Home Economia As maiores economias do mundo em 2018

As maiores economias do mundo em 2018

168928
58
Crescimento do PIB no mundo, entre 2017-2019

Os Estados Unidos têm a maior economia do mundo, com US$ 20,4 trilhões, segundo dados do Fundo Monetário Internacional (FMI), que mostra que a economia dos EUA aumentou para cerca de US$ 19,4 trilhões no ano passado.

A China segue, com US$ 14 trilhões, o que representa um aumento de mais de US$ 2 trilhões em comparação a 2017. O Japão está em terceiro lugar com uma economia de US$ 5,1 trilhões, acima dos US$ 4,87 trilhões do ano anterior.

Países europeus completam o top 5

Três países europeus ocupam os próximos lugares da lista: a Alemanha ocupa o quarto lugar, com uma economia de US$ 4,2 trilhões, o Reino Unido é o quinto, com US$ 2,94 trilhões e a França o sexto, com US$ 2,93 trilhões.

Logo atrás do Reino Unido e da França, em sétimo, a economia da Índia é de US$ 2,85 trilhões, e a Itália está em oitavo, com uma economia de US$ 2,18 trilhões. O nono da lista é o Brasil, com uma economia de mais de US$ 2,14 trilhões, enquanto o Canadá é o 10º com uma economia de US$ 1,8 trilhão.

A escala da economia dos Estados Unidos coloca os outros em perspectiva. É maior que as economias combinadas de números quatro a dez na lista abaixo. No geral, a economia global vale cerca de US$ 79,98 trilhões, o que significa que as contas dos EUA representam mais de um quarto do total mundial.

China e Índia previram aumento

No entanto, seu domínio parece estar diminuindo. De acordo com dados do Banco Mundial, a economia global crescerá em US$ 6,5 trilhões entre 2017 e 2019. Espera-se que o PIB dos EUA responda por 17,9% desse crescimento. No entanto, prevê-se que a China seja responsável por quase o dobro disso, com 35,2%.

A economia digital da China também está passando por um período de expansão. Ela cresceu de menos de 1% do mercado global de comércio eletrônico há cerca de 10 anos para 42% atualmente. Em comparação, a participação dos Estados Unidos no mercado é de 24%, abaixo dos 35% em 2005.

A economia da China também eclipsará a economia dos EUA até 2050, de acordo com um relatório da empresa de serviços profissionais PwC, que também prevê que a Índia ultrapassará os EUA.

A China, segundo o relatório, terá uma economia de quase US$ 58,5 trilhões, enquanto a da Índia ficará em torno de US$ 44,1 trilhões e a dos Estados Unidos será de US$ 34,1 trilhões.

Curiosamente, o Japão (US$ 6,7 trilhões), a Alemanha (US$ 6,1 trilhões), o Reino Unido (US$ 5,3 trilhões) e a França (US$ 4,7 trilhões) devem cair para o oitavo, nono, décimo e décimo segundo lugares, respectivamente.

Esses países serão substituídos pela Indonésia (US$ 10,5 trilhões), Brasil (US$ 7,5 trilhões), Rússia (US$ 7,1 trilhões) e México (US$ 6,8 trilhões), que passam para quarto, quinto, sexto e sétimo, respectivamente.

FONTE: World Economic Forum

58
Deixe um comentário

avatar
22 Comment threads
36 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
39 Comment authors
RicardoAdrianoIvan RClovis JarochewskiDaniel Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
mauricio matos
Visitante

Nós últimos anos se tivéssemos governantes sério comprometidos com o interesse da nação não de se próprios o Brasil estaria numa posição melhor. A previsão de crescimento da economia este ano devemos passar na frente da Itália.

Diogo
Visitante

Por que a Indonésia terá um crescimento tão acentuado, sendo que seu IDH é menor que o brasileiro e sua economia, atualmente, também é menor?

João Adaime
Visitante
João Adaime

Diogo
Um país que produziu 1 em 2016 e 2 em 2017, cresceu 100%.
Um que produziu 100 em 2016 e 110 em 2017 cresceu “apenas” 10%.
Quem é o mais rico? Crescimento é pura estatística. O que vale é quanto produziu de fato.
No caso da Indonésia, parabéns a seus governantes, empresários e trabalhadores. Estão levando seus papéis a sério.

Gabriel
Visitante
Gabriel

A Indonésia faz parte do bloco MIST (México, Indonésia,Turquia e Coreia do Sul), tem recebido fortes investimentos e tem um mercado extremamente promissor para os próximos 30 anos.
Vale lembrar que a Indonésia tem uma população maior que a do Brasil e o ambiente de negócios lá está melhorando.

mito
Visitante
mito

Salário na indonésia ainda e um dos menores do mundo, esta mudando , maias em alguns casos e mais barato que china , explica interesse mundial e montar plantas produtivas la

Ramon
Visitante
Ramon

O Brasil também recebeu muitos investimentos do BRICS, mas com toda essa corrupção eles acabaraam perdendo a confiança e tiraram o Brasil.

Marcelo danton
Visitante
Marcelo danton

Só se tivermos um governo de verve liberal!
É só um governo efetivo e liberal durante 10 anos e superamos a Inglaterra!
Maaaaas! Brasileiro continua votando em ladroes e incompetência como João Doria e os esquerdopatas do PT.

Antonio
Visitante
Antonio

Aham, mais um especialista em economia nesse blog. 10anos ? Poxa, tu calculou isso ? Ou só tá falando abobrinha coxinhes ?

Ivan BC
Visitante
Ivan BC

Antonio, o Marcelo tem razão. Nosso país precisa de medidas liberais urgentemente…precisa de redução do Estado, menos intromissão na economia, fim de previlégios para políticos e servidores, fim de políticas assistencialistas que consome dezenas de bilhões, fim de transferência de dinheiro público para a elite empresarial do país (gerando desigualdade), abertura comercial (aumentar a oferta interna e aumentar a concorrência interna, gerando empregos e reduzindo os preços), redução drástica de tributos, redução drástica de legislações e travas que acabam com o consumo das pessoas, fim de proteção de grandes empresas, é preciso mais agilidade (menos escalas de decisões), é preciso… Read more »

OSEIAS
Visitante
OSEIAS

compartilho de sua visão. O estado brasileiro deveria somente cuidar do povo. Quanto mais o estado se mete na economia, menos ela evolui. Deixe que o consumidor defina qual empresa deve sobreviver. Cabe ao estado ser o regulador, motivador e criador de ambientes positivos

Alessandro
Visitante
Alessandro

Ivan BC assino embaixo

Cristiano GR
Visitante
Cristiano GR

Acontece que os “nobres” políticos do país só pensam em seus bolsos, aumentar impostos para viverem as mil maravilhas em Brasília e a Nação que se rale. Sou a favor de cercar Brasília e não deixar nenhum político sair, fechar rodovias, aéroporto e helipontos e obrigar os deputados e senadores a fazerem todas as mudanças necessárias, sem enrolação, sem reuniões intermináveis, sem joguinho de imprensa, o exército os obrigar a fazer as mudanças necessárias para a redução de privilégios, cargos e mais cargos, impostos, valores abusivos de obras, reforma política que diminua os privilégios dos grandes partidos e que tire… Read more »

Ivan R
Visitante
Ivan R

100% de acordo

Fabiano WVJ
Visitante
Fabiano WVJ

Você juntou João Dória com PT em um mesmo saco e isso é inusitado. Precisa chacoalhar pra uniformizar essa mistura.
Vou tentar: Dória é liberal mas tem sido incompetente; PT é ‘comunista’ (vamos simplificar) mas foi incompetente; assim, resta crer que pouco tem a ver com a bandeira, mas sim com competência. Pra fazer algo grande dar certo é preciso um projeto; votemos então pelo projeto dos candidatos. Quanto mais detalhado melhor. Quanto mais informações apresentar, mais provável a chance de julgarmos as probabilidades de funcionar.

