segunda-feira, outubro 25, 2021

Saab RBS 70NG

17º Regimento de Cavalaria Mecanizado pratica tiro das armas coletivas

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Amambai (MS) – Nos dias 29 e 30 de setembro, o 17º Regimento de Cavalaria Mecanizado (17º RC Mec) realizou o tiro das armas coletivas na fazenda Floresta Negra, localizada no município de Iguatemi (MS), cumprindo o calendário de instruções da organização militar.

Na ocasião, foram realizados os tiros de granada de bocal com fuzil automático leve (FAL) calibre 7.62 mm e o tiro de canhão 90 mm da viatura blindada de reconhecimento (VBR) Cascavel, onde os militares do Regimento puderam conduzir tiros reais em zonas de impacto cujas distâncias e demais condições simularam o emprego na defesa.

Os módulos de tiro aplicados nas guarnições tiveram elevado grau de dificuldade, exigindo dedicação e coordenação por parte dos militares. Apesar da exigência, o resultado foi excepcional.

FONTE: Agência Verde-Oliva/CCOMSEx

- Advertisement -

28 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
28 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Kommander
Kommander
19 dias atrás

Imagino o drama dos soldados tendo que atirar com esse monte de velharia, sendo que poderiam estar com armamento muito melhor se não fosse o fascínio do EB por velharias e a omissão do Estado Brasileiro.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Kommander
19 dias atrás

Se prepara pra escutar uma ladaia enorme agora

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Kommander
19 dias atrás

Vão dizer que a culpa é do Detran-SP, que é um cabide de empregos.

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
Reply to  Kommander
19 dias atrás

Para treinamento é ótimo, ate´porque tem muita muniçao de 90mm e ela tem prazo de validade, mesmo estocada nas melhores condições, então por que não atirar? Estamos trocando aos poucos estes veículos que ainda dão um caldo em nosso TO para a funça a que foram destinados . Não é o melhor mas é o que temos pra hoje.

Teropode
19 dias atrás

Tenho um carinho especial pelo Cascavel e Urutu , só lamento a lerdeza para moderniza-los , uma pena !

Rafaelsrs
Rafaelsrs
19 dias atrás

Já ouvi falar que um tiro desses de artilharia chega a custar até 8 mil Reais, é verdade isso? Alguém sabe mais ou menos o valor que custa um tiro desses?

Digo
Digo
Reply to  Rafaelsrs
18 dias atrás

1 Projétil M795 155mm americano custa 350 dolares, dever ser por ai.

Rafaelsrs
Rafaelsrs
Reply to  Digo
18 dias atrás

Então beira os 2 mil Reais cada projétil. Fica até difícil treinar assim afinal eles pensam: dar tiro de artilharia pra treinar ou comprar mimos para nossos coquetéis??
Obrigado pela resposta!

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Rafaelsrs
18 dias atrás

Cada tiro é o salário de um soldado praticamente.

Digo
Digo
Reply to  Diego Tarses Cardoso
18 dias atrás

agora imagina a China que está fazendo exercícios de média e larga escala praticamente toda a semana, incluindo o uso de munições inteligentes. Devem estar gastando pouquinho.

rdx
rdx
Reply to  Rafaelsrs
18 dias atrás

Tem uma licitação na web que revela quanto o EB pagou em 2013 por 220 munições 90 mm HEAT. R$ 585.125,20…ou cerca de 2.600 por munição.

Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
Reply to  Rafaelsrs
18 dias atrás

Xará……..para isso existe o simulador, o tiro real vem só no fim do curso ou manobra….é tudo administrado, é tudo contado e posso te garantir que não diminui a eficiência da instrução.
….É dinheiro do contribuinte e não é para ficar gastando munição a toa.

Rafaelsrs
Rafaelsrs
Reply to  Rafael Gustavo de Oliveira
17 dias atrás

Ok, concordo contigo. Refleti sobre esse valor somente pra trazer luz as prioridades das forças militares somente isso.

Carlos Crispim
Carlos Crispim
Reply to  Rafael Gustavo de Oliveira
14 dias atrás

Se comprasse em grande quantidade o preço seria muito menor, economia de escala, agora comprar 220 munições…um esculacho…

Lucas
Lucas
Reply to  Rafaelsrs
18 dias atrás

Pra que munição?
O importante é salário de marechal.

Rafaelsrs
Rafaelsrs
Reply to  Lucas
18 dias atrás

Exatamente!
O importante é acumular vários penduricalhos ao salário de ministro, povoar bastante ministério e depois da imagem bastante arranhada de corrupção, soltar notinhas ameaçadoras no Twitter.

Flanker
Flanker
Reply to  Rafaelsrs
17 dias atrás

Tiro de Carro de Combate ou outros de Cavalaria, como o Cascavel, não são tiros de artilharia. O que vc se refere é aos projéteis de artilharia, como dos M109. Como o outro colega colocou, o valor de um obus 155 mm é de 350 dólares…..mas, dependendo do tipo e aplicação, pode ser mais caro….o mesmo vale para os projéteis de cavalaria, como uma munição flecha, por exemplo, muito mais cara do que um projétil HE.

Tomcat4,2
18 dias atrás

Treinar sempre pra se estar wm prontidão, apto a usar o q se tem e extrair o melhor pois isso pode definir o resultado, o vencedor de um conflito. Não basta ter X ou Y equipamentos, tem q saber usar, dominar o emprego do q se tem em mãos. Já dominamos a fabricação da munição de 90mm e começamos a fabricar a de 105mm dos Leo 1A5(a princípio a de treinamento).

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Tomcat4,2
18 dias atrás

Pelo que vi estão homologando a HESH e vi imagens da HE também.

Veiga 104
Veiga 104
18 dias atrás

Módulos de tiro tiveram elevado grau de dificuldade… isso se refere exatamente à que ? Dificuldade planejada para o treinamento ? Boa Noite e agradeço pela informação. Abraços.

Cruvinel
Cruvinel
Reply to  Veiga 104
18 dias atrás

Isso mesmo, dificuldade em engajar o alvo e realizar o disparo; o exercício e dividido em “modulos”, sendo uma especie de fase a ser cumprida para realizar o próximo modulo.

rdx
rdx
18 dias atrás

Mesma imagem há 40 anos.

Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
Reply to  rdx
18 dias atrás

pelo menos dessa vez tiveram vergonha de postar a foto do lançamento da granada de bocal…rs

Adriano Madureira
Adriano Madureira
17 dias atrás

Quanta pólvora ! Me sinto até mais seguro…

comment image

Renato Carvalho
16 dias atrás

Quando eu prestei o serviço militar no 3° Esq C Mec em Brasília no longínquo ano de 1992 o Cascavel já era obsoleto, que triste ainda ver esse material sendo considerado hoje como nossa segunda linha de frente.

Oráculo
Oráculo
16 dias atrás

Vamos com calma. O Cascavel é velho? Sim, é praticamente um vovô dos campos de batalha. Está obsoleto? Sim, está. E bastante. Mas ainda dá um “caldo”? Sim, dá. Guerra real não é Battlefield. Na Síria, no Iraque e na Líbia também, tanques mais velhos do que esses foram e ainda são utilizados na frente de combate. E em Nagorno Karabakh tanques mais modernos do que esses viraram fumaça atacados por drones suicidas. O Talebã acabou de expulsar o maior Exército do planeta do Afeganistão usando como “cavalaria mecanizada” canhões de 30mm instalados em camionetes Toyotas. Nem tudo é tão… Read more »

Last edited 16 dias atrás by Oráculo
Carlos Crispim
Carlos Crispim
Reply to  Oráculo
14 dias atrás

Compra de 221 Centauros? Depois que os primeiros 20 ou 30 desembarcarem haverá um contingenciamento ou mesmo corte do orçamento e suspensão das remessas…e vai ficar por isso mesmo, sabemos como funciona.

Max
Max
Reply to  Oráculo
5 dias atrás

<O Talebã acabou de expulsar o maior Exército do planeta do Afeganistão usando como “cavalaria mecanizada” canhões de 30mm instalados em camionetes Toyotas.>

Essas Toyotas fazem estragos desde a Africa até o Oriente Médio….

Últimas Notícias

Recife (PE) sediará a nova Escola de Formação de Sargentos do Exército

O CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DO EXÉRCITO INFORMA: Na 339ª Reunião do Alto Comando do Exército, realizada de 18 a...
- Advertisement -
- Advertisement -