quinta-feira, julho 29, 2021

Saab RBS 70NG

OPINIÃO DO LEITOR: Mudança de Local da Escola de Sargentos das Armas – ESA

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Por Tadeu José Braga de Souza

Boa tarde, aproveitando essa oportunidade democrática, que o site Forças Terrestres nos ofereceu como seus leitores, de expor nossas sugestões, gostaria de apresentar a minha opinião sobre a propagada mudança da ESA da cidade de Três Corações (MG).

Tenho acompanhado as publicações em diversas mídias, dando como prováveis vencedoras, as cidades de Ponta Grossa (PR), sede da 5ª Brigada de Cavalaria Blindada; e a cidade de Santa Maria (RS); sede da 3ª Divisão de Exército.

Ambas pertencentes ao Comando Militar do Sul, o que aumentaria ainda mais a concentração de tropas no sul, um erro a meu ver.

Pois bem, sugiro que esta mudança se dê para a Vila Militar, no lugar da 9ª Brigada de Infantaria. Fazendo com que haja uma integração da parte educacional ou de formação na região do estado do Rio de Janeiro.

Esta mudança, além de ser mais econômica para o escasso orçamento do Exército, também proporcionaria a liberação de um enorme contingente de Oficiais e Praças para recompor ou criar novas organizações militares onde seriam mais necessárias. Exemplo: as regiões Cento-Oeste e Norte.

Acredito também, que deve haver um estudo de mudança da Brigada Paraquedista da Vila Militar. Haja vista a dissociação da referida Brigada e a locação do 1º GT agora na ALA 2 em Anápolis (GO). Assim sendo, estas instalações também poderiam ser ocupadas pelo CA – LESTE, tornando esse em um centro de adestramento de grandes proporções.

NOTA DA REDAÇÃO: Os leitores que tiverem textos de opinião sobre os temas abordados no Forças Terrestres e quiserem vê-los publicados no site, podem enviá-los para os editores no e-mail redacao@fordefesa.com.br.

- Advertisement -

96 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
96 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Amazônia
Amazônia
3 meses atrás

Estou estudando, com fé em deus esse ano passarei e ingressarei nas fileiras do EB. Gostaria que a ESA não fosse tanto para o Sul, ao meu ver, ela poderia ir para o RJ, já que a EsSLog se encontra lá ou para parte central do país, a ex: Goiânia. Saudações a todos do Blog.

Osmar Cunha de Freitas
Reply to  Amazônia
3 meses atrás

O Estado do Rio de Janeiro já é sede da principal organização educacional militar Agulhas Negras, pois minha sugestão é que vá para outro lugar até para não concentrar tudo no mesmo lugar e dar oportunidades para outros estados da federação.

Jose
Jose
Reply to  Amazônia
3 meses atrás

Quer entrar na boquinha, piá?

Jota Ká
Jota Ká
Reply to  Amazônia
3 meses atrás

Penso que escola Militar não deva ser instalada num território coalhado de milicianos e traficantes que controlam territórios. Pode contaminar alguns alunos ou estes serem vítimas.

Gabriel
Gabriel
3 meses atrás

Com todo respeito a opinião do leitor. Você falou sério? No Rio de Janeiro? Com todos os problemas socias que existem, você quer colocar a Escola de Formação de Sargentos lá? Na Vila Militar? Quantos instrutores e monitores seriam voluntários para a nomeação? Claro, na falta de voluntários, você designa e transfere e pronto, mas para uma Escola de Formação? E onde seria o campo de instrução? Ou os Cursos teriam que se deslocar até Resende, para usar o campo de instrução da AMAN ? Que idéia sem pé nem cabeça. Espero que a escolha seja uma cidade média, com… Read more »

Velame
Velame
Reply to  Gabriel
3 meses atrás

Concordo! O camarada que deu essa opinião não tem a menor idéia da besteira que escreveu!

MMerlin
MMerlin
Reply to  Gabriel
3 meses atrás

Concordo. Esta concentração militar no RJ remete a época imperial de nosso país. Esta mentalidade centralizadora limita bastante uma atuação mais distribuída das nossas FA.

Curiango
Curiango
Reply to  MMerlin
3 meses atrás

Campo Grande MS

ALTAIR IGNEZ DE SOUZA
Reply to  Gabriel
3 meses atrás

concordo! Unica coisa certa da ideia do nosso caro amigo, é a retirada da Brigada Paraquedista do Rio de Janeiro, e acho que isso ja deveria ter sido feito a muito tempo.

José de Souza
José de Souza
3 meses atrás

Concentra tudo em Resende, otimiza recursos e pessoal.

Agnelo
Agnelo
Reply to  José de Souza
3 meses atrás

Prezado
Difícil “dobrar” o efetivo da AMAN. Resende cresceu MUITO.

Fabio Jeffer
Fabio Jeffer
3 meses atrás

Mais uma organização militar no Rio Janeiro? Entendo seu ponto de vista Tadeu mas nosso exército já tem dezenas de organizações militares no Rio, incluindo as mais diversas instituições de ensino, diversos quartéis, organizações de logística, de paraquedismo e por vai, sem contar Gericinó. Em uma cidade onde é normal roubo de armas militares e com recrutas partindo pro crime organizado não acho adequado, na minha visão, manter todos essas organizações por ali. Já tem uma Marinha inteira no Rio com todo o seu arsenal de guerra, nossos Fuzileiros Navais e todas as suas estruturas estão ali e sem contar… Read more »

Pedro
Pedro
3 meses atrás

Olhando logisticamente seria Ponta Grossa. Mesmo nao tendo um aeroporto próximo ativo, a cidade tem varias rodovias que ligam de norte a sul passando por ela. A questão de aeroporto ate é relativa pois de Ponta Grossa ate o Aeroporto Afonso Pena em SJP que é regiao metropolitana de Ctba, precisasse de duas horas de viagem, muitas vezes mais rapido do que ir do Centro de SP a Guarulhos. Ressalta-se ainda que Ponta Grossa tem ferrovias e em um raio de menos de 150km existem unidades de artilharia, cavalaria, infantaria, logistica/suprimento e engenharia o que facilitaria estagios e treinamentos.

Gabriel
Gabriel
Reply to  Pedro
3 meses atrás

Concordo.

Na minha modesta opinião, Ponta Grossa é a melhor cidade, das que estão sendo analisadas inicialmente.

Doug385
Reply to  Pedro
3 meses atrás

Mas porque a questão logística? É uma unidade escola, no máximo vai ser deslocada para o campo de instrução mais próximo.

Last edited 3 meses atrás by Doug385
Pedro
Pedro
Reply to  Doug385
3 meses atrás

Cara, logistica é tudo! Pq industrias sao em locais de facil acesso? Para ser facil de insumos e produtos serem recebidos e expedidos assim como sua mao de obra chegar com rapidez e facilidade.
Logicamente, pq uma escola tecnica teria que ser no meio do nada? Ademais, como os alunos e pessoal da mesma se deslocará? Tudo isso deve ser pensado.

gordo
gordo
Reply to  Pedro
3 meses atrás

Olha, Santa Maria no verão é uma sucursal do inferno e Eu levaria isso em conta além dos detalhes logísticos que foi citado em favor da cidade de Ponta Grossa.

Agnelo
Agnelo
Reply to  gordo
3 meses atrás

Q isso??????? Não é tão quente assim……. kkkkkkkk

Pablo
Pablo
Reply to  Agnelo
3 meses atrás

Tu não acha quente?

Agnelo
Agnelo
Reply to  Pedro
3 meses atrás

É minha aposta e torcida.

FERNANDO
FERNANDO
Reply to  Pedro
3 meses atrás

Olha companheiro, eu colocaria na cidade da Castro, colada a Ponta Grossa, com muito espaço virgem e com certeza terras mais baratas. O centimetro quadrado em PG, está os olhos da cara.

Oráculo
Oráculo
3 meses atrás

Respeito a opinião do colega. Mas discordo totalmente. É preciso TIRAR tropas do Rio de Janeiro. Que possui uma absurda concentração de forças. Uma herança do tempo em que era a capital do Brasil. Tem sede de divisão de exército, brigada paraquedista, bases dos fuzileiros navais, escolas militares, bases navais, base da FAB, etc. Não faz o menor sentido manter tantos homens das 3 forças na mesma cidade/estado. Tem que “espalhar” isso pelo Brasil. O erro estratégico é absurdo. Em caso de guerra com uma potência militar, uma chuva de mísseis tipo Tomahawks, ou um ataque de caças bombardeiros, acaba… Read more »

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Oráculo
3 meses atrás

Exatamente. O Rio de Janeiro é um alvo estratégico devido a presença de tantas instalações militaries, e por conseguinte com uma alta concentração de tropas.

Cristiano GR
Cristiano GR
Reply to  Oráculo
3 meses atrás

Além de tudo que foi citado, tem a concentração energética, tanto nuclear, como do petróleo.
Penso que no Rio deveria ficar apenas as unidades da Marinha e as do EB e FAB deveriam serem todas mudadas para outras cidades próximas, ficando apenas unidades de defesa anti-aérea para defesa das unidades de geração e distribuição de energia, como também do porto e das unidades da MB.

Shiryu
Shiryu
3 meses atrás

As forças armadas precisam deixar o Rio e não vir mais organização militar pra cá. Sou carioca, nunca vi uma cidade com tanto quartel em locais centrais. As forças armadas deveriam sair da cidade do Rio e usar os terrenos para moradias populares.

Ted
Ted
Reply to  Shiryu
3 meses atrás

Como diz Jorge ben. Moro num país tropical. Então treinar os futuros sargentos na região Sul, nem pensar. Cidade de Goiânia é o melhor local e não falta espaço e tem vários rios .

Pablo
Pablo
Reply to  Ted
3 meses atrás

Pq aqui no Sul não? Qual seria o problema?

Last edited 3 meses atrás by Pablo
Ted
Ted
Reply to  Pablo
3 meses atrás

Clima

Pablo
Pablo
Reply to  Ted
3 meses atrás

Se for por isso, entao aqui é o melhor lugar!
Aqui tem praticamente todos os climas, ou tu acha que o militar so vai estar no calor?

Flanker
Flanker
Reply to  Ted
3 meses atrás

O que tem o clima? Aqui em Santa Maria faz 38…40 graus no verão e 0…-1….-2 graus no inverno. Melhor para treinar a tropa não existe.

Ted
Ted
Reply to  Flanker
3 meses atrás

Como eu morei na Amazônia e sou natural de Santa e bela Catarina. Te digo. Tãs equivocado. O calor nos trópicos é Sul Real para um sulista. Quem dirá para um sargento totalmente adaptado ao clima do RS.

Flanker
Flanker
Reply to  Ted
3 meses atrás

Cara, tenho conhecidos que moraram na amazônia e outros que são de lá e moram aqui no RS agora. Todos dizem que o RS no verão não perde para o norte em matéria de calor. E se é difícil para um sulista se adaptar ao calor do norte, o inverso tb é verdadeiro em relação ao frio daqui. Então, essa história de clima não é impeditivo de nada. Se assim fosse, ninguém era transferido do sul e sudeste do Brasil para a região norte. E, só pra complementar, não é Sul Real….é surreal.

Pablo
Pablo
Reply to  Ted
3 meses atrás

Se tu pegar a temperatura máxima no verão e a mínima no inverno, faz mais de 40 graus de diferenca.
Só pra ti ter uma noção do que falo, aqui em Bagé, ano passado, foi registrado 40 graus no verão (e nessa epoca do ano, fica acima dos 30 graus sempre) e -3,4 no inverno.

Last edited 3 meses atrás by Pablo
Ted
Ted
Reply to  Pablo
3 meses atrás

O Brasil é muito grande e diversificado. Não faz sentido fazer o treinamento num estado tão pequenininho como o Rio Grande do Sul

Flanker
Flanker
Reply to  Ted
3 meses atrás

Cara….pequenininho? Se tu comparar com Amazonas, Pará, Mato Grosso, tudo bem….mas, não é pequenininho, não. Mas, deixa o tamanho pra lá….o que isso tem a ver? O que o tamanho do estado tem a ver com o treinamento? Todos já entenderam tua opinião, que tu não acha o RS uma boa opção. Ok, sem problema. Mas, não precisa fazer malabarismos e inventar motivos estapafúrdios para justificar tua opinião.

Pablo
Pablo
Reply to  Flanker
3 meses atrás

Ahaha, aqui e frio, pequeno e qual a próxima desculpa? Nome do estado começa com R? Nao tem o T de Ted?
Hahahaha

Cristiano GR
Cristiano GR
Reply to  Ted
3 meses atrás

Tchê, aqui no Sul faz mais frio sim, mas também faz muito calor, muito mesmo.
De Santa Maria para cima o RS tem predominância do calor na maior parte do ano, com temperaturas entre 35 e 42 graus durante os 3 meses de verão. Mas penso que a ESA deve ficar onde é hoje e outras unidades, sim, devem ser mudadas p as regiões menos habitadas, principalmente as do Rio.

rdx
rdx
3 meses atrás

Faz sentido. O RJ reúne praticamente todas as unidades de ensino do EB.
AMAN, ECEME, IME, EsEFEX e EsAO.

Last edited 3 meses atrás by rdx
Gabriel
Gabriel
Reply to  rdx
3 meses atrás

A AMAN se localiza em Resende-RJ.

A EsA é uma escola de formação de Sgt combatentes, por isso o local necessita de características peculiares.

O IME, diferente das demais, está vocacionado para a formação de Engenheiros, que podem ser civis ou militares.

A EsEFEX é uma de Especialização, mediante seleção interna, para Of e Sgt.

EsAO é um Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais.

ECEME de Altos Estudos, para Oficiais, mediante concurso interno.

Ou seja, não tem como fazer esse tipo de relação que você fez.

rdx
rdx
Reply to  Gabriel
3 meses atrás

O ESTADO do RJ reúne quase todas as escolas militares e unidades escolas do EB. Só não tem relação na tua cabeça. A ESA é uma das escolas militares sediadas na área do CML.

http://www.cml.eb.mil.br/fique-por-dentro/37-escolas-militares.html

Last edited 3 meses atrás by rdx
Velame
Velame
Reply to  rdx
3 meses atrás

Para de passar vergonha cidadão! O que vc sabe sobre isso? Conhece a ESA? Sabe o tamanho do seu efetivo? Quantos alunos forma por ano? Necessidade de instrutores e monitores? Vai dar pitaco em blog de culinária!

rdx
rdx
Reply to  Velame
3 meses atrás

Vai você!

rdx
rdx
Reply to  Velame
3 meses atrás

Aprenda a debater um assunto de forma civilizada e sem ataques pessoais, seu mal-educado. Não estou defendendo nada. Apenas fiz um registro que todas as escolas do EB estão sediadas no RJ. O EB manda a ESA para onde ele quiser. Eu preciso desenhar para você entender?

Flanker
Flanker
Reply to  rdx
3 meses atrás

Então, não ESTÃO todas no RJ…..ESTARIAM todas no RJ se a ESA fosse para lá.

rdx
rdx
Reply to  Flanker
3 meses atrás

Você não leu este meu comentário. Ato falho no outro comentário.
O ESTADO do RJ reúne quase todas as escolas militares e unidades escolas do EB…. A ESA é uma das escolas militares sediadas na área do CML.”

Flanker
Flanker
Reply to  rdx
3 meses atrás

Ok.

Fabio Jeffer
Fabio Jeffer
Reply to  rdx
3 meses atrás

Chega de inchar o Rio com instituições militares

Doug385
3 meses atrás

Transferir para o sul não é concentrar tropa. ESA é uma unidade escola, não unidade operacional. Ademais, se é pra não concentrar tropa, porque transferir para o Rio?

Gabriel
Gabriel
3 meses atrás

discordo totalmente, Desde a fundação do país ainda estamos em processo de interiorização, quase toda a demografia do Brasil esta próxima ao litoral e militarmente as FFAA estão concentradas entre Rio de Janeiro e o sul do Brasil, é só ver que historicamente os oficias das FFAA são maioria carioca ou gaúcho. Não existe prioridade nenhuma em mudar a ESA no momento, a mudança da brigada pqdt para o planalto é muito mais importante e até o momento nada foi feito, se for mudar a ESA o interior do centro-oeste ou do nordeste é muito mais produtivo pro desenvolvimento nacional… Read more »

Vitor
Vitor
Reply to  Gabriel
3 meses atrás

Concordo totalmente com você. Temos tantos outros problemas de maior vulto, que a última coisa que precisamos nos preocupar é onde vai ficar a ESA. A brigada paraquedista estar até hoje localizada no rio de janeiro é absolutamente inadmissível com um país das dimensões em que vivemos.

Pablo
Pablo
3 meses atrás

Com todo o respeito a opinião do leitor, mas acho que o Brasil e muito mais que o RJ (pelo que vi nos outros comentários, não é só eu que penso isso). Existem mais de 20 Estados e mais de 5000 cidades no país, nao acredito que nenhuma outra sirva pra receber a escola. Santa Maria, aqui no RS, tem o segundo maior efetivo de militares, mas isso nao quer dizer que seja o melhor lugar. Outro detalhe, segundo eu vi nos jornais daqui, o investimento vai ser em torno de 1 Bi. Em tempos de tamanha crise que estamos,… Read more »

Last edited 3 meses atrás by Pablo
Mensageiro
Mensageiro
Reply to  Pablo
3 meses atrás

Tb acho desnecessária a mudança. MG está bem localizado no país. Não dá pra ser ao norte ou sul pois fica longe do resto, SP e RJ já tem várias outras.

Pablo
Pablo
Reply to  Mensageiro
3 meses atrás

Tudo tem que levar em consideração, não apenas a localidade, mas infraestrutura por exemplo. Santa Maria tem uma otima localização, fica bem no meio do RS, so que ja tem um grande efetivo e acho que não tem justificativa pra mudar ou levar para o RJ. Como a maioria ja falou, as forcas armadas precisam descentralizar do RJ.

Ted
Ted
Reply to  Pablo
3 meses atrás

Mas precisamos descentralizar também o Rio Grande do Sul. Passou da hora. Acho que a hora finalmente chegou.

Pablo
Pablo
Reply to  Ted
3 meses atrás

E o que está centralizado aqui?

Ribeiro
Ribeiro
Reply to  Mensageiro
3 meses atrás

Mas qual o intuito de para mudar a ESA? Eu conheci a escola, algumas instalações são antigas mas ao meu ver possuem uma infraestrutura muito boa, tem um ótimo campo de instrução, esta bem localizada, no sul de Minas Gerais, . Não vejo motivo nenhum para esse gasto visto a montanha de prioridades que nosso EB tem. Com relação ao RJ e RS concordo com os amigos foristas que já possuem muitos quarteis e escolas militares. Nossas forças precisam ser mais centralizadas e não acumuladas no sul e no litoral, visto também a escassez de tropas e meios militares no… Read more »

groosp
3 meses atrás

Vai virar um museu sobre o ET de Varginha?

Plínio
Plínio
3 meses atrás

O Rio de Janeiro é um vasto e apetitoso cardápio para qualquer task force estrangeira mais robusta, a concentração de centros de comando e controle, de unidades logísticas e combatentes, princípio da manobra, bem como a maravilhosa geografia acidentada proporcionariam o teatro de operações perfeito para utilização, no princípio da massa,de interdição aérea por um NAe e sua escolta bem estruturada que com dois ou três vasos da classe WASP disporiam de excelente litoral para operações precursoras e de cabeça de ponte. Imposto o bloqueio naval à boca da Guanabara, destruindo a infraestrutura rodoviária intrincada da cidade, perderiamos, nas primeiras… Read more »

Fábio
3 meses atrás

Mudança de local? A EsSA deveria ser extinta, essa atual situação falida do exército é pelo alto número de concursados, todos os sargentos das forças deveriam ser temporários. Contratos de 5 a 5 anos com renovação ou não.

Bille
Bille
Reply to  Fábio
3 meses atrás

Deveria ter (e isso mexe com muita gnt e muitos interesses) uma melhor forma de ingresso, com concurso interno para promoção, interstício menor e sem estabilidade (não necessariamente com 10 anos ser mandado pra casa). Um sistema tal qual o americano (linha de produção – turmas menores se formando a cada 1/2 semanas) seriam uma boa saída. Cursos menores voltados para a atividade-fim e uma pontuação para quem entrasse com curso superior (não a validação de um curso de tecnólogo). Isso é uma mudança de paradigma. Só que isso mexe com lei. Lei é Congresso. Não dá pra esperar algo… Read more »

Flanker
Flanker
Reply to  Fábio
3 meses atrás

Tá, mas e tu forma esses sargentos temporários onde?

Fábio
Reply to  Flanker
3 meses atrás

Flanker você sabe como funciona a formação dos sargentos combatentes? 6 meses em uma unidade operacional de algum comando militar e depois na EsSA. Simplesmente a formação se manteria nessa unidade escolhida pelo comando militar.

Flanker
Flanker
Reply to  Fábio
3 meses atrás

Aí todas as Unidades tb seriam Unidades de Formação?

Jefferson
Jefferson
3 meses atrás

Eu acho que a ESA não deve mudar de local. As forças armadas precisam urgentemente de reformas de redução de gasto com folha de pagamento. Essa é a única reforma necessária. Tanto as FA, quanto outros setores da administração pública brasileira precisam urgentemente de reformas para conter a crise fiscal gigantesca. O BR nos próximos 10 anos passará per uma forte crise fiscal, grande empobrecimento social, aumento do distancianciamento de classes. Percebo que muitas pessoas ainda não entenderam o que esta acontecendo. Vocês estão discutindo sede da ESA, enquanto deveriam discutir a parte mais importante de uma organização: a parte… Read more »

Bardini
Bardini
3 meses atrás

Se eu entendi bem, ele propõe tirar duas Brigadas do RJ para acomodar a ESA na estrutura existente, que ficaria próximo do que já existe na cadeia de ensino. . O que eu não entendi foi o pessoal falando que estão concentrando força demais no RJ nessa ideia aí, rsrs… . Aquilo lá viraria uma grande “universidade” do EB. Não acho a ideia ruim, não. Mas também não pensei muito a respeito. . A FAB poderia negociar com o EB o Campo dos Afonsos, já que os KC-390 vão pra outro local. . Aliás, alguém já sabe qual vai ser… Read more »

Last edited 3 meses atrás by Bardini
Bille
Bille
Reply to  Bardini
3 meses atrás

Pelo que ouvi vai virar uma base de “veteranos” (não sei o que quer dizer) e já sedia a UNIFA – EAO e ECEMAR, além do CDA e MUSAL (tem outras unidades ali) Sinceramente eu entendo que a FAB tem um apego emocional com os Afonsos, talvez tenha aqueles problemas de termo de doação (para ser usado como campo de aviação)… acho difícil tirar as escolas da FAB de lá. Acredito que esse movimento de instituições de ensino deveria ser capitaneado pelo MD (se o emprego é conjunto, seria muito bom que as escolas interagissem mais e melhor de forma… Read more »

Bardini
Bardini
Reply to  Bille
3 meses atrás

Se fossem montar uma escola comum, para a formação básica da aviação de asas rotativas, o Campo dos Afonsos ficaria muito fora de mão para ser uma opção viável? Os paraquedistas saindo dali geraria mais um espaço a mais…
.
Sobre integrar com outras instituições e etc, eu só vejo amplo espaço para estrutura física de grande porte, lá pros lados de Brasília/GO. Mas como disse anteriormente, eu não pensei muito nesse assunto…
.
Do lado do CIGE tem um bom espaço, mas não sei se o terreno é da força.

Velame
Velame
Reply to  Bardini
3 meses atrás

Bardini, a VM não comporta uma estrutura enorme como a ESA. Não ha mais espaço para crescer, não tem um campo de instrução decente. Teria que disputar o gericino a tapa com as outras OMs que o utilizam. A ESA tem que estar localizada em uma cidade média, com campo de instrucao anexado a ela, com uma estrutura moderna para que possa dar as melhores condições tanto para os alunos quanto para os instrutores.

Bardini
Bardini
Reply to  Velame
3 meses atrás

Tu, que conhece bem aquilo ali e outras estruturas, o que faria?

Velame
Velame
Reply to  Bardini
3 meses atrás

Eu começaria deixando a ESA onde esta. Formando Sgts Combatentes apenas, como sempre foi. A formação do sgt de logistica sim poderia ir pra SM. Mas acho que a idéia do EB é unificar a formação então vai ter que enfiar a mão no bolso e gastar um bom dinheiro com essa nova escola. A questão do Rio de Janeiro é que não há espaço para absorver uma escola com o tamanho necessário. A VM esta cercada pela cidade do Rio convive com sérios problemas de segurança nos seus arredores não tem campo de instrução com o tamanho necessario, se… Read more »

Fabio Jeffer
Fabio Jeffer
Reply to  Bardini
3 meses atrás

Bardini
Vc acha que não há extrema concentração de intuições e organizações militares no Rio?
Tá bom então.
Que tal trazermos o Cigs pro Rio, as Bases Aéreas de Anápolis, com os Gripen, de Santa Maria, Canoas e Manaus, que tal levar as Bases Navais de Aratu, Vao-de-Cães, Rio Grande pro Rio, ja que lá não deve ter nenhuma. Vamos levar os Leopard pra Ilha do Governador.
Já que no Rio não tem concentração de tropas.

Bardini
Bardini
Reply to  Fabio Jeffer
3 meses atrás

É nítido quando a pessoa não sabe interpretar…
.
O RJ, na ideia do cara, perderia duas Brigadas para outras regiões do Brasil e entraria a ESA naquela estrutura. Onde é que isso aumentaria a concetração de forças no RJ?

Mauro Cambuquira
Mauro Cambuquira
3 meses atrás

Para que a mudança? Não dá pra entender, o local é equidistante das três principais capitais do país, é perfeito. O campo de treinamento é um parque de diversões para o fim. Agora ir para a Região do Rio de Janeiro… Não da nem pra pensar nisso.

Roberto Santos
Roberto Santos
3 meses atrás

Recife, temos uma área gigante no centro de instrução.
No Rio só vai dar maloqueiro

Daniel7440
Daniel7440
Reply to  Roberto Santos
3 meses atrás

Curioso você dizer isso, uma vez que a taxa de homicídio de Pernambuco é maior que a do Rio.

Paulo Costa
Paulo Costa
3 meses atrás

Estados com fronteira a Paises,não devem ter fabricas ou locais de ensino,
das forças armadas,devem ter sim,quarteis e bases especielizadas.
Grandes cidades no mundo inteiro tem varios problemas urbanos.
Locais em altitude,mais frios,são propicios ao esporte,estudos e trabalho.
Nesta decada não devemos mudar nada.

JuggerBR
JuggerBR
3 meses atrás

Transfere pro Vale do Paraíba, onde já existem unidades em Caçapava, Pindamonhangaba, Lorena e Taubaté do Exército. E o EEAR em Guaratinguetá e CTA em SJC. Tem muito espaço, localização estratégica e poderia economizar em estrutura usando estes vários locais já existentes.

Marcos
Marcos
3 meses atrás

Amigos gostaria de saber a opinião dos leitores sobre a possibilidade de uma OM destinada a ESA na Amazônia?

Flanker
Flanker
3 meses atrás

Santa Maria fica no centro geográfico do RS. É uma cidade de porte médio (+/- 300.000 habitantes). É um entroncamento rodoviário do estado. É o maior entroncamento ferroviário do estado. Possui a Ala 4 da FAB e o aeroporto civil ao lado. Possui a UFSM com vários cursos e departamentos que trabalham em conjunto com EB e FAB. É sede da 6ª Bda Inf Bld e da 3ª Divisão de Exército. Possui inúmeras Unidades do EB e possui o segundo maior contingente militar do Brasil. Só na avenida do Exército (fora várias outras unidades espalhadas em outros bairros da cidade),… Read more »

Last edited 3 meses atrás by Flanker
Ted
Ted
Reply to  Flanker
3 meses atrás

Por tudo isso que o Sr. Disse . Não deve ser neste local.

Flanker
Flanker
Reply to  Ted
3 meses atrás

Por que? Então vc acha que tem que colocar em um local sem infraestrutura? Sem acesso facilitado? Sem uma Unidade da FAB na mesma cidade? Juro que eu não entendo raciocínios assim…..

Tiago
Tiago
Reply to  Flanker
3 meses atrás

E ainda tem Saicã (CIBSB) ali perto para treinar em campo com a Encouraçada… oportunidade inestimável.

Flanker
Flanker
Reply to  Tiago
3 meses atrás

Exato.

tadeu josé
tadeu josé
3 meses atrás

Boa tarde, gostaria de agradecer a gentileza do Site Forças terrestres em publicar meu texto, e aos leitores que dispuseram a comentá-lo. Obrigado. Gostaria de dizer, que acho inoportuna a mudança da referida unidade no momento atual; mas, parece que o comando do Exercito, já tomou a decisão. E sobre essa decisão, é que elaborei essa sugestão.Sugestão que procura pautar pela racionalidade e eficiência. O aspecto econômico; a infra estrutura está pronta, não necessitando de grandes obras nas instalações. Falam em até um bilhão na construção de uma nova unidade. A concentração de tropas: A saída da 9 ª brigada… Read more »

Flanker
Flanker
Reply to  tadeu josé
3 meses atrás

O projeto do EB prevê centralizar as duas etapas da formação de sargento, que hoje possui o curso básico realizado em 13 Unidades espalhadas pelo país e o curso de qualificação, que é realizado em Três Corações, atualmente. Com essa centralização, o efetivo passaria a ser de 1400 alunos. Hoje, a ESA conta com 1 Campo de Instrução contíguo, com 4,6 km quadrados e outro, distante 20 km, com aproximadamente 25 km quadrados. Em Santa Maria/RS, o CISM possui possui uma área de 65 km quadrados, sendo 50 km quadrados disponíveis para treinamento militar e os outros 15 km quadrados… Read more »

Gaúcho em SP
Gaúcho em SP
3 meses atrás

Manda para Manaus ou Belém, assim o cabra já se aclimata e cumpre os primeiros anos por lá.

Melky Cavalcante
Melky Cavalcante
3 meses atrás

A minha opinião é que a ESA N Ã O precisa sair da cidade de Três Corações (MG).
Mas cabeças melhores acharam o contrário.

Blind Mans Bluff
Blind Mans Bluff
3 meses atrás

Por quê RJ? Ja deixou de ser polo estratégico ha muito tempo, além de tampouco ser a capital. Tirando a MB, nao vejo o porquê centralizar o poder militar aí.

zézão
zézão
3 meses atrás

Péssimo! A ESA deve permanecer onde se encontra pois já há tradição de décadas naquele local, posição central no território, além de contar de 2 campos de instrução sendo o principal à distância de marcha à pé. Também está próxima das principais unidades do Exército. O sul tem clima adverso no inverno que aumentará custos com energia e ainda vai contaminar o Exército com mais do ridículo “gauchismo” que tanto atrapalha a Cavalaria e os Blindados. Proposta estapafúrdia! Na congestioada vila seria ainda pior! Agora….pode ter algum general querendo com essas mudanças agradar alguma …corrente política pra faturar mais uma… Read more »

Last edited 3 meses atrás by zézão
Flanker
Flanker
Reply to  zézão
3 meses atrás

Hoje, existem dois Campos de Instrução à disposição da ESA: 1 com menos de 5 km quadrados e outro com 25 km quadrados. Em Santa Maria, existe o CISM, com 50 km quadrados e na região, o CIBSB, com mais de 500 km quadrados.
“….e ainda vai contaminar o Exército com mais do ridículo “gauchismo” que tanto atrapalha a Cavalaria e os Blindados…..” Quanto à isso, só posso lamentar pela sua pequeneza de espírito….pena, só isso posso sentir….apenas um coitado.

Last edited 3 meses atrás by Flanker
AMX
AMX
Reply to  zézão
3 meses atrás

Quer dar pitaco sobre uma instituição nacional ao passo que critica um regionalismo, justamente um dos componentes de qqr nação. Que baita mentalidade, de cabeça pra baixo…

Henrique
Henrique
3 meses atrás

Não tem que levar nada pro RJ, tem sim é que tirar de lá.

Flanker
Flanker
3 meses atrás

Pelo que o EB divulgou desse projeto, as opções de cidades são apenas três: Ponta Grossa, Santa Maria e Recife. Então, particularmente penso que não adianta nem discutir outras cidades alem dessas três. Mas, minha opinião apenas.

Flanker
Flanker
Reply to  Flanker
3 meses atrás

Além*

gerson carvalho
gerson carvalho
3 meses atrás

Eh que nossos estrategistas não entendem nada de nada e ai começaram a concentrar tudo. Bom para o inimigo que ao atacar concentrar tudo em u ponto só e resolve tudo!

Bdb
Bdb
3 meses atrás

Rio de Janeiro?
Cidade extremamente perigosa, com uma Vila Militar no meio de um buraco que ninguém quer servir lá.

Últimas Notícias

Armamento multifuncional que entende o campo de batalha moderno

Hoje em dia as tropas enfrentam uma gama mais ampla de desafios e, para obter sucesso, é preciso contar...
- Advertisement -
- Advertisement -