sábado, outubro 1, 2022

Saab RBS 70NG

Exibição de blindados e veículos militares no Domingo Aéreo 2022 na AFA

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Os editores Guilherme Poggio e Fernando “Nunão” De Martini estão no Domingo Aéreo 2022 na Academia da Força Aérea (AFA) e enviaram as primeiras fotos.

O evento é uma oportunidade para estreitar os laços entre a Organização Militar e os cidadãos.

O evento não tem fins lucrativos, mas serão arrecadados alimentos não perecíveis para as entidades assistenciais citadas no site do evento.

VEJA TAMBÉM:

Primeiras imagens do Domingo Aéreo 2022 na Academia da Força Aérea (AFA)

- Advertisement -

15 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

15 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Heinz
Heinz
1 mês atrás

Ainda sonho em ver uma versão porta morteiro do guarani, e uma equipada com lançadores spikers.

Bille
Bille
1 mês atrás

Deveria ter estandes de exposição de armas aí tb. Inclusive para compra/venda.

India-Mike
India-Mike
1 mês atrás

Sabemos que no campo de batalha moderno a silhueta de um blindado não é mais tão relevante e que evidentemente o aumento de altura dos carros contemporâneos se deu justamente para aumentar a sua sobrevivência frente à ameaça das IEDs.

Mas que sempre impressiona o fato de que se pode ‘esconder’ um Cascavel inteiro, com torre e tudo, atrás de um Guarani, isso impressiona…

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  India-Mike
1 mês atrás

Guarani é grande….quase o dobro do peso….

Samuca cobre
1 mês atrás

Sonho em ver esses MARRUAS com pneus LAMEIROS…

Bento Ferreira Perrone
Bento Ferreira Perrone
Reply to  Samuca cobre
1 mês atrás

Pode até ser estiloso, mas não é nada prático. Pro propósito deles um bom penei AT é muito superior a um lameiro….além de gerar menos ruído, ser mais resistente a desgaste, mais estável e melhor para a manutenção do resto do veículo. Um AT com banda lateral é o melhor que se pode querer.

Samuca cobre
Reply to  Bento Ferreira Perrone
1 mês atrás

Respeito a sua opinião, mas descordo, tenho pneus BF na minha caminhonete, não tem este desgaste todo e a caminhonete virá um trator com o 4×4 ligado, pergunta para qualquer jipeiro se pneus LAMEIROS não são essenciais para transpor obstáculos no fora de estrada, esses pneus que estão nestes MARRUAS da foto não são adequados para o uso off Road, são para patrulhar rodovias asfaltadas, jipe do exército tem que estar preparado para andar em qualquer lugar, esses MARRUAS, nem guincho elétrico ou mecânico tem… e olha que ajuda e muito!!!!
É a minha opinião

MMerlin
MMerlin
Reply to  Samuca cobre
1 mês atrás

Concordo. Não adianta usar um AT, que para o dia a dia é melhor, se no primeiro atoleiro o carro já fica. Além de um belo BF mud (de tamanho maior), que tem ótima duração, esses marruás precisam também de um bom lift. No mínimo de umas 2″. Já deveria sair assim de fábrica.
Referente ao guincho, existem situações que só ele salva. Agora queria saber se este carro veio com pá, cinto ou prancha.
Esse marruá só serve pra fazer trilha em shopping.

Pablo
Pablo
Reply to  Samuca cobre
1 mês atrás

usar esse veiculo é uma vergonha

Nativo
Nativo
1 mês atrás

Hoje só o Guarani salva como um bom veículo blindado do exército. Espero que as compras do 8×8 cheguem pelo menos a duas centenas e que algum salvador mande blindar parte desses milhares de marruás.

WALTER BAERE
Reply to  Nativo
1 mês atrás

O eixo dianteiro do Marruá está no limite, não suporta o peso de uma blindagem.

PSTx27
PSTx27
1 mês atrás

Qto poder de fogo…

Gabriel BR
Gabriel BR
1 mês atrás

Eu não sei vocês , mas eu quando vou nesses eventos fico feliz igual uma criança.

Fábio
Fábio
1 mês atrás

Não vejo a necessidade dessa licitação 8×8 105/120mm. Sou muito mais um Guarani equipado com uma UT30 com mísseis Spike. Muito mais barato, mais nacional e mais simples e faria a função

Pablo
Pablo
1 mês atrás

mandar o combatente em uma coluna de cavalaria com esse veiculo Agrale Marruá é uma tremenda covardia e falta de respeito a vida, alguém viu veículos como esses serem usados na linha de frente ? meu Deus , na intervenção federal nas favelas do rio esses veículos foram apelidados de fazedor de viúvas , militares tinham que improvisar blindagem com coletes pendurados! que vergonha !!!!! mas ai vc pensa , o orçamento é baixo , pasmem não é não , gastamos tanto quanto Israel gasta de orçamento militar.
Isso é uma vergonha ,

Últimas Notícias

O conflito fronteiriço entre a Quirguistão e Tadjiquistão

Rodolfo Queiroz Laterza Ricardo Cabral INTRODUÇÃO Quirguistão e Tadjiquistão são duas repúblicas oriundas da desintegração da União Soviética em 1991, com sociedades...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -