Hungria ameaçava vetar inclusão do pacote no orçamento do bloco

Os líderes dos 27 países-membros da União Europeia chegaram a um acordo sobre um pacote de 50 bilhões de euros (R$ 268 bilhões) em ajuda à Ucrânia pelos próximos quatro anos, após as ameaças de veto do premiê da Hungria, Viktor Orbán.

“Temos um acordo. Todos os 27 líderes concordaram com um pacote de apoio adicional de 50 bilhões de euros para a Ucrânia dentro do orçamento da UE”, disse Charles Michel, presidente do Conselho Europeu, fórum que reúne os chefes de Estado ou de governo do bloco.

“Desta forma, garante-se um financiamento constante, de longo prazo e previsível para a Ucrânia”, acrescentou Michel, destacando que Bruxelas assume a “liderança e a responsabilidade” do apoio a Kiev.

Para convencer a Hungria a aceitar o pacote, o Conselho Europeu se comprometeu a fazer um debate anual sobre a utilização dos repasses à Ucrânia, com base em relatórios elaborados pela Comissão Europeia, poder Executivo do bloco.

Além disso, se necessário, o conselho poderá pedir que a comissão apresente uma proposta da revisão da ajuda daqui a dois anos. No entanto, os líderes rejeitaram uma proposta de Orbán para instituir uma votação anual sobre a manutenção do auxílio a Kiev. Dessa forma, a Hungria não terá poder de veto.

“Hoje é um bom dia para a Europa”, comemorou a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen. Já o mandatário da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, disse que a decisão “demonstra mais uma vez a forte união da UE”.

“O apoio financeiro contínuo à Ucrânia reforçará a estabilidade econômica em longo prazo, que não é menos importante que a assistência militar e a pressão das sanções contra a Rússia”, acrescentou.

FONTE: Terra

Subscribe
Notify of
guest

117 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rodrigo G C Frizoni
Rodrigo G C Frizoni
24 dias atrás

Uai mas não iam acabar a ajuda ??? hahaha

Emmanuel
Emmanuel
Reply to  Rodrigo G C Frizoni
24 dias atrás

“(…)de longo prazo(…)”

Munhoz
Munhoz
Reply to  Emmanuel
23 dias atrás

O major-general Agostinho Costa explica que este novo pacote de ajuda financeira anunciado pela União Europeia – e que apenas acontece porque a Hungria deixou cair por terra o seu veto – “não se destinará ao esforço militar, mas sim ao funcionamento da administração ucraniana”. Para o comentador da CNN Portugal, “este valor é para manter este sistema, para que a Ucrânia não colapse no sistema civil”, mas é “insuficiente” para fazer frente ao impacto da guerra.

Nilo
Nilo
Reply to  Munhoz
23 dias atrás

A verdade está sempre sendo negada, no Brasil a elite financeira, empresarial e militar brasileira que privilegia a velha estrutura de poder europeia que agora está em maõs dos EUA, está ruindo como centro único de difusão de ideias, tecnologia, comércio, a exemplo do que acontece com a França na Africa, o brasileiro médio muitos, não se identificam com sua cultura seu povo, engole o discurso sem nenhuma análise mais racional a não ser sentimental com uma ausência de vazio que está mídia sobre controle cria no cidadão. Major-general Agostinho Costa é um homem com amor a riqueza da herança… Read more »

Last edited 23 dias atrás by Nilo
Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  Nilo
23 dias atrás

Claro, como também gosta dos ditadores, já não pertence ao velho poder Europeu, mas que afinal, está nas mãos dos EUA????!!??
Como é outro saudosista da URSS, detesta os EUA e a NATO, por isso este senhor, já não é um vergonhoso colonizador, não, agora épatriota.

Carlos
Carlos
Reply to  Nilo
19 dias atrás

Esse oficial general, de nome Agostinho Costa, é uma pessoa pro-Putin nem vale a pena ouvir os argumentos que apresenta e para testemunhar um dos debates que esteve envolvido com a professora Helena Ferro Gouveia e também já teve com os professores de relações internacionais Azeredo Lopes e Diana Soller e aqui fica um exemplo https://tviplayer.iol.pt/programa/jornal-das-8/53c6b3903004dc006243d0cf/video/628561fd0cf26256cd24bd9e já tem um ano

Underground
Underground
Reply to  Rodrigo G C Frizoni
24 dias atrás

Assim querem os russos e apoiadores, até porque na última semana perderam pessoal, blindados, aviões e navios.

rfeng
rfeng
Reply to  Underground
24 dias atrás

E a Ucrânia também

Nilo
Nilo
Reply to  Underground
23 dias atrás

O retorno do Zé Lascado dentro de seis meses com o pires na mão, ameaçando a Europa da perda da democracia, berrando, a torneira está gotejando, abram mais, estou morrendo de sede. A questão é saber quem engana quem neste jogo.

Quirino
Quirino
Reply to  Rodrigo G C Frizoni
24 dias atrás

Como eu venho dizendo, provavelmente esse ano sairia ainda ajuda a Ucrânia mas duvido que isso aconteça ano que vem, a rejeição a continuar ajudando a Ucrânia esta enorme, nos Estados Unidos mais de 60% da população é contra continuar a ajudar a Ucrânia, a UE não esta muito longe disso, hoje mesmo enquanto os lideres se reuniam do lado de dentro em Bruxelas, do lado de fora uma enorme manifestação contra a Ucrânia acontecia com direito a sair confronto entre policia e manifestantes. Trump será eleito novamente e isso vai passar uma mensagem muito clara para todo politico apoiador… Read more »

Last edited 24 dias atrás by Quirino
Alecs
Alecs
Reply to  Quirino
24 dias atrás

“Trump será eleito novamente e isso vai passar uma mensagem muito clara para todo político apoiador da Ucrânia, mais cedo ou mais tarde os políticos vão ter que se preocupar com eleições, ai amigo, Ucrânia que se vire sozinha.” Tirou da sua bola de cristal? A matéria diz: “Os líderes dos 27 países-membros da União Europeia chegaram a um acordo sobre um pacote de 50 bilhões de euros (R$ 268 bilhões) em ajuda à Ucrânia pelos próximos quatro anos” 4 anos! Leu essa parte? Acha mesmo que Trump vai ir contra a indústria de defesa que está lucrando e principalmente,… Read more »

Last edited 24 dias atrás by Alecs
Quirino
Quirino
Reply to  Alecs
24 dias atrás

Que ajuda econômica esses pacotes estão gerando para a economia europeia e americana, vc viu a situação econômica dos Estados Unidos? Vc viu a situação econômica da UE? Desde quando governos torrarem rios com armas quando a economia esta ruim é uma coisa boa? Os governos estão gastando horrores de dinheiro, é verdade que o dinheiro vai para suas industrias militar mas o beneficio acaba ai, desde o inicio da guerra a economia da Europa e Estados Unidos piorou, a pergunta que fica é ate quando americanos e europeus vão tolerar seus governos torrando uma nota em armas com suas… Read more »

Last edited 24 dias atrás by Quirino
Hcosta
Hcosta
Reply to  Quirino
24 dias atrás

Diga lá como está a situação económica nos EUA e na UE…

paulof
paulof
Reply to  Hcosta
24 dias atrás

Qual é o mercado americano que não se saiu bem com essa invasão russa, hoje aumentaram ganhos com gás, alimentos, vendas militares para resto do mundo.

JHF
JHF
Reply to  paulof
23 dias atrás

Podemos dizer o contrário dos países da EU.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  paulof
23 dias atrás

Olá Paulo. Acho que muitos setores econômicos dos EUA ampliaram o seu mercado. Você tem razão.

Alecs
Alecs
Reply to  Quirino
24 dias atrás

“Desde quando governos torrarem rios com armas quando a economia esta ruim é uma coisa boa?” A Rússia e os pobres coitados dos russos que o digam, né? Você viu o que Macron e Stoltenberg falaram sobre segurar a Rússia na Ucrânia? Os europeus não são bobos, sabem que se a guerra ultrapassar as fronteiras ucranianas é muito pior que manterem a ajuda, tanto que aprovaram os 50 bilhões de Euros. Vão continuar apoiando a Ucrânia mesmo “quando a economia esta ruim”. Indústria de defesa, como você mesmo disse na postagem anterior, e agora tenta inverter, dá lucro, gera emprego… Read more »

Nativo
Nativo
Reply to  Alecs
24 dias atrás

Perfeita resposta aos argumentos de quem acredita em bonzinho e mauzinho.

Charle
Reply to  Alecs
23 dias atrás

Prezado, acontece que esse “bem-estar” norte-americano que o trump tanto preza é conseguido através do incentivo, manutenção e progresso do parque industrial local. Além, é claro, de muita proteção para os produtores e serviços locais. Seja de qual área forem. Neoliberalismo eles incentivam e implementam só em nações latinas, africanas e asiáticas fracas e pobres. E mesmo em alguns desses países, já percebendo a tragédia que é a ideologia do “mercado se auto-regula”, gradativamente começaram a sair dessa desgraçada matriz econômica imposta pelos EUA que só gera miséria, indigência, dívida e precariedade social para quem as nações que a adotam.… Read more »

Last edited 23 dias atrás by Charle
rui mendes
rui mendes
Reply to  Quirino
24 dias atrás

Sendo suave, isso das manifestações contra a Ucrânia, é uma inverdade. Hoje do lado de fora, do parlamento Europeu, havia protestos fortes sim, confrontos com a policia, sim, e não só em Bruxelas, mas por toda a UE, só que nada tinha ou tem, a ver com a Ucrânia, são agricultores da UE, que estão a manifesþar-se, contra as leis da agricultura comunitária, contra o exagero de cumprir acelaradamente, leis contra as alterações climáticas. A UE e só a 3 maior economia do mundo, de longe, muito longe mesmo, não é por não gostares de isso, que isso deixa de… Read more »

Jose
Jose
Reply to  rui mendes
23 dias atrás

Caro Rui é só a terceira economia do mundo, mas é a principal responsável pelas narrativas ambientais/matriz energética, nada mais justo do que colher esses frutos agora, é de uma insanidade colocar uma economia como a da Alemanha por exemplo no vermelho que é ate difícil acreditar, mas sim, a irresponsabilidade dos eco doidos estão enfraquecendo um continente, consequentemente colocando os países do bloco em situação mais vulnerável a ataques econômicos e até ações militares mesmo que não diretas como tem ocorrido via imigração.

Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  Jose
23 dias atrás

Então não existem alterações climáticas??? Realmente seria mais fácil, olhar no curto prazo e siga, quem vier atrás que feche a porta, só que os que vem atrás, são os filhos e netos de todos os presentes. A Alemanha e a Europa, estão a pagar por isso, mas se não fizer nada, o que o clima vai causar de prejuízos, aliás já está a causar, são prejuízos estratosféricos, e tem que se fazer a adaptação para essa economia verde, que vai gerar muitos milhões de empregos também e novas indústrias vão surgir. Isso vai ser inevitável e quem fizer essa… Read more »

Jose
Jose
Reply to  Rui Mendes
22 dias atrás

Caro Rui se recorda da história do CFC e a camada de ozônio, o mundo estava prestes a acabar segundo os “especialistas” daquela época assim como pregam hoje, se não foi dessa época da uma pesquisada e veja o que aconteceu, veja também o que estão fazendo com o CFC hoje depois de 30 anos e tire suas conclusões, o problema Rui é que pessoas/interesses tem pregado o apocalipse climático mas com outros objetivos que certamente não é a preservação do meio ambiente, me desculpe Rui acreditar em ONU, OMS, FMI e outras instituições e ONG’s nesse momento não parece… Read more »

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Rodrigo G C Frizoni
24 dias atrás

Olá Rodrigo. A Europa está passando por uma onde de protestos pela manutenção dos subsídios para a agricultura, inclusive criticando o acordo UE e Mercosul.

