Iraque inicia batalha de Mossul, decisiva na guerra contra o EI

Iraque inicia batalha de Mossul, decisiva na guerra contra o EI

6514
99
AP Photo/Khalid Mohammed
AP Photo/Khalid Mohammed

Cidade, que fica às margens do rio Tigre e que tem população majoritariamente sunita, caiu em poder do Estado Islâmico em 9 junho de 2014

ClippingAs forças iraquianas iniciaram nesta segunda-feira (17) a ofensiva para reconquistar a cidade de Mossul, a segunda mais importante do país e reduto do grupo Estado Islâmico (EI) no Iraque, uma batalha que o governo dos Estados Unidos considera decisiva na luta contra os extremistas.

Após o anúncio do início da ofensiva, a ONU expressou uma profunda preocupação com a segurança de 1,5 milhão de civis que vivem em Mossul, cidade isolada do mundo.
“Algumas famílias enfrentam um risco extremo de ficar no meio do fogo cruzado ou de se tornarem alvos de franco-atiradores”, advertiu o vice-secretário-geral para Assuntos Humanitários e Assistência de Emergência da ONU, Stephen O’Brien.

O primeiro-ministro iraquiano, Haider al-Abadi, anunciou o início da operação em um discurso exibido na televisão.
“O tempo da vitória chegou e as operações para libertar Mossul começaram”, declarou o chefe de Governo.

“Hoje declaro o início das operações vitoriosas para libertá-los da violência e do terrorismo do Daesh”, acrônimo árabe de Estado Islâmico (EI), completou Abadi, em uma frase dirigida aos moradores da região de Mossul.

Após o anúncio, uma coluna de veículos blindados iniciou o avanço para Mossul, a partir de uma posição a 45 km da grande cidade do norte do Iraque.

Mossul, que fica às margens do rio Tigre e que tem população majoritariamente sunita, caiu em poder do Estado Islâmico em 9 junho de 2014.

Em 29 de junho de 2014, o líder do EI, Abu Bakr al-Baghdadi, proclamou na grande mesquita de Mossul o Califado Islâmico nos territórios conquistados pelos extremistas no Iraque e na Síria durante campanhas relâmpago em 2014 e 2015.

O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Ashton Carter, afirmou que as operações para recuperar Mossul são fundamentais para derrotar o Estado Islâmico.
“Este é um momento decisivo para infligir uma derrota duradoura ao EI”, destacou Carter em um comunicado.

“Confiamos que nossos aliados iraquianos conseguirão impor-se ao nosso inimigo comum e libertarão Mossul e o resto do Iraque do ódio e da brutalidade do EI”.

iraq-mosul-jpg_2668032_ver1-0_1280_720

Uma longa batalha
O primeiro-ministro Al-Abadi não revelou detalhes sobre as operações militares iniciadas na madrugada de domingo para segunda-feira, mas de acordo com analistas a primeira etapa consistirá, antes dos combates nas ruas, em cercar completamente a cidade.

Os jihadistas em Mossul, entre 3.500 e 4.000, estão fortemente armados e tiveram tempo suficiente para preparar a defesa da cidade.

A ofensiva pode demorar semanas, ou até mais, de acordo com o comandante da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos, o tenente-general americano Stephen Townsend.
“A batalha se anuncia longa e difícil, mas os iraquianos se prepararam e nós estaremos a seu lado”, completou.

Al-Abadi explicou no discurso que apenas o exército e a polícia iraquianos entrarão em Mossul, apesar de numerosas forças de segurança participarem na ofensiva, incluindo peshmergas curdos e milícias sunitas e xiitas.

Os sunitas, minoria em um Iraque de maioria xiita, temem as consequências da entrada na cidade das milícias paramilitares xiitas Hachd al-Shaabi (Unidades de Mobilização Popular), apoiadas pelo Irã.

Milhares de combatentes curdos iraquianos avançavam nesta segunda-feira em direção a localidades controladas pelo EI ao leste de Mossul.
No monte Zardak, fotógrafo, observou combatentes curdos com peças de artilharia.

De acordo com o comando geral curdo, o avanço de suas forças foi coordenado com as forças iraquianas, que avançam pelo lado sul de Mossul.
A coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos fornece cobertura aérea e apoio terrestre com conselheiros e forças especiais.

A Turquia, que tem uma longa fronteira com o Iraque ao norte, ofereceu apoio para a conquista de Mossul, apesar da tensão registrada entre os dois países nas últimas semanas.
Como preparação da ofensiva, a Força Aérea iraquiana lançou milhares de panfletos em Mossul para anunciar as operações e dar instruções de segurança aos moradores.

Apelo de Putin
Antes do início da ofensiva, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, fez um apelo à coalizão para tentar evitar ao máximo as vítimas civis.
“Esperamos que nossos sócios americanos, e também franceses, atuem com precisão e façam todo o possível para minimizar, e melhor ainda, excluir qualquer vítima civil”, disse Putin durante uma entrevista na Índia.

As declarações de Putin foram feitas em meio à polêmica com os países ocidentais que acusam a Rússia de cometer “crimes de guerra” contra os civis na zona leste de Aleppo, a área da grande cidade do norte da Síria controlada pelos rebeldes, submetida a intensos bombardeios do regime sírio e da Rússia.

FONTE: O Tempo/AP

99 COMMENTS

  1. A Rússia usa bombas de fragmentação em cidades e agora vem falar que tá preocuada com os civis …

  2. Vi um veiculo com uma interessante blindagem tipo gaiola. Mais parecia galinheiro, feito de madeira e tela de arame!
    Quantos veículos de origens diversas juntos.

  3. Amigo Fabio!
    Se trata das “grades anti-cumulativas”. Na maioria dos casos são grotescas e .. não funcionam,Outro tipo de “receita caseira” pode encontrar nos tanques turcos onde a gaiola esta servindo como a lixeira na expectativa de ser usada como defletor do jato cumulativo.Como tb existem sacos de areia, correntes com pesos e cartuchos de 122/152mm preenchidos com cada coisa.. Na Ucrânia pessoal usa ate PETs com agua em volta da torre.
    Um abraço!

  4. Assisti ao vídeo e muitos outros de 3 dias para cá.
    Algumas coisas me chamam atenção:
    1) 4 mil a 6.5 mil combatentes do Daesh;
    2) Cercaram ? Quase ! Curdos ao norte e apoio aéreo;
    3) Extensas linhas de suprimentos;
    4) Estado geral dos diversos veículos bons, idem equipamentos;
    5) O Daesh deve estar com linhas de suprimentos cortadas;
    6) Alguma dúvida que usarão inocentes como escudo ?
    7) Terão que entrar em Mossul por várias frentes, sufocar rápido;
    8) Evitar prisioneiros, ferir/mutilar ao máximo …. acelera o processo de retomada;
    9) Tropas de assalto aéreas, não sei se eles tem, mas ….;
    10) A medida que avançarem abastecer a população na retaguarda com
    alimentos, água, remédios, suporte médico etc etc e
    11) Cerca de 25 mil Iraquis, cerca de 15 mil de várias etnias, predominam
    sunis e curdos. Total 40 mil. Esmaguem esse Daesh/EI.

  5. O que o Putin quis dizer em relação aos civis foi somente uma ironia!!!!.

    Mosul é igual a Aleppo e os Âmis podem matar os civis que quiserem pois a mídia sempre vai dizer que são os Russos rsrs…..

    E o mundo gira…….

  6. João Paullo S Conceição 17 de outubro de 2016 at 11:54
    .
    A Rússia usa bombas de fragmentação em cidades e agora vem falar que tá preocupada com os civis …
    .
    Tipo as 166 BLU97 A/B que os EUA costumam usar nos seus BGM-109D Tomahawk, os mesmos que adoram jogar na cabeça de pastores e vilas em algum lugar remoto do Iêmen, Somália, Afeganistão etc e depois taxar os civis como terroristas?

  7. Soldat 17 de outubro de 2016 at 14:58
    .
    O que o Putin quis dizer em relação aos civis foi somente uma ironia!!!!.
    .
    Não restam dúvidas quanto a isso. Em breve um porta-voz do Pentágono dará uma entrevista dizendo que só morreram terroristas ou que os civis mortos apoiavam o esforço de guerra do Estado Islâmico sendo portanto alvos legítimos. Será que vão aplicar a regra de que basta ter “idade militar” para se tornar automaticamente um alvo?

