Home Blindados Batalhão de Blindados do CFN realiza adestramento no Centro de Avaliações do...

Batalhão de Blindados do CFN realiza adestramento no Centro de Avaliações do Exército

7616
88

O Batalhão de Blindados de Fuzileiros Navais (BtlBldFuzNav) realizou, no período entre 27 e 30 de novembro, no Centro de Avaliações do Exército (CAEx), um adestramento empregando um Pelotão de Carros de Combate (Pel CC) e duas Viaturas Blindadas Especiais sobre Rodas 8×8 Piranha IIIC (VtrBldEsp SR 8×8 Piranha IIIC), entre outros meios destinados ao apoio do evento.

O exercício contou com a participação de cerca de 80 militares do BtlBldFuzNav, além de militares de outras Unidades apoiadoras. O objetivo do adestramento foi a realização de Exercícios Operativos de tiro visando à manutenção da capacidade operativa das guarnições dos Carros de Combate e a realização de pistas de maneabilidade, obstáculos e transposição de curso d’água pelos alunos do Estágio de Qualificação Técnica Especial de Operações da Viatura Blindada Especial Sobre Rodas 8×8 Piranha IIIC.

Os adestramentos foram realizados com êxito, coroando o término do Estágio, ao formar 26 novos Operadores e Comandantes deste tipo de viatura que, a partir de agora, estão capacitados a serem empregados nas diversas Operações do Batalhão, entre elas, as de Garantia da Lei e da Ordem, atualmente em curso no estado do Rio de Janeiro.

Durante o exercício, ocorreu a simulação do ataque de um Pelotão de Carros de Combate (quatro carros), sendo realizado o tiro simultâneo do Pelotão, que consiste na execução do disparo das quatro viaturas ao comando do Comandante do Pelotão, garantindo um nível de aprestamento das guarnições dos Carros de Combate.

FONTE: Marinha do Brasil

88
Deixe um comentário

avatar
28 Comment threads
60 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
33 Comment authors
AndrénonatoBuenocolombelliAngelo Chaves Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
emerson cosme
Visitante
emerson cosme

Então pelo menos uma parte da frota dos SK-105A2S Kürassier, está operacional.

Paulo costa
Visitante
Paulo costa

Ainda bem haverá a troca no comando da marinha …

Celso
Visitante
Celso

Manobra em uma área limitada, é mais uma manobra política pra tentar enganar os incautos sobre a situação dos sk

Doug385
Visitante

Há dois anos cogitou-se uma modernização. Morreu nisso?

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

Algum destes piranhas tem arma pesada de apoio à infantaria? Tipo um canhão de 35 ou 40 mm?

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Não.

paulop
Visitante
paulop

Esses tanques leves/caça tanque teriam alguma possibilidade de serem substituidos por outro modelo, tipo um CV90/120 por exemplo?

Fabio Araujo
Visitante
Fabio Araujo

O Centauro II com canhão de 120mm não seria uma boa opção para substituição dos SK’s?

Zmun
Visitante
Zmun

A estrutura das forças armadas precisa ser revista urgentemente. O modelo que temos hoje é excelente para o desperdício de dinheiro e manutenção de burocratas com gordos salários. Mas eu não acredito que isso acontecerá nesse futuro governo, o patrimonialismo das FFAA ainda estará a salvo.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Burocratas com gordos salários? Gordos salários aonde? Nas FFAA da Arábia Saudita? Emirados Árabes Unidos?

Zmun
Visitante
Zmun

Então os oficiais, especialmente os generais no Brasil ganham pouco?

Agnelo
Visitante
Agnelo

Estão muuuuito longe de ganhar muito….

jodreski
Visitante
jodreski

A questão não é quanto eles ganham mas quantos oficiais temos, é sabido por todos aqui que há um excesso de oficiais nas forças armadas, então eles não ganham tanto assim, mas são muitos, então geram um peso significativo para a folha de pagamento. Verdade precisa ser dita, o quadro geral de militares na ativa precisa ser revisto já.

Agnelo
Visitante
Agnelo

Excesso é?
Baseado em q?
Pra começar, quando há uma Op o EM tem de ser completado para seguir parâmetro de outros exércitos.

Zmun
Visitante
Zmun

Só pra constar, até mesmo os ministros do STF acham que ganham pouco.

Alfredo Araujo
Visitante
Alfredo Araujo

Vc sabe quanto o alto escalão das forças armadas ganha ? Pq… o mínimo q vc tem q saber ao escrever uma crítica feito essa, é quanto eles ganham…
Ou vc fez uma crítica a algo que vc não sabe ?

Rafael_PP
Visitante
Rafael_PP

Se for adido militar, é capaz de causar inveja até em Ministro do Superior Tribunal de Justiça…

Agnelo
Visitante
Agnelo

Não esqueça q o Adido ganha em dólar, mas paga em dólar.
Outros ganham em dólar e pagam em Euro.
Grande mito o $$ da aditancia.

Rafael_PP
Visitante
Rafael_PP

Agnelo, respeito sempre suas postagens tanto pela cortesia sempre usada, como pela carga informativa. O tom além que usei em meu comentário foi em resposta ao corporativismo de um terceiro comentarista. De fato, a remuneração do servidor no exterior, em um mundo ideal, deveria representar proporcionalmente seu nível de vida na terra natal. Nestes termos, não oporei óbice algum ao salário do adido, do diplomata, etc. No caso da aditância, me refiro a alguns excessos, se for de seu interesse, há, ao menos, duas matérias no periódico paranaense Gazeta do Povo: “La dolce vita” dos militares brasileiros que ganham R$… Read more »

Agnelo
Visitante
Agnelo

Meu prezado
Obrigado pelas suas palavras.
Mas veja, neste exemplo dado pelo documento. Se um Adido ganhar 10 mil dólares, ele ganha quase 40 mil reais, mas quantos Euros dá? O valor convertido pro Real é complicado, pois o militar pagará na moeda de lá, não em real.
No caso da bagagem, não sei como é.
Em missões da ONU, sei q não há isso. Aditância, pelo caráter, acredito q possa ter.
Sds

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Comparado com o salário mínimo e com o salário médio do trabalhador brasileiro, o salário dos militares é gordo.
Comparado com as carreiras mais abastadas do Executivo, Legislativo e Judiciário, o salário é magro.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Eu como comandante da Azul (a que paga pior) ganho bem mais que o TB Rossato. Pra ser motorista de avião. Oficial general ganha pouco, sim. Muito pouco. Qualquer Diretor de qualquer empresa privada ganha mais.

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Eu também acho que o TB Rossato ganha um soldo relativamente baixo. Eu também ganho mais do que ele e é injusto se pensarmos nas nossas responsabilidades. O problema é que se aumentar o soldo dele, haverá um efeito cascata no soldo dos demais oficiais e também nos inativos e nas pensões e muita gente vai ganhar muito mais do que merece. Se fizerem isso, o Brasil irá gastar os almejados 2% do PIB com Defesa, mas vai subir para uns 95% os gastos com pessoal. E vamos continuar com equipamento meia-boca, salvo raras exceções em número limitado. Como os… Read more »

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

Mas empresa privada lucra e tem produtividade, está sempre se atualizando para ser eficiente e livrar mais. Serviço público se for medido em produtividade vai todo mundo para o olho da rua, de taifeiro à general…..

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

Lucrar*

Agnelo
Visitante
Agnelo

Boa noite Rafael
Eu já acho q deveria acabar a verticalização dos salários pelos Postos e Graduações.
Sgt são corresponsáveis, principalmente na administração, e ganham bem menos, sendo q um ST tem encargos familiares como de um Cel.
Acredito q deveríamos ter algo aproximado com o molde do USArmy.
Isso resultaria em aumento salarial dos praças e não dos Oficiais.
Agora, em relação ao Salário fora e dentro das FFAA, é muito relativo.
Está DIFICÍLIMO segurar Cb e Sd motoristas…. com os cursos q tem de ter para o transporte de tropa e produtos perigosos, fora das FFAA paga bem melhor. Um exemplo.
Sds

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Agnelo, Eu não conheço a realidade das FAs por dentro como você conhece. Mas também acho que um sargento deveria ganhar mais e, se for o caso, ser promovido a oficial. Mas isso tem que ser a exceção e não a regra. E o complicado de aumentar o salário do sargente é que o aumento será aplicado a todos os inativo e pensionistas relacionados. Um aumento pequeno gera um efeito enorme. Quanto aos motoristas e também outros profissionais formados pelas FAs, penso que poderiam colocar uma regra. Se fez o curso X, tem que permanecer por Y tempo ou pagar… Read more »

Doug385
Visitante

Muito mais. O salário dos oficiais generais é equivalente ao salário de um gerente executivo no setor privado. Em algumas empresas, esse salário é pago até para coordenadores.

Angelo Chaves
Visitante
Angelo Chaves

Realmente ganha pouco. Para o tamanho da responsabilidade. 1 2 tenente ganha 7 mil, grosso modo, um general ganha 14 mil.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Comentário retido

Alfredo Araujo
Visitante
Alfredo Araujo

Não fale besteira!
As ocupações técnicas das forças armadas recebem BEM MENOS que o mercado paga !
Minha irmã é terceiro sargento na MB. Ganha 3.500,00 reais.
Pela experiência dela, no mercado, ela receberia NO MÍNIMO o dobro !!!
Se você for para as áreas mais “nobres”… como engenharia, piloto… chega a ser covardia as FAA tentarem competir com o mercado.
E isso não é um problema particular do Brasil. As FAA americanas “sofrem” com o mesmo problema.

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Alfredo, Se o comentário foi para mim, eu me referia ao salário do trabalhador comum. Não comparei profissão por profissão. Se for comparar profissão por profissão, é natural que o militar ganhe menos, pois tem estabilidade e vai para reserva mais cedo. Cabe a cada um pensar o que é melhor para sua vida. Ir para iniciativa privada ganhar mais, correr o risco de ficar desempregado e aposentar só quando estiver velho ou ser militar, ganhar menos, ser estável e podendo ir para reserva bem cedo, podendo optar por “se aposentar” ou arrumar um emprego posterior. PS: Juízes e promotores… Read more »

Celso
Visitante
Celso

Prezado Rafael, com todo respeito….sua irma entao escolheu a profissao errada e estudou muito para passar em algum concurso. Recebeu a melhor orientacao educacional paga por todos, etc…enfim, parabens a ela e duvido que queira largar osso, preferindo talvez a fazer parte do corporativismo e reclamos sem fim. Melhor sua irma vir ao mercado de trabalho privado urgentemente, tenho absoluta ccerteza que desse lado ganhara muito mais como voce afirma. Voce esta fora da realidade mesmo………desculpe minha franquesa.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

O adido (Coronel ou CMG ) recebe na faixa de 10 mil dólares, e com esse salário ele faz tudo: paga aluguel, compra carro, vai ao supermercado, paga escola dos filhos. Se, pelo câmbio, equivalia a 60 mil reais (acho difícil ), sorte dele. Quando o tema entra na seara de soldo de militar a quantidade asneiras é enorme. Dá nojo.
By the way: O MUNDO TODO tem adido. Até a China. E, antes de postarem asneiras, sabem a função do adido?

Celso
Visitante
Celso

Rynaldo……ufaaaa…tadinhos……..nem vou dormir a noite de tao preocupado que estou com a penuria do oficialito das FAs em nosso pais e mais ainda com a situ dos adidos. Menos ex coronel, menos,…..se esta ruim pra voces hoje na caserna e ex , imaginem aqui para os reles mortais. Nao exagera OK, respeito muito e leio seus comentarios que agregam mais conhecimento, mas quando fogem para o corporativismo atavico existente nas FAs, ai fica diificil defender. Quanto as asneiras…….repense um pouco sua forma de comunicacao, aqui uma imensa maioria nao teve a chance de frequentar as excelentes escolas militares para o… Read more »

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Asneiras!

Carlos Campos
Visitante

Bom eu gostaria que os SK fossem revitalizados, mas uns CV90 seriam bons também, quem sabe um Guarani com canhão de 105mm ou até 120mm igual os Centauro

Fabio Araujo
Visitante
Fabio Araujo

O Guarani por ser 6×6 não sei se aguentaria levar um canhão de 105mm e muito menos um de 120mm, mas o Guarani foi desenvolvido pela Iveco que produz o Centauro, quem sabe uma negociação comprar alguns e fabricar parte deles por aqui!

