Home Conflitos em andamento Ataques de drones eliminam metade da capacidade de petróleo saudita, de 5...

Ataques de drones eliminam metade da capacidade de petróleo saudita, de 5 milhões de barris por dia

9321
262

Abu Dhabi (CNN Business) – Os ataques de drones em instalações cruciais da Arábia Saudita interromperam cerca de metade da capacidade de petróleo do reino, ou 5% do suprimento diário global de petróleo, disseram à CNN Business pessoas com conhecimento das operações de petróleo da Arábia Saudita.

Os rebeldes houthis do Iêmen assumiram no sábado a responsabilidade pelos ataques, dizendo que 10 drones atingiram as instalações de petróleo da Saudi Aramco em Abqaiq e Khurais, de acordo com a agência de notícias Al-Masirah.

Cinco milhões de barris por dia de produção de petróleo foram afetados após incêndios nos locais, um deles a maior instalação de produção de petróleo do mundo, disseram pessoas com conhecimento das operações do reino. Os últimos números da OPEP de agosto de 2019 estimam a produção total da Arábia Saudita em 9,8 milhões de barris por dia.

Uma fonte disse à CNN Business que a Aramco “espera recuperar essa capacidade em poucos dias”.

O Ministério do Interior saudita confirmou que os ataques com drones causaram incêndios nas duas instalações. Em um comunicado publicado no Twitter, o ministério disse que os incêndios estavam sob controle e que as autoridades estavam investigando.

“A Abqaiq é talvez a instalação mais crítica do mundo para o fornecimento de petróleo. Os preços do petróleo subirão nesse ataque”, afirmou Jason Bordoff, diretor fundador do Centro de Política Global de Energia da Universidade de Columbia, em comunicado.

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, associou o ataque diretamente ao Irã, que apoia os rebeldes houthis. “O Irã lançou um ataque sem precedentes ao suprimento de energia do mundo. Não há evidências de que os ataques vieram do Iêmen”, afirmou ele no Twitter.

O desenvolvimento ocorre quando a Saudi Aramco toma medidas para se tornar pública no que poderia ser o maior IPO do mundo. A Aramco atraiu grande interesse com a sua primeira venda internacional de títulos em abril. Ela encomendou uma auditoria independente das reservas de petróleo do reino e começou a publicar ganhos. Nas últimas duas semanas, o reino substituiu seu ministro da Energia e o presidente da Aramco.

A Arábia Saudita, maior exportadora de petróleo do mundo, reduziu a produção de petróleo e outros produtos energéticos como parte de um esforço da OPEP para aumentar os preços. A Arábia Saudita produz aproximadamente 10% da oferta global total de 100 milhões de barris por dia.

A Agência Internacional de Energia (AIE) disse no sábado que estava monitorando a situação na Arábia Saudita. “Estamos em contato com as autoridades sauditas e com os principais países produtores e consumidores. Por enquanto, os mercados estão bem abastecidos com amplos estoques comerciais”, afirmou o Twitter.

Se a interrupção na Arábia Saudita for prolongada, “os suprimentos sancionados do Irã são outra fonte potencial de petróleo adicional”, disse Bordoff. “Mas o presidente dos EUA, Donald Trump, já demonstrou que está disposto a seguir uma campanha de pressão máxima, mesmo quando os preços do petróleo subirem. Se houver, o risco de uma escalada regional disputada que eleva ainda mais os preços do petróleo aumentou significativamente.”

O secretário de Energia dos EUA, Rick Perry “está pronto” para explorar a Reserva Estratégica de Petróleo do país para estabilizar os mercados de petróleo, se necessário, disse um porta-voz do departamento em comunicado.

As reservas de petróleo de reserva do país, que são armazenadas para emergências, detêm 630 milhões de barris de petróleo, disse uma autoridade do Departamento de Energia.

Os preços do petróleo caíram na sexta-feira, com o petróleo Brent, a referência mundial de preços, caindo 0,3%, para fechar em US$ 60,22 por barril.

FONTE: CNN

262
Deixe um comentário

avatar
61 Comment threads
201 Thread replies
2 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
84 Comment authors
Tio Velho ComunapaulofAndré MacedoBoscoFelipe Morais Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Furagelo
Visitante
Furagelo

O ataque dos drones.!Que tipo? Desses que se compra em lojas? O iran é culpado por tudo. Perigosa consequências .

Cicero
Visitante
Cicero

Aparentemente foi um drone iraniano de nome HESA Ababil e que os houthis batizaram de Qasef. Dá para ver uma imagem aqui no Wikipedia:
https://en.wikipedia.org/wiki/HESA_Ababil

Jagderband#44
Visitante
Jagderband#44

Motor de fusca.

Caio
Visitante
Caio

Isso mesmo, aqui imagens do ataque as instalações sauditas
https://www.youtube.com/watch?v=iIcBk0x3ZYU

Kommander
Visitante

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK Pra que negativar? Os cara não tem mais senso de humor

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Peraí, não são os sauditas que gastam com armamento tanto que ou mais que a Rússia? e não conseguem vencer os havaianizados houties? equipamento ocidental é um lixo.

Caio
Visitante
Caio

Não é o equipamento. É problema de BIOS

paddy mayne
Visitante
paddy mayne

Afirmação tola e simplista. Compare os embates entre material ocidental e oriental: F-5 versus mig-21, sabre versus mig 15, F-14 iranianos versus aviões russos, F-15 versus qualquer coisa russa. a superioridade é sempre do ocidente, pois além do material tem tambem o treinamento, logística, doutrina, etc.

André Macedo
Visitante
André Macedo

KKKKKKKKKKKK F-14 iraniano agora tem treinamento, logística e doutrina? E esse comentário tem tantos likes? Depois reclamam do kings, mas é só falar bem de equipamento americano que começam a babar…

paddy mayne
Visitante
paddy mayne

Os pilotos iranianos tiveram treinamento muito bom, pois isso ocorreu antes da era dos aiatolás. Tanto que o maior ás do F-14 é um iraniano, com 11 vitórias (Jalil Zandi, já falecido). E treinamento também incute doutrina. Quanto à logística, nesse caso específico foi ruim mesmo, pois os americanos passaram a embargar o Irã em tudo, o que levou à canibalização de aviões avariados. Os F-14, mesmo cheios de limitações provocavam a recuada imediata de qualquer avião iraquiano. Havia uma conversa nunca provada de que um deles disparou um Phoenix sobre uma formação cerrada de 04 Mirage F-1, derrubando todos…

JPC3
Visitante
JPC3

E tinha algum equipamento contra drones protegendo as refinarias?

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

Vai me dizer que não? Seria ridículo instalações multibilionárias como refinarias desguarnecidas, ainda mais num país que está em guerra contra forças paramilitares. De toda forma parabéns para quem fez o ataque, parece que a guerrilha virou a doutrina militar especial do século 21. Colocaram a famigerada Arábia Saudita de joelhos kkkkkkkkkk.

O ruim é que o preço do petróleo vai disparar com essa….
O Brasil deveria ter uma força do tipo guerilla warfare para ações de sabotagem como essa.

JPC3
Visitante
JPC3

Não disse que não.

Mas nem sei se o Patriot pega esses drones pequenos e lentos voando baixo. Por isso mesmo escrevi no primeiro post que falta algo mais especializado.

JPC3
Visitante
JPC3

Vitória é questão de objetivo. Pode ter certeza que o Iêmem é muito mais prejudicado que a Arábia Saudita.

Recce
Visitante
Recce

“O Brasil deveria ter uma força do tipo guerilla warfare para ações de sabotagem como essa.”

Tem sim, sem chama comandos, forças especiais, mergulhadores de combate…

Meireles
Visitante
Meireles

Depois que os americanos compram 60% da Petrobrás, o pré-sal e etc… Eles dão um jeito de fazer o preço do barril do petróleo subir, tudo acontece de acordo com os seus interesses financeiros, e o mundo que se lasque.

Carlos Gallani
Visitante
Carlos Gallani

CUIDADO, pode ter um americano em baixo da sua cama!

Renato B.
Visitante
Renato B.

A força de mísseis do Yemen precisa ser estudada. Quem quer que seja o comandante yemenita é o Giap do oriente médio.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Pelo que se tem registrado, os houthis têm constantemente desabilitado as baterias de Patriot com drones.

JPC3
Visitante
JPC3

Tem fonte?

JPC3
Visitante
JPC3

Até achei uma notícia, mas era só uma afirmação sem evidências.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

‘Os rebeldes lançaram drones para os radares das baterias de mísseis Patriot da Arábia Saudita, de acordo com a Conflict Armament Research, desativando-os e permitindo que os houthis lançassem mísseis balísticos no reino sem contestação. Os houthis lançaram ataques de drones contra o oleoduto leste-oeste da Arábia Saudita em maio. Em agosto, os drones Houthi atingiram o campo de petróleo Shaybah da Arábia Saudita.’

https://www.marketwatch.com/story/saudi-oil-sites-shut-production-after-hit-by-yemens-houthi-drones-2019-09-14?mod=mw_latestnews

JPC3
Visitante
JPC3

Ganhou um like pelo link.

Obrigado.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Valeu!

Brunow Basillio
Visitante

Desta vez os Iranianos ou seus financiados acertaram a Arábia Saudita no “queixo”… Semana passada o Irã assinou um contrato para o fornecimento de petróleo com a China, U$ 280 bilhões de dólares, o que indica que sanções infelizmente não vai impedir os Iranianos exportar seu petróleo, já os Chineses diminuíram as importações do ouro negro Venezuelano, e aumentarão a compra com os Aiatolás.. O complexo de refinaria estava sendo coberto por sistemas Patriots, e novamente não conseguiram abater os drones, segundo informações de fontes daquela região os drones sobrevoaram 6 linhas de defesa dos Patriots, este número foi baseado… Read more »

Cristiano de Aquino Campos
Visitante
Cristiano de Aquino Campos

Sanções só são validas se todos aderirem, se for só de um lado, o país sancionado corre para o outro. Você acaba jogando ele no colo de outro e em condições bem melhores já que para conseguir apoio o país sancionado vende mais barato do que vendia antes.