  8. jcorrea 17 de outubro de 2016 at 15:20 sim , Iraque tem Cascavel também e de ser visto. São visto tanto na Líbia quanto no Iraque nesta guerra contra os terroristas

  9. The French artillery supported the Iraqi army in the offensive on Mosul – we see CAESAR (French Camion équipé d’un système d’artillerie.) – 155-mm self-propelled artillery unit, developed and produced by Nexter.
    __
    A artilharia francesa apoiou o exército iraquiano na ofensiva em Mosul – vemos CAESAR (Francês Camion équipé d’un système d’artillerie.) – Unidade de artilharia autopropulsada de 155 mm, desenvolvido e produzido pela Nexter.

    Esta operação será mais sangrenta do que agora os eventos em East Aleppo, xiitas lhes fará justiça para Kill 2014

  10. In the night from 15 to 16 October 2016, three and four Air Force Rafale Rafale French Navy attacked several SCALP cruise missiles on the manufacturing warehouse IED in Mosul, Iraq
    ___
    Na noite de 15 e 16 2016 de outubro de três e quatro Força Aérea Rafale Rafale da marinha francesa atacou vários mísseis de cruzeiro SCALP no armazém de fabricação IED em Mosul, Iraque

  11. Muito bom saber que existem muçulmanos xiitas e sunitas juntos combatendo, com armas e dando a vida contra o ISIL.

  12. Carlos Alberto Soares-Israel 17 de outubro de 2016 at 16:40
    .
    US and Saudis grant 9,000 ISIS fighters free passage from Iraqi Mosul to Syria
    .
    E quando lá receberão o rótulo de “pacíficos manifestantes pró-democracia”.
    .
    Felizmente as bombas russas sabem disso.

  13. Desconheço as estratégias para tomada de cidades, mas se houver um cerco, duvido que alguma entidade humanitária vá adentrar a cidade às 02:00 da manhã para entrega de mantimentos como ocorre em Aleppo.

  14. O engraçado foi ler sobre os panfletos turcos jogados por aviões na cidade, não seria a mesma coisa que avisar a um bandido que a polícia esta chegando?

  15. ScudB,Boa noite! olha neste video em 27seg posso esta enganado,verifique ai, tem um vídeo cm maior tempo se encontrar posto

  16. o pior é q esses terroristas atiram em quem foge da cidade e sua maior conquista foi acabar com a vida de milhares de pessoas e tbm as suas próprias pena q muita gente não tá nem ai para a vida humana como o jornal nacional q dedica 0,4 segundos para tratar deste assunto a vida humana não está valendo mais nada…axo q no final todos devemos nos destruir mesmo q a nossa terceira guerra mundial seja nuclear para q a quarta seja com paus e pedras…o homem só entende a lingua da porrada e da bomba mesmo…

  17. Não é não amigo Bueno. Nada de engano.Você esta certíssimo!
    É o mesmo TOS que Iraq recebeu junto com Msta-B , Grad e outras coisas em Julho de 2014. Se trata de um contrato de mais de 1,6 Bi realizado naquela época.
    A minha duvida era sobre a disponibilidade dessa unidade mesmo depois de 2 anos em serviço! Alem disso sobre uso desta “maquina mortífera” numa operação dessas (com toda aquela população dentro do cerco).Sei não..
    Um abraço!

  18. Sim : SU-25(10 unidades) , MI-28N( não lembro a quantidade) , TOS-1A (3 unidades) , Msta-B (18), Grad (18) , morteiros 2B9 e 2B11 e … outras coisas.
    Um abraço!

  19. ScudB, interessante, pensei que pelo fato do Iraque ter grande aproximação com os EUA e outros, eles fossem direcionar a compra de armamentos apenas para esses citados…pelo jeito as licitações são mais direcionadas no Brasil que no Iraque kkkkk vamos oferecer Astros II pra eles…Brasil dorme no ponto, fica viajando com a América Latina enquanto….

    Abraço!

  20. Sem querer ser muito ácido, ja agradecendo e sabendo quão trabalhoso é manter a trilogia abastecida de reportagens, mas o FORTe tem deixado de citar diversas noticias envolvendo exercícios e operações do EB, CFN alem de outras agências de segurança, assim como algumas iniciativas do Min Def de relevante valor para a segurança do Brasil e das não asas fronteiras.

