quarta-feira, novembro 30, 2022

Saab RBS 70NG

Guerra na Ucrânia ‘vai durar pelo menos dois anos’

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

Entrevista com o militar norte-americano que assessorou os ucranianos nos últimos seis anos

O ex-comandante do Comando de Operações Especiais dos EUA na Europa, general da reserva do Exército dos EUA Mike Repass, diz que a comunidade internacional precisa aumentar muito seu apoio à Ucrânia se a nação em apuros for capaz de conduzir o Russos fora do país.
Repass assessorou os militares ucranianos nos últimos seis anos em um contrato com o governo dos EUA. No mês passado, ele visitou a Polônia e o oeste da Ucrânia para ter uma ideia melhor da trajetória da guerra na Ucrânia.

Ele diz que a cadeia de suprimentos ucraniana para equipamentos militares é ineficiente e que forças militares adicionais são necessárias para expulsar os russos da Ucrânia. Para vencer a guerra na Ucrânia, Repass defende que os EUA e seus aliados construam uma força estratégica ucraniana de cinco brigadas de até 40.000 soldados capazes de montar operações ofensivas para expulsar os russos de seu país.

BERGEN: O que você aprendeu em sua viagem?

REPASS: Primeiro, que a Ucrânia ainda precisa de muita ajuda. Dois, a OTAN está se movendo muito devagar. Terceiro, não temos visibilidade do que acontece com o equipamento militar quando chega à Ucrânia.

O negócio de fornecimento de equipamentos militares é personalizado e não profissionalizado: a alta liderança estabelece as prioridades de distribuição e, pelo que pude observar, essas prioridades não se baseiam no entendimento das taxas de consumo, das operações futuras ou dos dados objetivos. É baseado no comandante da brigada X ou setor Y chamando e dizendo: “Ei, eu preciso de 27 mísseis Javelin”. Então, é altamente personalizado, e não é assim que se administra a logística de guerra. O que deveria estar acontecendo é que deveria haver uma compreensão de quais são as taxas de consumo de coisas importantes como combustível, munição, baterias.

BERGEN: O resultado provável na Ucrânia é um conflito sangrento sem fim?

REPASS: Os três cenários futuros óbvios são: a Rússia tem uma decisão no campo de batalha a seu favor, os ucranianos têm uma decisão no campo de batalha a seu favor ou há um impasse. Dois em cada três desses resultados dão à Rússia uma vitória.

No cenário de impasse, a Rússia simplesmente reivindicaria a vitória com base em fatos no terreno e continuaria sua ocupação em terreno expandido na Ucrânia em um futuro indeterminado. Isso daria à Rússia uma vitória menos do que total sobre a Ucrânia, mas uma vitória com terreno significativamente expandido sob controle russo.

Então, o que nós, o Ocidente, estamos fazendo coletivamente para garantir que duas dessas três possibilidades não aconteçam? Todo mundo está pensando na luta imediata agora, o que significa que estamos levando suprimentos para os ucranianos. O problema é que o exército ucraniano precisa de capacidades adicionais para poder expulsar a Rússia da Ucrânia.

BERGEN: Por quê?

REPASS: Porque eles não têm poder de combate suficiente para fazer isso, ou seja, equipamentos, poder de fogo e soldados treinados suficientes no momento.

A Rússia sempre terá mais forças, não necessariamente forças melhores, mas mais forças. Como Stalin disse uma vez, “a quantidade tem uma qualidade própria”. A maioria das pessoas reconhece que esta será uma batalha de atrito e, em algum momento, começará a inclinar a favor da Rússia, a menos que forças ucranianas adicionais sejam geradas.

Acho que há uma percepção crescente entre os países da OTAN e a comunidade internacional de que teremos que fazer algo além de recursos para a luta atual da Ucrânia. Portanto, há quatro coisas que os EUA e seus aliados precisam fazer. Primeiro, precisamos enfraquecer a Rússia fortalecendo as capacidades ucranianas. Em segundo lugar, precisamos deter ainda mais a Rússia aumentando as nossas capacidades e as da OTAN. Terceiro, egradar as forças e as capacidades militares da Rússia. Finalmente, precisamos garantir a derrota da Rússia na Ucrânia, e isso é feito através da construção de uma força de reserva estratégica e operacional para a Ucrânia que possa realizar operações ofensivas para expulsar os russos da Ucrânia e proteger suas fronteiras.

BERGEN: Como é isso na prática?

REPASS: Você precisa ter os EUA, França, poloneses, Reino Unido e os alemães, cada um construindo o valor de uma brigada de poder de combate ucraniano. Essas nações têm capacidade militar significativa e podem gerar forças equipando unidades ucranianas e treinando-as em suas próprias nações. Então, seriam cinco brigadas, em cinco setores operacionais. E você precisaria provavelmente de seis a oito meses para implementar isso. Essas cinco brigadas teriam equipamentos ocidentais lutando de maneira ocidental, uma abordagem integrada de batalha ar-terra onde você tem todos os meios disponíveis para você, incluindo tanques interoperáveis ​​da OTAN, apoio aéreo aproximado e defesa aérea.

BERGEN : Cinco brigadas não é um número muito grande, certo?

REPASS: Não, não é. Acho que é viável a curto prazo. Há até 8.000 soldados ou mais em uma brigada, ou seja, até 40.000 pessoas em cinco brigadas. Acredito que os ucranianos são capazes de encontrar tantos soldados, dada a atual emergência nacional.

Historicamente, quando um exército ocidental enfrenta um exército fornecido pelos russos, o exército apoiado pelos russos foi totalmente aniquilado por um número inferior de forças, como foi o caso, por exemplo, durante a primeira Guerra do Golfo, quando os militares dos EUA destruíram grande parte do exército de Saddam Hussein no Kuwait. Sabemos que os armamentos ocidentais têm uma vantagem qualitativa significativa sobre os equipamentos russos, de modo que os números e as proporções de força são distorcidos quando são equipamentos militares ocidentais contra equipamentos fabricados na Rússia.

BERGEN: Por que os russos se apegam a um modelo que realmente não funciona bem?

REPASS: Eles são obstinados em seus caminhos. Especificamente, o que eles tentaram fazer no início da guerra na Ucrânia foi um golpe de Estado, buscando tomar Kiev com um ataque rápido. Isso não funcionou. As tropas russas foram entregues a eles. Então, eles trouxeram todo o seu poder de fogo para o leste e para o sul, empregando fogos de artilharia maciços no objetivo ou ao longo de suas avenidas de abordagem. Depois de destruir quase tudo à sua frente, eles avançam suas tropas metodicamente. Então, não é uma guerra de manobra. É guerra de atrito pelo fogo. É um exército baseado em fogo, ao contrário do que temos no Ocidente, que é um exército baseado em manobras.

BERGEN: O que você acha do novo comandante russo na Ucrânia, general Aleksandr Dvornikov ?

REPASS: Ele é um sujeito que não muda de opinião, focado em artilharia e guerra de atrito. Ele não é um cara de guerra de manobras. Ele vai fazer tudo o que fez em toda a sua vida, que é explodir e destruir tudo em seu caminho, e então enviar as tropas. Essas tropas evacuarão à força os cidadãos ucranianos para garantir que não haja potencial para um movimento de resistência na terra entre a Rússia e o Donbas e a Crimeia.

BERGEN: Como você caracterizaria o estado da guerra no leste e no sul agora? Os russos, em suas próprias mentes, estão ganhando?

REPASS: A situação atual é que a Rússia está fazendo avanços metódicos tanto no norte quanto no sul. Está tentando fixar as forças que defendem no leste e cercar os defensores ucranianos, depois derrotá-los no sul. Os russos também querem cercar Mykolaiv, reduzir a defesa e destruir os defensores, e depois ter uma corrida livre em Odesa. Eles não podem chegar a Odesa até que eles combatam ou destruam as forças ao redor de Mikolaiv.

BERGEN: E Odesa é o prêmio porque?

REPASS: Porque isso completa o corte da Ucrânia do Mar Negro, e também é a porta de entrada para a Transnístria e a Moldávia.

BERGEN: O que você achou dos comentários do general russo sobre ir para a Moldávia ? Você os aceita pelo valor nominal?

REPASS: Eu considero isso uma séria ameaça e acho que eles estão de olho na Moldávia. Se eles puderem, eles irão. Para ser específico, eles falam sobre ir para a Transnístria. Se eles puderem construir uma ponte terrestre do sul para a Transnístria, eles o farão. Isso colocará a Rússia às portas da Moldávia e a Moldávia não poderá se defender efetivamente contra uma invasão russa.

BERGEN: A guerra na Ucrânia está se ampliando?

REPASS: É fato que a Bielorrússia tem sido um paraíso para a Rússia desde o início da guerra em 24 de fevereiro. É fato consumado para os europeus com quem conversei que a Bielorrússia é um estado cliente e é controlado e essencialmente governado por Moscou. A Bielorrússia não contribuiu com unidades militares para a luta, mas abrigou, baseou e apoiou as forças russas. Eles permitiram que eles lançassem operações de seu território – mísseis terrestres, aéreos e de precisão foram lançados de lá.

As autoridades ao redor de Putin também disseram que o Báltico não tem base histórica e são estados ilegítimos – a mesma coisa que disseram sobre a Ucrânia antes da guerra. Os três estados bálticos e a Polônia acreditam firmemente que, depois da Ucrânia, são os próximos na lista de alvos da Rússia. Eles veem a Rússia como uma ameaça existencial. E não há evidências de que Putin esteja disposto a parar na Ucrânia.

BERGEN: E quanto a todo esse barulho ameaça nuclear? Você acha que é apenas bravata?

REPASS: Sim, acho que é principalmente bravata. Seria uma coisa se Putin dissesse isso. Ter o ministro das Relações Exteriores Lavrov dizendo que é outra coisa. Acho que é bravata se vier de Lavrov. Na doutrina nuclear deles, eles usarão as chamadas armas nucleares táticas se sentirem que há uma ameaça significativa à pátria russa. Esse é o tipo de circunstância que a Rússia comunicou ao Ocidente onde usaria suas armas nucleares.

BERGEN: Então, é um limite muito alto.

REPASSE: Certo.

BERGEN: Como resultado do naufrágio do cruzador russo Moskva, capitânia da Frota do Mar Negro, em meados de abril você acha que os chineses estão olhando para isso e fazendo um pouco de reflexão sobre se atacar Taiwan seria sábio?

REPASS: Sim, eu acho. Não apenas o naufrágio do Moskva, mas também a capacidade de uma oposição sólida e bem treinada de deter uma invasão. A Rússia está sendo muito degradada por uma força numericamente inferior, e eles não têm uma “ponte de água” para atravessar. Eles estão cruzando a Ucrânia por terra, enquanto os chineses teriam que atravessar 160 quilômetros de água para chegar a Taiwan. Então, eles devem estar pensando que isso vai ser muito mais difícil do que o esperado.

BERGEN : Se você fosse Putin hoje, como estaria se sentindo?

REPASS: Provavelmente melhor do que no dia seguinte ao afundamento do Moskva. Eu acho que ele provavelmente está se sentindo em conflito e confuso, mas percebe que precisa pressionar para obter uma vitória. E ele se mantém em cativeiro por sua própria escolha, pois raramente usa a internet. Você nunca o viu em um computador e, pelo menos até o final de 2020, ele supostamente não tinha um iPhone.

Ele não tem conexão com o mundo exterior e todas as suas informações são fornecidas a ele por seu círculo interno ou pelo que ele lê na mídia de notícias russa, que é, obviamente, controlada pelo Estado e apenas divulga mensagens controladas pelo Estado. Então ele está em uma câmara de eco tipo norte-coreana e não está recebendo informações precisas.

BERGEN: Começar uma guerra costuma ser a parte mais fácil. As guerras têm sua própria lógica. Infelizmente, essa guerra pode durar um ano ou até dois anos.

REPASS: Temo que você esteja certo. Esta será uma guerra esmagadora e agonizante se durar mais de um ano, e acho que vai durar pelo menos dois anos. Mas não podemos deixá-la entrar em um impasse. Se entrar em um impasse, Putin reivindicará o sucesso seguido de uma ocupação brutal do território ucraniano que ele controla.

FONTE: CNN

- Advertisement -

321 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

321 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
6 meses atrás

Dificil a Rússia durar dois anos.

Pelo que eu vi hj cedo ja tem outro navio russo pegando fogo..

Os russos precisam parar de fumar ao lado de tambores de combustível.

Last edited 6 meses atrás by Rodrigo Martins Ferreira
Luis
Luis
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
6 meses atrás

Deve ter sido outra mina.

cruise_missile_05.jpg
glasquis 7
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
6 meses atrás

Nossa, mais um que “teve um incêndio” a bordo?

Josué Silva
Josué Silva
Reply to  glasquis 7
6 meses atrás

Esse navio atracou ainda há pouco em Sebastopol.
Sem qualquer avaria.
A foto já está na internet.

Kornet
Kornet
Reply to  Josué Silva
6 meses atrás

Tb vi,afinal a fumaça foi proveniente do quê?

Thiago
Thiago
Reply to  Kornet
6 meses atrás

A notícia de hoje é que a 24a Brigada ucraniana foi derrotada e recuou de Popasna para Bakhmut
Era uma notícia aguardada há um certo tempo

Josué
Josué
Reply to  Kornet
6 meses atrás

A internet está com tantas fotos fakes que é difícil analisar o fato.
Nem sabemos direito que foto é aquela.

Munhoz
Munhoz
Reply to  Josué
6 meses atrás

Muita coisa é fake.
Essa análise dele falando de exercitos montados pela Rússia como o do Iraque são ruins, todos os exércitos árabes são ruins, eles são politizados, engessados e com um péssimo treinamento, não tem nada a ver com equipamento!

Caerthal
Caerthal
Reply to  Munhoz
6 meses atrás

Os russos estão lutando em terreno conhecido, com boas linhas de suprimento e respeitando sua doutrina. Dificilmente irão ceder terreno ou a iniciativa.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
6 meses atrás

Parece que é verídico falta confirmar qual o navio, há uma certa quantidade de fotos indicando um grande incêndio no Mar negro próximo a costa Ucraniana. Se confirmado eles estão perdendo a fragata Almirante Makarov que é a mais moderna fragata fabricada pelos russos. Será também uma importante baixa no projeto que poderá levar ao cancelamento de encomendas se confirmado o afundamento ou incêndio por míssel antinavio. Além de que provaria que os russos não possuem tantas defesas ativas como eles anunciam. Caso confirmado os russos provam que não podem segurar a Marinha ocidental e sua força se baseia só… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Se for verdade não dá pra falar que o navio era da década de 80.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Bosco
6 meses atrás

Kkkk vão dizer que o motor fundiu.

Boitatá
Boitatá
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

A fragata estava fazendo um teste de super velocidade. Chegou a alcançar 85 nós, mas infelizmente o motor não aguentou e pegou fogo.

NashArrow
NashArrow
Reply to  Boitatá
6 meses atrás

kkkkkkkkkkkkkk lembrei desse vídeo, Malásia 2016

https://fb.watch/cR8jVpqeuI/

George
George
Reply to  Boitatá
6 meses atrás

Parece que pegaram um marinheiro fumando na sala de máquinas. Vamos ver.

pangloss
pangloss
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

O Dimitri Peskov vai dizer que foi um gesto de boa vontade russa.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Bosco
6 meses atrás

Chegaram a falar que afundar o Moskva foi um favor aos russos, para eles modernizarem a frota..

ai se chega ao nível de demência desta turma.

pangloss
pangloss
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
6 meses atrás

Mais um pouco, e vão dizer que também houve uma renovação salutar das tripulações.

George
George
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
6 meses atrás

Agora foi um gesto de boa vontade da parte russa para tornar o combate mais igual. Em breve russos e ucranianos se degladiando com canoas no Mar Negro.

Caerthal
Caerthal
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Ao final dessa guerra uma Federação Russa enfraquecida provavelmente muito seletiva em termos de meios navais, se concentrando em submarinos e naves de menor porte com o patrulhas e corvetas.

Josué Silva
Josué Silva
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Já foi negado, inclusive com fotos do navio chegando hoje a Sebastopol..
O que é verídico é que moradores de Severodonetsk relataram que os russos já chegaram ao centro da cidade.
Tirando Mariupol, parece que a ocupação de novas cidades está sendo mais fácil sem necessidade de tanta destruição.
Relatos também de que os ucranianos se retiraram de Popasna e recuaram para Artemivsk.
Restariam apenas alguma fortificações a sudoeste da cidade.

Nilo
Nilo
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Junior Miojo, bom dia
Coronel Farinzazzo: Sobre o General REPASS e suas baboseiras,
https://www.youtube.com/watch?v=fcR44l1NMPA

Nilo
Nilo
Reply to  Nilo
6 meses atrás

“E não há evidências de que Putin esteja disposto a parar na Ucrânia”.
Ou seja vai entrar tbb na Polônia, rsrsrs Tá justisficado pelos americanos agora, rsrsrs
Antes disso a Polonia entra na Ucrânia e conquista território ucraniano e dobra seu tamanho.
O Bufão, vai escrever um livvro: como estruir um um país, matar seu povo para deffender interesse de americanos e ingleses. Vai ter fila para autografo rsrsr

Last edited 6 meses atrás by Nilo
Erick Barros
Erick Barros
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
6 meses atrás

Se em dois meses a Rússia está ocupando quase todo o sul e sudeste da Ucrânia, em dois anos ocupa o quê?
A Polônia e a Alemanha?
E se ela aumentar os efetivos de 150 mil para 2 milhões de soldados?
Chega a Lisboa?
Os americanos estão com dor de corno por verem a Rússia avançando em territórios que eles achavam que poderiam manipular.
E fim de papo.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Erick Barros
6 meses atrás

O palhaço do Zélenski só fica sentado num bunker lá da Polônia, tomando uma gelada e com uma ou 2 minas no colo, e os soldados que lutem….E os “generais” estadunidenses nutelinhas não ficam atrás, também só no bunker, a milhares de quilômetros de distância do campo de batalha….Enquanto Generais Russos Raiz tomam a frente de tudo mesmo, com toda a competência…Os russos tem meu respeito, são guerreiros de verdade…E não falsos heróis construidos pela indústria de propaganda estadunidense como os pseudos “estrategistas de guerra” do Churchill ou Patton…O sangue Viking realmente corre nas veias desse povo…E são os únicos… Read more »

Last edited 6 meses atrás by Agressor's
Josué Silva
Josué Silva
Reply to  Erick Barros
6 meses atrás

O Governo de Kiev chamou com urgência seus oficiais para uma reunião em Dnipro.
Suspeita-se que foi para retirá-los da região do Donbass para evitar que sejam cercados.

Slow
Slow
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
6 meses atrás

Verdade ,difícil eles aguentar 2 anos estão implorando por armamentos e tanques de países do ocidente já que os ucranianos destruíram tudo.. aé também estão pedindo caças e baterias antiaéreas , alem de munição e ajuda humanitária .

E inclusive os russos ja perderam controle de diversas cidades ou estados e estão afundando seus próprios navios para os ucranianos não pegar pra eles ..

Situação deles está feia ! 😂🤡

Varg
Varg
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
6 meses atrás

Com certeza a fumaça é de um churrasco que os marujos fizeram no navio…

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
6 meses atrás

O rublo está na melhor cotação desde 2020 e a Bolsa de NY está se aproximando da mínima da pandemia.
Explica aí.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

O rublo está valendo bem pq só ele é negociado na Rússia. Correto ? Existem poucos rublos e o valor sobe. Oferta vs Procura O bom e velho livre mercado, que vocês odeiam tanto. Só que isto não reflete em saúde para a economia russa. Porque o nro de negociaçãoes com rublo é praticamente inexistente, devido as sanções. Entendeu ? É tipo aquela senhora que tem algo que para ela vale muito, mas para o mercado não tem interesse. Economia funcional é aquela que tem alto nro de transações. Senão me engano a expectativa de inflação na Rússia este ano… Read more »

Slow
Slow
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
6 meses atrás

“ Dificil a Rússia durar dois anos.“

Pois é os russos estão pedindo ajuda pra vários países pra mandar equipamentos , caças, tanques, defesas anti aérea e muito mais . Sem contar que os ucranianos já tomaram várias cidades russas e deixaram outras completamente destruídas .

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Slow
6 meses atrás

Os Russos, já pediram ajuda na Síria, Irã, Chechênia e demais países do topo das nações ..

Fora diplomaticamente pedir até do Brasil.

Quanto aos ucranianos pedirem ajuda…

Olha o tamanho da Ucrânia e o tamanho da Rússia..

Last edited 6 meses atrás by Rodrigo Martins Ferreira
Pablo Maroka
Pablo Maroka
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
6 meses atrás

Estou com medo dessa guerra: Russia + Coreia do Norte + Irã + Siria vs Otan

Last edited 6 meses atrás by Pablo Maroka
Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Pablo Maroka
6 meses atrás

Faltou a Venezuela

George
George
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
6 meses atrás

Cuba e Nicarágua na lista, por favor.

O Chato
O Chato
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
6 meses atrás

Honestamente, resisto a crer que Maduro seria burro ao ponto de se envolver diretamente em uma eventual guerra mundial. Significaria comprar sozinho uma briga com os EUA (Rússia e aliados não teriam como enviar suporte).

O mesmo vale para qualquer outro país da América Latina envolvendo-se em um conflito amplo em lado oposto ao dos EUA. Dada a localização geográfica dos “candidatos”, teriam, no mínimo, seus regimes derrubados rapidamente.

Last edited 6 meses atrás by O Chato
Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  O Chato
6 meses atrás

O Maduro já tem a guerra dele e o Cartel de Soles para administrar. mas se os patrões russos pedirem ele manda meia dúzia de coroas da milicia bolivariana.

Thiago
Thiago
Reply to  Pablo Maroka
6 meses atrás

Vc está com medo da guerra e a OTAN com medo da Rússia.
Está difícil entender

Slow
Slow
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
6 meses atrás

Apoio diplomático é questão de estratégia ..

Muito diferente de pedir armas e equipamentos militares ..

Caerthal
Caerthal
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
6 meses atrás

O Brasil vai mandar algum Cascavel, Astros ou KC-390 para eles? Eu ainda não li nada.

Engraçado como a narrativa é tão distorcida.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Caerthal
6 meses atrás

Eu escrevi apoio diplomático, o filhote da Pátria Educadora.

Entendo que diplomacia para ditador é só pancada, mas n foi o caso.

suTerminator
suTerminator
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
6 meses atrás

Russos não pediram armamentos, e sim mao de obra.

pangloss
pangloss
Reply to  Slow
6 meses atrás

O invasor não é a Ucrânia. Mero detalhe.

Thiago
Thiago
Reply to  Slow
6 meses atrás

Alguém deveria avisar ao Sr. Mike que 40.000 soldados não vão ajudar muito a Ucrânia.
Ela já perdeu mais que isso e só recua.

Josué
Josué
Reply to  Thiago
6 meses atrás

E acabou de ser publicada a foto do primeiro Phoenix Ghost abatido pelos russos.

George
George
Reply to  Josué
6 meses atrás

Nossa. Agora sim a Rússia virá com tudo pra cima.

Thiago
Thiago
Reply to  George
6 meses atrás

Acho que já está, né?
Afinal quem invadiu o território de quem?

Thiago
Thiago
Reply to  Thiago
6 meses atrás

E acabou de ser publicado que os cidadãos de Kherson já podem pedir cidadania russa.
Está tudo em casa.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Thiago
6 meses atrás

Na casa de quem ? Pede você tb…

LUIZ
LUIZ
Reply to  Josué
6 meses atrás

Não adianta afundar navios ou atacar cidades russas. A guerra ta sendo decidida pelas forças terrestres russas. Esse ataque as embarcações russas é tudo ataque da OTAN e não da Ucrânia. A Rússia vai que sentar aço cada vez mais.

Erick Barros
Erick Barros
Reply to  LUIZ
6 meses atrás

A Argentina afundou um monte navios argentinos e perdeu a guerra.
E feio.

Pablo Maroka
Pablo Maroka
Reply to  Erick Barros
6 meses atrás

bela comparação sem sentido.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Josué
6 meses atrás

Parabéns pra Russia, derrubou um Drone suicida descartável. que não vale 1/4 dos Orlan 10 que cai todo dia

Thiago
Thiago
Reply to  Victor Filipe
6 meses atrás

Não há relatos de Orlan10 destruídos.
Nem em sites ucranianos.
O que eu recebo é um monte de vídeos deles destruindo tanques ucranianos.
Nem reproduzo mais.

paulotd
paulotd
Reply to  Victor Filipe
6 meses atrás

Ué qual o problema dessa foto aí? Essa câmera é uma Canon Eos topzera. Rússia fábrica equipamentos baratos e eficientes.

Tirando a tecnologia de missil AA, todo mundo sabe que o ocidente tem mais tecnologia que a Rússia. Mas tecnologia em só não ganha guerra sozinha.

Slow
Slow
Reply to  Victor Filipe
6 meses atrás

E as cidades que ela destruiu vale alguma coisa ? já que você quer falar de valor ..

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Slow
6 meses atrás

Não sabia que esse drone de vigilância Russa carregava armamento.

Até eu sei mais sobre os equipamentos dos seus donos do que você.

Slow
Slow
Reply to  Thiago
6 meses atrás

Tinha alguns aqui que achava que o sniper fantasma de kiev seria o suficiente .. 😂😂

George
George
Reply to  Slow
6 meses atrás

Não precisa. Um tal de MAN Neptune está dando conta.

Thiago
Thiago
Reply to  George
6 meses atrás

Sei não.
Quem está fazendo a festa não são os Kalibr?
E parece que não acabam nunca.

Slow
Slow
Reply to  George
6 meses atrás

Sim , eu vi Mariupol e outra como estão ..

Caerthal
Caerthal
Reply to  Slow
6 meses atrás

A gente ouve cada história por aqui…

George
George
Reply to  Slow
6 meses atrás

Não estão, mas deveriam pedir ajuda. A coisa tá ficando russa para os russos.

Thiago
Thiago
Reply to  George
6 meses atrás

Ah!
Está péssima para os russos.
Se vc for em Kherson, por exemplo, não se esqueça de levar rublos, porque eles não vão mais aceitar hvrina.
E treine um pouco de russo, para não ofender os locais.
Cada coisa que a gente lê por aqui.
E parece que vai ter uma parada da Vitória em plena Mariupol.
Aí já é deboche.

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
6 meses atrás

Tem muito caso de suicídio também

Agressor's
Agressor's
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
6 meses atrás

A Rússia está lutando não apenas contra a Ucrânia, mas contra a OTAN….

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Agressor's
6 meses atrás

Segundo você cansa de falar na OTAN só tem marica, com material que só serve para exposição e show

Josué Silva
Josué Silva
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
6 meses atrás

Kherson já está usando seu novo brasão que é baseado no que usava em 1803 no Império Russo.
Vai ocorrer plebiscito para sua incorporação à Rússia.
Donetsk e Lugansk já estão usando DDI da Federação Russa.
Esses territórios serão incorporados também.
Abaixo, no brasão da Kherson russa.

3162372_900.jpg
Marcelo
Marcelo
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
6 meses atrás

FUTURO!! Rússia JÁ GANHOU, pois desafiou e destruiu o maldito globalismo cultural WOKE criado e expandido pelo XERIFFE USA desde a década de 90. A FOME assolará a Europa e dizimará/convulsionará a África…onde a China, oportunista/combinado avançará de forma avassaladora…com a Rússia… Claro…fornecendo alimentos, fertilizante e ARMAS. A inflação, como fogo em planícies secas, varrerá o mundo, nos próximos 2 anos, portanto, MAIS REVOLUÇÕES, solapando governos WOKE Biden/Macron/Trussou/Merkel…GRAÇAS A DEUS! ACABOU MICKEYS! Vociferem e negativem à vontade, pois afeminados governantes (manobrados por minorias barulhentas nazistas/fascista, perseguidoras) entregaram o ocidente de bandeja para o Oriente. A nova ordem mundial, emanará de… Read more »

Marcelo
Marcelo
Reply to  Marcelo
6 meses atrás

PENSEM!!
NÃO É DIFICIL… se a guerra de 6 dias no inicio de 1970….fez um estrago de 15-20 anos… crise do petróleo… já imaginou essa..que envolve 25-30% da capacidade alimentar mundial.

Caerthal
Caerthal
Reply to  Marcelo
6 meses atrás

Você sacou o básico.

paulotd
paulotd
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
6 meses atrás

Navio tá firme e forte no Porto. Foto de ontem. Bondão doPutin, o terror de Mariupol

IMG_20220508_141557_247.jpg
Caerthal
Caerthal
Reply to  paulotd
6 meses atrás

Todas as embarcações de superfície de algum porte viraram alvos fáceis e atraentes. Armas de 1 milhão estão prontas para derrotar naves de 1 bilhão.

Todo o poderio baseado em porta-aviões precisa ser repensado e apoiado por aliados regionais.

Fabricio Lustosa
Fabricio Lustosa
6 meses atrás

“a Ucrânia ainda precisa de muita ajuda”; “a OTAN está se movendo muito devagar”; “não temos visibilidade do que acontece com o equipamento militar quando chega à Ucrânia”. Em poucas palavras e sendo bem objetivo: 1- A Ucrânia está perdida e tem que ter apoio maciço de fora; 2- A OTAN deve intervir; 3- O que é feito do equipamento enviado para a Ucrânia é uma incógnita (obs: notícias dão conta de que muitos carregamentos são desviados pela máfia ucraniana ligada diretamente com vários agentes do governo). E ainda para consolidar a interpretação da fala desse sujeito, ele mesmo diz… Read more »

Wellington Jr
Wellington Jr
6 meses atrás

Bem a análise do general é bem metodico, claro que puxa a sardinha para o lado Ocidental, mas diz verdades duras e amargas para ambas as torcidas, os russos são fogo e destruição, Ocidentais manobras e estratégia. Força Bruta é o que resume o exército russo, porém força Bruta usada a esmo deixa vazios e pontos fracos e é nisso que os Ocidentais focam. A Ucrânia tem muita da falta de estrutura militar que a Rússia possui e isso é a grande vantagem russa no momento. Se os comandantes Ucranianos absorverem o conhecimento ocidental a logística Ucraniana muda e para… Read more »

Caerthal
Caerthal
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Não há caminho de volta para os russos. Agora é tempo de ação. Eles já perceberam isso, já o Ocidente ainda está tentando se acostumar com a idéia.

Nick
Nick
6 meses atrás

Opinião equilibrada de quem conhece a região. A Ucrãnia deve preparar uma força de contraofensiva com 40.000 soldados bem equipados. O ideal seria ter uma boa cavalaria. Mas EUA ainda estão relutantes em ceder algumas centenas de M1A2, Mas algumas dezenas de Leo 2 seriam de grande ajuda.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Nick
6 meses atrás

Acredito que a questão está mais em capacitação de um grande número de soldados para operar o equipamento do que realmente fornecer. Pois não adianta enviar os tanques sem operadores. Outro fator está na falta de aviões e defesas AA. Os russos ainda conseguem enviar misseis a oeste, os Ucranianos precisam de defesas Ocidentais para contrapor os misseis e caças russos. Isso demanda tempo e pelo que vejo na fala do general as forças aliadas estão se preparando para isso. Infelizmente não são uma China ou Rússia onde a burocracia das papeladas é substituída por uma canetada. Os líderes Ocidentais… Read more »

Slow
Slow
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

“ os Ucranianos precisam de defesas Ocidentais para contrapor os misseis e caças russos “

Ué os russos são uns fracasso exército totalmente despreparado e estão tomando uma surra ..

não era isso ? 😂😂😂

Narrativa é uma coisa mas a realidade ……. …..

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Slow
6 meses atrás

O demência em pessoa uma coisa é ser um fracasso em questão de exército, outra é ser um exército fracassado com milhares de aviões e misseis disponíveis para gastar a esmo.
O Rússia é basicamente um exército grande porém incompetente, mas com armas e munição para suprir esse defeito. Vencem a guerra mas a custa de perder milhares de soldados praticamente de graça.

Slow
Slow
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

EUA tem armas e munições a vontade e sabemos oque aconteceu no Afeganistão e Vietnã, então não é bem assim que funciona .

Continua vivendo de narrativa ai , pq a realidade estamos vendo a destruição na Ucrânia e eles pedindo pra Europa inteira armamentos , pq será né ? Deve ser porquê oque tinha foi destruído .