Evgeniy (RF).
Visitante
Evgeniy (RF).

Só que não foram os drones, mas os mísseis Quds-1.
comment image
comment image

guest
Visitante
guest

Aparentemente, o Irã tem desenvolvido mísseis só pra equipar seus aliados Houthis. Bem impressionante, considerando o tanto de sanções e embargos aos quais o país está submetido.

https://www.armscontrolwonk.com/archive/1208062/meet-the-quds-1/

Brunow Basillio
Visitante

Drones usados pelos Houthis, não são drones caseiros, são de considerável tamanho, são Kamikazes e alguns deles tem poder destrutivo próximos a um míssil de cruzeiro..

Alfa BR
Visitante
Alfa BR

“equipamento ocidental é um lixo.”

Não é não. O equipamento ocidentais saiu como superior ao oriental na maioria dos engajamentos.

jerominho do alemão
Visitante
jerominho do alemão

depende de quem opera. vai lá na russia fazer um duelozinho com pilotos bem treinados? rsrs

Naamã
Visitante
Naamã

Jerominho,você deveria pesquisar sobre a operação “Rimon 20”.Aeronaves russas pilotadas por russos em superioridade numérica de 3/2 tomaram uma surra dos ocidentais.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Essa operação, ao que parece foi uma espécie de emboscada.
Agiram ‘à traição’.
Típico dos israelenses.

Alfa BR
Visitante
Alfa BR

Isso ocorreu em 1970 contra os israelense. Resultado:

https://en.wikipedia.org/wiki/Operation_Rimon_20

PauloOsk
Visitante
PauloOsk

“equipamento ocidental é um lixo.”
Nem voce mesmo deve acreditar nisso que ta falando. haha

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Não só acredito como mostro fatos que comprovam.

Kira
Visitante
Kira

Quero ver!

Alfa BR
Visitante
Alfa BR

Mostre-os então.

sergio ribamar ferreira
Visitante

Sr100Nick, peço desculpa pela intromissão, mas todo armamento bem utilizado é bom. Tem de saber utilizar . O que adianta ter um caça ou Cc se o piloto ou guarnição não sabem utilizar os aparelhos. O mesmo se faz com armas: fuzis, pistolas. Vimos várias vezes pessoas despreparadas não sabendo se “quer dá golpe de segurança” para municiar a arma . Incrível, porém realidade. Muitos dos rebeldes Houtis foram soldados do Exército do Iêmen que desertaram para lutar contra à Arábia Saudita. Fato: os sauditas são péssimos combatentes, provado. Há três fatos que aprendi que a culpa pode ser do… Read more »

ricardo
Visitante
ricardo

Eles não gastam tanto quanto os russos do ponto de vista prático porque, ao contrário dos russos, os sauditas importam todo seu armamento. E é a velha história com 70 bilhões de dólares compra-se 4 vezes mais armamento russo que ocidental

Tadeu Mendes
Visitante
Tadeu Mendes

Nick,
Não fala bobagem.

Lixo é o treinamento militar da AS.

Vinicius Momesso
Visitante
Vinicius Momesso

Até pouco tempo atrás, eram os americanos que forneciam treinamento aos sauditas, inclusive os auxiliavam nos ataques oferencendo apoio na logística, como abastecimento em vôo, mas aí, devido aos sauditas não perdoarem nem escolas e hospitais, a opinião pública pesou e o Tio Sam teve que recuar, cortando o apoio, mantendo apenas as vendas. A pouco tempo atrás, algumas baterias Patriot foram postas fora de combate por drones dos rebeldes o que deixou o país mais vulnerável a este tipo de ataque. Sorte que não foram usados mísseis balísticos por que o estrago seria ainda maior. Acho melhor a Arábia… Read more »

Jota Ká
Visitante
Jota Ká

Equipamento americano.
Doutrina americana.
Treinamento americano.
E não conseguem deter os drones xinglings!
Os americanofilos pira! 😂

sergio ribamar ferreira
Visitante

com o devido respeito, sr. Colombelli. Uma tropa pronta para uma batalha ou antes dela deve ser treinada diuturnamente. Para isso se faz ordem unida constante, treinamento intenso sobre montar e desmontar armamento. Mais ordem unida. Treinamento em campo de tiro das mais variadas posições, exercícios e manobras militares. Uso constante de treinamento para intervenção atrás das linhas inimigas através de tropas paraquedistas, preparativos para invasão, mais exercícios , conhecimento do local através de instrução, primeira intervenção através de pelotões percussores ou esquadrões. a invasão propriamente dita. Isso se leva pelo menos dois anos de preparativos antes do conflito. Ingleses,… Read more »

sergio ribamar ferreira
Visitante

Esqueci: Sr. Colombelli. O uso de drones para uso militar como lançadores de mísseis bombardeio a alvos devidamente ou previamente escolhidos não seria uma boa economia para nossa Força. cito EB, e FAB. Tivéssemos uma centena com suas respectivas bases muito bem posicionadas e camufladas não poderiam atingir alvos prioritários coo Centro de comando, aeroportos, UA mais todo um parque industrial bélico, Agradeço e espero resposta. Muito obrigado. Uma estratégia barata.

RENAN
Visitante
RENAN

Na estratégia mundial os EUA, consomem o petróleo e recursos naturais de outros países, e pagam por isso. Nada de errado. Porém os países que vendem estes recursos naturais não tem idéia que são recursos finitos e um dia irá acabar em seu país e no resto do mundo. Mas não quer dizer que os EUA não tenha recursos em solo americano. Eles possuem grandes reservas mineral porém só é utilizado efetivamente em grande escala quando não há possibilidade viável no planeta. Para quem já jogou RPG sabe que temos que saquear território inimigo deixando o pobre de recursos, para… Read more »

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

essa coisa de que tomar do país estrangeiro para deixar ele pobre é falácia, a não ser que o país seja governado por sangue-sugas ou pessoas burras que acreditam que socialismo funciona, no mais comentário até que sensato.

RENAN
Visitante
RENAN

Carlos acho que não consegui transmitir a mensagem, pois meu português é péssimo e a comunicação só funciona quando o receptor entende o que o emissor transmitiu. Portanto vou tentar de novo. Imagina que vc é dono de uma reserva de ouro de aproximadamente 100 toneladas. Mas você consome apenas 20 kg por ano. Eu sou dono de uma reserva de ouro de 40 toneladas. Porém eu consumo 2 toneladas por ano. Logo é fato que minhas reservas iram acabar primeiro por dois motivos eu consumo mais ouro que você e possuo uma reserva menor que a sua. Para evitar… Read more »

MGNVS
Visitante
MGNVS

Renan
Excelente argumentacao.

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

Renam eu entendi seu ponto de visto mas discordo, pq as coisas no mundo não são somente extrair e ter, uma tonelada de ferro não vale muita coisa, precisa-se de tecnologia e capacidade para transformar em ligas de ferro, que serão usadas em outras coisas, beneficiamento dos recursos são o que fazem um país rico, e não ter ou não ter recursos naturais, vide Japão que é pobre em recursos, Liechtenstein, Cingapura, Hong Kong, Taiwan, então a parte em que vc diz: “Para quem já jogou RPG sabe que temos que saquear território inimigo deixando o pobre de recursos, para… Read more »

MGNVS
Visitante
MGNVS

Carlos Campos Onde foi citado socialismo no comentario do Renan? Socialismo e esquerdismo nao tem nada a ver com o que foi comentado e nem com o tema. E igual vc mesmo disse o comentario dele é sensato enao ha nada de falacia ali. As grandes potencias do mundo, inclusive os EUA, podem sim no futuro invadir o Brasil atras dos nossos aquiferos subterraneos na Amazonia e no Sudeste-Centro-Oeste e isso iria envolver tbm o Paraguay e Argentina. E Carlos, me diga, mas sem levar o tema para o debate ideologico inutil, o Brasil no atual estado de suas forças… Read more »

Tadeu Mendes
Visitante
Tadeu Mendes

MGNVS,

Os EUA não necessitam de aquiferos brasileiros.

Mas a Europa, a África, e Ásia poderão sofrer ameaça existencial por falta de recursos hídricos.

No, futuro haveram guerras por causa dá falta de água em muitas partes do globo.

MGNVS
Visitante
MGNVS

Tadeu Mendes
Foi o que eu tentei deixar claro mas alguns aqui nao entenderam. A agua sera um problema futuro e aqueles que tem reservas abundantes vao ter que defende-las, os EUA tem os meios necessarios, mas e o Brasil?

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

Meu comentário foi só de crítica as afirmações econômicas que o Renan disse, onde Japão nunca ia ser rico, Georgia, Suíça, Coreia do Sul, Taiwan, Cingapura, Hong Kong entre outros, eu mesmo já disse no PN que os EUA poderiam no futuro se virar contra nós, o Brasil não tem condições de se defender de ataques de uma coalizão, agora um uma potência sozinha nunca dominaria o Brasil devido ao seu tamanho, porém milhões de Brasileiros iam morrer, e suas vidas iriam à miséria econômica, por isso é importante nos armamos e fortalecer nossa economia.

Cristiano de Aquino Campos
Visitante
Cristiano de Aquino Campos

Em mais de 200 anos de indepedência e 120 anos de república, fomos governados e roubados por lartidos de esquerda/socialistas só por 16 anos.
Sem querer defender os vermelhinhos daqui que nem os vermelhos de verdade/chineses apoiam as suas ideias ha 40 anos, acho eu que eramos para estar bem melhores que hoje se a sua afirmação fosse verdade.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Pra vc o PSDB é direita então…

Helio Eduardo
Visitante
Helio Eduardo

Acho que você não leu ou não conseguiu compreender o que disse o RENAM, porque meteu socialismo na história…..