  21. Sinto a falta de debate de alto nível na trilogia no que se refere ao acompanhamento dessas guerras e as estratégias utilizadas.
    Falamos muitos de hipóteses. Ah, avião x é melhor. Na segunda guerra aquilo.
    Ah, nossa marinha assado.
    E a prática? O mundo real?
    Temos diversas frentes de guerra. Síria, Iraque, Iêmen, Turcos x curdos.
    Em plena era dos vídeos em tempo real.
    Não sei se algum site ou canal no YouTube discute isso.
    Estratégias de guerra.
    Qual é a situação em Mosul?
    6 mil combatentes?
    Como se distribuem na cidade? Alguns poucos na periferia, a maioria no centro?
    Como controlam a população de 1,2 milhões de habitantes?
    Que armamentos e táticas utilizam?
    Como citou outro forista, sou fã do uso de comandos.
    Infiltrar homens, paraquedistas à noite, talvez, ou em helicópteros.
    Homens que atacariam cara a cara. Sem disparar canhões para destruir a cidade.
    Destruírem a artilharia do EI.
    Só avião jogando bomba não dá.
    Seria muito bom ter espiões dentro da cidade. Militares ou civis.
    E câmeras acompanhando em tempo real. Não se fala tanto em consciência situacional? Ela existe nessa batalha?

  22. Já vi muitos vídeos nos quais os combatentes se movimentam no campo de batalha em pé… Não os vejo rastejar no terreno. Isso não é uma falha elementar?
    Como deveria se dar essa ofensiva? Milhares de soldados entrarem e de repente?
    Ataque maciço de artilharia e só depois de ter certeza que local tal não oferece perigo entrar com homens?
    Os primeiros a entrar na cidade necessariamente morrerão? Serão bucha de canhão?
    Como devem se sentir esses homens? Entrar no campo de batalha com a quase certeza da morte?
    Acredito que precisamos de debates de alto nível nessa área.
    Talvez os experts já dominem tanto o assunto que acham um desperdício de tempo falar a respeito de algo tão elementar.

  23. Interessante nos vídeos postados.
    Alguns homens beijam os filhos.
    Alguns grupos vão para a batalha festejando, alegres.
    Um sentimento de patriotismo… Alegria…

  24. Se os assassinos do ISIS fizeram o básico para defender a cidade de “invasores”, vai ser um inferno reconquistar Mossul. Batalhas porta a porta, casa a casa. Armadilhas, IEDs e minas espalhados por todos os lugares, ataques suicidas… Tudo no meio da população civil. Vai morrer muito inocente.

    Obs: No Twitter existem vários curdos que postam imagens e vídeos das batalhas. Só dar uma procurada e ver o inferno…

  25. Requena 18 de outubro de 2016 at 8:55
    Belo vídeo pelo flagrante.
    A Cobertura aérea por Hélis dotados de misseis é fundamental.
    Avns dotados para ataques contra blindados seria bom tb.
    Vão aterrorizar com ações suicidas, das mais diversas formas.
    ________________________________

    “8) Evitar prisioneiros, ferir/mutilar ao máximo …. acelera o processo de retomada;”
    Entenderam ?

  26. Bueno 18 de outubro de 2016 at 10:30
    B 52 (?) ou algo grande e voando baixo.
    Daesh não deve ter Igla’s ou similar.
    ____________________________________

    Agora entendi uma porrada de grandes barreiras que estão fazendo a medida que
    avançam.
    RPG’s tem que ser utilizados em larga escala.
    Assisti muito tiros de 7.62 a .50, não resolve.

  27. Rustam Bogaudinov 18 de outubro de 2016 at 10:45
    Rustam,
    Bring us videos of Mosul
    Tráenos vídeos de Mosul
    Gracias
    Thank you

  28. Amigo Carlos Alberto!
    RPG neste caso não vai ajudar muito pois as toneladas de explosivo mesmo sem composicao “refinada” causa estrago “incompatível com a vida” num raio de centenas de metros.
    Barreiras de zigue-zague , minas , ATGM , postos avançados , mais barreiras , mais minas , etc..
    Um abraço!