Adriano
Visitante
Adriano

Em 2003, quando o PT assumiu, o Brasil era apenas a 16a economia do mundo. Quase insignificante. Após uns dois anos de estabilidade durante o governo do PT, o PIB do Brasil começou a crescer fortemente, ano após ano, fazendo inclusive os investimentos estrangeiros saltarem, o câmbio fazer nossa moeda ficar apreciada, de modo que o PIB saltou para a 8a posição no Governo Lula e chegar a 6a posição no governo Dilma, quase batendo a Inglaterra (por mixaria não passamos para a 5a posição). Após alguns tropeços na economia por conta de algumas decisões erradas no governo Dilma, e… Read more »

Ricardo
Visitante
Ricardo

Estudar é preciso. Economia não é ideologia e a ânsia pelo poder estrangula o povo. O tal Lula, o da marolinha, usou de alguns artifícios “contra-cíclicos” quando o EUA estava de quatro em 2008, lembra-se de: EUA espirra, Brasil cai de pneumonia? Nessa época os preços das commodities foram recordes e o Brasil nada fez para “catapultar” seu desenvolvimento sócio-econômico, tem a bolsa família né, aliás a chantagem da barriga faminta que Lula denunciou nas eleições que perdeu e posteriormente aplicou quando assumiu o poder. Mas como achavam que o Brasil era melhor gerido que o mundo, nos dedicamos ao… Read more »

Gabriel
Visitante
Gabriel

Somos a nona economia do mundo , mas nossos produtos representam uma parcela minuscula do que é comercializado no mundo em Dólares…podemos dobrar nossa participação no mercado mundial se fizermos reformas substanciais e aumentarmos o investimento em infraestrutura( seja com dinheiro público ou por concessões a iniciativa privada).

filipe
Visitante
filipe

E a Russia ?

Matheus Vinicius
Visitante
Matheus Vinicius

A Rússia vai falir conforme o petróleo vai perdendo força para as energias renováveis, esse PIBAO ai previsto para Rússia jamais se concretizará.
O mesmo digo do Brasil que tem como plano de futuro exportar minério de ferro e soja pra sempre, acreditando que o valor dessas comodities vai permanecer o mesmo ou vai subir.

Mateus von Marchi
Visitante
Mateus von Marchi

Os maiores vencedores da Segunda Guerra Mundial foram Alemanha, Japão e Estados Unidos. Nas mãos dos Estados Unidos, o Japão e a Alemanhã se levantou como uma das maiores economias do mundo, industrializados e de primeiro mundo. A China também sai ganhando com as empresas dos Estados Unidos indo para lá.

Bill
Visitante
Bill

Alemanha e Japão os maiores vencedores da segunda guerra mundial, que bom! Parabéns pelo brilhante conhecimento econômico, militar e histórico. Se você esta falando da reconstrução pós guerra ainda esta fora de orbita o seu comentário.

Mateus von Marchi
Visitante
Mateus von Marchi

A Alemanha e Japão superaram a maioria dos países com quem lutou na Segunda Guerra, por exemplo, hoje são maiores que França, Reino Unido, Rússia, etc. Esses dois países e incluindo os EUA, não eram o que são hoje antes da guerra.

Bill
Visitante
Bill

Prezado Mateus, No inicio da 2 Guerra o PIB da Alemanha era quase a metade do PIB Americano (800,00 x 351,00 bilhões – 43% para se exato) e superior em 23% ao PIB Inglês (284 x 351). A Alemanha tinha uma economia tão forte e vibrante que colocou metade do mundo do outro lado do seu tabuleiro de jogo e quase levou a parada. O Estados Unidos já era a maior economia do planeta desde a primeira década do século XX. Em 1938 a Alemanha possuía o 2 PIB do mundo. Hoje o PIB da Alemanha é o equivalente a… Read more »

Edson
Visitante
Edson

A Alemanha já era o país mais poderoso da Europa no início do século XX e o Japão já era uma economia em ascensão como é a China é hoje, talvez o grande erro foi Hitler provocar a 2ª Guerra Mundial para querer tornar a nação mais poderosa do planeta. Mas por outro lado se a guerra não tivesse acontecido talvez nem Alemanha e nem Japão poderia ser o país que é hoje, mas se eles tivesse ganho a guerra será que teriamos um novo tipo de mundo bipolar?

Alex
Visitante
Alex

Pena que a língua portuguesa foi morta nesse comentário. “Japão e a Alemanha se leventou…”
O correto seria Japão e a Alemanha levantaram-se.

Mateus von Marchi
Visitante
Mateus von Marchi

Não precisa corrigir-me, eu errei e dai? Não vai mudar o meu argumento.

Antonio Palhares
Visitante
Antonio Palhares

Caro Matteus.
O Conteúdo foi bom e informativo.