Euro$ 50 bilhões é muito dinheiro. Quanto tempo até a população europeia se dar conta disso?

É o que eu tenho apresentado… em algum momento, a população e os eleitores europeus vão questionar esta ajuda.

Macgaren
Macgaren
Reply to  Camargoer.
23 dias atrás

Ai fica complicado, escolher entre passar fome ou serem atacados pela russia, parece que os lideres europeus preferem permanecer vivos.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Macgaren
23 dias atrás

Imagino que os líderes europeus escolheram a Europa, assim com os EUA escolheram os EUA.

Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  Macgaren
23 dias atrás

Passar fome???
Então a Europa, para ajudar a Ucrânia, passa fome???
Foi isso que disseste??
A Europa ajuda a Ucrânia desde o início,vê o maior contribuinte, na ajuda, dos países ricos aos mais pobres, pelas alterações climáticas, um dos maiores financiadores das ajudas humanitárias no mundo e passa fome????
Grande credibilidade.

Jose
Jose
Reply to  Rui Mendes
21 dias atrás

A Europa ajuda a acabar com a fome e a preservar o meio ambiente no mundo kkkkkkkk, cara essa foi boa mesmo, ao melhor estilo Costinha, Ari Toledo entre outros, não se preocupe sabemos que é mentira, mas ainda assim torcemos para esse lado do mundo, entre o ruim e o péssimo no momento ficamos com o ruim mas ciente de que não valem nada também.

Nilo
Nilo
Reply to  Camargoer.
23 dias atrás

Não só isso Camargoer, mas a própria percepção do cidadão americano e europeu em ter que acreditar que a Rússia é uma ameaça para suas democracias, então se perguntam como estava a economia antes do conflito e depois, quanto, só para dar um exemplo estão pagando pelo consumo da energia para aquecimento das suas casas. Todos os recursos até então foram dados a Ucrânia, seja em armas e em dinheiros, foram da UE e seus Estados-membros mais de US$ 75 bilhões em apoio militar, econômico e humanitário, em setembro/2023 o governo dos EUA confirmou que até agora gastou mais de US$… Read more »

Last edited 23 dias atrás by Nilo
Henrique
Henrique
Reply to  Camargoer.
23 dias atrás

“Euro$ 50 bilhões é muito dinheiro. Quanto tempo até a população europeia se dar conta disso? ” baixar imposto, diminui o tamanho do estado que resolve o problema dos subsídios… engraçado que isso nunca passa pela cabeça de quem defende estado… curva de laffer é praticamente papo de loco nessas horas kkkk “ em algum momento, a população e os eleitores europeus vão questionar esta ajuda.”” ah vai ser tipo os povo nos eua questionando pq o governo ta entupindo o setor de defesa deles e gerando vários empregos diretos e indiretos… pq ate onde todo mundo sabe a ucrânia… Read more »

Realista
Realista
Reply to  Rodrigo G C Frizoni
23 dias atrás

Ajuda é o de menos logo logo vai faltar pessoas ..

LUIZ
LUIZ
Reply to  Rodrigo G C Frizoni
23 dias atrás

É um dinheiro jogado fora,pois nunca voltará pra os cofres da União Europeia.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  LUIZ
23 dias atrás

Bem, do ponto de vista europeu, é uma vantagem. O dinheiro vai movimentar a economia europeia, pagar as despesas de custeio das forças armadas europeias e reduzir a crise social e humanitária dos refugiados ucranianos que estão na Europa.

Dinheiro europeu para ser gasto na Europa

Nilo
Nilo
Reply to  LUIZ
23 dias atrás

A não ser que recuperem a rica região de Donbass a estratégica Crimeia, bem acredito que no futuro teremos uma segunda versão da contra ofensiva ucraniana rsrsrsr

RODES
RODES
24 dias atrás

Kiev em 3 dias

aguentem firme

Paulo Roberto
Paulo Roberto
Reply to  RODES
23 dias atrás

Bosco,Putin jamais intencionou tomar Kiev,este dinheiro só vai aumentar a agonia do que restar do território da Ucrânia,pois Polônia,Romênia,Hungria estão de olho em porções do seu território,e a transformar num deserto de gente

Heinz
Heinz
Reply to  Paulo Roberto
23 dias atrás

“Bosco,Putin jamais intencionou tomar Kiev”
Claro que não, ele apenas enviou suas melhores unidades contra a capital para serem eliminadas porque estava chateado com alguns membros delas.
É verdade esse bilhete.

Paulo Roberto
Paulo Roberto
Reply to  Heinz
23 dias atrás

Sim,por aí mesmo.Muitos rapazes das tropas de elite não o agradavam,e ele aproveitou a oportunidade para eliminá-los usando a Ucrânia para isso

KKce
KKce
Reply to  Paulo Roberto
23 dias atrás

Não? A batalha em Hostomel foi pegadinha? O objetivo era sim tomar a capital e assim terminar a guerra de forma rápida, a invasão se iniciou assim, marcharam em direção à capital, ou você realmente acha que o objetivo era se desgastar por mais de 2 anos em uma guerra de atrito?

Paulo Roberto
Paulo Roberto
Reply to  KKce
23 dias atrás

Que nada,imagina.Os objetivos principais, ao arrastar a guerra por dois anos, eram testar as capacidades cognitivas e de retórica maniqueísta do Biden

sergio
sergio
Reply to  Paulo Roberto
23 dias atrás

Putin jamais intencionou tomar Kiev “
Concordo com você……Putin chegou as portas de Kiev em março de 2022 para: Reviver e fortalecer a Otan, que por si mesmo já estava em decadência. Incentivar a expansão da OTAN e fortalecer e expandir a indústria bélica americana e europeu…….tudo o que ele queria conseguiu, Поздравляем Влади́мир Пу́тин !

Paulo Roberto
Paulo Roberto
Reply to  sergio
23 dias atrás

Simm,correto!E lhe digo mais,Putin é,desde os tempos da finada URSS,um agente quinta-coluna,cooptado pelos EUA e OTAN com a única missão de desagregar e acabar totalmente com o protagonismo da Rússia e revitalizar o globalismo econômico USA,reorganizar o que restar de lá nos moldes liberais norte-americanos(implantando causas LGTBQI+ e identitarismos de toda espécie, pra deixar a sociedade dividida) e revigorar totalmente a OTAN,que precisava desesperadamente de uma justificativa bem sólida pra continuar a existir

Henrique
Henrique
Reply to  Paulo Roberto
23 dias atrás

do jeito que o putin ta conduzindo essa guerra isso ai ta quase sendo verdade kkkk

especialmente a parte da OTAN kkkk

Paulo Roberto
Paulo Roberto
Reply to  Henrique
23 dias atrás

Sim,e nós todos iremos recitar,em inglês,um coro pra homenagear o Putin,que ressuscitou do reino dos Mortos a OTAN,Guerra Fria e a russofobia de uma única vez:”hurra Ms. Putin, you have saved our way of life,you have saved the american armament industry!”
Obs:Tem que ser recitado com sotaque do meio-oeste dos USA!

Last edited 23 dias atrás by Paulo Roberto
Henrique
Henrique
Reply to  Paulo Roberto
22 dias atrás

“Sim,….. Putin,que ressuscitou do reino dos Mortos a OTAN”

isso de fato aconteceu kkkkk

Last edited 22 dias atrás by Henrique
Paulo Roberto
Paulo Roberto
Reply to  Paulo Roberto
23 dias atrás

Correto,eu mesmo li,em várias mídias globais de confiança,como o Global Times da China,o Granma de Cuba,a TV estatal controlada pelos Houthis do Iêmen,assim como a Sputnik,a mídia estatal da Venezuela e a KCNA da Coréia do Norte.Todas foram unânimes em afirmar o que você disse.

Zorann
Zorann
24 dias atrás

Este dinheiro vai protelar a derrota da Ucrânia. Lembrando que este valor é para ser enviado no decorrer de 4 anos. Não é pra ajudar, é só para não deixar cair.

Esta grana pode ajudar a pagar mercenários, já que não há muito mais gente que possa ser convocada a lutar.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Zorann
24 dias atrás

Olá Zorran. Você levantou um bom ponto. Como será feito esta ajuda? Fornecimento de municão e material logístico fabricado na Europa? Compensão aos países que estiverem enviando equipamentos de segunda mão?

A ajuda dos EUa tem uma importante fração dos recursos destinados neste formato

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Zorann
24 dias atrás

O HCosta colocou um excelente link descrevendo como serão alocados todo este dinheiro. Vale a pena ler com atenção.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Zorann
23 dias atrás

Os caras pensa que esse dinheiro é apenas pra comprar armas. É dinheiro pra manter a máquina pública e militar. Grana pra eles aguentar a Rússia por mais tempo. Dinheiro pra pagar os milhares de soldados incapacitados e viúvas. Pagar o funcionalismo e manter o país cambalido ainda em pé.

Nilo
Nilo
Reply to  Zorann
23 dias atrás

Meu caro o desentendimento entre o ex-comandate da forças ucranianas e Zé, é que o primeiros queria 500.000 novos convocados e o Zé disse que economicamente isso era impossivel rsrsrsrs

ElBryan
ElBryan
Reply to  Zorann
23 dias atrás

O que, na prática, significa mandar os ucranianos para o precipício. Se não fizerem um acordo com os russos, o prejuízo será muito maior. A Ucrânia já está esfacelada, sem expectativa de se recuperar, quanto mais de recuperar a Crimeia e Donbass.

JPonte
JPonte
24 dias atrás

O grande pacote de ajuda .
O tema mudou , não se trata mais de Ucrânia x Rússia , mas de EU / OTAN x Rússia , onde a 1ª linha de combate está sendo travada na Ucrânia ….
Não irá terminar cedo esta guerra .

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  JPonte
24 dias atrás

Infelizmente, também acho que esta guerra terá uma longa duração, o que é uma estupidez.

Defendo o imediato cessar fogo.

Este Euro$ 50 bilhões teriam melhor destino na reconstrução da infraestrutura na Ucrânia e na ajuda aos refugiados ucranianos.

Guerra estúpida conduzida por gente estúpida.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Hcosta
24 dias atrás

Olá HC. Ótimo link. Obrigado. Era mais ou menos o que eu comentei em outro lugar… esta ajuda inclui a compra de munição (produzida na EU), a reforma, manutenção e transporte dos equipamentos (tanques, aviões e tudo mais), treinamento de pessoa, logística…

também inclui ajuda humanitário (uma merreca comparada com os gastos militares) e recursos para serem gastos nos próprios países europeus para dar suporte aos refugiados (o que é ótimo)

Assim como a ajuda dos EUA, esta ajuda europeia vai ser gasta com europeus…

Caio
Caio
Reply to  Camargoer.
24 dias atrás

Se eu fosse pró Russia também defenderia um cessar fogo. Seria muito vantajoso: *Daria tempo da Russia se reorganizar, consolidar suas posições e preparar um ataque, talvez visando odessa; *Permitiria a abertura do Mar Negro para embarcações de guerra, repondo as perdas que eles tiveram naquele setor; *Os equipamentos avançados fornecidos pela OTAN voltariam para as mãos de seus donos; *Os pacotes de ajuda, em especial da parte militar, seriam naturalmente cancelados; *Seria muito mais difícil aprovarem toda essa ajuda novamente. Os discursos no parlamento europeu e visitas a casa branca não teriam o mesmo impacto que em 2022. Já… Read more »

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Caio
23 dias atrás

Caro. Acompanho a trilogia desde o seu começo.. ás vezes com mais frequência… ás vezes não.

