Lua
Reply to  Veiga 104
21 dias atrás

Coincidência? Acho que não.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Veiga 104
21 dias atrás

É só olhar pro Haiti, por exemplo…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Willber Rodrigues
21 dias atrás

E parece que mataram e prenderam vários dos agentes que assassinaram o Presidente haitiano.
As notícias dão conta que seriam americanos e colombianos.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Antoniokings
20 dias atrás

Se foi por meio de gente ligada ao Cartel Colombiano com certeza foi pelo o dedo da Cia….

ALISON
ALISON
Reply to  Agressor's
19 dias atrás

Não. o Presidente morto tinha total apoio do governo americano.

Slow
Slow
Reply to  ALISON
18 dias atrás

Você acredita mesmo nesse total apoio ? Ainda mais vindo dos EUA ? Eles apoiavam tanto ,que se recusaram a enviar tropas pra ajudar na segurança optaram por enviar agentes kkk ..

https://br.sputniknews.com/americas/2021071017760376-eua-rejeitam-pedido-do-haiti-para-enviar-tropas-ao-pais-diz-midia/

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Veiga 104
21 dias atrás

É a essência do colonialismo.
Leva a riqueza dos países explorados e deixa o caos e a miséria.
Depois, se vangloriam que seus países são melhores que os outros.

Tomcat4,2
Reply to  Veiga 104
21 dias atrás

E ficam enchendo o saco como se fossem santinhos . Só apontam o dedo pros outros enquanto saqueiam , sugam as riquezas dos mais fracos e depois, como nesta matéria se vê, deixam os donos das terras devastadas ao léu .

Welington S.
Welington S.
Reply to  Veiga 104
21 dias atrás

Você falando em ”legado”, me lembro de forma imediata das palavras do General Heleno, em 2019, falando justamente sobre esse colonialismo francês que sai por aí destruindo tudo. Guiana Francesa é o maior exemplo disso.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Veiga 104
21 dias atrás

acho que o único que tá mudando essa situação é o Vietnã, e não é por causa dos franceses, só querem sair dali pq já sugaram o que tinha para sugar, só vai ficar o caos, gastar dinheiro fazendo caridade em outros países não é característica da França.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Veiga 104
21 dias atrás

Só a França não.
Conheço uma imensa ex-colônia portuguesa que também se enquadra mais ou menos nesse molde…

Last edited 21 dias atrás by Joao Moita Jr
Hcosta
Hcosta
Reply to  Joao Moita Jr
21 dias atrás

Vão fazer duzentos anos que o Brasil é independente.
E não me parece que Portugal tenha alguma relevância ou poder na economia Brasileira.

Last edited 21 dias atrás by Hcosta
Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Hcosta
20 dias atrás

Me referia a Angola…

Hcosta
Hcosta
Reply to  Joao Moita Jr
20 dias atrás

Sim e não. Angola teve um grande crescimento após a descoberta de petróleo, acho que nos anos sessenta. E isso permitiu um maior investimento nas infraestruturas. Guerra colonial/independência na mesma altura não ajudou a que esses recursos tivessem relevância. Portugal é responsável por esses movimentos de libertação com as suas políticas de opressão mas a partir da sua independência, a responsabilidade pelo caminho que tomam é deles. E escolheram a guerra civil. Aí temos guerra a uma escala muito maior, diferente da guerra de guerrilha. Com blindados, artilharia pesada, etc. E os EUA e Cuba/União Soviética, cada um a apoiar… Read more »

Last edited 20 dias atrás by Hcosta
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Hcosta
20 dias atrás

Hcosta.

A herança portuguesa no Brasil é fortíssima.
Primeiro, obvio, uma sociedade estamental.
Segundo as práticas de corrupção comuns nas cortes portuguesas e replicadas no Brasil.
Terceiro seria a falta de interesse no desenvolvimento brasileiro até depois da Independência, com uma Casa Real fortemente ligada à Metrópole.
Misture tudo isso e explicaremos parte do nosso fracasso como Nação.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Antoniokings
20 dias atrás

Não, são resposta fáceis para questões muito complexas. E em nada do que afirma é algo de exclusivo do Brasil.
A economia em que questões como a falta de carvão, os canais do Panamá e do Suez, a borracha, entre outros, talvez sejam mais relevantes.
Mas isto não significa que o Brasil é um fracasso, é um sucesso, só que outros tiveram uma sucesso ainda maior. Um dos maiores e mais populosos países e que se manteve assim desde o seu início. Falta é valorizar o seu maior recurso que é o povo Brasileiro.

