Numa medida ousada que aumentou as tensões com a Rússia, os Estados Unidos anunciaram na segunda-feira que iriam enviar um Sistema de Foguetes de Artilharia de Alta Mobilidade (HIMARS) modificado para a Ucrânia como parte de um pacote de ajuda de 100 milhões de dólares. Há rumores de que o HIMARS modificado seja capaz de disparar armas de longo alcance, cruzando a chamada “linha vermelha” do presidente russo, Vladimir Putin.

O pacote de assistência inclui não apenas o sistema de foguetes HIMARS, mas também munições adicionais, mísseis antiaéreos, munições de artilharia e equipamentos para clima frio. O Departamento de Defesa (DoD) afirmou que esta ajuda proporcionará à Ucrânia as capacidades necessárias para se defender e dissuadir a agressão russa no futuro.

Surgiram especulações sobre as capacidades específicas do HIMARS modificado. Segundo relatos, as armas de longo alcance que poderiam ser potencialmente disparadas com este sistema modificado incluem bombas terrestres de pequeno diâmetro (GLSDBs) e mísseis do Sistema de Mísseis Táticos do Exército (ATACMS).

A decisão de enviar armas de longo alcance à Ucrânia suscitou fortes advertências por parte do governo russo no passado. A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, afirmou anteriormente que fornecer à Ucrânia mísseis de longo alcance cruzaria a linha vermelha e envolveria diretamente os EUA no conflito.

Apesar destes avisos, os EUA já enviaram mísseis GLSDB e ATACMS à Ucrânia este ano, e outros aliados também ultrapassaram a suposta linha vermelha. No entanto, a Rússia ainda não cumpriu as suas ameaças.

O sistema de foguetes HIMARS modificado representa uma escalada no conflito entre a Ucrânia e a Rússia. A possibilidade de atingir alvos na Rússia com armas de longo alcance aumenta o risco de maior desestabilização na região.

À medida que as tensões continuam a aumentar, resta saber como a Rússia responderá a esta última medida dos Estados Unidos. A situação na Ucrânia continua extremamente volátil e qualquer nova escalada poderá ter consequências de longo alcance para a região e para além dela.

PERGUNTAS FREQUENTES:

P: O que os Estados Unidos estão enviando para a Ucrânia como parte do pacote de ajuda?
R: Os Estados Unidos estão enviando um Sistema de Foguetes de Artilharia de Alta Mobilidade (HIMARS) modificado junto com munição adicional, mísseis antiaéreos, cartuchos de artilharia e equipamentos para clima frio.

P: Qual é a suposta modificação no sistema de foguetes HIMARS?
R: Acredita-se que o sistema de foguetes HIMARS modificado tenha a capacidade de disparar armas de longo alcance, incluindo potencialmente armas terrestres. Lançou bombas de pequeno diâmetro (GLSDBs) e mísseis de sistemas de mísseis táticos do exército (ATACMS).

P: Como a Rússia se sente em relação à decisão de enviar armas de longo alcance para a Ucrânia?
R: A Rússia alertou que fornecer à Ucrânia mísseis de longo alcance ultrapassaria a linha vermelha e envolver diretamente os EUA no conflito.

P: Os EUA já enviaram armas semelhantes para a Ucrânia no passado?
R: Sim, os EUA já enviaram mísseis GLSDBs e ATACMS para a Ucrânia este ano, e outros aliados já enviaram também ultrapassou a linha vermelha sem que a Rússia tomasse medidas.

P: Quais são as consequências potenciais da escalada das tensões entre a Ucrânia e a Rússia?
R: Uma maior escalada do conflito poderá levar à desestabilização na região e ter consequências de longo alcance.

FONTE: TS2

Subscribe
Notify of
guest

53 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
JapaSp Jantador
JapaSp Jantador
2 meses atrás

Questões que estamos ignorando na guerra. 1) Os aliados em especial os EUA ainda estão segurando as armas de verdade, para a guerra durar mais, o dia que os EUA decidir que ta na hora disso terminar, a Rússia peida. 2) A Ucrânia tem uma população gigante, eles ainda tem muita gente para convocar, é completamente falso essa ideia de que a Ucrânia está com falta de soldados. 3) A economia russa está cambaleante já algum tempo, a gente tem que lembrar que a economia russa era do tamanho da do Brasil no inicio da guerra, isso sem as sanções,… Read more »