Flávio Henrique
Visitante
Flávio Henrique

A família Guarani foi planejada com versões 6×6 e 8×8…

Fabio Araujo
Visitante
Fabio Araujo

Beleza, mas o Guarani 8×8 ainda não saiu do papel e a Iveco que produz o Guarani já produz o Centauro I com canhão de 105 e o Centauro II com canhão de 120mm. Se der para fazer o Guarani 8×8 com a torre do Centauro II de 120mm seria muito bom, mas fazer o Centauro com licença seria mais rápido e creio que mais barato!

rdx
Visitante
rdx

Existem 03 opções nesse caso:

Centauro B1 (com canhão 105 mm) excedentes do exército italiano – compra mais rápida e barata

Centauro 2 (com canhão 120 mm) – opção cara

Versão Guarani 8×8 com canhão 105 ou 120 mm – seria praticamente um veículo novo. uma mistura de Guarani 6×6 com SuperAV 8×8 e Centauro. Opção mais cara e demorada de todas. Se o EB não quiser comprar pelo menos uns 200 veículos é preferível comprar o Centauro. ninguém vai desenvolver um novo modelo para vender 15 a 20 unidades para o CFN.

Bardini
Visitante
Bardini

comment image

Tomcat4.0
Visitante
Tomcat4.0

Parece o Piranha, um com a torre com canhão 105? e outro com uma UT-30 mm ao fundo. Boa combinação.

rdx
Visitante
rdx

o canhão é 90mm

Tomcat4.0
Visitante
Tomcat4.0

Então está é a tal torre HitFat da Cockewil com canhão 90 MM a evolução da torre e canhão do Cascavel a qual eu tanto defendi para o Guarani 6×6.

Mauricio R.
Visitante

A torre chama-se Hitfact e é da Leonardo:

(https://www.leonardocompany.com/en/-/hitfact-105-120mm)

Mauricio R.
Visitante

A torre da foto é a CMI Defence Cockerill LCTS 90MP.

Flávio Henrique
Visitante
Flávio Henrique

A CMI tem uma torre modular que aceita canhões de 25mm a 105mm (Série Cockerill 3000)….Um munição de 90mm tem uma penetração próxima de um AT-4/ALAC/RPG. (~300mm de RHAe). Um canhão de 90mm/105mm abate a maioria dos outros blindados, exceção de MBT (arco frontal e porção dianteira do MBT) e blindados com ERA, além dessa função deve-se lembrar do uso em operação de assaltos a posições fortificadas exemplo M1128 Stryker MGS. Os SK-105/AMX-13/M551 não tem um substituto direto…os mais próximos são veículos sobre rodas(Stryker, Centauro, Cascavel etc…) e derivados das família BMP, BMD e PT-76…. Quando os Scopion FV-101 deixar… Read more »

Bardini
Visitante
Bardini

Canhão de 90mm tem várias funções no apoio, mas o de 105mm é agrega o fator de ser mais a prova do tempo, já que estamos falando de um blindado que vai estar em serviço daqui 40/50 anos ou até mais, dependendo da entrega dos últimos lotes.
.
Outra questão é a munição. Existem quantos fornecedores de munição para um canhão de 90mm de Média Pressão, que é diferente da que empregamos no Cascavel?
E para canhão de 105m raiado de alta pressão, cujo qual já temos em estoque, existem quantos fornecedores?

Flávio Henrique
Visitante
Flávio Henrique

Bardinl principais motivo do canhão de 105mm é sua capacidade Anti-carro e o outro motivo é que talvez tenha melhor capacidade de ser vendido. Há também a desculpa de padronizar com os Leopard mas seria mais sensato partir para o de 120mm já que esse é o provável calibre para o próximo MBT…ou seja tá mais para “Sjucuri III”

Agora sobre o canhão nem tinha me tocado sobre a diferença de pressão…

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

Manda isso para o saco e pega uns CV90 com canhão de 120 mm, e alguns piranhas com 30 mm e 90 mm. Nossas FAs precisam sair da década de 70.

Michel Lineker
Visitante
Michel Lineker

Uma pergunta de leigo, que não consultou nem a KMW e nem a Otomelara: mas não seria possível o Puma receber a torre do Centauro II???

elton
Visitante
elton

a gente bem que podia copiar os fuzileiros americanos que utilizam o M1 igual os do exercito e fazer o CFN utilizar o leopard1 a5 que e bem superior ao sk-105

colombelli
Visitante
colombelli

Correto. a possibilidade de entrada em ação do CFN é mais de 90% como infantaria de elite e não tropa anfíbia nos cenários de guerra que podemos criar com certa razoabilidade. Logo, sem prejuizo da manutenção de equipamento e armamento mais leve, propício a ser utilizado em operações anfíbias, o CFN deveria pensar em meios mais pesados.

Exemplificativamente, hoje tem 18 SK 105. Poderia acrescer mais 18 carros mais pesados. Também não entendi porque o CFN ainda não olhou os morteiros 120 do EB, bem mais efetivos que os que hoje opera.

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

O CFN também poderia adotar torres da Ares (UT30BR ou TORC30) nos Piranhas. Um veículo desse “merece” um armamento compatível, padronizaria com o EB (no caso da UT30BR) e aumentaria um pouco a produção.

Tomcat4.0
Visitante
Tomcat4.0

Colombelli, qual sua opinião sobre um possível Guarani 6×6 com esta torre e canhão de 90 MM como na foto postada acima pelo Bardini????

colombelli
Visitante
colombelli

Isso ai cumpre missão com folga no cenário da AL. So creio que o veiculo deveria ser rebaixado em altura em sua estrutura, ficando mais semelhante ao centauro, ou seja, entre o fim da roda o teto da estrutura do carro não pode ter tanta distância como tem o VBTP. Não seria um modificação gigantesca, mas seria importante para dar estabilidade. Pra minha conta estaria ótimo. É bem superior ao cascavel e sairia num custo compatível. Tem 170 pelotões que tem que ser mobiliados com 2 veiculos ( se mantida a atual composição), ou seja, são 340 carros. Creio que… Read more »

Tomcat4.0
Visitante
Tomcat4.0

Obrigado pela resposta.

Bardini
Visitante
Bardini

Existia uma necessidade de 24 VBTP para o CFN. Blindados que seria equipados com a REMAX. . Se a avaliação dos Piranha IIIC é favorável em relação ao Guarani, deveriam ampliar as unidades deste blindado que a força já conhece e opera, sustentando a atual logística. . O substituto dos Kürassier poderia ser um mix, entre algumas unidades de Piranha IIIC equipado com canhão 30mm e Piranha IIIC equipado com canhão 90mm. Ambos visando dar maior poder de fogo para a tropa blindada Sobre Roda do CFN. É coisa que já existe, basta emitir a ordem de compra para substituir… Read more »

Flávio Henrique
Visitante
Flávio Henrique

Há a versão belga DF30 que usar a torre UT30…

rdx
Visitante
rdx

Dizem que o EB desistiu do Guarani 8×8 com canhão 105mm para desenvolver uma versão do Guarani 6×6 com canhão 90mm. Na minha opinião a decisão é acertada…embora eu prefira uma versão com canhão 35 mm e mísseis anticarro, ou seja, um veículo conceitualmente muito parecido com o novíssimo Jaguar francês. O Guarani 8×8 inevitavelmente seria muito parecido com o Centauro…logo, não faz sentido projetá-lo. É mais sensato produzir o Centauro sob licença. No caso do Guarani 6×6 com canhão 90mm o resultado final seria um veículo conceitualmente (e até visualmente) similar ao Cascavel. Penso que é impossível enfiar uma… Read more »

Bardini
Visitante
Bardini

“Dizem que o EB desistiu do Guarani 8×8 com canhão 105mm para desenvolver uma versão do Guarani 6×6 com canhão 90mm” . Dizem que o EB vai desenvolver toda um família Sobre Lagarta… . “embora eu prefira uma versão com canhão 35 mm e mísseis anticarro” . Canhão 35mm é a pior escolha que pode ser feita para qualquer blindado. Só vale pra quem quer ter a capacidade de fazer upgrade para o 50mm no futuro. Isso não combina em nada com o Brasil. . “um veículo conceitualmente muito parecido com o novíssimo Jaguar francês” . Legal… Mas o Jaguar… Read more »

Tomcat4.0
Visitante
Tomcat4.0

O EB se voltar ao Guarani 6×6 com a torre mencionada acima(CMI Defence Cockerill LCTS 90MP) que tem carregamento automático e está no estado da arte , seria uma substituição do Cascavél por um novo veículo ,desenvolvido para substitui-lo e ao Urutu ,e com uma nova e evoluída torre. Pra mim, dentro do que já agrega o uso do Cascavél por tantas décadas, sendo 6×6, é o caminho mais sábio pois vai continuar atendendo o EB tão bem quanto o faz os Cascavéis.

Juarez
Visitante
Juarez

Um Centauro e suas 30 e tantas toneladas não combinam bem com areia fofa, mangues, brejos e TOs similares do CFM. Esta nova VTR d
Terá que ser de esteiras.

Bardini
Visitante
Bardini

Quem vai encarar areia fofa é a primeira leva, que vai ser dotada de CLAnfs. Os CLAnfs necessitam de coisa parruda, para dar apoio ao avanço. Aí entra a questão de possuir um verdadeiro MBT, como o Abrams.
.
Piranha IIIC é coisa que vai depois para frente, aí já teria apoio. É coisa que atua com suporte.
comment image

André Garcia
Visitante
André Garcia

Toda forma de se manter adestrado é bem vinda! Embora concorde com a maioria dos comentaristas que nossas FFAA precisam rever – urgentemente – sua política de pessoal. Especialmente quanto à quantidade de efetivos, formação, capacitação continuada e meritocracia no desempenho das funções. Merecem receber vencimentos dignos, mas precisam racionalizar. Apostar mais na interoperabilidade, uso de meios, estruturas e formação de forma compartilhada.
Temos poucos navios, aviões e carros de combate para muitos combatentes e isso sem falar nas áreas meio.
Para mim, a FAB começa a seguir um bom caminho, embora ainda tímido, na direção do que penso.

Celso
Visitante
Celso

Rinaldo Nery, 10,32 , 10/12. Asneiras ou nao, o Sr parece mesmo arvorado de sua ex condicao de militar e principalmente crente em dar carteiradas. Sera que es tao bom comandante aviador na cia Azul ?? teria ate medo em estar num voo com sua responsabilidade. A arrogancia nao colabora. Respeite como foi respeitado e com certeza teras o mesmo tratamento. Se nao consegue entender o que te escrevem e muito menos compreender, pelo menos seja educado. O corporativismo em inumeras castas de nossa sociedade e risivel e esta encrustado na sociedade. Ninguem quer largar o osso. Quando o pirao… Read more »

Juarez
Visitante
Juarez

Não, eu entendi que estavam propondo trocar os SK 105 por Centauro, mas nesta outra opção eu concordo.

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Será que o EB testou a torre de 90mm do Cascavel no Guarani 6×6? E a de 105mm? Nunca ouvi falar em algo do tipo.
As torres estão disponíveis e tem o CTEx para isso. O custo desses testes não seria grande e daria para ter uma ideia de como o Guarani 6×6 se comportaria com elas e com torres mais modernas.

colombelli
Visitante
colombelli

Rafael, as torres do cascavel são muito antigas, todas analógicas e manuais. Não valeria a pena. Por outro lado a questão de estabilidade de deslocamento e disparo prescinde de teste real e pode ser aferida por modelos matemáticos ou mesmo teste com equipamento hidráulico de simulação. Pra um canhão grande provavelmente ele fique meio alto demais. Observa o recuo nos centauros 105 que são bem mais baixos.

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Colombelli, O EB tem software capaz de simular a estabilidade de deslocamento e o disparo? Instalar equipamento hidráulico não sairia mais caro do que retirar uma torre e colocar no Guarani. Claro que eu sou contra dotar o Guarani com a torre do Cascavel. Seria apenas para ter uma ideia do comportamento da viatura com uma torre em cima disparando. No caso da torre do Leo1 a ideia do teste seria verificar se fica realmente alto e instável. Considero esses testes importantes até para o CTEx ganhar conhecimento e experiência. Mas concordo que o ideal seria comprar (ou emprestar) algumas… Read more »

colombelli
Visitante
colombelli

Rafael, este é um teste que não demanda maior complexidade. Trata-se de apurar carga lateral e seu efeito em um dado eixo. Não há mistério fazer isso com um software de engenharia bem acessivel ou usar um braço hidráulico para aplicar a mesma energia/carga com o momentum adequado, mesmo que não igual ao gerado por um recuo de canhão. A energia do recuo do canhão se apura fácil e a energia necessária para “tombar o carro” pode ser facilmente aferida com um dinamômetro. Não tem mistério. Por a torre e testar põe em risco o carro. Claro que estabelecidos parâmetros… Read more »

Agnelo
Visitante
Agnelo

Camarada
Acho q ficarão em 4 Bda Inf Mec.
15ª, 3ª, 9ª e 11ª.

colombelli
Visitante
colombelli

Agnelo base de quantos tem por brigada? eu penso que são algo em torno de 180 blindados.

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Colombelli, A altura do Guarani é condizente com a de seus pares atuais, a fim de ter alguma proteção contra IEDs. Não acho que ela impeça o uso adequado de um canhão de 90mm no 6×6. E no 8×8 o de 105mm. Suspensões e canhões evoluíram e deve ter uma combinação eficiente entre eles, mesmo para veículos altos. ATGM acho muito improvável, pelo valor. Nem as UT30BR e TORC30 estamos comprando. Enfim, penso que a produção do Guarani deve voltar a um ritmo adequado e, principalmente, deve-se focar na compra de armamentos, desde os canhões 30mm aos 90 ou 105mm,… Read more »

colombelli
Visitante
colombelli

Rafael, dá pra fazer ele alto do chão como o VBTP mas mais baixo no total. A estrutura mais baixa é compensada pelo espaço da torre.

Tinha até um video no youtube onde aparecia um desenho besta linha

colombelli
Visitante
colombelli

nesta digo. Bem parecido com o Cascavel

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Colombelli,
Acho que me lembro desse vídeo.
Mas tem que ver se pensaram no interior e na ergonomia para o motorista e para quem estiver fora da torre.

rdx
Visitante
rdx

Se colocar a torre do Cascavel no Guarani ele tomba na primeira curva.

Penso que a versão Guarani 6×6 destinada a substituir o Cascavel teria pouca semelhança com a VBTP… pelo menos deveria.

Conceitualmente, deveria ser um veículo multirole…isto é, capaz de realizar diversas missões, tais como reconhecimento e caça-carros. Também deveria ter grande consciência situacional e elevado nível de proteção. Penso num veículo de baixa silhueta, com torreta remota (gosto da torreta KMW com canhão 35mm, se possível com lançadores MSS 1.2 integrados), sensores estado da arte e proteção mínima contra 12,7 mm e IEDs leves.

Tomcat4.0
Visitante
Tomcat4.0

Ainda tenho esperança de que veremos o Guarani com a torre Torc 30 BR ano que vem na LAAD.

Bardini
Visitante
Bardini

VBR-MR 8×8
comment image

Bueno
Visitante
Bueno

Que Imagem Linda do VBR MR 8X8 ,
A data da matéria no site do exercito é de 2015, vai para 4 anos , o tempo passou e não se fala nada deste projeto.

Tomcat4.0
Visitante
Tomcat4.0

Percebe se o perfil mais baixo do veículo, como mencionado pelo Colombelli, seria interessante este perfil no 6×6 para uma torre com canhão 90mm em uma versão de reconhecimento.

Bardini
Visitante
Bardini

A altura está descrita nos Requisitos Operacionais Básicos.

colombelli
Visitante
colombelli

A altura vai estar intimamente ligada ao canhão escolhido. Um 90 vai até no atual guarani, mas um 105 a coisa muda. Ademais, a torre compensa o espaço perdido para a estrutura mais baixa. A rigor, artilheiro, comandante e municiador ( se não for carregamento automático) ficam na torre, onde ainda vai até alguma munição. Fora isso o resto do espaço é pra munição “empaiolada” e pode ser bem menor do que aquele destinado a um GC e mais um atirador que tem no VBTP. A mudança não é significativa sob o ponto de vista logistico e é importante para… Read more »

nonato
Visitante
nonato

Oh novela essa de qual seria o blindado adequado para o CFN ou para o EB.
Tantos países no mundo com diferentes tanques ou blindados.
Aí aqui no Brasil nem compram nem desenvolvem.
Ah, 90, 105 ou 120 mm?
Ah, por que não 8 x 8?
Muita discussão para algo que deveria ser simples.
Esta parecido com a força aérea da Índia.
Tejas, Rafale ou SU 30?
F 16 ou gripen?
SU 57 ou F 35?
E o tempo passando.
🤔

André
Visitante
André

O problema das FA e o gasto com a estrutura administrativa, estamos cansados de ver limitações para compra de bebidas, comidas extravagantes e carias coisas pomposas, ja passou sa hora da aristocracia sair das FA nao estamos mais no Império, temis que ter profissionalismo e os oficiais ebtendetem que tem que fastar com equipamentos de primeiea geração e em quantisade suficiente para a nossa defesa. Desfiles, bailes e algo desse naipe ja nao cabem mais.Simples assim.