Matheus Vinicius
Visitante
Matheus Vinicius

Eu particularmente sou bastante desconfiado dessa ideia de que a Índia será uma super potencia, um país pra lá de desorganizado, corrupção inacreditável, vivem num sistema de castas ter privada é um luxo para boa parte da população , acredito que a Índia será algo parecido com o Brasil (uma porcaria de lugar), e pra piorar ainda mais, os caras tem uma dívida explosiva como a nossa.

Ivan BC
Visitante
Ivan BC

Primeiramente gostei da sua FOTO, segundamente kkkk ninguém falou em super potência, trata-se apenas de 1 indicador de econâmico, além do PIB há diversos outros como PNB etc…até mesmo a forma de calcular o PIB deve ser levado em consideração, nem todos os países adotam números confiáveis e transparentes para produzir estatística confiável. A matéria trata de PIB, apenas isso…

Matheus Vinicius
Visitante
Matheus Vinicius

Ivan, na minha opinião, ter uma economia 25% maior do que a dos EUA já te qualificam como uma super potencia, isso implica em mais money pra torrar com militares. Mas o ponto que eu quis dizer é que essa índia super potencia jamais vai existir, o país tem defeitos demais pra corrigir ( defeitos que a China praticamente já resolveu). Eu acredito na China super potencia tenho certeza que os xing-lings vão fazer os EUA sossegarem o facho e finalmente depois de um século de dominação americana veremos um novo império surgir.(Espero que os Chinas sejam menos desgraçados que… Read more »

Daniel
Visitante
Daniel

vc é louco brother, onde a china domina você vira escravo do governo, muito pio que EUA. deus salve a américa!

Clovis Jarochewski
Visitante
Clovis Jarochewski

Bem colocado…

Tadeu Mendes
Visitante
Tadeu Mendes

India se tornar uma super potencia com mais de 1 bilhao de miseraveis vivendo em condicoes esqualidas??? Absolutamente impossivel.

A China pode ater ter a segunda economica do mundo produzindo milhoes de toneladas de porcarias que o resto do mundo compra. Mas tambem possui uma milhoes e milhoes de miseraveis vivendo as custas de comer tudo que estiver repirando.

As duas economias (India e China) sao totalmente ficticias. Se as empresas americanas e outras ocidentais sairem da China, ela quebra. Se pararmos de consumir bagulhos feitos na China, ela quebra.

Matheus Vinicius
Visitante
Matheus Vinicius

Tadeu você subestima grandemente os chineses, parece que a sua opinião é de uma década atrás em que os EUA e suas empresas dominavam a economia chinesa, mas esse tempo já passou a China já consegue manipular o dólar quando quer, maior parte dos investimentos estrangeiros nos EUA são feitos pelos ,Chinas, eles estão comprando empresas e ativos de infraestrutura nos EUA/Europa e até no Brasil. Para falar ainda mais de como a situação virou contra os EUA os chineses tem um superávit comercial com o resto do mundo de acredite ou não quase 1 trilhão de dólares, …por… Ano,… Read more »

strana
Visitante
strana

Seus dados estão completamente defasados: são 20-25% de indianos muito pobres e , mesmo assim, concentrados em sua maioria no leste do país ( Bihar, Orissa, Jharkhand ) e em Uttar Pradesh ( norte). Em números absolutos, claro, são mais de 200 milhôes, mas muito distantes dos “um bilhão de miseráveis “. Esse ano, por exemplo, o governo levou energia elétrica para todas as vilas rurais, algo que o Brasil ainda não conseguiu. O analfabetismo reduziu-se drasticamente ou mesmo foi praticamente erradicado em muitos estados, como Kerala, Sikkim ou Goa.Considerando que a Índia possui imensa qtd de ótimos engenheiros, físicos,… Read more »

OSEIAS
Visitante
OSEIAS

Estamos diante da 4º revolução industrial, a internet das coisas. E o que nosso governo está preparando para sair na dianteira e ser líder de mercado? Está fomentando empreendedores do setor? Está criando ambiente propicio para essa indústria deslanchar e abocanhar essa fatia do mercado mundial? Ou vamos trocar soja e aço por tecnologia acabada para sempre? Será que vamos mais uma vez perde o bonde da história?
Essa é uma grande oportunidade para estarmos no top 5

sub-urbano
Visitante
sub-urbano

Na época do Lula o país crescia na média de 5,5% ao ano.