Last edited 2 meses atrás by JapaSp Jantador
eliton
eliton
Reply to  JapaSp Jantador
2 meses atrás

Quais seriam essas “armas de verdade”? Não da pra chamar de soldado um cara que é mandado pra linha de frente como um treinamento de 1 mês e que foi recrutado a força. A economia russa sempre cambaleou, o que muda é que agora em vez de comprar e vender para o resto do mundo, eles compram e vendem majoritariamente para a China. A Ucrânia nunca foi um “pais pequeno”, eles foram o segundo país que mais herdou armamentos da união soviética, só atrás da própria Rússia, acontece que agora eles tem meios mais modernos. O Putin é um ditador… Read more »

Rodrigo Frizoni
Rodrigo Frizoni
Reply to  eliton
2 meses atrás

No caso n seria armas de verdade, mas sim em quantidades suficiente, como por exemplo ao inves de mandar 20 ATCMS, mandar 500. Até entao muito dos equipaemntos fornecidos a Ucrania em sua maioria são tidos como “antigos”, salvo alguns equipamentos.

Veremos em breve a Ucrania usando f-16 enquanto a russia usa todos seus caças. A duvida seria se a Ucrania tivesse acesso a linha mais moderna de equipamentos da OTAN.

Rodolfo
Rodolfo
Reply to  JapaSp Jantador
2 meses atrás

Não é isso que está aparecendo na mídia americana. Mesmo os canais que sempre apoiaram a Ucrânia desde o começo já falam que é hora de negociar. A Ucrânia tem agora um exército de conscriptos de pessoas com mais de 40 anos. Milhões já emigraram. Se essa guerra continuar, o desastre demográfico durará por décadas.

Rafael Aires
Rafael Aires
Reply to  JapaSp Jantador
2 meses atrás

Natal tá chegando. Mais uma fábula para colocar na lista.

Underground
Underground
Reply to  Rafael Aires
2 meses atrás

Natal tá chegando! Papai Noel, renas e neve, muita neve, principalmente para região de Moscou , virão junto.
As temperaturas poderão cair a -26°C na região de Moscou, contra -6°C em Kiev, na próxima semana. Pode ser que os EUA tenham decidido ativar seus sistemas resfriamento global.

Mario
Reply to  JapaSp Jantador
2 meses atrás

É tão verdade o que vc escreveu que o próprio Putin disse no G-20, por Video Conferência, claro (rsrsrs) que está disposto discutir como parar essa Guerra! A resposta do Olaf Scholz, Chanceler da Alemanha, foi direta: Saia da Ucrânia e a Guerra pára imediatamente!

JHF
JHF
Reply to  JapaSp Jantador
2 meses atrás

Torcer e fazer lista de natal está liberado.

PACRF
PACRF
Reply to  JapaSp Jantador
2 meses atrás

Prezado, os únicos fatos concretos sobre a invasão da Rússia são os seguintes: 1) A Rússia não consegue avançar além dos territórios ocupados; 2) A Ucrânia não consegue expulsar a Rússia dos territórios ocupados; 3) A Europa está se armando, porque nenhum país europeu deseja ter a Rússia por perto, particularmente a Alemanha e os países que fizeram parte do Pacto de Varsóvia.

igor luis oliveira pereira
igor luis oliveira pereira
Reply to  PACRF
2 meses atrás

Acompanha um canal Ucraniano no Youtube, é um soldado Ucraniano que faz os videos eles mostraram que tem avançao na região oposta do Dnipro, montaram assentamento lá, enquanto tem muito combate em Orikhiv e Avidvika que são resistencias Russas bem fortes, a Ucrania está colocando milhares de homens no oeste a alguns km da Criméia, então pode ser que logo o jogo se inverta mesmo, a Russia parou a área leste em Sumy mesmo nunca mais houve avanço.

Eromaster
Eromaster
Reply to  JapaSp Jantador
2 meses atrás

Fake News!

Paulo Roberto
Paulo Roberto
Reply to  JapaSp Jantador
2 meses atrás

Então,segundo o que você afirma,a Rússia não tem nenhuma condição, militar,e econômica,pra fazer frente á Ucrânia nesta guerra,certo?Estranho,pois não é o que afirmou aquele renomado “think thank” alemão de geopolítica,o Instituto Alemão de Política Internacional,com o artigo inclusive publicado aqui no site, e sugiro que você,Jantador(de cogumelos alucinógenos,só pode),o leia.Alguém tá mentindo nessa história,ou você ou o think thank alemão

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
2 meses atrás

e a russia não vai fazer nada… não tem culhão pra atacar quando esses equipamentos cruzam a fronteira

Brenha
Brenha
Reply to  Jefferson Ferreira
2 meses atrás

Putin deve estar tendo problemas internos para não ter feito nada até agora com respeito a OTAN

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
Reply to  Brenha
2 meses atrás

O problema interno é a completa inferioridade de suas Forças Armadas em relação às da OTAN. Putin não atacará a OTAN porque seu país não tem capacidade para tal.

naval762
naval762
2 meses atrás

Coitados dos russos e ainda dizem que a capacidade militar deles vai durar mais dez anos além de criar uma guerra generalizada na Europa.

Carlos Crispim
Carlos Crispim
2 meses atrás

Nada disso vai adiantar se os russos continuarem evoluindo em contra-medidas eletrônicas, eles estão bloqueando os GPS das bombas, que passaram a erraros alvos, o q a Ucrania precisa é uma contra-contra-medida eletrônica para neutralizar os russos.

Nuno Taboca
Nuno Taboca
Reply to  Carlos Crispim
2 meses atrás

A base aérea russa, com os helicópteros torrados dizem o contrário. Atacms e um pesadelo para os ratos invasores.

Bosco
Reply to  Carlos Crispim
2 meses atrás

Carlos, Em havendo inconsistência no canal GPS o míssil/bomba/ foguete guiado o desabilita e segue só no inercial. Quanto mais perto do alvo acontecer o bloqueio/interferência do sinal menor erro gerará. Ainda que utilize só o sistema inercial um foguete guiado M-30/31 com 80 km de alcance tem CEP suficiente para causar danos nos alvos de pele fina. CEP do M-30/31 a 80 km com GPS/IN = 3 m CEP do M-30/31 a 80 km só com IN= 30 M Raio letal da ogiva do M-30 dispersora de submunições = 100 m Raio letal da ogiva de fragmentação do M-30A1=… Read more »

Nickless
Nickless
Reply to  Carlos Crispim
2 meses atrás

O problema é que de fato não sabemos a real dessas contra medidas, os russos sempre divulgam que abateram todos os misseis, mas um ou dois destroços acabaram caindo no alvo e destruindo ele.

Junior Souza
Junior Souza
2 meses atrás

Putin deu aos Americanos uma oportunidade única, lançaram sobre a Rússia as sanções mais duras da história, isolaram eles do resto do mundo e colocaram eles em um atoleiro que pode levar uma década ou mais pra sair.
O que restar da Rússia a nivel econômico
quando essa guerra terminar não sera nem a sombra do que era em 2014. Um erro crasso de cálculo dos líderes russos que terá reflexo por gerações.
De quebra ressuscitaram a Otan e colocaram e mostraram pra Japoneses e coreanos que lutar vale a pena.

JapaSp Jantador
JapaSp Jantador
Reply to  Junior Souza
2 meses atrás

Óbvio, aonde a Rúzzia ganhará uma guerra contra europa toda e EUA. Só na cabeça de militonto oriental.

Macgaren
Macgaren
Reply to  Junior Souza
2 meses atrás

Russia não contava que a Ukrania havia se preparado e nem que EUA e UE reagiriam, ao contrário de 2014.

Nuno Taboca
Nuno Taboca
2 meses atrás

Sempre disse isso aqui e repito. Bravatas russas. São fracos, tem uma economia medíocre , como a nossa. Não há condição de querer peitar UE, China ou EUA.

Resta fazer chantagem nuclear, dizer inúmeras linhas vermelhas, etc, etc.

Militarmente a Rússia é uma piada sem graça, Uma potência não passaria jamais os apertos contra um vizinho infinitamente menor. Imagina EUA vs México. O ditador errou feio, mas para quem aparelhou o Estado em benefício próprio, pouco muda. Quem sofre são os cidadãos , que vão estagnar a economia.

Maurício.
Maurício.
2 meses atrás

ATACMS, uma das armas mais superestimadas dessa guerra, onde um pessoal acha que é coisa de outro mundo, mas na realidade não passa de um Iskander piorado.

Last edited 2 meses atrás by Maurício.
Nickless
Nickless
Reply to  Maurício.
2 meses atrás

está comparando banana com maça.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Nickless
2 meses atrás

Claro, claro, estou comparando dois mísseis balísticos, onde um é maior, mais pesado e possuí um alcance maior, já o outro, também é um míssil balístico mas é menor, mais leve e com menor alcance, e a versão que a Ucrânia está usando, ou que já usou até aqui é a mais antiga, Block 1, com 165km de alcance, perdendo em alcance tanto para o Iskander E como para o M. Mas claro, estou comparando “banana com maçã”…

RPiletti
Reply to  Maurício.
2 meses atrás

Uma banana ceivou alguns helicópteros em uma base aérea, já a maçã não tem nada parecido com isto nos seus feitos…

JapaSp Jantador
JapaSp Jantador
Reply to  Maurício.
2 meses atrás

Uiii depois do comentário do RPiletti eu pedia asilo político na mãe rúzzia e nao comentava nunca mais

Maurício.
Maurício.
Reply to  JapaSp Jantador
2 meses atrás

Outro que está esperando a tal “banana” fazer milagres…Rsrsrs.

Nei
Nei
Reply to  Maurício.
2 meses atrás

Mais é muita inveja hein!

Estamos aqui agora falando de um novo HIMARS, não o que eles já tinham e estavam usando com a block 1, o que pode trazer uma versão melhorada do míssil.

Bispo
Bispo
2 meses atrás

Agora sim …A Ucrânia recupera a Crimeia em 03 dias , isso porque o 2º foi feriado.

É F-16 Salvador universal, artilharia USA trituradora de russos, só falta raio laser star-wars.

EUA/OTAN estão 24hs monitorando via satélites as posições russas, confabulando com os ucranianos onde e como atacar e o que se tem …NADA.. impasse geral.

Não existe arma milagrosa , nesse tipo de guerra, enquanto ambos os lados tiverem a capacidade de se “remuniciar” , continuará.

Marcelo De Luca Penha
Marcelo De Luca Penha
Reply to  Bispo
2 meses atrás

A capacidade de ataques a longa distância da Ucrânia está aumentando … e os F-16 ainda nem chegaram.

RPiletti
Reply to  Bispo
2 meses atrás

EUA/OTAN estão fazendo o mesmo que a Rússia fez nas duas guerras do golfo… ops, não péra, no golfo a Rússia não salvou o Saddam…
Prezado, a assistência ocidental freou os ataques da operação especial e ainda conseguiu empurrar os russos em direção ao solo pátrio, tirou os músicos de cena e derrubou o avião do maestro, sem os ocidentais Kiev estaria sob as ordens do Putin ainda no primeiro semestre de 22. Não entendo o motivo de vocês ficarem zombando de qualquer bala de fuzil que fornecem para os ucranianos.

Last edited 2 meses atrás by RPiletti
Nilton L Junior
Nilton L Junior
2 meses atrás

Site ucra massageando o sentimento dos iludidos, Z bate U apanha UE paga a fatura da NATO/USA

Marcelo De Luca Penha
Marcelo De Luca Penha
Reply to  Nilton L Junior
2 meses atrás

Confia …

Marcelo De Luca Penha
Marcelo De Luca Penha
Reply to  Nilton L Junior
2 meses atrás

Confia … Z pensou que tinha poder maísculo, mas descobriu que sua capacidade era minúscula (z) … enquanto U vai ficando atrevido.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Marcelo De Luca Penha
2 meses atrás

Marcelo o que mas chama atenção sobre seus comentários é a capacidade de resiliência mesmo quando as evidências são baseada em fatos e não em sentimentos.
Para mim não importa se a letra esta em caixa alta ou baixa, importa o que esta acontecendo na história.

Marcelo De Luca Penha
Marcelo De Luca Penha
Reply to  Nilton L Junior
2 meses atrás

Capacidade de resiliência é uma característica ucraniana. Pararam o avanço russo por meios próprios, usaram os equipamentos enviados pela OTAN para demolir as forças russas e diminuir o território ilegalmente ocupado, vem ampliando os recursos da defesa antiaérea, conseguiram capacidade para atacar alvos importantes na Criméia e no território russo e lançaram uma contra ofensiva que foi capaz de romper pontos nas poderosas defesas russas. E tudo isso com pouquíssimo apoio aéreo. Os fatos falam por sí próprios. A Rússia está sendo incapaz de avançar sobre o território ucraniano e vem sofrendo perdas colossais de equipamentos e combatentes. A Ucrânia… Read more »

