Uma grande barragem e usina hidrelétrica no sul da Ucrânia ocupada pela Rússia foi destruída na terça-feira , provocando evacuações em massa e temores de devastação em larga escala, já que a Ucrânia acusou as forças de Moscou de cometer um ato de “ecocídio”.

Moradores a jusante da barragem de Nova Kakhovka, no rio Dnipro, em Kherson, foram instruídos a “fazer tudo o que puderem para salvar suas vidas”, de acordo com o chefe da administração militar da região de Kherson, na Ucrânia, enquanto o vídeo mostrava um dilúvio de água jorrando de uma enorme brecha na represa.

Dois vídeos postados nas mídias sociais e geolocalizados pela CNN mostraram a parede da barragem destruída e torrentes de água fluindo rapidamente para o rio. Vários edifícios na entrada da barragem também foram fortemente danificados.

A crítica barragem de Nova Kakhovka atravessa o rio Dnipro, uma importante via navegável que atravessa o sudeste da Ucrânia e há várias vilas e cidades a jusante, incluindo Kherson, uma cidade de cerca de 300.000 habitantes antes da invasão de seu vizinho por Moscou.

Vários altos funcionários ucranianos e figuras militares acusaram a Rússia de sabotar a barragem.

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, que convocou uma reunião de emergência de seus chefes de segurança, disse que sua destruição “apenas confirma para o mundo inteiro” que as forças russas “devem ser expulsas de todos os cantos da terra ucraniana”.

“Isso é ecocídio”, acrescentou Andriy Yermak, chefe do Gabinete do Presidente da Ucrânia.

“Os russos serão responsáveis ​​pela possível privação de água potável para as pessoas no sul da região de Kherson e na Crimeia, pela possível destruição de alguns assentamentos e da biosfera”, disse ele.

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, também pareceu culpar Moscou, escrevendo no Twitter que “a Rússia e seus representantes” serão responsabilizados.

“Chocado com o ataque sem precedentes da barragem de Nova Kakhovka”, disse ele, acrescentando que o ataque “se qualifica claramente como um crime de guerra”.

‘Salve sua vida’

Nos últimos dias, as forças da Ucrânia levaram cada vez mais a luta para as linhas de frente entrincheiradas da Rússia no sul e no leste, antes de uma contraofensiva de verão amplamente esperada.

Mykhailo Podolyak, assessor sênior de Zelensky, disse que a destruição da represa “criaria obstáculos para as ações ofensivas das Forças Armadas Ucranianas”.

“Isso confirma mais uma vez que o Kremlin não está pensando estrategicamente, mas sim em termos de vantagens situacionais de curto prazo. Mas as consequências já são catastróficas”, disse ele à CNN.

Os militares da Ucrânia acusaram as forças da Rússia de explodir a barragem “em pânico”.

As autoridades ucranianas pediram aos residentes que vivem a jusante para escapar da área, com cerca de 80 assentamentos na zona de potencial inundação, de acordo com o Ministério de Assuntos Internos da Ucrânia.

Até as 10h, horário local, 742 pessoas foram retiradas da região de Kherson, disse o ministério.

“Estamos ajudando os cidadãos na parte liberada da margem oeste da região de Kherson. Estamos preocupados com o nosso povo que permaneceu na parte ocupada temporariamente da margem leste da região”, disse o ministro de Assuntos Internos, Ihor Klymenko.

As evacuações foram interrompidas quando a água começou a inundar alguns assentamentos, disse o ministério.

“A água está chegando. A situação é complicada pelo fato de que algumas estradas estão sendo destruídas. Isso torna impossível dirigir até alguns assentamentos. As equipes de evacuação estão procurando outras maneiras”, continuou.

Cerca de 16.000 pessoas na margem oeste da região de Kherson estão em uma “zona crítica”, disse Oleksandr Prokudin, chefe da administração militar da região de Kherson, nomeado pela Ucrânia.

Ele já havia instado os cidadãos a “recolher seus documentos e pertences mais necessários e aguardar os ônibus de evacuação”.

“Peço-lhe que faça tudo o que puder para salvar a sua vida. Deixe as áreas perigosas imediatamente”, acrescentou.

Unidades da Polícia Nacional da Ucrânia e do serviço de emergência do estado da região de Kherson foram colocadas em alerta para alertar e evacuar civis de possíveis zonas de inundação, disse o Ministério de Assuntos Internos da Ucrânia.

Com o aumento do nível da água, as autoridades pediram a todos na zona de inundação que desliguem todos os aparelhos elétricos, levem documentos e itens essenciais, cuidem de seus entes queridos e animais de estimação e sigam as instruções das equipes de resgate e da polícia.

Em contraste, as autoridades russas regionais foram menos urgentes em suas declarações.

O prefeito instalado pela Rússia de Nova Kakhovka, Vladimir Leontiev, inicialmente negou que a barragem tivesse desabado em uma entrevista à mídia estatal russa RIA Novosti, chamando-a de “absurda”.

Mais tarde, ele confirmou a destruição de partes da barragem no que chamou de “um grave ato terrorista”, mas disse que “não havia necessidade de evacuar”.

“Ataques noturnos na usina hidrelétrica de Kakhovka destruíram as válvulas de gaveta, fazendo com que a água fosse derramada rio abaixo de forma incontrolável”, disse Leontiev.

Andrey Alekseenko, outro funcionário da Kherson instalado pela Rússia, também minimizou a ameaça, dizendo que a situação ao longo das margens do Dnipro estava “sob controle”.

“Não há ameaça à vida das pessoas”, disse Alekseenko, acrescentando que a equipe do Ministério de Situação de Emergência está no controle dos níveis de água no rio.

“Se necessário, estamos prontos para evacuar os moradores das aldeias de aterro, os ônibus estão preparados”, acrescentou Alekseenko.

A CNN não pôde verificar imediatamente as alegações feitas pelas autoridades ucranianas e russas.

‘Sem risco imediato de segurança nuclear’

Ao longo da guerra na Ucrânia, Moscou e Kiev acusaram-se mutuamente de conspirar para explodir a barragem da era soviética.

Uma peça crítica de infraestrutura, a barragem retém cerca de 18 quilômetros cúbicos no reservatório de Kakhovka, quase igual ao Grande Lago Salgado no estado americano de Utah, segundo a agência de notícias Reuters.

A estrutura de 30 metros de altura e 3,2 quilômetros de comprimento é uma das seis represas ao longo do Dnipro e fornece água para grande parte do sudeste da Ucrânia e da península da Crimeia, que foi anexada pela Rússia em 2014.

Também fornece água para a usina nuclear de Zaporizhzhia, que fica a montante e também está sob controle russo.

Evacuações de Zaporizhzhia renovam preocupações com a segurança da usina nuclear

Na terça-feira, uma porta-voz do comando do sul da Ucrânia disse que a destruição da barragem “certamente” afetará a operação da usina nuclear, mas “não há necessidade de escalar a situação agora e tirar as conclusões mais críticas”.

“Porque todos os especialistas estão envolvidos e vão tentar criar melhores condições para evitar a próxima catástrofe tecnogênica”, disse Natalia Humeniuk, acrescentando que “a situação está atualmente sob controle”.

E a agência Internacional de Energia Atômica disse que “não existe nenhum risco imediato de segurança nuclear” na usina de Zaporizhzhia e seus especialistas estão “monitorando de perto a situação”.

A agência nuclear ucraniana Energoatom disse que, embora a água do reservatório seja necessária para o “reabastecimento dos condensadores de turbina e sistemas de segurança” da usina, a lagoa de resfriamento está “cheia” e a partir das 8h, horário local, “o nível da água é 16,6 metros, o que é suficiente para as necessidades da usina.”

Em novembro, a barragem de Nova Kakhovka foi danificada por bombardeios e imagens de satélite da Maxar Technologies obtidas pela CNN mostraram água saindo de três comportas da barragem.

FONTE: CNN

Subscribe
Notify of
guest

55 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Kommander
Kommander
1 ano atrás

“Vários altos funcionários ucranianos e figuras militares acusaram a Rússia de sabotar a barragem” parei de ler aí.
Agora a novidade é os russos atacando território controlado pelos russos.

Satyricon
Satyricon
Reply to  Kommander
1 ano atrás

Óbvio que não foi sabotagem ucraniana.
Foi imbecilidade dos russos, como sempre. Não ligam para populações civis.

Elimina-se assim a única travessia restante sobre o rio Dnipro.

É o desespero batendo á porta (dos russos)
Covardes

Last edited 1 ano atrás by Satyricon
M4|4v1t4
M4|4v1t4
Reply to  Satyricon
1 ano atrás

O detalhe importante é que isso confirma o acerto dos ucranianos em não continuar avançando além do Dnipro em Setembro do ano passado. De fato os russos recuaram naquela oportunidade para emboscar os ucranianos usando a represa. Ou seja, o pensamento genocida vem do alto comando russo, o que não é nenhuma novidade para mim e para outras pessoas desprovidas de antiamericanismo. Um comando assim, é responsável pelos empalamentos de ucranianos usando canhão de 125mm; é responsável pelas centenas de vídeos de russos extirpando testículo + membro de soldados ucranianos usando estilete; é responsável pelos relatos de mortes por inanição… Read more »

Guacamole
Guacamole
Reply to  M4|4v1t4
1 ano atrás

Existe guerra civilizada?

M4|4v1t4
M4|4v1t4
Reply to  Guacamole
1 ano atrás

Ainda não se sabe quantas pessoas morreram afogadas. Mas só de cães domésticos, estimasse pelo menos 100 mil mortes. Por aí você já pode imaginar o que causou de mortes entre os animais de criação, animais silvestres, e danos ambientais severos. Quem faz isso, o faz de maneira ciente. Se quem faz isso, 1 ano antes abandonou a região em um “gesto de boa vontade”. Gesto de boa vontade que se estendia, adivinhem só, muito além da margem direita do Dnipro, e que, ao longo dos meses seguintes o reconhecimento colocou força na tese que os ucranianos tinham de que… Read more »

Kommander
Kommander
Reply to  M4|4v1t4
1 ano atrás

“Ainda não se sabe quantas pessoas morreram afogadas. Mas só de cães domésticos, estimasse pelo menos 100 mil mortes” Cara, de onde tu tira esses teus dados? Acho que não Ucrânia tem mais bicho do que gente então.
Tá parecendo aquelas ONGs do Rio de Janeiro que falsificam dados técnicos e entregam no STF pra inibir a ação da polícia nas favelas.

CARLÃO
CARLÃO
Reply to  Kommander
1 ano atrás

Cadê a Greta Thumberg…?

M4|4v1t4
M4|4v1t4
Reply to  CARLÃO
1 ano atrás

Eu ia fazer um comentário falando justamente disso. Mas a revolta é tão grande, que não consigo.

Hoje aconteceu um crime de guerra e um crime contra a natureza. As reações deveriam ser estrondosas.
Hoje, milhões de animais perderam suas vidas de maneira trágica, morreram afogados.

Isso precisa ser cobrado. O povo russo precisa pagar caro por isso, com sangue. Com vidas.

M4|4v1t4
M4|4v1t4
Reply to  Kommander
1 ano atrás

No início da manhã aqui no Brasil a programação da CNN Internacional estava entrevistando gente com algum tipo de renome em várias áreas e com algum tipo de especialização em Ucrânia. Existe senso na Ucrânia. Inclusive da quantidade de pessoas que vivem às margens do Dnipro. Além dos dados sobre os animais, especialmente os doméstico, um entrevistado chamou a atenção para o fato de, na cultura ucraniana, ter um cão de guarda é praticamente uma unanimidade. Toda casa tem um cão de guarda. E lá, cachorro fica na coleira. Diferentemente de em outros países onde é comum o cão de… Read more »

Rodrigo frac
Rodrigo frac
Reply to  M4|4v1t4
1 ano atrás

Civis e crianças morrendo na guerra e os caras preocupados com os cachorros, torcendo por ataques químicos e nucleares, brincadeira

M4|4v1t4
M4|4v1t4
Reply to  Rodrigo frac
1 ano atrás

Populista!
Ninguém está ignorando morte de crianças ou de qualquer outro ser humano.

Faver
Faver
Reply to  M4|4v1t4
1 ano atrás

É muita emoção e torcida. Usar armas químicas e nucleares…
Como se preocupar com cães numa guerra destas? Que os ucranianos consigam sair desta! Mas já tá estranho esta defesa e argumentos.

Last edited 1 ano atrás by Faver
Faver
Faver
Reply to  M4|4v1t4
1 ano atrás

Forçou um pouco. Suas informações podem estar erradas devido a emoção demonstrada no seu texto. Os russos nunca venceram uma guerra sem ajuda? Napoleão, as batalhas contra inglaterra e frança na mesma Criméia na época do império russo, a guerra contra o Japão… Ajuda de quem mesmo? Quanto aos crimes de guerra que sejam julgados por isso, como os ucranianos também (ou são bonzinhos?). Não tem santos nesta história.

PACRF
PACRF
Reply to  Kommander
1 ano atrás

Caramba, essa guerra não era para acabar em 15 dias? (https://www.forte.jor.br/2022/06/12/se-eu-quiser-ocupo-kiev-em-duas-semanas-disse-putin/). Agora, meu prezado, você fala em “fracasso e as enormes perdas do tentativa de contra-ofensiva”. Francamente, deve estar no “mundo da lua”, lado escuro, é claro.

Kommander
Kommander
Reply to  PACRF
1 ano atrás

Quem tá falando em fracasso? Pare de colocar palavras na minha boca, ou então tu tá precisando de um óculos pra ler melhor o que eu falei.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Kommander
1 ano atrás

Os Russos atacarem as suas próprias tropas já não é novidade… Talvez o Prigozhin estivesse a passar nessa ponte…

E destruírem um ponto de passagem na linha da frente, uma margem que é controlada pelos Ucranianos e a outra pelos russos, e criar um obstáculo natural de muitos km’s 2 é assim tão difícil de acreditar?

Nilo
Nilo
Reply to  Hcosta
1 ano atrás

Bom dia Costa.
O mesmo pode se dizer do Zé?
Se tiver que queimar alguns Ucranianos tudo bem para ele e sua turma que já tem prática lembrando de Odessa quando incendiaram um prédio em que morreu 42 Ucranianos civis impedidos de sair do prédio.
Afogar não faz diferença pro Zé.

Last edited 1 ano atrás by Nilo
Hcosta
Hcosta
Reply to  Nilo
1 ano atrás

O “Zé” não era o presidente…

E tem muito para contar acerca dessa estória…
Mas estranho que quem beneficiou com esse incidente foi a Rússia. Será muita loucura pensar que foram os Russos para terem algum casus belli?

MFB
MFB
1 ano atrás

Claramente uma ação russa para atrapalhar a ofensiva ucraniana. Que lambança essa invasão russa. Só Deus sabe até onde o rapaz do xadrez 5D vai para se livrar desse lamaçal que arrumou na Ucrânia.

MFB
MFB
Reply to  MFB
1 ano atrás

A prova de que foram os russos: “O prefeito instalado pela Rússia de Nova Kakhovka, Vladimir Leontiev, inicialmente negou que a barragem tivesse desabado em uma entrevista à mídia estatal russa RIA Novosti, chamando-a de “absurda”.”

Aí recebe uma ligação e muda a versão para uma sabotagem ucraniana.

PATÉTICO.

Marcelo
Marcelo
1 ano atrás

Os russos já estão alagando o terreno para atrasar o avanço ucraniano. Ainda há muita névoa e informações não comprovadas … dos dois lados … mas, definitivamente, as forças ucranianas começaram a se mover.
https://www.thedrive.com/the-war-zone/early-stages-of-ukraines-counteroffensive-appear-to-be-underway

Will
Will
1 ano atrás

E tem gente que defende os Russos.

Will
Will
Reply to  Will
1 ano atrás

Certeza que foram os Ucranianos para destruir infraestrutura importantes do seu próprio país e para ajudar os Russos na defesa do território ocupado.👍

PACRF
PACRF
Reply to  Will
1 ano atrás

Realmente, nunca imaginei que no Brasil, e em particular nesse blog, houvessem tantos admiradores da Rússia. Curiosidade: aqui no DF, a embaixada da Rússia fica perto da embaixada dos EUA. No entanto, o estacionamento da embaixada dos EUA está sempre lotado de pessoas buscando seu visto de entrada nos EUA, enquanto o estacionamento da embaixada da Rússia está sempre vazio. Por que será que os brasileiros não gostam de fazer negócios ou turismo na Rússia, mas gostam muito de fazer turismo e negócios nos EUA?

jairo
jairo
Reply to  PACRF
1 ano atrás

Pode ser pelo fato de não ser necessário visto para entrar na Russia????

ALISON
ALISON
Reply to  PACRF
1 ano atrás

Ja ouviu falar numa expressão chamada “influência cultural”?

Rodrigo Maçolla
Rodrigo Maçolla
1 ano atrás

O argumento de que os Russos são os responsáveis e o fizeram para atrapalhar, atrasar o avanço ucraniano é bem lógico a meu ver. Veja eles são os invasores, não tem o porque se preocuparam com questões de infraestrutura, muito menos ecológicas, Farão o que for necessário para consolidar o território já conquistado.

Last edited 1 ano atrás by Rodrigo Maçolla
Henrique A
Henrique A
Reply to  Rodrigo Maçolla
1 ano atrás

Mas tem um certo desespero e maldade aí. Do que vale conquistar ruínas? Lembrar que os nazistas só destruíram infraestruturas críticas quando recuavam de um território que sabiam que não iriam ter mais, os russos estão piores que nazistas; Mariupol foi o prelúdio.

Last edited 1 ano atrás by Henrique A
Hcosta
Hcosta
Reply to  Rodrigo Maçolla
1 ano atrás

Ambos os lados já usaram esta tática. Os Ucranianos a norte de Kiev e os Russos a norte de Kherson. E em outras situações de menor dimensão. Se não me engano os Ucranianos também fizeram isso em Bakhmut. Mas nesta situação quem ganha mais com isto são os Russos. Os ucranianos perderão, por alguns dias, a cobertura da vegetação no delta do rio tornando a área muito mais fácil de defender e muito mais difícil para os Ucranianos atacarem. Apesar de ainda não se saber quais são as consequências para o abastecimento de água para a Crimeia e o sul… Read more »

Last edited 1 ano atrás by Hcosta
Henrique A
Henrique A
1 ano atrás

Esses russos estão destruindo a Ucrânia, e ainda ficam surpresos quando o mundo lhes vira as costas. Eles não dão a mínima para o bem estar e desenvolvimento do povo ucraniano e depois dizem que são um “povo irmão”. Com um “irmão” assim não se precisa de inimigos.

T.h
T.h
1 ano atrás

Nenhum sentido para os russos esse ataque teria sendo que sua linha de defesa em uma das margens do rio Dnipro está agora inundada, prejudicando inclusive o abastecimento da Crimeia, exceto se tivessem a confirmação de que as tropas ucranianas tentariam, enfim, avançar pelas margens.

Nilo
Nilo
Reply to  T.h
1 ano atrás

Correto.
A desinformação vem da revista alemã Bild – inicialmente reverberou a noticia dada pelos ucranianos, que os russos bombardearam, agora mudaram dizem “barragem de Kakhovka, na Ucrânia, foi destruída.”, “Ucrania acusa Rússia de ccrimes de Guerra”.
Mas também andam bommbardeando a área da usina nuclear em Zaporozhye.
Ze Lascado não está preocupado com as consequencia a população civil sua preocupação agora é com seu pescoço e conta bancária bilionária que acumulou.
Todos os Ex presidente da Ucrânia estão estabelecidos fora da |Ucrânia vivendo vida de marajá rsrsrsr
https://www.bild.de/politik/ausland/politik-ausland/staudamm-in-der-ukraine-zerstoert-riesen-welle-rollt-auf-cherson-zu-84197070.bild.html

Last edited 1 ano atrás by Nilo
Satyricon
Satyricon
Reply to  Nilo
1 ano atrás

Essa alegação é estapafúrdia. Só haviam duas travessias sobre o Dnipro. Uma ponte já dinamitada pelos russos na retirada de Kehrson, e essa barragem. Eliminaram agora a única travessia física restante sobre o rio. De cara, impossibilitam a passagem de equipamentos pesados ucranianos, de uma margem pra outra. Outra consequência é que essa barragem regulava o nível do rio à jusante. Portanto, apesar de inicialmente alagar vastas áreas, sem essa regulação o nível do rio tende a baixar logo a seguir. Isso significa que todos os pontos de acesso ao rio (piers, rampas de barcos, ruas, etc) passam a ser… Read more »

Nilo
Nilo
Reply to  Satyricon
1 ano atrás

Como sendo a única travessia como você diz sobre o rio seria para os Russo um bom alvo se a operação de travessia fosse executada.
Impossibilita passagem de equipamentos pesados? Mais uma desculpa pro Zé, o lascado.
Me disseram que no século XXII projetam os americanos e europeus uma guerra com selo “verde”.

IvanF
IvanF
1 ano atrás

Nada parece estar tão ruim que não possa piorar. Tristeza.

ORIVALDO
ORIVALDO
1 ano atrás

A Rússia é hoje um estado Terrorista com armas nucleares. Estão igual ao o EI. Usam ataques suicidas, mercenários, massacram a população civil. Agora para os chapéus de alumínio, destruíram a barragem para ajudar o avanço para trás. Kiev cada vez mais longe.

Jonathan Pôrto
Jonathan Pôrto
1 ano atrás

O que a galera ñ compreendeu é que Putin só que pedaços do território Ucraniano, não toda Ucrânia, como aconteceu na Geórgia que recentemente aceitou a perda definitiva da Ossétia afim de começar as tratativas de um acordo de Paz com Putin !!!

Slowz
Slowz
1 ano atrás

Um fato é que a água vai tomar mais território que a ofensiva da Ucrânia ..

Hcosta
Hcosta
1 ano atrás

Também temos a hipótese de que não foi um ato deliberado.
Os Russos destruíram parte do tabuleiro superior na sua retirada, enfraquecendo-a, e deixaram acumular muita água. E com vários aterros para fazerem passagens nas eclusas.

Ato deliberado ou mesmo incompetência dos Russos… Não me atrevo a especular qual será a hipótese mais provável…

Eromaster
Eromaster
1 ano atrás

Isso aí é obra da Ucrânia. Não faz sentido a Rússia fazer isso, pois prejudicaria a Criméia.

Acho que isso é desesperado da Ucrânia devido o fracasso da ofensiva que estão realizando. Além disso, essa ação chamaria atenção internacional, o que condenaria a Rússia e possivelmente mais grana da OTAN para o Zé lascado.

Quem controla a região do Kherson é a Tropa da Ucrãnia, é necessário muitos explosivos e bem colocados pra explodir uma barragem dessa.

Bueno
Bueno
1 ano atrás

Em redes sociais, muitos estão dizendo que a Crimeia terá crise de abastecimento de água potável.
Qualquer _______ que ocorre na Ucrania irá culpar os Russos, afinal são os invasores,
receberão o ônus das cacas
Acompanhado para ter mais informações .
 
Voltando para nós , A Base da matriz energética do Brasil são as Hidrelétricas, a marinha ampliou as operações ribeirinhas e ativou uma Base Aérea Expedicionária em Furnas, atacar Furnas é atacar Brasília.

COMENTÁRIO EDITADO, MANTENHA O BLOG LIMPO

https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Last edited 1 ano atrás by Bueno
Bueno
Bueno
Reply to  Bueno
1 ano atrás

Ok , foi mal!!

Monarquista
Monarquista
1 ano atrás

A Rússia ocupa essa hidroelétrica há mais de um ano.

Nenhum vídeo mostra fumaça ou qualquer outro tipo de dano externo, dando a entender que o que seja que destruíu a barragem, foi interno.

A destruição acontece bem quando a Ucrânia volta a avançar, impedindo seu avanço.

O governaor russo da região fala que não foi destruída, depois fala que foi, depois culpa sabotagem ucraniana.

Foram os ucranianos sim, amiguinhos putinzetes. Podem confiar.

Rafael
Rafael
1 ano atrás

Será que o Brasil estaria preparado para evitar algo assim em uma situação semelhante?
É algo a se pensar…

Rodrigo Maçolla
Rodrigo Maçolla
Reply to  Rafael
1 ano atrás

Preparado, preparado para uma guerra nunca se esta, Mais é fato que barragens de hidrelétricas são alvos em qualquer cenários, Sempre que se tem exercícios mais elaborados o Exercito Brasileiro simula a proteção destas… Mais é complicado não e no caso de um ataque aéreo por exemplo

Marcelo
Marcelo
1 ano atrás

Enquanto os russos destroem uma barragem, o Ministério da Defesa da Ucrania atualizou as perdas russas referentes ao dia 466 do conflito militar: – 210.350 soldados mortos; – 313 aviões militares abatidos; – 298 helicópteros militares abatidos; – 3.848 tanques de guerra destruídos ou capturados; – 3.567 peças de artilharia destruídas ou capturadas; – 7.523 veículos de combate e blindados destruídos ou capturados; – 584 sistemas de foguetes de lançamento múltiplo (MLRS) destruídos ou capturados; – 18 embarcações militares afundadas; – 6.312 veículos de transporte de combustíveis destruídos ou capturados; – 349 baterias antiaéreas destruídas; – 3.189 sistemas aéreos não… Read more »

Last edited 1 ano atrás by Marcelo
Joanderson
Joanderson
Reply to  Marcelo
1 ano atrás

Desse jeito so falta duzer qui a Rússia so tem pistola e facão nas suas forças armadas.
Se isso for verdade da para ter uma ideia do poder militar qui uma tinha e tem, so os EUA e achina suportariam tantas perdas e continuariam lutabdo, fora a sanções.
Realmente a Rússia mostra qui é uma potência militar.

Joanderson
Joanderson
Reply to  Joanderson
1 ano atrás

Desculpem os erros ortográficos.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Joanderson
1 ano atrás

A fonte está no final … acredita quem quer.

Sensato
Sensato
1 ano atrás

É claro que foram os Russos!
Os russos destruiram abarragem que garantia água potável para Kherson, para a Criméia (que eles ocupam desde 2014) e fornece parte da água para os reatores da Usina Nuclear de Zaporizhzhya, que eles também ocupam…
Assim como os russos também explodiram os gasodutos Nordstream 1 e 2, principal fonte de renda deles com os alemães…
Esses russos são mesmo idiotas!
(PS: Contém ironia)

Rodrigo Maçolla
Rodrigo Maçolla
Reply to  Sensato
1 ano atrás

Certo Sr. Sensado, então não foram os russos, foi o inimigo a Rússia esta mesmo perdendo esta guerra. (PS: Pode ou não conter ironia)

André Luís
André Luís
1 ano atrás

A Rússia explodiu a barragem de Nova Kakhovka para destruir as defesas que eles passaram mais de meio ano construindo e negar o abastecimento de água para a Crimeia e Kherson, cuja população é predominantemente russófona?” – J. P. Henz.

Sem mais!

jairo
jairo
1 ano atrás

Dizia-se antigamente que os soviéticos eram especialistas em construção de barragens que também poderiam ser usadas como arma. Tipo aquela história sobre Itaipu poder ser usada como arma contra a argentina. O simples fato de o rompimento dessa barragem causar problemas de movimentação de equipamentos e contingentes para quem está tentando uma contraofensiva que no caso são os ucranianos aponta ainda mais para autoria russa. Alguém saberia informar se essa ação causaria um afunilamento das forças ucranianas em outros setores? Outro indicativo seria que os russos consideram a estabilização do front no Rio Dniper? São perguntas sinceras, por favor não… Read more »

Faver
Faver
1 ano atrás

A minha dúvida maior é se a água pegou alguma tropa ou movimentação dos ucranianos. Uma inundação destas leva embora muitos equipamentos.

Last edited 1 ano atrás by Faver
Um Simples Brasileiro
Um Simples Brasileiro
1 ano atrás

De quem quer que seja a culpa, pobres civis e animais, assassinados pela insanidade alheia.