Home Exércitos França planeja nova força de intervenção rápida fora da UE

França planeja nova força de intervenção rápida fora da UE

2956
9

PARIS / BERLIM – O governo francês lançará, em junho, uma força militar de crise europeia desdobrável, fora dos esforços da União Europeia, disseram fontes do Ministério da Defesa da França nesta quinta-feira.

Paris esteve em contato com uma dúzia de países, incluindo Alemanha, Holanda, Grã-Bretanha e Dinamarca, sobre a iniciativa, mantendo um grupo de trabalho para delinear a ideia em março.

O plano é reunir países europeus com capacidade militar e vontade política de colaborar no planejamento, realizar análises conjuntas de crises emergentes e reagir rapidamente a elas.

“Não seria dentro da União Europeia e permitiria que países de fora, como a Grã-Bretanha, fizessem parte dela”, disse uma fonte.

O presidente francês, Emmanuel Macron, esboçou a ideia de ter uma força europeia de intervenção rápida até o final da década, durante um discurso histórico sobre a Europa em setembro passado.

Enquanto alguns grupos intervencionistas táticos da UE existem em princípio, até agora nunca foram usados.

FONTE: Reuters

9
Deixe um comentário

avatar
6 Comment threads
3 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
9 Comment authors
jorge AlbertoDelfimOzawaJean JardinoJuca Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Russian Bear
Visitante
Russian Bear

A Europa não consegue ter uma força tática em conjunto, seja através da bandeira da UE ou da OTAN.
A OTAN é uma organização bancada pelos USA, e que mesmo após a dissolução da URSS, ainda obriga seus membros a gastar grandes quantias do seu orçamento para cumprir determinações nem sempre adequadas.
O poder de organização militar da Europa deveria estar nas mãos unica e exclusivamente de Inglaterra, Alemanha e França, e não nas mãos dos Estados Unidos.
Continuando assim, melhor para a Rússia.

Juca
Visitante
Juca

Exato. Ainda que como intervenção não signifique justiça, ou a África não estaria na merda que está. Até agora as ditas intervenções nunca apoiaram os povos

Cbamaral
Visitante
Cbamaral

Vai ter que ser uma força formada por legionários, porque se forem formados só por franceses, nessa onde de frescura que a europa está, no primeiro tiro iriam todos correr.

Lucas Hilarião Padoveze
Visitante
Lucas Hilarião Padoveze

Chega a ser engraçado ver que hj os europeus não tem a capacidade de cometerem os mesmos erros da 1 e 2 guerra Mundial, pelo fato de estarem tão mal preparados assim pra um conflito nessa escala, com ameaças como as da Rússia e China, hj o ocidente se vê parcialmente fraco pra enfrentar um conflito nesse porte, a Alemanha está longe de ser aquela máquina de guerra que fora na época das grandes guerras, os britânicos não tem uma marinha que imponha respeito como antes e a França está fraca, e nisso os inimigos crescem em força e em… Read more »

Jean Jardino
Visitante
Jean Jardino

Fraca aonde, explica isso…

Adler Medrado
Visitante

A Europa já era.

Ozawa
Visitante
Ozawa

OFF TOPIC
mas nem tanto . . .

Japão ativa 1ª brigada anfíbia desde 2ª Guerra e gera controvérsia
Críticos temem que tropas anfíbias projetem força militar e violem a Constituição
FONTE: https://oglobo.globo.com/mundo/japao-ativa-1-brigada-anfibia-desde-2-guerra-gera-controversia-22567956

Delfim
Visitante
Delfim

Combina perfeitamente com seus “destróieres” e seus F-35B.

jorge Alberto
Visitante
jorge Alberto

“Força de intervenção rapida”…

Mas se eles ja teem a Legiao estrangeira… Pra que “mais”?