Last edited 2 meses atrás by Marcelo De Luca Penha
Infantaria_leve_BiABR
Infantaria_leve_BiABR
Reply to  Marcelo De Luca Penha
2 meses atrás

Não custa lembrar, os fatos alardeados pelo colega acima:

A Ucrânia sem navios, fustigou a frota russa, afundou a nâu capitânia, levou a mudança de toda a base naval ( que era a maior desde os tempos de Catarina), para outra o mais longe possível, porque as perdas se tornaram insustentáveis.

Ngn nega que é uma luta desigual, afinal a Ucrânia era só um país pobre. A Rússia, que se alardeia ser a potência, deveria ganhar com uma mão atrás…..

RPiletti
Reply to  Nilton L Junior
2 meses atrás

Z batendo parece um peso leve batendo em peso pesado… fica tranquilo, Lisboa é logo ali…

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  RPiletti
2 meses atrás

Esse seu comentário vale o mesmo que o mar de Azov é logo ali.

Marcelo De Luca Penha
Marcelo De Luca Penha
2 meses atrás

Por que será que os EUA estão enviando HIMARS modificados para a Ucrânia? Resposta simple. Porque no outono/inverno ucraniano as tropas não conseguem se mover. Então, qualquer acúmulo de tropas, qualquer nó logístico, qualquer instalação militar, qualquer depósito de munições ou suprimentos russo no território ucraniano ilegalmente ocupado estará ao alcance do ATACMS. Seja usando munições cluster ou uma ogiva única, a precisão e a capacidade de destruição desse míssil já se mostrou impressionante. Os russos já foram obrigados a recuar as aeronaves de asas fixas e de asas rotativas, bem como estão dispersando tropas, combustível, munições e suprimentos. O… Read more »

Tomcat4,5
Tomcat4,5
2 meses atrás

Agora vai !!! Confia !!!

André Luís
André Luís
2 meses atrás

Mais alvos para a Rússia destruir! E de quebra, que os EUA mande tbm seus respectivos operadores, assim, a Rússia economiza tempo e munição.

Marcelo De Luca Penha
Marcelo De Luca Penha
Reply to  André Luís
2 meses atrás

Exceto pelos Lancets, que tem se mostrado eficientes no campo de batalha, a Rússia não tem demonstrado grande capacidade de destruir alvos. Pelo contrário, gasta um colosso de munições de artilharia e obtém resultados pífios. Os russos também são excelentes para gastar mísseis de cruzeiro contra engodos de madeira ou para lançar mísseis matadores de porta aviões contra edifícios. Já os ucranianos … tem muitos vídeos de alta qualidade mostrando a precião das armas usadas pelos ucranianos.

Infantaria_leve_BiABR
Infantaria_leve_BiABR
Reply to  André Luís
2 meses atrás

Verdade. Eu li no Intelslava. Já destruíram 350 Himars e umas 90 baterias de patriots. A Rússia é top.

Neural
Neural
Reply to  Infantaria_leve_BiABR
2 meses atrás

F-16 o game changer. Assitindo, aqui acho que é a 20 arma game changer, já foi Javelin, já foi Himars, já foi M-777, ATCM, Leopard 2, o que mais?

Nei
Nei
Reply to  Neural
2 meses atrás

Incrível que o “game changer”, sempre é nomeado por apoiadores do regime do Kremlin. A Javelim ajudou a parar colunas blindadas em Andriivka, por semanas e continua parando.

Claro que nem todo disparo vai parar um tanque, dependendo de onde foi o local atingido, mas vim aqui e desdenhar o equipamento por mera torcida, já é demais.

Jose
Jose
Reply to  Nei
2 meses atrás

Só eles falam em “game changer”. Fantasiam coisas que ninguem do mundo normal fala.

KKce
KKce
Reply to  Infantaria_leve_BiABR
2 meses atrás

Eles também acabaram com 30 clones do Zelensky e 800 mil soldados da OTAN.

Nei
Nei
Reply to  André Luís
2 meses atrás

Pergunta, a Rússia já conseguiu destruir algum HIMARS?

Fabio Araujo
Fabio Araujo
2 meses atrás

EDITADO:
NÃO PRECISA REPETIR O COMENTÁRIO.