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Joao Moita Jr
21 dias atrás

Tá de sacanagem né João? Comparar o Brasil com ex colônias europeias na África é de uma desonestidade sem fim.
Temos muitos problemas e problemas extremamente sérios.
Mas simplesmente não dá pra comparar.

Sem falar que, mesmo antes de sermos independentes, o que faz quase 200 anos, tivemos um diferencial substancial em relação a outros países colonizados, que foi o fato de termos nos tornado a sede do país colonizador.

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Veiga 104
20 dias atrás

Canadá está no caos social?

Jagdverband#44
Jagdverband#44
Reply to  Veiga 104
20 dias atrás

Canadá também?

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Jagdverband#44
20 dias atrás

O Canadá foi “consertado” pelos ingleses, kkkkkk

Blind Man´s Bluff
Blind Man´s Bluff
Reply to  Veiga 104
19 dias atrás

Nao apenas colonias francesas; se voce soubesse um pouco de historia, saberia que todos os coloniais tem um legado de caos politico: Angola, Rodesia, Libia, Africa do Sul… dentre muitos outros exemplos, dentro e fora do continente africano.

Pedro
Pedro
Reply to  Veiga 104
18 dias atrás

França foi a potência que mais lutou contra a des-colonização. São pessoas ruins!

Gabriel BR
Gabriel BR
21 dias atrás

Macron é um desastre

Jean Jardino
Reply to  Gabriel BR
21 dias atrás

Por isso vai ser reeleito, meu caro acefalo, aprende ai, nunca a Franca teve tanto investimento externo no pais, nunca a industria bélica vendeu tanto, problemas qualquer pais tem,mas dizer que ele eh um desastre eh muita burrice .

Nascimento
Reply to  Jean Jardino
21 dias atrás

Acho que nunca vi um presidente francês da era contemporânea ser popular desde muito tempo. Mas os tupiniquins sabem melhor do que os próprios coletes amarelos, é claro..

https://qph.fs.quoracdn.net/main-qimg-553c3d2051cc9e46501bb2a12e8abfab

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Nascimento
20 dias atrás

Os coletes amarelos são uma bagunça, um punhado de gente que o único consenso é o Estado babá.

Blind Man´s Bluff
Blind Man´s Bluff
Reply to  Gabriel BR
19 dias atrás

Te falta cultura colega. Os “coletes amarelos” sao financiados pela extrema direita francesa, assim como o MST e muitos dos sindicatos e milicias vagabundos brasileiros eram financiados pelo PT.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Blind Man´s Bluff
19 dias atrás

Meu caro , eu assisti a várias reuniões gravadas dos coletes amarelos no idioma original. Eu leio jornais franceses quase todos os dias.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Jean Jardino
21 dias atrás

vai ser reeleito sim, confia!

rui mendes
rui mendes
Reply to  Jean Jardino
21 dias atrás

Verdade, é um desastre mas é para os inimigos da França e da Europa.
Mais Macrons é o que a Europa precisa e tenho pena que a A.Merkel esteja de saída, pois os dois fizeram excelente trabalho em prol dos seus países e da UE.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  rui mendes
21 dias atrás

O Macron é o próprio inimigo da grande nação que um dia foi a França. Assim como a Merkel é inimiga da grande nação que um dia foi a Alemanha. E ambos são inimigos da Europa e sempre trabalharam para destruí-la.

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Allan Lemos
20 dias atrás

Hahahahah brasileiro dizer que a Alemanha um dia foi uma grande nação é no mínimo engraçado. Quando o Brasil foi uma grande nação? Brasileiro nunca teve a experiência de viver numa grande nação, e quer dar pitaco nos outros

Agressor's
Agressor's
Reply to  Inimigo do Estado
20 dias atrás

Hahahaha…Em sua historia os EUA experimentou inúmeras derrotas e crises. Os EUA ficaram independentes as custas do povo francês, eles perderam 2 guerras para os britânicos e só não voltaram a ser uma colônia britânica pela intervenção dos franceses feita nesses eventos. Os EUA não nasceu como uma potência, muito pelo contrário, nasceu como uma nação instável e vulnerável. Foi um protetorado da França por muito tempo, e se não fosse por ela jamais teria chegado a se tornar a nação que é hoje. Os EUA enfrentaram uma guerra civil e uma grave crise econômica que quase os colocaram em… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Allan Lemos
20 dias atrás

Totalmente errado.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  rui mendes
20 dias atrás

se eu fosse o Diretor da ABIN ia era lutar para que o próximo presidente França fosse igual ou pior que o Macron, com mais imigrantes, que defendesse uma polícia mais fraca, mais pautas igualitárias, mais assistencialismo para todos, facilidade para a concessão de cidadania Francesa. etc.

