segunda-feira, agosto 2, 2021

Saab RBS 70NG

PM e Exército se unem para conter explosões a caixas bancários

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

A recorrência de crimes envolvendo explosivos em terminais eletrônicos de bancos levou a 12ª Companhia Independente de Meio Ambiente e Trânsito da Polícia Militar e o Exército Brasileiro a se unirem em uma operação para combater a comercialização clandestina de artefatos explosivos. A ação tem como foco, principalmente, estabelecimentos que vendem esse tipo de produto e também locais que fazem uso de dinamites, como pedreiras e mineradoras.

A operação foi uma iniciativa da Polícia Militar e faz parte de um pacote de medidas que estão sendo adotadas pelo Comando da 12ª Região de Polícia Militar (em Ipatinga, o qual está subordinado o 26º Batalhão de Itabira) que visa conter o crime de arrombamento a caixas.

A ação em parceria com o Exército começou nessa quinta-feira, 10, em João Monlevade, e continua nos próximos dias. Nesta sexta-feira, 11, os militares estão em Itabira, onde fiscalizam várias empresas. A operação vai passar ainda por cidades como Ipatinga, Belo Oriente, Timóteo, Caratinga, Nova Era, Rio Piracicaba, Bela Vista de Minas, Barão de Cocais, São Gonçalo do Rio Abaixo, Santa Bárbara e Catas Altas.

Estão sendo empregados nesta operação quatro militares do Batalhão de Infantaria do Exército Brasileiro, sediado em São João Del Rey, e cerca de 20 militares do Policiamento Ambiental. O Exército vai verificar a regularidade da comercialização, armazenamento e uso de materiais explosivos, uma vez que esta atividade é de exclusividade da Corporação. À Polícia Militar cabe a fiscalização ambiental nestes empreendimentos.

Além dessas medidas, estão sendo intensificados os patrulhamentos e fiscalizações nas rodovias estaduais e federais no período noturno, principalmente nas vias de acesso aos municípios que compõem a região.

Incidência

Recentemente, no dia 2 de maio, por volta de 02hs, na MG 129, via de acesso ao município de Itabira, uma guarnição da Polícia Militar Rodoviária interceptou um veículo conduzindo suspeitos. Houve troca de tiros entre os homens e a Polícia Militar. O veículo foi apreendido, além de vários outros objetos utilizados em prática de crimes, como coletes balísticos, munição, toca ninja, luvas e material utilizado para arrombamentos.

Dois dias depois, em 4 de maio, dois terminais eletrônicos do banco Santander, em João Monlevade, foram explodidos na madrugada. Eram oito envolvidos. Os assaltantes colocaram dinamites nos caixas para roubar dinheiro. Um dos envolvidos foi preso em Santa Bárbara.

FONTE: DeFato Online

- Advertisement -

1 COMMENT

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
blackwather550
blackwather550
9 anos atrás

meu DEUS!!!
a que ponto chegamos…
necessitar da ajuda do exercito pra evitar q mais caixas de banco sejam explodidos por ladroes…
a policia existe pra que mesmo?
daqui a pouco vao pedir ao exercito que controlem os estadios,as favelas,e q façam o trabalho de policia…
esse brasil ta perdido!!

Últimas Notícias

Rússia e China realizarão treinamento conjunto no exercício Zapad/Interaction 2021

A Rússia deve se juntar a um exercício militar no noroeste da China em agosto com o tema de...
- Advertisement -
- Advertisement -