Gráfico mostra como as forças armadas dos EUA são responsáveis ​​por quase toda a tecnologia do seu iPhone

50

Quase toda a tecnologia presente em muitos dos dispositivos eletrónicos mais omnipresentes do mundo pode ser atribuída a uma única fonte financiada pelos contribuintes: o Departamento de Defesa dos EUA.

Num artigo promovido pela Comissão Europeia, a economista italiana Mariana Mazzucato escreveu que o relançamento das economias mundiais após uma longa recessão exigirá investimentos maiores e mais arriscados por parte do governo. Ela usou os populares dispositivos portáteis da Apple como exemplo atual.

A maior empresa do mundo pode ter mais dinheiro disponível do que muitos governos reais. Mas os avanços tecnológicos por detrás dos seus icónicos iPods, iPhones e iPads foram financiados quase exclusivamente por agências governamentais – e por um segmento específico do governo de um determinado país.

Como demonstra o gráfico abaixo, há pouco nesses dispositivos que não deva sua existência ao Departamento de Defesa dos EUA, de uma forma ou de outra.

 

Dispositivos posteriores receberam investimentos da Marinha para suas capacidades de GPS, e a Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa (DARPA) financiou a Siri. Na verdade, a empresa-mãe do criador da Siri, que foi adquirida pela Apple em 2010, ainda recebe mais de metade das suas receitas do Departamento de Defesa, de acordo com um relatório publicado no início deste ano.

Destacando uma ideia do seu recente livro sobre a relação entre os setores público e privado, Mazzucato explica que a realização de missões como colocar um homem na Lua exigia “um ‘Estado empreendedor’ confiante, disposto e capaz de enfrentar os primeiros desafios de alta capital intensivos” áreas de risco que o setor privado tende a temer.”

Os militares dos EUA eram muitas vezes aqueles que assumiam “riscos de capital intensivo” que resultaram na linha de produtos da Apple. E o resultado é uma família de dispositivos tão amplamente utilizados que é difícil imaginar o mundo sem eles.

FONTE: Business Insider

Subscribe
Notify of
guest

50 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Wagner
Wagner
9 meses atrás

Mas isso é fato o estado sempre foi indutor e assumir rico em inovação tecnológica. Esse discurso barato de econocoach de ” Alocação de recurso escasso” isso é mundo da fantasia liberal. Vacina,estado! Internet estado! Carro elétrico estado! Micro chip,estado! Sabe quantos empresarios arriscou ? Nem um no planeta Terra. E outra bobagem, ” Mito da garagem e “Liberdade econômica”.

GFC_RJ
Reply to  Wagner
9 meses atrás

Você põe liberais e libertários no mesmo balaio…
Da mesma forma que o outro lado põe todas as ideologias econômicas mais à esquerda de… enfim… não vou falar o termo para não cair no block automático.

WSilva
WSilva
Reply to  GFC_RJ
9 meses atrás

”Você põe liberais e libertários no mesmo balaio…”

Ambos defendem um Estado Mínimo e quem defende um Estado Mínimo ou desconhece história ou quer ser eternamente conduzido por superpotências que não praticam um Estado mínimo.

Sobre libertários eu prefiro nem comentar muito, essa gente parece que consome droga K9 de café da manhã.

GFC_RJ
Reply to  WSilva
9 meses atrás

Neo-Liberais talvez sim…
Liberais não necessariamente. 

Se você acha isso… sou uma ovelha-negra porque para mim Estado Mínimo não existe. O que é “mínimo”?!
Nem o máximo eu sei o que é… Em tese seria 100%. Mas se contar o déficit, talvez possa chegar a uns 105%-110%…

E o “mínimo”? O que é? Talvez alguém possa me explicar porque eu não sei.

O que eu sei é… no Brasil, o Estado custa quase 40% do PIB e definitivamente não entrega de volta esse montante que tunga dos agentes privados. Isso eu afirmo.

Renato B.
Renato B.
Reply to  GFC_RJ
9 meses atrás

Reduzir toda a discussão do movimento liberal em tamanho de estado é simplificar tanto que fica distorcido. Liberais tem tantas ou mais correntes que a esquerda. Eu entendo por Estado Mínimo, é o minimo necessário para garantir uma sociedade funcional e alguma igualdade de oportunidades. A escola austríaca acreditam que não é possível fazer um gerenciamento de recursos mais eficiente que o mercado. O neoliberalismo, por exemplo, acredita que o mercado tem limitações e imperfeições (poucas) e nessas o estado pode e deve atuar para limitar as distorções. Por isso falam em mercado regulado e não em controlado. E para… Read more »

Henrique
Henrique
Reply to  WSilva
9 meses atrás

“Ambos defendem um Estado Mínimo e” 1º – um defende a EXTINÇÂO do Estado e segundo Estado mínimo. Tem um baita diferença entre você querer nada de um coisa ou pouca de uma coisa… aprenda isso primeiro antes de falar “desconhece história ou quer ser eternamente conduzido por superpotências que não praticam um Estado mínimo” Ahh então conta ai pra gente essa historia pq a historia ta sendo contada (e qualquer um aqui pode atestar a veracidade dela, incluiondo prorpio Brasil de 1994 pra frente) é que países com mais liberdades econômicas, estado enxutos e com equilíbrio fiscal tem maior… Read more »

jairo
jairo
Reply to  Henrique
9 meses atrás

o que você define como “papinho tosco” tá bem desenhado na matéria acima.
o Brasil é país do atraso sim. Principalmente e teoria e política econômica, vide a política de juros do Banco Central. E esse atraso tem culpados.
e o arrepio nos desenvolvimentistas é ver o cidadão médio brasileiro replicando canalhices discursivas sobre economia no melhor estilo Sardemberg.
Com relação a política desenvolvimentista e países potencia… a China manda lembranças..

Sds,

Jairo

Henrique
Henrique
Reply to  jairo
9 meses atrás

vide a política de juros do Banco Central. 

acabei de ler uma canalhices discursivas sobre economia no melhor estilo desenvolvimentistas 

explica ai pq você defende inflação alta

—-

“Com relação a política desenvolvimentista e países potencia… a China manda lembranças..”

ahh sim o mesmo pais que praticamente um ditadura e pode fabricar e forjar todo os número e ninguém pode questionar.. baixa exemplo em

henrique
henrique
Reply to  Henrique
9 meses atrás

Só pra constar o Brasil é desenvolvimentista desde 1930 e a única coisa que conseguiu foi dois períodos de ditadura e mover a Capital Federal e acabar com trens e único momento que Brasil meio que deu certo foi em 1994 e ele obrigado a ser liberal com o Plano Real

****************

Admin arruma esse site bugado que não deixa editar

C M
C M
Reply to  henrique
9 meses atrás

Só pra constar o Brasil é desenvolvimentista desde 1930 e a única coisa que conseguiu foi dois períodos de ditadura e mover a Capital Federal e acabar com trens[…]

  • Taxas de crescimento de mais de 10% a.a.
  • Itaipú, Ponte Rio-Niterói, Integração da Amazônia, etc (ou seja, investimentos dos quais o país colhe os resultados até hoje).

Faça o seguinte, assista às palestras do Paulo Guedes aí pelo YouTube, em que ele reconhece a importância do desenvolvimentismo (até o esgotamento do modelo).

Se isto é “dar errado”, imagina o que é dar certo…

Renato B.
Renato B.
Reply to  C M
9 meses atrás

Inclui aí a revolução verde, saímos de importador de alimentos para um dos grandes celeiros do mundo e o analfabetismo em 1920 passava de 70% da população e hoje está nos 6%.

É como as teorias de Keynes e Hayek: o que define quem é mais pertinente é o contexto e o momento.

Slowz
Slowz
Reply to  Henrique
9 meses atrás

“ ahh sim o mesmo pais que praticamente um ditadura e pode fabricar e forjar todo os número e ninguém pode questionar “

🤣🤣🤣🤣🤣

Então se a Coreia do Norte falar que seu PIB é U$50 tri tá valendo ? Vc acha que Banco mundial e outros não checam ?

Henrique
Henrique
Reply to  Slowz
9 meses atrás

Então se a Coreia do Norte falar que seu PIB é U$50 tri tá valendo ? Vc acha que Banco mundial e outros não checam ?

sim o banco mundial vai entrar na Coreia do Norte e chegar as planilhas tudo certin

Slowz
Slowz
Reply to  Henrique
9 meses atrás

Você é hilário 🤣🤣🤣🤣🤣 ..

Vc acha que os caras são burros a esse ponto ?

jairo
jairo
Reply to  Henrique
9 meses atrás

explica aí pq depois de 2008 mesmo com juros próximos de zero e o FED e BCE inundando o mercado de liquidez não houve inflação por demanda nos países do norte.???
explica aí por que você toma por dogma políticas de juros que não são nem mais aplicados nos países desenvolvidos?
A China não vale. Mas a experiência dos Chicago boys do Milton Friedman de mãos dadas com Pinochet na pior ditadura que houve na américa latina pode?????

As perguntas são verdadeiras. E espero realmente sua opinão sobre esses pontos uma vez que o Sardemberg não saberia responder.

Sds,

jairo

Henrique
Henrique
Reply to  jairo
9 meses atrás

“Mas a experiência dos Chicago boys do Milton Friedman de mãos dadas com Pinochet na pior ditadura que houve na américa latina pode?????” pode na tua __________eu defendo estado mínimo e liberdade e não ditadura.. se vc ta citando o Pinochet vc que deveria defender ele ja que o Chile, naquela época, era um estado autoritário (e ainda mais que vc ta usando China como exemplo, outra ditadura) — Como que não houve inflação depois de 2008… foi despejado bilhões de dólares no mercado o que gerou sim inflação. o que forçou sim a subida dos juros, lentamente pra controlar ela.… Read more »

Slowz
Slowz
Reply to  Henrique
9 meses atrás
Henrique
Henrique
Reply to  jairo
9 meses atrás

pra acabar essa discussão que ja ta fugindo do tema da matéria: Essa discussão “política de juros” isso ai é uma baita de uma narrativa criada pelo governo federal pra esconder os erros do próprio governo federal e as consequências dele que com a mais absoluta certeza virão. Então eu não sei que _________você ta querendo quando você traz isso pro tema sabendo que essa mesma pessoa que criou essa nativa já trabalhou com o negocio a batendo media de 18% lá em 2003-2011. é raivinha pq o Congresso fez a lição de casa e deu autonomia do BC? pq… Read more »

jairo
jairo
Reply to  Henrique
9 meses atrás

“EUA fez a lição de casa”.

Depois dessa vou concordar em encerrar o debate.
Mas realmente sugiro vc que o Sr. expanda sua cartilha sobre teoria e política econômica.

Sds,

Jairo

Henrique
Henrique
Reply to  jairo
9 meses atrás

expandir pra desenvolvimentismo.. não..

Brasil ja deu exemplo de como isso é fracassado

Otavio
Otavio
Reply to  jairo
9 meses atrás

Sim a china manda lembrança e a liberdade também, ____________

EDITADO. NÃO FAÇA ATAQUES PESSOAIS. LEIA AS REGRAS DO BLOG:

https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Slowz
Slowz
Reply to  Henrique
9 meses atrás

https://m.youtube.com/watch?v=b-dvcPHV8ck

Você deveria assistir ( óbvio que não vai ) porque sabe que todas ladainha que você falou aí já foi desmentido ..

Henrique
Henrique
Reply to  Slowz
9 meses atrás

se as ladainha  que eu disse foram desmentidas pq o Brasil não é potencia economica?

ja sei

“maisu Us Eua”

Slowz
Slowz
Reply to  Henrique
9 meses atrás

Estado Brasileiro é mínimo cara ..

Pega o número de empresas estatais , número de funcionários públicos e empresas de caráter público/privado que giram em torno das estatais ..

E compara com um EUA ou Alemanha da vida ..

Henrique
Henrique
Reply to  Slowz
9 meses atrás

“Estado Brasileiro é mínimo cara ..” KKKKKKKKKK ta bom slow.. nem vc acredita nisso ai kkkk vamos fazer melhor que comparar Slow…vamo da uma copia fiel do Estado Americano ou Alemão (principalmente a parte do Federalismo, parlamentarismo e descentralização de poder) eu super apoio ter o dobro de funcionar que tem o EUA e Alemanha juntos aqui no Brasil se copiar toda a legislação dele pragarei imposto com prazer se isso acontecer até faço questão de errar o IR pra pagar mais kkkkkk mas ai obvio que vc não vai querer … só a mamatinha que importa, aquele carguinho top… Read more »

WSilva
WSilva
Reply to  Henrique
9 meses atrás

”1º – um defende a EXTINÇÂO do Estado e segundo Estado mínimo.”

Ambos defendem um Estado mínimo, pelo menos a ala menos degenerada, porém eu não duvido que existam loucos por aí que queiram um país sem um Estado por mais utopico que isso possa soar.

Henrique
Henrique
Reply to  WSilva
9 meses atrás

Assim, tu copiou a parte que eu falei que um quer que o Estado deixe de existir o outro é mínimo

ai tu me manda “Ambos defendem um Estado mínimo,

que parte de: Libertário/Ancap quer que o Estado seja extinto e Liberal quer Estado mínimo tu não entendeu?

WSilva
WSilva
Reply to  Henrique
9 meses atrás

Suas fontes são péssimas.

Libertarianismo defende um Estado mínimo até porque não existe país sem um Estado seja ele mínimo, moderado ou máximo.

Defender a inexistência de um país sem um Estado é defender uma alucionação.

Seja lá quem botou isso na tua cabeça eu posso recomendar um bom psiquiatra.

VME
VME
Reply to  Henrique
9 meses atrás

“copiar a legislação dos EUA”… Meu caro, os EUA se desenvolveram com capitalismo de estado, recomendo a leitura do Livro Relatório Sobre as Manufaturas, de Alexander Hamilton, pai criador dos Estados Unidos da América, criador do Tesouro Norte Americano e fomentador da economia norte americana.
Todo o mundo desenvolvido seguiu o exemplo de capitalismo de estado, com forte proteção de mercado e subsídios para setores considerados estratégicos, a teoria austríaca é pura balela. Suíça, por exemplo, é referência entre os liberais, que ignoram o fato de ser um dos países mais protecionistas do mundo.

Paul K Y
Paul K Y
Reply to  GFC_RJ
9 meses atrás

Literais e Libertários.
Quando vejo a palavra libertarios
já estao ali identificados jovens otários manipulados pelas velhas e tradicionais oligarquias.
O jovem otário, que não faz parte das oligarquias é o imbecil que acredita em meritocracia , trabalhar enquanto outros dormem, estado mínimo (só não sabe pra quem ). No sua pequenes e arrogancia , pensa que riqueza vem do esforço e do trabalho . Mas esta claro , riqueza no ocidente vem do DNA, 9 em cada 10 ricos é filho de rico.

Underground
Underground
Reply to  Wagner
9 meses atrás

A falta de liberdade econômica é justamente uma das causas do atraso brasileiro.

GFC_RJ
9 meses atrás

1 – Esse livro eu estudei no ano passado. É excelente. Recomendo bastante. Parece que não, mas tem tudo a ver com o fórum.

2 – Sério que as forças armadas são instrumentos de política pública e ciência e tecnologia nos EUA??? Não acredito!!! Será que na China também é assim? E na França e no RU… Israel??? Será?

Slowz
Slowz
9 meses atrás

Cade os neoliberais ? 🤣🤣🤣🤔

Toda inovação tecnológica que tem 0,1% de chance de sucesso é financiado pelo Estado .. só os neoliberais que vive no mundo da Lua acha que um bilionário iria arriscar ..

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Slowz
9 meses atrás

Que conclusão simplória. Preciso listar aqui os exemplos que provam como essa lógica é falsa?

jairo
jairo
Reply to  Allan Lemos
9 meses atrás

precisa

Slowz
Slowz
Reply to  Allan Lemos
9 meses atrás

To esperando..

André Macedo
André Macedo
Reply to  Allan Lemos
9 meses atrás

Também estou no aguardo

Realista
Realista
Reply to  Allan Lemos
9 meses atrás

Cadê ?

marku
marku
9 meses atrás

quer dizer que tem dinheiro do estado? não aceito, só acredito na mão invisível do mercado. vou jogar meu iphone fora

#sarcasmo

GFC_RJ
9 meses atrás

Particularmente, eu sou Liberal.  Não sou “Neo-Liberal” (tudo que é do espectro à esquerda chama qualquer liberal de neo-liberal), muito menos libertário (esse arremedo de anarco-capitalismo que entrou em moda agora). Ser Liberal não é ser contra o Estado por mais que o discurso panfletário diga isso pra arregimentar massas de ignorantes úteis.  Começa que o Estado é fundamental para garantir segurança jurídica e o direito à propriedade.  Segundo que liberais econômicos defendem regulações (não intervenções) no mercado. Estabelecer regras e limites para tornar o “jogo” mais estável e previsível, gerando segurança. Em terceiro, aí sim… uma diferença importante: O… Read more »

GFC_RJ
Reply to  GFC_RJ
9 meses atrás

E as forças armadas? Compras governamentais de materiais de defesa não estão embaixo de regras da OMC. Isso não é assim à toa. Isto ocorre porque as nações centrais, que são poderosas economica e belicamente, não aceitam abrir mão da autonomia de produção tecnológica local, ou ao menos, da produção física em si (mesmo que sobre liscença) em prol de dirimir riscos. Sim, se paga caríssimo para dirimir os riscos de dependência logística e de embargos. E os requisitos das forças geram o desenvolvimento de tecnologias que são posteriormente arrastadas ao mercado civil… No caso, a autora cita factualmente o… Read more »

GFC_RJ
9 meses atrás

A autora cita no livro também o papel recente dos fundos soberanos no financiamento de grandes projetos. Esses fundos cujos mais conhecidos são do EAU, do Catar e da Noruega e, mais recentemente, está se somando ao time o da Arábia Saudita. Eles são uma maçaroca de recursos (ou capital) acumulados pela excesso do balanço de pagamentos adquiridos pelos recursos finitos (petróleo no caso).  O Chile também tem o seu, mas muito menor. Afinal, cobre não gera tanta divisa quanto petróleo, né… Só que esses fundos soberanos são todos gerenciados pelos Estados. Isto é, algumas nações tem poupança (grana) não… Read more »

Fábio Mayer
Fábio Mayer
Reply to  GFC_RJ
9 meses atrás

O fundo soberano do Brasil foi usado para pagar assessores contratados em comissão e confiança, antes mesmo de ter acumulado recursos para investimento internacional. O problema do Brasil não é liberalismo nem socialismo, o problema aqui é que as pessoas e os governantes só pensam no próprio umbigo e nas suas reeleições, e quando não pensam nisso, pensam em seus familiares e amigos mamando no Estado!

Felipe
Felipe
9 meses atrás

Me sinto seguro em compartilhar todos meus dados, ser vigiado e até o que falo com as forças armadas dos EUA. Ainda bem que não é a China.

WSilva
WSilva
Reply to  Felipe
9 meses atrás

Mesmo se você não quisesse ser vigiado seria da mesma forma, você precisa entender que você não tem escolha.

Henrique
Henrique
9 meses atrás

Pessoal ve esse tipo de mateira e única coisa que lê é “grana veio do estado” Ai pronto, o cara ja sai achando que o Brasil tem que fazer o mesmo e tudo os livro de encomia (lucida) tão refutados. Só que o sujeito faz questão (e ai que esta o mau caratismo dessas pessoas) de ignorar que o EUA fizeram a lição de casa e criaram um país onde você tem liberdade econômica e segurança jurídica para existir uma infinidade de trocas comercias. E foi só com um ambiente desse que o Estado lá conseguiu angariar dinheiro (por imposto)… Read more »

André Macedo
André Macedo
Reply to  Henrique
9 meses atrás

Liberdade econômica, segurança jurídica, índices de pobreza e desenvolvimento muito aquém da média da OCDE… Kkkkkkkkkk fora que a tal reconstrução do continente se pagou e bem caro, já que a “ajuda” americana foi basicamente o financiamento.

Os EUA tem uma das maiores dívidas públicas x PIB do mundo, em torno de 120% do PIB deles, não existe essa de administrar um país igual uma casa (queremos gastar em X, então vamos poupar em Y), isso é papinho pra agradar acionista.

Henrique
Henrique
Reply to  André Macedo
9 meses atrás

ahh sim nenhum país precisa ter a contas em dia liberdade econômica, segurança jurídica… é so papo de acionista.. pode ser varzeado ai que ta de boa… é por isso que todos os países américa latrina são super potencia econômicas

Argentina ali é o Farol que guia todos

agora manda ai argumento de verdade pra refutar o que disse e não papinho furado que vc diria ou ouviu em alguma assembleia da faculdade

André Macedo
André Macedo
Reply to  Henrique
9 meses atrás

Eu refutei os seus argumentos, você não viu por falta de interpretação mesmo, estude e leia mais. 1 – Pela sua lógica e levando em conta a dívida externa, nenhum país tem realmente as contas em dia. 2 – Você quer falar de argumentação mas esticou meu comentário pra caber na sua resposta fraquíssima, eu nunca disse que responsabilidade fiscal, segurança jurídica ou liberdade econômica não são importantes, eu disse que o Estado deve gastar o necessário e não sair limitando ou congelando gastos necessários pra agradar acionista. 3 – E não, os EUA não fizeram a “lição de casa”,… Read more »

Gabriel BR
Gabriel BR
9 meses atrás

O Brasil não é os EUA!
O Brasil Já teve 9 moedas em 200 anos( destruiu 8). O Brasil está na Sétima Constituição . O Brasil é um Estado mafioso e Patrimonialista …o nacional desenvolvimentismo brasileiro é pura picaretagem.