Presidente brasileiro, segundo fontes próximas, estaria “menos cético” que o Itamaraty sobre a possibilidade de uma guerra na região

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse a aliados ouvidos pela CNN que está cada vez mais decepcionado com o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, e sinalizou que pode romper politicamente com o líder do país vizinho caso se confirme a invasão da região guianense de Essequibo, que corresponde a 70% do território.

Em conversas reservadas, Lula tem relembrado com saudosismo a amizade que tinha com o ex-presidente Hugo Chávez, morto em 2013, e dito que não mantém a mesma relação com o atual presidente.

O presidente brasileiro, segundo fontes próximas, estaria “menos cético” que o Itamaraty sobre a possibilidade de uma guerra na região e lamentou que Maduro tenha “explodido” o esforço brasileiro para normalizar as eleições do ano que vem na Venezuela e assim tirar o país do isolamento.

Se o presidente da Venezuela avançar com seus planos bélicos na região da Guiana, o Brasil vai responder de forma dura.

O país, no entanto, ainda aposta na via da negociação. Na terça-feira, o chanceler Mauro Vieira conversou com o presidente da Guiana, Irfaan Ali, e na quarta-feira, Yvan Gil.

Hoje o Brasil conquistou o apoio do México. A secretaria de relações exteriores do México, Alicia Barcena, afirmou que seu país estava se “somando” à iniciativa de Lula para que a Celac “fomente o diálogo” entre os dois países “a fim de encontrar uma solução pacífica”.

Os recados diplomáticos brasileiros, no entanto, são todos de reprimenda à Venezuela. Na declaração de ontem do Mercosul, o bloco criticou “atitudes unilaterais”, que, na visão do Brasil, até agora, foram tomadas apenas pela Venezuela.

O trecho do documento em que ambos os países são “estimulados ao diálogo” não deve ser visto como crítica ao Guiana, explicam diplomatas. Para o Brasil, os guianeses apenas buscaram apoio internacional ao recorrer aos Estados Unidos, embora o país veja com muita preocupação a presença militar americana na região.

FONTE: CNN Brasil

Subscribe
Notify of
guest

151 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
RODES
RODES
2 meses atrás

jogo de cena

O Bardini ja matou a charada do que vai acontecer, se rolar a invasão.

Zeca
Zeca
Reply to  RODES
2 meses atrás

O que aconteceria?

Macgaren
Macgaren
Reply to  RODES
2 meses atrás

também quero saber o que aconteceria?

Wilson França
Wilson França
Reply to  Macgaren
2 meses atrás

Segredo. Só o Bardini é mais uns diplomatas americanos que sabem. Parem de perguntar.

ZamZam
ZamZam
Reply to  RODES
2 meses atrás

Concordo com o Senhor, o Bardini já disse tudo

Nativo
Nativo
2 meses atrás

Já deveria ter rompido com ele é outros desse tipo.
O Brasil não anda bem de representantes.
O anterior bajulava neonazistas e o atual fica de frescura com comunistas e terroristas fora de tempo. E muita porcaria pra tão pouco tempo.

Last edited 2 meses atrás by Nativo
Mafix
Mafix
Reply to  Nativo
2 meses atrás

Quem eram os ‘tais’ neonazistas que tanto falam?

Nativo
Nativo
Reply to  Mafix
2 meses atrás

O papai apoiaca o neo da Hungria e os filhotes os supremacistas dos EUA ou você finge que não sabia ?

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Nativo
2 meses atrás

Viajou

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Nativo
2 meses atrás

Quem o Presidente anterior bajulava?

Jadson S. Cabral
Jadson S. Cabral
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

Uma certa turma americana de supremacistas brancos, a escória europeia que defendia o mesmo… isso para não falar dos locais, incluindo o ministro que queria imitar o Goebbels e o que fez o símbolo de WP

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Jadson S. Cabral
2 meses atrás

Ah sim, esqueci que para sua turma todo mundo que nāo seja canhoto é supremacista, frentista, taxista…

Enquanto o Presidente anterior apoiava Israel(democracia), a turma do Lule apoia os terroristas e antisemitas do Hamas.

Enquanto o Presidente anterior defendia os EUA(democracia), a turma do Lule defender a democracia relativa do Maduro.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

Allan. Vocẽ está errado. Primeiro, é preciso fazer uma distinção entre sistema econômico (capitalista e comunista) dos sistemas políticos (democracia e ditadura). Existe uma clara distinção ideológica entre esquerda e direita. ainda que seja uma discussão mais complexa. Por isso recomendo o artigo “Direita e esquerda no pensamento de Norberto Bobbio”. O Bresser Pereira também já escreveu sobre isso. Ainda que existam regimes não-democraticos de esquerda e direita, o debate entre estas duas ideias só faz sentido em um ambiente democrático. Um dos maiores riscos para a democracia são os movimentos de extrema-direita e extrema-esquerda. Sabemos que os regimes fascistas… Read more »

Carlos I
Carlos I
Reply to  Camargoer.
2 meses atrás

Tentando lembrar de algum país comunista que tenha sido uma democracia… Como sempre digo o comunismo sem violência é impossível, sempre vai ter uma grande porcentagem de pessoas que vai se negar a entregar seus bens, para implantar o comunismo só com muita violência contra esses indivíduos.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Carlos I
2 meses atrás

Caro. Há uma confusão (deliberada ou inadvertida) ao usar democracia e capitalismo como sinônimos. Um é um regime político. O outro é um sistema de produção. A violência do capitalismo do Sec.XIX foi a semente do socialismo. E foi a ascensão do socialismo no bloco soviético que humanizou o capitalismo. A primeira resposta capitalista ao socialismo soviético foi o fascismo, que se tornou também uma ameaça ao capitalismo liberal. Se por um lado, o fim da II Guerra permitiu o surgimento do Estado de Bem Estar Social e a consolidação do conceito de democracia, o colapso da ex-URSS ao invés… Read more »

Carlos I
Carlos I
Reply to  Camargoer.
2 meses atrás

Obrigado pela explicação, reli minha mensagem e não encontrei nela confusão sobre regime político e econômico, apenas esclareci que todo regime político comunista sempre foi e sempre será totalitário, não recebi resposta sobre o exemplo de país comunista que tenha ou ainda seja democrático.

O comunismo que é incompatível com a democracia, pode até começar sendo apoiado pela maioria, então será violento primeiro com os riscos, mas logo com pensamentos diferentes e tomará bens menores, até perseguir todos que questionarem algo, sobrará um regime de perseguição, desconfiança até com seus próximos e claro e cúpula pouco será alterada.

José
José
Reply to  Camargoer.
2 meses atrás

Ótima análise. Recomendo “A Era dos Extremos” de Erick Robsbow.

Waldir
Waldir
Reply to  Camargoer.
2 meses atrás

Caro Camargoer. Vi que vc usou muitos exemplos do capitalismo. Quer comentar sobre Cuba, Venezuela e KN por exemplo ?

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Waldir
2 meses atrás

Ainda que meu comentário tenha focado mais nos aspectos históricos e políticos do capitalismo, comunismo e socialismo, posso fazer uma pequena revisão do processo histórico destes trẽs países, ainda que eles estejam na periferia, sem qualquer importância econômica ou política. Apenas para reforçar, capitalismo e comunismo são sistemas de produção e democracia e ditadura são sistemas políticos. É um erro tentar usar capitalismo e democracia como sinônimos. assim como é um erro usar comunismo e ditadura como sinônimos. Venezuela é capitalista. A atual Constituição venezuelana garante a propriedade privada. Ela foi uma das fundadoras da OPEP na década de 60.… Read more »

Last edited 2 meses atrás by Camargoer.
L G1e
L G1e
Reply to  Camargoer.
2 meses atrás

Mestre. E o Anarcocapitalismo libertário não seria o melhor modelo hoje?

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  L G1e
2 meses atrás

Creio que não. Eu nem quero entrar na discussão etimológica, porque “anarco capitalismo libertário” não faz sentido. É um oxímoro. Quando se pensa em um sistema político, o único que parece fazer sentido é a democracia, tomando como princípios que todos são iguais desde o nascimento, o que implica a garantia dos direitos humanos e o respeito á soberania popular, sem precisar definir um modelo padrão de democracia. A partir da ideia que se quer uma sociedade democrática define o papel do Estado na sociedade. o qual deve garantir a redução da desigualdade social. Isso implica acesso á saúde, educação… Read more »

Nativo
Nativo
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

E pra sua turma racismo e nazismo não existem mas revolução comunista em andamento sim . Não é???
muita peroba.

Jadson S. Cabral
Jadson S. Cabral
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

“A minha turma”? E qual é a minha turma? Kkkkkkk vocês São hilários com esses discursos simplórios e essas dicotomias bestas.
Falam em defender defender democracia e usam logo Isarel e os EUA, como se os americanos não financiassem ditaduras sanguinárias ao redor do mundo em prol dos seus interesses econômicos e como se Israel e o primeiro ministro atual fossem o baluarte da democracia… kkkkkk

Nuno Taboca
Nuno Taboca
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

O anterior não defendia os EUA. Era vassalo de uma pessoa, defendia apenas uma pessoa, que lhe era ideologicamente semelhante. Existe uma grande diferença.

Waldir
Waldir
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

Lule foi ótimo kkkkkk

Realista
Realista
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

Pena que suas falas não condiz com a realidade mas não posso falar oque o anterior defendia se não meu comentário não é aceito, só se pode falar bem do anterior e mal do atual .

Nativo
Nativo
Reply to  Jadson S. Cabral
2 meses atrás

Esse Alan como todos os idolatras daquele camarada, dão uma de cego quando querem.

LeoRezende
LeoRezende
Reply to  Nativo
2 meses atrás

Cego é quem não vê que os únicos arroubos totalitários vem desse amor de governo do descondenado.

Nativo
Nativo
Reply to  LeoRezende
2 meses atrás

O outro descondenado, por ameaçar jogar bomba em quartel estava fazendo maravilhas???

Waldir
Waldir
Reply to  Nativo
2 meses atrás

Os dois não servem para nosso país. Está na hora de sairmos dessa polarização que nós atrasa. Radical que não aguenta ouvir opinião contrária não merece espaço. Bolso é fruto da era Lule e Lule veio de novo por causa do Bolso. Se auto-alimentam e nos ficamos discutindo por causa desses atrasos.

LeoRezende
LeoRezende
Reply to  Nativo
2 meses atrás

Quem fez isso? Quando? Quem é esse outro descondenado,além do mão leve (deve ser pelo dedo faltante) alcoólatra,o famoso demiúrgo de Garanhúns?

LeoRezende
LeoRezende
Reply to  Jadson S. Cabral
2 meses atrás

Quanta besteira. Quem imita Goebbels é o governo do “amor”,e quem disse literalmente que admirava Adolf foi o descondenado.

Last edited 2 meses atrás by LeoRezende
Nativo
Nativo
Reply to  LeoRezende
2 meses atrás

Agora conta aquela do papagaio. Kkkkkk
Essa passagem de pano já está em nível patológico.

LeoRezende
LeoRezende
Reply to  Nativo
2 meses atrás

Passada de pano??? Você acompanha atualidades e conhece um minímo da História?
A WEB taí pra qualquer um pesquisar.
Ataque,se puder,a mensagem,e não o mensageiro.

Nativo
Nativo
Reply to  LeoRezende
2 meses atrás

Fonte do seu conhecimento WEB????
Já parei de discutir.

LeoRezende
LeoRezende
Reply to  Nativo
2 meses atrás

Ué?! Qual o problema??? A WEB é o maior repositório se conhecimento que existe,QUALQUER assunto pode ser pesquisado nela,basta procurar…embora só a tenha utilizado nos últimos 25 dos meus 54 anos.ela só fez expandir o que eu já sabia.
É muita demagogia e hipocrisia negar a importância da internet como disseminadora de conhecimento!

Wilson França
Wilson França
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

Ele gostava de um Sheik. Principalmente dos que dão relógios e joias.

ODST
ODST
Reply to  Nativo
2 meses atrás

Como assim “fora de tempo”? Por um acaso tem tempo pra bajular terroristas?

Last edited 2 meses atrás by ODST
Francisco Vieira
Francisco Vieira
Reply to  Nativo
2 meses atrás

Eu vi isso no jornal nacional.

Jefferson B
Jefferson B
2 meses atrás

Essa invasão venezuelana da Guaiana seria um presente divino para os EUA.
Eu já vi burros, agora igual Putin e Maduro, é bem raro.

Jadson S. Cabral
Jadson S. Cabral
Reply to  Jefferson B
2 meses atrás

Eu não apostaria tanto nisso. Os EUA, embora possam intervir, não parecem estar com muita vontade sede envolverem em um outro conflito… muito menos a administração Biden, com eleições logo ali e o Trump vendendo o povo aquela história de América first.

Bom mesmo está para a China… mais uns dois conflitos desses e eles ficam livres para tomar Taiwan

Last edited 2 meses atrás by Jadson S. Cabral
Sergio
Sergio
Reply to  Jefferson B
2 meses atrás

Neh…Biden deve estar torcendo

Francisco Vieira
Francisco Vieira
Reply to  Jefferson B
2 meses atrás

Já tivemos a Anta e agora temos o Jumento.

SUTERMINATOR
SUTERMINATOR
Reply to  Jefferson B
2 meses atrás

Pagadores de impostos já não aguentam mais tanto dinheiro jogado em guerras amigo, já usaram os recursos na Ucrânia e Israel. Venezuela deveria dar um gás aos EUA para repor os estoques 🤡

Hcosta
Hcosta
Reply to  SUTERMINATOR
2 meses atrás

O preço do gás e do petróleo estão baixos… Deve ser esse o objetivo da Rússia, aumentar os preços.

Coitados, tantas riquezas naturais, e não conseguem ter uma economia próspera e resiliente…

Henrique
Henrique
2 meses atrás

papo furado…. tem é que garantir que a Guiana não será atacada. é o mínimo que se esperaria de um pais serio se tivesse no lugar do Brasil.

O Brasil não queria brincar de gente grande e correr atras de um assento na ONU? A chance apareceu, o que o governo federal ta fazendo: praticamente nada e ainda defendendo a Venezuela com com aquela politica de neutralidade e dialogo sem sentido.

MMerlin
MMerlin
Reply to  Henrique
2 meses atrás

E existe alguma forma de o Brasil dar essa garantia a Guiana, seja militar, política ou econômica? Postura é uma coisa. Garantia é outra.

Henrique
Henrique
Reply to  MMerlin
2 meses atrás

mandar tropas pra fazer um exercício conjunto com a Guiana e os EUA pra mostrar intenção ja seria suficiente para dissuasão

mas é brasil né… relativiza toda hora a soberania dos países, se posiciona a favor do ditador e depois relincha quando alguém de fora fala que Amazônia é de mundo todo kkkk

Wilson França
Wilson França
Reply to  Henrique
2 meses atrás

Já perguntou para os milicos se estão a fim de fazer um exercício lá no meio da selva, calor, mosquito, jacaré? Tu gostaria?

Henrique
Henrique
Reply to  Wilson França
2 meses atrás

não tem que perguntar. tem que mandar e não discutir. ninguém obrigou ele a servir o FA. ta lá por que quer

se não ta contente com trabalho ele que se demita.

Last edited 2 meses atrás by Henrique
Jadson S. Cabral
Jadson S. Cabral
Reply to  MMerlin
2 meses atrás

Claro que tem! Com tanto militar fazendo nada aqui, manda um bom contingente para lá e acabou a festa. Primeiramente para fazer exercícios e depois para treinar as forças armadas guianeses. A MB poderia mandar uma fragata para lá, talvez talvez com o Riachuelo ou o Bahia para fornecer apoio aéreo… deixava 1 mês fazendo exercícios na vista com desembarque de pequenas frações de fuzileiros… seria um ótimo treinando para a MB em zona quente. A FAB poderia deslocar 1 R-99 escoltados por 2 F-5 para fazer patrulhas no espaço aéreo deles… um C-390 poderia transportar aquele radar M-200 ainda… Read more »

Jordan Silva
Jordan Silva
Reply to  Jadson S. Cabral
2 meses atrás

Jadson, eu basicamente pensei a mesma coisa que vc, lembro de comentar que sendo eu Lula, mandava dois vasos de guerra pra Guiana e pronto, de preferência logo o Riachuelo pra mostrar poder, e uma fragata… E avisava publicamente que estava enviando via KC-390 sistema Astros 2020 pra Roraima, com outros meios, e também avisava que estaria mandando o AVMT-300 (acho que já está operacional, não tenho certeza), e avisava também que tinha despachado pra Manaus uns dois Gripens com um E-99 e uma gama de misseis, dentre eles com ênfase pro Meteor (isso levando em consideração se já o… Read more »

Jadson S. Cabral
Jadson S. Cabral
Reply to  Jordan Silva
2 meses atrás

Esquece Mar-1. Já tem mais de 10 anos que o desenvolvimento foi parado e não sabemos nem o porquê. Provavelmente nem terminaram ou quando terminaram perceberam que já era obsoleto, dado o tempo de desenvolvimento.
Provavelmente hoje boa parte dos fornecedores nem existam mais, ou não forneçam as peças que precisamos… levedo muito tempo entre o desenvolvimento, os testes, certificação e produção. No mínimo uns 2/3 anos.

Gripen ainda não está operacional, muito menos para disparar Meteor. Teríamos que usar F-5 ainda.

Com o resto eu concordo

Jordan Silva
Jordan Silva
Reply to  Jadson S. Cabral
2 meses atrás

Eu vi um vídeo do Hoje No Mundo Militar a algum tempo no qual o responsável explicou que o programado MAR-1 estava apenas suspenso, pq a prioridade era terminar o MANSUP.

Jordan Silva
Jordan Silva
Reply to  Jadson S. Cabral
2 meses atrás

Jadson, eu tive pensamento semelhante ao seu. Eu pensei justamente que eu, no lugar de Lula, teria enviado publicamente dois vasos de guerra pra Guiana, o submarino Riachuelo para demonstrar poder mesmo, e uma fragata. Também avisava que tinha despachado via Kc-390 uns 2 ou 3 Astros2020 munidos com o AVTM-300 (isso levando em consideração que já está ativo, eu realmente não tenho certeza se sim). E também avisava que tinha despachado pra Manaus uns 2 Gripens com vários mísseis, com ênfase para o Meteor (isso claro, partindo do pressuposto que já o recebemos), e um E-99. E uma coisa… Read more »

Wilson França
Wilson França
Reply to  Jadson S. Cabral
2 meses atrás

Um mês fazendo isso e o país quebra. Aí mesmo que não vai ter grana para lote adicional de gripen, para as fragatas e mais nada….

Jadson S. Cabral
Jadson S. Cabral
Reply to  Wilson França
2 meses atrás

Como eu disse. Melhor fechar o ministério da defesa então e desistir dessa brincadeira de forças armadas, porque quando precisa não tem dinheiro… defesa custa caro. Se não for pra investir, é melhor não ter.

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Wilson França
2 meses atrás

Dinheiro tem, o governo ta gastando bilhoes pra comprar voto no Congresso, ta soltando verba (muitos bilhoes) do Orçamento secreto para os Senadores apoiarem o Flavio Dino para STF. então dinheiro tem, o problema é que a prioridade do Executivo não é a defesa nacional e regional e sim se manter a governabilidade. Isso só escancara o fato de que entra governo e sai governo e não se tem um projeto para o país, apenas projetos de poder próprio de 4 anos e não a longo prazo para o país.

Farias
Farias
Reply to  MMerlin
2 meses atrás

Eu não sei se o pessoal superestima as FA brasileiras, ou se subestima as FA venezuelanas, mas parece que tem gente aqui que tem certeza absoluta que se o Brasil entrasse em guerra com a Venezuela seria negócio fácil e rápido.

Mandar tropas para realizar exercícios na Guiana é bonito no papel, mas e se a Venezuela resolver dobrar a aposta e atacar mesmo assim? O pessoal que defende o intervencionismo vai estar nas portas dos quartéis se voluntariando? Ou vão ficar só fazendo comentários na internet?

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Farias
2 meses atrás

Função de militar é luta pelo interesse da nação se morrer, morreu faz parte, não quer esse risco pede exoneração e vai trabalhar com outra coisa.

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  Rodrigo
2 meses atrás

Teste

Wilson França
Wilson França
Reply to  Rodrigo
2 meses atrás

Ainda bem q tu não é comandante. Imagina como seriam suas táticas numa guerra.

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Wilson França
2 meses atrás

Não sou militar, mas cada.um tem sua obrigação, só pintar meio fio, passar cal em árvore e se mete em urna eletrônica não dá…tem que faze o que importante gera resultado.

Brandão
Reply to  Farias
2 meses atrás

Não precisamos de voluntários, contra venezuela não!

Farias
Farias
Reply to  Brandão
2 meses atrás

A Rússia também não precisava contra a Ucrânia.

Jadson S. Cabral
Jadson S. Cabral
Reply to  Farias
2 meses atrás

Primeiro, é altamente improvável que o Maduro dobrasse a aposta, sobretudo contra os EUA, que tbm entrariam de apoio caso precisássemos. Segundo, se for esse o seu argumento, é melhor acabar com as forças armadas, porque para vocês nada é motivo pra usá-las. Se o conflito é do outro lado do mundo, não tem pq o Brasil se envolver pq isso ou aquilo… se o conflito é literalmente na nossa fronteira, inclusive com possibilidade de incursão no nosso território, tbm não tem pq o Brasil intervir pq não é problemas nosso… poxa… quero saber de de vocês o que é… Read more »

Farias
Farias
Reply to  Jadson S. Cabral
2 meses atrás

“Vocês” quem? Quando eu falei que as FA não devem garantir a integridade territorial brasileira? Porque ao invés de criar espantalhos para parecer iluminado, o senhor não se atem aos argumentos que eu de fato apresentei?

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  Farias
2 meses atrás

Garantir que não inicie conflito na Guiana é garantir nossa fronteira que já foi ameaçada em 1993 operação SURUMU…

Last edited 2 meses atrás by Carvalho2008
Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  Farias
2 meses atrás

Faça o exercício dos cenários mais prováveis.. e verá que será melhor….até para Lula….vamos lá…Faça o cenário….

Wilson França
Wilson França
Reply to  Farias
2 meses atrás

A gente não tem condições de enviar nada rápido para Roraima. Nessa proporção que desejam, seriam meses.
E a Venezuela tbm não está mobilizando nada, então de qq modo seria só jogar dinheiro fora.

Macgaren
Macgaren
Reply to  MMerlin
2 meses atrás

Mandando uma carta em lingua neutra para o presidente da Guiana

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Henrique
2 meses atrás

O Brasil sempre foi e sempre será um país de frouxos e covardes, sempre com esse papinho furado de “país pacífico”. Veja que o EB mandou blindados para defender a fronteira e um palhaço já acionou a Justiça para impedir que o Brasil exporte armas(o que nem é o caso) para países em guerra. Também esse ano tentaram impedir a compra do Centauro. Enfim, a mentalidade das lideranças desse país é essa, no dia em que tomarem parte do território com certeza políticos e militares vāo aparecer falando “vamos abrir māo do território só para evitar a guerra”. Um país… Read more »

Realista
Realista
Reply to  Henrique
2 meses atrás

Você está viajando ..

Quantos países garantiram a Ucrânia ?

Henrique
Henrique
Reply to  Realista
2 meses atrás

pelo menos umas duas dúzias incluindo a Russia.. e por pelo menos umas duas vezes… enviar ajuda pra Ucrânia é mínimo da obrigação deles

e é o que o Brasil deveria estar fazendo o mesmo ao menos pra impedir o conflito por dissuasão.

Maduro chegou onde chegou pq o brasil é a Banania mesmo

Last edited 2 meses atrás by Henrique
Realista
Realista
Reply to  Henrique
2 meses atrás

pelo menos umas duas dúzias incluindo ”

Ninguém garantiu a Ucrânia e inclusive ninguém sequer mandou tropas, o máximo que fizeram foi entregar armas .

Henrique
Henrique
Reply to  Realista
2 meses atrás

“Ninguém garantiu a Ucrânia ”

Memorando de Budapeste
—-
“máximo que fizeram foi entregar armas ”

mínimo…

Last edited 2 meses atrás by Henrique
Realista
Realista
Reply to  Henrique
2 meses atrás

Tem alguma tropa dos EUA ou de algum outro países em guerra com a Rússia ?

Oráculo
Oráculo
Reply to  Realista
2 meses atrás

Tropas regulares não, mas mercenários pagos pela OTAN calcula-se que já passaram mais de 20 mil por lá, sob o “nome fantasia” de Legião Internacional.

Voltamos a idade média. Em vez de mandar soldados, os países enviam mercenários pra fazer o serviço sujo.

Isso já vem sido falado aqui desde o início da guerra.

Ou alguém ainda acredita que os americanos mandaram 2 baterias Patriot pra Kyev e quem opera são Ucranianos que fizeram um curso de 2 semanas via EAD?

Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  Oráculo
2 meses atrás

Os Ucranianos receberam baterias Patriot da Alemanha, Holanda e EUA, estiveram, estão e continuarão a estar, ucranianos na Alemanha, treinando com baterias Patriot e Íris-T. Estão também no Reino-Unido treinando forças especiais e em outros países como Romênia e EUA, treinando pilotos de F-16. Tem graça, chamar os voluntários estrangeiros, de mercenários ao serviço da OTAN, existem lá Brasileiros, pergunta se foram forçados por alguém a estar lá. isto vindo de quem comprou e obrigou literalmente,prisioneiros civis a ir para a frente, de quem agarrou em Sírios, Líbios e agora refugiados Palestinianos e os engana, com promessas de muito dinheiro,… Read more »

bit_lascado
bit_lascado
Reply to  Henrique
2 meses atrás

Exatamente, tivemos a chance de criticar a chance de criticar a invasão russa a Ucrânia e perdemos, mudou o governo e veio a lorota de “quando um não quer, dois não brigam”, agora bem no nosso quintal tem uma crise dessas e o governo vem com “veja bem” todo medroso.

Fëanor
Fëanor
2 meses atrás

Assume que o filho é teu. Tudo farinha do mesmo saco.

Lula e toda a esquerda da América Latina têm culpa no cartório no que tange ao regime ditatorial e, agora, expansionista/imperialista, de Maduro.

E, sim, terá base militar americana na região amazônico de Essequibo. Tremei-vos milicada tupiniquim.

Oráculo
Oráculo
Reply to  Fëanor
2 meses atrás

Se a situação escalar é justamente isso que vai acontecer.

A grande “herança” desse possivel conflito é:

EUA e OTAN vão ter o petróleo da Guiana a sua disposição.

Vão abrir uma Base Militar na fronteira do Brasil, em plena floresta amazônica.

E ainda vão usar a conservação da Amazônia e a luta contra o desmatamento e o aquecimento global como um dos motivos pra defender a Guiana e entrar em guerra.

E assim a guerra será apoiada pela turminha do todEs , que lá nos EUA eles chamam de WOKE.

Nativo
Nativo
Reply to  Oráculo
2 meses atrás

Ué a outra turminha apoiaria da mesma forma uma base dos EUA na Amazônia, com a desculpa de que estariam nos defendendo da expansão comunista kkkkkk.
Enfim nada de diferente entre as turmas de fanfarroes digitais

RDX
RDX
2 meses atrás

Maduro acaba de assinar o decreto anexando parte do território da Guiana. O próximo ato deve ser o envio de tropas para ocupar o terreno. O único acesso terrestre obriga a passagem de tropas venezuelanas pelo território brasileiro. O governo está perdido. Para piorar o líder do Itamaraty hoje foi acusado de racismo.

https://g1.globo.com/mundo/noticia/2023/12/08/maduro-anuncia-decretos-para-criar-essequibo-e-uma-comissao-para-recuperar-territorio-da-guiana.ghtml

Last edited 2 meses atrás by RDX
SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  RDX
2 meses atrás

Somos um anão diplomático, estão mais perdidos do que cego em tiroteio.

Já se queimaram na Ucrânia, em Israel com todo o antissemitismo desse desgoverno e agora vão levar o caos para a América do Sul.

ODST
ODST
2 meses atrás

Romper com o ditador? Já não era para ele ter feito isso há muitos anos atrás? Não é nem para esperar uma invasão, o Brasil deve ser CLARO e se posicionar CONTRA os planos do Maduro IMEDIATAMENTE, não depois que o estrago já estiver feito. Ele tem que falar isso em público, não apenas sussurrando para os aliados por trás das cortinas

Last edited 2 meses atrás by ODST
Realista
Realista
Reply to  ODST
2 meses atrás

Porque o Brasil tem que romper com ditaduras enquanto os EUA e outros ai que são ” exemplos ” não rompe com ditaduras como a China e Arábia Saudita ?