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Carlos Campos
20 dias atrás

ABIN? Esqueça aquilo moço, igual o GSI é um grande cabide de empregos.

Jadson Cabral
Jadson Cabral
Reply to  Carlos Campos
18 dias atrás

ABIN interferindo nas eleições francesas??? Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk essa ganha o título de maior devaneio e delírio da história da trilogia

Hélio
Hélio
Reply to  Jadson Cabral
15 dias atrás

Ainda não superou o Nonato dizendo que um míssil é basicamente um tubo de PVC com motor.

Slow
Slow
Reply to  Carlos Campos
18 dias atrás

ABIN está ocupada produzindo relatório pra defender Flavio e Pazuello .

Agressor's
Agressor's
Reply to  Jean Jardino
20 dias atrás

Ele está certo porque de fato os atuais governos da França veem se mostrando mesmo como um desastre para os interesses comerciais/econômicos dos eua….É por isso que a imagem da França veem sendo tanto atacada nas mídias e outros meios de comunicação deles…entendeu…!!!…

Matheus S
Matheus S
Reply to  Gabriel BR
21 dias atrás

Macron é gente fina.

Antoniokings
Antoniokings
21 dias atrás

As coisas não andam muito boas para o ‘Ocidente’.

Up The Irons
Up The Irons
Reply to  Antoniokings
21 dias atrás

Mas já andaram boas alguma vez para o Oriente?
Não vejo ninguém se estapeando pra ir morar na China, na Índia, na Mongólia, na Rússia, na Coreia do Norte ou no Vietnã. Japão e Coreia do Sul fazem parte da exceção, justamente por serem mais abertos à cultura Ocidental.

Last edited 21 dias atrás by Up The Irons
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Up The Irons
21 dias atrás

É porque esses países não tinham colônias para roubar e enriquecer.
Só que esse tempo passou e outros fatores econômicos agora estão pesando na balança.
E a balança está pesando para o Oriente.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Antoniokings
21 dias atrás

Vá estudar história antes de falar essas m*****, cara. O Tibete é o quê? O o Vietnã? A Mongólia? A Coreia? Burma?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Allan Lemos
20 dias atrás

Sinceramente, não entendi seu comentário.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Up The Irons
21 dias atrás

é vdd, eu adoraria morar em Cingapura, mas a China parece interessante as vezes.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Up The Irons
21 dias atrás

Ora, o Japão também é no Oriente. Tenho um amigo que mora lá, muito feliz por sinal. Tem uma esposa japonesa que massageia ele inteiro todos os dias. Bacana mesmo…

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Up The Irons
20 dias atrás

Já sim, até o século XVI qualquer chinês ou indiano matava qualquer europeu de inveja em qualidade de vida. Na verdade até a revolução industrial.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Inimigo do Estado
20 dias atrás

Já no século XVI havia o sistema de castas na Índia, aí dependeria da casta…

Pablo
Pablo
Reply to  Antoniokings
21 dias atrás

Tu de certo vive muito bem, feliz e livre nas “democracias” do oriente né, não pera hahaha

Last edited 21 dias atrás by Pablo
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Pablo
21 dias atrás

Olha que lá já está bem melhor do que por aqui

https://www.yicaiglobal.com/news/average-wage-in-china-cities-jumped-77-last-year-to-usd8965

E na China, salário médio é médio mesmo.

Pablo
Pablo
Reply to  Antoniokings
20 dias atrás

O que faz aqui nessa opressão ocidental que não foi pra China democratica?

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Pablo
19 dias atrás

Não adianta…

Esta turma que berra por socialismo, só dorme no Capitalismo..

Nem para a Argentina ou Venezuela tem coragem de ir.

Slow
Slow
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
18 dias atrás

E essa turma de capitalista sem capital dorme no socialismo.

Adoram falar da Venezuela , mas esquece que ela esta naquela situação por causa das sanções e embargos..