  29. Carlos Alberto Soares-Israel boa tarde! não sei se é um B-52 não consigo identificar só vcs, que são feras que conseguem , nos 43 seg do vídeo que vc postou 17 de outubro de 2016 at 16:37 aparece o mesmo avião. Esta sendo noticiado que foi foram efetuados ataques aéreos por diversos meios. mesmo vide que vc postou

  30. Bueno 18 de outubro de 2016 at 14:38
    Neste conflito não existe Urso x Âmis
    Neste conflito é Daesh/Isis/EI contra a chamada civilização.
    Não vou participar de debates sobre “civilização”.

  31. ScudB 18 de outubro de 2016 at 14:26
    Me refiro também a FGM-148 Javelin ou similares,
    e aviação dotada de misseis anti-carros, dando
    cobertura a cavalaria e infantaria.

  32. Guerra urbana entre 2 forças muçulmanas, com um milhão e meio de civis no meio ?
    Agora saberemos porque EUA, OTAN e Russia não pisam lá.

  33. Segunda Batalha de Falluja
    Guerra do Iraque
    .
    Fuzileiros americanos em combate em Falluja, novembro de 2004.
    Data 7 de novembro de 2004 – 23 de dezembro de 2004[1]
    Local Falluja, Iraque
    Desfecho Vitória da Coalizão
    Combatentes
    Estados Unidos
    Iraque
    Reino Unido Iraque Insurgência iraquiana
    .
    Comandantes
    Estados Unidos Richard F. Natonski
    Estados Unidos James Mattis Flag of the Ba’ath Party.svg Abdullah al-Janabi
    Flag of al-Qaeda in Iraq.svg Omar Hussein Hadid
    .
    Forças
    10 000 – 15 000 soldados americanos
    2 000 soldados iraquianos[2]
    850 soldados britânicos[3] 3 000 insurgentes[2]
    .
    Baixas
    EUA:
    95 mortos, 560 feridos[4][5] (51 mortos no ataque inicial)[6][7]
    Iraque:
    11 mortos, 43 feridos
    UK:
    3 mortos, 8 feridos[8][9] 1 350+ mortos
    1 500+ capturados[10][11][12]
    ~800 civis mortos[13]
    .
    Fonte: wikipédia
    .
    Vamos ver como se sairão os iraquianos e curdos nessa batalha de Mossul.

  34. Amigo Carlos Alberto!
    Como comentei – ATGM (TOW , Konkurs, Kornet ,Shershen , Javelin , etc). Não RPG! Dar um tiro certeiro a 300-350m com RPG-7 e com alvo em movimento não é fácil e ao mesmo tempo ja esta dentro da raio de onda de choque considerando inexistência dos abrigos no meio do deserto.
    O problema : com visibilidade relativamente baixa (fumaça , areia,etc) quando tem dezenas de unidades de transporte em sua volta existe uma grande possibilidade de “carro-bomba”(VBIED) chegar bem próximo pois pode se aproximar de qualquer direção no meio do nada.
    Ja numa barreira , com contramedidas aplicadas e os postos avançados espalhados com comunicação segura organizada o risco é bem menor.
    Bom, lembrando que se trata dos “exércitos árabes” tenho muuuitas duvidas em relação da disciplina quando se fala em coisas rotineiras. São incorrigíveis!A esperança é só nos reflexos que ganham com a experiência.
    Um abraço!

  35. Também acho que “exércitos árabes” culturalmente não possuem capacidade de operações complicadas decisivas que exijam ação coordenada com blindados e artilharia. Aposto não m venda impasse que vai se arrastar por longo tempo se não houver ajuda , pelo menos aérea dos americanos.

  36. 1.500 militares Âmis no apoio, estratégia, informações, comunicações, satélites, drones, etc etc etc
    Deve ter Franceses também …..
    _____________________________

    O maior problema será a carnificina dos civis, serão escudos, executados etc etc ….
    Entrar por uma pequena frente e começar armar parte da população em milicias ?
    Arriscado né !
    Tomar pontos estratégicos (aeroporto etc), destruir depósitos, tomar todas
    estradas, cortar rotas de abastecimento …..
    Quanto mais piorar para os assassinos, mais assassinatos cometerão.
    Carnificina certamente.
    Tem que zerar esses assassinos da face da terra, nada de prisioneiros.

  37. Ontem o Exercito Iraquiano e forças curdas avançaram bem, conseguiram conquistar cerca de 20 povoados. Mas hoje já encontraram muita resistencia e avançaram pouco. O ISIS percebeu o avanço e começou a atacar com carros bombas, colocar minas terrestres para dificultar o avanço do comboio, barricadas. Na parte do EI, só vi alguns extremistas em cima de Pickup’s com algum tipo de armamento como metralhadora .50 ou algum tipo de míssil, algumas pickup’s até velhas, e conseguem deter uma Força maior com suporte americano só com blindados de infantaria e tanques pesados, são cerca de 30.000 iraquianos contra 4.000 rebeldes do EI. Tá faltando alguma coisa!

  38. Eles perceberam que Aleppo será tomada pelos russos e, por isso, precisam dessa conquista em Mossul para dizer que eles venceram o EI. Na verdade, os EUA poderiam vencer o EI sem nem precisar lutar. Era só cortar o financiamento aos terroristas.

  39. Professor!
    PAdDeus!
    Aleppo ja esta perdido ha muito tempo junto com os agentes “especiais” tipo 007 .Acabou…
    Mosul é outra batalha Com outros mocinhos.E outros programas de TV .
    Um abraço!

  40. Eu não entendo essa polaridade Russos x Americanos aqui neste site. Será que tem algum ingênuo que pensa que qualquer um dos dois é inocente?

  41. Leonardo 19 de outubro de 2016 at 11:15 pois é eu estava querendo comentar sobre isso…
    Dizem que os EUA criou o ISIS, mas esse povo do Oriente Médio foi totalmente armado pela
    ex-URSS e depois pela Rússia.
    Os dois países tem interesses ocultos que só vamos entender daqui a 100 anos quando a história for finalizada e contada.
    A questão que se não é petróleo (por isso não tem mais lógica) o que tem ali para interessar tanto os dois países?
    A gente fica só tentando impor nosso ponto de vista, mas a verdade é que eles podem até estar brigando por “cocô de camelo” (embora acho que nessa parte do Oriente não tem ou são poucos) e achamos que eles descobriram um ultra-mega-fodastíco mineral!
    A questão é: o que eles podem fazer com esse “cocô de camelo” a ponto de primeiro destruir um país e depois ainda estarem quase causando a III Guerra Mundial?
    Bom… Isso que to falando também pode ser pura viagem! Pois afinal é só apenas uma opinião.

  42. Hawk, leia Hans Mongenthau (política entre as nações) e muita coisa se explicará. Leonardo, não existe inocentes falando de nações, mas existem vítimas. O Iraque foi uma delas.
    .
    Mad Max?! Parece mesmo…

  43. Cel R Nery já cravou
    Esse papo de Urso x Amis já deu no saco.
    Muda o filme porra.
    Espero que tenham um bom batalhão para desarmes, deve estar infetados.
    Reitero, zerar os assassinos.
    Guerra urbana, FE’s são bem vindas.
    Morte aos assassinos.

  44. Carlos Alberto Soares 19 de outubro de 2016 at 13:40
    Cel R Nery já cravou
    Esse papo de Urso x Amis já deu no saco.
    Muda o filme porra.
    .
    Você é um dos que mais canta essa canção. Portanto, se quer mudar o filme, que tal começar com você primeiro?
    .
    Tentar mudar os outros é fácil; a si mesmo, difícil.

  45. Boa noite

    Guilherme Poggio 19 de outubro de 2016 at 12:05

    Muito bom! Mad Max kkkk eu sabia que conhecia o cenário de algum lugar.

    Abraço

  46. A Rússia intensificou os ataques aéreos no leste da Síria, em meio a relatos de que terroristas do Estado Islâmico estão maciçamente fugindo de Mossul para a Síria. Fontes iraquianas confirmaram que aviões de guerra da coalizão liderada pelos Estados Unidos estão evitando bombardear comboios militares do grupo terrorista que se deslocam do Iraque para a Síria.
    .
    Especialistas russos argumentam que Washington está dando tempo aos terroristas para permitir que fujam para a Síria, onde reforçariam e intensificariam as operações contra o governo sírio nas províncias de Homs e arredores.

    Moscou já teria respondido a essa ameaça, reconstruindo um aeroporto militar localizado em Homs. Os militares russos já haviam utilizado esse aeroporto como um trampolim para seus helicópteros durante a operação em Palmira e áreas próximas. No entanto, o campo de pouso foi danificado por ataques do Estado Islâmico.

    Se a reconstrução for confirmada, esse aeroporto vai se tornar um importante posto avançado que permitirá que o exército sírio e as forças aeroespaciais russas para combatam a crescente ameaça ameaça terrorista no leste da Síria.

    fonte: https://southfront.org/syrian-war-report-october-19-2016-russia-sets-up-outpost-to-fight-isis-terrorists-deploying-from-iraq/

  47. em 1,56 um Urutu servido de escudo para soldado. Desejo ver um Cascavel no Iraque mandado aço no ISIS. Já vi na Líbia.

  48. Ver sunitas e xiitas lutando juntos no exército iraquiano contra o ISIS é uma vitoria da humanidade, da democracia, do capitalismo. Uma vitória da civilização sobre a selvageria e os preconceitos. É a luz da liberdade iluminando a escuridão do espírito daqueles que não podem aceitar o convívio em sociedade, com todas as suas diferenças de crenças ideológicas, religiosas e morais. É a vitória do redondo sobre o quadrado.
    A vitória do novo sobre o velho. A vitória do justo sobre o hipócrita.
    Não sobrará nada, apenas o recalque e o rancor daqueles poucos que sobrarem e não conseguirem engolir seu erro.

    Professor 18 de outubro de 2016 at 23:50
    Nos explique porque os EUA, na sua opinião, financiam o ISIS e faça um auto diagnóstico. Vão achar que você é doente, mas nós dois sabemos que você não é doente. Você apenas pratica a tática do “acuse-os de seus crimes”. Honestidade não faz parte do seu dicionário.

    Save Ferris!

  49. Reinaldo Deprera 25 de outubro de 2016 at 12:29
    ,
    Nos explique porque os EUA, na sua opinião, financiam o ISIS e faça um auto diagnóstico.
    .
    Não vou perder tempo tentando argumentando com um midiotizado igual você. Com pessoas de valor – como o Tadeu Mendes – ou pessoas inteligentes – como o Bosco – eu debato com prazer, mesmo sabendo que eles pensam muito diferente de mim. Mas em consideração às pessoas que leem os comentários, a maioria delas sendo pessoas de bem, que respeitam o próximo e suas opiniões e crenças, só vou dizer o seguinte: quem realmente quiser saber a verdade sobre o que está acontecendo na Síria, leia o que diz a Veja, a GloboNews, mas também pesquise sobre o assunto em outras fontes, que passem o ponto-de-vista da Rússia e do Irã, por exemplo. Junte essas duas visões diferentes aos fatos e tire suas próprias conclusões. Se puder, converse com alguém que tenha parentes na Síria; essas pessoas estão vivendo na pele o que está acontecendo por lá e podem dar uma visão bem real e imparcial. Mas isso só para quem quiser realmente conhecer a verdade, nua e crua, e não para quem já está com idéia pré-concebida. Esse tipo de sujeito nem precisa perder tempo com a verdade, basta entrar aqui para xingar ou ofender os comentaristas que pensam diferente, como faz o Reinaldo Deprera.
    ,
    Você apenas pratica a tática do “acuse-os de seus crimes”.
    ,
    E quem está financiando o ISIS? a Rússia? Eu? nós que estamos financiando, por isso que acusamos os EUA?
    ,
    Honestidade não faz parte do seu dicionário.
    .
    Você não me acha honesto? ok, se é a sua opinião sobre mim, tudo bem. Mas já que você deu sua opinião sobre mim, mesmo eu não pedindo e mesmo não me importando com ela, eu vou lhe dar a minha opinião sobre você: Reinaldo Deprera, para mim você não tem caráter, para mim você não é homem. E falo isso na sua cara.

  50. correções

    Onde se lê: Não vou perder tempo tentando argumentando com…
    Leia-se: Não vou perder tempo tentando argumentar com…

LEAVE A REPLY