Henrique
Henrique
Reply to  Realista
2 meses atrás

“ainnnnnn mas us Eua”

ODST
ODST
Reply to  Realista
2 meses atrás

O EUA faz isso meramente por questões de influência e economia, o Brasil não precisa e nem faz sentido fazer isso com a Venezuela, já que economicamente eles são irrelevantes e a importância deles na região é quase nula. Então não existe motivo para mantermos relações com um país assim.

Realista
Realista
Reply to  ODST
2 meses atrás

E porque os EUA mantem relações com a Venezuela ?

ODST
ODST
Reply to  Realista
2 meses atrás

Interesses. Influência. Eles tem esse poder de projeção que nos falta, portanto, não há sentido em copiarmos eles.

Realista
Realista
Reply to  ODST
2 meses atrás

KKKKKKKKKKKKKK

viu como seus argumentos não se sustenta ?

E o Brasil não pode ter interesse e influência ?

Na pandemia por exemplo o Brasil teve que importar oxigênio da Venezuela.

ODST
ODST
Reply to  Realista
2 meses atrás

Chegou o socialista com seus “argumentos” e risadinhas da quinta série. Volta pro Twitter, vai.

Realista
Realista
Reply to  ODST
2 meses atrás

Você não refutou nenhuma das minhas falas até agora .

ODST
ODST
Reply to  Realista
2 meses atrás

Nem perco meu tempo com você. Você é o bufão da trilogia.

Pedro
Pedro
Reply to  Realista
2 meses atrás

Petróleo

Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  Realista
2 meses atrás

Relações???
Não lhe chamaria isso, mantém diálogo diplomático, nada mais.

Mig25
Mig25
Reply to  ODST
2 meses atrás

Um país com as maiores reservas de petróleo do mundo é irrelevante? Kkkkkk
Se fosse irrelevante, não tinham tanta atenção dos EUA…
E outra, é um país que importa quase tudo que consome.

ODST
ODST
Reply to  Mig25
2 meses atrás

Sim, para o Brasil no atual estado deles eles são economicamente irrelevantes. Afirmo e reafirmo sem medo de errar. Aliás, eles já pagaram o que devem ao Brasil?

Last edited 2 meses atrás by ODST
Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Realista
2 meses atrás

Segundo a Freedon House, são considerados países Não-Livre (Not free) em uma escala de 0~100, além da Venezuela (29 pontos) Arábia Saudita (25 pontos) Bielorrusia (25 pontos) Cazaquistão (34 pontos) China (09 pontos) Cuba (20 pontos) Egito (28 pontos) Etiópia (26 pontos) Turquia (30 pontos) Irã (11 pontos) Miamar (10 pontos) Paquistão (26 pontos) Russia (21 pontos) Sudão (30 pontos) Tailandia (39 pontos) Turquia (30 pontos) Vietnâ (22 pontos) Ubequistão (25 pontos) Destaco que a China tem a menor pontuação, mas é o principal parceiro comercial do Brasil e dos EUA. A Arábia Saudita é um parceiro estratégico dos EUA.… Read more »

L G1e
L G1e
Reply to  Camargoer.
2 meses atrás

Cuba está bem nessa lista melhor que China e Iran…

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  L G1e
2 meses atrás

Concordar ou discordar dos critérios da FreendomHouse faz parte do debate. Eles têm um sistema de pontuação, dividido em temas, ainda assim é um sistema de classificação. Pode-se adotar outros.

No sistema deles, o Brasil é um país parcialmente livre com 64 pontos e os EUA são livres com 74 pontos.

Os países com maior pontuação são as democracias escandinavas.

https://freedomhouse.org/explore-the-map?type=fotn&year=2023

JapaSp Jantador
JapaSp Jantador
Reply to  Camargoer.
2 meses atrás

Eu colocaria Russia menos livre que Cuba.

L G1e
L G1e
Reply to  Camargoer.
2 meses atrás

Turquia, Iran e Rússia dessa lista tem eleição. Isso é perseguição do imperialismo.

Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  L G1e
2 meses atrás

Democracia não é só ter eleições e muitas ainda por cima são fraudulentas, mas também conta, ter tribunais independentes do estado, meios de informação independentes, ter autoridades judiciais e não só, que escrutinar o governo e ainda outras coisinhas mais.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  L G1e
2 meses atrás

Caro LG. Uma coisa de cada vez. Eu adotei como critério a avaliação da FreedonHouse. Poderia ter sido qualquer outro critério no qual a lista de países não-democráticos seria mais ou menos parecida. O ponto é que o Brasil se relaciona comercialmente e diplomaticamente com países democráticos e não-democráticos. Defender o rompimento diplomático com a Venezuela por causa do seu regime politico implica romper com outros países. Aliás, a CHIna também tem eleiçoes regulares, mas o regime político é o de Partido Único. Ainda que os EUA tenham liberdade partidária, há décadas o sistema lá é na prática bipartidário e… Read more »

Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  Camargoer.
2 meses atrás

A China é o maior parceiro econômico praticamente de todos, também é da UE.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Rui Mendes
2 meses atrás

Exato. O que mostra a necessidade de certo pragmatismo na política externa. Faz mais sentido para o Brasil ter uma Venezuela estável, sendo uma parceira comercial brasileira importadora de bens de consumo industrializados e serviços e uma fornecedora de petróleo, energia e derivados químicos, que um país isolado e em espiral de declínio econômico. Aliás, este mesmo raciocínio se aplica para a Argentina, Paraguais, Uruguais, Chile e todos os países da América Latina. Quando se defende romper relações diplomáticas com a Venezuela (e isso já foi feito recentemente) a partir da perspectiva do país ser uma Não-democracia, isso implicaria uma… Read more »

Allan Lemos
Allan Lemos
2 meses atrás

Que pena que os coleguinhas do Foro vāo brigar.

Carvalho2008
Carvalho2008
2 meses atrás

A 7nica coisa que o Brasil tem de fazer é avaliar quanto vale Roraima e quanto vale mante-la longe do risco de invasões subsequentes após tropas estrangeiras rechear o local. Do ponto de vista geopolítico o Brasil deveria: – Sob convite da Guiana, entrar e realizar exercícios de tropas lá, antes que tropas estrangeiras o façam, – Paralelamente conseguir do CS ONU, a aprovação como forças de paz Não percam tempo elocubrando se estas forças ganhariam da Venezuela no primeiro round. NAO GANHARIA e não ligo sob o ponto de vista técnico Seria improvável e altamente improvável que a Venezuela… Read more »

A C
A C
2 meses atrás

Ao contrario do que muitos pensam e apesar das dificuldades enfrentadas, os canais diplomaticos brasileiros sao muito bons e ainda gozam de bastante prestigio no cenario internacional. As conversas acontecem nos bastidores e fora da midia com a intencao de colocar “panos quentes” na situacao mas parece que o Sr. Maduro estah mesmo empenhado pelo caos. Sem nenhum interesse genuino pelo sofrido povo venezualeno que eh grotescamente manipulado pelo sentimento patriotico e cai como uma vitima surda e cega, o objetivo do Sr. Maduro (e seus asseclas) eh a perpetuacao no poder. Para a America Latina, eh um desfortunio pois… Read more »

Last edited 2 meses atrás by A C
Capa Preta
Capa Preta
2 meses atrás

Levantou da mesa só Bar pra passar um dia sóbrio?? Finalmente.

Adriano Silva
Adriano Silva
2 meses atrás

Presidente Fraco e Frouxo.

Diego
Diego
Reply to  Adriano Silva
2 meses atrás

Esse país sempre teve presidente assim

Brandão
Reply to  Diego
2 meses atrás

nem sempre….talvez na “democracia” de 85 pra cá….mas nem sempre.

Realista
Realista
Reply to  Adriano Silva
2 meses atrás

Oque não é Frouxo é aquele que fugiu do país ..

Mig25
Mig25
Reply to  Adriano Silva
2 meses atrás

Concordo. Presidente macho é aquele que, quando acaba a saliva, entra a pólvora taokei!?

Macgaren
Macgaren
2 meses atrás

Quero ver os militontos irem servir o grande mestre nessa guerra kkkk

E ainda atirando com fuzil de lingua neutra

Realista
Realista
Reply to  Macgaren
2 meses atrás

Se língua neutra fosse o problema não teria general trans no exército dos EUA .

Jadson S. Cabral
Jadson S. Cabral
2 meses atrás

Romper é muito pouco. Se essa guerra acontecer, a diplomacia e a dissuasão brasileiras estarão acabadas e o Brasil passará um vexame, dando atestado de que não controla seu quintal e que não merecemos o título de potência regional.

Os guianeses recorrem aos EUA porque não podem recorrer ao Brasil, pois não fazemos o nosso papel.

Werner
Werner
2 meses atrás

Piada do ano,esse ser só engana a claque.

Sergio
Sergio
2 meses atrás

A casa branca já fez chegar aos ouvidos dele a sandice de mesmo ficar ” neutro” em caso dessa loucura acontecer. O molusco é esperto. Sabe quem o colocou no poder em lugar do capitão antipático aos globalistas. Houvesse outro em condições de bater o Jair nas urnas, estaria ainda recebendo visitas da janja pro chá broxante lá em Curitiba.

Paulo Roberto
Paulo Roberto
Reply to  Sergio
2 meses atrás

Pois é.Uma vez,conversando com conhecidos que se intitulam esquerdistas,eu soprei essa verdade nos ouvidos deles e quase fui linchado!Da mesma forma que os USA usaram o judiciário pra tirar Dilma e Lule do poder,já que estavam “pondo as manguinhas muito pra fora”,ficando muito independentes e antagonizando demais quem manda realmente aqui,tiveram que usar o judiciário novamente pra habilitá-lo a concorrer e vencer o maior aliado do Trump em todo o mundo,e só tomou posse porque o próprio diretor da CIA veio até aqui,em Brasília,puxar a orelha do Bozo e do alto comando militar sobre o golpe que ia sim,ser dado.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Sergio
2 meses atrás

Olá Sergio. Os EUA perderam os canais diplomáticos com a Venezuela há vários anos, assim como a OEA também comprometeu seus canais ao apoiar Guaidó. O governo brasileiro também tinha prejudicado seus canais diplomáticos com a Venezuela, inclusive com o fechamento da sua embaixada em Caracas. Tanto, que as negociações entre o governo venezuelando e a oposição para a realização de eleições em 2024 teve a mediação do México. Lá em 2017, escrevi aqui que o governo brasileiro havia cometido um erro diplomático ao se alinhar com a política dos EUA de atacar Maduro e apoiar Guaidó e que isso… Read more »

gustavo
gustavo
2 meses atrás

nosso maior problema vai ser com os americanos, estamos cercados por base, sao paises Otan que sempre critica o brasil por questoes ambientais,minha preocupação mostra que o brasil ainda não tem projeto no setor de defesa, e o governo nao esta nenhum pouco interessado , nem classe politica, ja que nossos deputados quando estao querendo aparecer para mídia pq um lado ganhou seus destino e o mesmo estados unidos ou frança. unico caminho e um caminho nacionalista, ou monarquista .

Last edited 2 meses atrás by gustavo
PauloOsk
PauloOsk
2 meses atrás

Ja era pra no minimo o Tonelero e o algum Bat Inf Pqdt em peso estar dentro da Guyana.

Heinz
Heinz
2 meses atrás

Um deveria está preso, o outro deveria ter ido pra força igual a saddan. Só pela maldade que ele faz com os venezuelanos.

Jagdv44
Jagdv44
2 meses atrás

Mentiroso contumaz.

Renato de Mello Machado
Renato de Mello Machado
2 meses atrás

Vai lá tomar uma cerveja com ele para resolver o problema.Disso tu entende.

Jordan Silva
Jordan Silva
2 meses atrás

Uma coisa que me vem à cabeça desde que esse auê começou é que os abençoados das Forças e de Brasília bem que poderiam ressuscitar correndo o MAR-1 agora, podia ser um bom incentivo pra reavivar o programa por conta das baterias anti-aéreas da Venezuela…

Luiz
Luiz
2 meses atrás

vendo algumas das mensagens que o pessoal posta aqui, só me faz lembrar daquela frase antológica: “perdeu mané, não amola”

Last edited 2 meses atrás by Luiz
Erasto
Erasto
2 meses atrás

A minha preocupação é se o Wagner Group estiver atuando na Venezuela.

Jagder
Jagder
2 meses atrás

Esse “líder” brasileiro é uma vergonha!
Nossa autoestima está lá em baixo.

Orivaldo
Orivaldo
2 meses atrás

Mas a amizade para tomar aquela Cervejinha e discutir empréstimos continua

Antonio Cançado
2 meses atrás

À direita na foto está um dos principais responsáveis por essa cagada toda, um velho safado e sem caráter que jamais poderia ter a influência que tem…

Carlos Campos
Carlos Campos
2 meses atrás

Que traíragem do Lula

Patta
2 meses atrás

Eu sinceramente não consigo entender o por que as principais brigadas estão no sul, centro-oeste e sudeste. Sendo a principal área a ser defendida é o norte do Brasil. Chega a ser um tremendo absurdo o EB levar 30 dias para levar o “básico” a região norte.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Patta
2 meses atrás

Desde a Independência, as crises ocorreram na fronteira sul. Argentina, Paraguai, Província Cisplanita e depois Uruguai, Além disso, a Capital era o Rio de Janeiro. As fronteiras Norte e Centro-Oeste só se tornam realmente ocupadas e acessíveis a partir da década de 60/70, após a capital ser transferida para Brasília e com o início das exploração mineral e avanço da fronteira agrícola. A região Norte não chega a ser a principal área a ser defendida, mas se tornou importante. Lembre que o NE foi região de maior importância estratégica durante a II Guerra, tanto que Natal foi uma das principais… Read more »

Patta
2 meses atrás

Eu não consigo entender o quão absurdo é para o EB levar 30 dias pra levar o “Básico” a região norte. E também, o por que as principais brigadas estão no centro-oeste, sul e sudeste sendo que deveria estar dividida no norte e sul do país.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Patta
2 meses atrás

Caro. O EB levará 30 dias para enviar algumas dezenas de veículos para RR porque não é prioridade. Caso fosse necessário, a FAB tem 6 Kc390 e alguns C130 remanescentes para levar os veículos em poucos dias. Em caso de necessidade urgente, os veículos seriam deslocados das unidades mais próximas, talvez Manaus, Belém ou até do entorno de Brasília.

Patta
Reply to  Camargoer.
2 meses atrás

compreendo. E de fato centralizar os mesmos equipamentos em uma só localidade facilita muito a manutenção dos equipamentos. Foi mal por ter dois comentários com o mesmo objetivo, estou começando a comentar agora nos 3 blogs naval; aéreo e terrestre. Sempre acompanhava mas nunca comentava sobre os assuntos.

Last edited 2 meses atrás by Patta
Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Patta
2 meses atrás

Seja Bem-vindo. Quando mais colegas colocarem suas opiniões e perguntas, melhor será a trilogia.

#tamojunto. #feliz2024.

Bigliazzi
Bigliazzi
2 meses atrás

O nosso presidente em exercício é um banana… Espero que o Presidente Lira tenha mais coragem e se posicione mais rigidamente contra o Idiota do Maduro. A bem da verdade o nosso presidente em exercício e o Maduro se merecem… Um é tão inútil quanto o outro. É capaz do Presidente da China, do outro lado do Mundo dar um pito nesses dois vassalos lambe-botas e acabar com essa bagunça antes que comece. Não será dessa vez que o Prêmio Nobel da Paz vira para terra Brasília.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Bigliazzi
2 meses atrás

Caro, A política externa é uma atribuição exclusiva do Presidente da República (Art.84).

ricardo
ricardo
Reply to  Camargoer.
2 meses atrás

Caro Camargoer, quando falo em Presidente Lira eh apenas uma forma ironica de expressar a nulidade do atual presidente em exercicio, um verdadeiro capacho lambe-botas de nacoes mais influentes como China e Russia. Esse inutil ainda acredita que 1917 eh logo ali.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  ricardo
2 meses atrás

Estou distraído para ironias.

O fato é que o presidente da Câmara tem muito poder, mas um mandato de 2 anos, sem reeleição no mesmo mandato.

Sobre a revolução de 17, ela ocorreu em um ambiente de elevada concentração de renda e desigualdade social.

Talvez você tenha feito um comentário que pode fazer sentido. Se a desigualdade social continuar aumentando, talvez 1917 esteja logo ali.

Leo Costa
Leo Costa
2 meses atrás

O cachaça está fazendo jogo duplo, apesar dele ser um cavalo de tróia dentro do BRICS.. Lula é vassalo do Biden e dos globalistas.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
2 meses atrás

É muita pressão, tanto em cima do Maduro para não invadir quanto em cima do Lula para convencet ao Maduro à não invadir. Parece que o Putin falou para o Maduro não invadir. O risco de uma guerra diminuiu mas ainda não acabou.

Heinz
Heinz
2 meses atrás

O atual governo é um desastre diplomático.

GRAXAIN
GRAXAIN
2 meses atrás

KKKKK – vivi para ver a imprensa publicar essa lorota! O líder supremo do bem e da democracia só está querendo descolar sua imagem do que ele representa, mais nada!

Hélio
Hélio
2 meses atrás

Esse pessoal gosta de jogar truco!! Afff