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Slow
6 meses atrás

na realidade estamos indo para o terceiro mês da guerra e a unica mudança significativa na linha de frente foi as tropas Russas saindo com o rabo entre as pernas do norte da Ucrânia

fora isso, a mídia Russa e vocês tem que vir aqui anunciar uma grande vitoria quando os Russos avançam 3km e tomam uma aldeia com 50 pessoas.

Slow
Slow
Reply to  Victor Filipe
6 meses atrás

“ quando os Russos avançam 3km e tomam uma aldeia com 50 pessoas. “

Não sei se você sabe mas cidades ja foram tomadas ..

Eu não anúncio vitória nenhuma n sou russo e nem ucraniano .. quem coloca bandeirinha da Ucrânia no nome ai é a torcida dos EUA ..

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Slow
6 meses atrás

Eu jurava que você tinha pelo menos uma descendência da Russia pelo jeito fervoroso que você defende eles…

Aladaf
Aladaf
Reply to  Victor Filipe
6 meses atrás

Estamos diante de propaganda Russa. Ou eh descendencia, ou eh robo, ou eh QI menor que 95 ou eh dinheiro..Alguma coisa eh..Melhor seria admitir que tem parentes Russos. Alias, a populacao Russa nao tem culpa nenhuma.

Josué
Josué
Reply to  Victor Filipe
6 meses atrás

As notícias que chegam agora enviadas pelo Gaulatier (ucraniano) de Severodonestsk diz que os russos estão atacando a cidade de três frentes diferentes.

George
George
Reply to  Josué
6 meses atrás

Imagino que seja outra mega aldeia de 50 pessoas.

Josué
Josué
Reply to  George
6 meses atrás

Não há problema.
É apenas o processo de desmilitarização e desnazificaçao que os russos estão fazendo.
No final da ocupação só resta um monte (mesmo) de cadáveres de ucranianos e material destruído.
E depois, a próxima cidade

Zabumba
Zabumba
Reply to  Victor Filipe
6 meses atrás

Quanta dificuldade em ler um mapa…a área ocupada pelos Russos equivale mais que a área somada dos países bálticos e dos países baixos ….você acha pouco …não tem como vencer o Urso. Essa OTAN perdeu a narrativa até para os Talibãs povo nômade das cavernas.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Slow
6 meses atrás

Seria pq material precisa de manutenção ?

Você n vai usar a mesma máquina ad eternum..

Sem falar que é necessária a superioridade de fogo

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Slow
6 meses atrás

Ou porque a munição russa não serve em obuseiros Ocidentais e possui menos alcance e precisão. Quer comparar de novo Guerras diferentes? Slow (kings) o único que vive de narrativa é você se baseando em contos de páginas pro Rússia. Os russos tomaram pau dos Afegaos que na época lutavam a cavalo e derrubavam os Helicópteros russos como se fossem mosca. O Vietna já que vocês gostam de contar como Vitória números de mortos e destruição da infraestrutura pode ser contado como Vitória Americana e a retirada dos americanos se deu após uma vitória esmagadora sobre as forças Vietcong. Já… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Slow
6 meses atrás

O que aconteceu no Iraque e Afeganistão?
Os Americanos tiveram estes números de aviões e helis abatidos? E de mortes? E de blindados destruídos por misseis?

Slow
Slow
Reply to  Hcosta
6 meses atrás

Pelo contrário os deixados pelos americanos ainda funcionam e vai ser usado 🤣🤣🤣 ..

Sem contar que não tinha vários países mandando bilhões pro talibã se defender né ..

6F9B286C-B979-43D6-AC72-83B547606F6D.jpeg
Thiago
Thiago
Reply to  Slow
6 meses atrás

A Ucrânia está usando duas estratégias
A do Forte Apache e de Verdun.
E os russos sentando dedo no gatilho.

Caerthal
Caerthal
Reply to  Slow
6 meses atrás

A Federação Russa tem tudo para ser um grande usuário de armamentos dos EUA e do Reino Unido.

Thiago
Thiago
Reply to  Caerthal
6 meses atrás

E o pior é que tem vários vídeos de soldados ucranianos reclamando da qualidade desses equipamentos.
E quendo chegam.

pampapoker
pampapoker
Reply to  Slow
6 meses atrás

Que eu saiba esse helis pertence a força aérea do Afeganistão, não a usar,

Richard Stallman
Richard Stallman
Reply to  Slow
6 meses atrás

Os EUA deu tudo isso para eles pararem de encher o saco.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Slow
6 meses atrás

falando em Talibã, parece que o caldo está engrossando para eles, os guerreiros do vale do panjshir iniciaram uma ofensiva, e retomaram várias áreas que estavam sobre controle dos famigerados, aguardemos os próximos capítulos.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Hcosta
6 meses atrás

O Iraque e o Afeganistão teve fornecedores de armas pra abater helicópteros e aviões dos EUA como tem a Ucrânia?

George
George
Reply to  Slow
6 meses atrás

urss tinha armas e munição à vontade. Mesmo assim perdeu no Afeganistão

Josué
Josué
Reply to  George
6 meses atrás

É, mas está detonando na Ucrânia.
Nunca vi tanta bomba na cabeça dos inimigos.

Caerthal
Caerthal
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Lutando mal desse jeito eles ocupam um território pouco maior que o Uruguai..

Isso parece torcedor do Bangu se gabando dos títulos do Real Madrid.

Josué
Josué
Reply to  Slow
6 meses atrás

Recebi vídeo de remanescentes, perfilados, do Primeiro Batalhão de Fuzileiros de Vinnitsia e da 79a Brigada reclamando que foram abandonados sem apoio e tiveram negada a retirada
Saíram a pé por 20 km.
Dos 110 que saíram, apenas a metade chegou
Os caras colocaram a cara no vídeo.
Tinham uns 30 deles.

Caerthal
Caerthal
Reply to  Slow
6 meses atrás

A Plandemia do Covid19 mostrou que com disciplina você pode dizer qualquer mentira e não sofrer as consequências.

George
George
Reply to  Slow
6 meses atrás

Sua torcida não fará Putin vencer essa guerra.

Thiago
Thiago
Reply to  George
6 meses atrás

Mas parece que está ajudando no avanço DENTRO do território ucraniano.
Não adianta vc postar dezenas de comentários que só mostra seu desespero.

Slow
Slow
Reply to  George
6 meses atrás

Não é questão de torcida e sim a realidade .

glasquis 7
6 meses atrás

Tá na média do que Putin planejou… É que o ocidente não sabe que as semanas russas tem um mês e 20 dias.

Eu ia tomar meu gardenal mas, se o Putin não toma o dele, por que que eu tenho que tomar o meu?

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  glasquis 7
6 meses atrás

Putin nem deve saber que o Moskova afundou e que as tropas recuaram de Kiev.

Atirador 33
Atirador 33
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

É impressionante as semelhanças da capacidades intelectual e visão da realidade do Putin e do Czar Nicolau II, para mim a diferença entre eles é que o Putin não tem a coragem de ir pessoalmente comandar as tropas no conflito como fez Nicolau, poderia ir, os ucranianos estão familiarizados em matar generais, acabariam com a tirania bem rápido.

Augusto
Augusto
Reply to  Atirador 33
6 meses atrás

E olha que eu tinha em alta conta as capacidades militares do Putin. Foi um banho de agua fria a forma que ele está conduzindo essa guerra.

Slow
Slow
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Você acha que as tropas recuaram dê kiev por ordem de quem ? 🤣🤣🤣🤣 meu deus ..

George
George
Reply to  Slow
6 meses atrás

Russos não recuam. Foi um avanço para trás.

Josué
Josué
Reply to  George
6 meses atrás

Estratégia é assim.
Como os contra-ataques ucranianos que duram três horas e não chegam a lugar nenhum
Voltam para casa.
Agora, eles um monte de território que os russos ocuparam e não conseguem fazer nenhum ataque.
Tá russo para a Ucrânia.
Literalmente.

glasquis 7
Reply to  George
6 meses atrás

É, um avanço pra trás e o General russo deve ser o Maikhev Jhackzonv.

Felipe
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Claro, ele não tem um Iphone

Augusto
Augusto
Reply to  Felipe
6 meses atrás

Qual o problema? Ele deve preferir sistema android, kkkkkk

Zabumba
Zabumba
6 meses atrás

Pois é…na invasão ao Afeganistão muitos desses “que gostam de dar pitaco ” em vangloriar a capacidade , qualidade dos armamentos, doutrinas no campo de batalha , qual o resultado de tudo isso : 2 trilhões de dólares gasto , afegãos em fuga pendurado em trem de pouso dos aviões cargueiros. Olha os Talibãs de chinelo franciscano e Ak 47 sem ajuda externo.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Zabumba
6 meses atrás

Sem ajuda? A China armava e financiava os talibãs nos últimos anos. Os EUA sabiam disso igual a Rússia sabe, porém não podiam fazer nada pois tudo ocorria no Paquistão. Já expus aqui que um conhecido meu de jogo online que vem de uma família com fortes ligações com o talibã e que possuem uma fábrica de armas no Paquistão entregava armas encomendadas por empresas chinesas para membros do talibã. Tudo sob os olhos do governo paquistanês. Pois o Paquistão possui interesse mútuo com a China em minar e destruir a Índia, uma briga antiga que existe entre os 3… Read more »

Vitor
Vitor
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Mostra a fonte em que a China armava os Talibãs com armamento chinês ? Só para lembrá-lo a China possui região insurgente mulçumano em seu território.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Vitor
6 meses atrás

Eu disse que era armamento chinês? Releia o que falei, minha afirmação está no depoimento de um fabricante de armas que conheci onde ele fornecia armas ( postada no grupo do jogo onde ele expunha muito do seu dia a dia, incluindo o consumo de álcool que é proibido pelo Islã porém devido a sua família ter influência no governo paquistanês eles tinham regalias negadas a outras pessoas) ao Talibã por meio de compras feitas por empresas chinesas, eram armas fabricadas no Paquistão e não na China! Não precisa lembrar, mas preciso lhe alertar que nem todo mulçumano é considerado… Read more »

Nascimento
Nascimento
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

É facilmente provável que a URSS e a China financiaram os Vietcongs. Assim como é facilmente provável que os EUA financiou rebeldes na Síria e os Muhajiden no Afeganistão. Como centenas de carregamentos não seriam documentados e nem provados? E muito menos suspeitados e acusados pelos EUA? Os EUA acusou foi o IRÃ de ter financiado o talibã e o Paquistão de ser omisso a presença do talibã em seu território. Se tem provas ou fontes de que a China financiou terrorismo enquanto os EUA estava lá que mande aqui, pois com todo respeito eu acho que isso seria algo… Read more »

Last edited 6 meses atrás by Nascimento
Vitor
Vitor
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Ué ..foi ou não foi fracasso da OTAN no Afeganistão ? Cadê a fonte que o chinês ” Sem ajuda? A China armava e financiava os talibãs nos últimos anos.” Camarada fica ouvindo historinha de amiguinho de jogo eletrônico quanta asneira, cai na real os fatos tem que ser encarada de outra maneira.

Slow
Slow
Reply to  Vitor
6 meses atrás

To esperando até agora essa fonte … pelo jeito ele só entra com sua torcida pra dar deslike, mas não consegue nem provar as m3rd4 que fala ..

Last edited 6 meses atrás by Slow
Slow
Slow
Reply to  Vitor
6 meses atrás

Estou na espera dessa fonte também ..

Erick Barros
Erick Barros
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Com a ajuda ou sem ajuda, os ucranianos estão tentando um ataque desesperado na região de Izyum na tentativa de tirar a atenção dos russos em Donbass.
O resultado não está sendo nada bom para eles.
Na verdade, um contra-ataque ucraniano é tudo o que os russos querem, pois eles sairão de suas tocas e ficarão expostos à aviação russa.
Os resultados de Kherson, Izyum-1 e agora Izyum-2 mostram que contra-ataques ucranianos são inúteis.

Slow
Slow
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás
Thiago
Thiago
Reply to  Slow
6 meses atrás

Os americanos não aprendem.
Deixaram bilhões de dólares em equipamentos no Afeganistão que caíram nas mãos do Taliban.
A diferença é que agora está caindo nas mãos dos russos.

George
George
Reply to  Thiago
6 meses atrás

Ah. Or russos começaram a lutar com armamento ocidental? Discorra mais sobre isso, caro amigo.

Josué
Josué
Reply to  George
6 meses atrás

Vc está muito nervoso.
Postando sem parar
Fique calmo, que os ucranianos vão contra-atacar, recuperar todos os territórios perdidos e ir para Moscou.
Só que primeiro, eles tem de parar o ataque dos russo que continuam avançando.
O resto é lamúria.

Thiago
Thiago
Reply to  George
6 meses atrás

Eles repassam para DPR e LPR.
O problema é que já não tem muitos tanques e blindados ucranianos.
Talvez estejam esperando a chegada dos M113 e dos T-72 poloneses para poderem exercitar

Pablo Maroka
Pablo Maroka
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

kkkkk boa fonte

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Zabumba
6 meses atrás

Invasão é uma coisa, enfrentar guerrilha é outra totalmente diferente.

A Russia ainda está enfrentando forças convencionais da Ucrânia. a dor de cabeça para eles só está começando

Thiago
Thiago
Reply to  Victor Filipe
6 meses atrás

A única guerrilha bem sucedida foi no Vietnã.
A Ucrânia está sofrendo muitas perdas, inclusive de territórios.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Thiago
6 meses atrás

Jura? eu não vi esse mapa mudar já tem mais de mês https://liveuamap.com/

Caerthal
Caerthal
Reply to  Thiago
6 meses atrás

Guerrilha com inverno a -15 graus não tem muita graça não.

Thiago
Thiago
Reply to  Caerthal
6 meses atrás

Até teve na 2a GM.
Mas os caras vieram da Sibéria.
Gente braba.
Não os frágeis ucranianos.

Augusto
Augusto
Reply to  Thiago
6 meses atrás

“frágeis”, os caras estão enfrentando a segunda maior militar do planeta e estão dando trabalho para eles e você chama os caras de frágeis? Queria ver você lá no meio, se não ia se borrar inteiro.

Com relação a guerras de guerrilha, elas existem a séculos (Cesar teve que lidar com esse tipo de guerra de forma brutal) e dão muita dor de cabeça para os invasores. Tivemos vários exemplos de guerras de guerrilha bem sucedidas no século passado como no Vietnã, Afeganistão (tanto contra os russos quanto os americanos), Iraque e até mesmo na Ucrânia e Bielorrússia na SGMII.

George
George
Reply to  Thiago
6 meses atrás

Você está afirmando que os vietnamitas não tiveram grandes perdas? Acho melhor você rever alguns livros de história.

Caerthal
Caerthal
Reply to  Victor Filipe
6 meses atrás

Enfrentar guerrilha significa que você ganhou a guerra convencional. Começamos então a concordar.

Thiago
Thiago
Reply to  Caerthal
6 meses atrás

Exatamente.
Os ucranianos não têm condições de enfrentar os russos em campo aberto.
Eles tinham 600 mil homens e já vão para a quarta convocação devido às enormes perdas
Os russos com 150 ainda nem saíram do status de operação especial.

Atirador 33
Atirador 33
Reply to  Zabumba
6 meses atrás

Você como entusiasta russo que é, saberia quanto custou a cruzada russa ao Afeganistão nos anos 80?

Varg
Varg
Reply to  Atirador 33
6 meses atrás

Eu sei, custou a existência da URSS

George
George
Reply to  Varg
6 meses atrás

E agora vai custar a existência do Putin.

Augusto
Augusto
Reply to  Varg
6 meses atrás

E o status de superpotencia junto.

Vitor
Vitor
Reply to  Atirador 33
6 meses atrás

Na ocasião era URSS e não a Federação Russa a Ucrânia também participou da invasão como os demais países que se tornaram independente após o desmantelamento da URSS.

Thiago
Thiago
Reply to  Atirador 33
6 meses atrás

Os números mais conhecidos são os americanos .
Custou 2 trilhões de dólares e é considerada a guerra mais cara da História.
E os americanos saíram, literalmente, correndo debaixo de tiro dos talebans.

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
Reply to  Zabumba
6 meses atrás

Prezado, comparar uma guerra convencional com uma guerra de guerrilha simplesmente não faz sentido. Os exemplos mais próximos da situação Ucraniana que os americanos enfrentaram foram as duas Guerras do Golfo e todos nós sabemos como elas terminaram para o Iraque.

Last edited 6 meses atrás by Bruno Vinícius
Silent Eagle
Silent Eagle
6 meses atrás

Se for confirmado mais um duro golpe na marinha da Russia, moscou vai pro fundo do mar igual moskva, ardendo em chamas kkkk.

navio.jpg
Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Silent Eagle
6 meses atrás

Duro? É uma perda irreparável!

Silent Eagle
Silent Eagle
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Com certeza amigo, que venha a afundar outros que ousarem a passear por lá.

Caerthal
Caerthal
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

A Marinha dos EUA deve estar coçando a cabeça e pensando em quando eles investiram em alvos de superfície…

Gilson Elano
Gilson Elano
Reply to  Silent Eagle
6 meses atrás

Nos próximos capítulos, vejo choro e ranger de dentes, dos russos, que aqui postam!

Last edited 6 meses atrás by Gilson Elano
Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Silent Eagle
6 meses atrás

Espero que os russos coloquem este aviso nos seus maços de cigarros.

maço.png
Silent Eagle
Silent Eagle
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
6 meses atrás

kkkkkkk boa rodrigo kkkkk

Erick Barros
Erick Barros
6 meses atrás

Se a Rússia colocar mais 150 mil homens , acaba em duas semanas.
Papo furado.

Mercenário
Mercenário
Reply to  Erick Barros
6 meses atrás

O problema é que estão com 75% dos BTG’s disponíveis e pouco avançaram no país vizinho, com o qual compartilham uma extensa fronteira terrestre sem grande obstáculo natural.

Se isso não é fracasso militar, não há outro exemplo mais claro para a definição.

A Rússia está enterrando seus soldados e seus equipamentos no solo vizinho.

Luciano
6 meses atrás

A economia Russa não aguenta 2 anos de sanções, vai quebrar muito antes disso.

Caerthal
Caerthal
Reply to  Luciano
6 meses atrás

Isso significa que você já encontrou uma solução para o problema energético da Alemanha, Hungria, Rep Tcheca, Eslováquia e Austria. Quem seba se eles pararem dessa mania de banho quente?

Agressor's
Agressor's
Reply to  Caerthal
6 meses atrás

Bom, mas dizem que o europeu não gosta de tomar banho mesmo né?!

Augusto
Augusto
Reply to  Luciano
6 meses atrás

Sei não se vai ser só a economia Russa que vai pro saco.

Niicolas_SS
Niicolas_SS
6 meses atrás

Rússia peida na farofa antes. Meu palpite é que passado 9 de maio ou mais alguns dias, a Rússia vai sinalizar para um acordo. Se continuar assim, além de ficar sem economia, vão ficar sem um exército nem pra desfilar.

Caerthal
Caerthal
Reply to  Niicolas_SS
6 meses atrás

Rapaz, com comentários desse quilate logo a Rede Goobels chama você com comentarista internacional.

Victor Filipe
Victor Filipe
6 meses atrás

A Russia se enfiou em um atoleiro que só vai sair se ela recuar e voltar pra casa.

Olha outra foto do T-90M que virou sucata numa tentativa fracassada dos Russos de tentarem retomar uma cidade que os Ucranianos recuperaram em Kharkiv

FSEnIizX0AEvZWb.jpg
Leonardo
Leonardo
Reply to  Victor Filipe
6 meses atrás

Tanque nenhum no mundo iria resistir , não há demérito nenhum em perder esse T-90M. O melhor leopard seria destruído com fogo de artilharia igual este T-90M.