Foco atual da aliança é fornecer ajuda militar aos ucranianos para derrotar a Rússia, mas entrada ucraniana na Otan deve acontecer no futuro

O secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Jens Stoltenberg, reafirmou o compromisso da aliança militar com a Ucrânia nesta terça-feira, 29, dizendo que o país um dia se se tornará membro da maior organização mundial de segurança. “A porta da Otan está aberta”, declarou.

Apesar da declaração, a Ucrânia não deve fazer parte da Otan em um futuro próximo. Parte dos 30 aliados da Otan acredita que o foco agora deve ser apenas derrotar a Rússia na guerra, e Stoltenberg enfatizou que qualquer tentativa de avançar na adesão poderia dividi-los. “Estamos no meio de uma guerra e, portanto, não devemos fazer nada que possa minar a unidade dos aliados para fornecer apoio militar, humanitário e financeiro à Ucrânia, porque devemos impedir que o presidente Putin vença”, explicou.

Stoltenberg acrescentou que a Rússia não tem poder de veto sobre a adesão de países, em referência à recente entrada da Macedônia do Norte e Montenegro à aliança, e destacou que a Otan vai contar em breve com a Finlândia e a Suécia. Os dois países nórdicos solicitaram a adesão em abril, preocupados com ameaças da Rússia após a invasão na Ucrânia.

https://www.bbc.com/news/world-europe-60407010

As falas de Stoltenberg foram dadas enquanto o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, e aliados da Otan se reuniam na Romênia para angariar mais apoio militar para a Ucrânia, com o objetivo de garantir que Moscou não consiga derrotar o país enquanto bombardeia a infraestrutura de energia.

Na reunião, que deve ir até a quinta-feira, Blinken irá anunciar um apoio substancial dos EUA para a rede de energia da Ucrânia, segundo fontes oficiais. Aliados da Otan também devem fazer novas promessas de apoio não letal à Ucrânia, como combustíveis, geradores, suprimentos médicos, equipamentos de inverno e dispositivos de interferência de drones.

Quando se encontraram em Bucareste em 2008, os líderes da Otan disseram que a Ucrânia e a Geórgia se juntariam à aliança um dia. Algumas autoridades e analistas acreditam que essa medida – pressionada pelos aliados da Otan pelo ex-presidente dos Estados Unidos George W. Bush – foi parcialmente responsável pela guerra que a Rússia lançou contra a Ucrânia em fevereiro.

Stoltenberg disse que a expansão da Otan não seria prejudicada. No entanto, uma possível adesão da Ucrânia precisa antes que as disputas territoriais no país estejam mais definidas. Como a Crimeia está anexada à Rússia desde 2014 e tropas separatistas com apoio das tropas russas controlam partes do sul e do leste, as fronteiras reais do país não estão nítidas.

A renovação do pacto de ajuda militar à Ucrânia é acompanhada por mais pedidos de Volodmir Zelenski de armas urgentes para resistir à Rússia. “Mais rápido, mais rápido e mais rápido”, disse o ministro das Relações Exteriores, Dmitro Kuleba. “Agradecemos o que foi feito, mas a guerra continua.”

FONTE: AP, via Estadão

SAIBA MAIS:

O significado da Ucrânia no tabuleiro de xadrez geopolítico

As causas e consequências da guerra na Ucrânia – Uma palestra de John J. Mearsheimer

 

Subscribe
Notify of
guest

32 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
M4|4v1t4
M4|4v1t4
1 mês atrás

Kaliningrado é uma ferida no meio da Europa
Bierlorusia é Polônia, esse nome precisa ser removido da história e a nacionalidade original daquela etnia precisa ser restaurada
A OTAN precisa arrumar um jeito do Lukashenko se envolver diretamente na guerra da Ucrânia e arrumar uma false flag pra soltar a Polônia pra cima dele

Hcosta
Hcosta
Reply to  M4|4v1t4
1 mês atrás

E fazer o mesmo que a Rússia?