Minha posição pelo cessar fogo, neste e em qualquer outro conflito, é conhecida até pelo reino mineral.

Seria estranho se eu, agora, me posicionasse na torcida por um lado ou pelo outro.

A população civil ucraniana tem sofrido há quase dois anos com esta guerra e continuará sofrendo consequências de minas esquecidas, explosivos não detonados e contaminação das águas e do solo por metal pesado, inclusive urânio.

O cessar fogo é uma obrigação humanitária e humanística.

Heinz
Heinz
Reply to  Camargoer.
23 dias atrás

Fala pro Putin retirar suas tropas de Kherson, zaporizia, Donestk, Luhansk, que te´ra seu cessar fogo e o povo ucraniano parará de sofrer essas consequências, que só são consequências porque os russos invadiram e destruíram boa parte da Ucrânia.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Heinz
23 dias atrás

Caro Heinz. Não existe condição para um cessar-fogo. Condições e negociações é uma segunda etapa.

Cessar fogo é algo imediato, incondicional.

simples assim

Henrique
Henrique
Reply to  Caio
23 dias atrás

Essa parte ele faz questão de ignorar… não sei se é pix russo ou sujeito ainda ta travado em 2021 quando todas as fanfics/mitos que a Rússia propagou tinha algum valor

JHF
JHF
Reply to  Caio
23 dias atrás

Ou…. Seria só parar a Matanza inútil, criando uma oportunidade para a Ukrania não perder mais do que 50% da sua população masculina economicamente ativa, chegar a uma.posição geográfica donde a Rússia não se sinta diretamente ameaçada pela OTAN na sua fronteira leste. Usando a diplomacia e conversando sobre problemas, interesse e tentando soluções…..

Henrique
Henrique
Reply to  Camargoer.
23 dias atrás

“Defendo o imediato cessar fogo.” tradução: sujeito quer que a Ucrânia tente novamente a solução de 2014 que levou a guerra em 2022.. ou seja o cara ta perdido no conceito de insanidade Detalhe que a Russia ja disse que Ucrânia não deve existir, que foi um erro, que será completamente anexada e russificada (este: genocídio e extinção da cultura ucraniana), ou seja, ele quer parar a guerra pra Russia pegar folego e daqui 5-8 nos continuar a guerra de volta…. giniau “Este Euro$ 50 bilhões teriam melhor destino na reconstrução da infraestrutura na Ucrânia e na ajuda aos refugiados… Read more »

rui mendes
rui mendes
Reply to  JPonte
24 dias atrás

Rússia, Coreia do Norte, Irão e economicamente China e Indía, que estão ajudando os Russos, comprando petróleo, que antes era comprado pela UE.
Sem a Coreia do Norte, os Russos, também estariam poupando munições.

JPonte
JPonte
Reply to  rui mendes
22 dias atrás

Rui , é fato que os países citados por você estão fornecendo algum apoio a Rússia . Mas é fato também que nenhum deles tem relação de aliança apesar de dizerem que sim . Rússia e China são adversários históricos e hoje na província chinesa do Norte de Heilojiang há uma grita por tomar de volta Vladivostok que em foi terra chinesa tomada por russos no século passado , este desejo não é pequeno e está na mídia chinesa . Norte coreanos são adversários da China e da Rússia mas atuam como braço armado da China no caso com a… Read more »

Gerson Carvalho
Gerson Carvalho
Reply to  JPonte
21 dias atrás

Se trata de jogar bilhoes de euros fora, a Russia vai vencer eo dinheiro tchau!!

Allan Balbi
Allan Balbi
24 dias atrás

Cantei essa pedra ontem….Dinheiro pra ajudar a Ucrânia nunca vai faltar. Ou eles dão dinheiro ou vai ser o rabo da Europa que nunca vai ter segurança sem a Rússia vencer.

Elintoor_
Elintoor_
Reply to  Allan Balbi
23 dias atrás

Isso tudo vai ser absolutamente interminável. Estados Unidos e Europa socando bilhões na Ucrânia e China, Índia, Irã e Coréia do Norte “tacando” ajuda e vendendo de tudo para a Rússia. Onde terminará isso? O Brasil precisa ficar “de boa” só vendendo comida pra toda essa gente e com chances reais de se tornar “Putênfia”

C G
C G
Reply to  Elintoor_
23 dias atrás

Os interresses da China no resultado desta guerra para se equilibram em não deixar de ter um inimigo do meu inimigo e fazer a Russia sair combalida para ser uma pechincha, a Índia ja não olha para os produtos Russos com os mesmos olhos, eu aposto que essa relação tende a esfriar no longo prazo, o Irã é um ator regional, apesar de alguns avanços sua economia não tem pujança para mudar o rumo do grande esquema das coisas, a Coreio do Norte coitada, pode produzir armas ou bombas atômicas mas se Osasco-SP e Maricá-RJ resolverem formar um país estarão… Read more »

Nilo
Nilo
Reply to  Elintoor_
23 dias atrás

Isso já tem um resultado pratico, o crescimento da desigualde entre economias mundiais e empobrecimento de todos, inclua europeus em que esta geração não está acostumada a passar necessidade, os gastos com energia e com compras de armamentos triplicam, o que não justifica o enriquecimento de alguns do setor da indústria bélica.

Diego
Diego
Reply to  Allan Balbi
23 dias atrás

Sempre terá uma ameaça,se não a indústria de armas quebra.
Quanto mais ameaças e mais encomendas e mais dinheiro e segue o baile

Carlos Campos
Carlos Campos
24 dias atrás

10bi por ano, já é uma boa ajuda, e pelo visto eles achaam que a guerra vai adiante por muito tempo, problema é que em um ataque Russo a Ucrania gasta centenas de milhões de doláres devio ao alto preço dos mísseis AA

Hcosta
Hcosta
Reply to  Carlos Campos
24 dias atrás

Correndo o risco de estar errado, pelo que entendi este pacote é financeiro e não militar. Há iniciativas da UE nas questões militares, como as munições de artilharia, mas na maior parte das vezes, são os países, individualmente, que definem e providenciam a ajuda militar. Muitos fazem em conjunto mas não é no âmbito da UE, algo que se compreende pela dificuldade de ter a aprovação de 27 países…

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Hcosta
24 dias atrás

Creio que é geral. Por exemplo, pode servir para cobrir as despesas de modernização e transporte do material militar doado, para custear os gastos com munição e logística… e tudo mais.

Talvez, custear o treinamento dos pilotos ucranianos no F16…

não dá para dizer SIM nem NÃÔ

Nemo
Nemo
24 dias atrás

Dinheiro sempre é ótimo, mas o maior problema da Ucrânia hoje é pessoal. Em meados de dezembro foi apresenta um proposta de lei que prévia o recrutamento de 500 mil soldados. A repercussão foi tão negativa que a proposta foi retirada para ajustes e até hoje não voltou.

Nilo
Nilo
Reply to  Nemo
23 dias atrás

Não só pessoal, mas problema com o tempo que é necessário para treinamento, e a falta de recursos o que foi alegado por Zé para negar o pedido do comandante ou ex rsrsrs

Caio
Caio
24 dias atrás

Parece que o evento “a Europa abandonou a Ucrania” foi adiado novamente.
Pedimos desculpas aos torcedores, digo, analistas, que estavam afirmando que a ajuda tinha acabado.
Sei que já ficaram irritados da última vez, quando a ajuda iria acabar assim que a Europa congelasse, no inverno de 2022/23.
Mas não desanimem. Ano que vem será outro ano, e ainda dá tempo de torcer pro Trump nos EUA.

Last edited 24 dias atrás by Caio
Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Caio
24 dias atrás

Caio. Pelo que lembro, os comentários eram que a ajuda européia (e dos EUA) tem um teto… em algum momento chegará este ponto. Ninguém afirmou havia chegado este momento.

Acho que vocẽ leu de mais ou de menos, (atento ao “de mais” não “demais”)

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Camargoer.
24 dias atrás

Camargo,
Apesar de ser totalmente contra esses comentários no modo “a torcida x dizia isso ou aquilo”, o Caio está certo.

Dentre os milhares de comentários publicados desde o início da guerra, há centenas dizendo coisas como “a ajuda acabou”, “não vai ter mais”, “os europeus já abandonaram a Ucrânia”, “o Zé Lensky foi totalmente abandonado” e por aí vai.

Não estou tomando partido nessa discussão pois a mim isso não interessa, apenas colocando os fatos dos comentários, aos quais tenho fácil acesso como editor. São centenas com esse teor.

Jorge Cardoso
Jorge Cardoso
Reply to  Fernando "Nunão" De Martini
23 dias atrás

Parabéns! A “doutrinação” desse Prof. tem prejudicado, sobremaneira, a Trilogia.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Jorge Cardoso
23 dias atrás

Tenho poderes Jedi….

Jorge Cardoso
Jorge Cardoso
Reply to  Camargoer.
23 dias atrás

Não, tu não tens…já foste consumido pelo “Dark Side”…aquele mesmo onde haverá “choro e ranger de dentes”…

Nilo
Nilo
Reply to  Jorge Cardoso
23 dias atrás

Mestre Yoda para Luke:
Você deve desaprender o que aprendeu.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Nilo
23 dias atrás
Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Jorge Cardoso
23 dias atrás

Jorge, o que prejudica o debate aqui na Trilogia é a briga de torcidas nos comentários aos quais fiz alusão. Quanto ao professor, se acredita que ele doutrina os demais, procure debater com ele sobre isso. Eu debato com ele frequentemente, de forma educada, e o debate é sempre produtivo, mesmo tendo pontos de vista muitas vezes bem diferentes sobre diversos assuntos, o que inclui divergências sobre política e economia. Se no debate ele conseguir lhe convencer de algo que você definitivamente não acredita, então provavelmente você estará certo em chamá-lo de doutrinador. A não ser que o desafio seja… Read more »

Diego
Diego
Reply to  Jorge Cardoso
23 dias atrás

Cabeça fraca e que vai em ideia dos outros, se tem cérebro,tem condições de reter ou descarta informações.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Fernando "Nunão" De Martini
23 dias atrás

Olá Nunao. Acho que voce tem razão… Como eu pulo estes comentários de torcida, sejam os putinfóbicos ou putinfílicos, que são pura bobagem, e me atento aos cometários que tem algum embasamento, minha conta acaba sendo outra..

Dos bons comentários, o pessoal tem uma visão crítica e analítica.

Notei que a turma do fundão parece ter ficado mais incomodada do que antes. O que está acontecendo?

Last edited 23 dias atrás by Camargoer.
Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Camargoer.
23 dias atrás

O fato de eu ter razão nesta questão específica é porque não tenho, a não ser nas folgas, a opção de pular comentários (assim como os demais editores).

É um conhecimento que tem preço bem alto rsrsrs

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Fernando "Nunão" De Martini
23 dias atrás

Que a força esteja com você.

Henrique
Henrique
Reply to  Fernando "Nunão" De Martini
23 dias atrás

A Rússia é incapaz de vencer a Ucrânia com suporte da Otan (ou sem o suporte dela visto que 3 primeiros meses a Ucrânia estava sozinha e batalhas mais decisivas foram vencidas neste tempo) Único caminho que sobrou pra Rússia é apelar pra guerra de propaganda disseminando infinitas fanfics e investindo nas que “deram certo”. Coitado daqueles que não tem capacidade de enxergar que isso é meramente propaganda e ficam presos no mundinho onde a Rússia é tão capaz quanto a foi URSS e ela pode terminar o conflitos quando quiser… como se tivesse alguma logica em estender uma guerra… Read more »

Last edited 23 dias atrás by Henrique
Caio
Caio
Reply to  Camargoer.
24 dias atrás

Nem eram que a ajuda teria um teto. Foi bem mais enfático: “a ajuda acabou e o zenelnsky está abandonado”. “Agora é questão de tempo para colapsarem”. “Deveriam ter aceito um cessar fogo quando pudera, agora é tarde”. Acho que você deu uma filtrada na memória aí… Veja este comentário, por exemplo: “A grande verdade e que muitos não querem ver e nem ouvir : É que a Rússia , já ganhou essa Guerra , e a Ucrânia , só resta uma saída, a diplomacia e se continuar insistindo no Erro , só vai perder mais territórios e pessoas .… Read more »

Satyricon
Satyricon
Reply to  Caio
23 dias atrás

Excelente comentário

Nilo
Nilo
Reply to  Satyricon
23 dias atrás

Meu caro Caio o Zé está para Caranguejo, acha que está tomando banho quente rsrsrsr

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Caio
23 dias atrás

Olá Caio. Você tem razão. A quantidade de comentários “de torcida” superam com folga os comentários interessantes, com senso crítica e uma boa capacidade analítica.

Acho que depois que a gente aprender a separar os comentários que valem a pena ler e debater, a memória prega uma peça… a gente fica apenas com a contagem dos bons comentários.

O resto já cai direto na caixa de span.

Pode ser que isso seja uma vantagem. Obrigado por me alertar sobre isso.

Peço desculpas por não ter percebido meu equívoco.

Jorge Cardoso
Jorge Cardoso
Reply to  Camargoer.
23 dias atrás

E tu leste, o suficiente, para construir sua, manjada, narrativa…(atente as pausas das vírgulas)…

Nilo
Nilo
Reply to  Caio
23 dias atrás

Está correto meu caro Caio, a Europa não abandonou, nem se quer adiou o abandono. Mas está administrando as aparências.

Caio
Caio
Reply to  Nilo
22 dias atrás

Podemos chamar dessa forma, se quiser.
Enquanto isso, a alemanha aprovou um outro pacote de “administracão de aparencia”, de 7.6bi

Last edited 22 dias atrás by Caio
Bispo
Bispo
24 dias atrás

Ucrânia já recebeu mais de U$120Bi…e continua na pindaíba geral…a corrupção por lá é endêmica … o maior problema não é fluxo de $$$ e sim pessoal especializado para o combate…

Armas “ainda” precisam de humanos para funcionarem…e para funcionarem bem de humanos especializados nas mesmas….

F-16 por lá , será um show de horrores ?

SteelWing
SteelWing
Reply to  Bispo
24 dias atrás

F-16 provavelmente ficará na retaguarda como os abrams, operados por mercenários estrangeiros ex-pilotos militares de f-16 e muito bem pagos. farão provavelmente missões noturnas e de oportunidade, dificilmente se envolverão em combates com su-35 de igual para igual, apenas em emboscadas e com vantagem numérica e apoio AA quando estes adentarem muito em território ucraniano, também serão usados para destruir alvos de alto valor em missões especiais. tudo isso fará a propaganda do f-16. Se algum for abatido por su-35 pegará muito mal. Assim como os abrams não vão pra frente de batalha encarar, deixando este trabalho para outros tanques,… Read more »

Last edited 24 dias atrás by SteelWing
C G
C G
Reply to  SteelWing
23 dias atrás

Quanto ao F-16 tudo depende do que vier junto, com apoio dos AWACS da Otan, mesmo em espaço aereo internacional e com uns HARM ele pode abrir caminho para drones maiores voarem fora do alcance de “manpads” deixando as defesas aéreas Russas vulneráveis, mais ou menos como acorreu na guerra Armênia-Azerbaijão!

Satyricon
Satyricon
Reply to  Bispo
23 dias atrás

Não se preocupe, é dinheiro muito BEM gasto. Só na noite de ontem a Rússia perdeu uma Corveta, 3 aviões de combate, incontáveis blindados, artilharia e mais de mil soldados. As perdas russas são catastróficas, e se acumulam, dia a dia. É óbvio que existe reposição, mas não será 1/1 (Tanques T-55 já se tornaram comuns nas frentes de combate). E o objetivo é esse, sangrar a Rússia, até que sobre bem pouco (ou quase nada) das suas forças armadas. Incautos dirão: mas a que custo? Vamos lá: Todo o dinheiro doado pelos EUA à Ucrânia até agora equivale a… Read more »

Macgaren
Macgaren
Reply to  Bispo
23 dias atrás

Estão na pindaiba, então a russia não consegue vencer e ocupar totalmente um país na pindaíba, que péssimo!

Bispo
Bispo
Reply to  Macgaren
23 dias atrás

vencer o que cara pálida ..ocupam 20% da parte rica da Ucrânia , estão “cozinhando o frango” guerra de desgaste… atacam toda a cadeia de produção ucraniana, sua infraestrutura e ficam na retaguarda….

A guerra há muito é contra a OTAN não a quebrada Ucrânia, cessou a ajuda em 15 dias o Putin toma café em Kiev.

Elintoor_
Elintoor_
Reply to  Bispo
23 dias atrás

Olhem o mapa. Hoje aquele “cantinho direito” da Ucrânia se tornou o terreno mais caro do mundo…

fjuliano
fjuliano
24 dias atrás

Estão basicamente acendendo vela boa para defunto ruim. Aumentando o soro de um paciente terminal. Os países europeus, principalmente os maiores Alemanha e França, enfrentando problemas econômicos que não tinham há muitas décadas, greves e protestos gigantes, e agora mandam essa. É…veremos cenas dos próximos capítulos e não vai ser na Ucrânia e nem na Rússia.

Hcosta
Hcosta
Reply to  fjuliano
23 dias atrás

Verdade, há muito tempo que um país não invadia o outro e, simultaneamente, fazia chantagem com os produtos energéticos.
A UE, depois de passar pela crise do subprime, das dívidas, do covid e da inflação, continua forte e a crescer.
Mais devagar mas lá continua com a inflação baixa, desemprego baixo, juros a baixarem, etc…

Na Rússia não vai ver cenas dos próximos capítulos, vai ver é cenas de 1991…

fjuliano
fjuliano
Reply to  Hcosta
23 dias atrás

“há muito tempo que um país não invadia o outro” vemos isso o tempo inteiro e vemos também o silêncio de pessoas como vc quando tropas americanas e da OTAN (em bem menor escala) fazem o diabo no mundo e estão nesse exato momento ocupando território sírio, iraquiano até mesmo sérvio (para citar só alguns) contra a vontade do governo desses locais, mas é claro que aí é “natural” né? habitual dizia o outro, crescemos com isso e alguns acham “normal” e até glamoroso. “chantagem com os produtos energéticos” chega até a ser engraçado vc citar isso e defender apaixonadamente… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  fjuliano
23 dias atrás

Quem me dera que a Rússia fosse uma democracia e um parceiro comercial no verdadeiro sentido da palavra mas, infelizmente, ainda não saiu deste ciclo de governos totalitários. Quem dera a Rússia ter estes problemas com imigrantes, seria uma sinal de que era uma economia próspera. Até chegaram ao ponto de pagarem viagem a alguns para enviarem para a fronteira da Polônia e de outros países com o objetivo de promoverem os movimentos populistas. E os imigrantes são 4% da população da UE… Os Russos não estão numa luta existencial mas sim Putin… Mas admitindo que tem razão, que raio… Read more »

lucena
lucena
24 dias atrás

O grosso dessa grana com certeza não vai para a Ucrânia… desde quando almoço é grátis por lá ? …. a população europeia está com pires na mão e a faca no pescoço… basta verificar os últimos acontecimentos na Alemanha, França, Itália ..etc .
.
A Europa tem muito exemplos de turbulência social para ser contado pela História…como … revoluções…guilhotina…e a até ….duas grande guerras mundiais… tudo advindo da velha e sofrida Europa.
.
No andar dessa carruagem quase desgovernada …. na Europa, dias difíceis ainda hão de vir.

Hcosta
Hcosta
Reply to  lucena
23 dias atrás

Quais são os acontecimentos na Alemanha, França, Itália, etc… que leva a conclusão de que estão com “pires na mão e a faca no pescoço”?

Nilton L Junior
Nilton L Junior
23 dias atrás

Bem há quem afirme que a ajuda a Ucrânia será infinita, deste montante total de 50 milhões, as subvenções representam apenas 17 mil milhões de euros e os restantes 33 milhões provêm de empréstimos, ou seja, parece que os bots esquecem que é empréstimo e que vai ser feito de 2024 a 2027 kkkk, grande negócio.
Ou seja a ajuda não acabou de imediato mas não é permanente.

Nilo
Nilo
Reply to  Nilton L Junior
23 dias atrás

Explico em outro comentário, até o momento não liberado em um comparativo entre o que já foi liberado nestes dois anos e o que eles prometem liberar nestes quatro anos.

AVISO DOS EDITORES: O COMENTÁRIO MENCIONADO JÁ FOI LIBERADO.

Nilo
Nilo
Reply to  Nilo
23 dias atrás

Obrigado Srs. Editores

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Nilo
22 dias atrás

Ajuda a conta a gota

Paulo Sollo
Paulo Sollo
23 dias atrás

Ao longo de 4 anos isto dá 12,5 bilhões por ano ou 1.041 bilhão por mês, para ser usado não só em armas e munições mas em diversas outras necessidades como combustíveis, manutenção de equipamentos e das tropas, logística, etc.
Vai servir basicamente para manter o paciente na UTI por tempo mais prolongado até os financiadores decidirem por motivos de força maior ($$$) que é hora de desligar os aparelhos.

Elintoor_
Elintoor_
23 dias atrás

Estou vivendo para ver isso. Em uma década ou mais, quebram a Europa e a Rússia junto. E por falar em declínio, o Tio Sam também já está a caminho. Dizem que é mais fácil aqui, em “Putênfia” quebrar primeiro. Acho o argumento válido. Mas é quase certo que todo mundo lá em cima vai passar perrengue econômico por causa desse conflito. Todo mundo dobrando a aposta…

Um Simples Brasileiro
Um Simples Brasileiro
23 dias atrás

Fora as questões evidentemente humanitárias, essa guerra é um poço sem fundos de empréstimos, doações e dívidas. A maior parte desses recursos ficará como doação mesmo? Porque acho que nem se a Ucrânia abrir completamente o país para garantir vantagens aos seus aliados, ela conseguiria pagar essa dívida estratosférica.