Alex
Visitante
Alex

Kkkkk!

Alex Nogueira
Visitante
Alex Nogueira

Lula pegou o bonde andando na melhor fase possível para a economia… tanto que deu sorte que no governo Dilma (onde ele sempre esteve por trás), quando a maré boa acabou, o governo dela não se sustentou…

mf
Visitante
mf

Graças ao ciclo das commodities que foi temporário, depois veios os reflexos da crise de 2008 e Dilmãe continuou gastando demais e quebrou o país para garantir sua reeleição.

Ivan BC
Visitante
Ivan BC

kkkkkkkkk essa dos 5,5% foi engraçado. O crescimento na gestão PT foi de apenas 2,7% ao longo do período (crescimento médio), mesmo tendo pego o boom das commodities, no período FHC, que pegou o país cheio de problemas: sem moeda, sem caixa, sem leis orçamentários rígidas, com inflação alta, sem dólares para transações, cheio de estatais falidas gerando prejuízos,com crise da internet e petróleo, e vários problemas econômicos herdados dos governos anteriors, o crescimento foi de 2,1% ao longo dos 8 anos. Percebea que a diferença foi pequena, principalmente diante de um país que deveria crescer pelo menos 4-5% ao… Read more »

Samuca
Visitante
Samuca

Dois comentários, acerca dos 2 posts – economias em 2018 e economias em 2050:

1 – Não entendo como a Coreia do Sul não tá entre as 10 maiores economias e tá de países em desenvolvimento que apenas são expectativas de crescimento como Brasil (em 2018) e Indonésia (em 2050)

2 – Não entendo como esses números e esse tema (perspectivas da economia mundial) tá num site dedicado a assuntos bélicos, pois pra quem sabe ler nas entrelinhas, se deu conta que não haverá guerra 🙂

Matheus Vinicius
Visitante
Matheus Vinicius

1- A melhor Coréia tem uma população pequena comparada a do Brasil e Indonésia, mesmo que os coreanos tenham uma produção por pessoa 3 vezes maior que a nossa ainda teremos um PIB maior que o deles porque nossa população é 4 vezes maior. 2- Guerras exigem dindin,money,grana, se dinheiro não fosse problema todos os países fariam de tudo para ter forças armadas poderosas, mas como é um problema naturalmente os mais ricos teram mais recursos para torrar enquanto os menores teram menos. Isso é bem o tema do blog a notícia poderia ser traduzida sob um viés militar como… Read more »

strana
Visitante
strana

Samuca, Coreia do Sul é um país pequeno, com poucos recursos naturais, situação semelhante a dos europeus. Eles ficarão com um crescimento anual entre 1-3,5%, não há como fugir disso. Brasil, Indonésia, são muito maiores em população e território, com recursos naturais ainda inexplorados. Assim, o potencial de crescimento ainda é grande e por um longo período. A Indonésia, que já tem grande economia, vem crescendo 5-6% há algum tempo. Importante dizer que há duas maneiras de medir o PIB: o tamanho real da economia ( PPP ) e o método utilizado pelo Ocidente, o Nominal, que mede mais o… Read more »

mf
Visitante
mf

Foi divulgado também que o Brasil saiu de 13 para 11 no ranking de gastos militares, tendo o primeiro aumento real de gastos desde 2010. “Apesar de crise econômica e política, país tem expansão de investimentos na área militar acima da média mundial, aponta relatório. Em 2017, despesas bélicas globais atingiram nível mais alto desde a Guerra Fria.Os gastos militares globais atingiram em 2017 o seu nível mais alto desde a Guerra Fria, com os Estados Unidos, a China e a Arábia Saudita no topo da lista, divulgou o Instituto Internacional de Pesquisa da Paz de Estocolmo (Sipri) nesta quarta-feira.… Read more »

mf
Visitante
mf

Somos a 9ª economia do mundo e temos o 11º maiores gastos militares do planeta, vai entender porque temos Forças Armadas tão limitadas.

Tadeu Mendes
Visitante
Tadeu Mendes

Alguem deve estar mentindo. Ou sao as estatisticas estao furadas, ou os militares estao escondendo os gastos reais.

