Home Blindados Espanha moderniza tanques venezuelanos apesar do embargo de armas da UE

Espanha moderniza tanques venezuelanos apesar do embargo de armas da UE

7098
88
Tanques AMX-30 da Venezuela

A licença para exportar peças foi concedida quando as sanções aprovadas, dada a deterioração da situação no país da América Latina, já estavam em vigor

Por Miguel Gonzáles

A Espanha está participando da modernização dos tanques do Exército Venezuelano, apesar do embargo imposto pela União Europeia sobre a venda de armas a esse país. O conselho ministerial que controla as exportações militares espanholas aprovou a venda de € 20 milhões em peças para tanques ao governo do presidente Nicolás Maduro no primeiro trimestre de 2018.

A autorização foi concedida depois de 14 de novembro de 2017, quando a regulamentação da UE que proibia o fornecimento desse material a Caracas foi implementada. Fontes do governo afirmam que o contrato foi anterior ao embargo, embora sua aprovação política tenha ocorrido mais tarde.

A UE tomou a medida dada a deterioração da situação política e humanitária na Venezuela, e foi aplicada a material que poderia ser usado para a repressão e violar os direitos humanos. Os ativos de uma lista de funcionários de alto escalão também foram congelados.

O embargo à Venezuela só permite duas exceções: o fornecimento de material para fins humanitários e para operações envolvendo as Nações Unidas e a organização regional; e a “execução de contratos assinados antes de 13 de novembro de 2017 e contratos auxiliares necessários para a execução dos mesmos.”

No primeiro trimestre deste ano, de acordo com estatísticas sobre as exportações de defesa da Secretaria de Estado do Comércio, a Espanha vendeu peças de veículos militares para a Venezuela por 6.216 euros. Muito mais importante, no entanto, foi a aprovação – sob o governo do então Partido Popular (PP) – de uma licença para exportar componentes de tanques por € 20 milhões. Este número é quase 10 vezes maior do que todas as vendas de armas espanholas para a Venezuela no ano de 2017 (€ 3,5 milhões) ou 2016 (€ 2,6 milhões).

Segundo fontes consultadas para esta reportagem, a licença corresponde ao programa de modernização dos 86 tanques de combate AMX-30, fabricados originalmente na França. O Exército Venezuelano está gastando 70 milhões de euros com os veículos, que foram adquiridos pela primeira vez em 1970 e já foram modernizados uma vez por empresas venezuelanas, mas esse processo terminou em desastre e foi cercado por suspeitas de corrupção.

Os tanques agora serão atualizados com a incorporação de equipamentos de informática e eletrônicos, fornecidos em grande parte por uma empresa israelense, enquanto a integração será realizada pela empresa espanhola Star Defense Logistic Engineering SL (SDLE).

Questionado sobre o motivo pelo qual esta operação foi autorizada apesar do embargo de armas, um porta-voz da Secretaria de Estado do Comércio indicou que “a cláusula de salvaguarda incluída nas sanções da UE permite a autorização de licenças de exportação baseadas nesses contratos”, em referência à acordos que já estavam em vigor quando o embargo foi aprovado.

Dito isto, nenhum contrato entra em vigor até que o conselho interministerial aprove a licença correspondente – ou seja, ninguém pode exportar material militar sem contar com a autorização do governo.

A negação de licenças é uma ocorrência regular. No primeiro trimestre de 2018, a venda de material para paraquedas ao Irã foi bloqueada, enquanto em 2017 uma venda de armas a Israel foi negada.

Um porta-voz da SDLE explicou que a empresa conta com uma licença temporária para fazer a manutenção dos tanques venezuelanos AMX-30. “Até agora, não recebemos nenhuma notificação para interromper este serviço”, explicaram eles. “Se recebermos uma, vamos cumpri-la. Enquanto isso, devemos nos cumprir com nossos compromissos”.

FONTE: El País

88
Deixe um comentário

avatar
37 Comment threads
51 Thread replies
1 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
44 Comment authors
SidycolombelliBruno RochaGabriel Luis da SilvaDOUGLASTARGINO Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Esse negócio de embrago é para inglês ver.
Até o Irã. Falam embargo daqui, embrago dali e estão cheios de dinheiro para comprar armas.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Digo, ‘embargo’.

JPC3
Visitante
JPC3

Cheio de dinheiro para comprar armas?

Os caras que vão comprar meia dúzia de FC-17?

Os caras que estão com a aviação civil sucateada e querem comprar 10 ou 20 Sukhois de médio porte??

