Home Clipping Mais de R$ 21 milhões serão investidos na segurança na fronteira

Mais de R$ 21 milhões serão investidos na segurança na fronteira

84
1

sisfron

O tenente-coronel também falou da nova estruturação do órgão na fronteira de MT

DO SECOM/MT

ClippingA segurança pública nos mais de 900 quilômetros de faixa de fronteira entre Mato Grosso e a Bolívia foi tema da reunião do Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira, nesta terça-feira (03.06), no 2º Batalhão de Fronteira do Exército Brasileiro, em Cáceres. A primeira pauta da reunião foi o andamento dos recursos do programa do governo federal Estratégia Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras (Enafron).

De acordo com o secretário executivo do GGI Estadual, tenente-coronel BM Átila Wanderlei da Silva, mais de R$ 21 milhões serão investidos na região de fronteira neste ano. Desse total, R$ 8 milhões já foram executados para aquisições de equipamentos de escritório, viaturas e uma aeronave de asa fixa para o transporte de tropa. “Através desse recurso vamos conseguir contemplar 13 municípios da região que ainda não haviam sido beneficiados pelo programa, e concluir nossa meta que é melhorar a estrutura das unidades de segurança pública das 28 cidades localizadas na fronteira”, falou.

O secretário executivo disse ainda que o objetivo do programa Enafron é beneficiar as unidades de segurança pública localizadas na fronteira com novos equipamentos que irão auxiliar os profissionais no desenvolvimento do trabalho. “Todas as unidades de segurança pública localizadas na fronteira de Mato Grosso receberão investimentos até o final do ano”, disse.

O comandante do 2º Batalhão de Fronteira do Exército Brasileiro, tenente-coronel Renato Pires, apresentou o Sistema Integrado de Fronteira utilizado pelo Exército Brasileiro nas execuções das ações. “O sistema monitora, auxilia na tomada de decisão e dá apoio as nossas atuações”, disse.

O tenente-coronel também falou da nova estruturação do órgão na fronteira de Mato Grosso. “Foi realizada uma reestruturação do órgão para melhorar a nossa atuação na região e aumentar o nosso poder de combate as crimes fronteiriços”.

A atuação das forças de segurança pública durante os jogos da Copa do Mundo também foi outro assunto debatido entre os membros. De acordo com comandante do Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron), tenente-coronel PM Wankely Rodrigues, durante os jogos serão realizados policiamento terrestre, aéreo e fluvial nas cidades de fronteira e barreiras fixas e volantes nas rodovias e cabriteiras da faixa de fronteira. “Nossas ações serão integradas com os outros órgãos que também atuam na fronteira”, disse.

A ação faz parte do Plano Operacional de Fronteira na Copa do Mundo, elaborado pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), em parceria com os outros órgãos que atuam na fronteira, para garantir a segurança dos turistas que visitarem a região e a combater aos crimes fronteiriços, como contrabando e descaminho, roubo e furto de veículos e o tráfico de entorpecentes e pessoas.

O secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante dos Santos, reforçou que com o aumento no número de apreensões e prisões em Mato Grosso coloca o Estado como referência em policiamento de fronteira e na execução do programa Enafron no Estado. “O bom resultado é o reflexo da trabalho integrado dos profissionais que atuam para melhorar a qualidade de vida das famílias que moram na região”, destacou Bustamante.

FONTE: www.midianews.com.br

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
joseboscojr Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Bosco Jr
Membro
Noble Member
Bosco Jr

Nada mais justo investir 21 milhões na segurança da nossa fronteira, afinal, gastaram 30 bilhões com a Copa.
rsrssss
É rir pra não chorar!