Tambem tem o problema das pensoes. A proporcao entre gastos em hardaware e pagamentos de beneficios, chega a ser imoral.

Antonio Palhares
Visitante
Antonio Palhares

O país dos doutores em generalidades. Nada que seja baseado em causa e efeito e ação e reação.

Cristiano GR
Visitante
Cristiano GR

Eu acredito que seria bom para todo o coméricio mundial que o Brasil fosse mais competitivo e atuante, com exportações de produtos de maior valor agregado que apenas comódities.

João Adaime
Visitante
João Adaime

Cristiano GR
Embraer fora, isto que você e todos nós desejamos que aconteça esbarra no “custo Brasil”.
Fica difícil competir. Difícil até mesmo de termos um mercado interno forte.
Abraço

Antonio
Visitante
Antonio

Brasil já esteve em 13º posição em 2002. subimos até a 7º, agora estamos no 9º, precisamos e temos condição de subir mais.

mauricio
Visitante
mauricio

nao acredito nesssas previsoes , triste do mundo com um pais como china ou india no topo da economia mundial, isso so acontecera se os eua retrocederem no tempo e muito mesm EUA sao e ainda serao a maior economia do mundo e a maior maquina militar tambem. VIVA OS EUA

Carol
Visitante
Carol

Considerações importantes sobra a China, em artigo do El País, 03/2018: O Eurasia Group descreveu a influência chinesa em meio a um vazio de liderança global como o primeiro risco geopolítico para este ano. “[A China] está fixando padrões internacionais com a menor resistência já vista”, afirma a consultoria. “O único valor político que a China exporta é o princípio de não ingerência nos assuntos internos de outros países. Isso é atrativo para os Governos, acostumados às exigências ocidentais de reformas políticas e econômicas em troca de ajuda financeira.” Menção especial, entre outras coisas, merece o investimento chinês em inteligência… Read more »

Comentárista
Visitante
Comentárista

Do que adianta estarmos na nona colocação, enquanto o brasileiro vive em condições monstruosas. Se a distribuição de renda não for igualitária, OS brasileiros na pobreza, sem apenas matéria prima para as elites. O Canada, ficou 10º sendo que as condições de vida daquele pais nem se comparam a dos brasileiros.

Joe Galdino
Visitante
Joe Galdino

O Grafeno é 200x mais forte que o aço, e mais duro que o diamante, sem falar que é extremamente mais mais leve. 3 gramas de grafeno podem fazer uma folha ultra resistente para cobrir um estádio de futebol. O ferro se tornará um minério mais pesado, e sem valor comercial. Os países que desenvolverem formas de produção e implementação do grafeno usando nanotecnologia se tornarão as potencias mundiais. Sem falar o uso de AI (inteligência artificial) e computação quântica que os países que estiverem mais desenvolvidos nesses campos irão dominar os demais pois terão avanços tecnológicos em todos os… Read more »

Dono_do_mundo
Visitante
Dono_do_mundo

quem fala de grandes pequeno lhe parece!!!

Land
Visitante
Land

Bill, a Alemanha de 1938 era melhor em relação a atual pq o cenário da guerra foi em sua maioria na Europa. A Alemanha como vc disse era a segunda maior economia na época, mas caiu devido ser destroçada pelos Aliados. Os EUA pouco sofreram pra reparar os danos sofridos pois não houve cenário de guerra no território norte americano em si. Os EUA foi o que mais se beneficiou da guerra, mas a Alemanha tbm vem superando suas perspectivas, se superaram dps da primeira guerra e se superaram dps da segunda guerra.

Ricardo
Visitante
Ricardo

Quem faz a lição de casa, se torna um país desenvolvido. Quem faz a lição de casa e tem mão de obra barata, acaba por dominar o mundo moderno. Incoerente, porém realista. Países de relativo porte e desenvolvidos na Ásia, temos apenas a Coréia do Sul e Japão, mas isso não vai impedir a explosão econômica que já estamos assistindo com a China e India (crescimento superior ao da China, pasme). O eixo econômico já está deslocado para a Ásia, quando esse mercado consumidor tiver acesso ao que produz, haverá essa mudança. Os EUA estão no limite de sua capacidade,… Read more »