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Pablo
19 dias atrás

O que eu sei é que os que lutam por democracia na China, costumam queimar pessoas vivas, como em Hong Kong.

https://militarywatchmagazine.com/article/hong-kong-thwart-pro-democracy-terror-attacks

Pablo
Pablo
Reply to  Antoniokings
19 dias atrás

Ta, pq nao foi la defender eles? O que te impede é a hipocrisia?

Pedro A
Pedro A
21 dias atrás

Todo tópico relacionado a França tem sempre a mesma ladainha nos comentários. Rendição, colonialismo, imigração, “Macron + adjetivo”, “Alemanha (ou qualquer outra nação WASP) é melhor”, etc.

Joli Le Chat
Joli Le Chat
Reply to  Pedro A
20 dias atrás

Brasil é o 2º país mais ignorante para principais questões globais, diz estudo
http://diplomaciacivil.org.br/brasil-e-o-2o-pais-mais-ignorante-para-principais-questoes-globais-diz-estudo/

1.png
100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Joli Le Chat
20 dias atrás

Pelo nível dos comentários que vejo por aqui, Joli, ratifico as conclusões desse estudo.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Joli Le Chat
19 dias atrás

É impressionante o nro de estrangeiros que se preocupa com o que os brasileiros acham.

Eu não tenho a menor curiosidade em ir em fórum francês.

Filipe
Filipe
21 dias atrás

As Nações da OTAN estão se reorganizando , 20 anos de guerra ao terrorismo (Sahel + Iraque + Afeganistão) não surtiram muito efeito, fortaleceram a Rússia e China, atualmente a nova Guerra Fria será mais perigosa do que a guerra a URSS, dessa vez temos uma China com uma Economia forte e cheia de dinheiro para gastar, temos uma Rússia mais fria e calculista, esse 2 Trilhões de dólares gastos na Luta ao Terror são necessários agora para financiar a nova Guerra Fria.

Welington S.
Welington S.
Reply to  Filipe
21 dias atrás

A Rússia é igual Thomas Shelby, frio e calculista, hahaha.

gordo
gordo
Reply to  Filipe
21 dias atrás

A China avança forte sobre a África e não precisou dar um tiro, não precisou de um líder revolucionário, apenas ofereceu bons negócios e comprou as elites locais. Na guerra fria existiam aqueles personagens tipo Che Guevara, hoje são os empresários que querem bons negócios e é ai que os EUA/OTAN estão perdendo terreno. Tenho para mim que os EUA são assombrados pela URSS, não conseguem esquecer a inimiga ideológica, que vendia uma ideia, uma outra forma de se viver e isso se combatia fácil com as produções de Hollywood. China vende Xiaomi e Huawei e outros brinquedos.

Agnelo
Agnelo
Reply to  gordo
21 dias atrás

Comprar as elites locais na África significa manter as desgraças da África, com seus tiros, seus massacres etc etc

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Agnelo
21 dias atrás

Até parece que os eua ou outros não fazem isso…A propósito,Washinton se dá muito bem com o “presidente” de Guiné equatorial, grande exemplo democrático na África…

Quando o ditador é seu ditador de estimação, a mordida do ditador dos outros sempre parece pior que a do seu “Pet”.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Adriano Madureira
21 dias atrás

Não é só Washington. Guiné Equatorial faz parte da CPLP (comunidade de países de língua oficial portuguesa) e só Portugal foi contra a entrada deste país, que nem fala português, até que cedeu perante a pressão. Até o Brasil apoiou a entrada deste país.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Adriano Madureira
19 dias atrás

Quem disse q não fazem?
A propósito…
Tem um país caribenho queridinho de muitos, q não vão pra lá nem a pau, diga-se de passagem, q está o caos…. Em chamas…..

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Agnelo
18 dias atrás

Exatamente ! Ir para quê se eles não tem nada a lhes oferecer?!

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  gordo
21 dias atrás

Falando em avanço, o afeganistão disse que a China é bem vinda na reconstrução do país…

https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2021/07/russia-e-china-ocupam-vacuo-da-retirada-americana-do-afeganistao.shtml

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  gordo
19 dias atrás

É diferente,…

No Ocidente nós temos o domínio da Lei, até no Brasil…

No Oriente não..

Ninguém na Rússia ou China irá para a cadeia por comprar políticos ou empresários de outro país.

No Ocidente sim.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Filipe
21 dias atrás

A Guerra ao terrorismo ocorre muito, muito na surdina.
Os conflitos q mencionou são somente a “boca” do vulcão disso.
Vai levar muito tempo pra saber se “deu certo ou não”.
E as consequências pra Rússia e China também não são “visíveis” ainda.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Filipe
21 dias atrás
Flávio
Flávio
21 dias atrás

“Qualquer papel do exército francês seria focado no treinamento e ” equipamento das forças de segurança africanas, disse Macron…

Bom agora fabricantes de armas franceses conseguiram nações pobres para comprar seus produtos com o pouco dinheiro que possuem.

Não me refiro a produtos de alta tecnologia, como caças. Estou falando de fuzis,pistolas e equipamentos de comunicação. Asim como no Afeganistão os maiores vencedores dessas “aventuras ” do ocidente são os vendedores de armas.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
21 dias atrás

As vezes o melhor é declarar vitória e bater a retirada.

Last edited 21 dias atrás by Joao Moita Jr
Hcosta
Hcosta
Reply to  Joao Moita Jr
21 dias atrás

Não vejo outra forma. Alguém tem de combater esses terroristas. O ideal era esses países terem capacidades e vontade para isso. A questão é o risco de se intervir tarde demais.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Joao Moita Jr
19 dias atrás

Estas ocupações longas, nunca terminam como vitória..

Tutu
21 dias atrás

Off#

Será que em breve veremos guaranis pintados de branco nas ruas de Porto Príncipe?

https://www.cnnbrasil.com.br/internacional/2021/07/09/em-carta-haiti-pede-ajuda-para-onu-para-proteger-pais-apos-morte-de-presidente

Adriano Madureira
Adriano Madureira
20 dias atrás

Deve ser um custo manter essas bases permanentes no exterior, fora que deve haver similares em outras ex-colônias que valham a pena manter… Houve manifestações populares pedindo para que as tropas francesas deixem o Mali ,alguns manifestantes agitaram bandeiras russas e seguraram cartazes pedindo maior cooperação entre o Mali e a Rússia. E parece que o coronel Assimi Goita, atual “presidente”, tem laços de amizade com Moscou. A Rússia também assinou um acordo de cooperação militar com Mali em junho de 2019, que consolidou seus laços com figuras militares malinesas que apoiaram o golpe. A Rússia também é vista com bons olhos pelos… Read more »

Control
Control
20 dias atrás

Srs De uma forma resumida, o Sahel é a fronteira sul do Saara, se estendendo do Atlântico até o Indico/Mar Vermelho. É uma região semi árida resultante do lento avanço do deserto para o sul. Em consequência desta realidade geográfica, é uma região socialmente instável, com constantes conflitos consequentes da lenta migração rumo ao sul dos povos expulsos pelo deserto. Para complicar, há a questão religiosa, onde muçulmanos conflitam com animistas e cristãos e, mais recentemente, a presença de grupos terroristas islâmicos. É uma catástrofe humanitária que vem de décadas e que não tem uma saída visível, pois o deserto… Read more »

Pedro
Pedro
18 dias atrás

Kkkkkkkkkkkkk. Vão lá colonizar, trazem a “democracia” e o modus de vida ocidental, repartem, escravizam, sugam todos os recursos e vão embora? Tem outra palavra para isso do que ” puteir*”? É o que África foi do mundo, mais que nós e menos que a Ásia.

PauloF
PauloF
13 dias atrás

 Sahel vem sofrendo um colapso em termos ecológicos faz tempo, desde 2008 abate-se lá a seca, levando a destruição de muito da agrícola milenar da região, além disso os governos desde o começo do século XXI vinham apoiando ou sendo apoiados por setores religiosos e oligarquias em contraposição aos setores “reformistas” da sociedade que normalmente tem uma pauta anti-corrupção, a conta chegou faz tempo, hoje existe uma mancha de instabilidade desde Atlântico ao Indico, são países como Mali, Republica Centro Africana, Etiopia, Somália, Burkina Fasso, Sudão (e do Sul), apesar do texto agora pelo que vi a crise começa no sul… Read more »

Últimas Notícias

Rússia e China realizarão treinamento conjunto no exercício Zapad/Interaction 2021

A Rússia deve se juntar a um exercício militar no noroeste da China em agosto com o tema de...
- Advertisement -
- Advertisement -