Marcelo-SP
Visitante
Marcelo-SP

A água não é um problema de volume, mas de disponibilidade local. Os EUA tem muita água em seu território, e alguns estados que sofrem com a seca local. Como o Brasil e seu sertão nordestino.

Achar que eles iriam “invadir o Brasil” por água é uma gigantesca bobagem. Há dezenas de soluções mais simples a barata para os desafios de água dos EUA. Além de suas numerosas fontes de água doce, eles são banhados por 2 oceanos em costas opostas e contam com um aliado ao norte com uma das maiores reservas de água do mundo.

Menos, menos…

MGNVS
Visitante
MGNVS

Marcelo-SP Leia todos os comentarios para analisar todo o contexto. Em relacao a agua vc fala sobre o “agora”… mas meu comentario se refere ao futuro e ao que o Renan tbm frisou. O comentario do Renan é bem claro, os EUA nao usam as “reservas” deles, eles compram a reserva dos outros igual fazem com o petroleo saudita mesmo tendo sua propria capacidade produtiva e farão isso tbm com a agua. Pq eles pagariam um alto preço para dessalinizar agua do mar se poderao comprar bem mais barato de países que a tem em abundancia??? E quando a agua… Read more »

Marcelo-SP
Visitante
Marcelo-SP

1. A água é a coisa mais abundante no planeta; 2. 2/3 da superfície é água; 3. A água não é finita, como o petróleo; 4. Os EUA tem muita água; 5. É infinitamente mais barato dessalinizar água do que levá-la em navios do Brasil para os EUA (no terremoto do Haiti, ninguém sonhou en encher navios de água; simplesmente os EUA estacionaram um navio anfíbio ao largo e colocaram suas dessalinadoras para funcionar 24 hs. 6. É uma simples questão logística. Há produtos que não compensa transportar por longas distâncias. 7. Sim, é uma rematada BOBAGEM falar em guerra… Read more »

MGNVS
Visitante
MGNVS

Marcelo-SP
Muita retorica so para defender os EUA e eu nao entro em debates ideologicos inuteis igual os outros fazem aqui pois o site nao foi criado pra isso. Meu país é o Brasil. Os outros sao no maximo parceiros que amanha podem se tornar adversarios e isso vale para todos, sejam eles EUA, Russia, China, Israel, Iran, França e etc. Sobre a agua, no futuro nós veremos o que acontece.

Marcelo-SP
Visitante
Marcelo-SP

Não tem nenhuma retórica para defender os EUA. Eu contesto a asneira de que os EUA (ou qualquer outro país) venha levar “aquíferos” daqui. Para abastecer menos de 10% do consumo mensal americano, que é o consumo residencial, seriam necessários 80.000 navios mensais do tamanho do maior petroleiro do mundo.

Guerra da água é uma bobagem ridícula! O homem vai fazer água até em Marte, daqui a 50 anos…

Cristiano de Aquino Campos
Visitante
Cristiano de Aquino Campos

Eles podem ter ate um continente de águas, más os outros países não. Então água vira recurso, que se comercialisa, tipo petroleo, que as potencias vão querer controlar. Entendeu?

rui mendesmendes
Visitante
rui mendesmendes

Os usa consomem todo o seu crude, e ainda têm que comprar 40% fora, só para o seu consumo, o petroleo usa, como é lógico, não está de reserva, isso só de pensamento juvenil e fanático, sem qualquer base com a realidade. Além que eles sabem que no futuro, a procura vai começar por diminuir e até acabar.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Da um F5 na narrativa…

em 2019 isto n é mais real

Señor batata
Visitante
Señor batata

Off Topic:
ARX 160 levou a licitação da PMESP. 300 fuzis.

Antunes 1980
Visitante
Antunes 1980

Olha que está por trás destes ataques!

comment image

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Conclusão.
Melhor deixar o Irã em paz.

Brunow Basillio
Visitante
Tadeu Mendes
Visitante
Tadeu Mendes

Kings,

Trump e Netanyahu irão assinar um pacto de defesa mútua.

As relações entre EUA e Israel são cada vês mais forte.

Péssima notícia para você e suas predições irrelevantes.

O Iran vai tomar uma porretada muito em breve. Anota ai na sua agenda MAV.

Vinicius Momesso
Visitante
Vinicius Momesso

O termo MAV, não se enquadraria tanto para ideologias esquerdistas quanto direitistas e centro-alguma-coisa?

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Não.. pq os MAVs são pagos…

Vinicius Momesso
Visitante
Vinicius Momesso

Isso dará ‘background’ para Netanyaru cumptir com sua proposta-de-canpanha e anexar West Banks na Cisjordânia. Agora se isso e legal ou ilegal cabe a ONU decidir-se. Lembrando que Bibi não conseguiu formar um governo, tendo que se agendar novas eleições. Se houver mais uma falha, um novo líder sera eleito.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Tadeu

Isso só comprova que Israel sem os EUA é irrelevante.
Todos sabemos que na hora que a coisa apertar os istraelenses pedirão ajuda ao Tio Sam.
c.q.d. – Como queríamos demonstrar.

Tadeu Mendes
Visitante
Tadeu Mendes

A maior potência militar e tecnológica do Oriente médio não é irrelevante sem os EUA. Israel não necessita de tropas americanas e nunca precisou delas, para lutar e ganhar suas guerras. Mas vou repetir o que já disse repetidas vêzes: EUA e Israel são unidos, porque são duas faces da mesma moeda Existem mais judeus aqui nos EUA do que em Israel. Israel é uma extensão dos Estados Unidos. Não por necessida, mas por afinidade. Um pequeno país como Israel, que projetar fôrça de deterrencia em três continentes não é um país irrelevante. Uma grande parte das tecnologias consumidas no… Read more »

Cristiano de Aquino Campos
Visitante
Cristiano de Aquino Campos

Ue, desde quando os EUA e Israel se defendem sozinhos e sem ajuda um do outro?

Delfim
Visitante
Delfim

Israel vendeu projeto do Lavi pra China, dos Pithons, aviônica para os Su-30, vende suporte e armas para quem possa pagar.
Se assinarem esse tratado os EUA poderão cobrar posição em produtos e serviços de defesa israelis.
Não sei se é tão bom negócio assim.

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Kings, essa conclusão a própria Inglaterra já tirou. Depois deles apreenderem um navio iraniano, a mando do fracassado e demitido Bolton, os iranianos fizeram rapel em navio inglês (vídeo mostrado aqui na trilogia) e o que os ingleses fizeram? porque não fizeram que nem na guerra das Malvinas?

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

100nick

É verdade.
Mostra que o Mundo está mudando.

horatio nelson
Visitante
horatio nelson

pq era uma vagabunda q estava no poder e não a iron lady!

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Você está comparando um navio com um arquipélago ?

Jota Ká
Visitante
Jota Ká

São drones stealths fornecidos pelo Irã. 😁
Este país está do lado dos patriotas iemenitas que tentam expulsar uma coligação de invasores de seu território (liderada pela A S)

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

A imprensa brasileira vai achar o Bolsonaro na foto.

JPC3
Visitante
JPC3

Já era para existir proteção efetiva contra drones há anos. Sei que já existem algumas coisas mas ainda é pouco.

Assim como proteção ativa contra mísseis antitanque, mísseis de cruzeiro entre outras. As vezes me parece que o ocidente demora para enxergar coisas óbvias.

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

um kit anti drone e resolveria isso, era só vender um porsche de algum príncipe e tudo estaria resolvido.

Fabio Araujo
Visitante
Fabio Araujo

Apesar dos equipamentos que são equipamentos de ponta que os EUA fornecem , as forças armadas sauditas deixam a desejar! Não são bem treinadas e nem bem comandadas, os altos oficiais ou são membros da família real ou são de famílias ligadas a família real, não chegam ao alto oficialato por sua capacidade e conhecimento, não adianta ter bons equipamentos e não saber tirar tudo o que pode ser tirado destes equipamentos.

Gordo
Visitante
Gordo

Exatamente isso, só faltou o Sr dizer que a Arabia Saudita é uma ditadura que por sinal é uma das mais repressivas, vide o caso do jornalista morto na Turquia.
E olha, não sei se essa falta de sangue no olho e competência do pessoal (o baixo escalão) das FA não são reflexos da insatisfação com o regime.
Não fosse o apóio dos EUA a Arábia Saudita já estaria em guerra civil.

Fabio Araujo
Visitante
Fabio Araujo

Realmente ainda tem mais esse complicador!

JOSE AEDO ROCHA JUNIOR
Visitante
JOSE AEDO ROCHA JUNIOR

Amigo, de onde você tira essas conclusões? de que há insatisfação aqui?. Resido aqui a quase 3 anos e te garanto que o padrão de vida da população geral é altíssimo, e ao contrário do que você falou a figura da monarquia é venerada. Bem, mas você deve ter lido algo no ggogle.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

É venerada até a página 2…

Gordo
Visitante
Gordo

Em um Pais que leva o nome de uma família e que a mulher é literalmente uma propriedade fico imaginando quem venera a familia real. Por sinal me lembro de ter ouvido uma vez que Fidel Castro era muito venerado em Cuba, assim como Pinochet que nesse caso foi até o plebiscito.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Pois é..

Não acredito como tem gente tomando partido nesta guerra entre governos opressores..

Arábia Saudita vs Irã…

Que se f…. ambos

Pena o Brasil n fornecer armas para um dos dois lados.

