domingo, dezembro 4, 2022

Saab RBS 70NG

Russos criam linha de defesa profundamente escalonada na margem leste do Dnipro em Kherson Oblast

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

Imagens de satélite do oblast de Kherson demonstram que o exército russo continua criando posições defensivas avançadas na margem leste do Dnipro nas profundezas do território ocupado.

O especialista da OSINT, Benjamin Pittet, que investigou detalhadamente uma grande área do sul da Ucrânia, notou essa atividade. As imagens de satélite publicadas por ele mostram a criação de posições apenas na margem esquerda do Dnipro perto de Kherson, e mesmo no Mar Negro e a leste do Dnipro.

 

Alguns deles são redutos clássicos, como se costuma dizer “segundo o estatuto”. Por exemplo, é assim que se parece a fortificação dos russos na área de Nova Kakhovka. A foto abaixo mostra claramente duas linhas de trincheiras e posições para equipamentos. E essa linha de defesa é apenas a linha de frente, pois outras posições defensivas serão dispostas em prédios.

A criação de prováveis ​​áreas posicionais estacionárias de unidades de artilharia também foi registrada, como, por exemplo, na área de Hola Prystan. A imagem abaixo mostra uma linha de trincheiras e 10 posições para o que são mais prováveis ​​sistemas de artilharia.

Mas alguns deles estão localizados em áreas remotas, o que demonstra a prontidão do exército russo para se opor até mesmo a operações anfíbias profundas. Por exemplo, na costa do Mar Negro na Baía de Yahorlytska. Ao mesmo tempo, eles são feitos de forma simplificada.

Também estão sendo criadas posições bastante profundas, mesmo a partir do Dnipro, por exemplo, a 13 km de Kakhovka, próximo ao entroncamento de transporte.

Tudo isso permite supor que o exército russo está criando atualmente três linhas de defesa, a primeira delas corre ao longo do Dnipro, a segunda a uma profundidade de 5 a 10 km e a terceira a 20 a 25 km. Essa é uma espécie de “muralha do Atlântico” do Terceiro Reich, que deveria impedir o desembarque dos aliados. Ao mesmo tempo, tudo isso é feito sem qualquer “autopromoção”, em contraste com a chamada “linha Wagner”.

Ao mesmo tempo, o comprimento das linhas de defesa é de cerca de 180-200 km, o que requer esforços consideráveis ​​para a sua criação. No entanto, a realização de uma operação em grande escala para forçar o Dnipro pelas Forças Armadas da Ucrânia é improvável após a liquidação da cabeça de ponte do exército russo no oblast de Kherson devido à sua complexidade e natureza intensiva de recursos.

E neste caso, o aspecto principal é que o arranjo de tal linha de defesa no oblast de Kherson requer a criação de uma linha de defesa não menos saturada na linha Vasylivka – Polohy – Blahodatne – Novotroitske.

Se preparativos semelhantes são feitos nesta seção de 200 km, é possível fazer uma suposição extremamente cautelosa de que o Kremlin entende as reais possibilidades de seu potencial ofensivo e está ativamente “concretizando” sua defesa. E o principal objetivo é manter o controle sobre o território já ocupado e com todos os esforços para preservar o “corredor terrestre” para a Crimeia ocupada aproximadamente nas posições atuais.

FONTE: DefenseExpress

- Advertisement -

73 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

73 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nilton L Junior
Nilton L Junior
27 dias atrás

E se Kherson for uma armadilha?? e quem diria o Iran tendo protagonismo no conflito.

Raça Negra
Raça Negra
Reply to  Nilton L Junior
27 dias atrás

Os ucranianos já declararam que não vão cair no engodo russo de ir para uma guerra urbana! Dito isso o mais provável é que irão cercar a cidade durante o inverno para forçar a rendição do contingente russo ali acantonado, provocando mais uma humilhação para o anão do Kremlin

Atirador 33
Atirador 33
Reply to  Raça Negra
27 dias atrás

Meu caro, infelizmente o inverno joga contra a Ucrânia, os imóveis dos ucranianos deslocados da cidade de Kherson estão sendo ocupados por soldados russos. Vejo três problemas na situação da contra ofensiva ucraniana nesse inverno. Primeiro é o fato de os russos estarem alojado e protegidos do inverno nesses imóveis. Segundo existem muitos civis no local, um ataque da Ucrânia causaria muitas baixas a população civil, mesmo que esses ataques fossem direcionados aos soldados. Terceiro seria o inverno inóspito aos ucranianos na linha de frente, e os problemas das baixas temperaturas aos equipamentos militares. Se a Ucrânia tiver um serviço… Read more »

Last edited 27 dias atrás by Atirador 33
George
George
Reply to  Atirador 33
27 dias atrás

Ucranianos deslocados de suas casas? Bom, temos aí um crime de guerra então.

Sblogniev
Sblogniev
Reply to  Atirador 33
27 dias atrás

Vocês esta esquecendo da artilharia de precisão que os Ucranianos possuem… não ha casa ou buraco seguro para um Russo que fique mais de 3 dias no mesmo lugar… já vimos centenas de exemplos sobre isso. Enquanto os russos gastam milhares de ogivas burras os ucranianos gastam algumas centenas de ogivas despejados no CEP correto, com o numero da casa ou andar e numero de apartamento.

Alfredo Araujo
Alfredo Araujo
Reply to  Sblogniev
26 dias atrás

Isso que eu ia escrever…
Uma guerra estacionária tende a beneficiar quem ataca de mais longe e com mais precisão. Alvos estacionários serão alvos para artilharia de precisão

Velho Alfredo
Velho Alfredo
Reply to  Sblogniev
26 dias atrás

Prezados

Munição de artilharia inteligente é mUito cara.
Numa unidade americana de artilharia no Iraque, de 1800 Mun, de 10 a 30 eram inteligentes e só podiam ser utilizadas por ordem da Divisão.
infelizmente, não é tão simples.

sergio
sergio
Reply to  Raça Negra
26 dias atrás

“Dito isso o mais provável é que irão cercar a cidade durante o inverno para forçar a rendição do contingente russo ali acantonado, provocando mais uma humilhação para o anão do Kremlin” So que para cercar a cidade eles terão que tentar romper a retaguarda Russa em algum momento, já que eles não pretendem entrar na cidade, vão trocar 6 por meia duzia com isso, essa guerra acabou ai, A ucrânia já foi ate onde conseguia, e a Russia TB já foi ate onde conseguia ” aparentemente”, agora igual a primeira guerra os soldados vão sentar dos dois lados enquanto… Read more »

Sblogniev
Sblogniev
Reply to  Nilton L Junior
27 dias atrás

Do Iran morro de medo dos hyper sofisticados mock-ups de aviões de 7a. geração…

Andre
Andre
Reply to  Nilton L Junior
26 dias atrás

E se urubu cantasse, quantos vc teria?

Armadilha em Kherson foi o que o ucranianos criaram para tomar Kiev, e os russos cairam como patinhos.

Alberto
Alberto
Reply to  Nilton L Junior
26 dias atrás

Não é surpresa o Irã, aliado da Rússia e com um vasto parque militar industrial ter protagonismo, o mundo é um eterno Oriente x Ocidente, já a América Latina ninguém nem no Ocidente ou no Oriente liga pra isso aqui…lembre-se, ou pesquise, há mil anos atrás, quando os portugueses ainda eram colônia do Império Árabe um matemático persa lançou um livro e fundou a matemática moderna….Brasil e América Latina…

Andre
Andre
Reply to  Alberto
26 dias atrás

Sempre me pergunto como foi possível os muçulmanos passarem de uma posição extremamente na vanguarda de desenvolvimento social e científico para o atraso que vemos hoje. Como você mesmo disse, há mil anos Portugal era mais apenas uma província do vasto império árabe e há 500 anos, na batalha de Diu, os portugueses venceram uma vasta coalizão, liderada pelo sultanato egípcio, com apoio dos sultanatos de Gujarat e Calicut e do império otomano, onde menos de 20 navios portugueses destruíram uma enorme frota de ~150 navios muçulmanos, afundando quase todos os navios inimigos. O William Weir, em seu livro, coloca… Read more »

Matusa
Matusa
27 dias atrás

100 de cada 100 analistas militares dizem que os russos estão criando uma armadilha para os ucranianos.
Por outro lado, os ucanianos não têm o menor pudor de jogar milhares e milhares de soldados ao sacrifício.
Veremos o resultado disso.

PACRF
PACRF
Reply to  Matusa
27 dias atrás

Despudorada foi a invasão da Rússia a um país independente, soberano e reconhecido pela ONU, com a desculpa esfarrapada de combater “nazistas”.

Esteves
Esteves
Reply to  PACRF
27 dias atrás

Se a moda pega…

leonidas
leonidas
Reply to  Esteves
27 dias atrás

Já pegou, a Rússia só fez o que os EUA fizeram no Iraque em 2003 e na Líbia em 2011… rs

Rogério Loureiro Dhiério
Rogério Loureiro Dhiério
Reply to  leonidas
27 dias atrás

BINGO.

PERFECT!!!

O povo todo assustado com as ações Russas na Ucrânia, quando esqueceram das iniciativas destas ações lá atrás em meados das décadas de 90/2000.

Monarquista
Monarquista
Reply to  Rogério Loureiro Dhiério
26 dias atrás

Tu poderiatrazer o mapa das regiões anexadas pelos americanos no Iraque e Líbia?

ANTONIO SANTOS
ANTONIO SANTOS
Reply to  Monarquista
26 dias atrás

Literalmente o iraque todo ? O coiso monarquista (piada).

Andre
Andre
Reply to  Rogério Loureiro Dhiério
26 dias atrás

Talvez vocês putinzetes não tenham percebido mas esta matéria é sobre a invasão russa da Ucrânia.

Estão 20/30 anos atrasados para reclamar do que aconteceu lá em 90/2000. E ainda esquecem dos fatos que aconteceram em 90/2000.

Velho Alfredo
Velho Alfredo
Reply to  leonidas
26 dias atrás

Não fez, não.
A Russia destroi muito mais o q não precisa. E pouco o q precisa.

Matusa
Matusa
Reply to  PACRF
27 dias atrás

Falar em pudor em relações internacionais é utopia, visto as milhares de guerras ao longo da História.
Agora, sacrificar seu próprio povo é outra coisa.
Mas Zelensky sabe que terá emprego de comediante em algum País ocidental.
Agora, se for na Europa, que leve cobertores.
Vai esfriar muito.

George
George
Reply to  Matusa
27 dias atrás

E a guerra de três dias do Putin já vai para quase 260 dias. Ele está levando a população russa para o século XIX. Um mestre enxadrista.

PACRF
PACRF
Reply to  Matusa
27 dias atrás

É mais fácil um ex-comediante arrumar um emprego do que um ex-espião comunista da KGB.

Fernando
Fernando
Reply to  PACRF
26 dias atrás

Tambem tem essa opiniao sobre os americanos no Iraque?

Antonio Kings com Rivotril
Antonio Kings com Rivotril
Reply to  Matusa
27 dias atrás

100 de cada 100 analistas militares, principalmente os do Forte, diziam que a Ucrânia cairia em 3 dias.

George
George
Reply to  Antonio Kings com Rivotril
27 dias atrás

Putin deve estar bem nervoso. Não consegue avançar perecida fortalecer para não perder o tereno que conquistou no começo da guerra.

Mensageiro
Mensageiro
Reply to  Antonio Kings com Rivotril
27 dias atrás

Teu nick é perfeito 🤣🤣🤣🤣

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Matusa
27 dias atrás

Se a “armadinha” consiste em criar linhas de defesa do outro lado do dnipro o remédio para evitar ela é so não atravessar o rio dando de cara com as defesas preparadas…

Nilson
Nilson
Reply to  Victor Filipe
27 dias atrás

A grande armadilha russa é posicionar a artilharia na margem esquerda do Dnieper, com liberdade de ação para bater os ucranianos que avançarem na margem direita até Kherson e outras cidades. As defesas nas trincheiras permitem boa visualização da outra margem, para direcionar a artilharia, permitem fogo direto de tanques, evitam ataques de comandos contra as posições de artilharia, realmente foi muito bem pensado. Contra essa barragem de fogo é difícil para os ucranianos avançarem para a margem do rio. Algo que tem que ser muito bem avaliado mesmo, para evitar perdas excessivas. Parece melhor mesmo manter o cerco do… Read more »

Velho Alfredo
Velho Alfredo
Reply to  Nilson
26 dias atrás

A defesa em profundidade e em todas a direções e fundamento das operações defensivas….. parece q só agora os russos descobriram…
E comandos não ataca artilharia, isso é missão de outra artilharia ou de pelotões de infantaria mesmo.
Comandos ataca beeeeeeeeem mais profundo.

Raça Negra
Raça Negra
Reply to  Matusa
27 dias atrás

O problema é que os ucranianos já sabem disso e já declararam que não irão cair na armadilha! Por outro lado quem não tem pudor nenhum em desperdiçar soldados é justamente o anão do Kremlin, o que inclusive provocou pesadas baixas na 155 brigada dos fuzileiros navais da frota do pacífico

https://www.express.co.uk/news/world/1692965/Russia-Ukraine-Vladimir-Putin-latest-news-video-Donetsk-fighting-vn

C273D91B-7E65-472E-AF6A-1ED8E49F4EE3.jpeg
RPiletti
RPiletti
Reply to  Matusa
27 dias atrás

Tb acho que quando o Zé fez o recrutamento de 300mil voluntários ele estava fazendo bobagem… ops, não péra…

Sblogniev
Sblogniev
Reply to  Matusa
27 dias atrás

Acabei de mandar um Whats para o Presidente da Ucrânia pedindo para ele esquecer a morte das milhares de vitimas civis e inocentes da Ucrânia… pedindo um “deixa prá-la” para essa pequena desavença… para ficar o dito pelo não dito… e para brincar de
“onde está fica”… ele respondeu em uma linha: “Meu c,,, que isso vai ficar barato”.

ContadorHP12C
ContadorHP12C
Reply to  Matusa
21 dias atrás

Impressionante como tudo você fala está errado. 6 dias depois e a sua narrativa foi completamente destroçada pela realidade.

Victor Filipe
Victor Filipe
27 dias atrás

Na imagem que mostra as 3 linhas de defesa da Russia da pra ver que elas não chegam até o lago, não seria mais prudente estender a linha até o mesmo pra bloquear completamente a possibilidade de travessias pelo rio? Porque isso ta me dando flashback da linha maginot… uma gloriosa linha de defesa com um flanco não tão glorioso assim… isso dito… 3 linhas de defesa logo após a margem de um rio… se bem formada isso é um obstaculo praticamente intransponível. provavelmente após a retomada de Kherson essa linha de frente vai estagnar completamente. A não ser que… Read more »

Velho Alfredo
Velho Alfredo
Reply to  Victor Filipe
26 dias atrás

É possivel q seja um esboço, ou o terreno próximo ao lago não seja apropriado. Quando é assim, a parte não ocupada por trincheiras é batida por fogos e, logo após ela, em profundidade, tem trincheira. A linha maginot não tinha base em alguns fundamentos defensivos, como a defesa em profundidade, por exemplo. Também houve o fato da exploração de um princípio importantíssimo de guerra, pelos alemães, o da Surpresa. Surpreenderam pela técnica – tipo de artefatos utilizados na fortaleza de Eben Emmael Pela tática – emprego de um assalto aeroterrestre pra neutralizar essa fortaleza. OBS: Caindo essa fotaleza, o… Read more »

Leandro Costa
Leandro Costa
27 dias atrás

Parece finalmente uma ação mais lógica por parte dos Russos. Vai impedir qualquer tipo de ganho em maior profundidade ou estabelecimento de uma cabeça de ponte à leste do Dnipro antes do inverno rigoroso. Enquanto eles atrasam os Ucranianos em Kherson, ganham tempo para o estabelecimento dessas linhas.

Interessante como isso demonstra claramente a mudança da iniciativa no campo de batalha. Agora é oficial que são os Russos que estão se defendendo. O que virá em seguida será uma corrida para ver quem consegue retomar a iniciativa primeiro.

PACRF
PACRF
Reply to  Leandro Costa
27 dias atrás

Como é possível depreender após a leitura do texto, trata-se de linhas de defesa, ou seja, ao invés de tomar Kiev e derrubar o governo da Ucrânia, que eram os objetivos iniciais dos russos, agora estão mais preocupados em manter o pouco que conseguiram, após mais de 8 meses do início da invasão. Está havendo uma inversão de papéis.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  PACRF
27 dias atrás

Eu concordo totalmente com você PACRF. Acho que vamos passar por um novo período de estabilização depois da retomada de Kherson, e aí veremos quem vai conseguir ter a iniciativa. Eu apostaria nos Ucranianos, mas com essas linhas os Russos vão tentar impedir novos avanços rápidos ao passo em que os Ucranianos vão ter que bolar formas de sobrepor essas linhas. Vamos ter que aguardar para ver o que acontece, mas ao que parece os Russos fizeram um dos primeiros movimentos lógicos de um exército profissional, em aceitarem a realidade e passarem à se concentrar na defensiva. Mas torço para… Read more »

Velho Alfredo
Velho Alfredo
Reply to  Leandro Costa
26 dias atrás

Pode ser.
Mas eles podem estar, com a defensiva, economizando forças em uma zona de ação, pra priorizar outra.
Inteligência tem de trabalhar pra descobrir.

Antonio Kings com Rivotril
Antonio Kings com Rivotril
27 dias atrás

Uma boa jogado Russa. Mas eu acho que se os Russos recuar pelo menos 150Km, podemos pegar os Ucranianos de surpresa para capturar seus preciosos HIMARS

Aladaf
Aladaf
Reply to  Antonio Kings com Rivotril
27 dias atrás

Eles tem que fazer isso rapido antes que acabe o dinheiro que eles nao tem..tic tac

Hcosta
Hcosta
27 dias atrás

A conquista da cidade de Kherson não pode ser feita sem uma ofensiva na margem esquerda, na direção norte/sul, com o objetivo de controlar Tokmak e Melitopol.

Talvez seja a única forma de evitar uma estagnação do conflito ao permitir o recuo dos Russos para posições muito mais favoráveis na margem esquerda. E de forma a cortar a grande maioria das rotas de abastecimento dos Russos.

https://www.youtube.com/watch?v=jVvgnHxJoSY&t=1s
E acrescento este vídeo que merece ser divulgado.

Last edited 27 dias atrás by Hcosta
Rui Chapéu
Rui Chapéu
27 dias atrás

linha maginovski.

Kira
Kira
Reply to  Rui Chapéu
27 dias atrás

Boa!!!

Zorann
Zorann
27 dias atrás

É o certo a fazer: criar barreiras/fortificações bem estabelecidas para tentar frear o avanço do inimigo. Tornar custoso o avanço de cada metro.

George
George
Reply to  Zorann
27 dias atrás

Verdade. Quando o inimigo é mais forte o melhor é se proteger.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
27 dias atrás

Linha Maginot 2.0
A primeira não conseguiu deter os alemães, segundo conta os livros de História…

Arthur
Arthur
27 dias atrás

Russo é bom em criar defesa em profundidade, vide Kursk em 1943. Todos aqui do blog sabemos dessas defesas e os ucranianos provavelmente. Resta saber se serão estúpidos o suficiente para encarar um ataque frontal, tal como os alemães fizeram na segunda guerra. Se o fizerem, não haverá HIMARS, Nossa Senhora do Javelin, Guepards e outras lorotas que salvem seu exército. A evacuação de civis em kherson libera a artilharia russa para bombardeio (pela ausência de escudo humano): será zona de matança. Já apanharam no Donbass em junho, se repetirem a dose, deixarão um corredor aberto até Odessa.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Arthur
27 dias atrás

Se os EUA enviarem os ATACMS para a Ucrânia não vai haver linha de defesa russa de pé em poucas semanas. Tudo depende …

Nei
Nei
Reply to  Marcelo
27 dias atrás

Problema Marcelo, que não vejo os EUA providenciando os ATACMS. Dá a impressão que não querem ganhar ou que não querem que esse tipo de arma, possa cair nas mãos de Russos.

Raça Negra
Raça Negra
Reply to  Arthur
27 dias atrás

Estúpidos só os russos meu amigo, vide a informação que desperdiçaram praticamente uma brigada de fuzileiros navais em Pavlika

George
George
Reply to  Raça Negra
27 dias atrás

Realmente. Foi um desastre a Ofensiva russa em Pavlivka. Um verdadeiro massacre. Tentaram um ataque frontal e perderam muita gente e muito equipamento. Bem que o Forte poderia fazer um post sobre o ataque.

Não me admira jovens russos fugirem do país. Ou é isso ou é o açougue da Ucrânia.

Heinz
Heinz
Reply to  George
26 dias atrás

Eu fiquei estarrecido com os vídeos no telegram, os caras atacaram as posições Ucranianas em campo aberto em comboio e tudo junto. Foi praticamente tiro ao alvo de stugna-P e a artilharia macetando os russos. Foi um desastre total.

Velho Alfredo
Velho Alfredo
Reply to  Raça Negra
26 dias atrás

Qual o objetivo desse ataque?
Tem de ser visto “bem de cima”.
Pode ter sido uma tentativa de conquista de objetivo julgado importante.
Pode ter sido uma finta.
Pode ter sido muita coisa.
mas…. fato é q desperdiçar uma brigada não é muito inteligente.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Arthur
27 dias atrás

É bom lembrar que os Ucranianos sabem tão bem dessa tática quanto os Russos, afinal de contas, em 1943 a Ucrânia era parte da URSS e Ucranianos faziam parte do Exército Vermelho.

RPiletti
RPiletti
Reply to  Arthur
27 dias atrás

Soviéticos você quer dizer…

Velho Alfredo
Velho Alfredo
Reply to  Arthur
26 dias atrás

Arthur.

Sempre há algum ataque frontal.
Se parte da defesa não for “cutucada”, as atenções, em profundidade, se voltam pra onde é, e inviabiliza um ataque pelo flanco.
Flanco exposto não se acha, se cria.

Sds

Marcelo
Marcelo
27 dias atrás

O laço do HIMARS vai continuar apertando o pescoço dos russos em Kherson. Os US$ 625 milhões em assistência de segurança liberados pelo Departamento de Defesa dos EUA incluíram mais 4 sistemas HIMARS e 500 rodadas guiadas de precisão M982 Excalibur para obuses M777 de 155 mm. O M982 Excalibur têm um alcance de até 57 km com uma precisão de 4 m. Sistemas HIMARS adicionais e mais projéteis de artilharia guiados com precisão de longo alcance reduzirão ainda mais a capacidade russa de manter suas tropas da linha de frente adequadamente supridas. Além disso, a Ucrânia deve receber 40… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Marcelo
27 dias atrás

E os mísseis de cruzeiro Storm Shadow…
Se vierem numa quantidade razoável são mais perigosos que os HIMARS’s.

Marcelo
Marcelo
27 dias atrás

Os primeiros Nassams e Aspide já estão em solo ucraniano.
https://www.dw.com/en/updates-ukraine-receives-first-nasams-air-defense-systems/a-63667120

juggerbr
juggerbr
27 dias atrás

Russos guerreando como na WWI… Reapers e outros drones de longo alcance destroem as defesas AA e depois é tiro ao pato pra aviação ucraniana…

Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
27 dias atrás

Com o inverno chegando essa guerra vai estagnar ainda mais, um impasse como nas trincheiras da 1 guerra mundial..

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
27 dias atrás

Off Toopic…

Caro senhor Galante, Por que sigo bloqueado e já tem mais de 1 mês no poder aéreo, nem um concordo passa…
Nunca ofendi ninguém, não falo palavras xulas e nem briguei com ninguém…
Será que é minha posição política, soberanista?

Obrigado desde já

juggerbr
juggerbr
Reply to  Saldanha da Gama
27 dias atrás

Acho que não está bloqueado, visto que seu post está publicado…

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
Reply to  juggerbr
27 dias atrás

Boa tarde, aqui sim, mas no PA não !
abraços

Zezão
Zezão
27 dias atrás

Na era moderna, a guerra é dinâmica, os soldados se movimentam no campo de batalha a todo momento, querer guerrear nos moldes da primeira guerra mundial usando posições estáticas é uma grande tolice, os ucrânianos usando munição de vadiagem destruirão cada posição de artilharia e posto de comando ao longo da linha de defesa russa nas margens do rio Dnipro. Se trincheiras já não funcionavam na segunda guerra mundial, imagina agora com drones suicidas de baixo custo, HIMARS, artilharia com munição guiado por GPS e satélites que transmitem imagens em tempo real? Ademais, os generais ucranianos, que não são burros,… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Zezão
27 dias atrás

comment image

um exemplo do que escreveu…

Sblogniev
Sblogniev
27 dias atrás

Olha ai os Russos dando propaganda gratuita para os sistemas de artilharia de alta precisão do Ocidente que vem cancelando milhares de CPFs russo a cada semana. Essas linhas “ESTATICAS” de defesa são como “donuts macios e saborosos” para os sistemas HIMARS e obuseiros de ultima geração autopropulsados e rebocados entregues para os Ucranianos (fora os drones de brinquedo ucranianos atirando bombas de queda livre nos recrutas russos)… os russos não aprenderam nada até agora???? São alvos…. alvos estáticos… alvos conhecidos… alvos mapeados… alvos demarcados… OBS.: Qualquer semelhança dessa “Linha Maginot” mequetrefe russa com as ilhas de plástico dos chineses… Read more »

sub urbano
sub urbano
27 dias atrás

A estrategia de defesa em profundidade foi aprimorada ao longo do tempo. Os ultimos a utilizarem foram justamente os ucranianos nas linhas defensivas nos arredores de Donbass. É eficiente e pode impor grandes perdas ao inimigo. No entanto ela não é impenetrável. Um cenário que pode ser usado como precedente nesta possivel ofensiva ucraniana em Kherson é a Operação Amanhecer 8 durante a guerra Irã-Iraque onde o irã tomou metade da peninsula de AlFaw dos iraquianos que usavam um intrincado sistema de defesa em profundidade. O Irã usou suas tropas de pior qualidade, os basijs (voluntarios ideologicos do Aiatolá, mal… Read more »

Last edited 27 dias atrás by sub urbano
Matheus
Matheus
27 dias atrás

[OFF] Caiafa entrevistou um dos Generais resposável pelo projeto to AVTM-300.
De acordo com ele terão mais 6 lançamentos testes e depois o certificado final.

https://www.youtube.com/watch?v=pOp8tozfHPg

Marcelo
Marcelo
26 dias atrás

O The Guardian entrevistou recruta russos que estão atuando no front. Os depoimentos transparecem o horror da guerra e o despreparo dos novos militares russos. “Um drone ucraniano sobrevoou pela primeira vez, e depois disso sua artilharia começou a nos atacar por horas e horas, sem parar. Eu vi homens sendo despedaçados na minha frente, a maior parte de nossa unidade se foi, destruída. Foi um inferno. E muitos que sobreviveram estão perdendo a razão depois do que aconteceu.” Aleksei Agafonov, recruta russo na região de Luhansk “Ninguém quer voltar. Estávamos completamente expostos, não tínhamos ideia do que fazer. Centenas… Read more »

Últimas Notícias

Empresa alemã produzirá munição do Gepard na Espanha

A Rheinmetall, depois de adquirir o mundialmente famoso fabricante espanhol de munições Expal Systems SA, planeja estabelecer a produção...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -