Home Aviação de Transporte Batalhão DOMPSA participa de campanha de testes do KC-390 nos EUA

Batalhão DOMPSA participa de campanha de testes do KC-390 nos EUA

4521
25

Rio de Janeiro (RJ) – Nos meses de abril e maio do corrente ano, militares do Batalhão de Dobragem, Manutenção de Paraquedas e Suprimentos pelo Ar e do Centro de Instrução Paraquedista General Penha Brasil, participaram da Fase 8 da Operação Guarani 2019 – testes de lançamentos de cargas médias e pesadas da aeronave KC-390.

As atividades aconteceram na base militar do Exército Americano “Yuma Proving Ground”, localizada em Yuma, no estado do Arizona – EUA. Os militares, que são especialistas DOMPSA, trabalharam realizando a inspeção das cargas montadas para lançamento, embarque e montagem do sistema de lançamento no avião, inspeção do sistema de lançamento montado na aeronave, operação da Zona de Lançamento (ZL), acompanhamento dos Lançamentos e inspeção das cargas após serem lançadas na ZL.

Foram realizados diversos lançamentos de cargas médias e pesadas, culminando com o lançamento de 24 cargas médias (até 2.200 lb) em uma única passagem sobre a ZL e o lançamento de carga pesada com 8 toneladas de peso. Ao final, todos os objetivos pretendidos pela empresa Embraer, para essa campanha de testes do novo avião brasileiro, foram alcançados.

FONTE: Agência Verde-Oliva/CCOMSEx

25
Deixe um comentário

avatar
9 Comment threads
16 Thread replies
1 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
20 Comment authors
Ricardo BigliazziMgtowBeserra(FN)Mauricio R.Jadson Cabral Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
PauloOsk
Visitante
PauloOsk

Desculpem a ignorancia mas porque um teste desse nao pode ser feito no Brasil mesmo? Eh tao complexo assim?

Guilherme
Visitante
Guilherme

Esse teste já foi realizado no BR, porém nada melhor que fazer testes com possíveis compradores.

William Duarte
Visitante
William Duarte

Marketing. Puro e simples. Quer vender exponha seu produto bem visivel para a clientela. Que um lugar melhor que nos EUA para apresentar o seu avião?

julio
Visitante
julio

Teste foi numa zona de deserto, por isso foi lá.

Veiga 104
Visitante
Veiga 104

Foi a primeira coisa que veio a minha mente

Marcos10
Visitante
Marcos10

O Yuma Test Center (YTC) é o principal centro de testes do Exército para testes de entrega aérea.
“A YTC tem instalações, mão-de-obra, instrumentação e excelente clima durante o ano todo para a Air Delivery Operations.”
“O papel da YPG para este projeto era equipar todas as cargas úteis, embalar pára-quedas, coletar dados de instrumentação, fotografias, vídeo e suporte a coordenadas de alcance”.
… a aeronave passou por uma certificação básica e agora a YPG está apoiando a certificação de missão militar. Ele está satisfeito com o processo.
Fonte: http://www.dvidshub.net

Tomcat4.0
Visitante
Tomcat4.0

KC-390 em breve pelos céus de todo Brasil nas asas da FAB !!!

luiz silva
Visitante
luiz silva

Quem quer vender tem de mostrar as qualidades do produto. E se vender para o Estados Unidos, a maior forca militar da historia, abrira portas para entrar em mercados pelo mundo. Aqui o pessoal respira militar….aonde voce vai tem base americana.

Farroupilha
Visitante
Farroupilha

Exato. Melhor vitrine não há.
E que bom que todas as provas foram realizadas com sucesso, tanto dos lançamentos quanto na operação sem falhas ou acidentes do KC-390.

Valim
Visitante
Valim

Na foto, parece que alguns paraquedas não abriram. houve alguma falha???

Billy
Visitante
Billy

Será que a América não pensa em aposentar alguns C130?

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Não, está modernizando agora 176 C-130H e similares antigos que seriam aposentados e abririam vaga para novos C-130J.
Receberão avionica glass cockpit da L3 no lugar da Rockwell Collins anunciada antes, motores com overhaul kit 3 da Rolls Royce que os tornarão mais potentes e econômicos, helices octapá e reforço estrutural para voar mais 20 anos.
. https://www.militaryaerospace.com/computers/article/14034590/c130h-avionics-upgrade

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Este é o motor modernizado, citei acima como kit 3, mas é conhecido como kit 3,5, na verdade o nome completo é T56 Series 3.5 Engine Upgrade da Rolls Royce.
. https://www.rolls-royce.com/products-and-services/defence/aerospace/transport-tanker-patrol-and-tactical/t56-3-5-enhancement.aspx#/

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel
Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

Irá…

Salim
Visitante
Salim

A Boeing deve estar fazendo lobby para venda e montagem aviao USA. Parabéns a Embraer Defesa e a FAB pela visão de mercado e execução projeto. Vai gerar royalties para FAB e exportação da fuselagem e equipamentos produzidos Brasil. Neste caso chegamos ao futuro, espero que sirva exemplo.

Mauricio R.
Visitante

A Boeing não está fazendo nada.
Qndo a USAF quiser um substituto ao C-130, será nos seus próprios termos.
E a Boeing vai apresentar sua oferta, baseada nesses termos da USAF, não em um avião que sequer foi concebido de acordo com o que a força pensa ser necessário.
A Embraer não tem quintal nos EUA e nem em lugar algum, além do Brasil.

Antunes 1980
Visitante
Antunes 1980

Olha aí a Boeing testando em seu território o novo KC-390.

Foxtrot
Visitante
Foxtrot

Engraçado, um equipamento desenvolvido e fabricado no Brasil passando por testes nos E.U.A .
Adeus soberania !

Marcos10
Visitante
Marcos10

Foxtrot
A construção de aeronave em escala e os testes de túnel de vento foram feitos na Holanda.

Jadson Cabral
Visitante
Jadson Cabral

Eu quero saber o que tem uma coisa a ver com a outra

Marcos10
Visitante
Marcos10

Ué! Ele tava reclamando que a aeronave foi fazer testes de certificação nos EUA. Ora, há dúzias de testes que são feitos lá fora. Fomos aos EUA, Canadá, Rússia, Holanda para os mais variados tipos de testes. Não entendi a bronca!!!

Beserra(FN)
Visitante
Beserra(FN)

A Bronca dele é um nacionalismo cego. Certificação Internacional é necessária para garantir exportações.

Marcos10
Visitante
Marcos10

Os testes são de certificação de lançamento de cargas pesadas e duraram várias semanas. A Base Aérea, que é bem equipada, normalmente é alugada para testes de certificação.

Mgtow
Visitante
Mgtow

Gostaria de saber se a compra daqueles aviões Sherpa foram concretizadas?