sábado, novembro 26, 2022

Saab RBS 70NG

HENSOLDT entrega radares de defesa aérea para a Ucrânia em tempo recorde

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Os radares de alto desempenho TRML-4D detectam alvos em um raio de 250 km

Taufkirchen/Alemanha, 20 de outubro de 2022 – A especialista em sensores HENSOLDT está fornecendo quatro de seus radares de alto desempenho em tempo recorde para o sistema de defesa aérea IRIS-T SLM da Diehl Defence, projetado para fortalecer a capacidade de defesa da Ucrânia. Como parte de um pedido da Diehl Defense no valor de dois dígitos de milhões de euros, um dos radares TRML-4D já foi entregue, com mais três a seguir dentro de alguns meses.

Thomas Müller, CEO da HENSOLDT, disse: “A situação na Ucrânia requer uma ação rápida e decisiva. Devido a uma linha de produção em série e ao compromisso de nossos funcionários, somos capazes de fornecer esses sistemas para proteger a população no menor tempo possível. ”

O TRML-4D usa a mais recente tecnologia de radar Active Electronically Scanned Array (AESA) com vários feixes de formato digital. É capaz de detectar, rastrear e classificar vários tipos de alvos aéreos, com foco em mísseis de cruzeiro e aeronaves de pequeno, rápido e baixo voo e/ou manobras, bem como helicópteros pairando. Ele garante a rápida detecção e rastreamento de cerca de 1.500 alvos em um raio de até 250 km.

A HENSOLDT tem décadas de experiência com sistemas de radar para defesa aérea e impulsiona ativamente o desenvolvimento de tecnologias-chave neste campo. Além do radar multifuncional TRML-4D, o portfólio da empresa também inclui o radar passivo Twinvis, a família de produtos Spexer e radares para proteger o tráfego aéreo e de navios. A HENSOLDT fornece radares para as novas fragatas e corvetas da Marinha Alemã, para vigilância do espaço aéreo e controle de aproximação em aeródromos das Forças Armadas Alemãs, entre outros.

Como sistemas puramente alemães, as soluções da HENSOLDT não dependem de tecnologia estrangeira e, portanto, oferecem o mais alto grau de aprovação e certificação para operação na Alemanha, bem como a maior segurança de fornecimento possível. Ao mesmo tempo, são totalmente compatíveis com a arquitetura integrada de defesa aérea da OTAN.

Sobre a HENSOLDT
A HENSOLDT é uma empresa líder em defesa com alcance global. A HENSOLDT desenvolve soluções inovadoras e específicas para o cliente nas áreas de radar, guerra eletrônica, aviônica e optrônica. Como líder em tecnologia, expandimos nosso portfólio continuamente para combater uma ampla gama de ameaças. Com mais de 6.400 funcionários, a HENSOLDT gerou receitas de 1,5 bilhão de euros em 2021. A HENSOLDT está listada na Bolsa de Valores de Frankfurt. – www.hensoldt.net

DIVULGAÇÃO: HENSOLDT

- Advertisement -

138 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

138 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
JuggerBR
JuggerBR
1 mês atrás

Boa sorte pro operador controlar 1500 alvos, como fala a info da empresa…

Underground
Underground
Reply to  JuggerBR
1 mês atrás

…capaz de detectar, rastrear e CLASSIFICAR vários tipos de alvos aéreos.

Teropode
Reply to  JuggerBR
1 mês atrás

O sistema não é movido a carvão e ou a lenha , há um software avançado administrando o engajamento e rastreio , os operadores podem curtir o ar condicionado que a AI faz o trabalho pesado !

Matusa
Matusa
Reply to  Teropode
1 mês atrás

Evidentemente que não é e nem poderia ser.
Afinal, os europeus ocidentais vão precisar de carvão e lenha para aquecer suas casas.
E Putin ontem anunciou que abrirá as portas da Rússia para qualquer europeu que queira passar o inverno lá e, assim, poder se prittdo frio.
É um bom sujeito.

Alan Santos
Alan Santos
Reply to  Matusa
1 mês atrás

Existe europeu oriental que apoie o teu “bom sujeito”? A Sim a Bielorrússia….🥱

Bruno
Bruno
Reply to  Matusa
1 mês atrás

Realmente…povo vai sair de Inglaterra, França, Itália e outros para irem para a ditadura na Rússia pelo frio….confia ! Cai na real !

Nei
Nei
Reply to  Matusa
1 mês atrás

Quem é esse novo nick?

Tutor
Tutor
Reply to  JuggerBR
1 mês atrás

É sério esse comentário?! kkkkk
Esse “brinquedo” aí não é um Play Station não amigo.

Henrique
Henrique
Reply to  JuggerBR
1 mês atrás

ele controla de boa.. é tudo por realidade aumentada Cortananismo

matrixreloaded.jpg
Marcelo
Marcelo
Reply to  JuggerBR
1 mês atrás

O controle dos alvos é feito por software e, provavelmente, ja deve haver um componente de AI para auxiliar as decisões do operador. Mamão com açúcar …

Underground
Underground
1 mês atrás

A tecnologia ocidental-atlaticista-estadunidense tem se mostrado infinitamente superior ao que os russos estão disponibilizando aos seus soldados.
Mesmo os treinamentos, que em média tem durado seis meses para soldados ucranianos contra trinta minutos para os soldados russos, tem se mostrado essencial no esforço de guerra.
Que pese puchinetes transloucadas afirmarem nas grades perdas ucranianas, basicamente o que os russos têm feito é mandar seus soldados para o moedor.
Putin foi visitar um campo de treinamento na Rússia e seus seguranças acabaram tendo de matar um recruta que se aproximou raivosamente. A coisa vai bem.

Reinaldo Pereira
Reinaldo Pereira
Reply to  Underground
1 mês atrás

Exatamente. A democracia não combina com o comunismo! Temos que tirar esse comunista do Carlos França do MRE que comprou diesel e fertilizantes russos, onde já se viu isso? Esse cara esta nos fazendo dependentes dos comunistas! Deveríamos estar fornecendo gás natural pros europeus.

Que ainda venha o NASAMS ou o IRIST-L para o nosso glorioso EB! Os comunistas do MD em 2016 quiseram o lixo do Pantsir que se demonstrou um baita fracasso nas guerras que lutou com Israel passando por eles sem dificuldade.

Hawke
Hawke
Reply to  Reinaldo Pereira
1 mês atrás

Tu acha que o país ia comprar fertilizante e diesel da onde?Os EUA o preço dos combustível disparou porque dependiam do diesel russo, a safra de soja de lá vai ser a menor dos últimos tempos, enquanto o Brasil vai bater recordes. Nos podíamos ser livres da dependência de fertilizantes, mas graças aos eco$chatos não podemos nem explorar matérias primas pra isso porque estão no norte do país. E os outros ministros antes dele eram “totalmente capitalistas”, o Ernesto foi demitido porque queria chutar o pau da barraca pra todo lado, onde você acha que estaria a política exterior agora?… Read more »

Mauro S
Mauro S
Reply to  Hawke
1 mês atrás

Melhor se informar sobre a localização de nossas reservas minerais para fertilizantes.

fertilizantes brasil.jpg
Sagaz
Sagaz
Reply to  Hawke
1 mês atrás

Mais uma vez, o que não é rentável não é extraído. Se tinha Rússia e Bielorrússia com custos baixos de extração de fertilizantes, ou seja, países sem apreço nenhum a condições de saúde dos trabalhadores e ambientais, o Brasil assim como a maioria dos países sérios não tinha rentabilidade em produzir isso, não dava para ser competitivo.

Pablo
Pablo
1 mês atrás

So por curiosidade, o saber M200 e da mesma classe desse da matéria?

Carlos Crispim
Carlos Crispim
Reply to  Pablo
1 mês atrás

Daqui a 30 anos, quando o EXército adquirir uma unidade, nós vamos SABER.

tsung
tsung
Reply to  Pablo
1 mês atrás

não. eles operam bandas diferente

Romão
Romão
1 mês atrás

Boa sorte pra quem for operar e tentar controlar um cenário hipotético de dezenas de drones Lancet e Chahed fazendo a saturação enquanto são atacados “por cima” com meia dúzia de Fateh-110 ou Zolfaghar com munição tipo Cluster (coisa que os Iskander não tem).

Last edited 1 mês atrás by Romão
Marcelo
Marcelo
Reply to  Romão
1 mês atrás

Pode ter certeza de que os novos sistemas antiaéreos que estão chegando na Ucrânia vão fazer barba, cabelo e bigode com os vetores russos. E os ucranianos já estão conversando com os israilenses, que negam em público …

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Vai sim

IMG_20221023_142441.jpg
100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Foi o que dizeram dos tais Javelin e do tal Himars. Olha só, parece que o número de defensores dos EUA e os que ainda acreditam que a “Ucrânia está vencendo está cai dia diminuindo. Cadê o Bosco, o próprio Teropode (que comentou aqui), o Agnelo e muitos outros? Mas vai na fé, acredita, acredita para valer que a realidade será exatamente como você quer. Em breve, haverá a decisiva batalha de Kherson e quem está vencendo. Só sei que quem anexou território, no momento, foram os russos. Isso quer dizer algo? as baixas ucranianas são enormes (as estatísticas falam… Read more »

Luis
Luis
Reply to  100nick-Elã
1 mês atrás

Medíocre é você, vir aqui achando ser o dono da verdade, que só enxerga o lado que você quer. Um raivoso contra o Ocidente, que prefere de afogar nas duas OO do PUTIN.

Não importa o quanto a Rússia fez ou está fazendo, está perdendo território, algo que o URSO ou melhor, o exército vermelho, por sua propaganda, nunca poderia fazer.

300 mil soldados, mal treinados, indo para o moedor, ganhando território pela quantidade, não por treinamento ou capacidade.

Sagaz
Sagaz
Reply to  Romão
1 mês atrás

O teu computador roda quantos processos? Boa sorte ao tentar gerenciar, para as pessoas não limitadas é tranquilo.

Matusa
Matusa
1 mês atrás

Serão alvos fáceis para os drones.
Ontem mesmo, assisti a um vídeo de um radar de contra-bateria de origem americana ser atingido por um Lancet.
Não teve a mínima chance.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Matusa
1 mês atrás

Fonte, por favor. Não aceitamos ontem assisti.

Nickless
Nickless
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Provavelmente seja aquele video onde é destruído uma maquete/decoy. os russos estão destruindo diversos decoys achando que são radares ou sistemas aaa de verdade.

Felipe
Reply to  Marcelo
1 mês atrás
Marcelo
Marcelo
Reply to  Felipe
1 mês atrás

Agora sim. Os russos estão aprendendo a fazer videos com boa qualidade. Ponto para os russos. Só espero que o alvo não tenha sido mais um engodo. Pelo menos um Lancet é mais barato que um Kalibr.

Luis
Luis
Reply to  Matusa
1 mês atrás

Fonte.

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
1 mês atrás

“Oh shit, here se go again” SHAHED 136, 2022.

images (65).jpeg
Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

É o ze lensqui disse que os malvados Russos não param de atacar a infra estrutura nazucra.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

As defesas antiaéreas ucranianas estão impondo uma taxa de abate de 85% nos drones Shahed-136. Em uma única sequência de disparo um Guepard derrubou nove. E já estão sendo providenciados sistemas antidrones.

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Os 15% que passam são suficientes para deixar Kiev sem luz, e sem armas.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Mas os ucranianos estão melhorando a pontaria e pegando o jeito para derrubar os cortadores de grama voadores.

Chuck Norris Do Paraguai
Chuck Norris Do Paraguai
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Compartilhe esse “momento ímpar” conosco. Mostre o vídeo dessa “droneficína”.

Felipe
Reply to  Chuck Norris Do Paraguai
1 mês atrás
europeu
europeu
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

hummm… isso foi uma verdadeira colheia!
tem video?

Marcelo
Marcelo
Reply to  europeu
1 mês atrás

Só tenho o link dos relatos, mas adoraria ver esse video. O sistema de radar do Guepard consegue engajar os Shahed-136 e o fogo dos canhões é impressionante. Varreu nove Shahed-136 em uma única salva.

Felipe
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Abateram até MiG-29 ucraniano com drone: https://youtu.be/ByyCZqv1ELQ

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

É verdade, uma taxa de abate de 85%, no mínimo. Estão utilizando as suas usinas elétricas para abatê-los

Sagaz
Sagaz
Reply to  100nick-Elã
1 mês atrás

O indivíduo no conforto de seu lar, com a sua liberdade, batendo palma para ataque contra alvos civis de um país democrático

Matusa
Matusa
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Ucrânia às escuras hoje de novo.
Zezim pede à população que economize energia.

europeu
europeu
Reply to  Matusa
1 mês atrás

Os ucranianos estão em fase de teste com um drone de longo alcance de fabrico local.
Depois vemos o que vai acontecer às centrais de energia russas durante o inverno…!
O idiota do Hitler também pensava que poderia bombardear Londres impunemente, mas que Berlim era inexpugnável.
os habitantes de Kursk e outras cidades russas da fronteira já estão a receber de volta…

Marcelo
Marcelo
Reply to  europeu
1 mês atrás

A Rússia, em breve, vai sentir o gosto amargo do próprio veneno. O fabricante de armas ucraniano Ukroboronprom revelou que o desenvolvimento de um drone kamikaze com alcance de 1.000 quilômetros e ogiva de 75 quilos está quase completo. Não há dúvida da capacidade técnica ucraniana de montar esse drone em um tempo rápido, tendo em mente que poderia obter toda a ajuda necessária para desenvolver e fabricar o drone da Turquia, dos EUA ou de qualquer outro país da OTAN.
https://eurasiantimes.com/ukraine-set-to-turn-the-tables-on-russia-with-a-drone-more-destructive/?amp

Underground
Underground
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

É a única resposta que Moscou consegue dar é atacando civis, porque no front militar estão levando pau. Estão preparando o abandono de Kerson e há fortes atividades de transferência da administração russa de Melitopol.
Chora!!!

Nilton L Junior
Nilton L Junior
1 mês atrás

Podem colocar o que for na Ucrânia, não vai alterar o contexto.

Matusa
Matusa
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Não é?
Com esse enxame de drones voando na Ucrânia, eu que não queria operar essa geringonça.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Matusa
1 mês atrás

Bem sorte nossa que não estamos lá.

Luis
Luis
Reply to  Matusa
1 mês atrás

Você poderia ir ajudar papai Putin, né? Usar sua gama de sabedoria militar.

Neural
Neural
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Radar pra acompanhar drone Shahed de 10 mil dólares. Rússia inclusive andou usando os Shahed em missão de diversão para despistar as defesas de mísseis kalibr e KH-101. Estratégia perfeita, me lembra os Argentinos nas Malvinas usando jatinhos Learjet em missão de diversão enquanto os super etandard lançavam os Exocets

Quanto custa o IRIS

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Neural
1 mês atrás

Ok certo, agora me diz o que isso muda para Rússia?

Matusa
Matusa
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Os russos estão usando a seguinte estratégia: Mandam alguns drones na frente e ficam com seus caças a uma distância razoável.
Os ucanianos levantam vôo com seus caças para tentar abatê-los (tem sido a tática que tentam usar) e, assim, os russos disparam seus mísseis de longo alcance.
Essa semana derrubaram assim um Mig-29 que levantou voo da Base de Mirgorod.

Luis
Luis
Reply to  Matusa
1 mês atrás

Matusalem, fonte.

Heinz
Heinz
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Jaja completa um ano, e a Rússia não consegue impor uma derrota a um país que tem, meia dúzia de caças, blindados dos anos 70, m113, sem mísseis de longo alcance (acima de 300 km). Sem aviação estratégica…. Realmente é meio óbvio que a Rússia ganhe, mas está sendo um osso bem afiado na garganta dos russos, quero ver as consequências que isso trará a Rússia no longo prazo.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Heinz
1 mês atrás

Eu vejo as consequência quase todos os dias, a Rússia consolidando sua permanência dentro da Ucrânia, a economia UE/Alemanha com inicio de recessão e arrastando os parceiros, sem falar na queda dos primeiros ministros, o imperialismo atlanticista com o u na mão por conta do não alinhamento da OPEP e por vai.

Nickless
Nickless
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Consolidando? os russos estão perdendo terreno todos os dias. Kherson logo vai cair. Os ucranianos não vão parar até recuperar tudo. a russia esta gastando o dinheiro que não tem apenas pra adiar o inevitável.

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Nickless
1 mês atrás

A pressão ucraniana aumenta a cada dia e se Kherson cair, a Criméia pode ter o mesmo destino, não é a toa que a população russa está fugindo de lá … ….

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Nickless
1 mês atrás

Estou lendo essa verdade desde dia 24, que os Russos estão perdendo bla bla bla, os nazoucras conquistaram alguma coisa, sim, isso muda o cenário, não.

Nickless
Nickless
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

hahaha, quanta alienação, conquistar um terreno é uma coisa. manter esse território ocupado indefinidamente é completamente diferente. Pois precisa de muito soldado, equipamento e dinheiro pra manter a ocupação. Putin assinou um papel la sem valor algum achando que o ucranianos iriam parar de recuperar o território ucraniano. Quando kherson cair vc vai dizer que ela era sem importância certo.

Underground
Underground
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Estou aguardando a tomada de Kiev desde fevereiro. Até agora, nada!!!

Luis
Luis
Reply to  Underground
1 mês atrás

kkkk. Verdade. A guerra das 2 semanas.

Neural
Neural
Reply to  Nickless
1 mês atrás

Perdendo terreno onde? Faça eu rir não, o que mais vejo são fotos de unidades Ucranianas destroçadas nessa frente de Kherson, inclusive os Ucranianos acabaram de perder Bakhmut, pois tava mal defendida devido algumas unidades terem sido migradas para Kherson.

Nickless
Nickless
Reply to  Neural
1 mês atrás

Ta sabendo legaw hein, hj os russos perderam o “cruzamento putin” uma area em Bakhmut que levaram meses pra roubar. hahahah

Matusa
Matusa
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Protestos se espalham pela Europa.
Muitos já questionam o embargo ao gás russo.
E Macron está reclamando do preço do GNL americano.
Putin é um gênio.
Ele está dividindo a Europa.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Matusa
1 mês atrás

Fonte: vozes dentro da sua cabeça.

Teropode
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Khadirov disse que os russos deveriam falar a verdade , assumir os fracassos e punir seus generais corruptos , segundo ele os oficiais mentem a respeito dos engajamentos , a respeito dos suprimentos e a respeito das deserções, de boa ; ta passando da hora da Chechênia se libertar e expandir seu território, o material humano deles é 10x superior aos zalvolstras russos …….

Hcosta
Hcosta
Reply to  Matusa
1 mês atrás

Infelizmente para Putin, não vejo nenhum líder Europeu a pedir uma diminuição das sanções. Nem mesmo os Italianos com o Berlusconi fazendo parte do governo…
Há alguns, dois ou três, corruptos e proto ditadores, que gostariam de voltar receber a propina de Putin mas sabem bem as consequências disso, internamente e externamente. O máximo que fazem é atrasarem ou limitarem a implementação de novas sanções.

Aceite que fica mais fácil, não tem volta. A Rússia não vai ter o mesmo controlo que tinha sobre a energia europeia…

Nickless
Nickless
Reply to  Matusa
1 mês atrás

é um genio sim, destruindo o futuro da russia e dos russos, por uma guerra pessoal dele. sim muito esperto.

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Matusa
1 mês atrás

Ele é um gênio, jogando a Rússia no fundo do poço

Nonato
Nonato
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Assina: zumbi doutrinado nas unidades defendendo ditaduras…
Morar em Cuba não quer…

tsung
tsung
Reply to  Nonato
1 mês atrás

igual feto beto(felipe neto) , o cara é ANTI-CAPITALISTA mas adora CAPITALISMO.

Luis
Luis
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Do filme “O sonho do sonhador”. É muita especulação, achismo e chute de bico.
Onde faço a consulta vidente?

Reinaldo Pereira
Reinaldo Pereira
Reply to  Heinz
1 mês atrás

A Rússia não ganhará! Putin será deposto pelo exército quando a situação ficar crítica, o exército irá colaborar com o Ocidente e devolver os territórios roubados pela Rússia. O Ocidente irá prover defesas anti-aéreas de longo e médio alcance, até F-16s e F-15s serão enviados para a Ucrânia. Essa guerra terminará com Moscou sendo conquistada pela Ucrânia.

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Heinz
1 mês atrás

Lógico, afinal os russos não querem um holocausto na Ucrânia, igual os EUA fizeram no Iraque e Afeganistão. Mas eles já teriam dominado a Ucrânia se quisessem, foram tolos demais em não ter decapitado o governo ucraniano nos primeiros dias de guerra.

Luis
Luis
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Decapitado? Poxa, esse tá bravo. Sabe porque não decapitou?
Porque é ineficiente e não tem essa capacidade que seus olhos lhe promovem.

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Heinz
1 mês atrás

Já já completa um ano e a Rússia já impôs terríveis derrotas à OTAN. Isso mesmo, a Rússia não está lutando contra a Ucrânia, se fosse já a teria derrotado há muito tempo. A Rússia está lutando contra toda a poderosa OTAN, essa que vocês diziam ser invencível.

Luis
Luis
Reply to  100nick-Elã
1 mês atrás

Ninguém nunca disse invencível e sim a maior potência militar. Coisa que a Rússia não tem.

Ivan
Ivan
Reply to  100nick-Elã
1 mês atrás

“…e a Rússia já impôs terríveis derrotas à OTAN.”
.
Eita diacho… danou-se!
Se a Rússia está em guerra com a OTA, certamente está perdendo.
Ainda não soubemos, nem mesmo nos mais “vibrantes” canais russos do Telegram, sobre nenhuma baixa de soldado ativo da OTAN…, só de baixas russas.
.
É cada ideia…

Marcelo
Marcelo
Reply to  100nick-Elã
1 mês atrás

Desculpa, mas não há nenhum relato de um único soldado da OTAN lutando na Ucrânia e não há nenhum armamento com identificação da OTAN no campo de batalha. Quem está lutando são os ucranianos usando alguns meios militares bem definidos e treinamento fornecido pela OTAN e pelos EUA.

Underground
Underground
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Vai, acredita!!! He, he, he….

Marcelo
Marcelo
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

O contexto do conflito militar já está sendo alterado desde a chegada dos mísseis anticarro Javelin, Nlaw e AT-4. A cada dia que passa as tropas ucranianas recebem mais equipamentos militares modernos e, principalmente, treinamento para uso em combate. O resultado dessa evolução está sendo sentido pelos russos no campo de batalha. Agora começam a chegar sistemas antiaéreos mais modernos. O que virá a seguir?

Rogério
Rogério
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Dizem que ja ha ucranianos treinando F-15 e F-16, será que veremos F-15EX na Ucrania?

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Rogério
1 mês atrás

Não creio em um vetor aéreo deste tipo, o fornecimento de modernos sistemas SAM´s é uma forma mais barata e rápida para questionar os russos nos ares … treinar pilotos e equipes de terra, demanda muito tempo …além da criação de doutrinas entre outras coisas… mas claro, com as perdas das antigas aeronaves soviéticas como o Mig-29, Su-25 e Su-27 e as dificuldades de mantê-las, é provável que os ucranianos já estejam vendo algo da OTAN para substituí-los .. e o caminho mais natural seria F-16s, mais baratos e disponíveis em mais quantidade, em especial de estoques da USAF.

Teropode
Reply to  Plinio Jr
1 mês atrás

Em blogues americanos já comentam sobre pilotos ucranianos treinando F16 na Holanda, Portugal , Dinamarca e Jordânia , tambem fica dvidente o colapso na manutencao dos caças russos , tão caindo como manga podre !

Matusa
Matusa
Reply to  Rogério
1 mês atrás

Manda mesmo.
O que vc vai preferir?
Que sejam derrubados por Su-35, pelos S-300 ou 400 ou que tenham os aeródromos destruídos?
Acrescento que correm notícias de que os Su-57 russos derrubaram um Su-27 e um Su-24 ucranianos em seu batismo de fogo.
Nada mal.

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Matusa
1 mês atrás

Há mais de 8 meses que os russos dizem que destruiram os aerodromos ucranianos e mesmo assim, os ucranianos colocam aeronaves no ar …. nem precisa dizer mais nada…

A propaganda russa é uma beleza… cada as provas destes abates ?

Eles são bons de propaganda , mas a prática é outra, vc acha que eles tendo Su-30/34/35/25 que são vetores operacionais e prontos para batalha e que perdem os mesmos para as defesas ucranianas , vão meter um Su-57 da qual eles tem um punhado com o risco de ser abatido por aquelas bandas ?

Menos meu amigo ….

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Matusa
1 mês atrás

Antonio essa historia de Su-57 abatendo caças é lorota midiática. Não faz sentido usar ele para abater caças se nem as AA inimigas foram neutralizadas.

Luis
Luis
Reply to  Matusa
1 mês atrás

Correm notícias na sua cabeça. O SU-57 no máximo, atirou de longe, para testes. Não arriscariam perder um vetor deste em um combate.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Rogério
1 mês atrás

Os F-16 devem ser desponilizados para a Ucrânia em breve. Os F-15 seriam uma fantástica aquisição.

tsung
tsung
Reply to  Rogério
1 mês atrás

impossivel são aeronaves caros ainda

Henrique
Henrique
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Eu vi um general ucraniano falar que mísseis como Javelin e NLAW ajudaram mas o que realmente destruiu as formações blindadas russas foi a artilharia.

Teropode
Reply to  Henrique
1 mês atrás

Com perdas menores pois podem ficar a uma distância razoável do front , mas acho que já ta na hora dos EUA liberarem armas com alcance até 300 km , assim, só apanhar e não poder revidar é covardia , chega de facilitar as coisas para os russos.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

E dai? muita propaganda e narrativa conhecida, alias e a tal mega hiper ofensiva vai até quando.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Segue a contra ofensiva lenta e consistente.

Matusa
Matusa
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Segundo os próprios americanos, a Ucrânia só tem 6 semanas para tentar alguma coisa.
Esse é o tempo para o inverno chegar, congelar o solo e os reforços russos entrarem em operação.
Até lá, vão tentar, desesperadamente, conquistar algum território, mesmo às custas de milhares de baixas.
Atualmente, eles voltaram a perder terreno e com milhares de baixas, também.
É uma estratégia meio suicida, porque não há perspectiva para ela de manter isso.

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Matusa
1 mês atrás

Quem tem que se preocupar com o inverno são os russos, é de conhecimento que os mesmos estavam desesperados para fornecer uniformes de frio para seus soldados….

O momento é favorável aos ucranianos então é interessante eles obterem o máximo proveito possível disto, a qualquer momento a batalha por Kherson deve acontecer e se cair , a própria Crimeia corre sério risco de ir junto ….

Underground
Underground
Reply to  Matusa
1 mês atrás

Esse é o tempo que os russos têm. Depois vão morrer congelados.
Já conseguiram achar os uniformes?
Depois de acharem os uniformes vão ter de procurar as roupas de frio.

Rogério
Rogério
Reply to  Underground
1 mês atrás

estão tentando comprar da Turquia 500 mil kits via empresas fantasmas, essa é a guerra planejada da Russia, kkkkkkk

Marcelo
Marcelo
Reply to  Matusa
1 mês atrás

Fonte: Twilight Zone.

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Eu te digo o que virá a seguir: os sistemas antiaéreos mais modernos vão virar ferro retorcido com os Shaheds. Só aguarde e confie, por que eu não costumo errar.

A propósito a Rússia está fazendo chover fogo na tal contra-ofensiva ucraniana, a Rússia pegou a Ucrânia na armadilha direitinho, deixou eles avançarem até onde desse, agora é só cercar e destruir.

Luis
Luis
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

kkkk. Que imaginação. Que fé!

Marcelo
Marcelo
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Fonte: bola de cristal e muito bla, bla, bla do Pravda.

europeu
europeu
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

a seguir vêm os drones ucranianos e misseis HIMARS com 300 km de alcance!!…

Rogério
Rogério
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

reclama sobre “diversidade de opiniões” e chama os outros de “mickeyboys”

Marcelo
Marcelo
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Escreveu, escreveu, escreveu e não postou uma fonte sequer. Não acreditamos.

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Fazem 8 meses que escutamos isto e os russos continuam passando maus bocados por lá e perdendo homens, equipamentos e agora terreno a cada dia, lentamente, mas vão perdendo ….este sistema junto com o NASAMS serão uma grande ameaça aos vetores aéreos russos, somando aos já existentes que já vem provocando baixas consideráveis …..

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Plinio Jr
1 mês atrás

Plinio tem muita retórica e pouca fatos objetivos, para mim os dois lados tem perdas, a questão nesse conflito entre Rússia e NATO qual fez o dever de casa.

Luis
Luis
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

E a Rússia fez? Não parece.
E outra, porque não invadem a Polônia.
Simples pois se atacar a OTAN diretamente, o mundo não terá escapatória.

Heinz
Heinz
1 mês atrás

Creio que seja a área em que mais o Brasil é fraco. Como podemos ver no atual conflito da Ucrânia, a importância de se ter uma defesa AA consistente, com sistemas de longo, médio e curto alcance, é fundamental para conter o ímpeto do inimigo. Pecamos demais em não termos ainda um sistema de longo alcance, precisamos para ontem disso, e com quantidade, não a conta gostas. Vejam o exemplo da Ucrânia, que até tem uma defesa AA razoável, com sistemas como S300, Buk, e etc, não está conseguindo defender muita coisa. Agora imaginem o Brasil, seria tiro ao alvo… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Heinz
Nilo
Nilo
Reply to  Heinz
1 mês atrás

O Saber M200 é o caminho para o sistema nacional de defesa AA, na mão da Embraer, temos competência no desenvolvimento industrial e tecnológico do produto.

Last edited 1 mês atrás by Nilo
Marcelo
Marcelo
1 mês atrás

Os radares mais modernos (AESA) tem elevada sensibilidade para detecção e rastreamento de alvos, mas o grande diferencial é o software que gerencia a aquisição dos alvos e o controle de fogo. Não duvido que esse sistema já disponha de algum nível de inteligência artificial para ajudar os operadores a definir os alvos prioritários. Então as baterias antiaéreas vão varrendo do céu os vetores do inimigo. Os russos já começaram a sentir o impacto da entrada em operação do primeiro IRIS-T. Mais três estão a caminho. E serão pelo menos oito NASAMS. E os ucranianos já começaram a conversar com… Read more »

Felipe
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Agora é só marchar rumo a Moscou

Marcelo
Marcelo
Reply to  Felipe
1 mês atrás

A Ucrânia vai parar a ofensiva depois de reconquistar o último palmo de terra ocupado ilegalmente pela Rússia.

Ivan
Ivan
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Exatamente isso, Mestre Marcelo.
Nem um palmo a mais, ou a menos.

Jose Marinho
Jose Marinho
1 mês atrás

A Ucrania passou a ser o sonho dos fabricantes em ter um laboratorio real para testar e poder corrigir as falhas existentes no seu armamento.

Quem quer mesmo melhorar os seus produtos investe e envia para lá

Nickless
Nickless
1 mês atrás

Depois dos AGM-88 vencidos devastarem os radares russos agora a Rússia anuncia um sistema totalmente imune a misseis antirradiação.

308467733_3354701241481123_8334365750724434597_n.jpg
Arthur
Arthur
1 mês atrás

Que legal gente! O novo ‘GAME CHANGER’ da semana. Vamos torcer para que dessa vez dê certo! Que fim levou o Bayraktar, o Switchblade, o Javelin, o HARM… Adoro estes blogs de defesa: sempre com novidades emocionantes!

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Arthur
1 mês atrás

O Pantsir e Thor deram fim neles, como era o esperado, tem até vídeo de Bayraktar tomando um Thor nas fuças.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Vou te corrugir. Os Bayraktar tiveram uma grande atuação no início da Operação Especial Militar da Rússia na Ucrânia, destruindo muitos veículos blindados. Depois tiveram suas incursões reduzidas, de fato, pela instalação de sistemas de defesa antiaéreos russos. Mas, com a chegada dos Himars e dos mísseis antiradar AGM-88 Harm, as defesas antiaéreas russas foram supridas e os Bayraktar voltaram a destruir blindados russos. Conta direito a história …

Ivan
Ivan
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Pois é !!!
.
Os ucranianos estão usando (e ensinando o mundo a usar) os sistemas de armas de forma integrada, somando seus esforços e multiplicando os resultados.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Ivan
1 mês atrás

Essa é a primeiro conflito militar usandos equipamentos militares, tecnologia de informação e de comunicação, treinamento de tropas, estratégias e táticas do século XXI. Espero que nossos militares prestem muita atenção porque esse é um vislumbre do que será o campo de batalha nesse século. E a Ucrânia está aprendendo muito rápido …

europeu
europeu
Reply to  Arthur
1 mês atrás

Quando Kerson cair é fácil de ver o fim disso tudo!!

737-800RJ
737-800RJ
Reply to  Arthur
1 mês atrás

Há uns 3 dias caiu um Su-34 em cima de casas na Rússia.
Hoje foi a vez de um Su-30.

Kings, o que está acontecendo com os pilotos russos? Treinamento ruim? Abalados psicologicamente com a surra que estão tomando da Ucrânia? Aeronaves soltando pecinhas?
Todas as alternativas…?

Marcelo
Marcelo
Reply to  737-800RJ
1 mês atrás

Está ficando comum a queda de aviões russos por motivos não explicados. O conjunto da obra na força aeroespacial russa está deixando a desejar. Os ucranianos agradecem …

Arthur
Arthur
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Mais legal ainda! Outro um ‘GAME CHANGER’ da semana: O Sukhoi Anniquilator Tabajara. Decolou, caiu! E tem mais: Pai Arthur de Ogun prevê que outros aviões cairão durante a Guerra. Nestes blogs só há fortes emoções!

Ivan
Ivan
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Atrito da Guerra…
Ops!… guerra não pode.
Atrito de Operação Militar Especial.

Felipe
Reply to  737-800RJ
1 mês atrás

A queda do Sukhoi foi totalmente ofuscada pela queda de mais um F-35 nos EUA (sem estar em combate de alta intensidade nem nada)

Marcelo
Marcelo
Reply to  Felipe
1 mês atrás

Fonte, por favor.

Ivan
Ivan
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Marcelo, deixa de sacanagem…
Vc sabe que caiu um F-35A Lightning II caiu em missão de treinamento a partir da Base da Força Aérea de Hill, no estado e Utah, EUA.
.
Dá uma olhada no Twitter da 388th Fighter Wing. 😉
.
Forte abraço,
Ivan, an oldinfantryman.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Ivan
1 mês atrás

Tudo bem. Pelo menos passou as informações para que eu consiga localizar o fato. Obrigado. Assim enriquecemos a discussão.

Last edited 1 mês atrás by Marcelo
Marcelo
Marcelo
Reply to  Ivan
1 mês atrás

Segundo a fonte, o acidente ocorreu durante o retorno do avião à base aérea. O F-35 apresentou uma pane e o piloto conseguiu desviar das casas próximas antes de ejetar. O avião se espatifou no solo. Ninguém se feriu. O piloto passa bem. O acidente está sendo investigado. Desde o primeiro vôo do F-35, em dezembro de 2006, foram relatadas sete quedas desse avião.
https://www.google.com/amp/s/www.deseret.com/utah/2022/10/19/23413833/jet-crash-hill-air-force-base-f35%3f_amp=true

Luis
Luis
Reply to  Felipe
1 mês atrás

Estão voando aos montes por aí.
Até o MAREA é mais seguro.

Marcelo
Marcelo
1 mês atrás

Enquanto a Ucrânia vai recebendo sistemas de defesa antiaérea modernos a Rússia esta ficando cada vez mais cega e vulnerável nos territórios iligalmente ocupados. No dia 20/10/2022, as forças ukranianas usaram os foguetes guiados do Himars para atingir uma passagem crucial sobre o rio Dnipro na região sudeste de Kherson, com objetivo de interromper a logistica de fornecimento de suprimentos para as forças russas e bloquear uma potencial rota para a retirada de Kherson. E mais Himars vão chegar em breve …
https://www.google.com/amp/s/eurasiantimes.com/not-only-kerch-ukraine-now-strikes-another-bridge-with-himars/

FezFeZ8XkAA_gcv.jpeg
Marcelo
Marcelo
1 mês atrás

Tem novidade no campo de batalha. A Ucrânia começou a usar os mísseis anti tanque Tow. Fabricado atualmente pela Raytheon, o nome completo é BGM-71 TOW e esse míssil é lançado por tubo, rastreado opticamente e guiado por cabo. O Tow tem alcance de até 4.2 Km, possui uma ogiva de até 7 Kg, com alto poder explosivo e capaz de penetrar blindagens de até 900 mm de espessura. Essas características conferem ao Tow maior letalidade do que o Javelim e o NLaw, produzindo destruição máxima. Nesse link tem o video de um tanque russo sendo atingido por um míssil… Read more »

Arthur
Arthur
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

O TOW está longe de ser novidade. Estreou em combate ainda na Guerra do Vietnã, durante a Ofensiva da Páscoa de 1972. Essa relíquia foi desenvolvida nos anos 60 e, por ser guiada por fio, expõe o atirador. Depois dessa, a América enviará outra arma revolucionária para a Ucrânia: chama-se Bazuca!

Marcelo
Marcelo
Reply to  Arthur
1 mês atrás

Eu disse novidade no campo de batalha. Eu não disse inovação. O Tow pode ser velho, mas é muito eficiente no tipo de terreno da região de Kerson. Os ucranianos instalaram o Tow em Hunvees, facilitando a movimentação em direção ao ponto de lançamento, disparando o míssil em direção ao alvo e depois recuando rapidamente. O fato de ser rastreado opticamente e guiado por cabo aumenta a resiliência a contramedidas infravermelhas e eletro-ópticas. O Tow consegue enxergar um tanque de guerra, através de fumaça e neblina, e o transforma em escombros. Além dos EUA, mais 40 países usam o Tow,… Read more »

Russian-Tanks-Ukraine-ATGM-696x325.jpg
Arthur
Arthur
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Então já será o terceiro GAME CHANGER da semana, junto com o Hensoldt, o Sukhoi Anniquilator Tabajara e o novíssimo TOW. Esta semana promete um festival de novidades… Outra: usar míssil filoguiado em campo aberto nas estepes ucranianas é sinônimo de suicídio. Funcionou muito bem na Síria nas mãos dos rebeldes, mas no leste… em meio ao grande nada… Muitos ucranianos tombarão junto com os russos. Prefiro a bazuca!

Últimas Notícias

Imagens de uma guerra: míssil anticarro erra o alvo por pouco

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um ATGM russo passando sobre um carro de combate ucraniano. A...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -