Home Economia Na Venezuela, valor de um sorvete paga 1.200 tanques de combustível

Na Venezuela, valor de um sorvete paga 1.200 tanques de combustível

3440
50
Antonio Mejia, vendedor de sorvetes e eleitor de Henri Falcón, se decepcionou com a baixa participação de eleitores - Foto Rodrigo Cavalheiro-Estadão
Antonio Mejia, vendedor de sorvetes e eleitor de Henri Falcón, se decepcionou com a baixa participação de eleitores – Foto Rodrigo Cavalheiro-Estadão

Copinho de sorveteiro traído por abstenção pagaria gasolina suficiente para fugir 400 vezes para o Brasil

Rodrigo Cavalheiro, Enviado Especial / Caracas, O Estado de S.Paulo

CARACAS – O sorvete de tamarindo de Antonio Mejia é das coisas mais baratas que se pode comprar na Venezuela. Por 15 mil bolívares (US$ 0,02 no câmbio paralelo, que regula o mercado), também é possível comprar dois cigarros avulsos. Isso se for ao mercado a céu aberto do bairro de Catia, onde caraquenhos de toda cidade a cidade fazem fila para ganhar alguns centavos à hiperinflação, em compras para meses.

Quem não gosta de tamarindo ou de cigarros, pode abastecer o carro 1.200 vezes com gasolina comum. Considerando-se um tanque de 50 litros, se Mejia quisesse fugir para Boa Vista por terra, por exemplo, poderia percorrer os 1,5 mil quilômetros umas 400 vezes.

Ele se diz muito velho para sair do país uma vez sequer. Aos 70 anos, seu trabalho é um passatempo. O que ganha com o carrinho não paga o transporte de ônibus do tradicionalmente chavista bairro do Petare, onde vive, até o opositor Chacao.

A abstenção opositora tornou sua saída ainda mais inútil. Diante de um centro eleitoral de Chacao, havia na rua 11 cones laranjas lado a lado às 14 horas do domingo. Este é o sistema para organizar filas no lado de fora da escola. Cada cone serve para uma mesa eleitoral, mas o número de eleitores raramente superava o de cones.

Quando alguns poucos eleitores se acumularam, deram o azar de cruzar com a administradora Libertad Pizzani, de 60 anos, que os repreendia furiosa: “Isso não é normal, não se pode participar desta palhaçada. Não voto por respeito à liberdade!”

Defensora do boicote proposto por opositores impedidos de concorrer, Libertad trabalha em uma universidade particular que cobra mensalidades de US$ 12 por mês e deve fechar por falta de alunos. “Chavistas acabam de arrancar à força um cartaz em que eu pedia abstenção”, disse, mostrando alguns hematomas no pulso. Também opositor, Rodrigo Meli, comerciante que a viu gritar, desabafou: “Por opiniões como esta, teremos Maduro por 20 anos”.

Indiferente ao bate-boca, o sorveteiro Antonio revelou sua preferência: votaria em Henri Falcón, mesmo achando que seria impossível uma vitória dele.

FONTE: Estadão

50 COMMENTS

  1. Pra mim, houve fraude nas eleições! E das grossas!
    E algo me diz que não vai ser fácil conviver com este governo na América latina…se é que vai durar…

    • Só para você? É eleição de mentirinha. Só para o Maduro fingir que tem alguma legitimidade como lider do país, mas todo mundo sabe que quem mantêm ele no poder são os “movimentos sociais” armados até os dentes com dinheiro do governo, tb conhecido como “Colêtivos”.

      Maduro que se agarre bem ao poder. Povo não vai tolerar ele muito mais tempo. As tensões crescem, e o povo está no limite. Uma hora ou outra, ele vai acabar como Nicolae Ceausescu, fuzilado em uma manhã de Natal.

  2. Esse é o regime que passou 13 anos sendo adulado por aqui, o mesmo regime que segundo um certo presidiário tinha “excesso de democracia”. Pois bem, os dois principais candidatos oposicionistas foram impedidos de concorrer sendo que um está inelegível ao passo que o outro foi condenado em processo fraudulento (ao contrário do que ocorreu com nosso mais notório presidiário, que teve respeitado o direito ao contraditório e à ampla defesa). De igual forma durante a eleição haviam urnas exclusivas onde apenas beneficiários dos programa sociais do governo podiam votar, e esses obrigatoriamente tinham de mostrar a carteirinha de beneficiário para exercer o sufrágio. De igual forma, e em que pese o voto ser facultativo, eleitores foram coagidos a votar por milícias chavistas.

    Ademais cumpre lembrar que, contrariado por um legislativo de oposição que exercia as suas prerrogativas, o truculento e ignorante motorista de ônibus empurrou goela abaixo do povo uma constituinte que foi escrita por seus paus mandados, onde os institutos básicos da democracia como a independência dos poderes e o voto. E falando em voto o tirano inventou o voto setorial, onde os setores dos movimentos sociais chavistas ganharam 173 cadeiras cativas no parlamento de um total de 545. Isso claro sem falar no judiciário que há muito é um puxadinho do Palacio de Miraflores e da absoluta falta de liberdade de expressão.

    • Não os culpo (os petystas). No começo o Chavez era elogiado até pela ONU que é uma organização claramente de esquerda. Passaram melzinho na boquinha da ONU dando escola e comida pra pobre. Agora na escassez brutal gerada por intervenções socialistas na economia, os Bolivarianos mostram a sua outra face.

  3. 1 bilhão de dólares investidos em equipamento made in Russia é dissuasão mais que suficiente para qualquer intervenção militar latino-americana. Prova disso é a atual “ditadura” de Maduro.

    Parafraseando o brigadeiro Saito: “o Flanker é GRANDE e impõe respeito”. Se o mercado de caças fosse uma competição de boxe, o Gripen era um peso médio e o Flanker um peso pesado e um combate entre os dois seria proibido devido aos riscos à saúde do competidor menor.

    Sobre a situação política da venezuela nota-se a inacreditável passividade dos latino americanos com o desmando dos políticos. É um povo manso, propenso a sofrer abusos dos governantes. Eu não duvido que um certo Capitão se torne um ditador e se perpetue no poder no nosso país. Seria o ditador mais medíocre da história do mundo, mas isso é possível em uma América Latina. Se até o Maduro conseguiu.

    • 1 Bilhão de dólares em equipamentos russos e excrementos são a mesma coisa. 2,5 bi foi o valor alocado na engepron para iniciar o contrato das tamandaré.
      6 bi custaram os gripen

      • Há relatos de que existem 5 mil Iglas na Venezuela, seriam um pé no saco dos helicópteros de qualquer força de invasão.

  4. Sério… Nem vale a pena mais comentar… É sempre a mesma coisa… O pior de tudo que tem gente (e muita gente jovem) que ainda acham que esse é o modelo de país que o Brasil tinha que adotar. Daqui a cem anos veremos o que a história tem a contar para nossos netos… Ou Bisnetos….

  5. Que Deus tenha misericórdia de nós também …
    Pois se os combustíveis continuar o preço que está ,logo vamos ter que trocar nossos carros por cavalos , e os alimentos terão que ser eacoados nos lombos das tropas como no passado..

  6. Escapamos por 2 vezes desse sistema. A primeira seríamos uma versão de Cuba, na segunda. esta versão da Venezuela! st4

  7. Os americanos já fizeram o primeiro movimento doando uma quantidade relevante de material ao EB. Evidente que tal intervenção só ocorreria com a atuação direta dos USA, já que a FAB não dispõe de meios para neutralizar os Flankers ou penetrar na defesa em camadas (made in Russia) de Maduro.

    Depois que li sobre a doação de 120 obuses e 200 viaturas de comando e controle, coisa que não acontecia desde a Guerra Fria. Ou eu estou surdo ou são os tambores da guerra.

    Quais seriam os cenários? E o papel do Brasil?

    • Achar que a Fab não consegue penetrar em território venezuelano só porque a Fav tem meia duzia de flankers que não saem do chão e um punhado de bateria antiaérea Russia é ilógico, ter não significa operar, basta lembrar ano passado quando a 2 frota se movimentou no caribe, o que a Venezuela fez ? lembra ? Camuflou seus caças no chão com redes de camuflagem porque sabiam que seriam dizimados em uma luta ar-ar

  8. Um sorvete de tamarindo de 15 mil bolívares . . .

    A Venezuela é que derrete qual um sorvete sob o sol escaldante de uma ideologia bolivaricínica!

    Como dizia Mussolini, os déspotas não saem aos poucos. Têm que ser depostos. E acresço eu, seja pelas armas ou pelas doenças . . .

  9. 10 dólares lá equivale a uns 10 salários mínimos, se pegar mil dólares e se mudar para a Venezuela fica milionário lá graças ao milagre do socialismo!

    • E quem está insatisfeito com o preço da gasolina no Brasil também poderia se mudar para lá… Rs.
      Compensar pela entrada de venezuelanos.
      Os venezuelanos fizeram por onde ter gasolina barata.
      Se não me engano, há uns 30 anos, subiram a gasolina tipo de 8 para 10 centavos, houve uma revolta geral.
      Passaram 30 anos sem aumentar…

  10. Este preço baixo da gasolina implantado na Venezuela, mesmo antes do Chaves é que está ajudando a quebrar sua estatal do petróleo, pois vendem com prejuízo para ganhar a simpatia da população.
    Mesmo que uma estatal não vise lucro, tem que pelo menos cobrir suas despesas, por isso a Petrobras está certa hoje, subiu o petróleo tem que aumentar o combustível.
    De que adiantaria o Gov. Brasileiro baixar a gasolina para dois reais para ganhar as eleições e depois não poder manter o preço.

    • Maior problema dos combustíveis são os impostos… poderiam baixar o preço sem causar prejuízo nenhum para a petrobras, mas reduzir impostos não fazem de jeito nenhum!

  11. Dá até vontade de ir na Venezuela com um pote de sorvete de 2 litros e voltar com um caminhão tanque com 20 mil litros de gasolina! 😂

  12. Tem alguma coisa errada aí nesse cálculo. Pelo que fala no texto, 15 mil bolivares dá pra encher 1200 vezes um tanque de 50 litros?? 1200 x 50 = 60000 litros de gasolina. Pelo câmbio de hoje, 15 mil bolivares equivale a 70 centavos de real (1 rel equivale a 21722 bolívares). Logo, pelo texto, na Venezuela se compra 60 mil litros de gasolina por menos de 1 real?? Se dor dividir isso po liteo, em real, não tem como mensurar…..Tirando todo o desastre administrativo, político e social da Venezuela atualmente, isso não pode ser verdade! Quanto custa para extrair e refinar um litro de gasolina? Eu entendo que a esmgadora maioria do petróleo produzido na Venezuela é exportado a preços internacionais …. algo entre 70 e 80 dólares por barril grant. Mas, mesmo assim, essa conta não fecha…..Na prática, se enche um tanque com 50 litros de gasolina com 12,50 bolívares. Esse valor, mesmo para os venezuelanos, é o mesmo que encher o tanque de graça!!

  13. Se o socialismo não dá certo, porque a China é hoje a maior economia do mundo? alguém pode me explicar? e por que a Rússia é uma superpotência?

    • Porque a China de Socialista/Comunista só tem no nome do PC como bandeira, ela é uma Economia de Mercado das mais Capitalistas no mais simples clichê Ocidental. Além de ser uma Ditadura unipartidária. Já a “Mãe” Russia, desde 1991 que ela é uma sociedade capitalista e que de potência só restam os seus Arsenais Militares, pois economicamente é um Brasil bem piorado, mas bem piorado mesmo. A sorte é que para que o Ditador, Ops. o Premier local se mantenha no poder eles investem na Industria de Defesa que é uma das colaboradoras para o PIB local e os Petrodólares que entram por conta do óleo negro e do gás. Então de superpotência eu mudaria para potência militar apenas.

      • A Venezuela não é socialista/comunista; é um regime capitalista com governo de esquerda, igual tivemos aqui no Brasil, com o Lula e a Dilma.

      • Então avisa os EUA e a OTAN que não é, por favor. Afinal, eles querem tanto tirar o Assad do poder e não conseguiram.

        • Por mais que você queira, a Rússia não é, e nunca foi, uma superpotência. Nem nos tempos de URSS não foram. Eles são uma potência militar, e só! O PIB russo é muito parecido com o nosso. O PIB per capita deles é maior que o nosso por que a população deles é bem menor que a nossa. Eles investem em tecnologia (em enrme parte, tecnolgia militar), mas isso não os torna uma superpotência econômica. Eles produzem e tem muito armamento. Um país que foi invadido e quase tomado por duas vezes, só pode investir em sua indústria bélica. Mas, isso não se traduz em uma superpotência em todos os sentidos. Já a China só teve essa explosão econômica por conta de sua abertura . Nos tempos do comunismo tacanha, era um gigante miserável. So que a diferença deles para os russos, é que eles siversificaram sua economia…produzem e vndem de tudo, desde quinquilharias de 1,99, aparelhos eletroeletrônicos, carros (tá, não são uma maravilha, mas vendem), emtre muitas outras coisas. E qual produto russo, tirando equipamentos militares (e vodka), você conhece ou encontra a venda? Por isso, digo que por mais que você acredite em uma coisa, não quer dizer que ela é verdadeira.

    • O Comunismo funciona sim. E é muito bom. Seria um sonho ser implantado no Brasil, não é, colega? Gera muita prosperidade e liberdade?
      A China hoje está melhor do que o México que é capitalista. Viva Che Guevara, não é?

    • “A China hoje é a maior economia do mundo” apenas no para lá de controverso critério paridade poder de compra, extremamente suscetível à manipulação pelo Estado. E “Rússia Super Potência” só mesmo na imaginação….

    • Viva a liberdade do povo russo!!!
      É por causa do trabalho abnegado de defensores da liberdade que a liberdade se espalha pelo mundo, especialmente na Rússia, China e Venezuela.

  14. Tecnologia militar, sim. Mas, outras tecnologias, não são nada demais. E a capacidade militar alavanca a influência política. Se não tivessem as forças armadas que tem, qual o peso político eles teriam?

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here