Giraffe 1X Deployment Set

A Saab inaugurou uma nova unidade de produção de radares como parte de sua estratégia de crescimento no Reino Unido. A nova fábrica de radares, localizada em Fareham, contribuirá com 100 a 150 empregos à medida que for crescendo

O negócio de Sistemas de Sensores (Sensor Systems) da Saab UK vai operar a partir das instalações da Saab em Fareham, com uma equipe também localizada em Farnborough. A equipe qualificada em Fareham produz e integra principalmente o novo projeto Deployment Set, uma configuração do Giraffe 1X, um radar AESA 3D leve, compacto e robusto, baseado em software de fácil implantação. Isto aumenta a capacidade de produção da Saab para o conjunto de implantação do Giraffe 1X e as primeiras unidades já estão em produção na unidade de Fareham.

O negócio de Sistemas de Sensores da Saab UK também atuará como um Centro de Excelência, desenvolvendo a propriedade intelectual do Reino Unido no domínio do radar. Também crescerá para manter os radares existentes em serviço no Ministério da Defesa do Reino Unido, como os radares de defesa aérea Giraffe 1X e Giraffe AMB e os radares de localização de artilharia MAMBA (Arthur).

Toda a unidade em Fareham deve beneficiar 400 empregados na Saab, em funções estabelecidas e futuras, em várias atividades comerciais.

“Este anúncio da nossa nova unidade de produção em Fareham é o passo mais recente no crescimento da Saab UK e segue de perto a nossa recente aquisição da BlueBear. O início da operação de Sistemas de Sensores significa centenas de empregos qualificados e economicamente valiosos, além de uma nova capacidade industrial de defesa no Reino Unido para nossos clientes”, afirma Dean Rosenfield, diretor geral da Saab UK.

O Ministro de Aquisições de Defesa, James Cartlidge, disse: “É com grande satisfação que recebo o investimento da Saab no Reino Unido, criando centenas de empregos qualificados e apoiando nossa base industrial de defesa. Estou ansioso para que esta nova instalação dê suporte às nossas Forças Armadas na utilização de capacidades avançadas de radar”.

A unidade de Fareham da Saab UK vem crescendo com o anúncio, em fevereiro de 2023, da expansão dos negócios de Sistemas Subaquáticos de veículos autônomos e operados remotamente da Seaeye. Em todo o Reino Unido, a Saab tem oito unidades principais que se concentram em engenharia de software, robótica submarina, serviços de treinamento, radares e muito mais.

A presença da Saab UK tem crescido rapidamente, com o número de funcionários quadruplicando por meio de consolidação, aquisição e crescimento orgânico, reunindo o melhor da inovação sueca e britânica.

Sobre a Saab

A Saab é uma empresa líder no segmento de defesa e segurança com a contínua missão de ajudar nações a manter a segurança da população e da sociedade. Com a força de 19.000 funcionários, a Saab está em constante expansão das fronteiras tecnológicas para criar um mundo mais seguro, sustentável e igualitário. A Saab desenvolve, produz e mantém sistemas avançados em aeronáutica, armamentos, comando e controle, além de sensores e sistemas subaquáticos. A Saab tem sua sede na Suécia, tem operações de grande porte em todo o mundo e faz parte dos recursos de defesa de diversas nações.

No Brasil, a Saab mantém uma parceria de longo prazo e fornece diversas soluções avançadas, tanto civis quanto militares. Com o Programa Gripen, a empresa estabeleceu uma ampla transferência de tecnologia que está beneficiando a indústria de defesa nacional.

DIVULGAÇÃO: Saab / MSL Group

Subscribe
Notify of
guest

6 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ten Murphy
Ten Murphy
9 meses atrás

Poderia ser aqui com os radares do Gripen, que por sinal foram comprados em maior quantidade que os radares terrestres ingleses, além de ser uma compra estratégica e duradoura enquanto os ingleses compraram temporariamente.

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Ten Murphy
9 meses atrás

Só um aparte: os radares do Gripen não são da Saab, são da Leonardo, embora sua manutenção esteja a cargo dela, nas instalações da SAM em São Bernardo do Campo-SP.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Fernando "Nunão" De Martini
9 meses atrás

Eu tinha lido que o PS-05/A foi desenvolvido pela Ericsson em colaboração com a GEC-Marconi e alguma tecnologia do Blue Vixen, daí minha declaração. Vi na Wiki com referência para o site da Leonaredo. Fiquei confuso, pode explicar melhor?

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Ten Murphy
9 meses atrás

O radar pulso-doppler Ericsson que você menciona, de varredura mecânica, equipa as versões anteriores do Gripen.

As versões E/F são equipadas com um radar AESA, modelo Raven ES-05 da Selex ES, que pertence ao grupo italiano Leonardo:

https://electronics.leonardo.com/documents/16277707/18405906/Raven_ES05_LQ_mm07819_.pdf?t=1538987505704

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Fernando "Nunão" De Martini
8 meses atrás

Muito obrigado pela correção. Minha fonte está desatualizada.

Jonathan Pôrto
Jonathan Pôrto
9 meses atrás

Nova unidade da Saab no Reino Unido, não no Brasil?