Olha a situação do Irã e da Coréia do Norte antes de escrever essas coisas.

JPC3
Visitante
JPC3

Não tinha dito que crise na Venezuela era culpa do embargo americano????

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Antonio. Sobre embargos de armas, particularmente sobre os embargos patrocinados pelos EUA contra o Irã, é sempre conveniente lembrar do Cel. Oliver North no escândalo “Irã-Contras”, quando a CIA com apoio do DoD, triangulou a venda de armas para o Irâ e para os guerrilheiros na Nicarágua, financiada pelo tráfico de cocaína. Tem um filme legal sobre isso chamado “O Mensageiro”. A propósito, o Pres. Buch (pai) assinou um indulto, perdoando todos os que foram condenados no caso, inclusive o Cel. North.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Muitíssimo bem lembrado.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Antonio. Não por coincidência, Cel Oliver North é o atual presidente da NRA – National Rifle Association.

Elton
Visitante
Elton

O iran mesmo sofrendo embargo de toda a união europeia e Estados Unidos durante a guerra com Iraque na década de 1980 ainda conseguia peças para seus F14 e munição 105mm para seus M60 e Chieftain britânicos e ainda compraram os RBS70 quando ainda era lançamento na Suécia então embargo de armas só funciona em discurso na ONU.

JPC3
Visitante
JPC3

Sim, deve ser por isso que estão voando F-5 e F-14 sucateados até hoje…

Olha os navios e submarinos deles….

JPC3
Visitante
JPC3

Mais 70 milhões de Euros jogados fora enquanto o povo passa fome.

Maduro fazendo exatamente o que os americanos querem que ele faça…

Elton
Visitante
Elton

Será que os T72 que eles importaram da Rússia são tão ruins que estão priorizando modernizar MBTs do início da década de 60.

Fabio Araujo
Visitante
Fabio Araujo

Os AMX ficam na fronteira com a Colômbia, lembrando que a Colômbia não possui tanques médios e nem pesados só possuem o Cascavel. É contra o Cascavel o AMX é suficiente!

Alexandre ziviani
Visitante
Alexandre ziviani

Os colombianos possuem,além do Cascavel centenas de Spikes e Tow instalados em humvees,acredito que estes amx vão sim é virar alvo de Atgm.

Saudações

Willber Rodrigues
Visitante
Willber Rodrigues

“(…)já foram modernizados uma vez por empresas venezuelanas, mas esse processo terminou em desastre e foi cercado por suspeitas de corrupção.”
Interessante. Alguem tem mais detalhes disso?

JPC3
Visitante
JPC3

Quiseram instalar um motor que não cabia no tanque e o chassi teve que ser alongado.

https://www.youtube.com/watch?v=Ctm5d0GNBhE

Tomcat4.0
Visitante
Tomcat4.0

É um belo MBT.

Zé
Visitante

É bom o NOVO governo Brasileiro ficar de olho na tal UE…quem faz trato com…

Thiago
Visitante
Thiago

No caso seria para ficar de olho na Espanha, segundo o próprio texto as sanções foram impostas pela UE, a Espanha encontrou uma brecha para não comprir as regras. Seria melhor ficar de olho em todos, e tomar mais cuidado ainda com os EUA tendo em vista o histórico de espionagem e de ingerência em questões fora da competência deles.

Rafael M. F.
Visitante
Rafael M. F.

Off:

PRF contará com veículos blindados especiais

https://www.prf.gov.br/agencia/prf-contara-com-veiculos-blindados-especiais/

Kommander
Visitante

Muito bacana, PRF é uma das polícias mais modernas do Brasil, isso se não for a mais moderna.

Antunes 1980
Visitante
Antunes 1980

Após as devidas atualizações, estes AMX-30 serão superiores aos Leopard 1 do EB?

Se sim, está na hora de mudarmos para Leopard 2. Os estoques europeus deste modelo estão bem altos, os preços tendem a baixar. E também já temos toda a estrutura para manutenção da KMW em Santa Maria (RS).
Alguém avise o nosso ministro da Defesa !

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Antunes. Considerando que Venezuela é um grande produtor de petróleo e membro da OPEP, que em última análise é de onde são obtidos os recursos para as forças armadas da Venezuela, o Brasil terá que escolher onde usar os royalties do pré-sal… ou MEC ou MinDef.

SmokingSnake 🐍
Visitante
SmokingSnake 🐍

Acontece que o Brasil produz mais petróleo do que a Venezuela e a tendência é a produção só aumentar!

Acho estupidez colocar os royalties todos em uma coisa só, o país já gasta uma porcentagem do pib com educação que é maior do que a maioria dos países desenvolvidos e não tem resultado nenhum, só cai nos rankings de qualidade. O problema não é dinheiro. Esses royalties na educação só serviria para enriquecer mais ainda uns companheiros com super salários que usam as instituições de ensino como centro de lavagem cer… propaganda.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Smoking. Segundo os dados de 2016, a Venezuela exportou US$ 18 bilhões (que representa 69% das exportações) e o Brasil exportou US 9,5 bilhões (5%). Nesse mesmo ano, a Venezuela produziu 2,4 milhões de barris de petróleo, e o Brasil produziu 2,5 milhões. Portanto, apesar do Brasil ser um grande produtor, o seu impacto na balança comercial é menor do que o do açucar, por exemplo (5,7% das exportações), enquanto a Venezuela tem uma enorme dependência.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

É isso mesmo.
O Brasil produz, basicamente, petróleo para consumo e a Venezuela para exportação.
Deste modo, com o mundo inundado de petróleo e os preços em baixa, certamente teremos problemas para os países produtores.

SmokingSnake 🐍
Visitante
SmokingSnake 🐍

Dados de 2016 estão defasados, a diferença hoje é maior já que a produção da Venezuela só vem caindo e a do Brasil sobe. Boa parte do petróleo brasileiro abastece a indústria interna e movimenta a economia do país, o que é melhor do que exportar tudo e não produzir mais nada que nem a venezuela faz, nem comida eles tem capacidade de produzir…

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Smoking. Os dados da balança exterior de 2017 ainda não estão disponíveis. O ponto fundamental é perceber que a economia da Venezuela é fortemente dependente da exportação de petróleo que é essencialmente a fonte de recursos da Venezuela. Segundo dados de 2016 (foram o que encontrei consolidados. Os valores de 2017 e 2018 estão disponíveis mês a mês), a ANP distribuiu R$ 17 bilhões (US$ 33 por barril). A ANP tem um manual para calcular o valor dos royalties se você tiver curiosidade. Aproximadamente, a União fica com 37%, is estados um pouquinho menos e os municípios metade disso.… Read more »

Cbamaral
Visitante
Cbamaral

Olha, ta certo que ficarão na fronteira com a Colômbia, mas acho que seria melhor terem investido em armas anti-tanques portáteis, o AMX-30 já deu o que tinha que dar a muito tempo.

Fabio Araujo
Visitante
Fabio Araujo
Tomcat4.0
Visitante
Tomcat4.0

O Guarani 6×6 e o Freccia 8×8( o qual é baseado no Centauro).

Flávio Henrique
Visitante
Flávio Henrique

Elas devem ficar com a família piranha já que conhecem e já produziram lá tal veículo….Mas se o GF “fazer” uma troca vender o Guarani e compra outro produto por exemplo um navio quebra-gelo, já está em estudo e a MB está acompanhando o projeto chileno, seria melhor para ambos.

Só lembrando que a capacidade anfíbia que eles procuram parecem ser mais robusta que a do Guarani

Delfim
Visitante
Delfim

O Azerbaijão tem 90% de população muslim que oprime os 10% cristã. Com armamento israeli. O Azerbaijão é o terceiro maior cliente de armas israelis. Bibi esteve lá em setembro.
Fora venda de produtos e tecnologia para Rússia e China.
Mas os messingélicos acham Bibi um aliado confiável. Ok.

Delfim
Visitante
Delfim

Só para verem que qdo se é parça, embargo não existe.

Bardini
Visitante
Bardini

Diferente dos Venezuelanos, nós temos empresas com DNA israeli aqui juntamente dos alemães. Temos acesso direto a tecnologia alemã e israeli, sem necessitar atravessador espanhol para tocar projeto. Por isso que eu digo que não me surpreenderia em nada a decisão pela revitalização e modernização, mesmo que de parte dos atuais Leopard 1A5 do Exército. Nada vai ser mais barato do que isso, pois os Leopard 1A5 já estão aqui, estabelecidos e o EB não vai simplesmente descartar estes blindados daqui alguns anos… Não é esse o histórico.

Tomcat4.0
Visitante
Tomcat4.0

Espero que estejam já há tempos desenvolvendo esta modernização para atender as necessidades do EB no uso do Leo 1A5.
No mais tem M1 a rodo no titio Trump.
E Merkava do titio Netanyaho tbm.

Gabriel Luis da Silva
Visitante
Gabriel Luis da Silva

Vai precisar de quanto tempo para entenderem o 1A5 não tem condições de operar mais? A não ser que troquem todo o motor, transmissão, hidráulica da torre…

É o mesmo que sugerir colocar radar AESA e turbina F110 nos F-5.

Agnelo
Visitante
Agnelo

Senhores
Será q se o Brasil adotar o Leo 2 para se sobrepor a Venezuela será bom para Espanha e/ou algum aliado seu?
Porque a Espanha tem Leo 2… e já é sabido por todos a necessidade em trocarmos nosso Leo 1…
“Do nada”, a Espanha resolve ajudar a Venezuela, mesmo com o embargo…
No mínimo, estranho.

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Os parceiros da OTAN não estão falando a mesma lingua? tadinhos…

Será que o Nordh Stream2 vai sair?

Dodo
Visitante
Dodo

Nunca falaram, basta mencionar que Grécia e Turquia estou juntas na aliança…… Sim acredite se quiser. Eternos aliados…..

Dodo
Visitante
Dodo

Que tara é essa com a porcaria do leopard2 ? Já encheu o saco com todo o respeito. O leo1.5 é um tanque moderno(mesmo nível das últimas versões do t72) e mais do que suficiente para suprir nossas necessidades militares. Diabos, até o m60 modernizado é bom, tanto que a Turquia o usa constantemente na Síria

Gabriel Luis da Silva
Visitante
Gabriel Luis da Silva

O 1A5 é o quê? Kkkkkkk

As DM 33 que o 1A5 dispara se quer penetram a blindagem frontal da torre dos T-72 com Kontakt-1 e você diz que são equivalentes?

Meu Deus!

Bueno
Visitante
Tomcat4.0
Visitante
Tomcat4.0

Tem dois blindados (que se não me engano conforme matéria no T&D são nacionais) de modelos diferentes que aparecem ao lado da carroceria da gambiarra blindada do Marrua cargo.
Os LMV’s são do primeiro lote( 4 de 16) comprado usado do exército italiano.

Marcelo Andrade
Visitante
Marcelo Andrade

Cara, essa tara que alguns têm aqui em relação aos T-72 da Venefavela já deu né? 2018 já terminou!!

Gostaria de saber até onde iriam os T-72 além de Roraima? Atravessariam o Rio Amazonas?

Cada uma!!!!

Alex II
Visitante
Alex II

Espanhois sendo independentes e pensando só no bolso. Como os grandes.

Caio
Visitante
Caio

Exatamente meu caro! o mundo adulto e comercial funciona assim.
Só os nossos cérebros infantilizados yutubados é que querem qie se faça negócios apenas com os “povos bonzinhos, amiguinhos”. Quando se pensa que a burrice no Brasil atingiu o ápice!tem gente que consegue superar.

Zmun
Visitante
Zmun

Ninguém tá respeitando a tal da UE, virou coisa pra inglês ver, literalmente. 😀

Henrique de Freitas
Visitante
Henrique de Freitas

Ao meu ver, excelente noticia. Grande potencial de confusão e ainda dá uma força para o EB seguir sua modernização de maneira mais agressiva com atualização tecnologica alinhada com as melhores oportunidades do mercado.
Resumidamente, mais uma razão para o EB se preparar conscientemente.

Cleber
Visitante

Será com a aproximação do tio Sam agora , e a geopolitica na região , o Trump não nos entregue dezenas de M1 Abrams via FMS ?

Elton
Visitante
Elton

Os M1 para o Brasil seria bem dissuador ainda mais se fosse a versão A2SEP com munição de urânio, porque se for a A1M que venderam para os iraquianos e melhor ficar lá mesmo.

Tomcat4.0
Visitante
Tomcat4.0

O M1 da de dez a zero no Leo 1A5 e ainda pode ser modernizado “N” vezes muchacho, tem sobrando no deserto e peças a rodo!!! A questão no Iraque foram os iraquianos e não o MBT.

Sidy
Visitante
Sidy

Dedos cruzados… ia ser a salvação da lavoura,

josé
Visitante
josé

assim fica difícil. os EUA querem maduro fora, mas são os maiores compradores de petróleo venezuelano. a china já “emprestou” alguns bilhões de dólares. agora a espanha. como diz o ditado, “faça o que eu mando…”.

sub-urbano
Visitante
sub-urbano

Só comentário bobo q q isso… Os AMX 30 venezuelanos são a 2ª linha de couraças deles, bagulhos antigos da mesma geração dos brasileiros M-60 e LeopardA1. A 1ª linha da Venezuela são os T-72B1 com blindagem reativa Kontakt e capacidade para lançar ATGMs pelo canhão, comprados novos da Rússia em 2010. Superiores a qualquer coisa que o Brasil tenha atualmente.

Dodo
Visitante
Dodo

Peemita-me corrigi-lo em alguns pontos. O m60 modernizado é um.excelente blindado(vide a Turquia opera-los com bons resultados na Síria)o leo1.5 é equivalente em tecnologia e recursos ao t72 venezuelano, e diferente dos venezuelanos, as tripulações brasileiras recebem treinamento de excelente qualidade. Tecnologia não é tudo, a tripulação conta muito mais(como ficou evidenciado pelo fracasso absoluto do Leo 2 na Síria e do abrams no Iraque)

Gabriel Luis da Silva
Visitante
Gabriel Luis da Silva

Cara, pare de espalhar desinformação. O 1A5 não é equivalente em nada ao T-72, é sim ao AMX 30, sendo ligeiramente superior. Não temos M60 modernizado. Fracasso do Abrams e do Leo 2? Você reconhece quando alguém não sabe do que está falando só na argumentação dele. M1 operou em larga escala na Guerra do Golfo, assim como Leopard 2 no Afeganistão e não houveram problemas maiores. O fato de serem destruídos no Iraque, Yemen e Síria em nada tem a ver com as viaturas e sim com o modo de uso. Se der Leopard 2A7 pros Árabes, ainda sim… Read more »

Flávio Henrique
Visitante
Flávio Henrique

O fracasso em questão é quando operado pelos iraquianos…O interessante eles fracassaram tanto com o T-72 como com o M1…

ALEX TIAGO
Visitante

Como assim 70 milhões de euros para modernizar essa velharia se pegar esse valor em M72b1 daria muito mais carros do que 86 amx 30 daria uma baita elevada na capacidade imagina eles com 200 m72b1 ou mais imagina seria muito melhor para eles a não ser que queiram ter mais de um fornecedor ou os m72b1 não são tudo isso que se desenha???

Bardini
Visitante
Bardini

É…
T72B1…
É um bom presente, que os Russos já deram a DITADURA de Nicarágua.
https://www.infodefensa.com/latam/2017/01/12/noticia-embajador-asegura-nicaragua-centavo-tanques-t72b1.html

ALEX TIAGO
Visitante

M72b1 não t72b1 esse corretor me mata me desculpem

elton
Visitante
elton

os T-72 russos são bons mas a versão operada pela russia porque a que e empurrada para os aliados e bem basica ,por exemplo os iraquianos que tiveram que fabricar uma versão local o Leao da Babilonia para terem melhores sistemas de mira,comunicação e combate noturno porque o t72 exportado era bem ruim a unica versão moderna do t72 e o t90 o resto e adaptação de viaturas da era sovietica

jose
Visitante
jose

todo produtor de armas faz isso, até os EUA. mas a ucrânia tem versões melhores.

Foxtrot
Visitante
Foxtrot

Isso que é independência de verdade ( digo no caso da Espanha).
O mundo latiu o cão raivoso americano lafrou e os espanhóis nem ligaram kkkkk!
Se o Brasil tivesse um pouquinho da coragem espanhola teríamos vendido os AMX-T (denominação há época do AMX-M) e A-29 a Venezuela de Hugo Chávez.
Mas basta o senhor do norte nos mostrar o jornal enrolado que abaixamos as orelhas, colocamos o rabinho entre as pernas e nós mudamos todo.

JPC3
Visitante
JPC3

Mas o AMX e o A-29 não possuem componentes americanos e europeus?

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Foxtrot 4 de janeiro de 2019 at 9:35

Não é só isso, eles costumam deixar os russos abastecerem em Gibraltar, para horror e histeria britânica. Muito hilário.

JPC3
Visitante
JPC3

“”horror e histeria britânica””

Onde você leu que os britânicos estavam histéricos e horrorizados?

Fellipe Barbieri
Visitante
Fellipe Barbieri

Podem me chamar de doido . mas sinto cheiro de M1 vindo ai . pensa comigo, Tio Sam tem M1 aos montes, e o Brasil não tem nada sequer parecido com eles, mesmo que modernize até a alma dos Leo 1A5 não vai superar . e digo mais … Acho provável helicópteros de ataque AH-1 e blindados M2 Bradley e mais M109A5 . as versões e a situação ao certo eu não sei, mas cavalo dado ou melhor (vendido parcelado a preço baixo) não se olham os dentes . e Tio Jacob vai ser quem ira nos “ajudar” a modernizar… Read more »

Foxtrot
Visitante
Foxtrot

Caro Felipe Barbieri, depois da notícia que li agora, intitulada ” presidente Bolsonaro admite que no “futuro” os americanos terão uma base no Brasil (acredito que seja em Alcantara) “.
No duvido que isso venha a acontecer.

Tomcat4.0
Visitante
Tomcat4.0

Na verdade ele menciona que dependendo de como o mundo estiver(isso já aconteceu durante a IIGM )ae se pode pensar em base física. Olha a interpretação de texto e real leitura do mesmo. E pra tristeza dos que acham que ele já estava liberando a Embraer, já há notícia veiculada onde ele discorda dos termos atuais do negócio.

Foxtrot
Visitante
Foxtrot

Aí entra a verdadeira interpretação de texto.
Discordar de alguns termos não quer dizer que discorda completamente do negócio.
Inclusive ele aconselha os americanos a mudarem algumas cláusulas para efetivar a negociação.
Seu vice é completamente a favor da negociação e já deu depoimentos alegando isso.

paulop
Visitante
paulop

https://repositorio.ufu.br/bitstream/123456789/16168/1/Vinicius%20Modolo.pdf Caros colegas, trago este documento para ilustrar melhor nossa discussão. Na página 149 existe uma mapa com a disposição das unidades de cavalaria (sem discriminar pelo tipo) na América do Sul, no ano de 2013. Observem que, em relação à Venezuela, a grande parte das unidades deste país está concentrada na fronteira com a Colômbia, centro da Venezuela e um pequeno ponto próximo ao Brasil. Da mesma forma, a Colômbia tem algumas unidades de cavalaria também próximas da fronteira com a Venezuela. Não sei qual é o material destas unidades, mas creio que se trata de uma relação Cascavéis… Read more »

_RR_
Visitante
_RR_

Dodo, Não é segredo que o desempenho do ‘Leo 1A5’ já está aquém do necessário para mantê-lo na vanguarda de nossa arma blindada. Há ainda consideráveis entraves logísticos, que vão se fazer sentir a partir da próxima década. Termina que, apenas para mantê-lo operando, já vai ser necessário repotencializa-lo, além de modernizar controle de fogo e optrônicos. E para tê-los como meio de combate efetivo, estaremos falando de troca de canhão e aumento de proteção, o que, somado a uma nova torre, pode dar o preço de um ‘Leo 2A4’ revisado… Entende o dilema…? Estamos chegando num ponto crítico acerca… Read more »

DOUGLASTARGINO
Visitante
DOUGLASTARGINO

Extra, Brasil pode ter base dos EUA se a Russia por uma base por lá! Esperando uma matéria sobre o assunto.

Foxtrot
Visitante
Foxtrot

Pois é, adeus continente pacífico rsrs!
O quintal da nova guerra fria é.a América latina agora.

Gabriel Luis da Silva
Visitante
Gabriel Luis da Silva

Desde quando a América Latina foi continente pacífico?

Foxtrot
Visitante
Foxtrot

Se não sabe, sempre foi a imagem que nós passaram.
Inclusive utilizaram esse argumento durante anos para não equipar nossas FAAs.

Bruno Rocha
Visitante
Bruno Rocha

A democracia é, de fato, um jogo de aparências e mais nada. É impressionante que hoje ainda se ajude um país como a Venezuela. E nem é questão de ser um país imoral como a China, que financia e protege a Coreia do Norte, que pratica assassinato em massa até hoje. Mas um país ocidental, como é a Espanha. São cúmplices de um governo que pratica assassinato de civis e ainda acusa tudo e todos de fascismo.
Nunca tive fé alguma na humanidade, e não me espantaria se nosso destino, enquanto espécie, for a auto-aniquilação.

colombelli
Visitante
colombelli

isso ai me cheira problemas de alguma ordem nos T-72. mais lógico seria adquirir mais deles ou melhora-los. Se eles tem os 180 que se afirma terem não careceriam de mais. Se buscam reformar carros muito antigos (embora bons) presumo que os T-72 não estão operando como deveriam.