quinta-feira, outubro 28, 2021

Saab RBS 70NG

Cartel mexicano se articula com gangues centro-americanas

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

1. Foi revelado um pacto entre os líderes das “maras” (gangues da América Central), e “Los Zetas”, o brutal cartel paramilitar dos narcotraficantes mexicanos, que também vem tomando o controle de grandes áreas rurais do norte da Guatemala, em sua tentativa de dominar as rotas do tráfico de drogas entre a América do Sul e os Estados Unidos. Nos últimos meses começaram a aparecer os primeiros sinais de que os “Los Zetas” estão fornecendo treinamento e equipamento militar para as “maras”.
2. “Los Zetas” – um cartel formado há mais de uma década por desertores das forças especiais do exército do México – já havia unido suas forças com os barões locais da droga nas áreas rurais da Guatemala, e tem recrutado desertores das forças especiais do exército da Guatemala para realizar operações em ambos os países, segundo revelaram autoridades dos dois governos.

3. Uma parceria formal e duradoura com as “maras” proporcionaria aos “Los Zetas” uma fonte de milhares de novos soldados, o que estenderia o alcance do cartel a cidades como a capital da Guatemala e, potencialmente, a outros países da América Central, onde as “maras” controlam as favelas urbanas. Integrantes de “Los Zetas” falaram sobre o recrutamento de 5.000 homens.  Segundo as autoridades, há campos de treinamento do “Los Zetas” nos estados mexicanos de Vera cruz, Sonora, Chiapas e San Luis Potosi.

4. Por isso os membros das “maras” começaram a utilizar fuzis AR-15, M-16 e AK-47, bem como granadas militares de fragmentação. As “maras” também começaram a cortar um dedo de suas vítimas de sequestro para pressionar seus familiares a pagar o resgate, uma técnica já observada no México. Como resultado desta aliança com o “Los Zetas”, a Mara Salvatrucha tem mais capacidade de organização, estratégia e de manobra.

5. Agora, o objetivo final de “Los Zetas”, de acordo com analistas, autoridades guatemaltecas e funcionários internacionais, é integrar as chamadas “maras” a sua própria rede e se tornar o grupo mais poderoso da Guatemala, sejam criminosos ou legítimos. “Los Zetas” são uma organização paramilitar que quer controlar todas as atividades da Guatemala: as legítimas, as ilegítimas e as criminais, disse Antonio Mazzitelli, chefe regional do Escritório das Nações Unidas para as Drogas e o Crime Organizado.

FONTE: La Nacion, 09.04.12

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias

Forças Armadas da Ucrânia usam drone turco Bayraktar TB2 em Donbass

As Forças Armadas da Ucrânia usaram drones de ataque de média altitude Bayraktar TB2 em Donbass. Os drones de ataque...
- Advertisement -
- Advertisement -