Operação Amazônia

A Marinha, o Exército e a Força Aérea Brasileira realizarão, no período de 13 a 24 de setembro, a Operação Amazônia. Será uma operação de adestramento conjunto que se desenvolverá ao norte das calhas dos rios Amazonas e Solimoes, em áreas dos Estados do Amapá, Pará, Amazonas e Roraima.

A coordenação da operação será conduzida pelo Ministério da Defesa e o comando será exercido pelo Comandante Militar da Amazônia. O objetivo é o treinamento das Forças Armadas para a defesa da Pátria em uma área prioritária do território brasileiro.

Uma operação conjunta vem a ser um moderno conceito de aplicação coordenada de forças militares para atingir um objetivo definido de interesse para o país. Assim, a Operação Amazônia decorre de um complexo planejamento realizado por um Estado-Maior Conjunto, sendo executada no terreno por material e pessoal das três Forças Armadas.

Estarão envolvidos cerca de 5000 militares, que executarão  ações operacionais e de apoio a população. A região selecionada para a realização dessas atividades abrange uma extensa faixa litorânea e um terreno geograficamente diversificado, que abrange áreas urbanas e de selva, dentre outras.

Nessa área operacional, serão realizadas, dentre outras, as seguintes ações:

-  Marinha: controle de tráfego fluvial, proteção de infraestruturas Críticas.

- Exército: operações ofensivas e defensivas, lançamento de paraquedistas, defesa antiaérea e defesa de infraestruturas de valor econômico.

- Força Aérea: coordenação do espaço aéreo, tarefas de interdição e de sustentação do combate.

Além das atividades essencialmente militares, serão realizadas ações de apoio a população residente na região onde a operação é desenvolvida. Nessas ações serão efetuados atendimentos médicos e odontológicos às comunidades, empregando também navios de assistência hospitalar.

Com essa operação, as Forças Armadas fortalecem   suas capacidades para a defesa dos interesses nacionais relativos a Amazônia brasileira e seus vínculos com a sociedade.

PARA SABER MAIS

Site da Operação Amazônia

Tags:

Editor da Revista Forças de Defesa

6 Responses to “Operação Amazônia” Subscribe

  1. Mauricio 19 de setembro de 2010 at 16:29 #

    Pessoal treinado nós temos! Agora equipamento… são outros quinhentos.

  2. Mauricio 19 de setembro de 2010 at 16:50 #

    Errei, quis dizer “equipamentos.” Desculpem pelo erro.

  3. THIAGO 19 de setembro de 2010 at 17:05 #

    Parabens aos idealizadores deste exercicio que de fato é importante para demonstrar força aos nosso vizinhos, e para aumentar os laços entre os militares ea populaçao ( onde de fato há grandes laços ja de confiança nessas comunidades do norte)

    PS: equipamento é imortante mais é um terço da conversa…

  4. André Lopes 19 de setembro de 2010 at 20:38 #

    Estava vendo os videos da operação e achei de grande importância a participação de reservistas na operação.

  5. ALDO GHISOLFI 20 de setembro de 2010 at 11:13 #

    “O objetivo é o treinamento das Forças Armadas para a defesa da Pátria em uma área prioritária do território brasileiro”.

    Quando vão saltar sobre BSA?

    É lá que precisa ser exercitada a defesa da Amazônia brasileira…

  6. SantaCatarinaBR 1 de outubro de 2010 at 21:50 #

    SantaCatarinaBR
    -
    Reportagens que resumem a “Operação Amazônia”, com belas fotos da operação no minuto final do vídeo.
    -

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Israel chama Brasil de ‘anão diplomático’ por convocar embaixador

Israel lamentou nesta quinta-feira (24) a decisão do Brasil de chamar para consultas seu embaixador em Tel Aviv, uma decisão […]

Abertas inscrições para VI Concurso de Dissertações e Teses sobre Defesa

Brasília, 22/07/2014 – Estão abertas, até o dia 29 de agosto, as inscrições para o VI Concurso de Dissertações e […]

Vídeo: conheça o Pantsir S1, sistema de defesa antiaérea de fabricação russa que será adquirido pelo Brasil

Assista ao vídeo com legendas em inglês que mostra o funcionamento do impressionante sistema  de defesa antiaérea Pantsir S1, que em […]

O efeito Brics

Paulo Esteves Para a política internacional, a criação do Brics foi, provavelmente, a grande novidade da primeira década do século […]

O papel da tecnologia na guerra e na paz

JOSÉ GOLDEMBERG É comum atribuir a líderes todo o mérito de vencer batalhas na guerra ou enfrentar grandes desafios em […]

Quando e como usar a força

Nos últimos 120 anos, os EUA têm oscilado entre o excesso e a ausência de interferência *ROBERT KAGAN THE WASHINGTON […]