segunda-feira, novembro 28, 2022

Saab RBS 70NG

Biden diz que líder do Estado Islâmico foi morto em ataque dos EUA na Síria

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

O presidente Biden anunciou na quinta-feira que um ataque dos EUA na Síria na quarta-feira (2/2) matou o líder do grupo terrorista Estado Islâmico, Abu Ibrahim al-Hashimi al-Qurayshi.

Biden disse que a operação no noroeste da Síria foi bem-sucedida e não resultou em baixas americanas em um comunicado na manhã de quinta-feira. Em comentários posteriores da Casa Branca, Biden disse que al-Qurayshi explodiu a si mesmo e a membros de sua família durante a operação em um “ato final de covardia desesperada”.

“Ontem à noite, operando sob minha ordem, as forças militares dos Estados Unidos removeram com sucesso uma grande ameaça terrorista ao mundo, o líder global do ISIS”, disse Biden em comentários preparados da Sala Roosevelt. “Esse horrível líder terrorista não existe mais.”

O ataque ocorreu em uma área residencial em Atmeh, perto da fronteira entre a Síria e a Turquia. Não houve baixas americanas, mas um helicóptero militar sofreu um problema mecânico e as forças dos EUA tomaram a decisão de destruí-lo, disse um alto funcionário do governo Biden.

Outro alto funcionário do governo disse a repórteres que al-Qurayshi detonou uma “explosão significativa” que matou a si mesmo e a vários outros, incluindo sua esposa e filhos, no terceiro andar da residência onde ocorreu o ataque.

A operação durou meses, de acordo com o segundo alto funcionário do governo, que disse que o presidente foi informado pela primeira vez há mais de um mês pelos comandantes operacionais. Biden deu a ordem final para conduzir a operação durante uma reunião do Salão Oval na manhã de terça-feira com o secretário de Defesa Lloyd Austin e o chefe do Estado-Maior Conjunto, Mark Milley.

Autoridades disseram que o ataque também matou um combatente do ISIS, que se barricou no segundo andar do prédio e se envolveu em um tiroteio com as forças dos EUA.

O governo Biden não especificou o número exato de vítimas no ataque. A Associated Press, citando os socorristas, informou que 13 pessoas foram mortas, incluindo mulheres e crianças, mas o alto funcionário do governo disse que alguns dos números de mortos relatados “não estão alinhados com nossas informações”.

Autoridades disseram que uma família e várias crianças foram retiradas da casa com segurança durante a operação.

O segundo alto funcionário do governo disse que al-Qurayshi parecia viver propositalmente em um prédio residencial com outras famílias que não tinham conexão com o ISIS.

“Ele usou essas pessoas inocentes como escudo”, disse o funcionário.

O ataque foi em grande escala, supostamente envolvendo cerca de duas dúzias de soldados dos EUA, bem como helicópteros militares que pairavam sobre o prédio. O primeiro alto funcionário do governo disse que a operação durou duas horas no terreno.

O Pentágono divulgou o ataque das forças de operações especiais dos EUA na noite de quarta-feira, descrevendo-o como “bem-sucedido” e dizendo que não houve baixas americanas.

Ele atraiu comparações com o ataque de 2019 que matou Abu Bakr al-Baghdadi, antecessor de al-Qurayshi, durante o governo Trump. Baghdadi se suicidou durante o ataque ao detonar um colete suicida em um túnel no noroeste da Síria.

A Casa Branca divulgou uma foto no Twitter de Biden, o vice-presidente Harris e membros de sua equipe de segurança nacional observando a operação na sala de situação, onde as autoridades disseram que monitoraram a operação.

FONTE: The Hill

- Advertisement -

62 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

62 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Leonid Brejnev
Leonid Brejnev
9 meses atrás

A operação foi um sucesso para os padrões estadunidenses, do total de treze mortos dez eram civis incluindo crianças.

Augusto
Augusto
Reply to  Leonid Brejnev
9 meses atrás

Vazou até foto de bebê morto e berço ensanguentado, uma tragédia. O governo estadunidense culpou o terrorista, mas não houve operação de inteligência para saber que a residência estava cheia de crianças ou para monitorar e tentar executar o sujeito em outro lugar?

Carlos
Carlos
Reply to  Augusto
9 meses atrás

Sabe o que vai acontecer? A máquina de propaganda vai dizer o que o bebê “portava um fuzil” e que por isso foi preciso matá-lo. E muita gente tanto nos EUA como no resto do mundo vai acreditar nisso…

Ah! E antes que algumas deem piti aqui, não estou defendendo o Estado Islâmico.

elias
elias
Reply to  Carlos
9 meses atrás

Adeus decapitaçao de cristaos e suas familias….tambem tinham direito de viver, quem semeia vento colhe tempestade…

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Augusto
9 meses atrás

É discutível. Esses líderes quase raramente saem das suas cavernas. A tentativa de pegar ele em outro lugar é nula e com altos riscos de falhas. Com toda a certeza a inteligência avaliou que tinha civis ali, incluindo mulheres e crianças, a operação do Bin Laden ocorreu mesmo com essas circunstâncias, não dá para esperar atacar um lugar onde só tenha combatentes do EI e o seu líder, a missão exige preparo para atuar em quaisquer condições, mas ainda falta esclarecer o fato dessa morte de civis. O governo diz que o líder se matou com uma bomba e também… Read more »

Jacinto
Jacinto
Reply to  Gilson Moura
9 meses atrás

Há outra questão também: o Cristianismo, o Judaísmo e o Islamismo clamam serem descendente espirituais de Abrão – que estava preparado para oferecer o próprio filho em sacrifício, e que por isso é visto como um exemplo de pessoa submissa às vontades de Deus. Os seguidores mais fanáticos destas religiões não têm qualquer constrangimento em sacrificar os próprios filhos para o que acreditam ser uma causa maior – a causa de Deus.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Leonid Brejnev
9 meses atrás

Leonid, é por isso ( na minha opinião) que esse ciclo nunca vai acabar, crianças que tem familiares e amigos mortos nessas operações provavelmente vão crescer com ódio dos americanos, daí nascem novos terroristas, ou “moderados” cortadores de pescoços.
O cara trabalhou como informante para os americanos, fazia até tráfico de pessoas, teve o que procurou.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Leonid Brejnev
9 meses atrás

“Aqueles que instigam o terror, estão eles próprios em constante estado de terror.”…

Agressor's
Agressor's
Reply to  Leonid Brejnev
9 meses atrás

Os Estados Unidos da América como pátria valoriza demais seus cidadãos, apenas um único cidadão estadunidense pra eles vale mais do que centenas de cidadãos de qualquer outro lugar. O sentimento patriota deles e de valorização ao cidadão é absurdamente diferente do nosso.

FERNANDO
FERNANDO
Reply to  Leonid Brejnev
9 meses atrás

Risos, risos,
sim, e sorte que não tinha cachorro, gatos, papagaio, etc.
Mais um ataque com precisão.
Não queria ser vizinho nem a pau.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  FERNANDO
9 meses atrás

Preciso mesmo foi o das Torres Gêmeas, né.
E foram dois seguidos.
Vai dormir, camarada.

sergio
sergio
Reply to  Leonid Brejnev
9 meses atrás

Cara isso e guerra, e suja, feia, injusta, mais e guerra, o cara não e inocente, estava escondido junto de mulheres e crianças, usando eles como escudos. Se vc tem a chance de pager o líder inimigo, e vai perder essa chance por que eles esta rodeado de civis, vc e muito ingenuo. Lembre que durante a guerra do Paraguaí na batalha de acosta NU, solano lopes usou crianças e mulheres como combatente e nosso exercito deu combate a eles, ou vc queria que eles tivessem ficado parados só olhando ? Quem esta mais errado, o líder terrorista que se… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  sergio
9 meses atrás

Depois de acontecer é fácil criticar.
Mas não sei como poderiam terem feito outra coisa diferente.

Parece que quando é a Rússia a bombardear aldeias inteiras isso aí já é aceitável. Mas aí é fácil tudo lá é terrorista (ironia)…

Leonid Brejnev
Leonid Brejnev
Reply to  Hcosta
9 meses atrás

Esse tipo de operação não acontece da noite para o dia. Não acredito que ele viva o tempo todo cercado de crianças e mulheres, agora ser for esse o caso tudo bem, mas duvido.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Hcosta
9 meses atrás

Se fossem com a intenção de matarem inocentes atacavam com um míssil. Esta ação implicou maior risco para os operacionais e maiores hipóteses de não haver danos colaterais. “Shit happens”

Ou ocorreu como eles disseram ou encenaram em pouco tempo o cenário, o que me parece implausível.
E os combatentes EUA são diferentes dos outros? Não são capazes de manter a frieza? Isso aí já são teorias bem absurdas.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Hcosta
9 meses atrás

O problema não é haver suicídios, é afirmar que os soldados americanos são diferentes dos outros.
Os EUA têm esse problema porque já são décadas de guerras constantes. Mas isso faz com que tenham as tropas com maior experiência do mundo.
Para países que não estão em guerra é fácil não ter esses problemas. E deve ser mais provável terem mais problemas, em situações comparáveis, devido ao recrutamento obrigatório.
Quantos soldados russos se suicidaram durante e depois da guerra no Afeganistão?

Slow
Slow
Reply to  Hcosta
9 meses atrás

“ EUA tem a maior experiência do mundo “

Depois do talibã ou essa experiência não funcionou lá ? Kk

Hcosta
Hcosta
Reply to  Slow
9 meses atrás

Exatamente agora tem ainda mais experiência do que a maior parte dos exércitos do mundo porque lutaram no Afeganistão, Iraque e outros.
E não me parece que os Talibãs ganharam no confronto direto com os EUA. Ganharam no campo político.
E como muitos conflitos demonstram não ganha quem tiver o melhor exército mas quem conquistar o apoio popular, seja lá de que forma isso é conseguido. Pelo menos nestes conflitos mais recentes do Afeganistão e Iraque.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Hcosta
9 meses atrás

Repito, o problema é afirmar que os soldados dos EUA são diferentes dos outros. Nas mesmas circunstâncias, aconteceria o mesmo. Daqui a pouco vai afirmar que o soldado russo ou talvez o Chinês é uma máquina de matar, que não é um ser humano, criado no frio e na pobreza para derrotar o Ocidente. Não vale a pena vir sempre com essa história de fanboy, se quiser um hateboy dos EUA, tem de ter alguma coerência. Guerra é uma guerra e terá sempre consequências para os soldados. Nos EUA é um problema muito grande e são destinados muitos recursos, apesar… Read more »

sergio
sergio
Reply to  Hcosta
9 meses atrás

Hcosta, Vamos supor que vc e o Biden , e vc sabe que hoje a tal hora esse cara vai esta la, um conjunto residencial, provavelmente cercado de civis, vc daria a ordem ?

Hcosta
Hcosta
Reply to  sergio
9 meses atrás

Se soubesse que iria explodir o edifício com o colete suicida?
E tendo o risco de o alvo fugir e desaparecer?
E haveria outra forma de atuação que diminuísse os danos colaterais?

Nesta situação acho que daria a ordem. Foi dada a escolha para que se rendesse. Pouco mais podia ser feito.

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  sergio
9 meses atrás

Cara isso e guerra, e suja, feia, injusta, mais e guerra, o cara não e inocente, estava escondido junto de mulheres e crianças, usando eles como escudos.
Se vc tem a chance de pager o líder inimigo, e vai perder essa chance por que eles esta rodeado de civis, vc e muito ingenuo.”

Assad pode usar esse mesmo argumento. Posso esperar a sua defesa do SAA quando isso acontecer ou você é bem seletivo nessa situação?

Teropode
Reply to  sergio
9 meses atrás

No sequestro das crianças na escola Russa Putin mandou invadir e como resultado dezenas de crianças foram mortas , mas na verdade não havia opção para o Putin , os terroristas não iriam ceder e só permitir a invasão Putin deu um recado: Não negociamos com vcs , meses depois foi num teatro e Putin deu a mesma ordem , morreu civil mas estas ações deixaram claro para os terroristas , nao adianta fazer reféns , não negociamos e se vcs fizerem isto a morte suas será certa . Depois disso não houve mais estes sequestros …………entenderam mimizentos ? Contra… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Leonid Brejnev
9 meses atrás

Prezado Zeus.

Exato.
Sem contar que Estado Islâmico não dá mais IBOPE há tempos.
Acabou.

Michel
Reply to  Leonid Brejnev
9 meses atrás

Se me permite um adendo, colega Zeus, esses estadunidenses matariam mulheres, crianças, idosos (as) se acharem que precisam defender seus interesses e cidadãos (deles) aqui mesmo no Brasil. E como por aqui os interesses dos EUA sempre falam mais alto (visto que é uma nação cujo “presidente” presta continência para a bandeira com estrelas e listras) é provável que muitos militares apoiariam tais operações e até mesmo os ajudariam. Principalmente se forem realizadas em comunidades carentes… Contudo, o nonsense ocorreria se tais ianques resolvessem “caçar terroristas”, por exemplo, nos condomínios de luxo da zona sul carioca com uma saraivada desses… Read more »

Last edited 9 meses atrás by Michel
Agnelo
Agnelo
Reply to  Leonid Brejnev
9 meses atrás

Morreram vítimas da bomba q o próprio alvo explodiu.
Excelente missão.
Só acho q os americanos arriscam muito suas aeronaves sobre o alvo. Muita surpresa e pouca segurança. Mas, pra quem tem $$….

Submarino de Anão
Submarino de Anão
9 meses atrás

Onde se lê que o helicóptero sofreu um problema mecânico e precisou ser destruído pode considerar 50% de chance de ter havido problema mesmo e 50% de ter sido avariado, ainda mais porque li em outro site que os combatentes tinham armas anti-aéreas.

Na morte de Bin Laden tbm teve um helicóptero que precisou ser destruído depois de havarias mecânicas.

Impressionante que esses mecânicos não checam as aeronaves antes das operações, que coisa.

João Adaime
João Adaime
Reply to  Submarino de Anão
9 meses atrás

Caro Sub Você tocou num ponto que pouca gente observa. Numa operação frustrada no Irã, em abril de 1980, para tentar resgatar os reféns na embaixada dos EUA, a ação foi abortada porque três helicópteros também deram pane, fora que outro colidiu com um Hércules de reabastecimento (isto no solo) e explodiu, causando a morte de 10 militares. Os demais militares foram evacuados pelos aviões de apoio e um total de seis helicópteros, 5 abandonados e um destruído, foram deixados para trás. Dois destes helicópteros foram consertados e incorporados à marinha daquele país. De lá para cá parece que pouca… Read more »

helicópteros.jpg
Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  João Adaime
9 meses atrás

Pouca gente observa porque não tem o que observar. As forças militares dos EUA tem vários procedimentos operacionais que abordam justamente essa questão. Todos os serviços armados dos EUA tem um SOP(Standard Operating Procedure) que faz a checagem de todas as coisas antes, durante e após uma operação, a US Navy/USMC tem o NATOPS para destacamento de procedimentos operacionais nas aeronaves do braço naval e anfíbio dos EUA. O fato de alguns acidentes terem enorme notoriedade como no caso da operação do Bin Laden não significa que não existe um procedimento pré-operação, porque tal procedimento existe. Remetendo ao caso do… Read more »

João Adaime
João Adaime
Reply to  Gilson Moura
9 meses atrás

Caro Gilson
Não me referia aos militares. Estes sim estão sempre analisando o que deu certo e o que deu errado.
Me referia a nós simpatizantes de assuntos militares.
A gente presta atenção ao resultado final, que pode ser vitória ou fracasso, número de mortos de cada lado, como ficou cada lado após a ação e a repercussão na imprensa. Mas nos escapa detalhes logísticos, por exemplo.
Abraço

Agnelo
Agnelo
Reply to  Gilson Moura
9 meses atrás

Na teoria, é isso. Mas os procedimentos dos operadores, por vezes, costumam ser dispensados.
Há uma indisciplina nos americanos, q, por vezes, resultam em problemas.
Neste caso, não há ainda como saber, mas os relatos de missões como em
Mogadíscio, por exemplo, evidenciam essa indisciplina frente aos procedimentos previstos.

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Agnelo
9 meses atrás

Você está bem? O outro acima diz uma coisa, agora tu diz outra coisa que nada tem haver com o assunto central que eu destaquei: PROCEDIMENTOS PRÉ-OPERACIONAIS. Respondendo ao colega Submarino de Anão que alegou: “Impressionante que esses mecânicos não checam as aeronaves antes das operações, que coisa.” pqp Você tocou na questão da Batalha de Mogadíscio, alegando indisciplina frente aos procedimentos, essa questão é de PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS, estou abordando PROCEDIMENTOS PRÉ-OPERACIONAIS. Talvez assim você compreenda. Já que você focou erroneamente na questão de Mogadíscio, vamos discutir então sobre isso. Esquece PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS da Batalha de Mogadíscio, vamos focar nos… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Submarino de Anão
9 meses atrás

Não consigo encontrar a fonte mas pelo que me lembro as modificações de stealth diminuem a capacidade de sustentação do heli e em conjunto com os muros altos do complexo do Bin Laden fez com que despenhasse.

Slow
Slow
9 meses atrás

Vai lá avisa pra família da criança que morreu que o ataque foi bem sucedido .

Agenor
Agenor
Reply to  Slow
9 meses atrás

No Iraque o Isis é composto por voluntários que tiveram seus parentes atacados por forças pro USA. Tudo se repetirá!

Agenor
Agenor
Reply to  Agenor
9 meses atrás

DW tv, situação Iraque

Agnelo
Agnelo
Reply to  Slow
9 meses atrás

A criança foi morta pela própria família…. Pelo alvo, q explodiu uma bomba q portava. Agora, chora….

Matheus
9 meses atrás

Fuzilaram quase a familia toda, incluindo as crianças, de fato foi um “sucesso”.
Daqui uns 15-20 anos uma dessas crianças sobreviventes pode protagonizar algum massacre na Europa ou EUA, parabens aos involvidos.

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Matheus
9 meses atrás

Tu já viu o filme “O Reino” com Jamie Foxx? É um excelente filme por sinal. No final do filme tem duas cenas que tratam exatamente dessa questão. A sinopse do filme: “Incumbido com a tarefa mais difícil de sua carreira, o agente federal Ron Fleury tem uma semana para montar uma equipe, infiltrar-se e destruir uma célula terrorista localizada na Arábia Saudita. Choque cultural e oposição local prejudicam o progresso do grupo de elite, mas a solidariedade inesperada de um capitão da polícia saudita chega na hora certa.” Alerta de spoiler: O motivo para o Jamie Foxx ter sido… Read more »

Michel
Reply to  Matheus
9 meses atrás

E àqueles que puxaram o gatilho durante a chacina, muito provavelmente, nos anos que estão por vir, em suas horas de sono, lembrarão de seus atos covardes passados.

A consciência reclamará pelas crianças mortas; fantasmas estarão ao lado dos assassinos lembrando-os de seus feitos…

Ronilson Nogueira costa
Ronilson Nogueira costa
9 meses atrás

13 mortos 4 mulheres e 6 crianças um sucesso total, apenas um helicóptero UH60 caiu mas nenhum soldado americano morreu.

Agenor
Agenor
9 meses atrás

Quando o Brasil vai ajudar Moçambique no combate a simpatizantes do Isis?

Matheus
Reply to  Agenor
9 meses atrás

E porque deveriamos?

Hcosta
Hcosta
Reply to  Matheus
9 meses atrás

E porque não?

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Agenor
9 meses atrás

Quando acabar de lutar contra os simpatizantes do Comando Vermelho, PCC, etc…

Teropode
Reply to  Joao Moita Jr
9 meses atrás

Aí teriam que proibir os partidos de esquerda no Brasil .

Maurício.
Maurício.
Reply to  Teropode
9 meses atrás

E com os de direita também, não esqueça das milícias e daquele helicóptero cheio de cocaína, são tudo farinha do mesmo saco.

Michel
Reply to  Teropode
9 meses atrás

Realmente… visto que os partidos “de direita” estão franca e abertamente apoiando politicamente, judicialmente e também armando as milícias.

Faver
Faver
Reply to  Teropode
9 meses atrás

Amigo, segundo sua visão o militar da FAB pego com coca era esquerdista… Este maniqueismo cega, viu?!!!

Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
9 meses atrás

Num dia são amigos, no outro inimigos, até que acontece a “queima de arquivo”…

Last edited 9 meses atrás by Sincero Brasileiro da Silva
Faver
Faver
9 meses atrás

O ISIS tem de ser banido da terra. Obrigado EUA. No entanto quem autorgou o país em questão a ser a polícia/xerife/executor do chefe bandido? Até hoje ninguém me explicou este direito concedido.
Parece uma história sobre um bandido terrorista, chefe de grupo terrorista, que foi morto em ação (terrorista?, em outro país que não o dos seus executores, com muitas mortes, sem permissão dos locais, do modo cowboy que lhe apraz…) de forças especiais. Como devemos chamar esta ação? Salvamento, justiça ou terrorismo? E se fossemos nós os envolvidos, como classificaríamos esta ação?

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Faver
9 meses atrás

Isso depende. Os terroristas de hoje são os heróis de amanhã, e vice versa. Depende de como se encaixem nas agendas da determinada potência patrocinadora. Quase nada mudou da época em que a Inglaterra, Espanha, França, Holanda e outras potências de então patrocinavam piratas, muitos dos quais depois entraram aos livros de história como heróicos “Privateers”…

Oráculo
Oráculo
9 meses atrás

A morte do atual líder do ISIS é um prêmio conquistado pelas Forças Especiais norte americanas. Dito isso, é óbvio que uma operação que acaba com a morte de 10 mulheres e crianças fracassou num dos principais pontos avaliados para determinar o sucesso da operacao militar: a preservação da vida de inocentes. Esse papo de que ele se explodiu é conversa pra boi dormir. Ninguém com o mínimo conhecimento militar acredita nisso. Fica óbvio que tivemos uma situação de combate intenso, inclusive com a perda de um helicóptero, aonde num determinado momento o comandante da operação optou pelo uso de… Read more »

Last edited 9 meses atrás by Oráculo
Mgtow
Mgtow
9 meses atrás

EUA matando suas próprias criações. ISIS é só mais um filhote da CIA .
E outra, quem botou fim nesses terroristas foi a Rússia e os aliados do eixo da resistência. Conta outra .

Eazy-E 99
Eazy-E 99
Reply to  Mgtow
9 meses atrás

A Russia só ataca o ISIS na siria enquanto os EUA mata em qualquer lugar do mundo, os EUA ja matou muito mais terroristas do ISIS do que a Russia, ISIS é só uma separação da Al-Qaeda pq se não fosse a Al-Qaeda fundada por Bin Laden o ISIS não existiria.

Mgtow
Mgtow
9 meses atrás

A quantidade de deslikes nos comentários assertivos que desmascaram o papo furado que é as ações e narrativa estadunidense é assombrosa. Isso nos revela muito sobre o tipo de gente que é a causa da desgraça de uma nação. Os colaboracionistas.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Mgtow
9 meses atrás

Aí é que começam os problemas. Quando alguém pensa que tem superioridade moral ou ética sobre os outros e depois transforma-se em algo idêntico ou pior ao que deveria combater.
É assim que muitas religiões ou sociedades se transformam em cruzadas e ditaduras.
Tenho muito mais medo dos autointitulados salvadores da pátria do que os colaboracionistas.

Teropode
Reply to  Hcosta
9 meses atrás

Perfeito , irretocável ??????

Gabriel BR
Gabriel BR
9 meses atrás

Nunca antes na história os americanos estiveram tão bem representados por seu líder , o presidente dos EUA é um gangster sanguinário da máfia progressista.

Sergio Machado
Sergio Machado
9 meses atrás

Os caras tinham fogo pesado, inclusive anti-aérea e o helicóptero “…pousou forçado com “problemas “mecânicos”, mas não daremos mais detalhes…” hummm. “O problema de você mentir sempre é que quando for falar a verdade, ninguém mais acredita.” Qual a fraqueza em afirmar que a máquina foi danificada em combate pesado?

Last edited 9 meses atrás by Sergio Machado
Teropode
Reply to  Sergio Machado
9 meses atrás

Chore a vontade ????????

Adriano Madureira
Adriano Madureira
9 meses atrás

“Ontem à noite, operando sob minha ordem, as forças militares dos Estados Unidos removeram com sucesso uma grande ameaça terrorista ao mundo, o líder global do ISIS”, disse Biden em comentários preparados da Sala Roosevelt. 

Foi de uma perfeição ao estilo yankee…

Últimas Notícias

Imagens de uma guerra: míssil anticarro erra o alvo por pouco

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um ATGM russo passando sobre um carro de combate ucraniano. A...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -