Raridades do fronte: o novo fuzil de alta precisão MTs-566 em combate

20

Jornalistas russos estiveram no fronte em Bahkmut e divulgaram imagens de militares do Grupo Vagner manejando um rifle de alta precisão MTs-566.

O MT-556 é o mais recente desenvolvimento do Birô Central de Armas Esportivas e de Caça russo (TSKIB SOO), localizado na cidade de Tula. Este rifle é oficialmente certificado na Rússia como arma de caça (uso civil) e começou a ser comercializado recentemente.

Ele se baseia no modelo experimental de rifle de precisão semiautomático OTs-129, também produzido em Tula. O rifle MTs-566 destina-se a competir com vários rifles semiautomáticos esportivos/caça de precisão disponíveis no mercado interno com câmara para munição .308 winchester (calibre 7,62x51mm padrão OTAN) . Isso inclui o rifle Kalashnikov MR1 e o ORSIS K-15 Brat .

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest

20 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Alan Santos
1 ano atrás

Super trunfo são as armas nucleares , mas isso até meu cachorro ali na garagem tem. Queria ver o ______do putino e xiping querer bater de frente .

EDITADO

3 – Mantenha o blog limpo: não use palavras de baixo calão ou xingamentos;

https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Magaren
Magaren
1 ano atrás

Sim é uma consequencia, de um lado vemos FA profissionais com treinamento, do outro catadões passando fome, equipamento dos anos 70, falta de coordenação, desorganização, demissões de lideranças constantes e lideranças caindo de escadas misteriosamente(talvez os desgin das escadas russas precisem ser refeitos).

Uma paz vira pelo jeito da China que pode inventar alguma desculpa para o líder russo não sair por baixo e ter que afirmar que isso foi um grande de um devaneio de um moribundo saudosista.

Aeb30
Aeb30
1 ano atrás

EDITADO

6 – Mantenha-se o máximo possível no tema da matéria, para o assunto não se desviar para temas totalmente desconectados do foco da discussão;

https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Aeb30
Aeb30
1 ano atrás

Excelência da indústria militar russa.
Fuzis de assalto e de precisão.

Andre
Andre
Reply to  Aeb30
1 ano atrás

Está difícil ler a matéria? Vou te ajudar:

O MT-556 é o mais recente desenvolvimento do Birô Central de Armas Esportivas e de Caça russo (TSKIB SOO), localizado na cidade de Tula. Este rifle é oficialmente certificado na Rússia como arma de caça (uso civil) “

Não é um fuzil, muito menos de assalto e não é da industria militar.

Aeb30
Aeb30
Reply to  Andre
1 ano atrás

Eu sei que uma arma de caça.
E sabemos muito bem o que ela está caçando.

Elias Jabour
Elias Jabour
Reply to  Aeb30
1 ano atrás

EDITADO

2 – Mantenha o respeito: não provoque e não ataque outros comentaristas, nem o site ou seus editores;

https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Andre
Andre
Reply to  Elias Jabour
1 ano atrás

Só não é um monte suficiente para fazer com que as tropas russas avancem.

Andre
Andre
Reply to  Aeb30
1 ano atrás

Se sabe, por que escreveu “fuzil de assalto”?

Nativo
Nativo
1 ano atrás

A Rússia realmente mostrou fraquezas de meios e treinamento, mas a China no ritmo de crescimento militar em que se encontra não terá mais do 20 anos para se igualar aos EUA em poder militar. Isso porque os outros ” anglo-saxões ” só vão a reboque dele.

Last edited 1 ano atrás by Nativo
Aeb30
Aeb30
Reply to  Nativo
1 ano atrás

EDITADO

6 – Mantenha-se o máximo possível no tema da matéria, para o assunto não se desviar para temas totalmente desconectados do foco da discussão;

https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

M.@.K
M.@.K
1 ano atrás

Estranho terem adotado o mesmo calibre do M110. No meu “mega” entendimento de armas, achava que o o 7,62x54mm fosse mais potente e preciso do que o 7,62x51mm. Enfim…

RDX
RDX
Reply to  M.@.K
1 ano atrás

A razão está exposta na matéria. Trata-se de uma arma destinada ao mercado civil. Não por acaso ela dispara a munição. 308 Winchester (versão civil do 7,62×51 OTAN).

Maurício.
Maurício.
1 ano atrás

Ainda com esse papo de Assad? Essa ladainha já tem 12 anos, e até agora ele continua lá na Síria, um pessoal gostando ou não.

Maurício.
Maurício.
1 ano atrás

Alan Santos, tu já usou os nicks Edu, Fox e Foragido da KGB, e sempre bate nessa tecla de Anglos Saxões, vou te fazer uma pergunta, onde estão esses tais Anglo Saxões que não vão lá na Ucrânia dar uma mão pro Zelensky? Onde estão as tropas saxônicas que não estão no campo de batalha? 🤔

RDX
RDX
1 ano atrás

Off:
Os russos já começaram a enviar T-54/55 para o front. A OTAN está em pânico. rs

Maurício.
Maurício.
Reply to  RDX
1 ano atrás

A OTAN está no campo de batalha para estar em pânico? 🤭

RDX
RDX
Reply to  Maurício.
1 ano atrás

Verdade, as tropas da OTAN ainda não estão lutando na linha de frente. Esse papel cabe aos bravos soldados ucranianos. A OTAN é responsável pelo resuprimento, suporte político e econômico, treinamento, assessoramento em comando e controle, assessoramento doutrinário, Inteligência estratégica e operacional etc. Ou seja, ela faz guerra por procuração.

Last edited 1 ano atrás by RDX
Maurício.
Maurício.
Reply to  RDX
1 ano atrás

“Verdade, as tropas da OTAN ainda não estão lutando na linha de frente.”

Tropas da OTAN, na linha de frente, nessa guerra na Ucrânia, só no dia de são nunca, de resto, eu concordo, é uma guerra por procuração.

Elintoor-_
Elintoor-_
1 ano atrás

Sem torcidas.
Funciona?
Sim!
Tá valendo!
Põe no front…