Adriano Madureira
Visitante
Adriano Madureira

Os militares Sauditas parecem aquela família que era de classe média e tinha um chevrolet prisma ou onix na garagem, ganharam na megasena e compraram um Bugatti W16, mas por não ter experiência destruíram o carro ao não conseguir controlar sua potência de 1.000 e poucos cavalos…

Não adianta ter dinheiro para adquirir brinquedos caros e não ter qualidade e conhecimento para manusear.

carcara_br
Visitante
carcara_br

Israel atacou uma base iraniana a pouco tempo, causando grande prejuízo, os iranianos ameaçaram retaliar de forma devastadora, será que foi isso? Não parece haver uma relação tão direta.
As instalações estão bem distantes do Iêmen e bem mais próximas do irã, mas não estão exatamente “ao lado”. Se engana quem pensa que não houve um mínimo de sofisticação nestes ataques.
As defesas sauditas, de origem ocidental falharam miseravelmente, ou no mínimo a inteligência….

carcara_br
Visitante
carcara_br

Lembrando que um produto muito comum em instalações de refino de petróleo é o gás sulfeto de hidrogênio, extremamente tóxico. Se num ataque deste acontece um vazamento não é nada diferente de uma arma química, coisa muito séria, provocaria muitas mortes.

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

não foram as defesas ocidentais, foi a burrice árabe mesmo, a AS é uma vergonha na guerra do Iêmen. deve ter sido drones civis armados com algum explosivo militar, esse tipo de ação dentro do território inimigo não poderia ter sido feito sem ajuda do Irã.

Augusto L
Visitante
Augusto L

O.Patriot não intercepta drones voando baixo e a baixa velocidade.
A “burrice” saudita que muitos falam é não ter outros sistemas especializados nessas ameaças protegendo a área.

carcara_br
Visitante
carcara_br

e qual seria o fator limitante para o Patriot eo Hawk?
O RCS dos drones?
1-A falta de capacidade de processamento, que impossibilita “limpar o horizonte” e detectar aeronaves voando a baixa altitude?
2-Falha nos algorítimos de processamento que eliminam alvos voando a baixa velocidade (não tão baixa assim um drone desses não está a menos de uns 150km/h)?
3 – outra coisa???

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

carcara isso deve ser drone civil, e não militar que ia deixar rastros, e mais nenhum sistema anti aéreo considera um drone lento, voando a no máximo 60 por hora, e voando baixo um ameaça.

Vinicius Momesso
Visitante
Vinicius Momesso

Imaginar que a pouco tempo atrás, os sauditas compraram baterias de misseis de artilharia da Rússia. Por que não pensaram mais adiante e investissem em algo mais avançado com o Pantsir-S que poderia facilmente conter este tipo de ataque?

carcara_br
Visitante
carcara_br

Em geral os últimos resultados mostram duas coisas
1-não coloque sua mão no fogo por nenhum sistema;
2- desenvolva seus próprios meios e jamais lhe faltará capacidade de lutar e operar. compre-os e os resultados são incertos.

Pedro
Visitante
Pedro

Nao misture alhos com bugalhos! Na Síria, as instalações do Ira só tem alguma proteção perto de Damasco e especialmente em Palmira. Esse ataque foi na fronteira com o Iraque, bem longe, e se tratava de um barracão de unidades de milicia, ou seja, nada de muito estratégico. Nao compare com o principal terminal de produção e exportação de petróleo da AS, que seria super estratégico e deveria estar protegido com o que eles tem de mais moderno, que a principio, eh o que o Ocidente tem de melhor. Por ultimo, comparar Israel, que eh uma das melhores FAs do… Read more »

carcara_br
Visitante
carcara_br

?

Bosco
Visitante
Bosco

Os ataques foram hoje e já se sabe o tamanho do estrago? Nossa!

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Fotos e vídeos no link abaixo..
O estrago foi bem grande.
Segunda feira, provavelmente, o mercado de petróleo estará em polvorosa.

https://br.sputniknews.com/oriente_medio_africa/2019091414514291-ataque-drone-provoca-incendio-instalacoes-petroliferas-arabia-saudita/

Bosco
Visitante
Bosco

Antonio,
Ainda bem que você ganha só pra encher o saco da gente porque se vivesse de adivinhação estaria passando fome.
Quanto ao ódio de vocês pelos sauditas é só por conta deles serem aliados dos americanos e não por algum nobre motivo humanitário.
Se amanhã eles virarem amigos da Rússia como num passe de mágica vocês acharam que é o povo mais maravilhoso na face da Terra. Já vi esse filme com a Turquia. rrsssss
O relativismo moral da esquerdalha faz a opinião e a análisde de vocês tão relevante quanto a mosca do coco do cavalo do bandido. rrssss

Bosco
Visitante
Bosco

Correção: acharam = acharão

sergio ribamar ferreira
Visitante

Sr. Antônio mesmo não compartilhando de uma parte de suas opiniões. admiro sua posição fixa em manter seus pontos de vista. Isso aguça, perturba, esquenta o debate e isso é bom. Gosto do armamento russo, chinês. tem coisa boa. O problema ainda é entrega e logística quanto a manutenção, mas isso está sendo superado. No fundo o Sr. faz de propósito. Implicando, colocando suas posições. entrando em choque. Eu o conheço. Sr Antônio virou patrimônio de site. Sem o Sr. o debate enfraquece. Continue com suas posições. É bom aprender, ouvir, debater, mas compreender que há pessoas neste site que,… Read more »

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Valeu sergio ribamar ferreira.

Realmente, esse é meu estilo.

SDS.

sergio ribamar ferreira
Visitante

Senhor Bosco. Boa noite. O Sr. concorda que seria uma opção barata termos um centena de drones para fins de bombardeiro com mísseis em locais previamente determinados( caso haja para defesa). Base de lançamentos dessas aeronaves muito bem instaladas e camufladas poderiam ser uma opção barata visto o nosso contingenciamento. Inicialmente instalados em bases do EB e FAB. Qual a sua opinião? Um senhor, versado nessa área, é de grande valia para o nosso conhecimento, Leio tudo do quando o Sr. com uma grande lucidez e conhecimento discorre sobre assuntos relacionados a mísseis. Muito obrigado. Desculpe de algo que o… Read more »

Bosco
Visitante
Bosco

Sérgio, O que se configura numa ameaça complicada de lidar são os minidrones de baixo custo ao alcance dos civis que são letais até mesmo sem estarem armados com ogivas artesanais. Essa nova tecnologia é tão imprevista quanto a do “lobo solitário” disposto a morrer na “missão”, como por exemplo, o “homem bomba”. É a guerra assimétrica ao alcance do cidadão comum. Já quanto aos drones “kamikases” especificamente militares as principais potências já os estão utilizando em larga escala, tanto os minidrones quanto os drones suicidas de grandes dimensões (ex: Harop). Os americanos adotam o Switchblade (LMAMS) e o Coyote… Read more »

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

‘Pra mim eles estão transformando a Trilogia num hospício e pior……’

Quando a trilogia só tinha pessoas que seguiam um débil que diz que a Terra é plana, as músicas dos Beatles foram compostas por Adorno e outras sandices mais, aí era bom.
Uma espécie de clube do Bolinha dos alucinados.
Fala sério.
Leia assuntos gerais, variados.
Enriquece a alma e estimula o debate.

Bosco
Visitante
Bosco

Antonio, Precisou de um velho doido que acha que a Terra é plana pra acabar com a farra de vocês. rsrss Isso os deixam malucos de raiva. Vocês achavam que dominavam tudo mas esqueceram que os normais fazem o mundo funcionar mas são os loucos que fazem ele mudar. Levaram uma coça de um astrólogo. Vocês não ficam envergonhados não? O Lula tá preso , toda a esquerda destroçada. Olha o que sobrou da esquerda pra tentar voltar ao poder: Coroné Ciro Gomes, Marina Silva , Haddad, Manuela DÁvila, Dilma Rousseff ,Jean Wilis. Felilpe Neto, José de Abreu…rrssss Vocês são… Read more »

Bosco
Visitante
Bosco

Sergio, Antes de tudo a gente tem que fazer a distinção entre míssil e drone. Hoje, com os drones “suicidas” fica cada vez mais difícil a distinção. A característica principal que define um drone é a capacidade de recuperação, portanto , sua reutilização. Basicamente um drone suicida é um míssil e deveria ser assim denominado. Um drone deveria ser denominado de suicida no caso dele ser um drone (recuperável) mas que foi jogado contra um alvo mesmo sem ter uma ogiva. Ai no caso ele é um drone, mas numa missão suicida. Um drone suicida, onde não se prevê o… Read more »

carcara_br
Visitante
carcara_br

Boa definição…

sergio ribamar ferreira
Visitante

Muito obrigado Sr. Bosco. penso e muito se seria recomendável a utilização de drones remotamente controlados para uso em bombardeios de instalações, etc. Uma produção barata . Creio que com custo benefício baixo. Sobre minha tolerância: estou reaprendendo para a boa convivência com erros e acertos. Posso não aceitar e discordar das ideias , porém creio que o mínimo de respeito se faz recomendável e pensando é bom o debate mesmo com sangue quente. O Sr. é na minha opinião o papa em comentar sobre mísseis e outras tecnologias. Leio e aprendo e fico imaginando o seu estudo e dedicação.… Read more »

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

Acorde Bem Cedo, e compra petróleo, a se eu tivesse com dinheiro suficiente na corretora, ia fazer pelo menos um trade.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Os preços do petróleo (WTI e Brent) estão nas alturas nesta segunda..

Carlos Gallani
Visitante
Carlos Gallani

E 24h depois o petróleo subiu 20%!

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

Foi culpa do Irã mesmo, mas coitado dos Iemenitas que sofrem na mão de dois países horríveis como Irã e A. Saudita

Fabio Araujo
Visitante
Fabio Araujo

Essa guerra fria islâmica ( digo islâmica pois os iranianos não são árabes, são persas) tem mais risco de virar uma guerra quente que a antiga guerra fria EUA x URSS, pois além lado político e econômico, tem o lado religioso Sunita x Xiitas que é o que pode fazer isso explodir numa guerra quente!

Helio Eduardo
Visitante
Helio Eduardo

Muito bem colocado!

Pedro
Visitante
Pedro

Apenas nao virou uma guerra de fato pela incapacidade e incompetencia saudita. Pois o Ira e seus aliados estao deitando e rolando na regiao e a AS eh totalmente incapaz.

Wagner
Visitante
Wagner

Se não socorrerem logo os Sauditas, os Houthis vão anexar o reino.

MGNVS
Visitante
MGNVS

kkkkkkk….
Wagner…. o pior é que isso que vc citou pode se tornar realidade!

Jota Ká
Visitante
Jota Ká

Kkkkk.. é bem possível.
Mas o objetivo dos houthis é apenas expulsar os invasores da liga saudita de sua Pátria (com a ajuda do inimigo destes, claro, assim como os EUA ajudaram os talibã a expulsar os soviéticos e os americanos foram expulsos do Vietnam com a ajuda sino-soviética ).

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

Logo, logo os Sauditas estalam o chicote e os EUA tchutchuca irão socorrê-los.

paddy mayne
Visitante
paddy mayne

Há evidências que não foram simples drones, mas mísseis de fabricação iraniana. Se isso for confirmado, a chance de escalada do conflito ficará gigante. Com Irã e AS em guerra e o preço do petróleo subindo igual foguete, pode sobrar até para a Venezuela. Alguem pode querer resolver o “impasse Maduro” com mais agilidade para garantir outras fontes de fornecimento. É minha humilde análise, mas pode se concretizar.

Fabio Araujo
Visitante
Fabio Araujo

Parece que foi uma combinação de drones e mísseis, ambos de fabricação iraniana!

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Segundo a ‘Conflict Armament Research’, os houthis vêm lançando drones para desabilitar as baterias de Patriots e depois lançam mísseis.
Vale ressaltar que esse ataque foi bem dentro do território saudita.

paddy mayne
Visitante
paddy mayne

Faz sentido. Foi uma coisa muito bem planejada e executada. Os sauditas são muito mirins e não são pareo para os iranianos, ao menos em recursos humanos.

Vinicius Momesso
Visitante
Vinicius Momesso

E em meio as chamas ardendo a milhares de gráus celsius, Putin enxerga refletindo nas lentes escuras de seu Ray-Ban, $$$$$$$$$$!

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

E deve estar pensando: Se os Patriots falharam, pr que os sauditas não vão de S-400?
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

paddy mayne
Visitante
paddy mayne

Não acho que os patriots tenham falhado. E que os sauditas sao fracos mesmo, não sabem aproveitar os recursos de que dispõem.

Jota Ká
Visitante
Jota Ká

Trumpete não vai entrar em guerra!
A prioridade é viabilizar sua reeleição.
E guerra é última coisa que se faz numa situação desta.
Até a “trade war” poderá acabar , ou entrar e modo ” cold war”.
Maduro pode dormir tranqüilo. Não haverá invasão.
O falcão da casa Branca (Bolton Bigodon) foi até demitido por isso.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caros Colegas. Acho que o comentário do Secretário de Estado dos EUA no mínimo precipitado, até porque esse é mais um ataque com drones de uma sérir que vem ocorrendo há meses. Acho que a intervenção no Iraque deve ser tomada como referência em relação às acusações internacionais. O Irã teria tanta capacidade quanto qualquer outro estado ou organização. O Irã está sob forte pressão dos EUA e seria uma tolice dar razão para o discurso dos EUA às vésperas da abertura da Assembleia da ONU. Eu lembro do primeiro ministro da Inglaterra admitindo anos depois que as informações usadas… Read more »

MGNVS
Visitante
MGNVS

Camargoer
Excelente comentario.
Imparcial e sensato.
Provavelmente os EUA vao usar o Iran como bode expiatorio para encobrir a incompetencia da Arabya Saudita na sua propria defesa. Vao usar esse ataque como pretexto para aumentar as sancoes economicas ou ate mesmo implementar açoes militares contra o Iran. Longe de mim defender a escoria religiosa fanatica dos Aiatolas que escravizam o povo do Iran, mas qualquer um poderia ter feito esses ataques, ate mesmo os proprios terroristas sauditas da Al Qaeda.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

MGNS
É bem possível.
Mas, percebe-se que isso vai ficando cada vez mais pesado para os EUA.
Tropas so Afeganistão, Síria, Iraque e talvez na Arábia Saudita, além de operações de menor intensidade no próprio Iêmen, África e etc.
Vale lembrar que as coisas podem ficar muito mais quentes no Afeganistão, visto que os talebans prometeram causar mais baixas e prejuízos aos EUA, por saírem dos acordos de Paz.
E ainda, ontem uma delegação taleban se reuniu com autoridades russas em Moscou.
Para um País (EUA) com um gravíssimo problemas nas contas públicas é extremamente grave aumentar gastos militares..

MGNVS
Visitante
MGNVS

Antoniokings Nenhum país do mundo consegue suportar a abertura de guerras em varias frentes de batalha ao mesmo tempo, a URSS faliu por causa disso e nem mesmo os EUA tendo o dollar como moeda de lastro mundial conseguirao suportar isso durante muito tempo. No meu ponto de vista, se eu fosse um cidadao americano eu pediria para o presidente dos EUA que deixasse que esses malucos se matassem e esperaria para depois recolher os espolios da guerra tais como reconstrucao dos países. O melhor no Oriente Medio seria que tanto os Aiatolás iranianos quanto a Familia Saudita se explodissem… Read more »

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

MGNVS

Vc tem razão, mas não podemos desconsiderar que essa política agressiva americana de dominação serve aos seus interesses de manutenção do predomínio político/econômico.
Acredito que agora isso se rompeu.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Em tempo:
Essa situação dos EUa torna-se mais grave na medida de que crescem as possibilidades de um fenômeno que os economistas chamam de ‘japanificação’.

Interessante artigo de hoje (13/09)

https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2019/09/larry-summers-diz-que-ameaca-de-japanificacao-dos-eua-eleva-chance-de-recessao-no-brasil.shtml

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Antonio. A eleição para presidente nos EUA está próxima. Teríamos que ver as pesquisas de opinião se há a tendência do eleitorado em ampliar a guerra ou reduzi-la. A demissão de Bolton pode ser uma pista. O Vietna, Iraque, Afeganistão (URSS) são exemplos da dificuldade da retirada. Tenho a impressão que a estratégia dos EUA já se tornou conhecida. Começa aplicando sanções econômicas para enfraquecer o país, depois a CIA entra com ações internas de desestabilização política, então a partir de um pretexto, faz uma intervenção militar quando consegue acumular superioridade militar (equipamento e tropa). O problema dessa estratégia… Read more »

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Camargoer
Foi publicado semana passasa que Trump estava pensando em abrir negociações com o Irã.
Aguardemos.

sergio ribamar ferreira
Visitante

Sr. Antonio. venho acompanhando há muito a proposta do presidente Trump em tentar negociar sozinho. Sem a presença da comunidade europeia. O Irã é uma tentativa. melar o acordo depois sanções , mais tarde vir com propostas. qual interesse? hegemonia, negócios, interesses que podem beneficiar os EUA e de certa forma negociar a não interferência daquele país contra Israel. Impossível? Não. será que realmente Trump liga se o Irã desenvolverá armas atômicas? Trump deseja parceria econômica, petróleo barato, vender e mostrar para seus eleitores que os acordos bilaterais fortaleceriam apenas aos interesses americanos e apaziguaria a região com os saudita.… Read more »

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Concordo. E a demissão de Bolton pode ajudar bastante.

Delfim
Visitante
Delfim

Tem gente achando engraçado ?
Esperem pra ver a gracinha se materializar no posto Ipiranga.
.
Eu sempre falo aqui que o verdadeiro alvo do Irã é a AS, não Israel que é apenas “decoy”, mas ninguém acredita.
Taí ó.

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

Eu ri ali em cima de nervoso rs rs rs. Mas não deixa de ser bizarro tal acontecimento. Era de se esperar que com um orçamento militar gigantesco e metidos num lugar perigoso, os sauditas deveriam estar melhor preparados para coisas assim.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Mas, isso é óbvio.
Israel é um a espécie de ponta de lança do Ocidente na região.
Não tem importância econômica e muito menos potencial em matéria de recursos.
O jogo vai se dar através dos grandes países do O.M.
Em tempo: EUA e Israel estão negociando um acordo de defesa mútua.
Será que a corda está começando a apertar?

Gjutoz
Visitante
Gjutoz

Aproveitar e abastecer os tanques, vai saber o preço amanhã rsrsrsrs

sergio ribamar ferreira
Visitante

Sr. Delfim concordo. Tem lógica seu raciocínio

Renato B.
Visitante
Renato B.

Verdade, o grande adversário do Irã são os Saud, é uma guerra por influência. Israel está apenas fazendo uso da situação a seu favor.

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

Caramba 60 bilhões de dólares de orçamento militar para o país ser posto de joelhos por drones que devem custar uns 2 ou 3 mil dólares no máximo. Que loucura! Mais uma vez a vida mostrando que quantidade não é tudo.

Ricardo
Visitante
Ricardo

Rússia vive recebendo ataque de drones em sua base na Síria. É uma grande oportunidade para os russos, e mesmo ocidentais, venderem sistemas de defesa aerea de curto alcance! Ataque foi tão forte que cortou quase 80% da produção diaria Saudita. Um duro golpe no nosso bolso!

Pedro
Visitante
Pedro

Diferenca que a base Russa teve apenas um ou dois avioes avariados em varios ataques. Diferentemente dos Sauditas, que cada ataque eh um baita prejuizo e um Deus nos acuda!

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

Perguntar não ofende:

Existe forma eficaz de detectar esses drones? Radares, sensor IR, detectores de sinais entre a fonte de comando e o drone, ou só detecta a olho nú mesmo?

Antunes 1980
Visitante
Antunes 1980

Sim. através de aves de rapinas treinadas. Elas atacam os drones como se fossem presas.

comment image

José Luiz
Visitante
José Luiz

Esses sistemas são ótimos contra drones pequenos para segurança de instalações, os drones usados provavelmente não são deste tipo senhores, muito provável que sejam drones kamikases de alta performance. Link com alguns sistemas de armas https://spioenkop.blogspot.com/2019/09/houthi-drone-and-missile-handbook.html?m=1

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

Mas o uso de falcoaria só é efetivo para esses drones pequenos que vendem no mercado livre. Os drones que os Houthis usaram são maiores e mais refinados, quase no nível do Harop.

Arariboia
Visitante
Arariboia

Os russos usam os Pantirs S2 e Tor M2U como defesa de curta distância nas suas bases na Síria. Ambos combinam Radares Aesa e Pesa com Sistemas TV/Flir. Tem funcionando para eles.
*Por sinal sai a primeira foto dos S400 com mísseis 9m96 em unidades operacionais.

carcara_br
Visitante
carcara_br

Posta o link das fotos por favor

ScudB
Visitante
ScudB

S-300/400 no campo do tiro Ashuluk:
https://youtu.be/hSzgQkwNtX4?t=64
Manobras “Escudo eslavo” com participação dos militares da Servia.

carcara_br
Visitante
carcara_br

Obrigado!

Brunow Basillio
Visitante

Este lançador do 48N6 junto com lançadores do 9M96 deu um “ar de gambiarra” seria interessante se usasse em conjunto com o sistema S 400 um lançador completo do S350, em vez de quatro tubos teria 12, e ia parecer mais original…

Arariboia
Visitante
Arariboia

https://www.youtube.com/watch?v=hSzgQkwNtX4
Vi só agora que ScudB postou na frente.

Brunow Basillio
Visitante

Na Síria a Rússia não usa apenas Pantsir e Tor para se proteger de Drones, no início era assim, mas logo adicionaram os sistemas EW krasukha uma linha a frente dos sistemas de defesa, pois os custos estava ficando alto para combater Drones caseiros… Emirados Árabes é operador do Pantsir, faz parte da Coalizão Árabe e não é vítima de tantos ataques como a Arábia Saudita, o Pantsir combinado com sistemas EW pode ser a solução para o problema Saudita, e nos próximos meses eles são um sério candidato para opera lo.. Mas é preciso lembrar os Drones Houthis não… Read more »

Pedro
Visitante
Pedro

A base Russa na Síria já teve perto de 100 ataques com drones, onde nenhum teve grande sucesso. O máximo que conseguiram foi, em um ataque de grande escala (perto de 20 ou mais drones) conseguiram avariar de forma leve um Su-24 no solo. Demais ataques foram neutralizados por tiros de canhão, misseis ou EW.

Tadeu Mendes
Visitante
Tadeu Mendes

Quem vai sofrer com o corte da produção?

Europa, Japão e a China.

Olha a crise geopolítica que virá pela frente.

Poderia escalar a nível de conflito militar em grandes proporções.

Vinicius Momesso
Visitante
Vinicius Momesso

Quem se beneficia com isso é a Russia, ja que é auto-suficiente em petróleo e veria suas exportações crescerem exponencialmente. O Brasil poderia ganhar muito com essa situação, mas preferiu vender o Pré-Sal.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

E a Venezuela verá, subitamente, que seu petróleo se tornará importante novamente.

paddy mayne
Visitante
paddy mayne

Seria se eles tivesses mínimas condições de trabalho. A industria petrolífera venezuelana está quase que em completo colapso por sucateamento. Muitos técnicos foram embora do país fugindo da fome e opressão.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Há uns dois meses a China anunciou que tinha dado assistência aos venezuelanos e aumentaram a produção em cerca de 100 mil.
O que eles tem tido problema é com o transporte, visto que algumas companhias não estão querendo fazer o seguro dos navios por temor de represálias.
Nada que a China não possa resolver.

Tadeu Mendes
Visitante
Tadeu Mendes

Paddy,

Correto. Êles teriam que estar em condições operacionais de suprir a demanda.

Além do mais os EUA estão punindo o maduro economicamente.

Tadeu Mendes
Visitante
Tadeu Mendes

Kings,

Só se os Estados Unidos permitir. Mas eu acho que não.

sergio ribamar ferreira
Visitante

Esqueça. Sr. Antônio. Noto que negociações como Irã estão sendo preparadas com EUA ou Rússia. questão de tempo. Trump não deseja intromissão dos europeus. Hegemonia. para que guerrear se pode negociar? com algumas salvaguardas o Irã aceita bem como os EUA. AL fica para depois. Embaixador chinês deu entrevista informando que as negociações com o Brasil estão ótimas, porém os EUA continuam a impor suas tarifas… Como citei e espero que o Sr. leia anteriormente, Jogo de interesses. Esse diálogo de aproximação entre china e Brasil está se fazendo e muito através do Vice-presidente Hamilton mourão e o Presidente Bolsonaro… Read more »

WVJ
Visitante
WVJ

Se o preço sobe, todos sofrem e alguns se beneficiam. Eu gostaria de estar na turma que se beneficia, tinha tudo pra estar.

Kommander
Visitante

É… tô sentindo cheirinho de guerra pela frente, e não é das pequenas.

MGNVS
Visitante
MGNVS

Parece que os “barbudinhos de sandalia e AK47” nao sao tao incompetentes assim pois efetuar um ataque desses a grande distancia e contra alvos estrategicos desse porte requer pericia e treinamento. E se o Iran realmente estiver por tras destes ataques isso mostra que eles tbm nao sao tao incompetentes assim e que uma guerra aberta contra eles vai destruir a economia mundial se eles tocarem fogo no Estreito de Ormuz. No meu ponto de vista basta um lançar um Tomahawk no Palacio da Familia Saudita para acabar com aqueles malditos tiranos e lançar outro Tomahawk em Teerã para acabar… Read more »

Welt
Visitante
Welt

E depois ?

Carlos Gallani
Visitante
Carlos Gallani

Vácuo de poder no Oriente médio tem tantos motivos para ser a pior ideia dos últimos tempos que nem vou argumentar!

MGNVS
Visitante
MGNVS

Carlos Gallani
Pode ate ser q exista um periodo de vacuo no poder, mas eu duvido que o povo da Arabya ou do Iran se dxem escravizar novamente por gente como a Familia Saudita ou os maniacos Aiatolas, ja chega o que eles passam ate hoje.

JOSE AEDO ROCHA JUNIOR
Visitante
JOSE AEDO ROCHA JUNIOR

Escravizar meu velho? sério isso? Sugiro que venha conhecer o reino e tenha contato apenas com a camada mais baixa da população, vai nas ruas, conversa com gente do povo e tire suas conclusões. Queria que nosso povo tivesse metade do padrão de vida de um pobre saudita.
Um motorista da empresa teve um parente doente precisando de transferência, aí pousa um gulfstream aeromédico e leva a outra cidade para tratamento, põe aí no google “gulfstream” pra saber de que eu tô falando. Acho que este mês abrem visto para turistas, recomendo uma visita.

Pedro
Visitante
Pedro

A Geografia mostra quem fez o ataque….o Iemem esta quase mil km de distancia ao contrario do Ira que deve estar a 200 ou 300km no máximo. A verdade eh que o Ira ja notou o quao incompetente e inútil eh as FAs Sauditas e todo mês da uma “dedada” com gosto na AS e ela não tem como impelir ou retaliar.

Wagner
Visitante
Wagner

A inteligência saudita falhou miseravelmente,Teerã secretamente armou,estocou mísseis,foguetes,drones e treinou a milicia Houthi “em tempos de paz”. Os sauditas antes do conflito tinha terreno livre para fazer o que queria em questão de inteligência, pois o presidente era fantoche deles,não conseguiram detectar essa ação do IRGC. Explodiu a guerra eles pensaram que era só fazer um “bloqueio” que a milicia Houthi seria sufocada rapidamente sentaria na mesa e assinava a rendição.
Pelo o contrário quem vai sentar na mesa e se “render” será os sauditas é questão de tempo,nem mercenários quer ganhar dinheiro fácil do reino.

paddy mayne
Visitante
paddy mayne

“Inteligência saudita” é um oxímoro. A inteligencia deles só serve para emboscar e matar jornalista no exterior.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

E negociar acordos com os EUA.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Paddy. Sou fã dessa frase. Lembro do capitão do submarino da USN falando isso da inteligência militar quando Alec Baldwin embarca no USS Dallas, em “Caçada ao Outubro Vermelho”.

paddy mayne
Visitante
paddy mayne

puxa, não sabia dessa. Nem toda inteligência militar é falha, mas a dos sauditas deve ser uma lástima.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Paddy. Uma vez usei essa frase aqui no blog e fui criticado, mas quando mencionei o filme, muita gente lembrou e entendeu o contexto.

Jota Ká
Visitante
Jota Ká

Neste affair é fácil definir quem está do “lado certo” e qual será o “resultado final”. De um lado temos um grupo insurgente lutando pela sua terra , suas famílias, seus costumes , seus antepassados, sua cultura, enfim, lutando pela Pátria mãe. De outro lado, uma coligação de invasores, liderados por uma agressiva “potência regional”. A história, ah sempre a história, está repleta de casos análogos, eis: 1. A superpotência global que foi escorracada do Vietname. 2. A outra superpotência que foi humilhada no Afeganistão. 2. A potência regional que foi expulsa do Líbano pelos insurgentes do hisbolá. 3. A… Read more »

Welt
Visitante
Welt

Roma, Grécia antiga…

Agnelo
Visitante
Agnelo

Triste comparação. O Iêmen faz parte da estratégia persa de isolar a AS. Esta consegue em um ponto estrangular a LCM do Irã. Já este necessita estrangular três pontos. São justamente nestes q o Irã atua. Na própria saída do golfo Pérsico, no Iêmen e na Síria do outro lado, “fechando” as 3 possíveis LCM da AS. Cabe salientar q a guerra NÃO É xiitas x sunitas, mas Pérsia X maior expoente árabe. Os xiitas do Irã tem na proteção da Pérsia sua fidelidade. Quando usam o islã, tem nesse sua firma de aliança, desde q seja xiita da vertente… Read more »

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Ficou tristinho com o desempenho sofrível dos Patriot? na cama é um lugar quentinho para chorar

Rafael G Oliveira
Visitante
Rafael G Oliveira

Quando eu digo que precisa repensar a doutrina….sou taxado de “sonhador” e comentários do tipo….”você sabe quanto custa um programa para implantar um sistema desse?” logo surgem …ta aí para todos verem….as FA precisam de drones para reconhecimento, interceptação e ataque urgente

Fabio Araujo
Visitante
Fabio Araujo

E de preferência de fabricação nacional, esse tipo de equipamento temos condições de fazer, a MB já usa o Carcará de fabricação nacional, para fazer um drone de ataque e um drone camicase já é um ponto de partida!

Welt
Visitante
Welt

Concordo
O fato é que toda a tecnologia é nova e está pegando todos de surpresa.
Vide a falta de um sistema robusto de combate a drones pequenos e tal.
Junte a isso ainda o fato dos meios militares não serem exatamente conhecidos por mudar e implementar coisas novas de forma rápida né.

Cristiano de Aquino Campos
Visitante
Cristiano de Aquino Campos

Esse ataque foi só um aviso de que estão vulneráveis. Quem faz uma vez faz duas.

José Luiz
Visitante
José Luiz

As notícias estão chegando. Mas duas coisas são certas estes “drones” são aparelhos militares sofisticados e provavelmente são de fabricação iraniana ou tem apoio do Irã. Na internet é possível ver o portfólio de drones militares iranianos e o uso destes sistemas de forma kamikase é o futuro.

José Luiz
Visitante
José Luiz

Infelizmente os militares costumam a ser tradicionalistas, quando se estuda as ações militares nas grandes guerras mundiais é algo perfeitamente notado, como existe uma recusa em aceitar que algo ficou ultrapassado, quando se viveu uma vida estudando e treinando conforme uma doutrina. A hierarquia baseada na antiguidade faz com que tudo que é novo seja visto com desconfiança. O futuro da guerra será marcado pela inteligência artificial e por sistemas de armas autônomos, parece que este será o caminho. Aqui vai um super link em inglês sobre os armamentos dos Houthi com as suas origens.
https://spioenkop.blogspot.com/2019/09/houthi-drone-and-missile-handbook.html?m=1

Jefferson Ferreira
Visitante
Jefferson Ferreira

Pelo estrago com certeza não foram drones de 3, 4mil que se compra na internet!! Foram drones de grande capacidade, certamente militares!

Leandro
Visitante
Leandro

A chamada da matéria é bem sensacionalista! O ataque NÃO ELIMINOU metade da sua capacidade do petróleo saudita. O Governo por medida de segurança que limitou a sua extração a metade e isso vai durar no máximo 48 horas.
Se houvesse realmente o ataque ELIMINADO a metade da capacidade saudita o Mundo hj estaria um pandemônio só!

Pedro
Visitante
Pedro

Vc tem ideia do quanto eh essa limitação de 50% na capacidade produtiva por dois dias? Lembre que todo esse petróleo já esta vendido, logo, por dois dias não haverá petróleo para atender a demanda de um ou vários clientes. Fique dois dias sem energia eletrica ou combustivel para ver o caos em qualquer nação do mundo.

_RR_
Visitante
_RR_

Esse ataque somente faz reforçar a tese ( e que eu adoto agora com mais fervor ) de que investir em defesas AA pesadas vem se tornando um algo cada vez mais impraticável, quer seja pelo custo ou pelas necessidades em si… Ataques como esses mostram um esboço de como será a guerra a partir do ar já em futuro imediato, isto é, fazendo uso de sistemas autômatos de ataque ( drones suicidas, por exemplo ) lançados em tal quantidade que se torna virtualmente impossível pará-los com sistemas volumosos e pesados, como S-300 ou Patriot, que ficam cada vez mais… Read more »

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Para de falar besteira, a Rússia sofreu os mesmos ataques de drones em sua base na Síria e soube se defender. E os ataques à base russa foram feitos à queima-roupa, enquanto esses dos houthis foram feitos a 1.500km !!!!!Quer saber como se faz para se defender disso, fale com os russos.

_RR_
Visitante
_RR_

Se foi mesmo um ataque a “queima roupa”, então não haveria tempo de reação ou a distância seria inadequada para os tipos mais pesados, e quem trabalhou de fato foram justamente os Pantsir e/ou TorM2 presentes, que são os destinados a conter ataques desse tipo, o que só corrobora o que eu já disse. Do meu próprio comentário anterior: “…sistemas capazes de lançar grandes volumes de ‘anti mísseis’ e grande capacidade computacional, como Pantsir ou Iron Domme, passam a fazer muito mais sentido para países que desejam proteger instalações vitais…” Aliás, o Pantsir, assim como o TorM2, em parte, surgiram… Read more »

Bosco
Visitante
Bosco

RR,
Todos os drones interceptados pelos russos na Síria o foram por sistemas de interferência e não por sistemas cinéticos.

carcara_br
Visitante
carcara_br

De onde você tirou isso, Bosco?

Bosco
Visitante
Bosco

Então posta aí. Talvez eu não tenha visto.

carcara_br
Visitante
carcara_br
Bosco
Visitante
Bosco

Carcara,
Não me lembrava disso.
Vale salientar que o artigo é no melhor estilo “la garantia soy yo”.
Mas valeu!

https://www.youtube.com/watch?v=vMfFf80MxL4
Esses aqui não foram pelo Pantsir

carcara_br
Visitante
carcara_br

Como são rudimentares alguns, umas pragas mesmo.

_RR_
Visitante
_RR_

Obrigado Bosco.

Desconhecia esse fato.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

É isso.

Israel e USA na vanguarda.

Tomcat
Visitante
Tomcat

Caro Colombelli, um sistema como o Pantsir seria viável contra drones, como seu mix de mísseis e canhões?

Bosco
Visitante
Bosco

Tomcat,
Depende do que se entende como drone. Um Global Hawk de 15 t é um drone e um Black Hornet de 16 gramas também.
Qual tipo de drone está atacando o Pantsir?
Lembramos que alguns foram destruídos pelo drone Harop (150 kg).

Renato B.
Visitante
Renato B.

Outro sistema que ninguém está falando mas suponho que tenha boas chances de dar conta de um ataque desses seria o Iron Dome israelense.

_RR_
Visitante
_RR_

De fato, colombeli…

Nosso País representa um desafio ímpar…

A única defesa “definitiva”, no meu entender, seria uma capacidade de contra golpe – de retaliar – que fosse irresistível. É isso ou minimamente se ter uma força que possa ser um empecilho intransponível. Daí a necessidade, que poucos entendem, de se ter uma imensa reserva humana pronta a ser mobilizada, que é o possível de momento, enquanto se conserva um núcleo duro que seja apto a desempenhar-se em todos os espectros da guerra.

Números ainda assustam qualquer estrategista sensato…

Adriano Madureira
Visitante
Adriano Madureira

Foi um belíssimo alvo de importância financeira! Parabéns aos yemenitas , duas refinarias são pouco, espero que chegue a oportunidade de atacar o Palácio real Saudita e que matem esses vermes assassinos de crianças…

Carlos Gallani
Visitante
Carlos Gallani

Quando se tratam de nações islâmicas, depois de tantos exemplos, eu fico receoso em escolher um lado, parece que quando um doença sai o risco de uma pior entrar no lugar acaba sendo muito alto, o radicalismo quando não no poder como é o caso do Irã, dorme à espera de unânime oportunidade como o ISIS pós Assad!

Eduardo O.
Visitante
Eduardo O.

Retaliação: SS 80 no Iêmen

Mauricio R.
Visitante

Pra que???
Os sauditas possuem mísseis chineses DF-3:

(https://www.forte.jor.br/2019/06/22/inteligencia-mostra-que-a-arabia-saudita-escalou-seu-programa-de-misseis-com-a-ajuda-da-china/)

Resta saber se sabem realmente usa-los.

Fabio Araujo
Visitante
Fabio Araujo

Esse ataque já deve ter sido uma retaliação, na semana passada vários sites mostraram um ataque saudita com lançadores de foguetes que pela quantidade de foguetes lançados pareciam ser os Astros II que os sauditas tem!

XFF
Visitante
XFF

Parte da Força Aérea do Iêmen está com os Houthis , são profissionais bem treinados que sabem operar mísseis balísticos, Drones e aviões de caça. Quando Arábia Saudita invadiu o país, a Força Aérea do país se dividiu.
Acusar o Irã, é o caminho mais fácil tentar justificar o fracasso dos Sauditas em relação a guerra no Iêmen , que já tem mais de 5 anos e sem perspectiva de vitória dos Sauditas.

Fabio Araujo
Visitante
Fabio Araujo

A acusação ao Irã não é de ter feito o ataque, não há dúvidas que foram os Houthis, mas sim de fornecer os meios para os ataques! Os Houthis recebem armamentos e suprimentos do Irã, soma-se isso o fato dos Houtis ter entre os seus meios militares do Yêmen bem capacitados e o fato dos militares sauditas serem fracos justifica a dificuldade que os sauditas estão tendo no Yêmen, dificilmente vão conseguir vencer e vão terminar perdendo no longo prazo pelo desgaste!

XFF
Visitante
XFF

Fabio Araujo>>>>
È hipocrisia acusar o Irã de fornecer os meios para os Houthis. Quem forneceu os meios para os Sauditas cometeram crimes contra a população do Iêmen durante esses anos de guerra?. “O Grande Satã”. Quem que patrocinou e ainda patrocina os jihadistas na Síria para lutar contra o governo Sírio? “O Grande Satã”, Arabia Saudita, OTAN, Turquia, Israel e outros países do Golfo.
Tio Sam não tem moral para criticar o Irã.

Renato B.
Visitante
Renato B.

Pelo que entendi boa parte dos militares do Yemen está do lado dos Houthis.

José Luiz
Visitante
José Luiz

Colombelli, pessoalmente creio que o EB está preso ao passado com o seu esforço concentrado em atingir a qualidade com sistemas de armas de tecnologia das décadas passadas. Deveria em tese passar a adotar novas tecnologias como os UAV’S e as contra medidas contra estes. Pois estão surgindo dezenas de modelos de todo o tipo não tripulados. Quem pesquisar na internet poderá ver que já estão sendo comercializados aparelhos que vão de mine drones para reconhecimento a nível de grupo de combate de forças especiais, a drones kamikases que competem como por exemplo os mísseis anti carro e etc. Além… Read more »

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

Oxe só o Planalto merece defesa? Sinceramente atacar o Planalto é idiotice, o governo se recompõe em poucos dias, quem quiser pôr o pais de joelhos e espalhar o caos, é só atacar hidrelétricas, termelétricas e linhas de transmissão de energia que a bagaceira estará feita. Quem merece proteção é o povo, os politicos que se danem.

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

O Brasil já deveria ir aprendendo com o fracasso alheio, e jogar fora o velho bofors e adquirir torres remotas como o Millenium ou Rapidfire 40 mm, sistemas combinados como o MPCV ou Pantsir, ou embarcar em algum projeto de arma de energia dirigida. O uso desses drones suicidas já virou moda, não demora muito para tudo o quanto é força pé rapada ter esses briquedinhos pequenos, baratos e letais.

José Luiz
Visitante
José Luiz
Wagner
Visitante
Wagner

Interessante a matéria,deu a entender que mandaram os drones para enganar as defesas aéreas e depois soltaram os misseis de cruzeiro que passaram.

Pedro
Visitante
Pedro

Resumo da brincadeira: Israel ataca convencionalmente a Síria, que se defende bem, ai Israel começa a usar drones para dificultar a defesa Síria em seus ataques contra alvos iranianos (com boa margem de sucesso) onde o Ira aprende como fazer o mesmo e faz na AS, onde essa eh totalmente incapaz, incopentente e inutil para impedir ou retaliar.
O que estamos vendo eh o mesmo que em 1943 os aliados ocidentais se depararam com os tanques alemaes muito a frente dos seus devido a guerra destes contra os sovieticos.

Renato B.
Visitante
Renato B.

Sem entrar no mérito de quem são os bonzinhos ou mauzinhos esse conflito do Yemen precisa ser estudado. As fronteiras entre guerrilha e força convencional já estavam borradas, agora estão a dos drones.

Isso realmente é um drone ou já pode ser chamado de míssil de cruzeiro?

Delfim
Visitante
Delfim

Continuando…
Nós ocidentais supervalorizamos Jerusalém, mas para os xiitas o mais importante é dominar Meca e Medina, os lugares santos do Islã.
Se os xiitas dominarem tais lugares, terão poder temporal e espiritual sobre bilhões de muçulmanos em todo o globo. Aí amigos o bicho pega.
Xiitas são 94% da população do Irã, 85% de Azerbaijão, 74% de Bahrein, 67% do Iraque, 45% do Iemem, 44% do Líbano, 30% do Kwait, 24% do Paquistão, 21% da Turquia e 19% do Afeganistão. Nem a AS escapa com 15%.
https://pt.wikipedia.org/wiki/Xiismo

Agnelo
Visitante
Agnelo

Prezado
Lembre-se, o islamismo é dividido em varias vertentes. As principais são os sunitas e os xiitas q também tem suas divisões.
Os árabes não se dobram aos persas.
Da mesma forma, varios Grupos tem outras origens não árabes.
Cada grupo desse, inclusive dentre os árabes, tem suas relações conduzidas por valores e considerações diferentes.
Sds

CRSOV
Visitante
CRSOV

Que vergonha esses Sauditas !! Compram bilhões e mais bilhões em armamentos todos os anos aí vão os Houthis com armamento precário e atingem em cheio a indústria petrolífera dos Sauditas !! Parabéns aos Houthis pela competência no planejamento da ação e eficácia total na execução da ação !! Que os militares Brasileiros estejam vendo e se possível aprendendo algo com esses houthis !!

Cavalo-do-Cão
Visitante
Cavalo-do-Cão

As porcarias de exportação dos eua são melhores só no lobby que a sua indústria da propaganda faz…aplicam a máxima…acuse-os do que você faz…chame-os do que você é!…pois todo o lucro que auferem é feito em cima de material superfaturado, chipado e cheio de embargos, restrições e limitações…com o pior pós venda que existe…o que explica todo um trabalho voltado só pra fazer lobismo sujo para difamar ou denegrir seus concorrentes…só “vendem” em países corruptos controlados por eles, onde suas porcarias são postas goela abaixo em esquemas de cartas marcadas e corrupção…é assim como constroem e fazem sua fortuna…através só… Read more »

Heitor
Visitante
Heitor

“Não precisamos do petróleo do Oriente Médio, de qualquer forma.” Donald Trump (16/09/2019)

Fabio Araujo
Visitante
Fabio Araujo

Mas o resto do mundo precisa!

Heitor
Visitante
Heitor

Sim.. mas essa fala deu um sinal bem forte para todos.

Heitor
Visitante
Heitor

E os EUA não estão muito preocupados com o resto do mundo.

JORGE TADEU GOMES JARDIM
Visitante
JORGE TADEU GOMES JARDIM

Numa singela observação do mapa postado na página, existe a possibilidade de o ataque ter saído tanto do Iemen, quanto do Irã. Obviamente, se enxames de drones cegaram os radares da bases de mísseis anti-aéreos sauditas, isso demonstra uma sofisticação técnica que entendo difícil de partir dos houtis sozinhos. No mínimo, contaram com auxílio técnico dos iranianos. Mas, de qualquer forma, não vejo como os iranianos não estariam envolvidos nisso, pois, com os problemas de produção da Arábia Saudita e, a capacidade de produção estrangulada dos iranianos por força do embargo americano, essa seria uma forma de forçar os adversários… Read more »

Wagner
Visitante
Wagner

“Garantimos ao regime saudita que nossa grande mão pode alcançar o lugar que quisermos e quando quisermos”. Houthis estão ameaçando fazer outro ataque e avisou para as pessoas saírem do local.

TeoB
Visitante
TeoB

Por isso que eu acredito de defesas anti aéreas de tubo, como os canhões do nosso guepard tem o seu lugar nas defesas anti aéreas futuras, custo baixo e eficaz contra esse tipo de ataque que pode ser realizado por qualquer infeliz com alguns horas de treinamento no vídeo game… alem disso os ataques com misseis de cruzeiro transônicos também também podem ser barrados com a referida arma. custo baixo: canhões automáticos, um radar de aquisição e outro de direção de tiro. bem mais barato que uma bateria de misseis, um míssil de um milhão para derrubar um drone de… Read more »

Cavalo-do-Cão
Visitante
Cavalo-do-Cão

Levaram uma coça de rebeldes e para minimizar a humilhação acusam o Irã!..!!..!!.!..Esse aumento de 10% no preço do petróleo já vai fazer aumentar 40% por aqui, pode esperar Gasolina por 5 conto o litro…Quando anuncia que vai aumentar, os postos no dia seguinte já empurra um aumento, pra depois aumentar de novo…

nonato
Visitante
nonato

Esse episódio pode ser um mal que pode ser benefíco.
Atacar logo o Irã antes que continuar se desenvolvendo e acabar com os youthis. Guerra para valer.
Não se pode deixar drones entrando assim.
Além disso, é de se esperar que em todo o mundo se busque com urgência melhores defesas.
Na minha opinião, drones deveriam ser proibidos.
O custo x benefício não compensa.
O risco é enorme.
Prisões, aeroportos, atentados.
É só colocar o Irã no seu devido lugar.
A Arábia saudita decretar guerra total, com o apoio de Israel e EUA.
Bloquear o estreito de Ormuz e não deixar sair nenhum petróleo iraniano.

Renato B.
Visitante
Renato B.

Faz idéia da revolução que tem sido em filmagens e mapeamento por drones? Só na área de agricultura as aplicações são imensas. Só o mercado brasileiro cresce na base de uns 30% ao ano e olha que estamos em crise. Proibir drones por causa disso faz tanto sentido quanto proibir a aviação civil por causa do 11 de setembro. É não entender como os mercados funcionam.

Ricardo Azevedo
Visitante
Ricardo Azevedo

Ninguém está percebendo o novo e perigoso março que passamos ? O ataque de enxames de drones é relativamente barato e ñ tem defesa antiaérea que o contenha. Todo estão vuneraveis….

André Souza
Visitante
André Souza

Gente esse pessoal não faz sexo não ? Só sabe roubar, matar e destruir ?

Sincero Brasileiro da Silva
Visitante
Sincero Brasileiro da Silva

É ou não é piada no salão? Reino indefeso… Grande Irã!!!