Quem decide é o seu povo. Já passamos dessa fase em que existe alguma pretensão sobre outro país só porque sim.

leonidas
leonidas
Reply to  Hcosta
1 mês atrás

O mundo jamais deixou essa fase para trás. Os EUA deixaram isso claro em 99/03 e 2011. Não que o post ao qual vc responda esteja correto. Essa noticia só deixa claro o que todo mundo já sabia, a Otan iria sim aceitar a Ucrânia mesmo com o desenrolar dos fatos de 2014 e a Rússia percebeu que só a anexação da Ucrânia não seria suficiente para conter a adesão. É importante lembrar que toda esta guerra se dá exatamente pela ocupação da área de influência russa por parte da Otan sob mando norte americano. Áreas de influência de super… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  leonidas
1 mês atrás

Ainda acredita que a Ucrânia tinha o mesmo tipo de relação de neutralidade que a Finlândia?
O problema não foi aderir à OTAN, foi um acordo com a UE.
A Rússia nunca deixou a Ucrânia ser independente.

E que viagem. A prioridade da UE e dos EUA, depois da Ucrânia/Rússia, é o cone sul?

leonidas
leonidas
Reply to  Hcosta
1 mês atrás

Viagem? rs
Está achando que a tal prioridade é no lado positivo? rs
Inacreditável que alguém alcance a idade adulta com tamanha incapacidade para assuntos geopolíticos.
Caso vc ainda não tenha entendido, vou desenhar para voce.
Potências procuram garantir pelo bem ou pelo mal que nações vitais a seus interesses estejam dentro de seu poder.
Isso ocorre também com coisas tipo: Energia, grãos, mercado consumidor etc etc etc.
Tenta ver por esse lado e talvez (talvez rs) você possa compreender coisas desse tipo…

Hcosta
Hcosta
Reply to  leonidas
1 mês atrás

Desculpe mas tem que fazer um desenho.

Mas um desenho realista, não um dos abstracionistas…

Mas parece que é no cone sul que estão todas as riquezas e no resto não há nada…

Last edited 1 mês atrás by Hcosta
leonidas
leonidas
Reply to  Hcosta
1 mês atrás

Ta difícil mesmo…rs Mas o tal resto já tem dono disputando. Na Ásia e na Eurásia existem nações com N maiúsculo como Japão, Coreia do Sul, Turquia, Índia, Paquistão, e mesmo (no quesito zelar por sua soberania bem dito) a Coreia do Norte. A única região do mundo que dá acesso a região Antarctica e que é em si mesma rica em ativos como petróleo, grãos, pesca, agua potável, biodiversidade e minério (e apesar disso) sem uma única nação com vergonha na cara capaz de defender sua soberania é a AL! Que devido sua localização distante da China e da… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  leonidas
1 mês atrás

Sim, só confirma que nem com um desenho chego lá… E África não conta? Deixe-se dessas teorias. O mundo é muito maior do a América do Sul. Mais depressa se começa a explorar os oceanos e a Antártida do que uma invasão ao continente. A França nem conseguiu manter a Argélia, do outro lado do mar e com um exército muito maior, e vai atacar o Brasil? Esse raciocínio só serve para quem quer um Brasil sem poder na diplomacia Mundial. Não saiam das suas fronteiras, mantenham umas forças armadas sem grandes capacidades tecnológicas enquanto outros ocupam os vossos lugares… Read more »

leonidas
leonidas
Reply to  Hcosta
1 mês atrás

Brasil contra o resto do mundo:?
Invasão de continente?
A Africa não conta:?
Nossasenhora, dexa pra lá… rs

Alecs
Alecs
Reply to  M4|4v1t4
1 mês atrás

Concordo, mas não pela via militar. O povo deve enfrentar o ditador e definir seu futuro.

Teófilo
Teófilo
1 mês atrás

A situação está critica para a Ucrânia.
Enormes perdas de soldados e equipamentos.
A frente de Donbass colapsou.
Rússia avança ao norte e centro da região.
Especula-se sobre a possibilidade da Polônia ‘anexar’ algumas províncias do oeste para evitar a derrota total.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Teófilo
1 mês atrás

Onde é que já li isto?
Agora faz copy e paste de comentários feitos há meses?

europeu
europeu
Reply to  Hcosta
1 mês atrás

Nem mais…!! também li isso. Se conseguíssemos juntar tos os nics haveria muitas mais coisas destas!!
Na primavera vai haver uma nova sigla – SDB II. Assim os russos vão ver um novo avanço estratégico na Crimeia

gbu-53b-small-diameter-bomb-ii.jpg
Mirão
Reply to  europeu
1 mês atrás

Mais uma wunderwaffen indo para o ferro velho kkkkkkkkkkkkkkk

Last edited 1 mês atrás by Mirão
Henrique
Henrique
1 mês atrás

Parabéns Putin… iniciou uma guerra de anexação com a desculpa de que a OTAN estava “agressivamente” (kkkkk) “se expandido” e, até agora, ganhou +1300km de fronteira com a OTAN e em breve vai ter mais +2300km kkkkkk
.
cara é uma maquina de fortalecimento da OTAN
.
será que ele consegue debloquear mais os ~1200km de Belarus? kkkkkkk

Sem título.jpg
Teófilo
Teófilo
Reply to  Henrique
1 mês atrás

É a dura realidade das relações humanas.
Além desmilitarizada e desnazificada, a Ucrânia será um grande vazio populacional.
Isso nas regiões que não ficarem com a Rússia
Deste modo , ela nunca mais será uma ameaça para o gigante do Leste.
E não adianta me criticar por externar esse ponto de vista.
É a realidade do Mundo.
Sinto muito.

Henrique
Henrique
Reply to  Teófilo
1 mês atrás

claro que vai… vai mesmo.. ja ta indo…

fato da Rússia ter abandonado Kiev; estar desesperada por estrangeiros/presidiários para lutar e ter perdido 30% de tudo que ela pegou prova isso kkkkk

caa43747df74f65b0f8f047aa353b81e.jpg
europeu
europeu
Reply to  Teófilo
1 mês atrás

RSRSRSRSRS…

FimJO9EX0AAcbfp.jpg
europeu
europeu
Reply to  Henrique
1 mês atrás

Bem visto!!!!!!!!!!!
A juntar ainda que nos próximos 20 anos não vai ter exército de jeito nem o respeito e o medo de ninguém!!
Conseguiu um feito histórico recuperar a OTAN que o Trump queria enterrar.

Mirão
Reply to  Henrique
1 mês atrás

Se a OTAN pisa na Ucrânia o Putin solta as bombas dele na cabeça dos otarios e os otarios soltam as deles em retaliação e no final estaremos retomando essa conversa no além.

Você deve ser muito novo para não perceber isso heim?

Henrique
Henrique
Reply to  Mirão
1 mês atrás

Cara kkkkk Ucrânia ja atacou solo reconhecido Russo (tb conhecido com Belgorod) e Rússia não fez nada kkkk

mas confia, esse papinho ai de “rusisa faz o mudno tremer” “bombas dele na cabeça “….. to ouvindo isso ja tem 280 dias e nada kkkkk

Mirão
Reply to  Henrique
1 mês atrás

Curioso, eu estou ouvindo há 282 dias uma lenda de que a Ucrânia irá ganhar a guerra, a Rússia irá colapsar economicamente, a China irá trair a Rússia e o Putin será assassinado.
Todos os itens citados acima com a seguinte sentença no final:

“[…] Em breve”

Mas já que você diz que ninguém tem medo da Rússia então por que a OTAN está se segurando tanto pra se jogar no fogo uhhm?

Parece que raciócinio logico não é o seu ponto forte heim?

Maurício.
Maurício.
1 mês atrás

Engraçado, esse tal Jens Stoltenberg, fala, fala, ameaça, e acaba não fazendo nada. Já o tal Paul Craig que deu a sua opinião sobre a guerra na Ucrânia é completamente gagá, senil, louco, maluco, panfletário e torcedor, claro, tudo isso de acordo com os torcedores aqui no Brasil…🤭

eliton
eliton
1 mês atrás

Para quem tem preguiça de ler o texto. O cara basicamente falou, mas não disse nada.

Nei
Nei
Reply to  eliton
1 mês atrás

Ao contrário, quem torce para o outro lado que nem você, acha isso.

eliton
eliton
Reply to  Nei
1 mês atrás

Ja que voce faz parte dos que tem preguiça de ler

Apesar da declaração, a Ucrânia não deve fazer parte da Otan em um futuro próximo.”
“No entanto, uma possível adesão da Ucrânia precisa antes que as disputas territoriais no país estejam mais definidas. Como a Crimeia está anexada à Rússia desde 2014 e tropas separatistas com apoio das tropas russas controlam partes do sul e do leste, as fronteiras reais do país não estão nítidas.”
As chances da Ucrania entrar pra OTAN são as mesmas de qualquer outro pais que pedir pra entrar.

Arthur
Arthur
1 mês atrás

Se o Jens disse que “Estamos no meio de uma guerra”, muito simples: declara guerra à Rússia, aceita de uma vez a Ucrânia na OTAN e vence a tal da guerra. Assim, muito simples, afinal a Rússia só tem munição para dez dias, os russos estão usando tanques velhos (o obuseiro americano M101 que os ucranianos estão empregando tem 80 anos), russo tem medo de frio, Zelensky está avançando rumo à Vladivostok, Moscou está às escuras, etc. A vida como ela é!

Arthur
Arthur
1 mês atrás

Em meio à tanto palpite, uma pergunta: o ucraniano é eslavo ou fala um dialeto derivado do russo ou vice-versa ou é impressão minha? Agora que todos amam a Ucrânia, irão aceitar mais eslavos nos quadros da OTAN? Dá pra confiar nessa gente? Não confiam em russo, mas confiam em ucraniano? Não entendi… A OTAN teve a oportunidade de destruir a Rússia e perdeu quando os próprios russos pediram ingresso na OTAN nos anos 90. E esses europeus estúpidos ficaram enrolando, assim como estão fazendo agora.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Arthur
1 mês atrás

Que nível a que isto chegou…

Agora temos o discurso das raças. Todos os Russos pensam da mesma forma e os Ucranianos por arrasto somente por fazerem parte de um grupo artificialmente criado.
E depois chegamos às raças superiores e inferiores.

Assim se percebe como isto não é torcida, é mesmo apoiar o pior que a Humanidade tem para oferecer.

Mirão
1 mês atrás

A OTAN tá querendo é r0la e não tá sabendo pedir kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Emmanuel
Emmanuel
1 mês atrás

Resumo da ópera: falou muito e não disse nada.
A OTAN não quer a paz. A OTAN quer que os dois se matem. Muito. Se destruam mutuamente. É bom para os negócios. Dá motivo para se investir mais em defesa. Se renovam os equipamentos. As indústrias locais de armamento lucram. Tudo faz sentido.
A OTAN ganha.
A Rússia perde.
E a Ucrânia é sacrificada.
Mas sacrifícios são necessários. Fazem parte do jogo.

Mirão
Reply to  Emmanuel
1 mês atrás

Correção

O Europa perde (e feio) de qualquer forma
A Rússia talvez não perca
Os EUA ganham
A Ucrânia se ferra de qualquer forma
A China lucra com tudo e todos

Eu tenho que admitir, essa foi uma jogada muito boa do establishment de Washington…